SlideShare uma empresa Scribd logo
A conquista da
América
OS (DES)ENCONTROS ENTRE DOIS MUNDOS
Os (des)encontros entre dois mundos
A DIVERSIDADE
ÉTNICA E CULTURAL
A chegada ao
“Novo Mundo”
As descrições dos
viajantes, cronistas e
pintores dos nativos
AS TROCAS
CULTURAIS
OS PRECONCEITOS
E AS CONCEPÇÕES
EUROPOCÊNTRICAS
A conquista da América
A conquista da América
A conquista da América
A conquista da América
 Os maias (México)
 Governo: Monarquia
 Cidades-estados estruturados
 Sociedade: forte religiosidade; magistrados, chefes
militares, sacerdotes e administradores; artesãos e
camponeses
 Economia: milho, cacau, algodão
 Religião e cultura: sistema vigesimal, previsão de
eclipses, calendário, arquitetura e engenharia, canais
de irrigação
A conquista da América
Pirâmide de Kukulcán, em Chichén Itzá.
 Poderoso Império
 Influências culturais: olmecas, zapotecas, mixtecas
 Sociedade: hierarquizada – nobreza, chefes militares, altos
funcionários e sacedortes; comerciantes e artesãos
 Religião e cultura: politeísta e astral; sistema de escrita;
poemas; cantos e hinos religiosos; arquitetura
 A formação do império nos Andes
 Organização política: monarquia teocrática hereditária
 Sociedade: chefe do estado; sacerdotes; burocratas; grupos familiares
e comunitários (ayllus); camponeses
 Economia e planejamento: agricultura; domesticação de animais;
censo populacional
 Cultura: quipus; construção de pontes e estradas; arquitetura e
engenharia; agricultura de irrigação
Machu Picchu
 Cultivo: milho, feijão, abóbora e frutos
 Técnicas de construção: canoas, casas, vasos e arma
 Principais etnias: Sioux ou dakota (santees, yanktons e
hunkpapas)
 Tensão e violência
 Fatores da brutalidade:
1) Sonho de enriquecimento;
2) Incentivo às inimizades entre os povos americanos;
3) Disseminação de epidemias: pneumonia, gonorreia, sarampo,
cólera, febre amarela, tifo, gripe e varíola
- Exterminar para conquistar
 Os conquistadores e o uso da força militar
 Injustiça e intolerância
 Espada, cruz e fome
 Frei Bartolomeu de Las Casas
“Esses povos se igualam ou até mesmo ultrapassam muitas nações do mundo reputadas
como civilizadas e racionais, não sendo inferiores a nenhuma.
Assim, igualam-se a gregos e romanos e até em alguns de seus costumes, os superam.
Superam também a Inglaterra, a França e algumas de nossas regiões da Espanha (...).
É portanto fato estabelecido que a maior parte dentre eles estão, no conjunto, assaz
dispostos a receber não só a doutrina moral mas também nossa religião cristã,
mesmo se alguns, em alguma região, ainda não atingiram a perfeição política de uma
república bem governada e possuam certos costumes corrompidos (...).
Não há nenhuma razão para nos surpreendermos com os defeitos, os costumes bárbaros
e desregrados que podemos encontrar entre as nações índias, nem menosprezá-las
por isso. Pois a maioria das nações do mundo, senão todas, foram bem pervertidas,
irracionais e depravadas e deram mostra de muito menos prudência e sagacidade no
modo de se governar e exercer as virtudes morais.
Nós próprios fomos piores nos tempos de nossos ancestrais e em toda a extensão de
nossa Espanha, pela barbárie de nosso modo de vida e pela depravação de nossos
costumes.”
LAS CASAS, Bartolomeu de. Apologética História, cap. 263. In: MAHN-LOT.
A Descoberta da América. São Paulo: Perspectiva, s.d. p.110-111.
MECANISMOS DE
RESISTÊNCIA
TUPAC AMARU
(PERU)
AS POLÍTICAS
COMPENSATÓRIAS
A conquista da América
A conquista da América
A conquista da América
A conquista da América
1519 25,3
1532 16,8
1548 6,3
1568 2,6
1580 1,9
1595 1,3
1605 1,0
A conquista da América
A conquista da América

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Neocolonialismo
NeocolonialismoNeocolonialismo
Neocolonialismo
Bruce Portes
 
O fim do Império Romano
O fim do Império RomanoO fim do Império Romano
O fim do Império Romano
Patrícia Costa Grigório
 
9º ano - Segunda guerra mundial
9º ano - Segunda guerra mundial9º ano - Segunda guerra mundial
9º ano - Segunda guerra mundial
Janaína Bindá
 
13 colônias inglesas
13 colônias inglesas13 colônias inglesas
13 colônias inglesas
harlissoncarvalho
 
Imperialismo
ImperialismoImperialismo
Imperialismo
eiprofessor
 
Baixa idade média
Baixa idade médiaBaixa idade média
Baixa idade média
Eduard Henry
 
1° ano aula slide - feudalismo
1° ano   aula slide - feudalismo1° ano   aula slide - feudalismo
1° ano aula slide - feudalismo
Daniel Alves Bronstrup
 
Proclamação da república
Proclamação da repúblicaProclamação da república
Proclamação da república
Fabiana Tonsis
 
Pré História - Ensino Médio
Pré História - Ensino MédioPré História - Ensino Médio
Pré História - Ensino Médio
Diego Bian Filo Moreira
 
Indígenas na américa
Indígenas na américaIndígenas na américa
Indígenas na américa
harlissoncarvalho
 
Revoluções inglesas
Revoluções inglesasRevoluções inglesas
Revoluções inglesas
Edenilson Morais
 
As Grandes Navegações
As Grandes NavegaçõesAs Grandes Navegações
As Grandes Navegações
Henrique Tobal Jr.
 
1 os primeiros povos da america
1 os primeiros povos da america1 os primeiros povos da america
1 os primeiros povos da america
Paulo Alexandre
 
Crise de 1929
Crise de 1929Crise de 1929
Crise de 1929
Fabiana Tonsis
 
Astecas maias e incas
Astecas maias e incasAstecas maias e incas
Astecas maias e incas
Fabiana Tonsis
 
Tempo e história
Tempo e históriaTempo e história
áFrica 7º ano
áFrica   7º anoáFrica   7º ano
áFrica 7º ano
Marcela Marangon Ribeiro
 
Feudalismo
FeudalismoFeudalismo
Feudalismo
Aulas de História
 
Mesopotâmia - 6º Ano (2018)
Mesopotâmia - 6º Ano (2018)Mesopotâmia - 6º Ano (2018)
Mesopotâmia - 6º Ano (2018)
Nefer19
 
1° ano - Grécia Antiga
1° ano -  Grécia Antiga1° ano -  Grécia Antiga
1° ano - Grécia Antiga
Daniel Alves Bronstrup
 

Mais procurados (20)

Neocolonialismo
NeocolonialismoNeocolonialismo
Neocolonialismo
 
O fim do Império Romano
O fim do Império RomanoO fim do Império Romano
O fim do Império Romano
 
9º ano - Segunda guerra mundial
9º ano - Segunda guerra mundial9º ano - Segunda guerra mundial
9º ano - Segunda guerra mundial
 
13 colônias inglesas
13 colônias inglesas13 colônias inglesas
13 colônias inglesas
 
Imperialismo
ImperialismoImperialismo
Imperialismo
 
Baixa idade média
Baixa idade médiaBaixa idade média
Baixa idade média
 
1° ano aula slide - feudalismo
1° ano   aula slide - feudalismo1° ano   aula slide - feudalismo
1° ano aula slide - feudalismo
 
Proclamação da república
Proclamação da repúblicaProclamação da república
Proclamação da república
 
Pré História - Ensino Médio
Pré História - Ensino MédioPré História - Ensino Médio
Pré História - Ensino Médio
 
Indígenas na américa
Indígenas na américaIndígenas na américa
Indígenas na américa
 
Revoluções inglesas
Revoluções inglesasRevoluções inglesas
Revoluções inglesas
 
As Grandes Navegações
As Grandes NavegaçõesAs Grandes Navegações
As Grandes Navegações
 
1 os primeiros povos da america
1 os primeiros povos da america1 os primeiros povos da america
1 os primeiros povos da america
 
Crise de 1929
Crise de 1929Crise de 1929
Crise de 1929
 
Astecas maias e incas
Astecas maias e incasAstecas maias e incas
Astecas maias e incas
 
Tempo e história
Tempo e históriaTempo e história
Tempo e história
 
áFrica 7º ano
áFrica   7º anoáFrica   7º ano
áFrica 7º ano
 
Feudalismo
FeudalismoFeudalismo
Feudalismo
 
Mesopotâmia - 6º Ano (2018)
Mesopotâmia - 6º Ano (2018)Mesopotâmia - 6º Ano (2018)
Mesopotâmia - 6º Ano (2018)
 
1° ano - Grécia Antiga
1° ano -  Grécia Antiga1° ano -  Grécia Antiga
1° ano - Grécia Antiga
 

Semelhante a A conquista da América

A conquista e a Colonização dos povos da América
A conquista e a Colonização dos povos da AméricaA conquista e a Colonização dos povos da América
A conquista e a Colonização dos povos da América
Isaquel Silva
 
A conquista e a colonização dos povos da américa
A conquista e a colonização dos povos da américaA conquista e a colonização dos povos da américa
A conquista e a colonização dos povos da américa
Isaquel Silva
 
Resumo alta idade média
Resumo   alta idade médiaResumo   alta idade média
Resumo alta idade média
Claudenilson da Silva
 
A Europa nos séculos XVII e XVIII, Absolutismo de Luis XIV e em Portugal.pdf
A Europa nos séculos XVII e XVIII, Absolutismo de Luis XIV e em Portugal.pdfA Europa nos séculos XVII e XVIII, Absolutismo de Luis XIV e em Portugal.pdf
A Europa nos séculos XVII e XVIII, Absolutismo de Luis XIV e em Portugal.pdf
MisBenevides
 
Idade Média
Idade MédiaIdade Média
Idade Média
Douglas Barraqui
 
A IDADE MÉDIA
A IDADE MÉDIAA IDADE MÉDIA
A queda do imperio romano do ocidente
A queda do imperio romano do ocidenteA queda do imperio romano do ocidente
A queda do imperio romano do ocidente
222050sandro
 
A queda do imperio romano do ocidente
A queda do imperio romano do ocidenteA queda do imperio romano do ocidente
A queda do imperio romano do ocidente
222050sandro
 
Antiguidade Oriental
Antiguidade OrientalAntiguidade Oriental
Antiguidade Oriental
eiprofessor
 
America século XIV
America século XIVAmerica século XIV
America século XIV
viniciusbarbosalima
 
A queda do imperio romano do ocidente
A queda do imperio romano do ocidenteA queda do imperio romano do ocidente
A queda do imperio romano do ocidente
222050sandro
 
A queda do imperio romano do ocidente
A queda do imperio romano do ocidenteA queda do imperio romano do ocidente
A queda do imperio romano do ocidente
222050sandro
 
Grecia
GreciaGrecia
Grecia
blackbun94
 
7º ano-históri afeudalismo
7º ano-históri afeudalismo7º ano-históri afeudalismo
7º ano-históri afeudalismo
Nivea Neves
 
7º ano-históri afeudalismo
7º ano-históri afeudalismo7º ano-históri afeudalismo
7º ano-históri afeudalismo
Nivea Neves
 
Alta idade média
Alta idade médiaAlta idade média
Alta idade média
Thiago Bro
 
Brasil coração do mundo pátria de evangelho
Brasil coração do mundo pátria de evangelhoBrasil coração do mundo pátria de evangelho
Brasil coração do mundo pátria de evangelho
Alfredo Lopes
 
A sociedade de ordens 11º ano
A sociedade de ordens 11º anoA sociedade de ordens 11º ano
A sociedade de ordens 11º ano
Carla Teixeira
 
Microsoft power point a sociedade de ordens-
Microsoft power point   a sociedade de ordens-Microsoft power point   a sociedade de ordens-
Microsoft power point a sociedade de ordens-
Carla Teixeira
 
Roma pdf
Roma pdfRoma pdf

Semelhante a A conquista da América (20)

A conquista e a Colonização dos povos da América
A conquista e a Colonização dos povos da AméricaA conquista e a Colonização dos povos da América
A conquista e a Colonização dos povos da América
 
A conquista e a colonização dos povos da américa
A conquista e a colonização dos povos da américaA conquista e a colonização dos povos da américa
A conquista e a colonização dos povos da américa
 
Resumo alta idade média
Resumo   alta idade médiaResumo   alta idade média
Resumo alta idade média
 
A Europa nos séculos XVII e XVIII, Absolutismo de Luis XIV e em Portugal.pdf
A Europa nos séculos XVII e XVIII, Absolutismo de Luis XIV e em Portugal.pdfA Europa nos séculos XVII e XVIII, Absolutismo de Luis XIV e em Portugal.pdf
A Europa nos séculos XVII e XVIII, Absolutismo de Luis XIV e em Portugal.pdf
 
Idade Média
Idade MédiaIdade Média
Idade Média
 
A IDADE MÉDIA
A IDADE MÉDIAA IDADE MÉDIA
A IDADE MÉDIA
 
A queda do imperio romano do ocidente
A queda do imperio romano do ocidenteA queda do imperio romano do ocidente
A queda do imperio romano do ocidente
 
A queda do imperio romano do ocidente
A queda do imperio romano do ocidenteA queda do imperio romano do ocidente
A queda do imperio romano do ocidente
 
Antiguidade Oriental
Antiguidade OrientalAntiguidade Oriental
Antiguidade Oriental
 
America século XIV
America século XIVAmerica século XIV
America século XIV
 
A queda do imperio romano do ocidente
A queda do imperio romano do ocidenteA queda do imperio romano do ocidente
A queda do imperio romano do ocidente
 
A queda do imperio romano do ocidente
A queda do imperio romano do ocidenteA queda do imperio romano do ocidente
A queda do imperio romano do ocidente
 
Grecia
GreciaGrecia
Grecia
 
7º ano-históri afeudalismo
7º ano-históri afeudalismo7º ano-históri afeudalismo
7º ano-históri afeudalismo
 
7º ano-históri afeudalismo
7º ano-históri afeudalismo7º ano-históri afeudalismo
7º ano-históri afeudalismo
 
Alta idade média
Alta idade médiaAlta idade média
Alta idade média
 
Brasil coração do mundo pátria de evangelho
Brasil coração do mundo pátria de evangelhoBrasil coração do mundo pátria de evangelho
Brasil coração do mundo pátria de evangelho
 
A sociedade de ordens 11º ano
A sociedade de ordens 11º anoA sociedade de ordens 11º ano
A sociedade de ordens 11º ano
 
Microsoft power point a sociedade de ordens-
Microsoft power point   a sociedade de ordens-Microsoft power point   a sociedade de ordens-
Microsoft power point a sociedade de ordens-
 
Roma pdf
Roma pdfRoma pdf
Roma pdf
 

Mais de Isaquel Silva

Maiores e menores médias por curso - UPE 2017
Maiores e menores médias por curso - UPE 2017Maiores e menores médias por curso - UPE 2017
Maiores e menores médias por curso - UPE 2017
Isaquel Silva
 
UPE 2018 - Manual SSA 3
UPE 2018 - Manual SSA 3UPE 2018 - Manual SSA 3
UPE 2018 - Manual SSA 3
Isaquel Silva
 
UPE 2018 - Manual SSA 2
UPE 2018 - Manual SSA 2UPE 2018 - Manual SSA 2
UPE 2018 - Manual SSA 2
Isaquel Silva
 
UPE 2018 - Manual SSA 1
UPE 2018 - Manual SSA 1UPE 2018 - Manual SSA 1
UPE 2018 - Manual SSA 1
Isaquel Silva
 
A Nova República (1985 )
A Nova República (1985 )A Nova República (1985 )
A Nova República (1985 )
Isaquel Silva
 
Movimentos sociais
Movimentos sociaisMovimentos sociais
Movimentos sociais
Isaquel Silva
 
As Reformas Religiosas
As Reformas ReligiosasAs Reformas Religiosas
As Reformas Religiosas
Isaquel Silva
 
A crise de 1929 e o Nazi-Fascismo
A crise de 1929 e o Nazi-Fascismo A crise de 1929 e o Nazi-Fascismo
A crise de 1929 e o Nazi-Fascismo
Isaquel Silva
 
Trabalho e sociedade
Trabalho e sociedadeTrabalho e sociedade
Trabalho e sociedade
Isaquel Silva
 
Conflitos Árabes-Israelenses
Conflitos Árabes-IsraelensesConflitos Árabes-Israelenses
Conflitos Árabes-Israelenses
Isaquel Silva
 
As instituições sociais
As instituições sociais As instituições sociais
As instituições sociais
Isaquel Silva
 
Estrutura e Organização Social
Estrutura e Organização Social Estrutura e Organização Social
Estrutura e Organização Social
Isaquel Silva
 
Brasil República
Brasil República  Brasil República
Brasil República
Isaquel Silva
 
Conflitos no oriente médio
Conflitos no oriente médioConflitos no oriente médio
Conflitos no oriente médio
Isaquel Silva
 
A América Latina e os Estados Unidos no Século XIX
A América Latina e os Estados Unidos no Século XIX A América Latina e os Estados Unidos no Século XIX
A América Latina e os Estados Unidos no Século XIX
Isaquel Silva
 
A montagem do sistema colonial
A montagem do sistema colonialA montagem do sistema colonial
A montagem do sistema colonial
Isaquel Silva
 
Livro de sociologia do 6º ano 2017 - Tópico I
Livro de sociologia do 6º ano 2017    - Tópico ILivro de sociologia do 6º ano 2017    - Tópico I
Livro de sociologia do 6º ano 2017 - Tópico I
Isaquel Silva
 
Período Militar (1964-1985)
Período Militar (1964-1985) Período Militar (1964-1985)
Período Militar (1964-1985)
Isaquel Silva
 
LISTA DOS APROVADOS NO CONCURSO DA POLÍCIA MILITAR DE PERNAMBUCO
LISTA DOS APROVADOS NO CONCURSO DA POLÍCIA MILITAR DE PERNAMBUCOLISTA DOS APROVADOS NO CONCURSO DA POLÍCIA MILITAR DE PERNAMBUCO
LISTA DOS APROVADOS NO CONCURSO DA POLÍCIA MILITAR DE PERNAMBUCO
Isaquel Silva
 
Vestibular UPE 2016 - SSAe 1 e 2 - Locais de prova
Vestibular UPE 2016 - SSAe 1 e 2 - Locais de provaVestibular UPE 2016 - SSAe 1 e 2 - Locais de prova
Vestibular UPE 2016 - SSAe 1 e 2 - Locais de prova
Isaquel Silva
 

Mais de Isaquel Silva (20)

Maiores e menores médias por curso - UPE 2017
Maiores e menores médias por curso - UPE 2017Maiores e menores médias por curso - UPE 2017
Maiores e menores médias por curso - UPE 2017
 
UPE 2018 - Manual SSA 3
UPE 2018 - Manual SSA 3UPE 2018 - Manual SSA 3
UPE 2018 - Manual SSA 3
 
UPE 2018 - Manual SSA 2
UPE 2018 - Manual SSA 2UPE 2018 - Manual SSA 2
UPE 2018 - Manual SSA 2
 
UPE 2018 - Manual SSA 1
UPE 2018 - Manual SSA 1UPE 2018 - Manual SSA 1
UPE 2018 - Manual SSA 1
 
A Nova República (1985 )
A Nova República (1985 )A Nova República (1985 )
A Nova República (1985 )
 
Movimentos sociais
Movimentos sociaisMovimentos sociais
Movimentos sociais
 
As Reformas Religiosas
As Reformas ReligiosasAs Reformas Religiosas
As Reformas Religiosas
 
A crise de 1929 e o Nazi-Fascismo
A crise de 1929 e o Nazi-Fascismo A crise de 1929 e o Nazi-Fascismo
A crise de 1929 e o Nazi-Fascismo
 
Trabalho e sociedade
Trabalho e sociedadeTrabalho e sociedade
Trabalho e sociedade
 
Conflitos Árabes-Israelenses
Conflitos Árabes-IsraelensesConflitos Árabes-Israelenses
Conflitos Árabes-Israelenses
 
As instituições sociais
As instituições sociais As instituições sociais
As instituições sociais
 
Estrutura e Organização Social
Estrutura e Organização Social Estrutura e Organização Social
Estrutura e Organização Social
 
Brasil República
Brasil República  Brasil República
Brasil República
 
Conflitos no oriente médio
Conflitos no oriente médioConflitos no oriente médio
Conflitos no oriente médio
 
A América Latina e os Estados Unidos no Século XIX
A América Latina e os Estados Unidos no Século XIX A América Latina e os Estados Unidos no Século XIX
A América Latina e os Estados Unidos no Século XIX
 
A montagem do sistema colonial
A montagem do sistema colonialA montagem do sistema colonial
A montagem do sistema colonial
 
Livro de sociologia do 6º ano 2017 - Tópico I
Livro de sociologia do 6º ano 2017    - Tópico ILivro de sociologia do 6º ano 2017    - Tópico I
Livro de sociologia do 6º ano 2017 - Tópico I
 
Período Militar (1964-1985)
Período Militar (1964-1985) Período Militar (1964-1985)
Período Militar (1964-1985)
 
LISTA DOS APROVADOS NO CONCURSO DA POLÍCIA MILITAR DE PERNAMBUCO
LISTA DOS APROVADOS NO CONCURSO DA POLÍCIA MILITAR DE PERNAMBUCOLISTA DOS APROVADOS NO CONCURSO DA POLÍCIA MILITAR DE PERNAMBUCO
LISTA DOS APROVADOS NO CONCURSO DA POLÍCIA MILITAR DE PERNAMBUCO
 
Vestibular UPE 2016 - SSAe 1 e 2 - Locais de prova
Vestibular UPE 2016 - SSAe 1 e 2 - Locais de provaVestibular UPE 2016 - SSAe 1 e 2 - Locais de prova
Vestibular UPE 2016 - SSAe 1 e 2 - Locais de prova
 

Último

Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Falcão Brasil
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
Manuais Formação
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Falcão Brasil
 
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdfO Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
Falcão Brasil
 
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdfPortfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Falcão Brasil
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
principeandregalli
 
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsxQue Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Luzia Gabriele
 
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdfAPRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
portaladministradores
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Falcão Brasil
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Luiz C. da Silva
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Falcão Brasil
 
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Bibliotecas Escolares AEIDH
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.pptAnálise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Falcão Brasil
 
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdfRelatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Falcão Brasil
 
Administração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptx
Administração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptxAdministração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptx
Administração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptx
helenawaya9
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Falcão Brasil
 

Último (20)

Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
 
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
 
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdfO Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
 
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdfPortfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
 
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsxQue Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
 
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdfAPRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
 
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.pptAnálise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
 
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdfRelatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
 
Administração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptx
Administração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptxAdministração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptx
Administração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptx
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
 

A conquista da América

  • 1. A conquista da América OS (DES)ENCONTROS ENTRE DOIS MUNDOS
  • 2. Os (des)encontros entre dois mundos A DIVERSIDADE ÉTNICA E CULTURAL A chegada ao “Novo Mundo” As descrições dos viajantes, cronistas e pintores dos nativos AS TROCAS CULTURAIS OS PRECONCEITOS E AS CONCEPÇÕES EUROPOCÊNTRICAS
  • 7.  Os maias (México)  Governo: Monarquia  Cidades-estados estruturados  Sociedade: forte religiosidade; magistrados, chefes militares, sacerdotes e administradores; artesãos e camponeses  Economia: milho, cacau, algodão  Religião e cultura: sistema vigesimal, previsão de eclipses, calendário, arquitetura e engenharia, canais de irrigação
  • 9. Pirâmide de Kukulcán, em Chichén Itzá.
  • 10.  Poderoso Império  Influências culturais: olmecas, zapotecas, mixtecas  Sociedade: hierarquizada – nobreza, chefes militares, altos funcionários e sacedortes; comerciantes e artesãos  Religião e cultura: politeísta e astral; sistema de escrita; poemas; cantos e hinos religiosos; arquitetura
  • 11.  A formação do império nos Andes  Organização política: monarquia teocrática hereditária  Sociedade: chefe do estado; sacerdotes; burocratas; grupos familiares e comunitários (ayllus); camponeses  Economia e planejamento: agricultura; domesticação de animais; censo populacional  Cultura: quipus; construção de pontes e estradas; arquitetura e engenharia; agricultura de irrigação
  • 13.  Cultivo: milho, feijão, abóbora e frutos  Técnicas de construção: canoas, casas, vasos e arma  Principais etnias: Sioux ou dakota (santees, yanktons e hunkpapas)
  • 14.  Tensão e violência  Fatores da brutalidade: 1) Sonho de enriquecimento; 2) Incentivo às inimizades entre os povos americanos; 3) Disseminação de epidemias: pneumonia, gonorreia, sarampo, cólera, febre amarela, tifo, gripe e varíola - Exterminar para conquistar
  • 15.  Os conquistadores e o uso da força militar  Injustiça e intolerância  Espada, cruz e fome  Frei Bartolomeu de Las Casas
  • 16. “Esses povos se igualam ou até mesmo ultrapassam muitas nações do mundo reputadas como civilizadas e racionais, não sendo inferiores a nenhuma. Assim, igualam-se a gregos e romanos e até em alguns de seus costumes, os superam. Superam também a Inglaterra, a França e algumas de nossas regiões da Espanha (...). É portanto fato estabelecido que a maior parte dentre eles estão, no conjunto, assaz dispostos a receber não só a doutrina moral mas também nossa religião cristã, mesmo se alguns, em alguma região, ainda não atingiram a perfeição política de uma república bem governada e possuam certos costumes corrompidos (...). Não há nenhuma razão para nos surpreendermos com os defeitos, os costumes bárbaros e desregrados que podemos encontrar entre as nações índias, nem menosprezá-las por isso. Pois a maioria das nações do mundo, senão todas, foram bem pervertidas, irracionais e depravadas e deram mostra de muito menos prudência e sagacidade no modo de se governar e exercer as virtudes morais. Nós próprios fomos piores nos tempos de nossos ancestrais e em toda a extensão de nossa Espanha, pela barbárie de nosso modo de vida e pela depravação de nossos costumes.” LAS CASAS, Bartolomeu de. Apologética História, cap. 263. In: MAHN-LOT. A Descoberta da América. São Paulo: Perspectiva, s.d. p.110-111.
  • 22. 1519 25,3 1532 16,8 1548 6,3 1568 2,6 1580 1,9 1595 1,3 1605 1,0