SlideShare uma empresa Scribd logo
A NOVA ORDEM MUNDIAL OU MULTIPOLARIDADE Apresenta basicamente duas facetas: uma geopolítica e outra econômica. Prof. Rosemildo Lima
 
Observe Angeli Folha de S. Paulo . 6 jun. 1999. p. A-2. Alguma coisa Está fora da ordem Fora da nova ordem Mundial...
Situação real pós-guerra fria  Os Estados Unidos saíram desgastados e abalados moral e politicamente da Guerra do Vietnã.  Já ao longo da década de 60 o Japão e a Europa dominavam grande parte da economia mundial.  Relativo declínio econômico e fracasso no Vietnã evidenciavam o esgotamento do modelo geopolítico mundial.  Do lado oposta está a URSS. O fim da guerra fria está diretamente relacionado com a desintegração deste país, apesar de não ser a única justificativa.  A URSS sentiu o peso da corrida armamentista muito mais que os EUA, o que abalou usa capacidade de financiar outras áreas da economia civil.
Novo milênio ,[object Object],A nova ordem mundial Os Estados Unidos agora dividem o poder com as economias em ascensão do Japão e da União Européia num novo equilíbrio mundial: a nova multipolaridade, com três pólos de poder.
 
GEOPOLITICA: ,[object Object],[object Object],[object Object]
ECONÔMICA ,[object Object],[object Object],[object Object]
Divisão Norte-Sul Mário Yoshida Fonte:  Elaborado pelos autores com base em:  Atlas nacional do Brasil . Rio de Janeiro: IBGE, 2000. p.20. A divisão Norte-Sul é delimitada por uma linha sinuosa. Os países desenvolvidos estão situados de um lado da linha, a maior parte ao norte, e os subdesenvolvidos encontram-se ao sul.
Características da nova ordem mundial ,[object Object],[object Object]
Características da nova ordem mundial ,[object Object],[object Object]
Características da nova ordem mundial ,[object Object],[object Object],[object Object]
Fonte:  FMI (estimativa 2007). O G-8 no mundo Valores em trilhões de US$ PIB convertido pela taxa de média de câmbio do ano
Características da nova ordem mundial ,[object Object],[object Object]
OTAN - NA NOVA ORDEM MUNDIAL ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Pax Americana ,[object Object]
Início do século XXI - Doutrina Bush ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Mudanças decorrentes do   sistema capitalista Alteração  no modo de vida ,[object Object],[object Object],[object Object],Nesse contexto Países em processo de desenvolvimento realizaram a Revolução Industrial do século XIX Formando Um vasto império colonial Mesmo após a  descolonização Domínio nas relações internacionais sobre os antigos povos colonizados
Colônias Transformaram-se Em países, e mesmo após sua independência política, permaneceram como produtores e exportadores de matérias-primas. Após a Segunda Guerra Vários países conquistaram grande desenvolvimento industrial e modernizaram diversos setores. Como é o caso de Brasil, México e Argentina. Os novos países industrializados não resolveram seus problemas sociais básicos Não resolveram Nem as relações de dependência econômica, financeira e tecnológica com o mundo desenvolvido. Na atual fase da globalização, a dependência dos subdesenvolvidos em relação aos desenvolvidos tem-se acentuado.
Países emergentes: - expressão utilizada  pelas organizações internacionais para se referirem aos países subdesenvolvidos industrializados ou em fase de industrialização avançada. Embora façam parte  da periferia do sistema capitalista, estão entre os maiores PIB do mundo. PIB (Produto Interno Bruto)   : valor de todos os bens e serviços produzidos por um país, no período de um ano . Centro : para designar países desenvolvidos que têm papel de comando na economia mundial. P eriferia:  termo usado para designar os países subdesenvolvidos.
A divisão internacional do trabalho Início   séculos XV e XVI Delineação do papel das metrópoles e  das colônias no contexto da produção e do comércio internacional A América, a África e a Ásia (com exceção do Japão) Passaram  a organizar suas economias segundo as necessidades de suas metrópoles
Final do século XVIII A Revolução Industrial desencadeou A desestruturação do sistema colonial A industrialização exigia maiores quantidades de matérias-primas e mais consumidores para suas mercadorias Produção em larga escala Gradativamente os interesses comerciais de algumas metrópoles passaram a exigir que as transações econômicas fossem realizadas com mais liberdade
Entre o final do século XVIII e o início do século XIX Inicia-se o processo de independência de várias colônias A independência política não trouxe a independência econômica e tampouco modificou a realidade social das antigas colônias. Os países industrializados ampliaram a capacidade produtiva, a margem de lucro e as diferenças econômicas e sociais em relação aos países exportadores de matérias-primas.
A nova divisão internacional do trabalho Os países subdesenvolvidos, além de produzir e exportar matérias-primas agrícolas e minerais, transformam-se em produtores e exportadores de produtos industrializados. Principalmente a partir de 1950, alguns  países da América Latina , África e Ásia se industrializaram Industrialização tardia A industrialização dos países subdesenvolvidos acabou atendendo interesses específicos das indústrias multinacionais, que instalaram filiais, particularmente nesses países, em virtude de: matérias-primas, mercado consumidor, mão-de-obra e impostos baratos.
O Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) Critério estabelecido pela ONU para avaliar o nível de desenvolvimento econômico e social dos países O primeiro Relatório do Desenvolvimento Humano foi publicado em 1990. Desde de então ele é atualizado anualmente. Há diversos países que tiveram crescimento econômico, mas não desenvolvimento social efetivo. que possibilitasse Melhorias para toda população nas áreas de saúde, educação, habitação, saneamento básico, transporte etc. Apesar do IDH não ser um indicador ideal, apresenta a vantagem de considerar o desenvolvimento de forma mais abrangente e de avaliar, até certo ponto, o acesso da população aos benefícios do crescimento econômico.
Em razão das más condições de vida de boa parte de duas populações e das fortes desigualdades sociais, países como Brasil, México e Argentina são classificados como subdesenvolvidos, mesmo tendo atingido um crescimento econômico expressivo. ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Fonte:  <noticias.uol.com.br/ultnot/especial/2007/idh2007.jhtm>. Acesso em: 30 Jul. 2008.
A regionalização do espaço mundial A análise das relações entre os países no espaço mundial, dos diferentes níveis de desenvolvimento socioeconômico e do papel de cada país na Divisão Internacional do Trabalho pode ser realizada com base em um estudo regional. O ponto de partida para o estudo regional dos continentes é o papel que cada país tem na DIT e seu nível de desenvolvimento socioeconômico. Existem outras propostas para o entendimento do mundo em que vivemos. No entanto,  a opção por uma divisão regional em continentes tem a vantagem de facilitar o estudo de aspectos naturais, políticos, socioeconômicos, entre outros, num mesmo bloco territorial.
América Países desenvolvidos Estado Unidos e Canadá Países subdesenvolvidos América Latina Não forma um conjunto homogêneo. Europa Parte ocidental Mais desenvolvida Parte oriental Menos desenvolvida. A  Ásia  é um continente de contrastes. A bacia do Pacífico, sob a liderança do Japão, agrupa países com os melhores índices de crescimento econômico do continente, como a China e os Tigres Asiáticos. O Oriente Médio forma outro bloco, marcado por questões econômicas, religiosas e estratégicas comuns, com grandes repercussão no mundo atual. Na  África  foi estabelecido um estudo regionalizado, subdividindo o continente em África do Norte - de influência árabe e islâmica -  e em África do Subsaariana -  uma das regiões mais pobres do mundo, com populações predominantemente negra e grupos étnicos bastante diferenciados.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Povos pré colombianos
Povos pré colombianosPovos pré colombianos
Povos pré colombianos
Nila Michele Bastos Santos
 
Urbanização brasileira
Urbanização brasileiraUrbanização brasileira
Urbanização brasileira
Abner de Paula
 
Imperialismo
ImperialismoImperialismo
Imperialismo
eiprofessor
 
Descolonizaçao da África e da Ásia
Descolonizaçao da  África e da ÁsiaDescolonizaçao da  África e da Ásia
Descolonizaçao da África e da Ásia
Rodrigo Luiz
 
26. conflitos no oriente médio
26. conflitos no oriente médio26. conflitos no oriente médio
26. conflitos no oriente médio
José Augusto Fiorin
 
A formação do território brasileiro - 7º ano
A formação do território brasileiro - 7º anoA formação do território brasileiro - 7º ano
A formação do território brasileiro - 7º ano
Josi Zanette do Canto
 
Imperialismo - Neocolonialismo - Partilha da África e da Ásia
Imperialismo - Neocolonialismo - Partilha da África e da ÁsiaImperialismo - Neocolonialismo - Partilha da África e da Ásia
Imperialismo - Neocolonialismo - Partilha da África e da Ásia
Portal do Vestibulando
 
Populaçao mundial
Populaçao mundialPopulaçao mundial
Populaçao mundial
Prof.Paulo/geografia
 
A Nova Ordem Mundial (PDF)
A Nova Ordem Mundial (PDF)A Nova Ordem Mundial (PDF)
A Nova Ordem Mundial (PDF)
Paulo Alexandre
 
República velha
República velhaRepública velha
República velha
Elaine Bogo Pavani
 
Nova ordem mundial
Nova ordem mundialNova ordem mundial
Nova ordem mundial
karolpoa
 
Capitalismo e sua evolução
Capitalismo e sua evoluçãoCapitalismo e sua evolução
Capitalismo e sua evolução
Artur Lara
 
Imperialismo e neocolonialismo
Imperialismo e neocolonialismoImperialismo e neocolonialismo
Imperialismo e neocolonialismo
Paulo Alexandre
 
A regionalização e as divisões regionais no brasil
A regionalização e as divisões regionais no brasilA regionalização e as divisões regionais no brasil
A regionalização e as divisões regionais no brasil
Professor
 
Teorias demográficas e estrutura da população
Teorias demográficas e estrutura da populaçãoTeorias demográficas e estrutura da população
Teorias demográficas e estrutura da população
robertobraz
 
A nova ordem mundial ou mulitpolaridade
A nova ordem mundial ou mulitpolaridadeA nova ordem mundial ou mulitpolaridade
A nova ordem mundial ou mulitpolaridade
Neuma Matos
 
Conflitos na américa latina
Conflitos na américa latinaConflitos na américa latina
Conflitos na américa latina
Portal do Vestibulando
 
A independência do haiti
A independência do haitiA independência do haiti
A independência do haiti
historiando
 
Nacionalismo
NacionalismoNacionalismo
Nacionalismo
Deborah Borges
 
Segundo reinado (1840 1889)
Segundo reinado (1840 1889)Segundo reinado (1840 1889)
Segundo reinado (1840 1889)
Isaquel Silva
 

Mais procurados (20)

Povos pré colombianos
Povos pré colombianosPovos pré colombianos
Povos pré colombianos
 
Urbanização brasileira
Urbanização brasileiraUrbanização brasileira
Urbanização brasileira
 
Imperialismo
ImperialismoImperialismo
Imperialismo
 
Descolonizaçao da África e da Ásia
Descolonizaçao da  África e da ÁsiaDescolonizaçao da  África e da Ásia
Descolonizaçao da África e da Ásia
 
26. conflitos no oriente médio
26. conflitos no oriente médio26. conflitos no oriente médio
26. conflitos no oriente médio
 
A formação do território brasileiro - 7º ano
A formação do território brasileiro - 7º anoA formação do território brasileiro - 7º ano
A formação do território brasileiro - 7º ano
 
Imperialismo - Neocolonialismo - Partilha da África e da Ásia
Imperialismo - Neocolonialismo - Partilha da África e da ÁsiaImperialismo - Neocolonialismo - Partilha da África e da Ásia
Imperialismo - Neocolonialismo - Partilha da África e da Ásia
 
Populaçao mundial
Populaçao mundialPopulaçao mundial
Populaçao mundial
 
A Nova Ordem Mundial (PDF)
A Nova Ordem Mundial (PDF)A Nova Ordem Mundial (PDF)
A Nova Ordem Mundial (PDF)
 
República velha
República velhaRepública velha
República velha
 
Nova ordem mundial
Nova ordem mundialNova ordem mundial
Nova ordem mundial
 
Capitalismo e sua evolução
Capitalismo e sua evoluçãoCapitalismo e sua evolução
Capitalismo e sua evolução
 
Imperialismo e neocolonialismo
Imperialismo e neocolonialismoImperialismo e neocolonialismo
Imperialismo e neocolonialismo
 
A regionalização e as divisões regionais no brasil
A regionalização e as divisões regionais no brasilA regionalização e as divisões regionais no brasil
A regionalização e as divisões regionais no brasil
 
Teorias demográficas e estrutura da população
Teorias demográficas e estrutura da populaçãoTeorias demográficas e estrutura da população
Teorias demográficas e estrutura da população
 
A nova ordem mundial ou mulitpolaridade
A nova ordem mundial ou mulitpolaridadeA nova ordem mundial ou mulitpolaridade
A nova ordem mundial ou mulitpolaridade
 
Conflitos na américa latina
Conflitos na américa latinaConflitos na américa latina
Conflitos na américa latina
 
A independência do haiti
A independência do haitiA independência do haiti
A independência do haiti
 
Nacionalismo
NacionalismoNacionalismo
Nacionalismo
 
Segundo reinado (1840 1889)
Segundo reinado (1840 1889)Segundo reinado (1840 1889)
Segundo reinado (1840 1889)
 

Semelhante a A nova ordem mundial ou mulitpolaridade

Anovaordemmundialoumulitpolaridade 100418173351-phpapp01
Anovaordemmundialoumulitpolaridade 100418173351-phpapp01Anovaordemmundialoumulitpolaridade 100418173351-phpapp01
Anovaordemmundialoumulitpolaridade 100418173351-phpapp01
J R Messias
 
Nova_Ordem_Mundial e o neoliberalismo.ppt
Nova_Ordem_Mundial e o neoliberalismo.pptNova_Ordem_Mundial e o neoliberalismo.ppt
Nova_Ordem_Mundial e o neoliberalismo.ppt
CarladeOliveira25
 
TEORIA DOS MUNDOS - GEOGRAFIA
TEORIA DOS MUNDOS - GEOGRAFIATEORIA DOS MUNDOS - GEOGRAFIA
TEORIA DOS MUNDOS - GEOGRAFIA
LUIS ABREU
 
Nova_Ordem_Mundial e o neoliberalismo.ppt
Nova_Ordem_Mundial e o neoliberalismo.pptNova_Ordem_Mundial e o neoliberalismo.ppt
Nova_Ordem_Mundial e o neoliberalismo.ppt
CarladeOliveira25
 
Relações econ. e soc.após 2ª g.g
Relações econ. e soc.após 2ª g.gRelações econ. e soc.após 2ª g.g
Relações econ. e soc.após 2ª g.g
maria40
 
Globalizacao e nova ordem mundial
Globalizacao e nova ordem mundialGlobalizacao e nova ordem mundial
Globalizacao e nova ordem mundial
Estude Mais
 
Modulo1.goegrafia 12
Modulo1.goegrafia 12Modulo1.goegrafia 12
Modulo1.goegrafia 12
AntniaRibeiroRibeiro
 
Capitalismo e Socialismo - Geografia
Capitalismo e Socialismo - GeografiaCapitalismo e Socialismo - Geografia
Capitalismo e Socialismo - Geografia
Raquel Stephanny
 
Capitalismo e socialismo_
Capitalismo e socialismo_Capitalismo e socialismo_
Capitalismo e socialismo_
Lucas pk'
 
APOIO AULA 2 - Texto Ordens Mundiais e Globalização
APOIO AULA 2 - Texto Ordens Mundiais e GlobalizaçãoAPOIO AULA 2 - Texto Ordens Mundiais e Globalização
APOIO AULA 2 - Texto Ordens Mundiais e Globalização
CADUCOC1
 
Texto Ordens Mundiais_e_Globalização
Texto Ordens Mundiais_e_GlobalizaçãoTexto Ordens Mundiais_e_Globalização
Texto Ordens Mundiais_e_Globalização
CADUCOC
 
Capitalismo x socialismo
Capitalismo x socialismoCapitalismo x socialismo
Capitalismo x socialismo
Maria Cledionora Tavares Tavares
 
Capitalismo x socialismo
Capitalismo x socialismoCapitalismo x socialismo
Capitalismo x socialismo
Maria Cledionora Tavares Tavares
 
Capitalismo x socialismo
Capitalismo x socialismoCapitalismo x socialismo
Capitalismo x socialismo
Maria Cledionora Tavares Tavares
 
Slideterceiroanogeral 110524155454-phpapp01
Slideterceiroanogeral 110524155454-phpapp01Slideterceiroanogeral 110524155454-phpapp01
Slideterceiroanogeral 110524155454-phpapp01
Ademir Jose Da Silva
 
5 multipolaridade economica-e_a_nova_ordem_mundial
5 multipolaridade economica-e_a_nova_ordem_mundial5 multipolaridade economica-e_a_nova_ordem_mundial
5 multipolaridade economica-e_a_nova_ordem_mundial
Lucas Cechinel
 
6 multipolaridade economica-e_a_nova_ordem_mundial
6 multipolaridade economica-e_a_nova_ordem_mundial6 multipolaridade economica-e_a_nova_ordem_mundial
6 multipolaridade economica-e_a_nova_ordem_mundial
Lucas Cechinel
 
4 multipolaridade economica-e_a_nova_ordem_mundial
4 multipolaridade economica-e_a_nova_ordem_mundial4 multipolaridade economica-e_a_nova_ordem_mundial
4 multipolaridade economica-e_a_nova_ordem_mundial
Lucas Cechinel
 
Desenvolvimento do Capitalismo e a Ordem internacional
Desenvolvimento do Capitalismo e a Ordem internacionalDesenvolvimento do Capitalismo e a Ordem internacional
Desenvolvimento do Capitalismo e a Ordem internacional
Felipe Siqueira
 
Capitalismo
CapitalismoCapitalismo

Semelhante a A nova ordem mundial ou mulitpolaridade (20)

Anovaordemmundialoumulitpolaridade 100418173351-phpapp01
Anovaordemmundialoumulitpolaridade 100418173351-phpapp01Anovaordemmundialoumulitpolaridade 100418173351-phpapp01
Anovaordemmundialoumulitpolaridade 100418173351-phpapp01
 
Nova_Ordem_Mundial e o neoliberalismo.ppt
Nova_Ordem_Mundial e o neoliberalismo.pptNova_Ordem_Mundial e o neoliberalismo.ppt
Nova_Ordem_Mundial e o neoliberalismo.ppt
 
TEORIA DOS MUNDOS - GEOGRAFIA
TEORIA DOS MUNDOS - GEOGRAFIATEORIA DOS MUNDOS - GEOGRAFIA
TEORIA DOS MUNDOS - GEOGRAFIA
 
Nova_Ordem_Mundial e o neoliberalismo.ppt
Nova_Ordem_Mundial e o neoliberalismo.pptNova_Ordem_Mundial e o neoliberalismo.ppt
Nova_Ordem_Mundial e o neoliberalismo.ppt
 
Relações econ. e soc.após 2ª g.g
Relações econ. e soc.após 2ª g.gRelações econ. e soc.após 2ª g.g
Relações econ. e soc.após 2ª g.g
 
Globalizacao e nova ordem mundial
Globalizacao e nova ordem mundialGlobalizacao e nova ordem mundial
Globalizacao e nova ordem mundial
 
Modulo1.goegrafia 12
Modulo1.goegrafia 12Modulo1.goegrafia 12
Modulo1.goegrafia 12
 
Capitalismo e Socialismo - Geografia
Capitalismo e Socialismo - GeografiaCapitalismo e Socialismo - Geografia
Capitalismo e Socialismo - Geografia
 
Capitalismo e socialismo_
Capitalismo e socialismo_Capitalismo e socialismo_
Capitalismo e socialismo_
 
APOIO AULA 2 - Texto Ordens Mundiais e Globalização
APOIO AULA 2 - Texto Ordens Mundiais e GlobalizaçãoAPOIO AULA 2 - Texto Ordens Mundiais e Globalização
APOIO AULA 2 - Texto Ordens Mundiais e Globalização
 
Texto Ordens Mundiais_e_Globalização
Texto Ordens Mundiais_e_GlobalizaçãoTexto Ordens Mundiais_e_Globalização
Texto Ordens Mundiais_e_Globalização
 
Capitalismo x socialismo
Capitalismo x socialismoCapitalismo x socialismo
Capitalismo x socialismo
 
Capitalismo x socialismo
Capitalismo x socialismoCapitalismo x socialismo
Capitalismo x socialismo
 
Capitalismo x socialismo
Capitalismo x socialismoCapitalismo x socialismo
Capitalismo x socialismo
 
Slideterceiroanogeral 110524155454-phpapp01
Slideterceiroanogeral 110524155454-phpapp01Slideterceiroanogeral 110524155454-phpapp01
Slideterceiroanogeral 110524155454-phpapp01
 
5 multipolaridade economica-e_a_nova_ordem_mundial
5 multipolaridade economica-e_a_nova_ordem_mundial5 multipolaridade economica-e_a_nova_ordem_mundial
5 multipolaridade economica-e_a_nova_ordem_mundial
 
6 multipolaridade economica-e_a_nova_ordem_mundial
6 multipolaridade economica-e_a_nova_ordem_mundial6 multipolaridade economica-e_a_nova_ordem_mundial
6 multipolaridade economica-e_a_nova_ordem_mundial
 
4 multipolaridade economica-e_a_nova_ordem_mundial
4 multipolaridade economica-e_a_nova_ordem_mundial4 multipolaridade economica-e_a_nova_ordem_mundial
4 multipolaridade economica-e_a_nova_ordem_mundial
 
Desenvolvimento do Capitalismo e a Ordem internacional
Desenvolvimento do Capitalismo e a Ordem internacionalDesenvolvimento do Capitalismo e a Ordem internacional
Desenvolvimento do Capitalismo e a Ordem internacional
 
Capitalismo
CapitalismoCapitalismo
Capitalismo
 

Mais de Rosemildo Lima

Orientação geográfica
Orientação geográficaOrientação geográfica
Orientação geográfica
Rosemildo Lima
 
Divisão norte sul
Divisão norte sulDivisão norte sul
Divisão norte sul
Rosemildo Lima
 
A origem do subdesenvolvimento
A origem do subdesenvolvimentoA origem do subdesenvolvimento
A origem do subdesenvolvimento
Rosemildo Lima
 
O nosso lugar no mundo
O nosso lugar no mundoO nosso lugar no mundo
O nosso lugar no mundo
Rosemildo Lima
 
O s meios de transportes
O s meios de transportesO s meios de transportes
O s meios de transportes
Rosemildo Lima
 
Geografia 6º ano módulo 8
Geografia 6º ano   módulo 8Geografia 6º ano   módulo 8
Geografia 6º ano módulo 8
Rosemildo Lima
 
Regionalização do brasil
Regionalização do brasilRegionalização do brasil
Regionalização do brasil
Rosemildo Lima
 
Vegetacao brasileira
Vegetacao brasileiraVegetacao brasileira
Vegetacao brasileira
Rosemildo Lima
 
Os domínios morfoclimáticos
Os domínios morfoclimáticosOs domínios morfoclimáticos
Os domínios morfoclimáticos
Rosemildo Lima
 
América latina def
América latina defAmérica latina def
América latina def
Rosemildo Lima
 
O complexo regional do nordeste
O complexo regional do nordesteO complexo regional do nordeste
O complexo regional do nordeste
Rosemildo Lima
 
Região norte
Região norteRegião norte
Região norte
Rosemildo Lima
 
Urbanização2
Urbanização2Urbanização2
Urbanização2
Rosemildo Lima
 
Fontes de emergia
Fontes de emergiaFontes de emergia
Fontes de emergia
Rosemildo Lima
 
Blocos economicos
Blocos economicosBlocos economicos
Blocos economicos
Rosemildo Lima
 
A grande concentração industrial na região sudeste
A grande concentração industrial na região sudesteA grande concentração industrial na região sudeste
A grande concentração industrial na região sudeste
Rosemildo Lima
 
Globalização2
Globalização2Globalização2
Globalização2
Rosemildo Lima
 

Mais de Rosemildo Lima (17)

Orientação geográfica
Orientação geográficaOrientação geográfica
Orientação geográfica
 
Divisão norte sul
Divisão norte sulDivisão norte sul
Divisão norte sul
 
A origem do subdesenvolvimento
A origem do subdesenvolvimentoA origem do subdesenvolvimento
A origem do subdesenvolvimento
 
O nosso lugar no mundo
O nosso lugar no mundoO nosso lugar no mundo
O nosso lugar no mundo
 
O s meios de transportes
O s meios de transportesO s meios de transportes
O s meios de transportes
 
Geografia 6º ano módulo 8
Geografia 6º ano   módulo 8Geografia 6º ano   módulo 8
Geografia 6º ano módulo 8
 
Regionalização do brasil
Regionalização do brasilRegionalização do brasil
Regionalização do brasil
 
Vegetacao brasileira
Vegetacao brasileiraVegetacao brasileira
Vegetacao brasileira
 
Os domínios morfoclimáticos
Os domínios morfoclimáticosOs domínios morfoclimáticos
Os domínios morfoclimáticos
 
América latina def
América latina defAmérica latina def
América latina def
 
O complexo regional do nordeste
O complexo regional do nordesteO complexo regional do nordeste
O complexo regional do nordeste
 
Região norte
Região norteRegião norte
Região norte
 
Urbanização2
Urbanização2Urbanização2
Urbanização2
 
Fontes de emergia
Fontes de emergiaFontes de emergia
Fontes de emergia
 
Blocos economicos
Blocos economicosBlocos economicos
Blocos economicos
 
A grande concentração industrial na região sudeste
A grande concentração industrial na região sudesteA grande concentração industrial na região sudeste
A grande concentração industrial na região sudeste
 
Globalização2
Globalização2Globalização2
Globalização2
 

Último

cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
MatheusSousa716350
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
DouglasMoraes54
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
ProfessoraTatianaT
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
joseanesouza36
 
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdfUFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
Manuais Formação
 
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.pptFUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
MarceloMonteiro213738
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptxTREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
erssstcontato
 
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
vinibolado86
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
pamellaaraujo10
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
joaresmonte3
 
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
Gênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9ºGênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9º
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
sjcelsorocha
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
rloureiro1
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 

Último (20)

cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
 
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdfUFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
 
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.pptFUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptxTREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
 
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
 
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
Gênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9ºGênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9º
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 

A nova ordem mundial ou mulitpolaridade

  • 1. A NOVA ORDEM MUNDIAL OU MULTIPOLARIDADE Apresenta basicamente duas facetas: uma geopolítica e outra econômica. Prof. Rosemildo Lima
  • 2.  
  • 3. Observe Angeli Folha de S. Paulo . 6 jun. 1999. p. A-2. Alguma coisa Está fora da ordem Fora da nova ordem Mundial...
  • 4. Situação real pós-guerra fria  Os Estados Unidos saíram desgastados e abalados moral e politicamente da Guerra do Vietnã.  Já ao longo da década de 60 o Japão e a Europa dominavam grande parte da economia mundial.  Relativo declínio econômico e fracasso no Vietnã evidenciavam o esgotamento do modelo geopolítico mundial.  Do lado oposta está a URSS. O fim da guerra fria está diretamente relacionado com a desintegração deste país, apesar de não ser a única justificativa.  A URSS sentiu o peso da corrida armamentista muito mais que os EUA, o que abalou usa capacidade de financiar outras áreas da economia civil.
  • 5.
  • 6.  
  • 7.
  • 8.
  • 9. Divisão Norte-Sul Mário Yoshida Fonte: Elaborado pelos autores com base em: Atlas nacional do Brasil . Rio de Janeiro: IBGE, 2000. p.20. A divisão Norte-Sul é delimitada por uma linha sinuosa. Os países desenvolvidos estão situados de um lado da linha, a maior parte ao norte, e os subdesenvolvidos encontram-se ao sul.
  • 10.
  • 11.
  • 12.
  • 13. Fonte: FMI (estimativa 2007). O G-8 no mundo Valores em trilhões de US$ PIB convertido pela taxa de média de câmbio do ano
  • 14.
  • 15.
  • 16.
  • 17.
  • 18.
  • 19. Colônias Transformaram-se Em países, e mesmo após sua independência política, permaneceram como produtores e exportadores de matérias-primas. Após a Segunda Guerra Vários países conquistaram grande desenvolvimento industrial e modernizaram diversos setores. Como é o caso de Brasil, México e Argentina. Os novos países industrializados não resolveram seus problemas sociais básicos Não resolveram Nem as relações de dependência econômica, financeira e tecnológica com o mundo desenvolvido. Na atual fase da globalização, a dependência dos subdesenvolvidos em relação aos desenvolvidos tem-se acentuado.
  • 20. Países emergentes: - expressão utilizada pelas organizações internacionais para se referirem aos países subdesenvolvidos industrializados ou em fase de industrialização avançada. Embora façam parte da periferia do sistema capitalista, estão entre os maiores PIB do mundo. PIB (Produto Interno Bruto) : valor de todos os bens e serviços produzidos por um país, no período de um ano . Centro : para designar países desenvolvidos que têm papel de comando na economia mundial. P eriferia: termo usado para designar os países subdesenvolvidos.
  • 21. A divisão internacional do trabalho Início séculos XV e XVI Delineação do papel das metrópoles e das colônias no contexto da produção e do comércio internacional A América, a África e a Ásia (com exceção do Japão) Passaram a organizar suas economias segundo as necessidades de suas metrópoles
  • 22. Final do século XVIII A Revolução Industrial desencadeou A desestruturação do sistema colonial A industrialização exigia maiores quantidades de matérias-primas e mais consumidores para suas mercadorias Produção em larga escala Gradativamente os interesses comerciais de algumas metrópoles passaram a exigir que as transações econômicas fossem realizadas com mais liberdade
  • 23. Entre o final do século XVIII e o início do século XIX Inicia-se o processo de independência de várias colônias A independência política não trouxe a independência econômica e tampouco modificou a realidade social das antigas colônias. Os países industrializados ampliaram a capacidade produtiva, a margem de lucro e as diferenças econômicas e sociais em relação aos países exportadores de matérias-primas.
  • 24. A nova divisão internacional do trabalho Os países subdesenvolvidos, além de produzir e exportar matérias-primas agrícolas e minerais, transformam-se em produtores e exportadores de produtos industrializados. Principalmente a partir de 1950, alguns países da América Latina , África e Ásia se industrializaram Industrialização tardia A industrialização dos países subdesenvolvidos acabou atendendo interesses específicos das indústrias multinacionais, que instalaram filiais, particularmente nesses países, em virtude de: matérias-primas, mercado consumidor, mão-de-obra e impostos baratos.
  • 25. O Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) Critério estabelecido pela ONU para avaliar o nível de desenvolvimento econômico e social dos países O primeiro Relatório do Desenvolvimento Humano foi publicado em 1990. Desde de então ele é atualizado anualmente. Há diversos países que tiveram crescimento econômico, mas não desenvolvimento social efetivo. que possibilitasse Melhorias para toda população nas áreas de saúde, educação, habitação, saneamento básico, transporte etc. Apesar do IDH não ser um indicador ideal, apresenta a vantagem de considerar o desenvolvimento de forma mais abrangente e de avaliar, até certo ponto, o acesso da população aos benefícios do crescimento econômico.
  • 26.
  • 28. A regionalização do espaço mundial A análise das relações entre os países no espaço mundial, dos diferentes níveis de desenvolvimento socioeconômico e do papel de cada país na Divisão Internacional do Trabalho pode ser realizada com base em um estudo regional. O ponto de partida para o estudo regional dos continentes é o papel que cada país tem na DIT e seu nível de desenvolvimento socioeconômico. Existem outras propostas para o entendimento do mundo em que vivemos. No entanto, a opção por uma divisão regional em continentes tem a vantagem de facilitar o estudo de aspectos naturais, políticos, socioeconômicos, entre outros, num mesmo bloco territorial.
  • 29. América Países desenvolvidos Estado Unidos e Canadá Países subdesenvolvidos América Latina Não forma um conjunto homogêneo. Europa Parte ocidental Mais desenvolvida Parte oriental Menos desenvolvida. A Ásia é um continente de contrastes. A bacia do Pacífico, sob a liderança do Japão, agrupa países com os melhores índices de crescimento econômico do continente, como a China e os Tigres Asiáticos. O Oriente Médio forma outro bloco, marcado por questões econômicas, religiosas e estratégicas comuns, com grandes repercussão no mundo atual. Na África foi estabelecido um estudo regionalizado, subdividindo o continente em África do Norte - de influência árabe e islâmica - e em África do Subsaariana - uma das regiões mais pobres do mundo, com populações predominantemente negra e grupos étnicos bastante diferenciados.