SlideShare uma empresa Scribd logo
A DIMENSÃO CULTURAL DA
ACTIVIDADE FÍSICA NA
ACTUALIDADE E AO LONGO DOS
TEMPOS
Daniela Almeida nº4
Ano:11 Turma: I
Curso: Profissional Técnico de Multimédia
Disciplina: Educação Física
Professor: João Gonçalves
Ano: 2014/2015
ÍNDICE
o Introdução……………………………………………………………………………………………..3
o Diferença entre desporto e educação física…………………………………………………..4
o Desporto………………………………………………………………………………………………..5
o Educação Física………………………………………………………………………………………6
o Natação………………………………………………………………………………………………..7
o História…………………………………………………………………………………........................8
o História em Portugal…………………………………………………………………………………..9-10
o Organismos que o tutelam……………………………………………………………………........11
o Modalidades…………………………………………...................................................................12
o Melhores Equipas……………………………………………………………………………….........13
o Melhores Participantes………………………………………………………………………………14-17
o Conclusão…………………………………………………………………………………………......18
o Web Grafia………………………………………………………………………………………….....19
INTRODUÇÃO
Este trabalho tem como tema “A dimensão cultural da Atividade Física na atualidade e ao longo dos tempos ” A escolha
deste tema resulta a pedido do professor de Educação Física para nos dar a conhecer e explorar os diversos aspetos deste
tema.
O trabalho tem os seguintes objetivos:
- Conhecer a diferença entre Desporto e Educação Física;
- Conhecer melhor o desporto que me agradou (natação) e caracterizá-lo em todos os aspetos;
Tendo em atenção este objetivos, o trabalho divide-se em duas partes.
- Na primeira, vou abordar a diferença entre Desporto e Educação Física;
- A segunda parte vou falar da natação;
-Na natação vou falar da sua história, da sua história em Portugal, dos organismos que a tutelam, das diversas
modalidades, das melhores equipas e dos seus melhores participantes.
DIFERENÇA ENTRE DESPORTO E
EDUCAÇÃO FÍSICA
DESPORTO
o Para ser considerar que desposto é desporto tem de haver envolvimento de habilidades e capacidades motoras, regras
instituídas por uma federação e competitividade entre opostos.
o Algumas modalidades desportivas praticam-se mediante veículos ou outras máquinas que não requerem a realização
de esforço, em cujo caso é mais importante a destreza e a concentração do que o exercício físico. Idealmente o
Desporto diverte e entretém, e constitui uma forma metódica e intensa de um jogo que tende à perfeição e à
coordenação do esforço muscular tendo em vista uma melhoria física e espiritual do ser humano.
o As modalidades desportivas podem ser coletivas, duplas ou individuais, mas sempre com um adversário.
o Também podemos definir desporto como um fenómeno sociocultural, que envolve a prática voluntária de atividade
predominantemente física competitiva com finalidade recreativa ou profissional, ou predominantemente física não
competitiva com finalidade de lazer, contribuindo para a formação, desenvolvimento e/ou aprimoramento físico,
intelectual e psíquico de seus praticantes e espectadores. Além de ser uma forma de criar uma identidade desportiva
para um inclusão social.
EDUCAÇÃO FÍSICA
o Educação Física é um conjunto de atividades físicas planeadas e estruturadas, que estuda e explora a capacidade física e a
aplicação do movimento humano. O objetivo é melhorar o condicionamento físico e a saúde dos praticantes, através da
execução de exercícios físicos e atividades corporais.
o Educação Física é uma disciplina que visa o aperfeiçoamento, controle e manutenção da saúde do corpo e da mente do ser
humano.
NATAÇÃO
HISTÓRIA
o O registo mais antigo sobre a natação remonta às pinturas rupestres cerca de 7.000 anos atrás.
o As referências escritas remontam a 2000 a. C. Algumas das primeiras referências estão incluídas em obras históricas
como a Epopeia, a Ilíada, a Odisseia, a Bíblia, Beowulf, e entre outras sagas.
o Em1538, Nikolaus Wynmann, professor alemão, escreveu o primeiro livro sobre natação, “O Nadador ou o diálogo
sobre a arte de Nadar”.
o Na Europa a natação de competição começou por volta do ano de 1800, utilizando o estilo bruços. Em 1873, John
Arthur Trudgen, apresentou o estilo Trudgen, após ter copiado o estilo crawl usado pelos Índios Nativos Norte-
americanos, criando uma ligeira variante do mesmo.
o A natação fez parte dos primeiros Jogos Olímpicos da era moderna em 1896, em Atenas. Em 1902 Richard Cavill
introduziu o estilo crawl.
o Em 1908, foi fundada a Federação Internacional de Natação (FINA).
o Na década de 1930 o estilo mariposa foi desenvolvido, que no início surgiu como uma variante do estilo de bruços e
em 1952 foi aceita como um estilo distinto.
HISTÓRIA EM PORTUGAL
o A natação em Portugal surgiu inicialmente devido as necessidades das populações que viviam à beira de lagos e rios.
o Era usual a pesca ser debaixo de água, que era ainda utilizada como refúgio dos animais selvagens. No Egipto e na
Grécia, a natação era já considerada como um desporto fundamental para o bem-estar do corpo, embora ainda não se
realizassem competições.
o No século XVII, a natação foi considerada um desporto saudável em especial no Japão.
o Em 1837 iniciou-se a natação competitiva ,na Europa. No mesmo ano em Londres foram organizadas as primeiras
provas nacionais.
o Em 1846 realizou-se a primeira competição internacional, em Sidney, e desde então novas provas têm sido
introduzidas.
HISTÓRIA EM PORTUGAL
o Em 1896 a natação estreou-se nos Jogos Olímpicos, em Atenas, inicialmente só para homens. Ao inicio esta
modalidade era praticada em rias, mas em 1908 as provas começaram a ser realizadas em piscinas onde as condições
eram mais facilitadas para a prática deste desporto.
o Em 1912 participam as primeiras nadadoras (feminino) nos Jogos Olímpicos de Estocolmo.
o Em 1924, em Paris, esteou-se a participação portuguesa nestas competições a onde participou o nadador Mário da
Silva Marques na prova dos 200 metros bruços.
o Em 1902, na Trafaria, foi fundada a primeira escola de natação portuguesa, pelo Ginásio Clube Português.
o O início da natação associativa em Portugal começa no ano de 1922 quando é fundada a Liga Portuguesa dos Clubes
de Natação, embora a Federação Nacional tenha sido criada 8 anos depois.
ORGANISMOS QUE O TUTELAM
o Atualmente só existem dois organismos que tutelam a natação, das quais são:
Federação Portuguesa de Natação
Fédération Internationale de Natation
(Federação Internacional de Natação)
MODALIDADES
o Existem 6 modalidades/disciplinas distintas na especialidade de natação.
o Das quais, natação pura, Pólo aquático e águas abertas, possuem a categoria Masters.
Natação Pura Águas Abertas
Pólo Aquático Natação Sincronizada
Saltos para a água Mergulho Aquático
MELHORES EQUIPAS
Equipa de natação Americana Equipa de natação da China
Equipa de natação do Canadá Equipa de natação da Rússia
MELHORES PARTICIPANTES
Michael Phelps
Michael Fred Phelps é um nadador norte-
americano.
Considerado um dos maiores atletas de todos
os tempos, possui trinta e sete recordes
mundiais. Conquistou o maior número de
medalhas de ouro (oito) olímpicas Diante de
seus resultados, Phelps superou as sete
medalhas de ouro conquistadas nos Jogos
Olímpicos de Munique, em 1972.
Ao obter a sua 19ª medalha olímpica nos
Jogos de Londres 2012, tornou-se o atleta
mais medalhado da história dos Jogos
Olímpicos.
Ao ganhar a prova dos 200 metros estilos, nos
Jogos Olímpicos de 2012, tornou-se o
primeiro nadador do mundo a conquistar o
titulo olímpico, três vezes consecutivas na
mesma especialidade a nível individual, feito
que já tinha realizado em prova coletiva, a
estafeta 4 x 200 metros livres. Michael Phelps
bateu todos os recordes que tinha a bater.
Diana Duarte
Gomes
Diana Duarte Gomes fez os mínimos
para os Jogos Olímpicos com apenas
catorze anos. É detentora de
praticamente todos os recordes
nacionais absolutos no estilo de bruços.
Adriano
Miguel Niz
Em 2006, conquistou duas medalhas de
pratas. Durante o europeu na Hungria,
em Budapeste, bateu o recorde
nacional de piscina curta.
Em 2009 passou a competir a nível
individual, sagrou-se campeão nacional
nos 200 metros livres, 50 metros costas,
100 metros costas, 200 metros costas, e
obteve o segundo lugar nos 200
metros estilos durante os Campeonato
Nacionais.
Contém 108 Recordes Nacionais, 88
títulos de Campeão Nacional, 17 títulos
de Campeão Nacional Universitário, 38
internacionalizações.
CONCLUSÃO
A realização deste trabalho permitiu-me chegar às seguintes conclusões:
o No desporto tem de haver envolvimento de habilidades e capacidades motoras, regras e competitividade entre opostos.
o Educação Física é um conjunto de atividades físicas planeadas e estruturadas.
o A natação remonta às pinturas rupestres cerca de 7.000 anos atrás.
o Algumas das primeiras referências da natação estão incluídas em obras históricas como a Epopeia, a Bíblia, a Odisseia, etc.
o Na Europa a natação de competição começou por volta do ano de 1800.
o A natação em Portugal surgiu inicialmente devido as necessidades das populações que viviam à beira de lagos e rios.
o Em 1837 iniciou-se a natação competitiva ,na Europa.
o Em 1846 realizou-se a primeira competição internacional.
o Em 1896 a natação estreou-se nos Jogos Olímpicos, em Atenas.
o Em 1912 participam as primeiras nadadoras nos Jogos Olímpicos.
o Em 1924, em Paris, esteou-se a participação portuguesa.
o Em 1902, na Trafaria, foi fundada a primeira escola de natação.
o São só dois os organismos que tutelam a natação, a federação portuguesa de natação e a federação internacional de natação.
o A natação possui 6 tipos de modalidades.
o A melhor equipa de natação é a equipa americana.
o Os melhores participantes de natação em Portugal são: Fernando Costa, Diana Gomes e Adriano Niz. Entre outros.
WEBGRAFIA
Definição de Desporto e Educação Física
Natação
o História: http://pt.wikipedia.org/wiki/Nata%C3%A7%C3%A3o
o História em Portugal: http://pt.slideshare.net/RuiPO/a-natao-em-portugal
o Modalidades: http://pt.wikipedia.org/wiki/Nata%C3%A7%C3%A3o
o Organismos que o tutelam: Imagens do Google.
o Melhores Equipas: Informação através da família, devido a não encontrar nada na internet.
o Melhores Participantes: http://pt.wikipedia.org/wiki/Michael_Phelps
http://pt.wikipedia.org/wiki/Adriano_Niz
http://pt.wikipedia.org/wiki/Diana_Gomes
o Educação Física: http://www.significados.com.br/educacao-fisica/
http://www.educacaofisica.com.br/index.php/gestao/125-empreendedor-individual/21630-educacao-fisica
o Desporto: http://marcoedf.blogspot.pt/2011/02/definicao-de-desporto.html

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Especialização precoce - educação fisica
Especialização precoce - educação fisicaEspecialização precoce - educação fisica
Especialização precoce - educação fisica
Daniela Costa
 
Sermão de santo antónio aos peixes
Sermão de santo antónio aos peixesSermão de santo antónio aos peixes
Sermão de santo antónio aos peixes
vermar2010
 
Capítulo V Sermão Santo António aos Peixes Padre António Vieira
Capítulo V Sermão Santo António aos Peixes Padre António VieiraCapítulo V Sermão Santo António aos Peixes Padre António Vieira
Capítulo V Sermão Santo António aos Peixes Padre António Vieira
Alexandra Madail
 
Revolução liberal portuguesa de 1820
Revolução liberal portuguesa de 1820Revolução liberal portuguesa de 1820
Revolução liberal portuguesa de 1820
Joana Filipa Rodrigues
 
Ginástica de Solo
Ginástica de SoloGinástica de Solo
Ginástica de Solo
Tony Abreu
 
Violência No Desporto
Violência No DesportoViolência No Desporto
Violência No Desporto
SNM
 
Os maias personagens
Os maias personagensOs maias personagens
Os maias personagens
Fátima Teixeira Kika
 
Obstáculos ao desenvolvimento
Obstáculos ao desenvolvimentoObstáculos ao desenvolvimento
Obstáculos ao desenvolvimento
Rosária Zamith
 
A Dopagem e os riscos de vida e saúde
A Dopagem e os riscos de vida e saúdeA Dopagem e os riscos de vida e saúde
A Dopagem e os riscos de vida e saúde
Diogo Silva
 
Violência vs Espírito Desportivo
Violência vs Espírito DesportivoViolência vs Espírito Desportivo
Violência vs Espírito Desportivo
João Duarte
 
Memorial do convento
Memorial do conventoMemorial do convento
Memorial do convento
João Pedro Rodrigues
 
Frei Luís de Sousa, síntese
Frei Luís de Sousa, sínteseFrei Luís de Sousa, síntese
Frei Luís de Sousa, síntese
Maria Teresa Soveral
 
Cap v repreensões particular
Cap v repreensões particularCap v repreensões particular
Cap v repreensões particular
Helena Coutinho
 
Filosofia 10º Ano - Os Valores
Filosofia 10º Ano - Os ValoresFilosofia 10º Ano - Os Valores
Filosofia 10º Ano - Os Valores
InesTeixeiraDuarte
 
Problemas urbanos, soluções (2)
Problemas urbanos, soluções (2)Problemas urbanos, soluções (2)
Problemas urbanos, soluções (2)
Idalina Leite
 
Popper – o problema da demarcação
Popper – o problema da demarcaçãoPopper – o problema da demarcação
Popper – o problema da demarcação
Luis De Sousa Rodrigues
 
Maria Eduarda-Os Maias
Maria Eduarda-Os MaiasMaria Eduarda-Os Maias
Maria Eduarda-Os Maias
nanasimao
 
Atividade fisica, aptidão física e saúde
Atividade fisica, aptidão física e saúdeAtividade fisica, aptidão física e saúde
Atividade fisica, aptidão física e saúde
washington carlos vieira
 
características temáticas de Fernando Pessoa - ortónimo
características temáticas de Fernando Pessoa - ortónimocaracterísticas temáticas de Fernando Pessoa - ortónimo
características temáticas de Fernando Pessoa - ortónimo
Dina Baptista
 
Sermao de santo antonio aos peixes
Sermao de santo antonio aos peixesSermao de santo antonio aos peixes
Sermao de santo antonio aos peixes
Liliana Matos
 

Mais procurados (20)

Especialização precoce - educação fisica
Especialização precoce - educação fisicaEspecialização precoce - educação fisica
Especialização precoce - educação fisica
 
Sermão de santo antónio aos peixes
Sermão de santo antónio aos peixesSermão de santo antónio aos peixes
Sermão de santo antónio aos peixes
 
Capítulo V Sermão Santo António aos Peixes Padre António Vieira
Capítulo V Sermão Santo António aos Peixes Padre António VieiraCapítulo V Sermão Santo António aos Peixes Padre António Vieira
Capítulo V Sermão Santo António aos Peixes Padre António Vieira
 
Revolução liberal portuguesa de 1820
Revolução liberal portuguesa de 1820Revolução liberal portuguesa de 1820
Revolução liberal portuguesa de 1820
 
Ginástica de Solo
Ginástica de SoloGinástica de Solo
Ginástica de Solo
 
Violência No Desporto
Violência No DesportoViolência No Desporto
Violência No Desporto
 
Os maias personagens
Os maias personagensOs maias personagens
Os maias personagens
 
Obstáculos ao desenvolvimento
Obstáculos ao desenvolvimentoObstáculos ao desenvolvimento
Obstáculos ao desenvolvimento
 
A Dopagem e os riscos de vida e saúde
A Dopagem e os riscos de vida e saúdeA Dopagem e os riscos de vida e saúde
A Dopagem e os riscos de vida e saúde
 
Violência vs Espírito Desportivo
Violência vs Espírito DesportivoViolência vs Espírito Desportivo
Violência vs Espírito Desportivo
 
Memorial do convento
Memorial do conventoMemorial do convento
Memorial do convento
 
Frei Luís de Sousa, síntese
Frei Luís de Sousa, sínteseFrei Luís de Sousa, síntese
Frei Luís de Sousa, síntese
 
Cap v repreensões particular
Cap v repreensões particularCap v repreensões particular
Cap v repreensões particular
 
Filosofia 10º Ano - Os Valores
Filosofia 10º Ano - Os ValoresFilosofia 10º Ano - Os Valores
Filosofia 10º Ano - Os Valores
 
Problemas urbanos, soluções (2)
Problemas urbanos, soluções (2)Problemas urbanos, soluções (2)
Problemas urbanos, soluções (2)
 
Popper – o problema da demarcação
Popper – o problema da demarcaçãoPopper – o problema da demarcação
Popper – o problema da demarcação
 
Maria Eduarda-Os Maias
Maria Eduarda-Os MaiasMaria Eduarda-Os Maias
Maria Eduarda-Os Maias
 
Atividade fisica, aptidão física e saúde
Atividade fisica, aptidão física e saúdeAtividade fisica, aptidão física e saúde
Atividade fisica, aptidão física e saúde
 
características temáticas de Fernando Pessoa - ortónimo
características temáticas de Fernando Pessoa - ortónimocaracterísticas temáticas de Fernando Pessoa - ortónimo
características temáticas de Fernando Pessoa - ortónimo
 
Sermao de santo antonio aos peixes
Sermao de santo antonio aos peixesSermao de santo antonio aos peixes
Sermao de santo antonio aos peixes
 

Destaque

Sebenta.módulo14.e.física.profissional
Sebenta.módulo14.e.física.profissionalSebenta.módulo14.e.física.profissional
Sebenta.módulo14.e.física.profissional
Maria João Vasconcelos
 
Trabalho tema processos de controlo do esforço
Trabalho tema processos de controlo do esforçoTrabalho tema processos de controlo do esforço
Trabalho tema processos de controlo do esforço
Tiago Garcia
 
Desporto na sociedade
Desporto na sociedadeDesporto na sociedade
Desporto na sociedade
GrupoVerde12B
 
Actividade Física
Actividade Física Actividade Física
Actividade Física
Gabriela Bruno
 
Atividade física contextos e saude 3
Atividade física contextos e saude 3Atividade física contextos e saude 3
Atividade física contextos e saude 3
DjMayuri
 
Atividade Física
Atividade FísicaAtividade Física
Atividade Física
Mário Ribeiro
 
Fatores de saúde e riscos associados à prática das actividades físicas
Fatores de saúde e riscos associados à prática das actividades físicasFatores de saúde e riscos associados à prática das actividades físicas
Fatores de saúde e riscos associados à prática das actividades físicas
Flávia Marques
 
Programa Educação Física - Cursos Profissionais
Programa Educação Física - Cursos ProfissionaisPrograma Educação Física - Cursos Profissionais
Programa Educação Física - Cursos Profissionais
Maria João Vasconcelos
 
Os Jogos Olímpicos na Grécia Antiga
Os Jogos Olímpicos na Grécia AntigaOs Jogos Olímpicos na Grécia Antiga
Os Jogos Olímpicos na Grécia Antiga
Natalina Safara
 
Desporto E Saúde
Desporto E SaúdeDesporto E Saúde
Desporto E Saúde
guestd2ec91
 
ApresentaçãO Em Power Point Tema Desporto
ApresentaçãO Em Power Point Tema DesportoApresentaçãO Em Power Point Tema Desporto
ApresentaçãO Em Power Point Tema Desporto
DeolindaMoareira
 
PAP
PAPPAP
Principios do treinamento desportivo
Principios do treinamento desportivoPrincipios do treinamento desportivo
Principios do treinamento desportivo
joaobriant
 
Educação física 8ºF Daniela e Sónia
Educação física 8ºF Daniela e SóniaEducação física 8ºF Daniela e Sónia
Educação física 8ºF Daniela e Sónia
SoniaManada
 
SDAC 12º - M9 TGEI
SDAC 12º - M9 TGEISDAC 12º - M9 TGEI
SDAC 12º - M9 TGEI
Luis Ferreira
 
Princípios biológicos afa univap2013
Princípios biológicos afa univap2013Princípios biológicos afa univap2013
Princípios biológicos afa univap2013
Felipe Mago
 
Periodização tactica
Periodização tacticaPeriodização tactica
Periodização tactica
Mário Torres
 
PERIODIZAÇÃO TÁCTICA: PRINCÍPIOS ESTRUTURANTES E ERROS METODOLÓGICOS NA SUA A...
PERIODIZAÇÃO TÁCTICA: PRINCÍPIOS ESTRUTURANTES E ERROS METODOLÓGICOS NA SUA A...PERIODIZAÇÃO TÁCTICA: PRINCÍPIOS ESTRUTURANTES E ERROS METODOLÓGICOS NA SUA A...
PERIODIZAÇÃO TÁCTICA: PRINCÍPIOS ESTRUTURANTES E ERROS METODOLÓGICOS NA SUA A...
Raúl Oliveira
 
Princípios científicos
Princípios científicosPrincípios científicos
Princípios científicos
washington carlos vieira
 
Hidroginástica
HidroginásticaHidroginástica
Hidroginástica
anabelanave
 

Destaque (20)

Sebenta.módulo14.e.física.profissional
Sebenta.módulo14.e.física.profissionalSebenta.módulo14.e.física.profissional
Sebenta.módulo14.e.física.profissional
 
Trabalho tema processos de controlo do esforço
Trabalho tema processos de controlo do esforçoTrabalho tema processos de controlo do esforço
Trabalho tema processos de controlo do esforço
 
Desporto na sociedade
Desporto na sociedadeDesporto na sociedade
Desporto na sociedade
 
Actividade Física
Actividade Física Actividade Física
Actividade Física
 
Atividade física contextos e saude 3
Atividade física contextos e saude 3Atividade física contextos e saude 3
Atividade física contextos e saude 3
 
Atividade Física
Atividade FísicaAtividade Física
Atividade Física
 
Fatores de saúde e riscos associados à prática das actividades físicas
Fatores de saúde e riscos associados à prática das actividades físicasFatores de saúde e riscos associados à prática das actividades físicas
Fatores de saúde e riscos associados à prática das actividades físicas
 
Programa Educação Física - Cursos Profissionais
Programa Educação Física - Cursos ProfissionaisPrograma Educação Física - Cursos Profissionais
Programa Educação Física - Cursos Profissionais
 
Os Jogos Olímpicos na Grécia Antiga
Os Jogos Olímpicos na Grécia AntigaOs Jogos Olímpicos na Grécia Antiga
Os Jogos Olímpicos na Grécia Antiga
 
Desporto E Saúde
Desporto E SaúdeDesporto E Saúde
Desporto E Saúde
 
ApresentaçãO Em Power Point Tema Desporto
ApresentaçãO Em Power Point Tema DesportoApresentaçãO Em Power Point Tema Desporto
ApresentaçãO Em Power Point Tema Desporto
 
PAP
PAPPAP
PAP
 
Principios do treinamento desportivo
Principios do treinamento desportivoPrincipios do treinamento desportivo
Principios do treinamento desportivo
 
Educação física 8ºF Daniela e Sónia
Educação física 8ºF Daniela e SóniaEducação física 8ºF Daniela e Sónia
Educação física 8ºF Daniela e Sónia
 
SDAC 12º - M9 TGEI
SDAC 12º - M9 TGEISDAC 12º - M9 TGEI
SDAC 12º - M9 TGEI
 
Princípios biológicos afa univap2013
Princípios biológicos afa univap2013Princípios biológicos afa univap2013
Princípios biológicos afa univap2013
 
Periodização tactica
Periodização tacticaPeriodização tactica
Periodização tactica
 
PERIODIZAÇÃO TÁCTICA: PRINCÍPIOS ESTRUTURANTES E ERROS METODOLÓGICOS NA SUA A...
PERIODIZAÇÃO TÁCTICA: PRINCÍPIOS ESTRUTURANTES E ERROS METODOLÓGICOS NA SUA A...PERIODIZAÇÃO TÁCTICA: PRINCÍPIOS ESTRUTURANTES E ERROS METODOLÓGICOS NA SUA A...
PERIODIZAÇÃO TÁCTICA: PRINCÍPIOS ESTRUTURANTES E ERROS METODOLÓGICOS NA SUA A...
 
Princípios científicos
Princípios científicosPrincípios científicos
Princípios científicos
 
Hidroginástica
HidroginásticaHidroginástica
Hidroginástica
 

Semelhante a A dimensão cultural da actividade física na actualidade

Apostila ed fisica 7 ano
Apostila ed fisica 7 anoApostila ed fisica 7 ano
Apostila ed fisica 7 ano
andria4shared
 
Apostila métodos e práticas da natação
Apostila métodos e práticas da nataçãoApostila métodos e práticas da natação
Apostila métodos e práticas da natação
Fernanda Sena Neri
 
Formacao didactica da-orientacao_na_escola
Formacao didactica da-orientacao_na_escolaFormacao didactica da-orientacao_na_escola
Formacao didactica da-orientacao_na_escola
Sérgio Abreu
 
Trabalho módulo 3 natação - sara campos
Trabalho módulo 3   natação - sara camposTrabalho módulo 3   natação - sara campos
Trabalho módulo 3 natação - sara campos
Vera Filipa Silva
 
Natação
NataçãoNatação
Natação
Alex Faria
 
Natação
NataçãoNatação
Natação
Netosaimon Silva
 
Dossiê módulo 3 natação - pedro loureiro
Dossiê módulo 3   natação - pedro loureiroDossiê módulo 3   natação - pedro loureiro
Dossiê módulo 3 natação - pedro loureiro
Vera Filipa Silva
 
Guia paralímpico - EVO
Guia paralímpico - EVOGuia paralímpico - EVO
Guia paralímpico - EVO
Jaque Godinho
 
Natação
NataçãoNatação
Breve trabalho/curiosidades sobre o Desporto
Breve trabalho/curiosidades sobre o DesportoBreve trabalho/curiosidades sobre o Desporto
Breve trabalho/curiosidades sobre o Desporto
Maria Freitas
 
Apostila ed.fisica ensino_medio
Apostila ed.fisica ensino_medioApostila ed.fisica ensino_medio
Apostila ed.fisica ensino_medio
Paulo Crstian
 
A Natação
A NataçãoA Natação
A Natação
Historiando
 
Diário olímpico 5
Diário olímpico 5Diário olímpico 5
Diário olímpico 5
APEB
 
Olimpismo- Trabalho Educação Fisica 9 ano
Olimpismo- Trabalho Educação Fisica 9 anoOlimpismo- Trabalho Educação Fisica 9 ano
Olimpismo- Trabalho Educação Fisica 9 ano
tesourosdosaber
 
impulsiona-2021.09-movimentoparalimpico.pdf
impulsiona-2021.09-movimentoparalimpico.pdfimpulsiona-2021.09-movimentoparalimpico.pdf
impulsiona-2021.09-movimentoparalimpico.pdf
Plinio22
 
Jogos Olímpicos Barreto Coelho
Jogos Olímpicos Barreto CoelhoJogos Olímpicos Barreto Coelho
Jogos Olímpicos Barreto Coelho
barreto coelho
 
Modalidades-esportes
Modalidades-esportesModalidades-esportes
Modalidades-esportes
educaedil
 
Ginástica Artística - Histórico
Ginástica Artística - HistóricoGinástica Artística - Histórico
Ginástica Artística - Histórico
waldeck
 
Historico do Atletismo.pptx
Historico do Atletismo.pptxHistorico do Atletismo.pptx
Historico do Atletismo.pptx
LEYDIANNEPERCILIABOR
 
Atletas olímpicos de portugal
Atletas olímpicos de portugalAtletas olímpicos de portugal
Atletas olímpicos de portugal
Maria Veronique
 

Semelhante a A dimensão cultural da actividade física na actualidade (20)

Apostila ed fisica 7 ano
Apostila ed fisica 7 anoApostila ed fisica 7 ano
Apostila ed fisica 7 ano
 
Apostila métodos e práticas da natação
Apostila métodos e práticas da nataçãoApostila métodos e práticas da natação
Apostila métodos e práticas da natação
 
Formacao didactica da-orientacao_na_escola
Formacao didactica da-orientacao_na_escolaFormacao didactica da-orientacao_na_escola
Formacao didactica da-orientacao_na_escola
 
Trabalho módulo 3 natação - sara campos
Trabalho módulo 3   natação - sara camposTrabalho módulo 3   natação - sara campos
Trabalho módulo 3 natação - sara campos
 
Natação
NataçãoNatação
Natação
 
Natação
NataçãoNatação
Natação
 
Dossiê módulo 3 natação - pedro loureiro
Dossiê módulo 3   natação - pedro loureiroDossiê módulo 3   natação - pedro loureiro
Dossiê módulo 3 natação - pedro loureiro
 
Guia paralímpico - EVO
Guia paralímpico - EVOGuia paralímpico - EVO
Guia paralímpico - EVO
 
Natação
NataçãoNatação
Natação
 
Breve trabalho/curiosidades sobre o Desporto
Breve trabalho/curiosidades sobre o DesportoBreve trabalho/curiosidades sobre o Desporto
Breve trabalho/curiosidades sobre o Desporto
 
Apostila ed.fisica ensino_medio
Apostila ed.fisica ensino_medioApostila ed.fisica ensino_medio
Apostila ed.fisica ensino_medio
 
A Natação
A NataçãoA Natação
A Natação
 
Diário olímpico 5
Diário olímpico 5Diário olímpico 5
Diário olímpico 5
 
Olimpismo- Trabalho Educação Fisica 9 ano
Olimpismo- Trabalho Educação Fisica 9 anoOlimpismo- Trabalho Educação Fisica 9 ano
Olimpismo- Trabalho Educação Fisica 9 ano
 
impulsiona-2021.09-movimentoparalimpico.pdf
impulsiona-2021.09-movimentoparalimpico.pdfimpulsiona-2021.09-movimentoparalimpico.pdf
impulsiona-2021.09-movimentoparalimpico.pdf
 
Jogos Olímpicos Barreto Coelho
Jogos Olímpicos Barreto CoelhoJogos Olímpicos Barreto Coelho
Jogos Olímpicos Barreto Coelho
 
Modalidades-esportes
Modalidades-esportesModalidades-esportes
Modalidades-esportes
 
Ginástica Artística - Histórico
Ginástica Artística - HistóricoGinástica Artística - Histórico
Ginástica Artística - Histórico
 
Historico do Atletismo.pptx
Historico do Atletismo.pptxHistorico do Atletismo.pptx
Historico do Atletismo.pptx
 
Atletas olímpicos de portugal
Atletas olímpicos de portugalAtletas olímpicos de portugal
Atletas olímpicos de portugal
 

Mais de Nome Sobrenome

Arte urbana
Arte urbanaArte urbana
Arte urbana
Nome Sobrenome
 
Future Career
Future CareerFuture Career
Future Career
Nome Sobrenome
 
Glossário
GlossárioGlossário
Glossário
Nome Sobrenome
 
Luís de Miranda Pereira de Meneses
Luís de Miranda Pereira de MenesesLuís de Miranda Pereira de Meneses
Luís de Miranda Pereira de Meneses
Nome Sobrenome
 
Fernando Pessoa
Fernando PessoaFernando Pessoa
Fernando Pessoa
Nome Sobrenome
 
Interação sol terra
Interação sol terraInteração sol terra
Interação sol terra
Nome Sobrenome
 
Constituição da república portuguesa e leis da família
Constituição da república portuguesa e leis da famíliaConstituição da república portuguesa e leis da família
Constituição da república portuguesa e leis da família
Nome Sobrenome
 
Trabalho final do tema 2.1 do módulo 6
Trabalho final  do tema 2.1 do módulo 6Trabalho final  do tema 2.1 do módulo 6
Trabalho final do tema 2.1 do módulo 6
Nome Sobrenome
 
Dimensão média das famílias em portugal
Dimensão média das famílias em portugalDimensão média das famílias em portugal
Dimensão média das famílias em portugal
Nome Sobrenome
 
Empreendedorismo jovem
Empreendedorismo jovemEmpreendedorismo jovem
Empreendedorismo jovem
Nome Sobrenome
 
Taxa bruta de natalidade
Taxa bruta de natalidadeTaxa bruta de natalidade
Taxa bruta de natalidade
Nome Sobrenome
 
Famílias clássicas total e por tipo de famílias
Famílias clássicas total e por tipo de famíliasFamílias clássicas total e por tipo de famílias
Famílias clássicas total e por tipo de famílias
Nome Sobrenome
 
Empreendedorismo
EmpreendedorismoEmpreendedorismo
Empreendedorismo
Nome Sobrenome
 
Poster
PosterPoster
Realizador
RealizadorRealizador
Realizador
Nome Sobrenome
 
Projeto de tic
Projeto de ticProjeto de tic
Projeto de tic
Nome Sobrenome
 
Diagrama e esquema
Diagrama e esquema Diagrama e esquema
Diagrama e esquema
Nome Sobrenome
 
Sumol
SumolSumol
Sumol
SumolSumol
Fernando pessoa
Fernando pessoaFernando pessoa
Fernando pessoa
Nome Sobrenome
 

Mais de Nome Sobrenome (20)

Arte urbana
Arte urbanaArte urbana
Arte urbana
 
Future Career
Future CareerFuture Career
Future Career
 
Glossário
GlossárioGlossário
Glossário
 
Luís de Miranda Pereira de Meneses
Luís de Miranda Pereira de MenesesLuís de Miranda Pereira de Meneses
Luís de Miranda Pereira de Meneses
 
Fernando Pessoa
Fernando PessoaFernando Pessoa
Fernando Pessoa
 
Interação sol terra
Interação sol terraInteração sol terra
Interação sol terra
 
Constituição da república portuguesa e leis da família
Constituição da república portuguesa e leis da famíliaConstituição da república portuguesa e leis da família
Constituição da república portuguesa e leis da família
 
Trabalho final do tema 2.1 do módulo 6
Trabalho final  do tema 2.1 do módulo 6Trabalho final  do tema 2.1 do módulo 6
Trabalho final do tema 2.1 do módulo 6
 
Dimensão média das famílias em portugal
Dimensão média das famílias em portugalDimensão média das famílias em portugal
Dimensão média das famílias em portugal
 
Empreendedorismo jovem
Empreendedorismo jovemEmpreendedorismo jovem
Empreendedorismo jovem
 
Taxa bruta de natalidade
Taxa bruta de natalidadeTaxa bruta de natalidade
Taxa bruta de natalidade
 
Famílias clássicas total e por tipo de famílias
Famílias clássicas total e por tipo de famíliasFamílias clássicas total e por tipo de famílias
Famílias clássicas total e por tipo de famílias
 
Empreendedorismo
EmpreendedorismoEmpreendedorismo
Empreendedorismo
 
Poster
PosterPoster
Poster
 
Realizador
RealizadorRealizador
Realizador
 
Projeto de tic
Projeto de ticProjeto de tic
Projeto de tic
 
Diagrama e esquema
Diagrama e esquema Diagrama e esquema
Diagrama e esquema
 
Sumol
SumolSumol
Sumol
 
Sumol
SumolSumol
Sumol
 
Fernando pessoa
Fernando pessoaFernando pessoa
Fernando pessoa
 

Último

Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdfAula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
ProfessoraSilmaraArg
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Falcão Brasil
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
Falcão Brasil
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Falcão Brasil
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Falcão Brasil
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdfEscola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Falcão Brasil
 
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIALA GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
ArapiracaNoticiasFat
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Falcão Brasil
 
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdfEscola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Falcão Brasil
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Luiz C. da Silva
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
Falcão Brasil
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
valdeci17
 
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Bibliotecas Escolares AEIDH
 
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsxQue Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Luzia Gabriele
 
Administração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptx
Administração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptxAdministração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptx
Administração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptx
helenawaya9
 
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 

Último (20)

Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdfAula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
 
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
VIAGEM AO PASSADO -
VIAGEM AO PASSADO                        -VIAGEM AO PASSADO                        -
VIAGEM AO PASSADO -
 
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdfEscola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
 
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIALA GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
 
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdfEscola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
 
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
 
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsxQue Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
 
Administração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptx
Administração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptxAdministração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptx
Administração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptx
 
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
 

A dimensão cultural da actividade física na actualidade

  • 1. A DIMENSÃO CULTURAL DA ACTIVIDADE FÍSICA NA ACTUALIDADE E AO LONGO DOS TEMPOS Daniela Almeida nº4 Ano:11 Turma: I Curso: Profissional Técnico de Multimédia Disciplina: Educação Física Professor: João Gonçalves Ano: 2014/2015
  • 2. ÍNDICE o Introdução……………………………………………………………………………………………..3 o Diferença entre desporto e educação física…………………………………………………..4 o Desporto………………………………………………………………………………………………..5 o Educação Física………………………………………………………………………………………6 o Natação………………………………………………………………………………………………..7 o História…………………………………………………………………………………........................8 o História em Portugal…………………………………………………………………………………..9-10 o Organismos que o tutelam……………………………………………………………………........11 o Modalidades…………………………………………...................................................................12 o Melhores Equipas……………………………………………………………………………….........13 o Melhores Participantes………………………………………………………………………………14-17 o Conclusão…………………………………………………………………………………………......18 o Web Grafia………………………………………………………………………………………….....19
  • 3. INTRODUÇÃO Este trabalho tem como tema “A dimensão cultural da Atividade Física na atualidade e ao longo dos tempos ” A escolha deste tema resulta a pedido do professor de Educação Física para nos dar a conhecer e explorar os diversos aspetos deste tema. O trabalho tem os seguintes objetivos: - Conhecer a diferença entre Desporto e Educação Física; - Conhecer melhor o desporto que me agradou (natação) e caracterizá-lo em todos os aspetos; Tendo em atenção este objetivos, o trabalho divide-se em duas partes. - Na primeira, vou abordar a diferença entre Desporto e Educação Física; - A segunda parte vou falar da natação; -Na natação vou falar da sua história, da sua história em Portugal, dos organismos que a tutelam, das diversas modalidades, das melhores equipas e dos seus melhores participantes.
  • 4. DIFERENÇA ENTRE DESPORTO E EDUCAÇÃO FÍSICA
  • 5. DESPORTO o Para ser considerar que desposto é desporto tem de haver envolvimento de habilidades e capacidades motoras, regras instituídas por uma federação e competitividade entre opostos. o Algumas modalidades desportivas praticam-se mediante veículos ou outras máquinas que não requerem a realização de esforço, em cujo caso é mais importante a destreza e a concentração do que o exercício físico. Idealmente o Desporto diverte e entretém, e constitui uma forma metódica e intensa de um jogo que tende à perfeição e à coordenação do esforço muscular tendo em vista uma melhoria física e espiritual do ser humano. o As modalidades desportivas podem ser coletivas, duplas ou individuais, mas sempre com um adversário. o Também podemos definir desporto como um fenómeno sociocultural, que envolve a prática voluntária de atividade predominantemente física competitiva com finalidade recreativa ou profissional, ou predominantemente física não competitiva com finalidade de lazer, contribuindo para a formação, desenvolvimento e/ou aprimoramento físico, intelectual e psíquico de seus praticantes e espectadores. Além de ser uma forma de criar uma identidade desportiva para um inclusão social.
  • 6. EDUCAÇÃO FÍSICA o Educação Física é um conjunto de atividades físicas planeadas e estruturadas, que estuda e explora a capacidade física e a aplicação do movimento humano. O objetivo é melhorar o condicionamento físico e a saúde dos praticantes, através da execução de exercícios físicos e atividades corporais. o Educação Física é uma disciplina que visa o aperfeiçoamento, controle e manutenção da saúde do corpo e da mente do ser humano.
  • 8. HISTÓRIA o O registo mais antigo sobre a natação remonta às pinturas rupestres cerca de 7.000 anos atrás. o As referências escritas remontam a 2000 a. C. Algumas das primeiras referências estão incluídas em obras históricas como a Epopeia, a Ilíada, a Odisseia, a Bíblia, Beowulf, e entre outras sagas. o Em1538, Nikolaus Wynmann, professor alemão, escreveu o primeiro livro sobre natação, “O Nadador ou o diálogo sobre a arte de Nadar”. o Na Europa a natação de competição começou por volta do ano de 1800, utilizando o estilo bruços. Em 1873, John Arthur Trudgen, apresentou o estilo Trudgen, após ter copiado o estilo crawl usado pelos Índios Nativos Norte- americanos, criando uma ligeira variante do mesmo. o A natação fez parte dos primeiros Jogos Olímpicos da era moderna em 1896, em Atenas. Em 1902 Richard Cavill introduziu o estilo crawl. o Em 1908, foi fundada a Federação Internacional de Natação (FINA). o Na década de 1930 o estilo mariposa foi desenvolvido, que no início surgiu como uma variante do estilo de bruços e em 1952 foi aceita como um estilo distinto.
  • 9. HISTÓRIA EM PORTUGAL o A natação em Portugal surgiu inicialmente devido as necessidades das populações que viviam à beira de lagos e rios. o Era usual a pesca ser debaixo de água, que era ainda utilizada como refúgio dos animais selvagens. No Egipto e na Grécia, a natação era já considerada como um desporto fundamental para o bem-estar do corpo, embora ainda não se realizassem competições. o No século XVII, a natação foi considerada um desporto saudável em especial no Japão. o Em 1837 iniciou-se a natação competitiva ,na Europa. No mesmo ano em Londres foram organizadas as primeiras provas nacionais. o Em 1846 realizou-se a primeira competição internacional, em Sidney, e desde então novas provas têm sido introduzidas.
  • 10. HISTÓRIA EM PORTUGAL o Em 1896 a natação estreou-se nos Jogos Olímpicos, em Atenas, inicialmente só para homens. Ao inicio esta modalidade era praticada em rias, mas em 1908 as provas começaram a ser realizadas em piscinas onde as condições eram mais facilitadas para a prática deste desporto. o Em 1912 participam as primeiras nadadoras (feminino) nos Jogos Olímpicos de Estocolmo. o Em 1924, em Paris, esteou-se a participação portuguesa nestas competições a onde participou o nadador Mário da Silva Marques na prova dos 200 metros bruços. o Em 1902, na Trafaria, foi fundada a primeira escola de natação portuguesa, pelo Ginásio Clube Português. o O início da natação associativa em Portugal começa no ano de 1922 quando é fundada a Liga Portuguesa dos Clubes de Natação, embora a Federação Nacional tenha sido criada 8 anos depois.
  • 11. ORGANISMOS QUE O TUTELAM o Atualmente só existem dois organismos que tutelam a natação, das quais são: Federação Portuguesa de Natação Fédération Internationale de Natation (Federação Internacional de Natação)
  • 12. MODALIDADES o Existem 6 modalidades/disciplinas distintas na especialidade de natação. o Das quais, natação pura, Pólo aquático e águas abertas, possuem a categoria Masters. Natação Pura Águas Abertas Pólo Aquático Natação Sincronizada Saltos para a água Mergulho Aquático
  • 13. MELHORES EQUIPAS Equipa de natação Americana Equipa de natação da China Equipa de natação do Canadá Equipa de natação da Rússia
  • 15. Michael Phelps Michael Fred Phelps é um nadador norte- americano. Considerado um dos maiores atletas de todos os tempos, possui trinta e sete recordes mundiais. Conquistou o maior número de medalhas de ouro (oito) olímpicas Diante de seus resultados, Phelps superou as sete medalhas de ouro conquistadas nos Jogos Olímpicos de Munique, em 1972. Ao obter a sua 19ª medalha olímpica nos Jogos de Londres 2012, tornou-se o atleta mais medalhado da história dos Jogos Olímpicos. Ao ganhar a prova dos 200 metros estilos, nos Jogos Olímpicos de 2012, tornou-se o primeiro nadador do mundo a conquistar o titulo olímpico, três vezes consecutivas na mesma especialidade a nível individual, feito que já tinha realizado em prova coletiva, a estafeta 4 x 200 metros livres. Michael Phelps bateu todos os recordes que tinha a bater.
  • 16. Diana Duarte Gomes Diana Duarte Gomes fez os mínimos para os Jogos Olímpicos com apenas catorze anos. É detentora de praticamente todos os recordes nacionais absolutos no estilo de bruços.
  • 17. Adriano Miguel Niz Em 2006, conquistou duas medalhas de pratas. Durante o europeu na Hungria, em Budapeste, bateu o recorde nacional de piscina curta. Em 2009 passou a competir a nível individual, sagrou-se campeão nacional nos 200 metros livres, 50 metros costas, 100 metros costas, 200 metros costas, e obteve o segundo lugar nos 200 metros estilos durante os Campeonato Nacionais. Contém 108 Recordes Nacionais, 88 títulos de Campeão Nacional, 17 títulos de Campeão Nacional Universitário, 38 internacionalizações.
  • 18. CONCLUSÃO A realização deste trabalho permitiu-me chegar às seguintes conclusões: o No desporto tem de haver envolvimento de habilidades e capacidades motoras, regras e competitividade entre opostos. o Educação Física é um conjunto de atividades físicas planeadas e estruturadas. o A natação remonta às pinturas rupestres cerca de 7.000 anos atrás. o Algumas das primeiras referências da natação estão incluídas em obras históricas como a Epopeia, a Bíblia, a Odisseia, etc. o Na Europa a natação de competição começou por volta do ano de 1800. o A natação em Portugal surgiu inicialmente devido as necessidades das populações que viviam à beira de lagos e rios. o Em 1837 iniciou-se a natação competitiva ,na Europa. o Em 1846 realizou-se a primeira competição internacional. o Em 1896 a natação estreou-se nos Jogos Olímpicos, em Atenas. o Em 1912 participam as primeiras nadadoras nos Jogos Olímpicos. o Em 1924, em Paris, esteou-se a participação portuguesa. o Em 1902, na Trafaria, foi fundada a primeira escola de natação. o São só dois os organismos que tutelam a natação, a federação portuguesa de natação e a federação internacional de natação. o A natação possui 6 tipos de modalidades. o A melhor equipa de natação é a equipa americana. o Os melhores participantes de natação em Portugal são: Fernando Costa, Diana Gomes e Adriano Niz. Entre outros.
  • 19. WEBGRAFIA Definição de Desporto e Educação Física Natação o História: http://pt.wikipedia.org/wiki/Nata%C3%A7%C3%A3o o História em Portugal: http://pt.slideshare.net/RuiPO/a-natao-em-portugal o Modalidades: http://pt.wikipedia.org/wiki/Nata%C3%A7%C3%A3o o Organismos que o tutelam: Imagens do Google. o Melhores Equipas: Informação através da família, devido a não encontrar nada na internet. o Melhores Participantes: http://pt.wikipedia.org/wiki/Michael_Phelps http://pt.wikipedia.org/wiki/Adriano_Niz http://pt.wikipedia.org/wiki/Diana_Gomes o Educação Física: http://www.significados.com.br/educacao-fisica/ http://www.educacaofisica.com.br/index.php/gestao/125-empreendedor-individual/21630-educacao-fisica o Desporto: http://marcoedf.blogspot.pt/2011/02/definicao-de-desporto.html