SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 2
Baixar para ler offline
(99) 9 8525-8486
(99) 9 8525-8486
Olá, estudante! Somos a Prime Educacional e iremos te ajudar
nessa atividade!
ATIVIDADE 01 - SAÚDE - QUÍMICA ANALÍTICA E INSTRUMENTAL -
51/2024
Recentemente, um artigo publicado em uma revista renomada relatou um caso de uma into-
xicação fatal devido ao consumo de um derivado da triptamina, conhecido como dipropiltrip-
tamina (DPT). DPT é um composto alucinógeno reconhecido por induzir efeitos semelhan-
tes aos da dimetiltriptamina (DMT, usado principalmente em rituais religiosos), porém com
maior duração. No caso relatado, o individuo foi levado ao hospital para os devidos atendi-
mentos. Amostras de soro (coletadas quatro horas após o consumo), sangue e urina foram
analisadas com o auxílio de algumas técnicas da química analítica instrumental. Cromato-
gramas provindos de cromatografia gasosa (CG) indicaram a presença de DPT, contudo
mais duas substâncias estavam presentes na amostra analisada (considerar os picos princi-
pais no cromatograma).
Fonte: NEUKAMM, M. A. et al. A fatal case of aspiration due to consumption of the halluci-
nogenic tryptamine derivative dipropyltryptamine (DPT). J Pharm Biomed Anal, [s. l.], v.
240, jan. 2024.
O cromatograma (fictício), Figura 1, simula a presença de três substâncias presentes na
amostra de soro do paciente:
- DPT (dipropiltriptamina): 160 °C.
- Triptamine: 137 °C.
- DMT (dimetiltriptamina): 140 °C.
Figura 1 - Cromatograma de análise de soro do paciente com intoxicação
Fonte: a autora.
A partir das informações sobre métodos cromatográficos, bem como do ponto de ebulição
de cada substancia, responda aos itens a seguir:
A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.
B) RELACIONE os picos (1, 2 e 3) no cromatograma com cada uma das substâncias (DTP,
triptamina, DMT). EXPLIQUE o motivo da ordem escolhida

Mais conteúdo relacionado

Mais de Prime Assessoria

b) QUAL o tipo de ciclo de vida da Giardia sp. e como ocorre a transmissão da...
b) QUAL o tipo de ciclo de vida da Giardia sp. e como ocorre a transmissão da...b) QUAL o tipo de ciclo de vida da Giardia sp. e como ocorre a transmissão da...
b) QUAL o tipo de ciclo de vida da Giardia sp. e como ocorre a transmissão da...Prime Assessoria
 
“O gênero Giardia inclui protozoários flagelados parasitos do intestino delga...
“O gênero Giardia inclui protozoários flagelados parasitos do intestino delga...“O gênero Giardia inclui protozoários flagelados parasitos do intestino delga...
“O gênero Giardia inclui protozoários flagelados parasitos do intestino delga...Prime Assessoria
 
a) DESCREVA as características das formas evolutivas da Giardia sp., deixando...
a) DESCREVA as características das formas evolutivas da Giardia sp., deixando...a) DESCREVA as características das formas evolutivas da Giardia sp., deixando...
a) DESCREVA as características das formas evolutivas da Giardia sp., deixando...Prime Assessoria
 
c) EXPLIQUE quais as manifestações clínicas da giardíase_.pdf
c) EXPLIQUE quais as manifestações clínicas da giardíase_.pdfc) EXPLIQUE quais as manifestações clínicas da giardíase_.pdf
c) EXPLIQUE quais as manifestações clínicas da giardíase_.pdfPrime Assessoria
 
a) Quando a contabilidade surgiu_.pdf
 a) Quando a contabilidade surgiu_.pdf a) Quando a contabilidade surgiu_.pdf
a) Quando a contabilidade surgiu_.pdfPrime Assessoria
 
_O estudo epidemiológico de quaisquer parasitos, como os intestinais, por exe...
_O estudo epidemiológico de quaisquer parasitos, como os intestinais, por exe..._O estudo epidemiológico de quaisquer parasitos, como os intestinais, por exe...
_O estudo epidemiológico de quaisquer parasitos, como os intestinais, por exe...Prime Assessoria
 
estudo epidemiológico de quaisquer parasitos, como os intestinais, por exempl...
estudo epidemiológico de quaisquer parasitos, como os intestinais, por exempl...estudo epidemiológico de quaisquer parasitos, como os intestinais, por exempl...
estudo epidemiológico de quaisquer parasitos, como os intestinais, por exempl...Prime Assessoria
 
estudo epidemiológico de quaisquer parasitos, como os intestinais, por exempl...
estudo epidemiológico de quaisquer parasitos, como os intestinais, por exempl...estudo epidemiológico de quaisquer parasitos, como os intestinais, por exempl...
estudo epidemiológico de quaisquer parasitos, como os intestinais, por exempl...Prime Assessoria
 
_O estudo epidemiológico de quaisquer parasitos, como os intestinais, por exe...
_O estudo epidemiológico de quaisquer parasitos, como os intestinais, por exe..._O estudo epidemiológico de quaisquer parasitos, como os intestinais, por exe...
_O estudo epidemiológico de quaisquer parasitos, como os intestinais, por exe...Prime Assessoria
 
Comunicação é a transferência de informação e compreensão de uma pessoa para ...
Comunicação é a transferência de informação e compreensão de uma pessoa para ...Comunicação é a transferência de informação e compreensão de uma pessoa para ...
Comunicação é a transferência de informação e compreensão de uma pessoa para ...Prime Assessoria
 
ATIVIDADE 1 – LOG – COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO – 52 2023.pdf
ATIVIDADE 1 – LOG – COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO – 52 2023.pdfATIVIDADE 1 – LOG – COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO – 52 2023.pdf
ATIVIDADE 1 – LOG – COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO – 52 2023.pdfPrime Assessoria
 
Comunicação é a transferência de informação e compreensão de uma pessoa para ...
Comunicação é a transferência de informação e compreensão de uma pessoa para ...Comunicação é a transferência de informação e compreensão de uma pessoa para ...
Comunicação é a transferência de informação e compreensão de uma pessoa para ...Prime Assessoria
 
Comunicação é a transferência de informação e compreensão de uma pessoa para ...
Comunicação é a transferência de informação e compreensão de uma pessoa para ...Comunicação é a transferência de informação e compreensão de uma pessoa para ...
Comunicação é a transferência de informação e compreensão de uma pessoa para ...Prime Assessoria
 
b) A contabilidade surgiu para atender a qual necessidade do homem?
b) A contabilidade surgiu para atender a qual necessidade do homem?b) A contabilidade surgiu para atender a qual necessidade do homem?
b) A contabilidade surgiu para atender a qual necessidade do homem?Prime Assessoria
 

Mais de Prime Assessoria (14)

b) QUAL o tipo de ciclo de vida da Giardia sp. e como ocorre a transmissão da...
b) QUAL o tipo de ciclo de vida da Giardia sp. e como ocorre a transmissão da...b) QUAL o tipo de ciclo de vida da Giardia sp. e como ocorre a transmissão da...
b) QUAL o tipo de ciclo de vida da Giardia sp. e como ocorre a transmissão da...
 
“O gênero Giardia inclui protozoários flagelados parasitos do intestino delga...
“O gênero Giardia inclui protozoários flagelados parasitos do intestino delga...“O gênero Giardia inclui protozoários flagelados parasitos do intestino delga...
“O gênero Giardia inclui protozoários flagelados parasitos do intestino delga...
 
a) DESCREVA as características das formas evolutivas da Giardia sp., deixando...
a) DESCREVA as características das formas evolutivas da Giardia sp., deixando...a) DESCREVA as características das formas evolutivas da Giardia sp., deixando...
a) DESCREVA as características das formas evolutivas da Giardia sp., deixando...
 
c) EXPLIQUE quais as manifestações clínicas da giardíase_.pdf
c) EXPLIQUE quais as manifestações clínicas da giardíase_.pdfc) EXPLIQUE quais as manifestações clínicas da giardíase_.pdf
c) EXPLIQUE quais as manifestações clínicas da giardíase_.pdf
 
a) Quando a contabilidade surgiu_.pdf
 a) Quando a contabilidade surgiu_.pdf a) Quando a contabilidade surgiu_.pdf
a) Quando a contabilidade surgiu_.pdf
 
_O estudo epidemiológico de quaisquer parasitos, como os intestinais, por exe...
_O estudo epidemiológico de quaisquer parasitos, como os intestinais, por exe..._O estudo epidemiológico de quaisquer parasitos, como os intestinais, por exe...
_O estudo epidemiológico de quaisquer parasitos, como os intestinais, por exe...
 
estudo epidemiológico de quaisquer parasitos, como os intestinais, por exempl...
estudo epidemiológico de quaisquer parasitos, como os intestinais, por exempl...estudo epidemiológico de quaisquer parasitos, como os intestinais, por exempl...
estudo epidemiológico de quaisquer parasitos, como os intestinais, por exempl...
 
estudo epidemiológico de quaisquer parasitos, como os intestinais, por exempl...
estudo epidemiológico de quaisquer parasitos, como os intestinais, por exempl...estudo epidemiológico de quaisquer parasitos, como os intestinais, por exempl...
estudo epidemiológico de quaisquer parasitos, como os intestinais, por exempl...
 
_O estudo epidemiológico de quaisquer parasitos, como os intestinais, por exe...
_O estudo epidemiológico de quaisquer parasitos, como os intestinais, por exe..._O estudo epidemiológico de quaisquer parasitos, como os intestinais, por exe...
_O estudo epidemiológico de quaisquer parasitos, como os intestinais, por exe...
 
Comunicação é a transferência de informação e compreensão de uma pessoa para ...
Comunicação é a transferência de informação e compreensão de uma pessoa para ...Comunicação é a transferência de informação e compreensão de uma pessoa para ...
Comunicação é a transferência de informação e compreensão de uma pessoa para ...
 
ATIVIDADE 1 – LOG – COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO – 52 2023.pdf
ATIVIDADE 1 – LOG – COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO – 52 2023.pdfATIVIDADE 1 – LOG – COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO – 52 2023.pdf
ATIVIDADE 1 – LOG – COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO – 52 2023.pdf
 
Comunicação é a transferência de informação e compreensão de uma pessoa para ...
Comunicação é a transferência de informação e compreensão de uma pessoa para ...Comunicação é a transferência de informação e compreensão de uma pessoa para ...
Comunicação é a transferência de informação e compreensão de uma pessoa para ...
 
Comunicação é a transferência de informação e compreensão de uma pessoa para ...
Comunicação é a transferência de informação e compreensão de uma pessoa para ...Comunicação é a transferência de informação e compreensão de uma pessoa para ...
Comunicação é a transferência de informação e compreensão de uma pessoa para ...
 
b) A contabilidade surgiu para atender a qual necessidade do homem?
b) A contabilidade surgiu para atender a qual necessidade do homem?b) A contabilidade surgiu para atender a qual necessidade do homem?
b) A contabilidade surgiu para atender a qual necessidade do homem?
 

Último

Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasCassio Meira Jr.
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024Jeanoliveira597523
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfHenrique Pontes
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISVitor Vieira Vasconcelos
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxIsabelaRafael2
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxBiancaNogueira42
 
Época Realista y la obra de Madame Bovary.
Época Realista y la obra de Madame Bovary.Época Realista y la obra de Madame Bovary.
Época Realista y la obra de Madame Bovary.keislayyovera123
 
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicasCenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicasRosalina Simão Nunes
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdfJorge Andrade
 
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresLilianPiola
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasCassio Meira Jr.
 
Caixa jogo da onça. para imprimir e jogar
Caixa jogo da onça. para imprimir e jogarCaixa jogo da onça. para imprimir e jogar
Caixa jogo da onça. para imprimir e jogarIedaGoethe
 
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalGerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalJacqueline Cerqueira
 
Aula - 1º Ano - Émile Durkheim - Um dos clássicos da sociologia
Aula - 1º Ano - Émile Durkheim - Um dos clássicos da sociologiaAula - 1º Ano - Émile Durkheim - Um dos clássicos da sociologia
Aula - 1º Ano - Émile Durkheim - Um dos clássicos da sociologiaaulasgege
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduraAdryan Luiz
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfIedaGoethe
 

Último (20)

Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
 
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
 
Época Realista y la obra de Madame Bovary.
Época Realista y la obra de Madame Bovary.Época Realista y la obra de Madame Bovary.
Época Realista y la obra de Madame Bovary.
 
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicasCenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
 
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
 
Caixa jogo da onça. para imprimir e jogar
Caixa jogo da onça. para imprimir e jogarCaixa jogo da onça. para imprimir e jogar
Caixa jogo da onça. para imprimir e jogar
 
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalGerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
 
Aula - 1º Ano - Émile Durkheim - Um dos clássicos da sociologia
Aula - 1º Ano - Émile Durkheim - Um dos clássicos da sociologiaAula - 1º Ano - Émile Durkheim - Um dos clássicos da sociologia
Aula - 1º Ano - Émile Durkheim - Um dos clássicos da sociologia
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditadura
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
 

A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.

  • 1. (99) 9 8525-8486 (99) 9 8525-8486 Olá, estudante! Somos a Prime Educacional e iremos te ajudar nessa atividade! ATIVIDADE 01 - SAÚDE - QUÍMICA ANALÍTICA E INSTRUMENTAL - 51/2024 Recentemente, um artigo publicado em uma revista renomada relatou um caso de uma into- xicação fatal devido ao consumo de um derivado da triptamina, conhecido como dipropiltrip- tamina (DPT). DPT é um composto alucinógeno reconhecido por induzir efeitos semelhan- tes aos da dimetiltriptamina (DMT, usado principalmente em rituais religiosos), porém com
  • 2. maior duração. No caso relatado, o individuo foi levado ao hospital para os devidos atendi- mentos. Amostras de soro (coletadas quatro horas após o consumo), sangue e urina foram analisadas com o auxílio de algumas técnicas da química analítica instrumental. Cromato- gramas provindos de cromatografia gasosa (CG) indicaram a presença de DPT, contudo mais duas substâncias estavam presentes na amostra analisada (considerar os picos princi- pais no cromatograma). Fonte: NEUKAMM, M. A. et al. A fatal case of aspiration due to consumption of the halluci- nogenic tryptamine derivative dipropyltryptamine (DPT). J Pharm Biomed Anal, [s. l.], v. 240, jan. 2024. O cromatograma (fictício), Figura 1, simula a presença de três substâncias presentes na amostra de soro do paciente: - DPT (dipropiltriptamina): 160 °C. - Triptamine: 137 °C. - DMT (dimetiltriptamina): 140 °C. Figura 1 - Cromatograma de análise de soro do paciente com intoxicação Fonte: a autora. A partir das informações sobre métodos cromatográficos, bem como do ponto de ebulição de cada substancia, responda aos itens a seguir: A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa. B) RELACIONE os picos (1, 2 e 3) no cromatograma com cada uma das substâncias (DTP, triptamina, DMT). EXPLIQUE o motivo da ordem escolhida