SlideShare uma empresa Scribd logo
PSICOLOGIA FAMILIAR
Psicologia familiar é um conceito fundamentado em diversas
abordagens clínicas ou sistêmicas do tratamento da família.
PSICOLOGIA FAMILIAR
Pode incidir na reconstrução dos comportamentos que se
tornaram indesejáveis tanto quanto na da reestruturação da
formação do casal, na maneira eficaz do indivíduo de compor e
atualizar seus próprios conceitos e dinâmicas conscientes dentro
do lar já estabelecido ou a formar.
PSICOLOGIA FAMILIAR
A Psicologia familiar trata as deficiências dos comportamentos
inconscientes no âmbito familiar que determinam a estruturação
das personalidades dos filhos, redireciona as dinâmicas
relacionais e a salubridade das emoções que transitam nos
papéis desempenhados por cada membro do grupo familiar.
PSICOLOGIA FAMILIAR
Ainda há o apoio emocional provindo do resultado do
acompanhamento terapêutico que põe desvelado o mistério das
onipotências de cada membro do grupo familiar.
PSICOLOGIA FAMILIAR
O encontro semanal busca dentro das diferenças que compõe o
universo individual no agrupamento vincular, clarificar e
demonstrar as complementaridades relacionais, as escolhas
inconscientes de cada indivíduo no seio da família e quais
representações estão influenciando para a manutenção dos
conflitos.
PSICOLOGIA FAMILIAR
As abordagens diversificadas com as quais os Psicólogos possam
vir a atuar buscam o mesmo resultado que é a conciliação e a
produtividade, o bem estar e a satisfação dentro das vinculações
de cada grupo estabelecido como família.
PSICOLOGIA FAMILIAR
ASPECTOS DA DINÂMICA FAMILIAR
As crianças percebem muito bem o ambiente em que vivem,
portanto é desnecessário pensarmos que podemos esconder os
problemas da vida cotidiana, visto que as crianças estão sempre
receptivas e atentas para tudo o que acontece a sua volta e
quando tomam conhecimento dos problemas em família, podem
vir a apresentar isolamento social e agressividade.
PSICOLOGIA FAMILIAR
A dificuldade no relacionamento familiar pode ser enfrentada
pelo indivíduo desde o seu nascimento até a idade adulta, pois a
depressão infantil, pode estar sendo vista com importância por
alguns adultos e principalmente pelos próprios pais dessas
crianças, bem como seus comportamentos de insônia, apatia e
conduta auto destrutivas.
PSICOLOGIA FAMILIAR
TERAPIA CONJUGAL
Há alguns sinais e sintomas que permitem identificar uma
relação com problemas. Segue alguns sinais que podem indicar a
necessidade de uma consulta de Psicoterapia:
PSICOLOGIA FAMILIAR
• Conflitos que parecem nunca ficar resolvidos;
• Você e o seu companheiro já não se entendem como
antigamente;
• Os seus filhos parecem ter mais poder do que seria suposto;
PSICOLOGIA FAMILIAR
• Diminuição do desejo sexual ou da paixão;
• Sentimentos de indiferença em relação ao seu companheiro;
• Falta de vontade de partilhar pensamentos e sentimentos
com o seu companheiro; Diminuição da afetividade;
PSICOLOGIA FAMILIAR
• Ênfase nos aspectos negativos da relação;
• Ausência de risos e divertimento quando estão juntos;
• Sentimento de maior bem-estar no trabalho do que em casa;
PSICOLOGIA FAMILIAR
• Suspeitas de que o seu companheiro tem um caso
extraconjugal;
• Apenas um dos membros do casal toma as decisões;
• Um dos membros do casal parece mais preocupado com a sua
família de origem do que com a família atual.
PSICOLOGIA FAMILIAR
A procura de um profissional pode ajudar a melhorar a sua
qualidade de vida mais rápido do que possa pensar.
PSICOLOGIA FAMILIAR
Embora cada casal seja diferente, e não possa prever o número
de sessões necessárias para que haja melhorias significativas,
ocorrem normalmente mudanças positivas muito rapidamente.
Quanto mais rapidamente procurar ajuda, mais rapidamente
conseguirá melhorar a sua relação.
PSICOLOGIA FAMILIAR
TERAPIA FAMILIAR
Os problemas parecem ocorrer nas piores alturas. E quando
surgem parece não haver forma de desaparecerem. De facto, os
problemas conjugais, os problemas com os filhos, com os nossos
próprios pais, ou com colegas constituem normalmente uma
fonte de stress e tristeza.
PSICOLOGIA FAMILIAR
Por vezes são as pequenas dificuldades quotidianas que ganham
proporções incontroláveis enchendo as relações de tensões e
conflitos. Eis algumas situações a que a Terapia Familiar pode
responder:
PSICOLOGIA FAMILIAR
• A sua relação com os seus filhos e/ou pais tende a piorar;
• O seu casamento/ a sua relação não é aceite pela sua família
ou pela do seu companheiro;
PSICOLOGIA FAMILIAR
• As suas relações amorosas tendem a terminar depressa
demais;
• Você tem discussões frequentes com familiares, amigos ou
colegas;
• As outras famílias parecem dar-se melhor do que a sua;
PSICOLOGIA FAMILIAR
• Os membros da sua família dão-se mal sempre que estão
juntos;
• Um dos membros da sua família está estranho, isola-se ou
sente-se incompreendido;
• Os problemas da sua família tendem a prolongar-se e nunca
são resolvidos;
PSICOLOGIA FAMILIAR
• Os membros da sua família não são capazes de confortar os
outros em momentos de crise;
• Um dos membros da sua família agride verbalmente os
outros.
PSICOLOGIA FAMILIAR
Uma crise pode provocar alguns sintomas como insónias,
irritabilidade e mudanças bruscas de humor. Mas estas crises
não ocorrem apenas na família.
PSICOLOGIA FAMILIAR
De facto, como vimos, também podem ocorrer no local de
trabalho. As pessoas tendem cada vez mais a trabalhar muitas
horas e sentem-se cada vez menos satisfeitas com a sua
atividade profissional. Se você ou a sua família estão a passar por
um período de crise, este pode ser o momento ideal para
recorrer à ajuda de um profissional.
PSICOLOGIA FAMILIAR
TERAPIA FAMILIAR
A Terapia Familiar tem como objetivo principal auxiliar a família
na conquista ou reconquista de relações harmoniosas,
respeitosas e saudáveis entre os seus membros. Além disso, a
terapia familiar pode ter como foco o tratamento de um de seus
membros.
PSICOLOGIA FAMILIAR
Muitas vezes, a dependência química do filho mais velho, o
alcoolismo do pai ou a depressão da mãe é o evento que traz o
despertar para o fato de que as relações familiares carecem de
alguma intervenção.
PSICOLOGIA FAMILIAR
Não que esses eventos tenham como causa única a disfunção
relacional familiar, isto é, a degradação nas relações entre os
membros da família, mas é consenso que, a família contribui
tanto para a produção dos comportamentos-problema de um
membro, quanto para a solução desses comportamentos-
problema.
PSICOLOGIA FAMILIAR
Haja vista que, nos últimos anos, tem sido observado um
número cada vez maior de pesquisas que apontam a terapia
familiar como intervenção importante para auxiliar o tratamento
de transtornos como os transtornos alimentares e transtornos do
humor.
PSICOLOGIA FAMILIAR
Seja com o objetivo de melhorar as relações no contexto familiar,
ou tratar o membro por meio das mudanças nessas relações, o
terapeuta familiar cumpre o papel de arquiteto do diálogo
(Guimarães & Streithorst), num contexto em que clientes e
terapeuta participam ativamente da análise do cenário histórico
e presente, da elaboração do plano de mudanças e das
transformações posteriores.
PSICOLOGIA FAMILIAR
O levantamento dos determinantes históricos dos problemas
familiares, o entendimento do contexto atual com os
comportamentos indesejáveis e a comparação com o que é
desejável para a família é de suma importância para a mudança
no processo de terapia familiar.
PSICOLOGIA FAMILIAR
Inicialmente, a terapia familiar conduzida por terapeutas
comportamentais era composta por técnicas oriundas da teoria
da aprendizagem, com propósito de tratar indivíduos.
PSICOLOGIA FAMILIAR
Porém, por entender a complexidade do sistema familiar, os
terapeutas familiares que utilizam o referencial comportamental
ampliaram seus conhecimentos. Foi desenvolvida uma variedade
de técnicas que auxiliam a administrar os problemas familiares e
a ampliar as relações funcionais e saudáveis.
PSICOLOGIA FAMILIAR
Destacamos o treinamento de pais, a terapia conjugal
comportamental, o treino de habilidades para a solução de
problemas e o treino de habilidades de comunicação.
PSICOLOGIA FAMILIAR
Trata-se de intervenções que têm sido muito eficientes na
abordagem dos problemas no contexto familiar.
PSICOLOGIA FAMILIAR

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Emoções
EmoçõesEmoções
Emoções
Antonino Silva
 
Auto Estima
Auto EstimaAuto Estima
Auto Estima
Dora Guiseline
 
Autoestima
AutoestimaAutoestima
Saúde Mental
Saúde MentalSaúde Mental
Saúde Mental
Rosemar Prota
 
Palestra Depressão e Ansiedade
Palestra Depressão e AnsiedadePalestra Depressão e Ansiedade
Palestra Depressão e Ansiedade
Renata Pimentel
 
conflitos familiares
conflitos familiaresconflitos familiares
conflitos familiares
derciomartins
 
Unidade 02 - Familia: definição, teorias psicológicas
Unidade 02 - Familia: definição, teorias psicológicasUnidade 02 - Familia: definição, teorias psicológicas
Unidade 02 - Familia: definição, teorias psicológicas
Anaí Peña
 
Mitos e verdades - setembro amarelo
Mitos e verdades  -  setembro amareloMitos e verdades  -  setembro amarelo
Mitos e verdades - setembro amarelo
Ministério Público de Santa Catarina
 
Psicologia Organizacional e do Trabalho
Psicologia Organizacional e do TrabalhoPsicologia Organizacional e do Trabalho
Psicologia Organizacional e do Trabalho
Felipe Saraiva Nunes de Pinho
 
Empatia - A habilidade fundamental para os novos tempos.
Empatia - A habilidade fundamental para os novos tempos.Empatia - A habilidade fundamental para os novos tempos.
Empatia - A habilidade fundamental para os novos tempos.
Diego Dumont
 
Motivação e auto estima
Motivação e auto estimaMotivação e auto estima
Motivação e auto estima
Anselmo Lino Bispo
 
Saúde emocional da mulher
Saúde emocional da mulherSaúde emocional da mulher
Saúde emocional da mulher
Pra Paula Barros
 
Introdução ao estudo de psicologia de grupos
Introdução ao estudo de psicologia de gruposIntrodução ao estudo de psicologia de grupos
Introdução ao estudo de psicologia de grupos
Claudson Cerqueira Santana
 
Como cuidar da minha saúde mental?
Como cuidar da minha saúde mental?Como cuidar da minha saúde mental?
Como cuidar da minha saúde mental?
Vida Mental Consultoria de Saúde Mental e Nutricional
 
Palestra Motivacional
Palestra Motivacional Palestra Motivacional
Palestra Motivacional
Lucas Fonseca
 
Saúde emocional
Saúde emocionalSaúde emocional
Saúde emocional
Alexsandro Prates
 
A relação família-escola
A relação família-escolaA relação família-escola
A relação família-escola
Thiago de Almeida
 
O QUE ESTÁ ACONTECENDO COMIGO?
O QUE ESTÁ ACONTECENDO COMIGO?O QUE ESTÁ ACONTECENDO COMIGO?
O QUE ESTÁ ACONTECENDO COMIGO?
Renata Pimentel
 
Teoria e técnica de dinâmica de grupo
Teoria e técnica de dinâmica de grupoTeoria e técnica de dinâmica de grupo
Teoria e técnica de dinâmica de grupo
Silvio Custódio Souza Júnior
 
Psicanálise
PsicanálisePsicanálise
Psicanálise
IsmaelOQueiroz
 

Mais procurados (20)

Emoções
EmoçõesEmoções
Emoções
 
Auto Estima
Auto EstimaAuto Estima
Auto Estima
 
Autoestima
AutoestimaAutoestima
Autoestima
 
Saúde Mental
Saúde MentalSaúde Mental
Saúde Mental
 
Palestra Depressão e Ansiedade
Palestra Depressão e AnsiedadePalestra Depressão e Ansiedade
Palestra Depressão e Ansiedade
 
conflitos familiares
conflitos familiaresconflitos familiares
conflitos familiares
 
Unidade 02 - Familia: definição, teorias psicológicas
Unidade 02 - Familia: definição, teorias psicológicasUnidade 02 - Familia: definição, teorias psicológicas
Unidade 02 - Familia: definição, teorias psicológicas
 
Mitos e verdades - setembro amarelo
Mitos e verdades  -  setembro amareloMitos e verdades  -  setembro amarelo
Mitos e verdades - setembro amarelo
 
Psicologia Organizacional e do Trabalho
Psicologia Organizacional e do TrabalhoPsicologia Organizacional e do Trabalho
Psicologia Organizacional e do Trabalho
 
Empatia - A habilidade fundamental para os novos tempos.
Empatia - A habilidade fundamental para os novos tempos.Empatia - A habilidade fundamental para os novos tempos.
Empatia - A habilidade fundamental para os novos tempos.
 
Motivação e auto estima
Motivação e auto estimaMotivação e auto estima
Motivação e auto estima
 
Saúde emocional da mulher
Saúde emocional da mulherSaúde emocional da mulher
Saúde emocional da mulher
 
Introdução ao estudo de psicologia de grupos
Introdução ao estudo de psicologia de gruposIntrodução ao estudo de psicologia de grupos
Introdução ao estudo de psicologia de grupos
 
Como cuidar da minha saúde mental?
Como cuidar da minha saúde mental?Como cuidar da minha saúde mental?
Como cuidar da minha saúde mental?
 
Palestra Motivacional
Palestra Motivacional Palestra Motivacional
Palestra Motivacional
 
Saúde emocional
Saúde emocionalSaúde emocional
Saúde emocional
 
A relação família-escola
A relação família-escolaA relação família-escola
A relação família-escola
 
O QUE ESTÁ ACONTECENDO COMIGO?
O QUE ESTÁ ACONTECENDO COMIGO?O QUE ESTÁ ACONTECENDO COMIGO?
O QUE ESTÁ ACONTECENDO COMIGO?
 
Teoria e técnica de dinâmica de grupo
Teoria e técnica de dinâmica de grupoTeoria e técnica de dinâmica de grupo
Teoria e técnica de dinâmica de grupo
 
Psicanálise
PsicanálisePsicanálise
Psicanálise
 

Destaque

ética cristã
ética cristãética cristã
ética cristã
faculdadeteologica
 
psicologia social
psicologia socialpsicologia social
psicologia social
faculdadeteologica
 
introdução á psicanálise
introdução á psicanáliseintrodução á psicanálise
introdução á psicanálise
faculdadeteologica
 
psicologia da religião
psicologia da religiãopsicologia da religião
psicologia da religião
faculdadeteologica
 
psicologia da educação
psicologia da educaçãopsicologia da educação
psicologia da educação
faculdadeteologica
 
introdução à psicologia
introdução à psicologiaintrodução à psicologia
introdução à psicologia
faculdadeteologica
 
aconselhamento pastoral
aconselhamento pastoralaconselhamento pastoral
aconselhamento pastoral
faculdadeteologica
 
psicologia e liderança
psicologia e liderançapsicologia e liderança
psicologia e liderança
faculdadeteologica
 
psicologia pastoral
psicologia pastoralpsicologia pastoral
psicologia pastoral
faculdadeteologica
 
3 fundamentos bíblicos escatológicos i
3 fundamentos bíblicos escatológicos i3 fundamentos bíblicos escatológicos i
3 fundamentos bíblicos escatológicos i
faculdadeteologica
 
2 introdução à escatologia ii
2 introdução à escatologia ii2 introdução à escatologia ii
2 introdução à escatologia ii
faculdadeteologica
 
5 conceitos escatológicos
5 conceitos escatológicos5 conceitos escatológicos
5 conceitos escatológicos
faculdadeteologica
 
4 fundamentos bíblicos escatológicos ii
4 fundamentos bíblicos escatológicos ii4 fundamentos bíblicos escatológicos ii
4 fundamentos bíblicos escatológicos ii
faculdadeteologica
 
7 escatologia em daniel
7 escatologia em daniel7 escatologia em daniel
7 escatologia em daniel
faculdadeteologica
 
1 introdução à escatologia i
1 introdução à escatologia i1 introdução à escatologia i
1 introdução à escatologia i
faculdadeteologica
 
9 escatologia em apocalípse ii
9 escatologia em apocalípse ii9 escatologia em apocalípse ii
9 escatologia em apocalípse ii
faculdadeteologica
 
8 escatologia em apocalípse i
8 escatologia em apocalípse i8 escatologia em apocalípse i
8 escatologia em apocalípse i
faculdadeteologica
 
10 escatologia em apocalípse iii
10 escatologia em apocalípse iii10 escatologia em apocalípse iii
10 escatologia em apocalípse iii
faculdadeteologica
 
6 escatologia em isaías
6 escatologia em isaías6 escatologia em isaías
6 escatologia em isaías
faculdadeteologica
 

Destaque (19)

ética cristã
ética cristãética cristã
ética cristã
 
psicologia social
psicologia socialpsicologia social
psicologia social
 
introdução á psicanálise
introdução á psicanáliseintrodução á psicanálise
introdução á psicanálise
 
psicologia da religião
psicologia da religiãopsicologia da religião
psicologia da religião
 
psicologia da educação
psicologia da educaçãopsicologia da educação
psicologia da educação
 
introdução à psicologia
introdução à psicologiaintrodução à psicologia
introdução à psicologia
 
aconselhamento pastoral
aconselhamento pastoralaconselhamento pastoral
aconselhamento pastoral
 
psicologia e liderança
psicologia e liderançapsicologia e liderança
psicologia e liderança
 
psicologia pastoral
psicologia pastoralpsicologia pastoral
psicologia pastoral
 
3 fundamentos bíblicos escatológicos i
3 fundamentos bíblicos escatológicos i3 fundamentos bíblicos escatológicos i
3 fundamentos bíblicos escatológicos i
 
2 introdução à escatologia ii
2 introdução à escatologia ii2 introdução à escatologia ii
2 introdução à escatologia ii
 
5 conceitos escatológicos
5 conceitos escatológicos5 conceitos escatológicos
5 conceitos escatológicos
 
4 fundamentos bíblicos escatológicos ii
4 fundamentos bíblicos escatológicos ii4 fundamentos bíblicos escatológicos ii
4 fundamentos bíblicos escatológicos ii
 
7 escatologia em daniel
7 escatologia em daniel7 escatologia em daniel
7 escatologia em daniel
 
1 introdução à escatologia i
1 introdução à escatologia i1 introdução à escatologia i
1 introdução à escatologia i
 
9 escatologia em apocalípse ii
9 escatologia em apocalípse ii9 escatologia em apocalípse ii
9 escatologia em apocalípse ii
 
8 escatologia em apocalípse i
8 escatologia em apocalípse i8 escatologia em apocalípse i
8 escatologia em apocalípse i
 
10 escatologia em apocalípse iii
10 escatologia em apocalípse iii10 escatologia em apocalípse iii
10 escatologia em apocalípse iii
 
6 escatologia em isaías
6 escatologia em isaías6 escatologia em isaías
6 escatologia em isaías
 

Semelhante a psicologia familiar

Schiz-X: Conversando Sobre A Esquizofrenia - Vol. 5 - O convívio familiar
Schiz-X: Conversando Sobre A Esquizofrenia - Vol. 5 - O convívio familiarSchiz-X: Conversando Sobre A Esquizofrenia - Vol. 5 - O convívio familiar
Schiz-X: Conversando Sobre A Esquizofrenia - Vol. 5 - O convívio familiar
Schiz Ophrenic
 
Conhecendo a psicoterapia
Conhecendo a psicoterapiaConhecendo a psicoterapia
Conhecendo a psicoterapia
Geazi San
 
5174 15405-1-pb
5174 15405-1-pb5174 15405-1-pb
Terapia de casal
Terapia de casalTerapia de casal
Terapia de casal
Luana Cunha Ferreira
 
Ir ao psicólogo é coisa de doidos?
Ir ao psicólogo é coisa de doidos?Ir ao psicólogo é coisa de doidos?
Ir ao psicólogo é coisa de doidos?
Mentes Suspensas - Associação
 
Mitos sobre a psicoterapia
Mitos sobre a psicoterapiaMitos sobre a psicoterapia
Mitos sobre a psicoterapia
Oficina Psicologia
 
Psicologia pastoral
Psicologia pastoralPsicologia pastoral
Psicologia pastoral
Pastor Juscelino Freitas
 
Ansiedade e Transtorno Depressivo pptx..
Ansiedade e Transtorno Depressivo pptx..Ansiedade e Transtorno Depressivo pptx..
Ansiedade e Transtorno Depressivo pptx..
josytds1
 
Estrate_gias+psicolo_gicas+familiar+e+o+dependente+quimico.pdf
Estrate_gias+psicolo_gicas+familiar+e+o+dependente+quimico.pdfEstrate_gias+psicolo_gicas+familiar+e+o+dependente+quimico.pdf
Estrate_gias+psicolo_gicas+familiar+e+o+dependente+quimico.pdf
ZidenioSantos1
 
Depressão infantil 2014
Depressão infantil 2014Depressão infantil 2014
Depressão infantil 2014
kmillaalves
 
2014 Abordagem Familiar - parte 2 - savassi
2014 Abordagem Familiar - parte 2 -  savassi2014 Abordagem Familiar - parte 2 -  savassi
2014 Abordagem Familiar - parte 2 - savassi
Leonardo Savassi
 
Abordagem familiar para o estudante de medicina - UFMG
Abordagem familiar para o estudante de medicina - UFMGAbordagem familiar para o estudante de medicina - UFMG
Abordagem familiar para o estudante de medicina - UFMG
Ricardo Alexandre
 
Aconselhamento pastoral e da família uma proposta sistemica
Aconselhamento pastoral e da família uma proposta sistemicaAconselhamento pastoral e da família uma proposta sistemica
Aconselhamento pastoral e da família uma proposta sistemica
Natanael Ribeiro de Sousa
 
Nucleovivo
NucleovivoNucleovivo
Nucleovivo
grizzdesign
 
Saúde emocional
Saúde emocionalSaúde emocional
Saúde emocional
Josi Borges
 
Psicologia pastoral
Psicologia pastoralPsicologia pastoral
Psicologia pastoral
faculdadeteologica
 
Guia pratico sobre psicoses
Guia pratico sobre psicosesGuia pratico sobre psicoses
Guia pratico sobre psicoses
SUELI SANTOS
 
A psicologia pode te ajudar de que maneira
A psicologia pode te ajudar de que maneiraA psicologia pode te ajudar de que maneira
A psicologia pode te ajudar de que maneira
Mari de Moraes
 
Nucleovivo novo2 1
Nucleovivo novo2 1Nucleovivo novo2 1
Nucleovivo novo2 1
grizzdesign
 
enfermagem em saúde mental 1º aula pendencias.pptx
enfermagem em saúde mental 1º aula pendencias.pptxenfermagem em saúde mental 1º aula pendencias.pptx
enfermagem em saúde mental 1º aula pendencias.pptx
FabianeSousa11
 

Semelhante a psicologia familiar (20)

Schiz-X: Conversando Sobre A Esquizofrenia - Vol. 5 - O convívio familiar
Schiz-X: Conversando Sobre A Esquizofrenia - Vol. 5 - O convívio familiarSchiz-X: Conversando Sobre A Esquizofrenia - Vol. 5 - O convívio familiar
Schiz-X: Conversando Sobre A Esquizofrenia - Vol. 5 - O convívio familiar
 
Conhecendo a psicoterapia
Conhecendo a psicoterapiaConhecendo a psicoterapia
Conhecendo a psicoterapia
 
5174 15405-1-pb
5174 15405-1-pb5174 15405-1-pb
5174 15405-1-pb
 
Terapia de casal
Terapia de casalTerapia de casal
Terapia de casal
 
Ir ao psicólogo é coisa de doidos?
Ir ao psicólogo é coisa de doidos?Ir ao psicólogo é coisa de doidos?
Ir ao psicólogo é coisa de doidos?
 
Mitos sobre a psicoterapia
Mitos sobre a psicoterapiaMitos sobre a psicoterapia
Mitos sobre a psicoterapia
 
Psicologia pastoral
Psicologia pastoralPsicologia pastoral
Psicologia pastoral
 
Ansiedade e Transtorno Depressivo pptx..
Ansiedade e Transtorno Depressivo pptx..Ansiedade e Transtorno Depressivo pptx..
Ansiedade e Transtorno Depressivo pptx..
 
Estrate_gias+psicolo_gicas+familiar+e+o+dependente+quimico.pdf
Estrate_gias+psicolo_gicas+familiar+e+o+dependente+quimico.pdfEstrate_gias+psicolo_gicas+familiar+e+o+dependente+quimico.pdf
Estrate_gias+psicolo_gicas+familiar+e+o+dependente+quimico.pdf
 
Depressão infantil 2014
Depressão infantil 2014Depressão infantil 2014
Depressão infantil 2014
 
2014 Abordagem Familiar - parte 2 - savassi
2014 Abordagem Familiar - parte 2 -  savassi2014 Abordagem Familiar - parte 2 -  savassi
2014 Abordagem Familiar - parte 2 - savassi
 
Abordagem familiar para o estudante de medicina - UFMG
Abordagem familiar para o estudante de medicina - UFMGAbordagem familiar para o estudante de medicina - UFMG
Abordagem familiar para o estudante de medicina - UFMG
 
Aconselhamento pastoral e da família uma proposta sistemica
Aconselhamento pastoral e da família uma proposta sistemicaAconselhamento pastoral e da família uma proposta sistemica
Aconselhamento pastoral e da família uma proposta sistemica
 
Nucleovivo
NucleovivoNucleovivo
Nucleovivo
 
Saúde emocional
Saúde emocionalSaúde emocional
Saúde emocional
 
Psicologia pastoral
Psicologia pastoralPsicologia pastoral
Psicologia pastoral
 
Guia pratico sobre psicoses
Guia pratico sobre psicosesGuia pratico sobre psicoses
Guia pratico sobre psicoses
 
A psicologia pode te ajudar de que maneira
A psicologia pode te ajudar de que maneiraA psicologia pode te ajudar de que maneira
A psicologia pode te ajudar de que maneira
 
Nucleovivo novo2 1
Nucleovivo novo2 1Nucleovivo novo2 1
Nucleovivo novo2 1
 
enfermagem em saúde mental 1º aula pendencias.pptx
enfermagem em saúde mental 1º aula pendencias.pptxenfermagem em saúde mental 1º aula pendencias.pptx
enfermagem em saúde mental 1º aula pendencias.pptx
 

Mais de faculdadeteologica

8 escatologia em apocalípse i
8 escatologia em apocalípse i8 escatologia em apocalípse i
8 escatologia em apocalípse i
faculdadeteologica
 
9 escatologia em apocalípse ii
9 escatologia em apocalípse ii9 escatologia em apocalípse ii
9 escatologia em apocalípse ii
faculdadeteologica
 
10 escatologia em apocalípse iii
10 escatologia em apocalípse iii10 escatologia em apocalípse iii
10 escatologia em apocalípse iii
faculdadeteologica
 
8 natureza e missão da teologia
8 natureza e missão da teologia8 natureza e missão da teologia
8 natureza e missão da teologia
faculdadeteologica
 
10 mobilização missionária
10 mobilização missionária10 mobilização missionária
10 mobilização missionária
faculdadeteologica
 
9 missão urbana
9 missão urbana9 missão urbana
9 missão urbana
faculdadeteologica
 
7 teologia da missão
7 teologia da missão7 teologia da missão
7 teologia da missão
faculdadeteologica
 
6 a missão da igreja
6 a missão da igreja6 a missão da igreja
6 a missão da igreja
faculdadeteologica
 
5 missão integral das igrejas
5 missão integral das igrejas5 missão integral das igrejas
5 missão integral das igrejas
faculdadeteologica
 
4 antropologia missionária
4 antropologia missionária4 antropologia missionária
4 antropologia missionária
faculdadeteologica
 
3 fundamentos bíblicos da missão
3 fundamentos bíblicos da missão3 fundamentos bíblicos da missão
3 fundamentos bíblicos da missão
faculdadeteologica
 
2 teologia da m issão
2 teologia da m issão2 teologia da m issão
2 teologia da m issão
faculdadeteologica
 
1 introdução à missiologia
1 introdução à missiologia1 introdução à missiologia
1 introdução à missiologia
faculdadeteologica
 
02 doutrinas bíblicas
02 doutrinas bíblicas02 doutrinas bíblicas
02 doutrinas bíblicas
faculdadeteologica
 
doutrinas bíblicas
doutrinas bíblicasdoutrinas bíblicas
doutrinas bíblicas
faculdadeteologica
 

Mais de faculdadeteologica (15)

8 escatologia em apocalípse i
8 escatologia em apocalípse i8 escatologia em apocalípse i
8 escatologia em apocalípse i
 
9 escatologia em apocalípse ii
9 escatologia em apocalípse ii9 escatologia em apocalípse ii
9 escatologia em apocalípse ii
 
10 escatologia em apocalípse iii
10 escatologia em apocalípse iii10 escatologia em apocalípse iii
10 escatologia em apocalípse iii
 
8 natureza e missão da teologia
8 natureza e missão da teologia8 natureza e missão da teologia
8 natureza e missão da teologia
 
10 mobilização missionária
10 mobilização missionária10 mobilização missionária
10 mobilização missionária
 
9 missão urbana
9 missão urbana9 missão urbana
9 missão urbana
 
7 teologia da missão
7 teologia da missão7 teologia da missão
7 teologia da missão
 
6 a missão da igreja
6 a missão da igreja6 a missão da igreja
6 a missão da igreja
 
5 missão integral das igrejas
5 missão integral das igrejas5 missão integral das igrejas
5 missão integral das igrejas
 
4 antropologia missionária
4 antropologia missionária4 antropologia missionária
4 antropologia missionária
 
3 fundamentos bíblicos da missão
3 fundamentos bíblicos da missão3 fundamentos bíblicos da missão
3 fundamentos bíblicos da missão
 
2 teologia da m issão
2 teologia da m issão2 teologia da m issão
2 teologia da m issão
 
1 introdução à missiologia
1 introdução à missiologia1 introdução à missiologia
1 introdução à missiologia
 
02 doutrinas bíblicas
02 doutrinas bíblicas02 doutrinas bíblicas
02 doutrinas bíblicas
 
doutrinas bíblicas
doutrinas bíblicasdoutrinas bíblicas
doutrinas bíblicas
 

Último

Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Nilson Almeida
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Celso Napoleon
 
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
JaquelineSantosBasto
 
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
HerverthRibeiro1
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Nilson Almeida
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Celso Napoleon
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Igreja Jesus é o Verbo
 
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermos
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermosEnfermos - Unção para consagração dosa enfermos
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermos
FernandoCavalcante48
 
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdfPROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
Nelson Pereira
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Lourhana
 

Último (10)

Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
 
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
 
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
 
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermos
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermosEnfermos - Unção para consagração dosa enfermos
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermos
 
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdfPROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
 

psicologia familiar

  • 2. Psicologia familiar é um conceito fundamentado em diversas abordagens clínicas ou sistêmicas do tratamento da família. PSICOLOGIA FAMILIAR
  • 3. Pode incidir na reconstrução dos comportamentos que se tornaram indesejáveis tanto quanto na da reestruturação da formação do casal, na maneira eficaz do indivíduo de compor e atualizar seus próprios conceitos e dinâmicas conscientes dentro do lar já estabelecido ou a formar. PSICOLOGIA FAMILIAR
  • 4. A Psicologia familiar trata as deficiências dos comportamentos inconscientes no âmbito familiar que determinam a estruturação das personalidades dos filhos, redireciona as dinâmicas relacionais e a salubridade das emoções que transitam nos papéis desempenhados por cada membro do grupo familiar. PSICOLOGIA FAMILIAR
  • 5. Ainda há o apoio emocional provindo do resultado do acompanhamento terapêutico que põe desvelado o mistério das onipotências de cada membro do grupo familiar. PSICOLOGIA FAMILIAR
  • 6. O encontro semanal busca dentro das diferenças que compõe o universo individual no agrupamento vincular, clarificar e demonstrar as complementaridades relacionais, as escolhas inconscientes de cada indivíduo no seio da família e quais representações estão influenciando para a manutenção dos conflitos. PSICOLOGIA FAMILIAR
  • 7. As abordagens diversificadas com as quais os Psicólogos possam vir a atuar buscam o mesmo resultado que é a conciliação e a produtividade, o bem estar e a satisfação dentro das vinculações de cada grupo estabelecido como família. PSICOLOGIA FAMILIAR
  • 8. ASPECTOS DA DINÂMICA FAMILIAR As crianças percebem muito bem o ambiente em que vivem, portanto é desnecessário pensarmos que podemos esconder os problemas da vida cotidiana, visto que as crianças estão sempre receptivas e atentas para tudo o que acontece a sua volta e quando tomam conhecimento dos problemas em família, podem vir a apresentar isolamento social e agressividade. PSICOLOGIA FAMILIAR
  • 9. A dificuldade no relacionamento familiar pode ser enfrentada pelo indivíduo desde o seu nascimento até a idade adulta, pois a depressão infantil, pode estar sendo vista com importância por alguns adultos e principalmente pelos próprios pais dessas crianças, bem como seus comportamentos de insônia, apatia e conduta auto destrutivas. PSICOLOGIA FAMILIAR
  • 10. TERAPIA CONJUGAL Há alguns sinais e sintomas que permitem identificar uma relação com problemas. Segue alguns sinais que podem indicar a necessidade de uma consulta de Psicoterapia: PSICOLOGIA FAMILIAR
  • 11. • Conflitos que parecem nunca ficar resolvidos; • Você e o seu companheiro já não se entendem como antigamente; • Os seus filhos parecem ter mais poder do que seria suposto; PSICOLOGIA FAMILIAR
  • 12. • Diminuição do desejo sexual ou da paixão; • Sentimentos de indiferença em relação ao seu companheiro; • Falta de vontade de partilhar pensamentos e sentimentos com o seu companheiro; Diminuição da afetividade; PSICOLOGIA FAMILIAR
  • 13. • Ênfase nos aspectos negativos da relação; • Ausência de risos e divertimento quando estão juntos; • Sentimento de maior bem-estar no trabalho do que em casa; PSICOLOGIA FAMILIAR
  • 14. • Suspeitas de que o seu companheiro tem um caso extraconjugal; • Apenas um dos membros do casal toma as decisões; • Um dos membros do casal parece mais preocupado com a sua família de origem do que com a família atual. PSICOLOGIA FAMILIAR
  • 15. A procura de um profissional pode ajudar a melhorar a sua qualidade de vida mais rápido do que possa pensar. PSICOLOGIA FAMILIAR
  • 16. Embora cada casal seja diferente, e não possa prever o número de sessões necessárias para que haja melhorias significativas, ocorrem normalmente mudanças positivas muito rapidamente. Quanto mais rapidamente procurar ajuda, mais rapidamente conseguirá melhorar a sua relação. PSICOLOGIA FAMILIAR
  • 17. TERAPIA FAMILIAR Os problemas parecem ocorrer nas piores alturas. E quando surgem parece não haver forma de desaparecerem. De facto, os problemas conjugais, os problemas com os filhos, com os nossos próprios pais, ou com colegas constituem normalmente uma fonte de stress e tristeza. PSICOLOGIA FAMILIAR
  • 18. Por vezes são as pequenas dificuldades quotidianas que ganham proporções incontroláveis enchendo as relações de tensões e conflitos. Eis algumas situações a que a Terapia Familiar pode responder: PSICOLOGIA FAMILIAR
  • 19. • A sua relação com os seus filhos e/ou pais tende a piorar; • O seu casamento/ a sua relação não é aceite pela sua família ou pela do seu companheiro; PSICOLOGIA FAMILIAR
  • 20. • As suas relações amorosas tendem a terminar depressa demais; • Você tem discussões frequentes com familiares, amigos ou colegas; • As outras famílias parecem dar-se melhor do que a sua; PSICOLOGIA FAMILIAR
  • 21. • Os membros da sua família dão-se mal sempre que estão juntos; • Um dos membros da sua família está estranho, isola-se ou sente-se incompreendido; • Os problemas da sua família tendem a prolongar-se e nunca são resolvidos; PSICOLOGIA FAMILIAR
  • 22. • Os membros da sua família não são capazes de confortar os outros em momentos de crise; • Um dos membros da sua família agride verbalmente os outros. PSICOLOGIA FAMILIAR
  • 23. Uma crise pode provocar alguns sintomas como insónias, irritabilidade e mudanças bruscas de humor. Mas estas crises não ocorrem apenas na família. PSICOLOGIA FAMILIAR
  • 24. De facto, como vimos, também podem ocorrer no local de trabalho. As pessoas tendem cada vez mais a trabalhar muitas horas e sentem-se cada vez menos satisfeitas com a sua atividade profissional. Se você ou a sua família estão a passar por um período de crise, este pode ser o momento ideal para recorrer à ajuda de um profissional. PSICOLOGIA FAMILIAR
  • 25. TERAPIA FAMILIAR A Terapia Familiar tem como objetivo principal auxiliar a família na conquista ou reconquista de relações harmoniosas, respeitosas e saudáveis entre os seus membros. Além disso, a terapia familiar pode ter como foco o tratamento de um de seus membros. PSICOLOGIA FAMILIAR
  • 26. Muitas vezes, a dependência química do filho mais velho, o alcoolismo do pai ou a depressão da mãe é o evento que traz o despertar para o fato de que as relações familiares carecem de alguma intervenção. PSICOLOGIA FAMILIAR
  • 27. Não que esses eventos tenham como causa única a disfunção relacional familiar, isto é, a degradação nas relações entre os membros da família, mas é consenso que, a família contribui tanto para a produção dos comportamentos-problema de um membro, quanto para a solução desses comportamentos- problema. PSICOLOGIA FAMILIAR
  • 28. Haja vista que, nos últimos anos, tem sido observado um número cada vez maior de pesquisas que apontam a terapia familiar como intervenção importante para auxiliar o tratamento de transtornos como os transtornos alimentares e transtornos do humor. PSICOLOGIA FAMILIAR
  • 29. Seja com o objetivo de melhorar as relações no contexto familiar, ou tratar o membro por meio das mudanças nessas relações, o terapeuta familiar cumpre o papel de arquiteto do diálogo (Guimarães & Streithorst), num contexto em que clientes e terapeuta participam ativamente da análise do cenário histórico e presente, da elaboração do plano de mudanças e das transformações posteriores. PSICOLOGIA FAMILIAR
  • 30. O levantamento dos determinantes históricos dos problemas familiares, o entendimento do contexto atual com os comportamentos indesejáveis e a comparação com o que é desejável para a família é de suma importância para a mudança no processo de terapia familiar. PSICOLOGIA FAMILIAR
  • 31. Inicialmente, a terapia familiar conduzida por terapeutas comportamentais era composta por técnicas oriundas da teoria da aprendizagem, com propósito de tratar indivíduos. PSICOLOGIA FAMILIAR
  • 32. Porém, por entender a complexidade do sistema familiar, os terapeutas familiares que utilizam o referencial comportamental ampliaram seus conhecimentos. Foi desenvolvida uma variedade de técnicas que auxiliam a administrar os problemas familiares e a ampliar as relações funcionais e saudáveis. PSICOLOGIA FAMILIAR
  • 33. Destacamos o treinamento de pais, a terapia conjugal comportamental, o treino de habilidades para a solução de problemas e o treino de habilidades de comunicação. PSICOLOGIA FAMILIAR
  • 34. Trata-se de intervenções que têm sido muito eficientes na abordagem dos problemas no contexto familiar. PSICOLOGIA FAMILIAR