SlideShare uma empresa Scribd logo
A missão de jesus cristo
ILUMINADOS PELA PALAVRA
Foi então a Nazaré, onde se tinha criado.
Conforme seu costume, no dia de sábado, foi
à sinagoga e levantou-se para fazer a leitura.
Deram-lhe o livro do profeta Isaías. Abrindo
o livro, encontrou o lugar onde está escrito:
“O Espírito do Senhor está sobre mim, pois ele
me ungiu, para anunciar a Boa-Nova aos pobres:
enviou-me para proclamar a libertação aos
presos e, aos cegos, a recuperação da vista; para
dar liberdade aos oprimidos e proclamar um
ano aceito da parte do Senhor”. (Lc 4, 16-19)
DIALOGANDO
A MISSÃO DE JESUS CRISTO
JESUS DE NAZARÉ - FILHO DE
DEUS E FILHO DE MARIA
“E, assim como trouxemos a imagem do
homem terrestre, assim também traremos a
imagem do homem celeste.” (1Cor 15, 49)
- Logo, o cristão é chamado a conformar-se
ao segundo Adão, e nele encontrar a
verdadeira relação entre o
homem e seu Criador.
REVELAR O PAI, ANUNCIAR O
REINO DE DEUS
No NT temos a certeza de que chegou o
Reino de Deus, pois o Senhor está entre nós!
O Reino de Deus é o centro e o resumo
da mensagem e da atividade toda de Jesus
(Mt 4, 23).
Jesus começa a sua pregação na Galileia, e
tem a mesma radicalidade de João Batista:
mudança de vida, por causa do Reino (Mt
4, 23-25)
Conteúdo - É BASEADO NO AMOR,
NA JUSTIÇA, RESPEITO, MISERICÓRDIA
E FRATERNIDADE. Jesus prega e vive
esse valor no dia a dia e ensina que
embora o Reino de Deus seja um dom da
gratuidade de Deus, ele deve ser também
fruto do acolhimento de cada uma (Mt 7,
13-14).
Destinatário – os pobres, marginalizados,
as crianças, os pecadores...
A missão de jesus cristo
PODEMOS DIZER QUE:
Parábolas: ensinava com um jeito simples
do povo entender e reconhecer os sinais
da presença libertadora do Reino de
Deus.
Os Sinais: Jesus é o sinal mais forte do
Reino de Deus. Para mostrar qual é a
proposta do Reino de Deus
-Milagres: os milagres são sinais realizados por Jesus que libertam o homem para que
ele possa viver um novo ser e segui-lo (Lc 8, 26-39). O milagre é a força libertadora
que contém a Sua palavra. É sempre o que Ele diz que transforma.
- Curas: as curas feitas por Jesus,são atos de poder, e expressa a sua presença
Salvadora-Libertadora em meio ao povo sofrido. Sua cura é resgate e integração.
- Oração: Jesus nos dá testemunho da importância da intimidade com o Pai. A
relação entre Jesus e o Pai, é o sinal básico do Reino, dirigia-se a Deus como “Abba”,
Pai-paizinho.
- Seguimento: com Jesus aprendemos que na vida existem sinais de vida e também
sinais de morte.O seu seguimento nos aponta que combater os sinais que geram
mortes é missão de todos os batizados.
PROFETA DO REINO DE DEUS
Seu objetivo não é proporcionar ao povo um código
moral mais perfeito, mas ajudá-los a intuir como é e
como age Deus, e como será o mundo e a vida se todos
agirem como ele. É isso que ele quer comunicar com sua
palavra e com sua vida inteira.
Falará da justiça social como instauração do Reino de
Deus. Para Ele o Reino é: Mc 4, 26-29, Mt 13, 45-46
POETA DA COMPAIXÃO
Jesus destaca em suas parábolas a
“compaixão” como o traço principal de
Deus (Lc 15, 11-31; Mt 18, 18-35; 20, 1-16).
Parábolas que falam da compaixão de Deus:
- Lc 15, 11-32 - Pai Misericordioso
- Mt 20, 1-15 – Dono daVinha
- Lc 10, 25-37 – Samaritano
CURADOR DA VIDA
Cura com a força de sua palavra
e com os gestos de suas mãos.
Jesus nos mostra que o que preocupa a
Deus é o sofrimento dos mais desgraçados;
o que move a agir no meio de seu povo é
seu amor compassivo; o Deus que quer
reinar entre os homens e mulheres é um
“Deus que cura”.
A missão de jesus cristo
Jo 4, 5-27
SERVO FIEL
Em Lucas sua vida pública começa com uma oração (Lc 3, 21)
e em todos os evangelhos sua vida termina com uma oração,
interpretada diversamente como oração de angústia, de
esperança ou de paz, mas, definitivamente, de relação
explicita com Deus (Mt 27, 46; Mc 15, 34; Lc 23, 46; Jo 19, 30).
[...] Jesus aparece orando em momentos de
importantes, decisões históricas: antes de
escolher os doze (Lc 6, 12s), de ensinar o Pai
Nosso (Lc 11, 1), de curar o epiléptico (Mc 9, 29).
Jesus orava, mas também alertava seus
discípulos e ouvintes a respeito da verdadeira
oração.
A missão de jesus cristo
GRUPOJBD

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Estudo do evangelho de João
Estudo do evangelho de JoãoEstudo do evangelho de João
Estudo do evangelho de João
RODRIGO FERREIRA
 
Vida de oração
Vida de oraçãoVida de oração
Vida de oração
Márcio Melânia
 
A VocaçãO
A VocaçãOA VocaçãO
A VocaçãO
reginasilva
 
14º Encontro da Crisma - MARIA
14º Encontro da Crisma - MARIA14º Encontro da Crisma - MARIA
14º Encontro da Crisma - MARIA
Catequese Anjos dos Céus
 
O batismo nas águas
O  batismo nas águasO  batismo nas águas
O batismo nas águas
Marcelo Santos
 
Lição 6 - O Tribunal de Cristo e os Galardões
Lição 6 - O Tribunal de Cristo e os GalardõesLição 6 - O Tribunal de Cristo e os Galardões
Lição 6 - O Tribunal de Cristo e os Galardões
Andrew Guimarães
 
A caminho de Emaús
A caminho de EmaúsA caminho de Emaús
A caminho de Emaús
Ramón Zazatt
 
Sacramentos slides
Sacramentos   slidesSacramentos   slides
Sacramentos slides
Alexandre Alves
 
TREINAMENTO PARA EVANGELISMO
TREINAMENTO PARA EVANGELISMOTREINAMENTO PARA EVANGELISMO
TREINAMENTO PARA EVANGELISMO
igrejafecrista
 
O nascimento de Jesus
O nascimento de JesusO nascimento de Jesus
O nascimento de Jesus
Moisés Sampaio
 
Lição 7 - A ordenança do batismo em águas
Lição 7 - A ordenança do batismo em águasLição 7 - A ordenança do batismo em águas
Lição 7 - A ordenança do batismo em águas
Erberson Pinheiro
 
A Páscoa e seu verdadeiro sentido
A Páscoa e seu verdadeiro sentidoA Páscoa e seu verdadeiro sentido
A Páscoa e seu verdadeiro sentido
iev.comunidade
 
Maria, Mãe de Jesus uma Serva Humilde.
Maria, Mãe de Jesus uma Serva Humilde.Maria, Mãe de Jesus uma Serva Humilde.
Maria, Mãe de Jesus uma Serva Humilde.
Márcio Martins
 
Estudo biblico 22
Estudo biblico 22Estudo biblico 22
Estudo biblico 22
Edilson Jose Barbosa Barbosa
 
Missa parte por parte
Missa parte por parteMissa parte por parte
Missa parte por parte
Nahor Lopes de Souza Junior
 
O Fruto do Espírito Santo
O Fruto do Espírito SantoO Fruto do Espírito Santo
O Fruto do Espírito Santo
Quenia Damata
 
estudo do evangelho de Mateus
estudo do evangelho de Mateusestudo do evangelho de Mateus
estudo do evangelho de Mateus
RODRIGO FERREIRA
 
Batismo nas águas
Batismo nas águasBatismo nas águas
Batismo nas águas
Icm Bela Vista
 
14ºEncontro - Jesus chama os Apostolos
14ºEncontro - Jesus chama os Apostolos14ºEncontro - Jesus chama os Apostolos
14ºEncontro - Jesus chama os Apostolos
Catequese Anjos dos Céus
 
Formação Sagrada Tradição
Formação Sagrada TradiçãoFormação Sagrada Tradição

Mais procurados (20)

Estudo do evangelho de João
Estudo do evangelho de JoãoEstudo do evangelho de João
Estudo do evangelho de João
 
Vida de oração
Vida de oraçãoVida de oração
Vida de oração
 
A VocaçãO
A VocaçãOA VocaçãO
A VocaçãO
 
14º Encontro da Crisma - MARIA
14º Encontro da Crisma - MARIA14º Encontro da Crisma - MARIA
14º Encontro da Crisma - MARIA
 
O batismo nas águas
O  batismo nas águasO  batismo nas águas
O batismo nas águas
 
Lição 6 - O Tribunal de Cristo e os Galardões
Lição 6 - O Tribunal de Cristo e os GalardõesLição 6 - O Tribunal de Cristo e os Galardões
Lição 6 - O Tribunal de Cristo e os Galardões
 
A caminho de Emaús
A caminho de EmaúsA caminho de Emaús
A caminho de Emaús
 
Sacramentos slides
Sacramentos   slidesSacramentos   slides
Sacramentos slides
 
TREINAMENTO PARA EVANGELISMO
TREINAMENTO PARA EVANGELISMOTREINAMENTO PARA EVANGELISMO
TREINAMENTO PARA EVANGELISMO
 
O nascimento de Jesus
O nascimento de JesusO nascimento de Jesus
O nascimento de Jesus
 
Lição 7 - A ordenança do batismo em águas
Lição 7 - A ordenança do batismo em águasLição 7 - A ordenança do batismo em águas
Lição 7 - A ordenança do batismo em águas
 
A Páscoa e seu verdadeiro sentido
A Páscoa e seu verdadeiro sentidoA Páscoa e seu verdadeiro sentido
A Páscoa e seu verdadeiro sentido
 
Maria, Mãe de Jesus uma Serva Humilde.
Maria, Mãe de Jesus uma Serva Humilde.Maria, Mãe de Jesus uma Serva Humilde.
Maria, Mãe de Jesus uma Serva Humilde.
 
Estudo biblico 22
Estudo biblico 22Estudo biblico 22
Estudo biblico 22
 
Missa parte por parte
Missa parte por parteMissa parte por parte
Missa parte por parte
 
O Fruto do Espírito Santo
O Fruto do Espírito SantoO Fruto do Espírito Santo
O Fruto do Espírito Santo
 
estudo do evangelho de Mateus
estudo do evangelho de Mateusestudo do evangelho de Mateus
estudo do evangelho de Mateus
 
Batismo nas águas
Batismo nas águasBatismo nas águas
Batismo nas águas
 
14ºEncontro - Jesus chama os Apostolos
14ºEncontro - Jesus chama os Apostolos14ºEncontro - Jesus chama os Apostolos
14ºEncontro - Jesus chama os Apostolos
 
Formação Sagrada Tradição
Formação Sagrada TradiçãoFormação Sagrada Tradição
Formação Sagrada Tradição
 

Destaque

JESUS, MESTRE DA EDUCAÇÃO
JESUS, MESTRE DA EDUCAÇÃOJESUS, MESTRE DA EDUCAÇÃO
JESUS, MESTRE DA EDUCAÇÃO
Jorge Luiz dos Santos
 
Jesus, O LíDer Por ExcelêNcia
Jesus, O LíDer Por ExcelêNciaJesus, O LíDer Por ExcelêNcia
Jesus, O LíDer Por ExcelêNcia
Sergio Menezes
 
Eu sou-a-ressurreição-e-a-vida
Eu sou-a-ressurreição-e-a-vidaEu sou-a-ressurreição-e-a-vida
Eu sou-a-ressurreição-e-a-vida
Ademilton41
 
Jesus - o maior líder e gerente que passou pela face da terra
Jesus - o maior líder e gerente que passou pela face da terraJesus - o maior líder e gerente que passou pela face da terra
Jesus - o maior líder e gerente que passou pela face da terra
grupodepaisceb
 
Velhice- Nova Idade
Velhice- Nova IdadeVelhice- Nova Idade
Velhice- Nova Idade
Margarida Vaz
 
Jesus: Roteiro de Luz, Espiritismo: Receita de Vida
Jesus: Roteiro de Luz, Espiritismo: Receita de VidaJesus: Roteiro de Luz, Espiritismo: Receita de Vida
Jesus: Roteiro de Luz, Espiritismo: Receita de Vida
igmateus
 
Pessoa de jesus
Pessoa de jesusPessoa de jesus
Pessoa de jesus
Ramon Gimenez
 
Biografia de Jesus Cristo
Biografia de Jesus CristoBiografia de Jesus Cristo
Biografia de Jesus Cristo
Manuel Pereira Gonçalves
 
Jesus Palestra
Jesus   PalestraJesus   Palestra
Jesus Palestra
Cláudio Luciano
 
Desenvolvendo sentimentos!
Desenvolvendo sentimentos!Desenvolvendo sentimentos!
Desenvolvendo sentimentos!
Leonardo Pereira
 
Educação e Espiritismo
Educação e EspiritismoEducação e Espiritismo
Educação e Espiritismo
grupodepaisceb
 
Jesus e o Natal
Jesus e o NatalJesus e o Natal
Jesus e o Natal
igmateus
 
Inesqueciveis licoes de_jesus
Inesqueciveis licoes de_jesusInesqueciveis licoes de_jesus
Inesqueciveis licoes de_jesus
Graça Maciel
 
A educacao do espirito
A educacao do espiritoA educacao do espirito
A educacao do espirito
Leonardo Pereira
 
Escutando sentimentos
Escutando sentimentosEscutando sentimentos
Escutando sentimentos
Dalila Melo
 
A pedagogia de Jesus
A pedagogia de JesusA pedagogia de Jesus
A pedagogia de Jesus
Orlei Almeida
 
Quem é Jesus
Quem é JesusQuem é Jesus
Quem é Jesus
Jucieudo Costa
 
Emoções, Sentimentos e Afectos
Emoções, Sentimentos e AfectosEmoções, Sentimentos e Afectos
Emoções, Sentimentos e Afectos
guested634f
 
A Pedagogia do Afeto
A Pedagogia do Afeto A Pedagogia do Afeto
A Pedagogia do Afeto
Adilson P Motta Motta
 
Jesus o cristo de Deus (1 ) - N 11
Jesus o cristo de Deus (1 ) - N 11Jesus o cristo de Deus (1 ) - N 11
Jesus o cristo de Deus (1 ) - N 11
Graça Maciel
 

Destaque (20)

JESUS, MESTRE DA EDUCAÇÃO
JESUS, MESTRE DA EDUCAÇÃOJESUS, MESTRE DA EDUCAÇÃO
JESUS, MESTRE DA EDUCAÇÃO
 
Jesus, O LíDer Por ExcelêNcia
Jesus, O LíDer Por ExcelêNciaJesus, O LíDer Por ExcelêNcia
Jesus, O LíDer Por ExcelêNcia
 
Eu sou-a-ressurreição-e-a-vida
Eu sou-a-ressurreição-e-a-vidaEu sou-a-ressurreição-e-a-vida
Eu sou-a-ressurreição-e-a-vida
 
Jesus - o maior líder e gerente que passou pela face da terra
Jesus - o maior líder e gerente que passou pela face da terraJesus - o maior líder e gerente que passou pela face da terra
Jesus - o maior líder e gerente que passou pela face da terra
 
Velhice- Nova Idade
Velhice- Nova IdadeVelhice- Nova Idade
Velhice- Nova Idade
 
Jesus: Roteiro de Luz, Espiritismo: Receita de Vida
Jesus: Roteiro de Luz, Espiritismo: Receita de VidaJesus: Roteiro de Luz, Espiritismo: Receita de Vida
Jesus: Roteiro de Luz, Espiritismo: Receita de Vida
 
Pessoa de jesus
Pessoa de jesusPessoa de jesus
Pessoa de jesus
 
Biografia de Jesus Cristo
Biografia de Jesus CristoBiografia de Jesus Cristo
Biografia de Jesus Cristo
 
Jesus Palestra
Jesus   PalestraJesus   Palestra
Jesus Palestra
 
Desenvolvendo sentimentos!
Desenvolvendo sentimentos!Desenvolvendo sentimentos!
Desenvolvendo sentimentos!
 
Educação e Espiritismo
Educação e EspiritismoEducação e Espiritismo
Educação e Espiritismo
 
Jesus e o Natal
Jesus e o NatalJesus e o Natal
Jesus e o Natal
 
Inesqueciveis licoes de_jesus
Inesqueciveis licoes de_jesusInesqueciveis licoes de_jesus
Inesqueciveis licoes de_jesus
 
A educacao do espirito
A educacao do espiritoA educacao do espirito
A educacao do espirito
 
Escutando sentimentos
Escutando sentimentosEscutando sentimentos
Escutando sentimentos
 
A pedagogia de Jesus
A pedagogia de JesusA pedagogia de Jesus
A pedagogia de Jesus
 
Quem é Jesus
Quem é JesusQuem é Jesus
Quem é Jesus
 
Emoções, Sentimentos e Afectos
Emoções, Sentimentos e AfectosEmoções, Sentimentos e Afectos
Emoções, Sentimentos e Afectos
 
A Pedagogia do Afeto
A Pedagogia do Afeto A Pedagogia do Afeto
A Pedagogia do Afeto
 
Jesus o cristo de Deus (1 ) - N 11
Jesus o cristo de Deus (1 ) - N 11Jesus o cristo de Deus (1 ) - N 11
Jesus o cristo de Deus (1 ) - N 11
 

Semelhante a A missão de jesus cristo

Lição 02 - Missões Transculturais - A Origem na Natureza de Deus.pptx
Lição 02 - Missões Transculturais - A Origem na Natureza de Deus.pptxLição 02 - Missões Transculturais - A Origem na Natureza de Deus.pptx
Lição 02 - Missões Transculturais - A Origem na Natureza de Deus.pptx
HumbertoRodrigoOlive
 
28. Introdução aos Profetas
28. Introdução aos Profetas28. Introdução aos Profetas
28. Introdução aos Profetas
Igreja Presbiteriana de Dourados
 
Conferência nacional dos bispos do brasil
Conferência nacional dos bispos do brasilConferência nacional dos bispos do brasil
Conferência nacional dos bispos do brasil
Helio Diniz
 
O reino de deus na pregação de jesus (correcao) (1)
O reino de deus na pregação de jesus (correcao) (1)O reino de deus na pregação de jesus (correcao) (1)
O reino de deus na pregação de jesus (correcao) (1)
Cristobal Avalos Rojas
 
O reino de deus na pregação de jesus (correcao)
O reino de deus na pregação de jesus (correcao)O reino de deus na pregação de jesus (correcao)
O reino de deus na pregação de jesus (correcao)
Cristobal Avalos Rojas
 
Comentário: O Batismo do Senhor - Ano A
Comentário: O Batismo do Senhor - Ano AComentário: O Batismo do Senhor - Ano A
Comentário: O Batismo do Senhor - Ano A
José Lima
 
Lição 3 - A salvação e o advento do Salvador
Lição 3 - A salvação e o advento do SalvadorLição 3 - A salvação e o advento do Salvador
Lição 3 - A salvação e o advento do Salvador
Erberson Pinheiro
 
Comentário: O Batismo do Senhor - Ano C
Comentário: O Batismo do Senhor - Ano CComentário: O Batismo do Senhor - Ano C
Comentário: O Batismo do Senhor - Ano C
José Lima
 
O reino de Deus_Lição_original com textos_1122015
O reino de Deus_Lição_original com textos_1122015O reino de Deus_Lição_original com textos_1122015
O reino de Deus_Lição_original com textos_1122015
Gerson G. Ramos
 
LIÇÃO 13 - Jesus cristo, o modelo supremo de caráter
LIÇÃO 13 - Jesus cristo, o modelo supremo de caráterLIÇÃO 13 - Jesus cristo, o modelo supremo de caráter
LIÇÃO 13 - Jesus cristo, o modelo supremo de caráter
Natalino das Neves Neves
 
Lição 5 - A Identidade do Espírito Santo
Lição 5 - A Identidade do Espírito SantoLição 5 - A Identidade do Espírito Santo
Lição 5 - A Identidade do Espírito Santo
I.A.D.F.J - SAMAMABAIA SUL
 
1 trindade - 08-09-2013 (1)
1   trindade - 08-09-2013 (1)1   trindade - 08-09-2013 (1)
1 trindade - 08-09-2013 (1)
judju
 
Jesus, o Espírito Santo e a oração_Lição_original com textos_722015
Jesus, o Espírito Santo e a oração_Lição_original com textos_722015Jesus, o Espírito Santo e a oração_Lição_original com textos_722015
Jesus, o Espírito Santo e a oração_Lição_original com textos_722015
Gerson G. Ramos
 
Doutrina 1 , inspiração da bíblia convertedfromdocx
Doutrina 1 , inspiração da bíblia convertedfromdocxDoutrina 1 , inspiração da bíblia convertedfromdocx
Doutrina 1 , inspiração da bíblia convertedfromdocx
stefannicristine
 
Os_Evangelhos_Lucas.pdf
Os_Evangelhos_Lucas.pdfOs_Evangelhos_Lucas.pdf
Os_Evangelhos_Lucas.pdf
AMILTON gomes Gomes
 
Comentário: Batismo do Senhor - Ano B
Comentário: Batismo do Senhor - Ano BComentário: Batismo do Senhor - Ano B
Comentário: Batismo do Senhor - Ano B
José Lima
 
Lição 6 - Eu Sou Jesus
Lição 6 - Eu Sou JesusLição 6 - Eu Sou Jesus
Lição 6 - Eu Sou Jesus
Éder Tomé
 
Cat04
Cat04Cat04
Comentário: 2° Domingo da Quaresma - Ano A
Comentário: 2° Domingo da Quaresma - Ano AComentário: 2° Domingo da Quaresma - Ano A
Comentário: 2° Domingo da Quaresma - Ano A
José Lima
 
Parábolas
ParábolasParábolas
Parábolas
conceicaoborges
 

Semelhante a A missão de jesus cristo (20)

Lição 02 - Missões Transculturais - A Origem na Natureza de Deus.pptx
Lição 02 - Missões Transculturais - A Origem na Natureza de Deus.pptxLição 02 - Missões Transculturais - A Origem na Natureza de Deus.pptx
Lição 02 - Missões Transculturais - A Origem na Natureza de Deus.pptx
 
28. Introdução aos Profetas
28. Introdução aos Profetas28. Introdução aos Profetas
28. Introdução aos Profetas
 
Conferência nacional dos bispos do brasil
Conferência nacional dos bispos do brasilConferência nacional dos bispos do brasil
Conferência nacional dos bispos do brasil
 
O reino de deus na pregação de jesus (correcao) (1)
O reino de deus na pregação de jesus (correcao) (1)O reino de deus na pregação de jesus (correcao) (1)
O reino de deus na pregação de jesus (correcao) (1)
 
O reino de deus na pregação de jesus (correcao)
O reino de deus na pregação de jesus (correcao)O reino de deus na pregação de jesus (correcao)
O reino de deus na pregação de jesus (correcao)
 
Comentário: O Batismo do Senhor - Ano A
Comentário: O Batismo do Senhor - Ano AComentário: O Batismo do Senhor - Ano A
Comentário: O Batismo do Senhor - Ano A
 
Lição 3 - A salvação e o advento do Salvador
Lição 3 - A salvação e o advento do SalvadorLição 3 - A salvação e o advento do Salvador
Lição 3 - A salvação e o advento do Salvador
 
Comentário: O Batismo do Senhor - Ano C
Comentário: O Batismo do Senhor - Ano CComentário: O Batismo do Senhor - Ano C
Comentário: O Batismo do Senhor - Ano C
 
O reino de Deus_Lição_original com textos_1122015
O reino de Deus_Lição_original com textos_1122015O reino de Deus_Lição_original com textos_1122015
O reino de Deus_Lição_original com textos_1122015
 
LIÇÃO 13 - Jesus cristo, o modelo supremo de caráter
LIÇÃO 13 - Jesus cristo, o modelo supremo de caráterLIÇÃO 13 - Jesus cristo, o modelo supremo de caráter
LIÇÃO 13 - Jesus cristo, o modelo supremo de caráter
 
Lição 5 - A Identidade do Espírito Santo
Lição 5 - A Identidade do Espírito SantoLição 5 - A Identidade do Espírito Santo
Lição 5 - A Identidade do Espírito Santo
 
1 trindade - 08-09-2013 (1)
1   trindade - 08-09-2013 (1)1   trindade - 08-09-2013 (1)
1 trindade - 08-09-2013 (1)
 
Jesus, o Espírito Santo e a oração_Lição_original com textos_722015
Jesus, o Espírito Santo e a oração_Lição_original com textos_722015Jesus, o Espírito Santo e a oração_Lição_original com textos_722015
Jesus, o Espírito Santo e a oração_Lição_original com textos_722015
 
Doutrina 1 , inspiração da bíblia convertedfromdocx
Doutrina 1 , inspiração da bíblia convertedfromdocxDoutrina 1 , inspiração da bíblia convertedfromdocx
Doutrina 1 , inspiração da bíblia convertedfromdocx
 
Os_Evangelhos_Lucas.pdf
Os_Evangelhos_Lucas.pdfOs_Evangelhos_Lucas.pdf
Os_Evangelhos_Lucas.pdf
 
Comentário: Batismo do Senhor - Ano B
Comentário: Batismo do Senhor - Ano BComentário: Batismo do Senhor - Ano B
Comentário: Batismo do Senhor - Ano B
 
Lição 6 - Eu Sou Jesus
Lição 6 - Eu Sou JesusLição 6 - Eu Sou Jesus
Lição 6 - Eu Sou Jesus
 
Cat04
Cat04Cat04
Cat04
 
Comentário: 2° Domingo da Quaresma - Ano A
Comentário: 2° Domingo da Quaresma - Ano AComentário: 2° Domingo da Quaresma - Ano A
Comentário: 2° Domingo da Quaresma - Ano A
 
Parábolas
ParábolasParábolas
Parábolas
 

Último

Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptxBatismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
nadeclarice
 
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
AndreyCamarini
 
Encontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
Encontro ECC - Sacramento Penitência.pptEncontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
Encontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
SanturioTacararu
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - RevidesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Ricardo Azevedo
 
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptxLição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Celso Napoleon
 
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf radedgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
carla983678
 
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújoquem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
Rogério Augusto Ayres de Araujo
 
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptxApresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
AlexandreCarvalho858758
 
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita RafaelA Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
DavidBertelli3
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Celso Napoleon
 
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
Nilson Almeida
 
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
Marta Gomes
 
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
AlailzaSoares1
 
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyugcontrole-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
AntonioMugiba
 

Último (14)

Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptxBatismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
 
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
 
Encontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
Encontro ECC - Sacramento Penitência.pptEncontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
Encontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - RevidesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
 
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptxLição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
 
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf radedgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
 
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújoquem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
 
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptxApresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
 
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita RafaelA Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
 
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
 
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
 
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyugcontrole-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
 

A missão de jesus cristo

  • 2. ILUMINADOS PELA PALAVRA Foi então a Nazaré, onde se tinha criado. Conforme seu costume, no dia de sábado, foi à sinagoga e levantou-se para fazer a leitura. Deram-lhe o livro do profeta Isaías. Abrindo o livro, encontrou o lugar onde está escrito: “O Espírito do Senhor está sobre mim, pois ele me ungiu, para anunciar a Boa-Nova aos pobres: enviou-me para proclamar a libertação aos presos e, aos cegos, a recuperação da vista; para dar liberdade aos oprimidos e proclamar um ano aceito da parte do Senhor”. (Lc 4, 16-19)
  • 4. A MISSÃO DE JESUS CRISTO
  • 5. JESUS DE NAZARÉ - FILHO DE DEUS E FILHO DE MARIA “E, assim como trouxemos a imagem do homem terrestre, assim também traremos a imagem do homem celeste.” (1Cor 15, 49) - Logo, o cristão é chamado a conformar-se ao segundo Adão, e nele encontrar a verdadeira relação entre o homem e seu Criador.
  • 6. REVELAR O PAI, ANUNCIAR O REINO DE DEUS No NT temos a certeza de que chegou o Reino de Deus, pois o Senhor está entre nós! O Reino de Deus é o centro e o resumo da mensagem e da atividade toda de Jesus (Mt 4, 23). Jesus começa a sua pregação na Galileia, e tem a mesma radicalidade de João Batista: mudança de vida, por causa do Reino (Mt 4, 23-25)
  • 7. Conteúdo - É BASEADO NO AMOR, NA JUSTIÇA, RESPEITO, MISERICÓRDIA E FRATERNIDADE. Jesus prega e vive esse valor no dia a dia e ensina que embora o Reino de Deus seja um dom da gratuidade de Deus, ele deve ser também fruto do acolhimento de cada uma (Mt 7, 13-14). Destinatário – os pobres, marginalizados, as crianças, os pecadores...
  • 9. PODEMOS DIZER QUE: Parábolas: ensinava com um jeito simples do povo entender e reconhecer os sinais da presença libertadora do Reino de Deus. Os Sinais: Jesus é o sinal mais forte do Reino de Deus. Para mostrar qual é a proposta do Reino de Deus
  • 10. -Milagres: os milagres são sinais realizados por Jesus que libertam o homem para que ele possa viver um novo ser e segui-lo (Lc 8, 26-39). O milagre é a força libertadora que contém a Sua palavra. É sempre o que Ele diz que transforma. - Curas: as curas feitas por Jesus,são atos de poder, e expressa a sua presença Salvadora-Libertadora em meio ao povo sofrido. Sua cura é resgate e integração. - Oração: Jesus nos dá testemunho da importância da intimidade com o Pai. A relação entre Jesus e o Pai, é o sinal básico do Reino, dirigia-se a Deus como “Abba”, Pai-paizinho. - Seguimento: com Jesus aprendemos que na vida existem sinais de vida e também sinais de morte.O seu seguimento nos aponta que combater os sinais que geram mortes é missão de todos os batizados.
  • 11. PROFETA DO REINO DE DEUS Seu objetivo não é proporcionar ao povo um código moral mais perfeito, mas ajudá-los a intuir como é e como age Deus, e como será o mundo e a vida se todos agirem como ele. É isso que ele quer comunicar com sua palavra e com sua vida inteira. Falará da justiça social como instauração do Reino de Deus. Para Ele o Reino é: Mc 4, 26-29, Mt 13, 45-46
  • 12. POETA DA COMPAIXÃO Jesus destaca em suas parábolas a “compaixão” como o traço principal de Deus (Lc 15, 11-31; Mt 18, 18-35; 20, 1-16). Parábolas que falam da compaixão de Deus: - Lc 15, 11-32 - Pai Misericordioso - Mt 20, 1-15 – Dono daVinha - Lc 10, 25-37 – Samaritano
  • 13. CURADOR DA VIDA Cura com a força de sua palavra e com os gestos de suas mãos. Jesus nos mostra que o que preocupa a Deus é o sofrimento dos mais desgraçados; o que move a agir no meio de seu povo é seu amor compassivo; o Deus que quer reinar entre os homens e mulheres é um “Deus que cura”.
  • 16. SERVO FIEL Em Lucas sua vida pública começa com uma oração (Lc 3, 21) e em todos os evangelhos sua vida termina com uma oração, interpretada diversamente como oração de angústia, de esperança ou de paz, mas, definitivamente, de relação explicita com Deus (Mt 27, 46; Mc 15, 34; Lc 23, 46; Jo 19, 30). [...] Jesus aparece orando em momentos de importantes, decisões históricas: antes de escolher os doze (Lc 6, 12s), de ensinar o Pai Nosso (Lc 11, 1), de curar o epiléptico (Mc 9, 29). Jesus orava, mas também alertava seus discípulos e ouvintes a respeito da verdadeira oração.