SlideShare uma empresa Scribd logo
A história da Ventilação mecânica
Dr. Daniel Xavier
Doutor em Terapia Intensiva pelo Instituto Brasileiro de Terapia IntensivaIBRATI/SP.
Mestre em Terapia intensiva pela IBRATI/SP.
Pós graduado em Fisioterapia em UTI pela Fundação A/C Camargo-Hospital do
Câncer de São Paulo,
pós-graduado em Neurologia pela UMESP,
Fisioterapia Intensivista - SOBRATI/SP.
Diretor Regional da SOBRATI- Sociedade Brasileira de Terapia Intensiva
Fisioterapeuta da Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do
Amazonas(FCECON), atuando como responsável técnico da fisioterapia da UTIUnidade de tratamento intensivo.
Responsável pela implantação do centro de reabilitação em fisioterapia oncofuncional da Liga amazonense de combate ao câncer-LACC.
Coordenador regional do curso de pós-graduação em fisioterapia intensiva.
Proprietário da empresa FISIOCURSOS - Empresa de pós-graduação em
fisioterapia e cursos de extensão e aprimoramento profissional.
Membro ativo da ABFO - Associação Brasileira de Fisioterapia Onco-Fincional e
da ABRAFI - Associação Brasileira de Fisioterapia Intensiva e atualmente Diretor
Presidente da ASSAFI-Associação Amazonense de Fisioterapia Intensiva.
Terapia Intensiva – 1855 ( Florence
Nightingale
A UTI – 1926: Walter Dandy
O Ventilador: Phlip Drinker 1927
Phillip Drinker - 1927

www.medicinaintensiva.com.br
Assistência Ventilatória

1928 - Drinker e Shaw desenvolveram um
ventilador de pressão negativa conhecido
como "iron lung". Foi muito utilizado para
suporte de vida prolongado.
1930 - comercialização
Equipe Interdisciplinar
A Crise da Poliomielite
A história da ventilação mecânica
acompanha a história da reanimação
cardiorespiratória, intubação traqueal,
anestesia, cirurgia torácica e o
tratamento de algumas doenças como
a SDRA e a poliomielite.
A Intubação: Dwyer 1890
e Magill 1916
Chevalier Jackson- 1910
Evolução dos Ventiladores
Mecânicos







1950 – Pulmão de Aço (IRON LUNG);
1960 – Ventiladores BIRD MARK – 7;
1970 – Ventiladores Volumétrico – Bennett;
1980 – Ventiladores Microprocessados;
1990 – Válvulas Mecatrônicas;
2000 – Monitorização Ventilatória.
Ventilação Mecânica Não Invasiiva
Ventiladores tipo Couraca
Pulmão de Aço – Surto Poliomielite
Mark – 7: Redução óbito
de 70% para 10%.
1953 - Ventilador Clevedon
Marco na Assistência Ventilatória

1951 - Dr. Forrest Bird construiu o
primeiro respirador de pressão positiva
acionado por magnetos. Denominado
Bird Mark 7
Dr. Daniel Xavier
Email:
xavierdaniel@hotmail.com
Telefones : ( 092) 84256441 / 3238-2563

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

AVALIAÇÃO FISIOTERAPÊUTICA EM UTI
AVALIAÇÃO FISIOTERAPÊUTICA EM UTIAVALIAÇÃO FISIOTERAPÊUTICA EM UTI
Ventilação Mecânica
Ventilação MecânicaVentilação Mecânica
Ventilação Mecânica
Abilio Cardoso Teixeira
 
Interpretação de curvas e loops em ventilação mecânica
Interpretação de curvas e loops em ventilação mecânicaInterpretação de curvas e loops em ventilação mecânica
Interpretação de curvas e loops em ventilação mecânica
IAPES - Instituto Amazonense de Aprimoramento e Ensino em Saúde
 
VMNI-Ventilação Mecânica Nao Invasiva
VMNI-Ventilação Mecânica Nao Invasiva VMNI-Ventilação Mecânica Nao Invasiva
VMNI-Ventilação Mecânica Nao Invasiva
Gilmar Roberto Batista
 
Ventilação Não-invasiva
Ventilação Não-invasivaVentilação Não-invasiva
Ventilação Não-invasiva
resenfe2013
 
Ventilação mecânica
Ventilação mecânicaVentilação mecânica
Ventilação mecânica
Fábio Falcão
 
Aula 09 oxigênioterapia
Aula 09  oxigênioterapiaAula 09  oxigênioterapia
Aula 09 oxigênioterapia
Rodrigo Abreu
 
Aula de espirometria e revisão de fisiologia
Aula de espirometria e revisão de fisiologiaAula de espirometria e revisão de fisiologia
Aula de espirometria e revisão de fisiologia
Flávia Salame
 
Síndrome do Desconforto Respiratório Agudo
Síndrome do Desconforto Respiratório AgudoSíndrome do Desconforto Respiratório Agudo
Síndrome do Desconforto Respiratório Agudo
IAPES - Instituto Amazonense de Aprimoramento e Ensino em Saúde
 
Atualização em Mobilização Precoce
Atualização em Mobilização PrecoceAtualização em Mobilização Precoce
Atualização em Mobilização Precoce
Mariana Biason
 
Monitorização da função pulmonar
Monitorização da função pulmonarMonitorização da função pulmonar
Monitorização da função pulmonar
Anestesiador
 
Aula de ventilação mecânica
Aula de ventilação mecânicaAula de ventilação mecânica
Aula de ventilação mecânica
Jaime Fernandes
 
Ventilação Mecânica Não Invasiva
Ventilação Mecânica Não InvasivaVentilação Mecânica Não Invasiva
Ventilação Mecânica Não Invasiva
Fábio Falcão
 
Ventilação mecânica em neonatologia e pediatria
Ventilação mecânica em neonatologia e pediatriaVentilação mecânica em neonatologia e pediatria
Ventilação mecânica em neonatologia e pediatria
Fábio Falcão
 
Assincronias Ventilatórias
Assincronias VentilatóriasAssincronias Ventilatórias
Assincronias Ventilatórias
José Alexandre Pires de Almeida
 
Ventilação Mecânica 2013: tópicos especiais
Ventilação Mecânica 2013: tópicos especiaisVentilação Mecânica 2013: tópicos especiais
Ventilação Mecânica 2013: tópicos especiais
Yuri Assis
 
Reabilitação hospitalar – da uti a alta
Reabilitação hospitalar – da uti a altaReabilitação hospitalar – da uti a alta
Reabilitação hospitalar – da uti a alta
Caio Veloso da Costa, ICU-PT
 
Ventilação mecânica avançada
Ventilação mecânica avançadaVentilação mecânica avançada
Ventilação mecânica avançada
Grupo Ivan Ervilha
 
Síndrome do Imobilismo
Síndrome do ImobilismoSíndrome do Imobilismo
Síndrome do Imobilismo
Danyllo Lucas
 
Ventilação mecânica parte 1
Ventilação mecânica parte 1Ventilação mecânica parte 1
Ventilação mecânica parte 1
Grupo Ivan Ervilha
 

Mais procurados (20)

AVALIAÇÃO FISIOTERAPÊUTICA EM UTI
AVALIAÇÃO FISIOTERAPÊUTICA EM UTIAVALIAÇÃO FISIOTERAPÊUTICA EM UTI
AVALIAÇÃO FISIOTERAPÊUTICA EM UTI
 
Ventilação Mecânica
Ventilação MecânicaVentilação Mecânica
Ventilação Mecânica
 
Interpretação de curvas e loops em ventilação mecânica
Interpretação de curvas e loops em ventilação mecânicaInterpretação de curvas e loops em ventilação mecânica
Interpretação de curvas e loops em ventilação mecânica
 
VMNI-Ventilação Mecânica Nao Invasiva
VMNI-Ventilação Mecânica Nao Invasiva VMNI-Ventilação Mecânica Nao Invasiva
VMNI-Ventilação Mecânica Nao Invasiva
 
Ventilação Não-invasiva
Ventilação Não-invasivaVentilação Não-invasiva
Ventilação Não-invasiva
 
Ventilação mecânica
Ventilação mecânicaVentilação mecânica
Ventilação mecânica
 
Aula 09 oxigênioterapia
Aula 09  oxigênioterapiaAula 09  oxigênioterapia
Aula 09 oxigênioterapia
 
Aula de espirometria e revisão de fisiologia
Aula de espirometria e revisão de fisiologiaAula de espirometria e revisão de fisiologia
Aula de espirometria e revisão de fisiologia
 
Síndrome do Desconforto Respiratório Agudo
Síndrome do Desconforto Respiratório AgudoSíndrome do Desconforto Respiratório Agudo
Síndrome do Desconforto Respiratório Agudo
 
Atualização em Mobilização Precoce
Atualização em Mobilização PrecoceAtualização em Mobilização Precoce
Atualização em Mobilização Precoce
 
Monitorização da função pulmonar
Monitorização da função pulmonarMonitorização da função pulmonar
Monitorização da função pulmonar
 
Aula de ventilação mecânica
Aula de ventilação mecânicaAula de ventilação mecânica
Aula de ventilação mecânica
 
Ventilação Mecânica Não Invasiva
Ventilação Mecânica Não InvasivaVentilação Mecânica Não Invasiva
Ventilação Mecânica Não Invasiva
 
Ventilação mecânica em neonatologia e pediatria
Ventilação mecânica em neonatologia e pediatriaVentilação mecânica em neonatologia e pediatria
Ventilação mecânica em neonatologia e pediatria
 
Assincronias Ventilatórias
Assincronias VentilatóriasAssincronias Ventilatórias
Assincronias Ventilatórias
 
Ventilação Mecânica 2013: tópicos especiais
Ventilação Mecânica 2013: tópicos especiaisVentilação Mecânica 2013: tópicos especiais
Ventilação Mecânica 2013: tópicos especiais
 
Reabilitação hospitalar – da uti a alta
Reabilitação hospitalar – da uti a altaReabilitação hospitalar – da uti a alta
Reabilitação hospitalar – da uti a alta
 
Ventilação mecânica avançada
Ventilação mecânica avançadaVentilação mecânica avançada
Ventilação mecânica avançada
 
Síndrome do Imobilismo
Síndrome do ImobilismoSíndrome do Imobilismo
Síndrome do Imobilismo
 
Ventilação mecânica parte 1
Ventilação mecânica parte 1Ventilação mecânica parte 1
Ventilação mecânica parte 1
 

Semelhante a A história da Ventilação mecânica

VNI linhas de orientação
VNI linhas de orientaçãoVNI linhas de orientação
VNI linhas de orientação
Roberto Mendes
 
A fisioterapia intensiva oncofuncional
A fisioterapia intensiva oncofuncional A fisioterapia intensiva oncofuncional
A fisioterapia intensiva oncofuncional
Iapes Ensino
 
Aula do DEA Silvio
Aula do DEA SilvioAula do DEA Silvio
Aula do DEA Silvio
Prof Silvio Rosa
 
Coluna vertebral
Coluna vertebralColuna vertebral
Coluna vertebral
Sandrina Jesus
 
Aula 1 definiçoes e historia da fisioterapia
Aula 1 definiçoes e historia da fisioterapiaAula 1 definiçoes e historia da fisioterapia
Aula 1 definiçoes e historia da fisioterapia
Marcelo Jota
 
Vm no trauma encefálico e neurointensivismo
Vm no trauma encefálico e neurointensivismoVm no trauma encefálico e neurointensivismo
Vm no trauma encefálico e neurointensivismo
IAPES - Instituto Amazonense de Aprimoramento e Ensino em Saúde
 
Dr. cantidio
Dr. cantidioDr. cantidio
ventilaomecnica-140314115227-phpapp02.pdf
ventilaomecnica-140314115227-phpapp02.pdfventilaomecnica-140314115227-phpapp02.pdf
ventilaomecnica-140314115227-phpapp02.pdf
Maycon Duarte
 
Anestesia casosclinicosoptimize
Anestesia casosclinicosoptimizeAnestesia casosclinicosoptimize
Anestesia casosclinicosoptimize
Walter Ciarrocchi
 
Seminário de Inovação Tecnológica em Saúde no SUS
 Seminário de Inovação Tecnológica em Saúde no SUS  Seminário de Inovação Tecnológica em Saúde no SUS
Seminário de Inovação Tecnológica em Saúde no SUS
BVS Rede de Informação e Conhecimento – SES/SP Centro de Documentação
 
Boletim 79, Setembro 2012 - Programa Educativo PROEDUCAR SOLACI
Boletim 79, Setembro 2012 - Programa Educativo PROEDUCAR SOLACIBoletim 79, Setembro 2012 - Programa Educativo PROEDUCAR SOLACI
Boletim 79, Setembro 2012 - Programa Educativo PROEDUCAR SOLACI
Sociedad Latinoamericana de Cardiología Intervencionista
 
COVID-19 Condutas de Diagnostico e Manejo Ambulatorial Hospitalar
COVID-19 Condutas de Diagnostico e Manejo Ambulatorial HospitalarCOVID-19 Condutas de Diagnostico e Manejo Ambulatorial Hospitalar
COVID-19 Condutas de Diagnostico e Manejo Ambulatorial Hospitalar
Alexandre Naime Barbosa
 
Manual de Suporte Básico de Vida (SBV) - INEM
Manual de Suporte Básico de Vida (SBV) - INEMManual de Suporte Básico de Vida (SBV) - INEM
Manual de Suporte Básico de Vida (SBV) - INEM
Emergência Médica
 
Suporte básico de vida
Suporte básico de vidaSuporte básico de vida
Suporte básico de vida
Licínia Simões
 

Semelhante a A história da Ventilação mecânica (14)

VNI linhas de orientação
VNI linhas de orientaçãoVNI linhas de orientação
VNI linhas de orientação
 
A fisioterapia intensiva oncofuncional
A fisioterapia intensiva oncofuncional A fisioterapia intensiva oncofuncional
A fisioterapia intensiva oncofuncional
 
Aula do DEA Silvio
Aula do DEA SilvioAula do DEA Silvio
Aula do DEA Silvio
 
Coluna vertebral
Coluna vertebralColuna vertebral
Coluna vertebral
 
Aula 1 definiçoes e historia da fisioterapia
Aula 1 definiçoes e historia da fisioterapiaAula 1 definiçoes e historia da fisioterapia
Aula 1 definiçoes e historia da fisioterapia
 
Vm no trauma encefálico e neurointensivismo
Vm no trauma encefálico e neurointensivismoVm no trauma encefálico e neurointensivismo
Vm no trauma encefálico e neurointensivismo
 
Dr. cantidio
Dr. cantidioDr. cantidio
Dr. cantidio
 
ventilaomecnica-140314115227-phpapp02.pdf
ventilaomecnica-140314115227-phpapp02.pdfventilaomecnica-140314115227-phpapp02.pdf
ventilaomecnica-140314115227-phpapp02.pdf
 
Anestesia casosclinicosoptimize
Anestesia casosclinicosoptimizeAnestesia casosclinicosoptimize
Anestesia casosclinicosoptimize
 
Seminário de Inovação Tecnológica em Saúde no SUS
 Seminário de Inovação Tecnológica em Saúde no SUS  Seminário de Inovação Tecnológica em Saúde no SUS
Seminário de Inovação Tecnológica em Saúde no SUS
 
Boletim 79, Setembro 2012 - Programa Educativo PROEDUCAR SOLACI
Boletim 79, Setembro 2012 - Programa Educativo PROEDUCAR SOLACIBoletim 79, Setembro 2012 - Programa Educativo PROEDUCAR SOLACI
Boletim 79, Setembro 2012 - Programa Educativo PROEDUCAR SOLACI
 
COVID-19 Condutas de Diagnostico e Manejo Ambulatorial Hospitalar
COVID-19 Condutas de Diagnostico e Manejo Ambulatorial HospitalarCOVID-19 Condutas de Diagnostico e Manejo Ambulatorial Hospitalar
COVID-19 Condutas de Diagnostico e Manejo Ambulatorial Hospitalar
 
Manual de Suporte Básico de Vida (SBV) - INEM
Manual de Suporte Básico de Vida (SBV) - INEMManual de Suporte Básico de Vida (SBV) - INEM
Manual de Suporte Básico de Vida (SBV) - INEM
 
Suporte básico de vida
Suporte básico de vidaSuporte básico de vida
Suporte básico de vida
 

Mais de IAPES - Instituto Amazonense de Aprimoramento e Ensino em Saúde

Mobilização precoce em pacientes críticos
Mobilização precoce em pacientes críticosMobilização precoce em pacientes críticos
Mobilização precoce em pacientes críticos
IAPES - Instituto Amazonense de Aprimoramento e Ensino em Saúde
 
Tumores do sistema nervoso central
Tumores do sistema nervoso centralTumores do sistema nervoso central
Nocoes do-metodo-bobath reflexos primitivos
Nocoes do-metodo-bobath reflexos primitivosNocoes do-metodo-bobath reflexos primitivos
Nocoes do-metodo-bobath reflexos primitivos
IAPES - Instituto Amazonense de Aprimoramento e Ensino em Saúde
 
A importância da fisioterapia intensiva na uti oncológica
 A importância da fisioterapia intensiva na uti oncológica A importância da fisioterapia intensiva na uti oncológica
A importância da fisioterapia intensiva na uti oncológica
IAPES - Instituto Amazonense de Aprimoramento e Ensino em Saúde
 
Interpretação de curvas na vm
 Interpretação de curvas na vm Interpretação de curvas na vm
A HUMANIZAÇÃO EM UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA (UTI) NA FUNDAÇÃO CENTRO DE CON...
A HUMANIZAÇÃO EM UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA (UTI) NA FUNDAÇÃO CENTRO DE CON...A HUMANIZAÇÃO EM UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA (UTI) NA FUNDAÇÃO CENTRO DE CON...
A HUMANIZAÇÃO EM UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA (UTI) NA FUNDAÇÃO CENTRO DE CON...
IAPES - Instituto Amazonense de Aprimoramento e Ensino em Saúde
 
Interação interdisciplinar na unidade de tratamento intensivo
Interação interdisciplinar na unidade de tratamento intensivoInteração interdisciplinar na unidade de tratamento intensivo
Interação interdisciplinar na unidade de tratamento intensivo
IAPES - Instituto Amazonense de Aprimoramento e Ensino em Saúde
 
Processo de Desmame Ventilatório e Extubação
Processo de Desmame Ventilatório e ExtubaçãoProcesso de Desmame Ventilatório e Extubação
Processo de Desmame Ventilatório e Extubação
IAPES - Instituto Amazonense de Aprimoramento e Ensino em Saúde
 
Análie das Estratégias de Ventilação Mecânica na Lesão Pulmonar Aguda e na Sí...
Análie das Estratégias de Ventilação Mecânica na Lesão Pulmonar Aguda e na Sí...Análie das Estratégias de Ventilação Mecânica na Lesão Pulmonar Aguda e na Sí...
Análie das Estratégias de Ventilação Mecânica na Lesão Pulmonar Aguda e na Sí...
IAPES - Instituto Amazonense de Aprimoramento e Ensino em Saúde
 
Doença de parkinson a relevância da abordagem fisioterapêutica nas principai...
Doença de parkinson  a relevância da abordagem fisioterapêutica nas principai...Doença de parkinson  a relevância da abordagem fisioterapêutica nas principai...
Doença de parkinson a relevância da abordagem fisioterapêutica nas principai...
IAPES - Instituto Amazonense de Aprimoramento e Ensino em Saúde
 
Distúrbios osteomusculares em fisioterapeutas
Distúrbios osteomusculares em fisioterapeutasDistúrbios osteomusculares em fisioterapeutas
Distúrbios osteomusculares em fisioterapeutas
IAPES - Instituto Amazonense de Aprimoramento e Ensino em Saúde
 
Benefícios da intervenção fisioterapêutica na esclerose lateral amiotrófica
Benefícios da intervenção fisioterapêutica na esclerose lateral amiotróficaBenefícios da intervenção fisioterapêutica na esclerose lateral amiotrófica
Benefícios da intervenção fisioterapêutica na esclerose lateral amiotrófica
IAPES - Instituto Amazonense de Aprimoramento e Ensino em Saúde
 
A influência do comprometimento neuromotor na aquisição de habilidades em par...
A influência do comprometimento neuromotor na aquisição de habilidades em par...A influência do comprometimento neuromotor na aquisição de habilidades em par...
A influência do comprometimento neuromotor na aquisição de habilidades em par...
IAPES - Instituto Amazonense de Aprimoramento e Ensino em Saúde
 
A importância da propriocepção no esporte
A importância da propriocepção no esporteA importância da propriocepção no esporte
A importância da propriocepção no esporte
IAPES - Instituto Amazonense de Aprimoramento e Ensino em Saúde
 
Relevância do hemograma na conduta fisioterapêutica em terapia intensiva
Relevância do hemograma na conduta fisioterapêutica em terapia intensivaRelevância do hemograma na conduta fisioterapêutica em terapia intensiva
Relevância do hemograma na conduta fisioterapêutica em terapia intensiva
IAPES - Instituto Amazonense de Aprimoramento e Ensino em Saúde
 
Pneumonia associada à ventilação mecânica (PAV)
Pneumonia associada à ventilação mecânica (PAV)Pneumonia associada à ventilação mecânica (PAV)
Pneumonia associada à ventilação mecânica (PAV)
IAPES - Instituto Amazonense de Aprimoramento e Ensino em Saúde
 
Manobra peep-zeep em Ventilação Mecânica
Manobra peep-zeep em Ventilação MecânicaManobra peep-zeep em Ventilação Mecânica
Manobra peep-zeep em Ventilação Mecânica
IAPES - Instituto Amazonense de Aprimoramento e Ensino em Saúde
 
Interação das drogas vasoativas e a fisioterapia em pacientes na Unidade de T...
Interação das drogas vasoativas e a fisioterapia em pacientes na Unidade de T...Interação das drogas vasoativas e a fisioterapia em pacientes na Unidade de T...
Interação das drogas vasoativas e a fisioterapia em pacientes na Unidade de T...
IAPES - Instituto Amazonense de Aprimoramento e Ensino em Saúde
 
Esclerose lateral amiotrófica (ELA)
Esclerose lateral amiotrófica (ELA)Esclerose lateral amiotrófica (ELA)
Efeitos da toxicidade de oxigênio no paciente sob ventilação mecânica
Efeitos da toxicidade de oxigênio no paciente sob ventilação mecânicaEfeitos da toxicidade de oxigênio no paciente sob ventilação mecânica
Efeitos da toxicidade de oxigênio no paciente sob ventilação mecânica
IAPES - Instituto Amazonense de Aprimoramento e Ensino em Saúde
 

Mais de IAPES - Instituto Amazonense de Aprimoramento e Ensino em Saúde (20)

Mobilização precoce em pacientes críticos
Mobilização precoce em pacientes críticosMobilização precoce em pacientes críticos
Mobilização precoce em pacientes críticos
 
Tumores do sistema nervoso central
Tumores do sistema nervoso centralTumores do sistema nervoso central
Tumores do sistema nervoso central
 
Nocoes do-metodo-bobath reflexos primitivos
Nocoes do-metodo-bobath reflexos primitivosNocoes do-metodo-bobath reflexos primitivos
Nocoes do-metodo-bobath reflexos primitivos
 
A importância da fisioterapia intensiva na uti oncológica
 A importância da fisioterapia intensiva na uti oncológica A importância da fisioterapia intensiva na uti oncológica
A importância da fisioterapia intensiva na uti oncológica
 
Interpretação de curvas na vm
 Interpretação de curvas na vm Interpretação de curvas na vm
Interpretação de curvas na vm
 
A HUMANIZAÇÃO EM UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA (UTI) NA FUNDAÇÃO CENTRO DE CON...
A HUMANIZAÇÃO EM UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA (UTI) NA FUNDAÇÃO CENTRO DE CON...A HUMANIZAÇÃO EM UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA (UTI) NA FUNDAÇÃO CENTRO DE CON...
A HUMANIZAÇÃO EM UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA (UTI) NA FUNDAÇÃO CENTRO DE CON...
 
Interação interdisciplinar na unidade de tratamento intensivo
Interação interdisciplinar na unidade de tratamento intensivoInteração interdisciplinar na unidade de tratamento intensivo
Interação interdisciplinar na unidade de tratamento intensivo
 
Processo de Desmame Ventilatório e Extubação
Processo de Desmame Ventilatório e ExtubaçãoProcesso de Desmame Ventilatório e Extubação
Processo de Desmame Ventilatório e Extubação
 
Análie das Estratégias de Ventilação Mecânica na Lesão Pulmonar Aguda e na Sí...
Análie das Estratégias de Ventilação Mecânica na Lesão Pulmonar Aguda e na Sí...Análie das Estratégias de Ventilação Mecânica na Lesão Pulmonar Aguda e na Sí...
Análie das Estratégias de Ventilação Mecânica na Lesão Pulmonar Aguda e na Sí...
 
Doença de parkinson a relevância da abordagem fisioterapêutica nas principai...
Doença de parkinson  a relevância da abordagem fisioterapêutica nas principai...Doença de parkinson  a relevância da abordagem fisioterapêutica nas principai...
Doença de parkinson a relevância da abordagem fisioterapêutica nas principai...
 
Distúrbios osteomusculares em fisioterapeutas
Distúrbios osteomusculares em fisioterapeutasDistúrbios osteomusculares em fisioterapeutas
Distúrbios osteomusculares em fisioterapeutas
 
Benefícios da intervenção fisioterapêutica na esclerose lateral amiotrófica
Benefícios da intervenção fisioterapêutica na esclerose lateral amiotróficaBenefícios da intervenção fisioterapêutica na esclerose lateral amiotrófica
Benefícios da intervenção fisioterapêutica na esclerose lateral amiotrófica
 
A influência do comprometimento neuromotor na aquisição de habilidades em par...
A influência do comprometimento neuromotor na aquisição de habilidades em par...A influência do comprometimento neuromotor na aquisição de habilidades em par...
A influência do comprometimento neuromotor na aquisição de habilidades em par...
 
A importância da propriocepção no esporte
A importância da propriocepção no esporteA importância da propriocepção no esporte
A importância da propriocepção no esporte
 
Relevância do hemograma na conduta fisioterapêutica em terapia intensiva
Relevância do hemograma na conduta fisioterapêutica em terapia intensivaRelevância do hemograma na conduta fisioterapêutica em terapia intensiva
Relevância do hemograma na conduta fisioterapêutica em terapia intensiva
 
Pneumonia associada à ventilação mecânica (PAV)
Pneumonia associada à ventilação mecânica (PAV)Pneumonia associada à ventilação mecânica (PAV)
Pneumonia associada à ventilação mecânica (PAV)
 
Manobra peep-zeep em Ventilação Mecânica
Manobra peep-zeep em Ventilação MecânicaManobra peep-zeep em Ventilação Mecânica
Manobra peep-zeep em Ventilação Mecânica
 
Interação das drogas vasoativas e a fisioterapia em pacientes na Unidade de T...
Interação das drogas vasoativas e a fisioterapia em pacientes na Unidade de T...Interação das drogas vasoativas e a fisioterapia em pacientes na Unidade de T...
Interação das drogas vasoativas e a fisioterapia em pacientes na Unidade de T...
 
Esclerose lateral amiotrófica (ELA)
Esclerose lateral amiotrófica (ELA)Esclerose lateral amiotrófica (ELA)
Esclerose lateral amiotrófica (ELA)
 
Efeitos da toxicidade de oxigênio no paciente sob ventilação mecânica
Efeitos da toxicidade de oxigênio no paciente sob ventilação mecânicaEfeitos da toxicidade de oxigênio no paciente sob ventilação mecânica
Efeitos da toxicidade de oxigênio no paciente sob ventilação mecânica
 

A história da Ventilação mecânica

  • 2. Dr. Daniel Xavier Doutor em Terapia Intensiva pelo Instituto Brasileiro de Terapia IntensivaIBRATI/SP. Mestre em Terapia intensiva pela IBRATI/SP. Pós graduado em Fisioterapia em UTI pela Fundação A/C Camargo-Hospital do Câncer de São Paulo, pós-graduado em Neurologia pela UMESP, Fisioterapia Intensivista - SOBRATI/SP. Diretor Regional da SOBRATI- Sociedade Brasileira de Terapia Intensiva Fisioterapeuta da Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas(FCECON), atuando como responsável técnico da fisioterapia da UTIUnidade de tratamento intensivo. Responsável pela implantação do centro de reabilitação em fisioterapia oncofuncional da Liga amazonense de combate ao câncer-LACC. Coordenador regional do curso de pós-graduação em fisioterapia intensiva. Proprietário da empresa FISIOCURSOS - Empresa de pós-graduação em fisioterapia e cursos de extensão e aprimoramento profissional. Membro ativo da ABFO - Associação Brasileira de Fisioterapia Onco-Fincional e da ABRAFI - Associação Brasileira de Fisioterapia Intensiva e atualmente Diretor Presidente da ASSAFI-Associação Amazonense de Fisioterapia Intensiva.
  • 3. Terapia Intensiva – 1855 ( Florence Nightingale
  • 4. A UTI – 1926: Walter Dandy
  • 5. O Ventilador: Phlip Drinker 1927
  • 6. Phillip Drinker - 1927 www.medicinaintensiva.com.br
  • 7. Assistência Ventilatória 1928 - Drinker e Shaw desenvolveram um ventilador de pressão negativa conhecido como "iron lung". Foi muito utilizado para suporte de vida prolongado.
  • 10. A Crise da Poliomielite
  • 11. A história da ventilação mecânica acompanha a história da reanimação cardiorespiratória, intubação traqueal, anestesia, cirurgia torácica e o tratamento de algumas doenças como a SDRA e a poliomielite.
  • 12. A Intubação: Dwyer 1890 e Magill 1916
  • 14. Evolução dos Ventiladores Mecânicos       1950 – Pulmão de Aço (IRON LUNG); 1960 – Ventiladores BIRD MARK – 7; 1970 – Ventiladores Volumétrico – Bennett; 1980 – Ventiladores Microprocessados; 1990 – Válvulas Mecatrônicas; 2000 – Monitorização Ventilatória.
  • 17. Pulmão de Aço – Surto Poliomielite
  • 18. Mark – 7: Redução óbito de 70% para 10%.
  • 19. 1953 - Ventilador Clevedon
  • 20. Marco na Assistência Ventilatória 1951 - Dr. Forrest Bird construiu o primeiro respirador de pressão positiva acionado por magnetos. Denominado Bird Mark 7