SlideShare uma empresa Scribd logo
O Protocolo Familiar como
ferramenta essencial de apoio
à continuidade da Empresa Familiar
Empresas Familiares:
O segredo da continuidade
Braga, 18 de julho de 2014
Museu D Diogo Sousa
antónio nogueira da costa
ajncosta@gmail.com
antonio.costa@efconsulting.es www.efconsulting.pt
www.efconsulting.pt
www.efconsulting.pt
www.efconsulting.pt
Empresa Familiar
… entidade fundada por nós, pelo pai/mãe
ou avô/avó, importante fonte de receitas
e garantia patrimonial, com a qual os
membros da família proprietária possuem
um enorme vínculo emocional.
Perspetiva de continuidade
www.efconsulting.pt
www.efconsulting.pt
www.efconsulting.pt
3
“um terço dos empresários da
União Europeia abandonará a
actividade nos próximos dez anos.
… este abandono afectará
anualmente 690 000 PME e 2,8
milhões de empregos anualmente.”
Fonte: Transmissão de empresas – Continuidade pela renovação Bruxelas, 14.03.2006, COM(2006) 117 final
Continuidade
www.efconsulting.pt
www.efconsulting.pt
www.efconsulting.pt
País
GERAÇÃO
1ª 2ª 3ª
Portugal Pai Rico Filho Nobre Neto Pobre
Espanha Padre Bodeguero Hijo Milionario Nieto Podiocero
Alemanha
Erwerben
(cria)
Vererben
(herda)
Verderben
(destrói)
USA
“Shirtsleeves to shirtsleeves in 3 generations”
(de escravo a escravo em 3 gerações)
China
從三代人木屐木屐
(de tamancos a tamancos em 3 gerações)
A Tra(mal)dição
www.efconsulting.pt
www.efconsulting.pt
www.efconsulting.pt
União de Interesses
Distintos e Evolutivos
FAMÍLIA
Crescimento e
União
EMPRESA
Rentabilidade e
Continuidade
PATRIMÓNIO
Posse, Controle,
Rendimento
Família vs Acionista Acionista vs Empresa
Família vs Trabalhar na
Empresa
Familiar na
Empresa e
Acionista
www.efconsulting.pt
www.efconsulting.pt
www.efconsulting.pt
Múltiplos Chapéus a serem usados
Cada um com diferente:
•Papel
•Perspetiva
•Responsabilidade
Familiar
Proprietário
Empregado
Gestor
www.efconsulting.pt
www.efconsulting.pt
www.efconsulting.pt
7
“... dentro de
qualquer negócio,
existe alguém
enlouquecendo
aos poucos.”
Empresário / Gestor
Joseph Heller, Escritor
(01/05/1923-12/12/1999)
www.efconsulting.pt
www.efconsulting.pt
www.efconsulting.pt
Assegurar a Continuidade
Alcançar um acordo consensual entre todos os
membros da família que sejam proprietários,
atuais ou futuros, colocado por escrito, no
qual se fixa o que vai ser o guia de Governo da
Empresa, da Família e de Conduta desta em
relação à Empresa.
Protocolo
Familiar
www.efconsulting.pt
www.efconsulting.pt
www.efconsulting.pt
Protocolo Familiar: Fases
Consciencialização
Desenvolvimento
Implementação e Avaliação
www.efconsulting.pt
www.efconsulting.pt
www.efconsulting.pt
Desenvolvimento:
Calendário Indicativo
Diagnóstico: 2 a 3 meses
Consensos: 2 a 3 meses
Redação: 1 a 2 meses
Ato de Assinatura
Diagnóstico Consensos Redação
julho
Ato de
Assinatura
(dezembro)
outubromaio
www.efconsulting.pt
www.efconsulting.pt
www.efconsulting.pt
Resultados Esperados
Uma Família mais Unida em torno do Grupo
Empresarial
Um grupo mais coeso com um modelo de Governo
bem definido e com controlo da Família
Um modelo e plano de Continuidade:
Da Liderança – passagem de testemunho geracional
Da Propriedade – passagem e controlo acionista pela
Família
O documento do Protocolo da Família Empresária
Assembleia e
Conselho de Família
Conselho
Administração Grupo
Plano de Sucessão
Protocolo
Família
XXX
www.efconsulting.pt
www.efconsulting.pt
www.efconsulting.pt
O Protocolo
Grandes Áreas
A Família Empresária:
Origens e Evolução
A Empresa: Estrutura
e Funcionamento
A Propriedade:
Estrutura e
Funcionamento
A Família: Estrutura e
Funcionamento
Protocolo Familiar
História da Família e
Empresa
Árvore Genealógica
Órgãos de Governo
Regulamentos
Assembleia Acionistas
Estatutos
Acordos Parassociais
Assembleia e Conselho
de Família
Estatutos
www.efconsulting.pt
www.efconsulting.pt
www.efconsulting.pt
13
Origens e Evolução:
Da Família e da Empresa
Valores, Tradições e Práticas
Compromissos
Fonte: Transmissão de empresas – Continuidade pela renovação Bruxelas, 14.03.2006, COM(2006) 117 final
As Origens e Princípios
www.efconsulting.pt
www.efconsulting.pt
www.efconsulting.pt
14
Modelo e Órgãos de Governo
Caraterização dos Membros
Reuniões mínimas
Regulamentos de competência
Plano Estratégico
Plano Negócios / Orçamento
Gestão de empregados Familiares
Recrutamento
Avaliação de desempenho
Evolução funcional
Cessação relação
Relação com a Família
Definição
Fluxos de Informação
Fonte: Transmissão de empresas – Continuidade pela renovação Bruxelas, 14.03.2006, COM(2006) 117 final
O Protocolo Familiar
A Empresa: Estrutura e Funcionamento
www.efconsulting.pt
www.efconsulting.pt
www.efconsulting.pt
15
Estatutos e Acordos Parassociais
Reuniões
Modelo de decisão
Políticas base de atuação
Remuneração Acionistas
Remuneração Órgãos Gestão
Ações
Transação e ónus
Avaliação
Fonte: Transmissão de empresas – Continuidade pela renovação Bruxelas, 14.03.2006, COM(2006) 117 final
O Protocolo Familiar
A Propriedade: Estrutura e Funcionamento
www.efconsulting.pt
www.efconsulting.pt
www.efconsulting.pt
16
Estruturação da atuação enquanto
Proprietários, Ramo Familiar, Pessoas
Decisões: quais e processo de tomada
Família e Proprietários
Formação e Integração Novos Elementos
Ligação com Empresa
Gestão de Familiares
Apresentação de Expectativas: Atuação e Remuneração
Código Conduta
Representação Institucional: Da Família Empresária
Acordos parassociais
Gestão de Indefinições e de Conflitos
Reuniões e Dinamização de Eventos
Gestão bens comuns (Family Office)
Processo de alteração ou revisão do Protocolo
Fonte: Transmissão de empresas – Continuidade pela renovação Bruxelas, 14.03.2006, COM(2006) 117 final
O Protocolo Familiar
A Família: Estrutura e Funcionamento
www.efconsulting.pt
www.efconsulting.pt
www.efconsulting.pt
Continuidade
“Considero que as pessoas vão
melhorando com a idade em
conhecimento, mas vão perdendo em
energia e em capacidade de realização.
E há que ter a lucidez suficiente para
perceber isso e abandonar a tempo,
porque senão arrasta consigo as coisas
que realizou.
Fonte: Revista exame nº 295, Adolfo Roque Senhor Revigrés, 11/2008
Adolfo Roque, Empresário
(19/11/1934-22/09/2008)
www.efconsulting.pt
www.efconsulting.pt
www.efconsulting.pt
Continuidade
"Já me retirei substancialmente dos
negócios, fiz a transição e não há
transição nos negócios sem deixar
espaço para ser ocupado."
Fonte: Intervenção no almoço organizado pela Câmara de Comércio
e Indústria Luso-Espanhola, Lisboa, 2015/05/14
Belmiro de Azevedo, Empresário
(17/02/1938)
www.efconsulting.pt
www.efconsulting.pt
www.efconsulting.pt
19
Sabe quantos anos eu vou fazer no dia 25 de Junho?
70, salvo erro.
70, exactamente. Portanto, esta casa vai precisar de
uma equipa inteligente, vigorosa, enérgica para
seguir em frente dentro daquilo que é a união
bancária europeia.
Quando é que vai deixar de ocupar funções
executivas no BES?
No vou especular sobre isso. Estou no meu mandato.
Há um plano?
Não há um plano específico.
Há um calendário?
Não sei. Vamos ver. Vamos esperar pelo aumento de
capital.
Fonte: Transmissão de empresas – Continuidade pela renovação Bruxelas, 14.03.2006, COM(2006) 117 final
Continuidade
Ricardo Salgado, Banqueiro
(25/06/1944)
www.efconsulting.pt
www.efconsulting.pt
www.efconsulting.pt
“Vale a pena?”
O protocolo garante
“sossego, paz familiar e confiança no
futuro”
A sucessão de gerações está assegurada e os
netos de Fernando Guedes já estão
envolvidos
“todas as sociedades familiares deviam ter
um código de conduta e procedimentos que
correspondesse aos problemas que são
comuns à maioria destas empresas e que no
futuro aparecem sempre”
Engº António Guedes
Fonte: Revista Exame nº 312, Abril 2010, pág. 94 e seguintes
www.efconsulting.pt
www.efconsulting.pt
www.efconsulting.pt
Porque choram os bebés à noite?
Fonte: http://www.dailymail.co.uk/news/article-2601172/Babies-cry-night-stop-parents-trying-Newborns-programmed-monopolise-mothers-attention-making-tired-romantic-night.html; 2014/04/10
David Haig, professor biologia
(25/06/1944) Harvard University
Há uma razão biológica:
monopolizar a atenção da mãe
tornando-a demasiado cansada para
uma noite romântica, segundo
cientistas da Universidade de
Harvard, como via para prevenir a
chegada de um novo irmão.
www.efconsulting.pt
www.efconsulting.pt
www.efconsulting.pt
António Nogueira da Costa
• Licenciado em Matemáticas Aplicadas (Informática);
Executive-MBA; Curso Superior de Direción de Recursos
Humanos e Programa de Alta Direción pela Escuela de
Negocios Caixanova, estando actualmente a elaborar
uma tese de doutoramento dedicada ao processo da
sucessão nas empresas familiares.
• Diretor de programas da Escuela de Negocios
Novacaixagalicia em Portugal e professor em diversas
entidades do ensino superior nas áreas de gestão e
marketing.
• Sócio diretor da efconsulting, no âmbito da qual
participou na elaboração de numerosos protocolos
familiares; grande experiência profissional em
empresas da área financeira (entre 88 e 2004), em
distintas áreas funcionais, tendo os últimos anos sido
dedicados à administração de duas destas entidades.
Em paralelo esteve ligado a uma empresa familiar
durante mais de 15 anos.
• É co-autor dos livros “Eu não vendi, não o façam vocês.
Empresa Familiar e sucessão” e “50 perguntas
essenciais sobre empresas familiares” e autor de
dezenas de artigos associados às empresas familiares.
(artigos em www.efconsulting.es/pt/blog)
antonio.costa@efconsulting.es
ajncosta@gmail.com
acosta@escueladenegociosncg.edu
+(351) 96 003 7 003
www.efconsulting.pt
A efconsulting foi fundada em 2004 por professores e
pesquisadores ligados ao mundo académico de
escolas e universidades, com basta experiência no
mundo empresarial, com vocação internacional
(sediada na Galiza e presença ativa no Porto)
Os seus clientes são, desde a sua génese, empresas
familiares cuja situação de ciclo de vida empresarial
e familiar as levou a procurar apoio sobre o processo
de sucessão, desenvolvimento de protocolos
familiares ou de governo empresarial familiar,
implementação de adequadas políticas de bom
governo e regulamentos de competência, coaching e
mentoring especializado, etc.
No decorrer desta atividade de consultadoria já apoiou
empresas de todo o tipo de dimensões, área de
atividade e localizadas em países como Portugal,
Espanha, Cabo Verde e Angola, bem como famílias
empresárias.
A experiência, especialização e conhecimento das suas
pessoas faz com que desenvolvam múltiplas ações de
formação especializada e à medida e sejam
chamados a participar em múltiplos eventos como
congressos, seminários, mesas redondas, etc.
Porto – Santiago Compostela - Bucareste
www.efconsulting.pt
www.efconsulting.pt
www.efconsulting.pt
23
Principal Bibliografia
50 Perguntas Essenciais sobre empresas Familiares
A. Costa, F. Negreira, J. Negreira
2011, Vida Económica
Eu não vendi. Não o façam vocês
F. Negreira, J. Negreira, A. Costa
2007, Vida Económica
O Protocolo Familiar como
ferramenta essencial de apoio
à continuidade da Empresa Familiar
Empresas Familiares:
O segredo da continuidade
Braga, 18 de julho de 2014
Museu D Diogo Sousa
antónio nogueira da costa
ajncosta@gmail.com
antonio.costa@efconsulting.es www.efconsulting.pt
Obrigado.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Palestra sobre Escritorio do Futuro-Etic Algarve 041114
Palestra sobre Escritorio do Futuro-Etic Algarve 041114Palestra sobre Escritorio do Futuro-Etic Algarve 041114
Palestra sobre Escritorio do Futuro-Etic Algarve 041114
Avila Spaces
 
Espaço SINDIMETAL 65
Espaço SINDIMETAL 65Espaço SINDIMETAL 65
Espaço SINDIMETAL 65
SINDIMETAL RS
 
Dezembro 2016 e janeiro 2017
Dezembro 2016 e janeiro 2017Dezembro 2016 e janeiro 2017
Dezembro 2016 e janeiro 2017
Aportesol
 
Espaço SINDIMETAL 49
Espaço SINDIMETAL 49Espaço SINDIMETAL 49
Espaço SINDIMETAL 49
SINDIMETAL RS
 
Agosto e setembro 2016
Agosto e setembro 2016Agosto e setembro 2016
Agosto e setembro 2016
Aportesol
 
Intple (33)
Intple (33)Intple (33)
Intple (33)
eadl
 
Ação integradora assistente financeiro senac 2015
Ação integradora assistente financeiro senac 2015Ação integradora assistente financeiro senac 2015
Ação integradora assistente financeiro senac 2015
Flávia Maria
 
Entrevista - Luís Pimentel | Açoreaníssima
Entrevista - Luís Pimentel | AçoreaníssimaEntrevista - Luís Pimentel | Açoreaníssima
Entrevista - Luís Pimentel | Açoreaníssima
Luís Pimentel
 
Brasil + empreendedor Versão Final
Brasil + empreendedor Versão FinalBrasil + empreendedor Versão Final
Brasil + empreendedor Versão Final
Moacyr Alves EPP
 
Governança empresarial familiar
Governança empresarial familiarGovernança empresarial familiar
Governança empresarial familiar
Matheus Bonaccorsi
 
Manual capacidade jovemempreendedor (2)
Manual capacidade jovemempreendedor (2)Manual capacidade jovemempreendedor (2)
Manual capacidade jovemempreendedor (2)
CRIST1976
 
Manual do jovem empreendedor
Manual do jovem empreendedorManual do jovem empreendedor
Manual do jovem empreendedor
André Quintão
 
PRESS
PRESSPRESS

Mais procurados (13)

Palestra sobre Escritorio do Futuro-Etic Algarve 041114
Palestra sobre Escritorio do Futuro-Etic Algarve 041114Palestra sobre Escritorio do Futuro-Etic Algarve 041114
Palestra sobre Escritorio do Futuro-Etic Algarve 041114
 
Espaço SINDIMETAL 65
Espaço SINDIMETAL 65Espaço SINDIMETAL 65
Espaço SINDIMETAL 65
 
Dezembro 2016 e janeiro 2017
Dezembro 2016 e janeiro 2017Dezembro 2016 e janeiro 2017
Dezembro 2016 e janeiro 2017
 
Espaço SINDIMETAL 49
Espaço SINDIMETAL 49Espaço SINDIMETAL 49
Espaço SINDIMETAL 49
 
Agosto e setembro 2016
Agosto e setembro 2016Agosto e setembro 2016
Agosto e setembro 2016
 
Intple (33)
Intple (33)Intple (33)
Intple (33)
 
Ação integradora assistente financeiro senac 2015
Ação integradora assistente financeiro senac 2015Ação integradora assistente financeiro senac 2015
Ação integradora assistente financeiro senac 2015
 
Entrevista - Luís Pimentel | Açoreaníssima
Entrevista - Luís Pimentel | AçoreaníssimaEntrevista - Luís Pimentel | Açoreaníssima
Entrevista - Luís Pimentel | Açoreaníssima
 
Brasil + empreendedor Versão Final
Brasil + empreendedor Versão FinalBrasil + empreendedor Versão Final
Brasil + empreendedor Versão Final
 
Governança empresarial familiar
Governança empresarial familiarGovernança empresarial familiar
Governança empresarial familiar
 
Manual capacidade jovemempreendedor (2)
Manual capacidade jovemempreendedor (2)Manual capacidade jovemempreendedor (2)
Manual capacidade jovemempreendedor (2)
 
Manual do jovem empreendedor
Manual do jovem empreendedorManual do jovem empreendedor
Manual do jovem empreendedor
 
PRESS
PRESSPRESS
PRESS
 

Semelhante a A Continuidade da Empresa Familiar - Braga 2014 07 18

Empresa familiar propriedade liderança e sucessão
Empresa familiar propriedade liderança e sucessãoEmpresa familiar propriedade liderança e sucessão
Empresa familiar propriedade liderança e sucessão
António Nogueira da Costa
 
António Nogueira da Costa - EF Consulting
António Nogueira da Costa  - EF Consulting António Nogueira da Costa  - EF Consulting
António Nogueira da Costa - EF Consulting
Oceano Azul - Speakers Agency
 
Protocolo Familiar
Protocolo Familiar Protocolo Familiar
Protocolo Familiar
António Nogueira da Costa
 
Conexão Empreendedora 2017
Conexão Empreendedora 2017Conexão Empreendedora 2017
Conexão Empreendedora 2017
Conexão Empreendedora
 
Empresas familiares no Negocio do Vinho
Empresas familiares no Negocio do VinhoEmpresas familiares no Negocio do Vinho
Empresas familiares no Negocio do Vinho
António Nogueira da Costa
 
Pensar sustentável é questão de sobrevivência
Pensar sustentável é questão de sobrevivênciaPensar sustentável é questão de sobrevivência
Pensar sustentável é questão de sobrevivência
Fernando Jose Novaes
 
Programa detalhado
Programa detalhadoPrograma detalhado
Programa detalhado
Sofia Cabral
 
Programa GREENFEST
Programa GREENFESTPrograma GREENFEST
Programa GREENFEST
Sofia Cabral
 
Apresentação de Roberto Dias Duarte
Apresentação de Roberto Dias DuarteApresentação de Roberto Dias Duarte
Apresentação de Roberto Dias Duarte
Roberto Dias Duarte
 
Revista CGD 2015
Revista CGD 2015Revista CGD 2015
Revista CGD 2015
Caixa Geral Depósitos
 
Humangext Magazine - Janeiro 2015
Humangext Magazine - Janeiro 2015Humangext Magazine - Janeiro 2015
Humangext Magazine - Janeiro 2015
Humangext Consultoria em Recursos Humanos
 
Caderno Especial de Pautas - 8ª Feira do Empreendedor
Caderno Especial de Pautas - 8ª Feira do EmpreendedorCaderno Especial de Pautas - 8ª Feira do Empreendedor
Caderno Especial de Pautas - 8ª Feira do Empreendedor
Raquel Araújo Medeiros
 
GUIA PRÁTICO SECTORIAL DE EMPREENDEDORISMO E DA PROMOÇÃO DA COMPETITIVIDADE
GUIA PRÁTICO SECTORIAL  DE EMPREENDEDORISMO  E DA PROMOÇÃO DA  COMPETITIVIDADEGUIA PRÁTICO SECTORIAL  DE EMPREENDEDORISMO  E DA PROMOÇÃO DA  COMPETITIVIDADE
GUIA PRÁTICO SECTORIAL DE EMPREENDEDORISMO E DA PROMOÇÃO DA COMPETITIVIDADE
Cláudio Carneiro
 
Eco business.2011
Eco business.2011Eco business.2011
Eco business.2011
ECO Business
 
cultura empreendedora e criatividade iii.1.a
cultura empreendedora e criatividade iii.1.acultura empreendedora e criatividade iii.1.a
cultura empreendedora e criatividade iii.1.a
Miguel Dias
 
Agenda Julho/ Agosto - ER São José do Rio Preto
Agenda Julho/ Agosto  - ER  São José do Rio PretoAgenda Julho/ Agosto  - ER  São José do Rio Preto
Agenda Julho/ Agosto - ER São José do Rio Preto
Sebrae-SaoPaulo
 
Case Studies - Revista Brasileira de Management - FGV | Nº 108 - Janeiro/Feve...
Case Studies - Revista Brasileira de Management - FGV | Nº 108 - Janeiro/Feve...Case Studies - Revista Brasileira de Management - FGV | Nº 108 - Janeiro/Feve...
Case Studies - Revista Brasileira de Management - FGV | Nº 108 - Janeiro/Feve...
Senior Sistemas
 
Documento_de_Apresenta__o_-_600_Anos_de_Empreendedorismo_Portugu_s
Documento_de_Apresenta__o_-_600_Anos_de_Empreendedorismo_Portugu_sDocumento_de_Apresenta__o_-_600_Anos_de_Empreendedorismo_Portugu_s
Documento_de_Apresenta__o_-_600_Anos_de_Empreendedorismo_Portugu_s
Gon Henriques
 
Mensurar a trilogia inovação, conhecimento e governação no mundo empresarial
Mensurar a trilogia inovação, conhecimento e governação no mundo empresarialMensurar a trilogia inovação, conhecimento e governação no mundo empresarial
Mensurar a trilogia inovação, conhecimento e governação no mundo empresarial
Pássaro no Ombro
 
Apresentações 22º Encontro de Empreendedores
Apresentações 22º Encontro de EmpreendedoresApresentações 22º Encontro de Empreendedores
Apresentações 22º Encontro de Empreendedores
Conexão Empreendedora
 

Semelhante a A Continuidade da Empresa Familiar - Braga 2014 07 18 (20)

Empresa familiar propriedade liderança e sucessão
Empresa familiar propriedade liderança e sucessãoEmpresa familiar propriedade liderança e sucessão
Empresa familiar propriedade liderança e sucessão
 
António Nogueira da Costa - EF Consulting
António Nogueira da Costa  - EF Consulting António Nogueira da Costa  - EF Consulting
António Nogueira da Costa - EF Consulting
 
Protocolo Familiar
Protocolo Familiar Protocolo Familiar
Protocolo Familiar
 
Conexão Empreendedora 2017
Conexão Empreendedora 2017Conexão Empreendedora 2017
Conexão Empreendedora 2017
 
Empresas familiares no Negocio do Vinho
Empresas familiares no Negocio do VinhoEmpresas familiares no Negocio do Vinho
Empresas familiares no Negocio do Vinho
 
Pensar sustentável é questão de sobrevivência
Pensar sustentável é questão de sobrevivênciaPensar sustentável é questão de sobrevivência
Pensar sustentável é questão de sobrevivência
 
Programa detalhado
Programa detalhadoPrograma detalhado
Programa detalhado
 
Programa GREENFEST
Programa GREENFESTPrograma GREENFEST
Programa GREENFEST
 
Apresentação de Roberto Dias Duarte
Apresentação de Roberto Dias DuarteApresentação de Roberto Dias Duarte
Apresentação de Roberto Dias Duarte
 
Revista CGD 2015
Revista CGD 2015Revista CGD 2015
Revista CGD 2015
 
Humangext Magazine - Janeiro 2015
Humangext Magazine - Janeiro 2015Humangext Magazine - Janeiro 2015
Humangext Magazine - Janeiro 2015
 
Caderno Especial de Pautas - 8ª Feira do Empreendedor
Caderno Especial de Pautas - 8ª Feira do EmpreendedorCaderno Especial de Pautas - 8ª Feira do Empreendedor
Caderno Especial de Pautas - 8ª Feira do Empreendedor
 
GUIA PRÁTICO SECTORIAL DE EMPREENDEDORISMO E DA PROMOÇÃO DA COMPETITIVIDADE
GUIA PRÁTICO SECTORIAL  DE EMPREENDEDORISMO  E DA PROMOÇÃO DA  COMPETITIVIDADEGUIA PRÁTICO SECTORIAL  DE EMPREENDEDORISMO  E DA PROMOÇÃO DA  COMPETITIVIDADE
GUIA PRÁTICO SECTORIAL DE EMPREENDEDORISMO E DA PROMOÇÃO DA COMPETITIVIDADE
 
Eco business.2011
Eco business.2011Eco business.2011
Eco business.2011
 
cultura empreendedora e criatividade iii.1.a
cultura empreendedora e criatividade iii.1.acultura empreendedora e criatividade iii.1.a
cultura empreendedora e criatividade iii.1.a
 
Agenda Julho/ Agosto - ER São José do Rio Preto
Agenda Julho/ Agosto  - ER  São José do Rio PretoAgenda Julho/ Agosto  - ER  São José do Rio Preto
Agenda Julho/ Agosto - ER São José do Rio Preto
 
Case Studies - Revista Brasileira de Management - FGV | Nº 108 - Janeiro/Feve...
Case Studies - Revista Brasileira de Management - FGV | Nº 108 - Janeiro/Feve...Case Studies - Revista Brasileira de Management - FGV | Nº 108 - Janeiro/Feve...
Case Studies - Revista Brasileira de Management - FGV | Nº 108 - Janeiro/Feve...
 
Documento_de_Apresenta__o_-_600_Anos_de_Empreendedorismo_Portugu_s
Documento_de_Apresenta__o_-_600_Anos_de_Empreendedorismo_Portugu_sDocumento_de_Apresenta__o_-_600_Anos_de_Empreendedorismo_Portugu_s
Documento_de_Apresenta__o_-_600_Anos_de_Empreendedorismo_Portugu_s
 
Mensurar a trilogia inovação, conhecimento e governação no mundo empresarial
Mensurar a trilogia inovação, conhecimento e governação no mundo empresarialMensurar a trilogia inovação, conhecimento e governação no mundo empresarial
Mensurar a trilogia inovação, conhecimento e governação no mundo empresarial
 
Apresentações 22º Encontro de Empreendedores
Apresentações 22º Encontro de EmpreendedoresApresentações 22º Encontro de Empreendedores
Apresentações 22º Encontro de Empreendedores
 

Mais de António Nogueira da Costa

Efconsulting rumos e desígnios das empresas familiares porto 2017 04 12
Efconsulting rumos e desígnios das empresas familiares porto 2017 04 12Efconsulting rumos e desígnios das empresas familiares porto 2017 04 12
Efconsulting rumos e desígnios das empresas familiares porto 2017 04 12
António Nogueira da Costa
 
Anecra e Empresas Familiares Viseu 2016 10 22
Anecra e Empresas Familiares Viseu 2016 10 22Anecra e Empresas Familiares Viseu 2016 10 22
Anecra e Empresas Familiares Viseu 2016 10 22
António Nogueira da Costa
 
Industria do futuro - Assegurar a continuidade das Empresas Familiares
Industria do futuro - Assegurar a continuidade das Empresas FamiliaresIndustria do futuro - Assegurar a continuidade das Empresas Familiares
Industria do futuro - Assegurar a continuidade das Empresas Familiares
António Nogueira da Costa
 
Ismai 2005 Quem mandará lá em casa
Ismai 2005 Quem mandará lá em casa Ismai 2005 Quem mandará lá em casa
Ismai 2005 Quem mandará lá em casa
António Nogueira da Costa
 
Os dilemas das decisões nas empresas familiares
Os dilemas das decisões nas empresas familiares Os dilemas das decisões nas empresas familiares
Os dilemas das decisões nas empresas familiares
António Nogueira da Costa
 
EFConsulting Empresas Familiares 30 anos Cenfim
EFConsulting Empresas Familiares 30 anos Cenfim EFConsulting Empresas Familiares 30 anos Cenfim
EFConsulting Empresas Familiares 30 anos Cenfim
António Nogueira da Costa
 
Empresa Familiar: Paraíso, Purgatório ou Inferno
Empresa Familiar: Paraíso, Purgatório ou InfernoEmpresa Familiar: Paraíso, Purgatório ou Inferno
Empresa Familiar: Paraíso, Purgatório ou Inferno
António Nogueira da Costa
 
A sucessão das empresas familiares no seminario de enologia
A sucessão das empresas familiares no seminario de enologiaA sucessão das empresas familiares no seminario de enologia
A sucessão das empresas familiares no seminario de enologia
António Nogueira da Costa
 
efconsulting Sucessão empresarial em Portugal - Os Desafios do Sucessor
efconsulting Sucessão empresarial em Portugal - Os Desafios do Sucessorefconsulting Sucessão empresarial em Portugal - Os Desafios do Sucessor
efconsulting Sucessão empresarial em Portugal - Os Desafios do Sucessor
António Nogueira da Costa
 
Empresas há muitas. As familiares possuem um rosto
Empresas há muitas. As familiares possuem um rostoEmpresas há muitas. As familiares possuem um rosto
Empresas há muitas. As familiares possuem um rosto
António Nogueira da Costa
 

Mais de António Nogueira da Costa (10)

Efconsulting rumos e desígnios das empresas familiares porto 2017 04 12
Efconsulting rumos e desígnios das empresas familiares porto 2017 04 12Efconsulting rumos e desígnios das empresas familiares porto 2017 04 12
Efconsulting rumos e desígnios das empresas familiares porto 2017 04 12
 
Anecra e Empresas Familiares Viseu 2016 10 22
Anecra e Empresas Familiares Viseu 2016 10 22Anecra e Empresas Familiares Viseu 2016 10 22
Anecra e Empresas Familiares Viseu 2016 10 22
 
Industria do futuro - Assegurar a continuidade das Empresas Familiares
Industria do futuro - Assegurar a continuidade das Empresas FamiliaresIndustria do futuro - Assegurar a continuidade das Empresas Familiares
Industria do futuro - Assegurar a continuidade das Empresas Familiares
 
Ismai 2005 Quem mandará lá em casa
Ismai 2005 Quem mandará lá em casa Ismai 2005 Quem mandará lá em casa
Ismai 2005 Quem mandará lá em casa
 
Os dilemas das decisões nas empresas familiares
Os dilemas das decisões nas empresas familiares Os dilemas das decisões nas empresas familiares
Os dilemas das decisões nas empresas familiares
 
EFConsulting Empresas Familiares 30 anos Cenfim
EFConsulting Empresas Familiares 30 anos Cenfim EFConsulting Empresas Familiares 30 anos Cenfim
EFConsulting Empresas Familiares 30 anos Cenfim
 
Empresa Familiar: Paraíso, Purgatório ou Inferno
Empresa Familiar: Paraíso, Purgatório ou InfernoEmpresa Familiar: Paraíso, Purgatório ou Inferno
Empresa Familiar: Paraíso, Purgatório ou Inferno
 
A sucessão das empresas familiares no seminario de enologia
A sucessão das empresas familiares no seminario de enologiaA sucessão das empresas familiares no seminario de enologia
A sucessão das empresas familiares no seminario de enologia
 
efconsulting Sucessão empresarial em Portugal - Os Desafios do Sucessor
efconsulting Sucessão empresarial em Portugal - Os Desafios do Sucessorefconsulting Sucessão empresarial em Portugal - Os Desafios do Sucessor
efconsulting Sucessão empresarial em Portugal - Os Desafios do Sucessor
 
Empresas há muitas. As familiares possuem um rosto
Empresas há muitas. As familiares possuem um rostoEmpresas há muitas. As familiares possuem um rosto
Empresas há muitas. As familiares possuem um rosto
 

A Continuidade da Empresa Familiar - Braga 2014 07 18

  • 1. O Protocolo Familiar como ferramenta essencial de apoio à continuidade da Empresa Familiar Empresas Familiares: O segredo da continuidade Braga, 18 de julho de 2014 Museu D Diogo Sousa antónio nogueira da costa ajncosta@gmail.com antonio.costa@efconsulting.es www.efconsulting.pt
  • 2. www.efconsulting.pt www.efconsulting.pt www.efconsulting.pt Empresa Familiar … entidade fundada por nós, pelo pai/mãe ou avô/avó, importante fonte de receitas e garantia patrimonial, com a qual os membros da família proprietária possuem um enorme vínculo emocional. Perspetiva de continuidade
  • 3. www.efconsulting.pt www.efconsulting.pt www.efconsulting.pt 3 “um terço dos empresários da União Europeia abandonará a actividade nos próximos dez anos. … este abandono afectará anualmente 690 000 PME e 2,8 milhões de empregos anualmente.” Fonte: Transmissão de empresas – Continuidade pela renovação Bruxelas, 14.03.2006, COM(2006) 117 final Continuidade
  • 4. www.efconsulting.pt www.efconsulting.pt www.efconsulting.pt País GERAÇÃO 1ª 2ª 3ª Portugal Pai Rico Filho Nobre Neto Pobre Espanha Padre Bodeguero Hijo Milionario Nieto Podiocero Alemanha Erwerben (cria) Vererben (herda) Verderben (destrói) USA “Shirtsleeves to shirtsleeves in 3 generations” (de escravo a escravo em 3 gerações) China 從三代人木屐木屐 (de tamancos a tamancos em 3 gerações) A Tra(mal)dição
  • 5. www.efconsulting.pt www.efconsulting.pt www.efconsulting.pt União de Interesses Distintos e Evolutivos FAMÍLIA Crescimento e União EMPRESA Rentabilidade e Continuidade PATRIMÓNIO Posse, Controle, Rendimento Família vs Acionista Acionista vs Empresa Família vs Trabalhar na Empresa Familiar na Empresa e Acionista
  • 6. www.efconsulting.pt www.efconsulting.pt www.efconsulting.pt Múltiplos Chapéus a serem usados Cada um com diferente: •Papel •Perspetiva •Responsabilidade Familiar Proprietário Empregado Gestor
  • 7. www.efconsulting.pt www.efconsulting.pt www.efconsulting.pt 7 “... dentro de qualquer negócio, existe alguém enlouquecendo aos poucos.” Empresário / Gestor Joseph Heller, Escritor (01/05/1923-12/12/1999)
  • 8. www.efconsulting.pt www.efconsulting.pt www.efconsulting.pt Assegurar a Continuidade Alcançar um acordo consensual entre todos os membros da família que sejam proprietários, atuais ou futuros, colocado por escrito, no qual se fixa o que vai ser o guia de Governo da Empresa, da Família e de Conduta desta em relação à Empresa. Protocolo Familiar
  • 10. www.efconsulting.pt www.efconsulting.pt www.efconsulting.pt Desenvolvimento: Calendário Indicativo Diagnóstico: 2 a 3 meses Consensos: 2 a 3 meses Redação: 1 a 2 meses Ato de Assinatura Diagnóstico Consensos Redação julho Ato de Assinatura (dezembro) outubromaio
  • 11. www.efconsulting.pt www.efconsulting.pt www.efconsulting.pt Resultados Esperados Uma Família mais Unida em torno do Grupo Empresarial Um grupo mais coeso com um modelo de Governo bem definido e com controlo da Família Um modelo e plano de Continuidade: Da Liderança – passagem de testemunho geracional Da Propriedade – passagem e controlo acionista pela Família O documento do Protocolo da Família Empresária Assembleia e Conselho de Família Conselho Administração Grupo Plano de Sucessão Protocolo Família XXX
  • 12. www.efconsulting.pt www.efconsulting.pt www.efconsulting.pt O Protocolo Grandes Áreas A Família Empresária: Origens e Evolução A Empresa: Estrutura e Funcionamento A Propriedade: Estrutura e Funcionamento A Família: Estrutura e Funcionamento Protocolo Familiar História da Família e Empresa Árvore Genealógica Órgãos de Governo Regulamentos Assembleia Acionistas Estatutos Acordos Parassociais Assembleia e Conselho de Família Estatutos
  • 13. www.efconsulting.pt www.efconsulting.pt www.efconsulting.pt 13 Origens e Evolução: Da Família e da Empresa Valores, Tradições e Práticas Compromissos Fonte: Transmissão de empresas – Continuidade pela renovação Bruxelas, 14.03.2006, COM(2006) 117 final As Origens e Princípios
  • 14. www.efconsulting.pt www.efconsulting.pt www.efconsulting.pt 14 Modelo e Órgãos de Governo Caraterização dos Membros Reuniões mínimas Regulamentos de competência Plano Estratégico Plano Negócios / Orçamento Gestão de empregados Familiares Recrutamento Avaliação de desempenho Evolução funcional Cessação relação Relação com a Família Definição Fluxos de Informação Fonte: Transmissão de empresas – Continuidade pela renovação Bruxelas, 14.03.2006, COM(2006) 117 final O Protocolo Familiar A Empresa: Estrutura e Funcionamento
  • 15. www.efconsulting.pt www.efconsulting.pt www.efconsulting.pt 15 Estatutos e Acordos Parassociais Reuniões Modelo de decisão Políticas base de atuação Remuneração Acionistas Remuneração Órgãos Gestão Ações Transação e ónus Avaliação Fonte: Transmissão de empresas – Continuidade pela renovação Bruxelas, 14.03.2006, COM(2006) 117 final O Protocolo Familiar A Propriedade: Estrutura e Funcionamento
  • 16. www.efconsulting.pt www.efconsulting.pt www.efconsulting.pt 16 Estruturação da atuação enquanto Proprietários, Ramo Familiar, Pessoas Decisões: quais e processo de tomada Família e Proprietários Formação e Integração Novos Elementos Ligação com Empresa Gestão de Familiares Apresentação de Expectativas: Atuação e Remuneração Código Conduta Representação Institucional: Da Família Empresária Acordos parassociais Gestão de Indefinições e de Conflitos Reuniões e Dinamização de Eventos Gestão bens comuns (Family Office) Processo de alteração ou revisão do Protocolo Fonte: Transmissão de empresas – Continuidade pela renovação Bruxelas, 14.03.2006, COM(2006) 117 final O Protocolo Familiar A Família: Estrutura e Funcionamento
  • 17. www.efconsulting.pt www.efconsulting.pt www.efconsulting.pt Continuidade “Considero que as pessoas vão melhorando com a idade em conhecimento, mas vão perdendo em energia e em capacidade de realização. E há que ter a lucidez suficiente para perceber isso e abandonar a tempo, porque senão arrasta consigo as coisas que realizou. Fonte: Revista exame nº 295, Adolfo Roque Senhor Revigrés, 11/2008 Adolfo Roque, Empresário (19/11/1934-22/09/2008)
  • 18. www.efconsulting.pt www.efconsulting.pt www.efconsulting.pt Continuidade "Já me retirei substancialmente dos negócios, fiz a transição e não há transição nos negócios sem deixar espaço para ser ocupado." Fonte: Intervenção no almoço organizado pela Câmara de Comércio e Indústria Luso-Espanhola, Lisboa, 2015/05/14 Belmiro de Azevedo, Empresário (17/02/1938)
  • 19. www.efconsulting.pt www.efconsulting.pt www.efconsulting.pt 19 Sabe quantos anos eu vou fazer no dia 25 de Junho? 70, salvo erro. 70, exactamente. Portanto, esta casa vai precisar de uma equipa inteligente, vigorosa, enérgica para seguir em frente dentro daquilo que é a união bancária europeia. Quando é que vai deixar de ocupar funções executivas no BES? No vou especular sobre isso. Estou no meu mandato. Há um plano? Não há um plano específico. Há um calendário? Não sei. Vamos ver. Vamos esperar pelo aumento de capital. Fonte: Transmissão de empresas – Continuidade pela renovação Bruxelas, 14.03.2006, COM(2006) 117 final Continuidade Ricardo Salgado, Banqueiro (25/06/1944)
  • 20. www.efconsulting.pt www.efconsulting.pt www.efconsulting.pt “Vale a pena?” O protocolo garante “sossego, paz familiar e confiança no futuro” A sucessão de gerações está assegurada e os netos de Fernando Guedes já estão envolvidos “todas as sociedades familiares deviam ter um código de conduta e procedimentos que correspondesse aos problemas que são comuns à maioria destas empresas e que no futuro aparecem sempre” Engº António Guedes Fonte: Revista Exame nº 312, Abril 2010, pág. 94 e seguintes
  • 21. www.efconsulting.pt www.efconsulting.pt www.efconsulting.pt Porque choram os bebés à noite? Fonte: http://www.dailymail.co.uk/news/article-2601172/Babies-cry-night-stop-parents-trying-Newborns-programmed-monopolise-mothers-attention-making-tired-romantic-night.html; 2014/04/10 David Haig, professor biologia (25/06/1944) Harvard University Há uma razão biológica: monopolizar a atenção da mãe tornando-a demasiado cansada para uma noite romântica, segundo cientistas da Universidade de Harvard, como via para prevenir a chegada de um novo irmão.
  • 22. www.efconsulting.pt www.efconsulting.pt www.efconsulting.pt António Nogueira da Costa • Licenciado em Matemáticas Aplicadas (Informática); Executive-MBA; Curso Superior de Direción de Recursos Humanos e Programa de Alta Direción pela Escuela de Negocios Caixanova, estando actualmente a elaborar uma tese de doutoramento dedicada ao processo da sucessão nas empresas familiares. • Diretor de programas da Escuela de Negocios Novacaixagalicia em Portugal e professor em diversas entidades do ensino superior nas áreas de gestão e marketing. • Sócio diretor da efconsulting, no âmbito da qual participou na elaboração de numerosos protocolos familiares; grande experiência profissional em empresas da área financeira (entre 88 e 2004), em distintas áreas funcionais, tendo os últimos anos sido dedicados à administração de duas destas entidades. Em paralelo esteve ligado a uma empresa familiar durante mais de 15 anos. • É co-autor dos livros “Eu não vendi, não o façam vocês. Empresa Familiar e sucessão” e “50 perguntas essenciais sobre empresas familiares” e autor de dezenas de artigos associados às empresas familiares. (artigos em www.efconsulting.es/pt/blog) antonio.costa@efconsulting.es ajncosta@gmail.com acosta@escueladenegociosncg.edu +(351) 96 003 7 003 www.efconsulting.pt A efconsulting foi fundada em 2004 por professores e pesquisadores ligados ao mundo académico de escolas e universidades, com basta experiência no mundo empresarial, com vocação internacional (sediada na Galiza e presença ativa no Porto) Os seus clientes são, desde a sua génese, empresas familiares cuja situação de ciclo de vida empresarial e familiar as levou a procurar apoio sobre o processo de sucessão, desenvolvimento de protocolos familiares ou de governo empresarial familiar, implementação de adequadas políticas de bom governo e regulamentos de competência, coaching e mentoring especializado, etc. No decorrer desta atividade de consultadoria já apoiou empresas de todo o tipo de dimensões, área de atividade e localizadas em países como Portugal, Espanha, Cabo Verde e Angola, bem como famílias empresárias. A experiência, especialização e conhecimento das suas pessoas faz com que desenvolvam múltiplas ações de formação especializada e à medida e sejam chamados a participar em múltiplos eventos como congressos, seminários, mesas redondas, etc. Porto – Santiago Compostela - Bucareste
  • 23. www.efconsulting.pt www.efconsulting.pt www.efconsulting.pt 23 Principal Bibliografia 50 Perguntas Essenciais sobre empresas Familiares A. Costa, F. Negreira, J. Negreira 2011, Vida Económica Eu não vendi. Não o façam vocês F. Negreira, J. Negreira, A. Costa 2007, Vida Económica
  • 24. O Protocolo Familiar como ferramenta essencial de apoio à continuidade da Empresa Familiar Empresas Familiares: O segredo da continuidade Braga, 18 de julho de 2014 Museu D Diogo Sousa antónio nogueira da costa ajncosta@gmail.com antonio.costa@efconsulting.es www.efconsulting.pt Obrigado.