SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 6
Baixar para ler offline
Olá, aluno(a)! Está com dificuldade ou sem tempo para elaborar
essa MAPA? Iremos te ajudar!
Entre em contato
(63) 99129-5554
MAPA – CCONT - AUDITORIA CONTÁBIL - 53/2023
Olá, Prezado(a) Aluno(a)!
Na atividade MAPA, da disciplina de Auditoria Contábil, aplicaremos os conhecimentos
relativos à Papéis de Trabalho (Unidade 4) e Relatório do Auditor Independente (Unidade
5).
A significância do Relatório do Auditor Independente é tal que, uma opinião independente
permite aos usuários concluir se as Demonstrações Contábeis divulgadas pela organização
refletem as condições patrimoniais, financeiras, econômicas e sociais dela, contribuindo
para tomada de decisão destes (ALMEIDA, 2019; ATTIE, 2018)
Os auditores obtêm informações (ou evidências) da organização. Contudo, o auditor não
pode se restringir às informações disponibilizadas pela organização auditada, desta forma,
a aplicação de outros Procedimentos de Auditoria sobre uma evidência ganha mais
robustez (ALMEIDA, 2019). Evidências de auditoria são as informações utilizadas pelo
auditor para chegar às conclusões em que se fundamentam a sua opinião no Relatório do
Auditor Independente. A evidência de auditoria inclui as informações contidas nos registros
contábeis que suportam as demonstrações contábeis e informações obtidas de outras
fontes (como entrevistas, inspeção visual, contagem etc).
ALMEIDA, M. C. Auditoria: um curso moderno e completo. 9. ed. São Paulo: Atlas, 2019.
ALMEIDA, R. G. Auditoria Contábil. Maringá/PR: Unicesumar, 2021.
ATTIE, W. Auditoria: conceitos e aplicações. 7. ed. São Paulo: Atlas, 2018.
Conselho Federal de Contabilidade (CFC). NBC TA 500 (R1) – Evidência de Auditoria.
Brasília: CFC, 2016. Disponível em:
https://www1.cfc.org.br/sisweb/SRE/docs/NBCTA500(R1).pdf. Acesso em: 28 set. 2020.
Conselho Federal de Contabilidade (CFC). NBC TA 700 – Formação da opinião e
emissão do relatório do auditor independente sobre as demonstrações contábeis.
Brasília: CFC, 2016. Disponível em:
https://www1.cfc.org.br/sisweb/SRE/docs/NBCTA700.pdf. Acesso em: 28 set. 2020.
CASE
Rodrigo é um Auditor Independente, que atua na Almeida Auditores Independentes (fictícia),
uma empresa do Município de Maringá/PR. Rodrigo conduziu um trabalho de auditoria das
Demonstrações Contábeis na Auditada Ltda (fictícia), referente ao exercício social de
01/01/20x1 a 31/12/20x1. As Demonstrações Contábeis foram elaboradas pela Auditada
Ltda. O Auditor Rodrigo auditará: o Balanço Patrimonial, Demonstração do Resultado,
Demonstração do Resultado Abrangente, Demonstração das Mutações do Patrimônio
Líquido, Demonstração do Fluxo de Caixa e Notas Explicativas.
Rodrigo analisou todos os documentos que ele solicitou à Auditada Ltda. Sem aviso prévio,
em 15/02/20x2, ele compareceu ao prédio da Auditada Ltda. Os objetivos da visita de
Rodrigo à Auditada Ltda foram: realizar procedimentos de auditoria, elaborar os respectivos
papéis de trabalho e criar evidências que fundamentarão sua opinião no Relatório do
Auditor Independente.
Após entrevistar os proprietários da Auditada Ltda (não foi elaborado nenhum papel de
trabalho nessa ocasião), Rodrigo decidiu realizar mais 2 procedimentos de auditoria:
Acompanhamento do Fechamento do Caixa (Figura 01) e a Contagem Física do Estoque de
Produtos Acabados (Figura 02).
Figura 01: Acompanhamento do fechamento de caixa
Elaborado pelo Professor (2023).
Após realizar a conferência do caixa, Rodrigo fez o funcionário do Caixa assinar um termo
de que o Auditor devolveu todos os valores conferidos ao Caixa para evitar transtornos
futuros e deixar registrado esse fato. Na Figura 02, consta o papel de trabalho incompleto
sobre o Estoque de Produtos Acabados.
Figura 02: Papel de Trabalho Contagem do Estoque de Produtos Acabados
Elaborado pelo Professor (2023).
Menciona-se que a Figura 02 demonstra um papel de trabalho incompleto porque o Auditor
Rodrigo não fez a codificação (inclusão dos símbolos).
Na coluna “Símbolo 1”, o auditor Rodrigo indicará se realizou a contagem e as respectivas
quantidades do relatório x estoque físico são iguais (usará os símbolos C ou X).
Na coluna “Símbolo 2”, que se refere à Conferência, o auditor Rodrigo irá multiplicar as
quantidades unitárias pelo valor de R$ 50,00 para então conferir se o valor total de cada
produto está correto (usará os símbolos T se estiver correto ou “em branco” caso esteja
incorreto).
Ainda, com relação ao Estoque dos Produtos Acabados, Rodrigo identificou uma
oportunidade de melhoria. No Estoque físico, os produtos não estão identificados como
Produto 1, 2, 3, 4 e 5 (Identificação do Sistema). No Estoque, in loco, os produtos acabados
estão separados por Cor: amarelo, azul, marrom, verde e vermelho. Nenhuma das 5 cores
têm quantidades repetidas. Ao total, o estoque de produtos acabados possui um valor
contábil de R$ 1.000.000,00, composto por 20.000 unidades.
Após efetuar a contagem dos produtos acabados, o auditor Rodrigo elaborou o Quadro 01,
o qual servirá de base para elaboração do seu Papel de Trabalho Contagem do Estoque de
Produtos Acabados (Figura 02).
Quadro 01: Anotações realizadas pelo Auditor Rodrigo após contagem do Estoque.
Cor Anotações
Azul O produto Azul possui, ao todo, 3.000 unidades.
Verde O produto Verde possui, ao todo, o dobro de quantidade do produto Azul, ou
seja, ao todo, o produto Verde possui duas vezes a quantidade de unidades
do produto Azul.
Marrom O produto Marrom possui, ao todo um valor contábil de R$ 250.000,00, ou
seja, menor que o produto Verde em R$ 50.000,00.
Vermelho O produto Vermelho é o que possui a menor quantidade de produtos
acabados em estoque.
Amarelo O produto Amarelo, possui, ao todo, duas vezes (o dobro) a quantidade de
produtos vermelhos.
Elaborado pelo Professor (2023).
O Auditor Rodrigo recomendou que a Auditada Ltda modifique seu controle de estoques
para padronizar com o Relatório do Sistema (Produto 1, 2, 3, 4 e 5) e o Estoque in Loco, o
qual é separado pelas cores e não tem correspondência direta entre o sistema x estoque
físico. Além disso, o Produto 6 não foi localizado e esse fato precisa constar no Papel de
Trabalho que Rodrigo elaborará. Rodrigo precisa mencionar esse fato na seção 5 do
Relatório (Principais Assuntos de Auditoria).
Após analisar todas as evidências e documentos, Rodrigo identificou apenas uma pequena
distorção (que não possui valor material), referente ao Produto 6 que não foi baixado do
Estoque. Esse pequeno desvio, não prejudica a análise das Demonstrações Contábeis da
Auditada Ltda pelos usuários, dessa forma, Rodrigo obteve evidências, suficientes e
apropriadas, para que em sua opinião, fique claro que a Auditada Ltda elaborou as
Demonstrações Contábeis segundo as NBC TG aplicáveis.
Após formar sua opinião, Rodrigo precisa elaborar seu Relatório do Auditor Independente.
Sobre o Relatório do Auditor:
Seção 4: Não foram apresentados fatos e informações que pudessem denotar
descontinuidade operacional da Auditada Ltda.
Seção 6: Não foram solicitadas outras informações, nem emitidas outras informações.
Seção 7: A Administração foi responsável pela elaboração das demonstrações. Ficará
responsável em corrigir as pequenas distorções identificadas.
Seção 8: O Auditor Rodrigo auditou todas as demonstrações pelas quais foi contrato. O
auditor comunicou a administração via e-mail em 20/02/20x1.
Após finalizar todos os demais procedimentos, Rodrigo, emitiu seu Relatório do Auditor
Independente em 20/02/20x1.
ATIVIDADE PROPOSTA:
Visando aplicar os conhecimentos obtidos até essa etapa do Ciclo de Aprendizagem. E para
a resolução da Atividade Avaliativa MAPA da Auditoria Contábil, resolva as questões de a)
até d):
a) Explique (em até 10 linhas) como os papéis de trabalho podem contribuir para a
formação da opinião do Auditor no Relatório do Auditor Independente. (utilize a planilha do
formulário padrão: ABA Discursivas).
b) Argumente (em até 10 linhas), com base nos papéis de trabalho, se o Auditor
Independente Rodrigo realizou a conferência dos cheques à vista quando acompanhou o
fechamento de caixa. (utilize a planilha do formulário padrão: ABA Discursivas)
c) Elabore o papel de trabalho referente a conferência dos Estoques da Auditada Ltda que
foi realizada pelo Auditor Rodrigo. (utilize a planilha do formulário padrão: ABA Papel de
Trabalho).
d) Redija o Relatório do Auditor Independente Ltda, considerando a opinião que o Auditor
Independente Rodrigo obteve sobre as Demonstrações Contábeis da Auditada Ltda. No seu
Relatório, redija todas as seções do Relatório do Auditor Independente segundo a NBC TA
700. (utilize a planilha do formulário padrão: ABA Relatório do Auditor Independente).
IMPORTANTE:
Para sua maior facilidade na execução dessa atividade, abaixo, apresenta-se mais detalhes
sobre a realização dela:
- Assista ao vídeo explicativo gravado pelo Professor, para ajudá-lo (a) nesse processo de
criação e desenvolvimento.
- Para realizar essa atividade, você deverá baixar o arquivo “Formulário Padrão Mapa"
disponível no Material da Disciplina e fazer o preenchimento.
- É necessário salvar o arquivo em seu computador e enviar no campo “selecionar arquivo”,
no ícone do MAPA.
- O arquivo é enviado apenas uma vez, portanto, certifique-se de que ele está
finalizado e que você está enviando o arquivo correto.

Mais conteúdo relacionado

Mais de AzulAssessoriaAcadmi7

2.d) Para a situação descrita em 2.c), calcule a corrente média na carga.
2.d) Para a situação descrita em 2.c), calcule a corrente média na carga.2.d) Para a situação descrita em 2.c), calcule a corrente média na carga.
2.d) Para a situação descrita em 2.c), calcule a corrente média na carga.AzulAssessoriaAcadmi7
 
1.2.d) Calcule a potência média dissipada na chave em relação ao ciclo de cha...
1.2.d) Calcule a potência média dissipada na chave em relação ao ciclo de cha...1.2.d) Calcule a potência média dissipada na chave em relação ao ciclo de cha...
1.2.d) Calcule a potência média dissipada na chave em relação ao ciclo de cha...AzulAssessoriaAcadmi7
 
1.2.d) Calcule a potência média dissipada na chave em relação ao ciclo de cha...
1.2.d) Calcule a potência média dissipada na chave em relação ao ciclo de cha...1.2.d) Calcule a potência média dissipada na chave em relação ao ciclo de cha...
1.2.d) Calcule a potência média dissipada na chave em relação ao ciclo de cha...AzulAssessoriaAcadmi7
 
1.2.c) Calcule a potência máxima dissipada durante a ligação da chave;
1.2.c) Calcule a potência máxima dissipada durante a ligação da chave;1.2.c) Calcule a potência máxima dissipada durante a ligação da chave;
1.2.c) Calcule a potência máxima dissipada durante a ligação da chave;AzulAssessoriaAcadmi7
 
1.2.c) Calcule a potência máxima dissipada durante a ligação da chave;
1.2.c) Calcule a potência máxima dissipada durante a ligação da chave;1.2.c) Calcule a potência máxima dissipada durante a ligação da chave;
1.2.c) Calcule a potência máxima dissipada durante a ligação da chave;AzulAssessoriaAcadmi7
 
1.1.d) Calcule a eficiência da transferência de potência.
1.1.d) Calcule a eficiência da transferência de potência.1.1.d) Calcule a eficiência da transferência de potência.
1.1.d) Calcule a eficiência da transferência de potência.AzulAssessoriaAcadmi7
 
1.1.d) Calcule a eficiência da transferência de potência.
1.1.d) Calcule a eficiência da transferência de potência.1.1.d) Calcule a eficiência da transferência de potência.
1.1.d) Calcule a eficiência da transferência de potência.AzulAssessoriaAcadmi7
 
1.1.c) A partir dos itens anteriores, qual o valor médio da potência na chave...
1.1.c) A partir dos itens anteriores, qual o valor médio da potência na chave...1.1.c) A partir dos itens anteriores, qual o valor médio da potência na chave...
1.1.c) A partir dos itens anteriores, qual o valor médio da potência na chave...AzulAssessoriaAcadmi7
 
1.1.c) A partir dos itens anteriores, qual o valor médio da potência na chave...
1.1.c) A partir dos itens anteriores, qual o valor médio da potência na chave...1.1.c) A partir dos itens anteriores, qual o valor médio da potência na chave...
1.1.c) A partir dos itens anteriores, qual o valor médio da potência na chave...AzulAssessoriaAcadmi7
 
1.1.c) A partir dos itens anteriores, qual o valor médio da potência na chave...
1.1.c) A partir dos itens anteriores, qual o valor médio da potência na chave...1.1.c) A partir dos itens anteriores, qual o valor médio da potência na chave...
1.1.c) A partir dos itens anteriores, qual o valor médio da potência na chave...AzulAssessoriaAcadmi7
 
1.1.b) Ainda considerando a chave Q1 ideal, calcule o valor médio da potência...
1.1.b) Ainda considerando a chave Q1 ideal, calcule o valor médio da potência...1.1.b) Ainda considerando a chave Q1 ideal, calcule o valor médio da potência...
1.1.b) Ainda considerando a chave Q1 ideal, calcule o valor médio da potência...AzulAssessoriaAcadmi7
 
1.1.b) Ainda considerando a chave Q1 ideal, calcule o valor médio da potência...
1.1.b) Ainda considerando a chave Q1 ideal, calcule o valor médio da potência...1.1.b) Ainda considerando a chave Q1 ideal, calcule o valor médio da potência...
1.1.b) Ainda considerando a chave Q1 ideal, calcule o valor médio da potência...AzulAssessoriaAcadmi7
 
1.1.a) Considerando a chave Q1 como ideal calcule o valor médio da corrente n...
1.1.a) Considerando a chave Q1 como ideal calcule o valor médio da corrente n...1.1.a) Considerando a chave Q1 como ideal calcule o valor médio da corrente n...
1.1.a) Considerando a chave Q1 como ideal calcule o valor médio da corrente n...AzulAssessoriaAcadmi7
 
1.1.a) Considerando a chave Q1 como ideal calcule o valor médio da corrente n...
1.1.a) Considerando a chave Q1 como ideal calcule o valor médio da corrente n...1.1.a) Considerando a chave Q1 como ideal calcule o valor médio da corrente n...
1.1.a) Considerando a chave Q1 como ideal calcule o valor médio da corrente n...AzulAssessoriaAcadmi7
 
1.1.a) Considerando a chave Q1 como ideal calcule o valor médio da corrente n...
1.1.a) Considerando a chave Q1 como ideal calcule o valor médio da corrente n...1.1.a) Considerando a chave Q1 como ideal calcule o valor médio da corrente n...
1.1.a) Considerando a chave Q1 como ideal calcule o valor médio da corrente n...AzulAssessoriaAcadmi7
 
1.2.b) Calcule a potência média dissipada na chave durante o estado bloqueado;
1.2.b) Calcule a potência média dissipada na chave durante o estado bloqueado;1.2.b) Calcule a potência média dissipada na chave durante o estado bloqueado;
1.2.b) Calcule a potência média dissipada na chave durante o estado bloqueado;AzulAssessoriaAcadmi7
 
1.2.b) Calcule a potência média dissipada na chave durante o estado bloqueado;
1.2.b) Calcule a potência média dissipada na chave durante o estado bloqueado;1.2.b) Calcule a potência média dissipada na chave durante o estado bloqueado;
1.2.b) Calcule a potência média dissipada na chave durante o estado bloqueado;AzulAssessoriaAcadmi7
 
1.2.b) Calcule a potência média dissipada na chave durante o estado bloqueado;
1.2.b) Calcule a potência média dissipada na chave durante o estado bloqueado;1.2.b) Calcule a potência média dissipada na chave durante o estado bloqueado;
1.2.b) Calcule a potência média dissipada na chave durante o estado bloqueado;AzulAssessoriaAcadmi7
 

Mais de AzulAssessoriaAcadmi7 (20)

2.d) Para a situação descrita em 2.c), calcule a corrente média na carga.
2.d) Para a situação descrita em 2.c), calcule a corrente média na carga.2.d) Para a situação descrita em 2.c), calcule a corrente média na carga.
2.d) Para a situação descrita em 2.c), calcule a corrente média na carga.
 
1.2.d) Calcule a potência média dissipada na chave em relação ao ciclo de cha...
1.2.d) Calcule a potência média dissipada na chave em relação ao ciclo de cha...1.2.d) Calcule a potência média dissipada na chave em relação ao ciclo de cha...
1.2.d) Calcule a potência média dissipada na chave em relação ao ciclo de cha...
 
1.2.d) Calcule a potência média dissipada na chave em relação ao ciclo de cha...
1.2.d) Calcule a potência média dissipada na chave em relação ao ciclo de cha...1.2.d) Calcule a potência média dissipada na chave em relação ao ciclo de cha...
1.2.d) Calcule a potência média dissipada na chave em relação ao ciclo de cha...
 
1.2.c) Calcule a potência máxima dissipada durante a ligação da chave;
1.2.c) Calcule a potência máxima dissipada durante a ligação da chave;1.2.c) Calcule a potência máxima dissipada durante a ligação da chave;
1.2.c) Calcule a potência máxima dissipada durante a ligação da chave;
 
1.2.c) Calcule a potência máxima dissipada durante a ligação da chave;
1.2.c) Calcule a potência máxima dissipada durante a ligação da chave;1.2.c) Calcule a potência máxima dissipada durante a ligação da chave;
1.2.c) Calcule a potência máxima dissipada durante a ligação da chave;
 
1.1.d) Calcule a eficiência da transferência de potência.
1.1.d) Calcule a eficiência da transferência de potência.1.1.d) Calcule a eficiência da transferência de potência.
1.1.d) Calcule a eficiência da transferência de potência.
 
1.1.d) Calcule a eficiência da transferência de potência.
1.1.d) Calcule a eficiência da transferência de potência.1.1.d) Calcule a eficiência da transferência de potência.
1.1.d) Calcule a eficiência da transferência de potência.
 
1.1.c) A partir dos itens anteriores, qual o valor médio da potência na chave...
1.1.c) A partir dos itens anteriores, qual o valor médio da potência na chave...1.1.c) A partir dos itens anteriores, qual o valor médio da potência na chave...
1.1.c) A partir dos itens anteriores, qual o valor médio da potência na chave...
 
1.1.c) A partir dos itens anteriores, qual o valor médio da potência na chave...
1.1.c) A partir dos itens anteriores, qual o valor médio da potência na chave...1.1.c) A partir dos itens anteriores, qual o valor médio da potência na chave...
1.1.c) A partir dos itens anteriores, qual o valor médio da potência na chave...
 
1.1.c) A partir dos itens anteriores, qual o valor médio da potência na chave...
1.1.c) A partir dos itens anteriores, qual o valor médio da potência na chave...1.1.c) A partir dos itens anteriores, qual o valor médio da potência na chave...
1.1.c) A partir dos itens anteriores, qual o valor médio da potência na chave...
 
1.1.b) Ainda considerando a chave Q1 ideal, calcule o valor médio da potência...
1.1.b) Ainda considerando a chave Q1 ideal, calcule o valor médio da potência...1.1.b) Ainda considerando a chave Q1 ideal, calcule o valor médio da potência...
1.1.b) Ainda considerando a chave Q1 ideal, calcule o valor médio da potência...
 
1.1.b) Ainda considerando a chave Q1 ideal, calcule o valor médio da potência...
1.1.b) Ainda considerando a chave Q1 ideal, calcule o valor médio da potência...1.1.b) Ainda considerando a chave Q1 ideal, calcule o valor médio da potência...
1.1.b) Ainda considerando a chave Q1 ideal, calcule o valor médio da potência...
 
1.1.a) Considerando a chave Q1 como ideal calcule o valor médio da corrente n...
1.1.a) Considerando a chave Q1 como ideal calcule o valor médio da corrente n...1.1.a) Considerando a chave Q1 como ideal calcule o valor médio da corrente n...
1.1.a) Considerando a chave Q1 como ideal calcule o valor médio da corrente n...
 
1.1.a) Considerando a chave Q1 como ideal calcule o valor médio da corrente n...
1.1.a) Considerando a chave Q1 como ideal calcule o valor médio da corrente n...1.1.a) Considerando a chave Q1 como ideal calcule o valor médio da corrente n...
1.1.a) Considerando a chave Q1 como ideal calcule o valor médio da corrente n...
 
1.1.a) Considerando a chave Q1 como ideal calcule o valor médio da corrente n...
1.1.a) Considerando a chave Q1 como ideal calcule o valor médio da corrente n...1.1.a) Considerando a chave Q1 como ideal calcule o valor médio da corrente n...
1.1.a) Considerando a chave Q1 como ideal calcule o valor médio da corrente n...
 
1.2.b) Calcule a potência média dissipada na chave durante o estado bloqueado;
1.2.b) Calcule a potência média dissipada na chave durante o estado bloqueado;1.2.b) Calcule a potência média dissipada na chave durante o estado bloqueado;
1.2.b) Calcule a potência média dissipada na chave durante o estado bloqueado;
 
1.2.b) Calcule a potência média dissipada na chave durante o estado bloqueado;
1.2.b) Calcule a potência média dissipada na chave durante o estado bloqueado;1.2.b) Calcule a potência média dissipada na chave durante o estado bloqueado;
1.2.b) Calcule a potência média dissipada na chave durante o estado bloqueado;
 
1.2.b) Calcule a potência média dissipada na chave durante o estado bloqueado;
1.2.b) Calcule a potência média dissipada na chave durante o estado bloqueado;1.2.b) Calcule a potência média dissipada na chave durante o estado bloqueado;
1.2.b) Calcule a potência média dissipada na chave durante o estado bloqueado;
 
a) Entre 10 e 12 slides.
a) Entre 10 e 12 slides. a) Entre 10 e 12 slides.
a) Entre 10 e 12 slides.
 
a) Entre 10 e 12 slides.
a) Entre 10 e 12 slides. a) Entre 10 e 12 slides.
a) Entre 10 e 12 slides.
 

Último

parte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz
parte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzparte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz
parte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzAlexandrePereira818171
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAlexandreFrana33
 
A população Brasileira e diferença de populoso e povoado
A população Brasileira e diferença de populoso e povoadoA população Brasileira e diferença de populoso e povoado
A população Brasileira e diferença de populoso e povoadodanieligomes4
 
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parteDança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira partecoletivoddois
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxHenriqueLuciano2
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
Geometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdfGeometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdf
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdfDemetrio Ccesa Rayme
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxGislaineDuresCruz
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullyingMary Alvarenga
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.HildegardeAngel
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?MrciaRocha48
 
Junto ao poço estava eu Quando um homem judeu Viu a sede que havia em mim
Junto ao poço estava eu Quando um homem judeu Viu a sede que havia em mimJunto ao poço estava eu Quando um homem judeu Viu a sede que havia em mim
Junto ao poço estava eu Quando um homem judeu Viu a sede que havia em mimWashingtonSampaio5
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREIVONETETAVARESRAMOS
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...nexocan937
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptxpamelacastro71
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxkarinasantiago54
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxAntonioVieira539017
 

Último (20)

parte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz
parte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzparte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz
parte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
 
A população Brasileira e diferença de populoso e povoado
A população Brasileira e diferença de populoso e povoadoA população Brasileira e diferença de populoso e povoado
A população Brasileira e diferença de populoso e povoado
 
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parteDança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
Geometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdfGeometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdf
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
 
Junto ao poço estava eu Quando um homem judeu Viu a sede que havia em mim
Junto ao poço estava eu Quando um homem judeu Viu a sede que havia em mimJunto ao poço estava eu Quando um homem judeu Viu a sede que havia em mim
Junto ao poço estava eu Quando um homem judeu Viu a sede que havia em mim
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
 

a) Explique (em até 10 linhas) como os papéis de trabalho podem contribuir para a formação da opinião do Auditor no Relatório do Auditor Independente. (utilize a planilha do formulário padrão: ABA Discursivas).

  • 1. Olá, aluno(a)! Está com dificuldade ou sem tempo para elaborar essa MAPA? Iremos te ajudar! Entre em contato (63) 99129-5554 MAPA – CCONT - AUDITORIA CONTÁBIL - 53/2023 Olá, Prezado(a) Aluno(a)! Na atividade MAPA, da disciplina de Auditoria Contábil, aplicaremos os conhecimentos relativos à Papéis de Trabalho (Unidade 4) e Relatório do Auditor Independente (Unidade 5). A significância do Relatório do Auditor Independente é tal que, uma opinião independente permite aos usuários concluir se as Demonstrações Contábeis divulgadas pela organização refletem as condições patrimoniais, financeiras, econômicas e sociais dela, contribuindo para tomada de decisão destes (ALMEIDA, 2019; ATTIE, 2018) Os auditores obtêm informações (ou evidências) da organização. Contudo, o auditor não pode se restringir às informações disponibilizadas pela organização auditada, desta forma, a aplicação de outros Procedimentos de Auditoria sobre uma evidência ganha mais robustez (ALMEIDA, 2019). Evidências de auditoria são as informações utilizadas pelo auditor para chegar às conclusões em que se fundamentam a sua opinião no Relatório do Auditor Independente. A evidência de auditoria inclui as informações contidas nos registros
  • 2. contábeis que suportam as demonstrações contábeis e informações obtidas de outras fontes (como entrevistas, inspeção visual, contagem etc). ALMEIDA, M. C. Auditoria: um curso moderno e completo. 9. ed. São Paulo: Atlas, 2019. ALMEIDA, R. G. Auditoria Contábil. Maringá/PR: Unicesumar, 2021. ATTIE, W. Auditoria: conceitos e aplicações. 7. ed. São Paulo: Atlas, 2018. Conselho Federal de Contabilidade (CFC). NBC TA 500 (R1) – Evidência de Auditoria. Brasília: CFC, 2016. Disponível em: https://www1.cfc.org.br/sisweb/SRE/docs/NBCTA500(R1).pdf. Acesso em: 28 set. 2020. Conselho Federal de Contabilidade (CFC). NBC TA 700 – Formação da opinião e emissão do relatório do auditor independente sobre as demonstrações contábeis. Brasília: CFC, 2016. Disponível em: https://www1.cfc.org.br/sisweb/SRE/docs/NBCTA700.pdf. Acesso em: 28 set. 2020. CASE Rodrigo é um Auditor Independente, que atua na Almeida Auditores Independentes (fictícia), uma empresa do Município de Maringá/PR. Rodrigo conduziu um trabalho de auditoria das Demonstrações Contábeis na Auditada Ltda (fictícia), referente ao exercício social de 01/01/20x1 a 31/12/20x1. As Demonstrações Contábeis foram elaboradas pela Auditada Ltda. O Auditor Rodrigo auditará: o Balanço Patrimonial, Demonstração do Resultado, Demonstração do Resultado Abrangente, Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido, Demonstração do Fluxo de Caixa e Notas Explicativas. Rodrigo analisou todos os documentos que ele solicitou à Auditada Ltda. Sem aviso prévio, em 15/02/20x2, ele compareceu ao prédio da Auditada Ltda. Os objetivos da visita de Rodrigo à Auditada Ltda foram: realizar procedimentos de auditoria, elaborar os respectivos papéis de trabalho e criar evidências que fundamentarão sua opinião no Relatório do Auditor Independente. Após entrevistar os proprietários da Auditada Ltda (não foi elaborado nenhum papel de trabalho nessa ocasião), Rodrigo decidiu realizar mais 2 procedimentos de auditoria: Acompanhamento do Fechamento do Caixa (Figura 01) e a Contagem Física do Estoque de Produtos Acabados (Figura 02). Figura 01: Acompanhamento do fechamento de caixa
  • 3. Elaborado pelo Professor (2023). Após realizar a conferência do caixa, Rodrigo fez o funcionário do Caixa assinar um termo de que o Auditor devolveu todos os valores conferidos ao Caixa para evitar transtornos futuros e deixar registrado esse fato. Na Figura 02, consta o papel de trabalho incompleto sobre o Estoque de Produtos Acabados. Figura 02: Papel de Trabalho Contagem do Estoque de Produtos Acabados Elaborado pelo Professor (2023).
  • 4. Menciona-se que a Figura 02 demonstra um papel de trabalho incompleto porque o Auditor Rodrigo não fez a codificação (inclusão dos símbolos). Na coluna “Símbolo 1”, o auditor Rodrigo indicará se realizou a contagem e as respectivas quantidades do relatório x estoque físico são iguais (usará os símbolos C ou X). Na coluna “Símbolo 2”, que se refere à Conferência, o auditor Rodrigo irá multiplicar as quantidades unitárias pelo valor de R$ 50,00 para então conferir se o valor total de cada produto está correto (usará os símbolos T se estiver correto ou “em branco” caso esteja incorreto). Ainda, com relação ao Estoque dos Produtos Acabados, Rodrigo identificou uma oportunidade de melhoria. No Estoque físico, os produtos não estão identificados como Produto 1, 2, 3, 4 e 5 (Identificação do Sistema). No Estoque, in loco, os produtos acabados estão separados por Cor: amarelo, azul, marrom, verde e vermelho. Nenhuma das 5 cores têm quantidades repetidas. Ao total, o estoque de produtos acabados possui um valor contábil de R$ 1.000.000,00, composto por 20.000 unidades. Após efetuar a contagem dos produtos acabados, o auditor Rodrigo elaborou o Quadro 01, o qual servirá de base para elaboração do seu Papel de Trabalho Contagem do Estoque de Produtos Acabados (Figura 02). Quadro 01: Anotações realizadas pelo Auditor Rodrigo após contagem do Estoque. Cor Anotações Azul O produto Azul possui, ao todo, 3.000 unidades. Verde O produto Verde possui, ao todo, o dobro de quantidade do produto Azul, ou seja, ao todo, o produto Verde possui duas vezes a quantidade de unidades do produto Azul. Marrom O produto Marrom possui, ao todo um valor contábil de R$ 250.000,00, ou seja, menor que o produto Verde em R$ 50.000,00. Vermelho O produto Vermelho é o que possui a menor quantidade de produtos acabados em estoque. Amarelo O produto Amarelo, possui, ao todo, duas vezes (o dobro) a quantidade de produtos vermelhos. Elaborado pelo Professor (2023). O Auditor Rodrigo recomendou que a Auditada Ltda modifique seu controle de estoques para padronizar com o Relatório do Sistema (Produto 1, 2, 3, 4 e 5) e o Estoque in Loco, o qual é separado pelas cores e não tem correspondência direta entre o sistema x estoque físico. Além disso, o Produto 6 não foi localizado e esse fato precisa constar no Papel de
  • 5. Trabalho que Rodrigo elaborará. Rodrigo precisa mencionar esse fato na seção 5 do Relatório (Principais Assuntos de Auditoria). Após analisar todas as evidências e documentos, Rodrigo identificou apenas uma pequena distorção (que não possui valor material), referente ao Produto 6 que não foi baixado do Estoque. Esse pequeno desvio, não prejudica a análise das Demonstrações Contábeis da Auditada Ltda pelos usuários, dessa forma, Rodrigo obteve evidências, suficientes e apropriadas, para que em sua opinião, fique claro que a Auditada Ltda elaborou as Demonstrações Contábeis segundo as NBC TG aplicáveis. Após formar sua opinião, Rodrigo precisa elaborar seu Relatório do Auditor Independente. Sobre o Relatório do Auditor: Seção 4: Não foram apresentados fatos e informações que pudessem denotar descontinuidade operacional da Auditada Ltda. Seção 6: Não foram solicitadas outras informações, nem emitidas outras informações. Seção 7: A Administração foi responsável pela elaboração das demonstrações. Ficará responsável em corrigir as pequenas distorções identificadas. Seção 8: O Auditor Rodrigo auditou todas as demonstrações pelas quais foi contrato. O auditor comunicou a administração via e-mail em 20/02/20x1. Após finalizar todos os demais procedimentos, Rodrigo, emitiu seu Relatório do Auditor Independente em 20/02/20x1. ATIVIDADE PROPOSTA: Visando aplicar os conhecimentos obtidos até essa etapa do Ciclo de Aprendizagem. E para a resolução da Atividade Avaliativa MAPA da Auditoria Contábil, resolva as questões de a) até d): a) Explique (em até 10 linhas) como os papéis de trabalho podem contribuir para a formação da opinião do Auditor no Relatório do Auditor Independente. (utilize a planilha do formulário padrão: ABA Discursivas). b) Argumente (em até 10 linhas), com base nos papéis de trabalho, se o Auditor Independente Rodrigo realizou a conferência dos cheques à vista quando acompanhou o fechamento de caixa. (utilize a planilha do formulário padrão: ABA Discursivas) c) Elabore o papel de trabalho referente a conferência dos Estoques da Auditada Ltda que foi realizada pelo Auditor Rodrigo. (utilize a planilha do formulário padrão: ABA Papel de Trabalho). d) Redija o Relatório do Auditor Independente Ltda, considerando a opinião que o Auditor Independente Rodrigo obteve sobre as Demonstrações Contábeis da Auditada Ltda. No seu Relatório, redija todas as seções do Relatório do Auditor Independente segundo a NBC TA 700. (utilize a planilha do formulário padrão: ABA Relatório do Auditor Independente). IMPORTANTE: Para sua maior facilidade na execução dessa atividade, abaixo, apresenta-se mais detalhes sobre a realização dela: - Assista ao vídeo explicativo gravado pelo Professor, para ajudá-lo (a) nesse processo de criação e desenvolvimento. - Para realizar essa atividade, você deverá baixar o arquivo “Formulário Padrão Mapa" disponível no Material da Disciplina e fazer o preenchimento. - É necessário salvar o arquivo em seu computador e enviar no campo “selecionar arquivo”, no ícone do MAPA.
  • 6. - O arquivo é enviado apenas uma vez, portanto, certifique-se de que ele está finalizado e que você está enviando o arquivo correto.