SlideShare uma empresa Scribd logo
Sistema de combustível
Ordem de injeção
Ordem de injeção..... – – – – –
Bomba de alimentação
Pressão de alimentação a 1000 rpm (pressão de abertura da
válvula de alívio de pressão).....
Mín 250 Mín 350
Válvula de alívio de pressão
Pressão de abertura..... – –
Consumo de combustível
carga, o consumo de combustível deve
estar dentro da área B. O veículo deve
–
Pré 68,9 ± 0,1 mm
Pré 4 faces do sextavado (0,75 ± 0,05 mm)
O número do tipo
Apertar o parafuso de regulagem até a folga zero em relação a árvore de comando de válvulas
2 Válvulas da bomba de alimentação, substituição
Válvula de segurança
Válvula unidirecional para bomba manual
Válvula de respiro (válvula de retorno)
Limpar em volta da bomba de alimentação e suas conexões de combustível.
Cortar as braçadeiras que prendem o cabo no suporte embaixo do alternador.
Remover os tubos de combustível da bomba de alimentação.
Remover as válvulas.
Limpar as sedes das válvulas soprando com ar comprimido a válvula de retorno.
Instalar as novas válvulas em suas posições. Apertá
 1. 8±1 Nm
 2a. 8±1 Nm
 2b. 20±1 Nm
 3. 35±5 Nm
 4. 35±5 Nm
se de que a mola e o bujão corretos foram instalados em suas respectivas
válvulas. Se as molas forem trocadas, o funcionamento da bomba será prejudicado. A mola e o
bujão incluídos no kit de reposição devem ser montados na posição 4.
nectar os tubos de combustível. Usar novos anéis de vedação.
combustível. Abrir o terminal e sangrar o sistema usando a bomba manual até que saia
combustível sem bolhas pela mangueira. Fechar o terminal.
Remover a mangueira e instalar a tampa de proteção no terminal.
Conectar a mangueira no terminal de sangria localizado no cabeçote e sangrá
a como executado no suporte do filtro de combustível.
Verificar o funcionamento e a existência de vazamentos.
Atenção
Ligar o motor e deixá
que todo o ar saia do sistema de combustível.
Verificar se não ocorreram códigos de falha.
.
substituição
Há diferentes variantes de camisa de cobre nos motores D12, ver a ilustração acima.
Antes de substituir a camisa de cobre, verificar qual variante está instalada no cabeçote, para
só é encontrada em produção a partir e incluindo o número de motor
127800. A camisa de cobre é removida com uma ferramenta M9 (macho).
, ver a ilustração.
Nota! Uma vez que as ilustrações utilizadas nas Publicações de Serviço são válidas para
tes da variante em questão.
As informações essenciais apresentadas nas ilustrações, no entanto, são precisas.
Drenar o líquido de arrefecimento.
Remover os calibradores das válvulas.
Nota! Marcar a posição dos calibradores das válvulas.
) para evitar que entre sujeira nos canais de combustível
Girar o volante do motor até que o pistão não esteja no
cilindro onde a camisa de cobre será substituída.
durante a medição do furo
Sempre realizar a seguinte verificação antes de remover a camisa de cobre.
Verificar sempre que variante de camisa de cobre está instalada no cabeçote antes de iniciar o
trabalho. Verificar o diâmetro
elo furo na camisa, este é de 7,7 mm. Se a broca não
então o furo é de 7,4 mm.
Nota! Dependendo do diâmetro do furo
ar uma ferramenta com diâmetro M8 e para furos de 7,7 mm, utilizar
uma ferramenta com diâmetro M9.
Nota! Lubrificar a ponta do adapatador de remoção com graxa. A graxa evita que as limalhas
Rosquear o adaptador de remoção
diâmetro do furo
Nota! Utilizar a ferramenta 9809746 ou 9809668 dependendo do diâmetro do furo
Limpar o assento da camisa de cobre no cabeçote.
Limpar as paredes do cabeço
nos canais de combustível.
Limpar o furo no cabeçote.
no canal de combustível.
Girar o volante do motor com a ferramenta 9996956 até o pistão ficar no fundo do cilindro.
danifique o pistão devido ao seu comprimento.
Lubrificar o novo retentor da camisa de cobre com água e sabão.
Colocar a ferramenta 9998254 ou 9998688 junto com a camisa de cobre no cabeçote. Utilizar o
grampo da unidade injetora para manter a ferramenta na posição. Certificar
de cobre se assenta no cabeçote.
Nota! Após instalar uma nova camisa de cobre, seguir as instruções de torque de aperto do
Reinstalar os calibradores das válvulas de acordo com a marcação.
Abastecer o sistema com líquido de arrefecimento e executar um teste de estanqueidade.
de cavidade esférica da unidade injetora,
substituição
Remover o anel “O” (1) que prende a tampa de cavidade esférica (2) na unidade injetora.
esférica e a arruela de encosto (3) da unidade injetora.
Instalar uma nova arruela de encosto na unidade injetora com o diâmetro maior voltado para
Instalar uma nova tampa de cavidade esférica.
Pressionar um novo anel “O” de forma que ele trave a tampa de cavidade esférica no lugar.
Nota! Puxar a tampa de cavidade esférica para cima para verificar se o anel “O” está
a de cavidade esférica (2) na unidade injetora.
Remover a tampa de cavidade esférica e a arruela de encosto (3) da unidade injetora.
Instalar uma nova arruela de encosto na unidade injetora com o diâmetro maior voltado para
e cavidade esférica e um novo anel
Puxar a tampa de cavidade esférica (1) com as mãos.
Atenção
trava (2) saltará facilmente. Proteger seus olhos.
nova tampa de cavidade esférica pressionando a com as mãos.
Puxar a tampa de cavidade esférica (1) com as mãos.
Remover o anel “O” (2) e a esfera (3).
Utilizar uma chave de fenda magnética ou uma ferramenta s
Instalar um novo anel “O” e uma nova esfera.
Instalar uma nova tampa de cavidade esférica pressionando a com as mãos.
3 Válvulas e unidades injetoras, regulagem
Tampa das válvulas removida
Nota! As regulagens das válvulas se aplicam aos motores com VEB.
As marcações de regulagens se aplicam aos motores com
Marcações de regulagem para válvulas e unidades injetoras
Válvulas de escape do cilindro 6 (VEB)
Válvulas de admissão e unidade injetora do cilindro 5
Além da marcação TDC do ponto morto superior do êmbolo do cilindro 1, há 12 outras
marcações na árvore de comando de válvulas (2 para cada cilindro).
Cada marcação consiste de um dígito (1
A letra V está gravada na frente das seis marcações dos dígitos.
Os próprios dígitos indicam que os balancins das válvulas de admissão e a unidade in
cilindro aplicável, estão na posição correta para a regulagem. Isto é sob a condição de que a
linha marcada na árvore de comando de válvulas esteja em frente da marcação na capa do
V em conjunto com um dígito, indica, da mesma forma, que o balancim das válvulas de escape
está na posição correta para a regulagem.
Nota! É importante que a linha na árvore de comando de válvulas esteja em frente da
marcação na capa do mancal (tolerância ±2 mm) durante a execução das regulagens, caso
contrário há um risco do rolete do balancim não ficar em contato com o círculo básico da árvore
de comando de válvulas.
Marcação de regulagem, capa do mancal
Nas versões antigas de motores, a capa do mancal da árvore de comando de válvulas possui
duas marcações, separadas em 5 mm.
A linha na árvore de comando de válvulas deve estar entre as marcações na capa do mancal
As instruções abaixo mostram a seqüência em que as válvulas e as unidades injetoras devem
 Válvulas de escape VEB, regulagem
 Válvulas de admissão, regulagem
 Unidade injetora, regulagem de pré
as válvulas e as unidades injetoras devem ser reguladas na seqüência indicada
pelas marcações na árvore de comando de válvulas quando o motor for girado no sentido
Regulando nesta seqüência, será necessário girar somente duas vezes a árvore de com
de válvulas para regular todas as válvulas e unidades injetoras.
O ideal é marcar os balancins que foram verificados/regulados com uma caneta de marcação.
Atenção
Se a regulagem for realizada no veículo, certificar se de que a caixa de mudanças está na
posição neutra, que o freio de estacionamento está aplicado e que a chave de partida está
na posição 0.
Remover a tampa de inspeção na parte de baixo da carcaça do volante do motor
Remover os fusíveis do sistema de controle do motor e instalar a ferramenta de
da, consultar as instruções para funcionamento do
Válvulas de escape VEB, regulagem
Atenção
Tomar cuidado para não danificar a válvula e a guia de válvula ao soltar ou apertar a
porca de regulagem. Nos casos aplicáveis, utilizar uma chave para evitar o deslocamento
da ponte de válvula.
Girar o motor com o motor de partida de acordo com as instruções, ou girar o volante do motor
com a ferramenta 9996956, até que a primeira marcação da válvula de escape na árvore de
comando de válvulas esteja alinhada com a marcação na capa do mancal, tolerância ±2 mm
(ou entre as marcações).
Verificar as marcações de dígitos da árvore de comando de válvulas para ver se cilindros
caso seja utilizado o motor de partida ao invés da ferramenta.
Verificar se a marcação da árvore de comando de válvulas que está em frente da marcação na
capa do mancal é para a regulagem das válvulas de escape. Por exemplo, V5.
Regular para folga zero no calibrador da válvula soltando o parafuso de regulagem de mo
que o mesmo não fique em contato com a haste da válvula.
a haste da válvula e após isto, parafusá lo mais uma face do sextavado, mas não aperte a
deve ser pressionado ao mesmo tempo para fazer contato com a haste da válvula.
É muito importante que a pressão seja aplicada o mais perto possível do parafuso de
agem, ver a seta na ilustração.
Pressionar o balancim como mostrado na ilustração. Se o balancim recuar, a mola do êmbolo
do balancim deverá ser puxada para fora, ao mesmo tempo que
entrar em contato com as hastes das válvulas.
A película de óleo que pode estar dentro do êmbolo é puncionada quando o êmbolo se solta do
A presença de contaminantes entre o êmbolo do balancim e o balancim pode causar o
emperramento do êmbolo e falhas de funcionamento da função de freio no cilindro.
se de que a superfície deslizante do êmbolo no balancim não está danificada.
Medir a folga da válvula utilizando um medidor apalpador, anotar o valor e compará
valor fornecido nas Especificações
Nota! Girar a luva de encosto do balancim para garantir que a mesma não incline quando a
medição for realizada.
Se a folga da válvula estiver de acordo com as especificações, apertar a porca trava de acordo
Atenção
cuidado para não danificar a válvula e a guia de válvula ao soltar ou apertar a
porca de regulagem. Nos casos aplicáveis, utilizar uma chave para evitar o deslocamento
da ponte de válvula.
Se necessitar regular a folga da válvula, remover a porca trava e os calços de regulagem, sem
Calcular, com base no valor medido, a espessura necessária do(s) novo(s) calço(s) de
Pode ser utilizado no máximo dois calços de regulagem.
(Se for utilizar dois calços de regulagem, selecionar os calços de regulagem de forma que
Nota! A espessura dos calços de regulagem aumenta em passos de 0,05 mm, e a espessura
está gravada em cada calço de regulagem.
kit 11712372 (kit de calços de regulagem VEB).
se de que os calços de regulagem e o calibrador da válvula estejam completamente
limpos. Instalar os calços de regulagem e apertar o parafuso trava co
Nota! O parafuso de regulagem não deve ser movimentado durante o aperto da porca.
Medir novamente a folga da válvula.
Válvulas de admissão, regulagem
Girar o motor na direção de rotação para a próxima marcação na árvore de comando de
válvulas para a regulagem das válvulas de admissão.
Há duas variantes de válvula de admissão: calibrador com pino guia e calibrador flutuant
Ir para o próximo item.
contato com a haste da válvula e após isto, parafusá
calibrador para que o mesmo entre em contato com a haste da válvula. É
a pressão seja aplicada o mais perto possível do parafuso de regulagem, ver a seta na
ilustração.
Válvula de admissão com calibrador flutuante.
Regular a folga correta das válvulas de acordo com especificação, consultar
Medir novamente a folga da válvula.
Marcar o balancim quando a válvula estiver regulada.
se de que a marcação na capa do mancal esteja em frente da linha na árvore
de comando de válvulas que indica a regulagem da válvula de admissão e unidade injetora nos
Anotar o fabricante da unidade injetora instalada no motor, já que o método de regulagem
Unidade injetora, regulagem de pré
Verificar se linha na árvore de comando de válvulas para a regulagem das válvulas
admissão e das unidades injetoras está em frente da marcação na capa do mancal, tolerância
±2 mm (ou entre as marcações).
Verificar as marcações de dígitos na árvore de comando de válvulas para ver em quais
cilindros a pré
seja removida, caso seja utilizado o motor de partida ao invés da ferramenta.
injetora de modo que não haja
nenhuma folga entre o mesmo e a árvore de comando de válvulas.
Válido somente para as unidades injetoras Delphi e Lucas:
Aplicar uma pré
Válido somente para as unidades injetoras Bosch:
Instalar o medidor 9998583 no relógio indicador 9989876 e o relógio comparador na base
magnética 999696.
Instalar o relógio comparador de modo que o flange do medidor encoste no disco da mola da
unidade injetora e a ponta esteja voltada para a superfície entre o assento da mola e a válvula
de combustível.
Aplicar uma pré carga no relógio comparador de 2
Aplicar uma pré carga na unidade injetora parafusando o parafuso de regulagem até que
medidor se assente na superfície e o relógio comparador pare de mover.
78791852 sistema-de-combustivel-volvo-fh12-d12 a-1

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

101856639 apresentacao-sistema-eletrico-pc-2000
101856639 apresentacao-sistema-eletrico-pc-2000101856639 apresentacao-sistema-eletrico-pc-2000
101856639 apresentacao-sistema-eletrico-pc-2000
paulo cesar
 
71318936 reles-fusiveis-localizacao-gm-fiat-ford-vw
71318936 reles-fusiveis-localizacao-gm-fiat-ford-vw71318936 reles-fusiveis-localizacao-gm-fiat-ford-vw
71318936 reles-fusiveis-localizacao-gm-fiat-ford-vw
rush_br
 
Manaul de serviço ms cbx250 (2001) cabecote
Manaul de serviço ms cbx250 (2001) cabecoteManaul de serviço ms cbx250 (2001) cabecote
Manaul de serviço ms cbx250 (2001) cabecote
Thiago Huari
 
3.0 denso i art-euro 6_2013 a 2015
3.0 denso i art-euro 6_2013 a 20153.0 denso i art-euro 6_2013 a 2015
3.0 denso i art-euro 6_2013 a 2015
Geraldo Sebastian
 
Manual de serviço cb600 f hornet embreagem
Manual de serviço cb600 f hornet embreagemManual de serviço cb600 f hornet embreagem
Manual de serviço cb600 f hornet embreagem
Thiago Huari
 
Manual de sintomas e falhas
Manual de sintomas e falhasManual de sintomas e falhas
Manual de sintomas e falhas
Robson Cavalheiro
 
Manual serviço c 100 biz - 00 x6b-gce-761 embreage
Manual serviço c 100 biz - 00 x6b-gce-761 embreageManual serviço c 100 biz - 00 x6b-gce-761 embreage
Manual serviço c 100 biz - 00 x6b-gce-761 embreage
Thiago Huari
 
esquema eletrico do Renault clio-1-0-16
esquema eletrico do Renault clio-1-0-16esquema eletrico do Renault clio-1-0-16
esquema eletrico do Renault clio-1-0-16
eletrocarservice
 
Manual de serviço cg125 titan ks es cg125 cargo diagrama
Manual de serviço cg125 titan ks es cg125 cargo diagramaManual de serviço cg125 titan ks es cg125 cargo diagrama
Manual de serviço cg125 titan ks es cg125 cargo diagrama
Thiago Huari
 
Regulagem de Valvulas e Unid. Injet Motor Scania
Regulagem de Valvulas e Unid. Injet  Motor ScaniaRegulagem de Valvulas e Unid. Injet  Motor Scania
Regulagem de Valvulas e Unid. Injet Motor Scania
Luiz Antonio da Silva
 
Maxxforce Euro v Agrale
Maxxforce Euro v Agrale Maxxforce Euro v Agrale
Maxxforce Euro v Agrale
Geraldo Sebastian
 
Manaul de serviço ms cbx250 (2001) manutencao
Manaul de serviço ms cbx250 (2001) manutencaoManaul de serviço ms cbx250 (2001) manutencao
Manaul de serviço ms cbx250 (2001) manutencao
Thiago Huari
 
Manual de serviço supl xr250
Manual de serviço supl xr250Manual de serviço supl xr250
Manual de serviço supl xr250
Thiago Huari
 
MANUAL DO MOTOR MWM SPRINT 4.07 6.07
MANUAL DO MOTOR MWM SPRINT 4.07 6.07MANUAL DO MOTOR MWM SPRINT 4.07 6.07
MANUAL DO MOTOR MWM SPRINT 4.07 6.07
Elson Dorigon
 
Manual de serviço ms cg125 fan (6) suplemento 00 x6b-kgaz-002
Manual de serviço ms cg125 fan (6) suplemento   00 x6b-kgaz-002Manual de serviço ms cg125 fan (6) suplemento   00 x6b-kgaz-002
Manual de serviço ms cg125 fan (6) suplemento 00 x6b-kgaz-002
Thiago Huari
 
Manual de serviço cg125 titan ks es kse cg125 cargo (2002) informac
Manual de serviço cg125 titan  ks es kse cg125 cargo (2002) informacManual de serviço cg125 titan  ks es kse cg125 cargo (2002) informac
Manual de serviço cg125 titan ks es kse cg125 cargo (2002) informac
Thiago Huari
 
Manual de serviço xr250 embreagem
Manual de serviço xr250 embreagemManual de serviço xr250 embreagem
Manual de serviço xr250 embreagem
Thiago Huari
 
Manual de serviço cg125 titan ks es cg125 cargo infgeral
Manual de serviço cg125 titan ks es cg125 cargo infgeralManual de serviço cg125 titan ks es cg125 cargo infgeral
Manual de serviço cg125 titan ks es cg125 cargo infgeral
Thiago Huari
 
Manual de serviço supl nx4 falcon
Manual de serviço supl nx4 falconManual de serviço supl nx4 falcon
Manual de serviço supl nx4 falcon
Thiago Huari
 
Tabela de torque
Tabela de torqueTabela de torque

Mais procurados (20)

101856639 apresentacao-sistema-eletrico-pc-2000
101856639 apresentacao-sistema-eletrico-pc-2000101856639 apresentacao-sistema-eletrico-pc-2000
101856639 apresentacao-sistema-eletrico-pc-2000
 
71318936 reles-fusiveis-localizacao-gm-fiat-ford-vw
71318936 reles-fusiveis-localizacao-gm-fiat-ford-vw71318936 reles-fusiveis-localizacao-gm-fiat-ford-vw
71318936 reles-fusiveis-localizacao-gm-fiat-ford-vw
 
Manaul de serviço ms cbx250 (2001) cabecote
Manaul de serviço ms cbx250 (2001) cabecoteManaul de serviço ms cbx250 (2001) cabecote
Manaul de serviço ms cbx250 (2001) cabecote
 
3.0 denso i art-euro 6_2013 a 2015
3.0 denso i art-euro 6_2013 a 20153.0 denso i art-euro 6_2013 a 2015
3.0 denso i art-euro 6_2013 a 2015
 
Manual de serviço cb600 f hornet embreagem
Manual de serviço cb600 f hornet embreagemManual de serviço cb600 f hornet embreagem
Manual de serviço cb600 f hornet embreagem
 
Manual de sintomas e falhas
Manual de sintomas e falhasManual de sintomas e falhas
Manual de sintomas e falhas
 
Manual serviço c 100 biz - 00 x6b-gce-761 embreage
Manual serviço c 100 biz - 00 x6b-gce-761 embreageManual serviço c 100 biz - 00 x6b-gce-761 embreage
Manual serviço c 100 biz - 00 x6b-gce-761 embreage
 
esquema eletrico do Renault clio-1-0-16
esquema eletrico do Renault clio-1-0-16esquema eletrico do Renault clio-1-0-16
esquema eletrico do Renault clio-1-0-16
 
Manual de serviço cg125 titan ks es cg125 cargo diagrama
Manual de serviço cg125 titan ks es cg125 cargo diagramaManual de serviço cg125 titan ks es cg125 cargo diagrama
Manual de serviço cg125 titan ks es cg125 cargo diagrama
 
Regulagem de Valvulas e Unid. Injet Motor Scania
Regulagem de Valvulas e Unid. Injet  Motor ScaniaRegulagem de Valvulas e Unid. Injet  Motor Scania
Regulagem de Valvulas e Unid. Injet Motor Scania
 
Maxxforce Euro v Agrale
Maxxforce Euro v Agrale Maxxforce Euro v Agrale
Maxxforce Euro v Agrale
 
Manaul de serviço ms cbx250 (2001) manutencao
Manaul de serviço ms cbx250 (2001) manutencaoManaul de serviço ms cbx250 (2001) manutencao
Manaul de serviço ms cbx250 (2001) manutencao
 
Manual de serviço supl xr250
Manual de serviço supl xr250Manual de serviço supl xr250
Manual de serviço supl xr250
 
MANUAL DO MOTOR MWM SPRINT 4.07 6.07
MANUAL DO MOTOR MWM SPRINT 4.07 6.07MANUAL DO MOTOR MWM SPRINT 4.07 6.07
MANUAL DO MOTOR MWM SPRINT 4.07 6.07
 
Manual de serviço ms cg125 fan (6) suplemento 00 x6b-kgaz-002
Manual de serviço ms cg125 fan (6) suplemento   00 x6b-kgaz-002Manual de serviço ms cg125 fan (6) suplemento   00 x6b-kgaz-002
Manual de serviço ms cg125 fan (6) suplemento 00 x6b-kgaz-002
 
Manual de serviço cg125 titan ks es kse cg125 cargo (2002) informac
Manual de serviço cg125 titan  ks es kse cg125 cargo (2002) informacManual de serviço cg125 titan  ks es kse cg125 cargo (2002) informac
Manual de serviço cg125 titan ks es kse cg125 cargo (2002) informac
 
Manual de serviço xr250 embreagem
Manual de serviço xr250 embreagemManual de serviço xr250 embreagem
Manual de serviço xr250 embreagem
 
Manual de serviço cg125 titan ks es cg125 cargo infgeral
Manual de serviço cg125 titan ks es cg125 cargo infgeralManual de serviço cg125 titan ks es cg125 cargo infgeral
Manual de serviço cg125 titan ks es cg125 cargo infgeral
 
Manual de serviço supl nx4 falcon
Manual de serviço supl nx4 falconManual de serviço supl nx4 falcon
Manual de serviço supl nx4 falcon
 
Tabela de torque
Tabela de torqueTabela de torque
Tabela de torque
 

Destaque

Manual de manutenção de caminhões eletrônicos
Manual de manutenção de caminhões eletrônicosManual de manutenção de caminhões eletrônicos
Manual de manutenção de caminhões eletrônicos
Marcelo Auler
 
Feedback to Interns_Certificate_GOLFETTO_Mercedes-Benz of Brazil Ltd
Feedback to Interns_Certificate_GOLFETTO_Mercedes-Benz of Brazil LtdFeedback to Interns_Certificate_GOLFETTO_Mercedes-Benz of Brazil Ltd
Feedback to Interns_Certificate_GOLFETTO_Mercedes-Benz of Brazil Ltd
Vinícius Golfetto
 
Delphi gas diesel system seminario combustíveis aea- junho
Delphi gas diesel system   seminario combustíveis aea- junhoDelphi gas diesel system   seminario combustíveis aea- junho
Delphi gas diesel system seminario combustíveis aea- junho
Geraldo Sebastian
 
Ferramental bosch diesel
Ferramental bosch   dieselFerramental bosch   diesel
Ferramental bosch diesel
Evan's Magalhaes
 
Situacao dos bio combustiveis no brasil cristiane z. de an
Situacao dos bio combustiveis no brasil   cristiane z. de anSituacao dos bio combustiveis no brasil   cristiane z. de an
Situacao dos bio combustiveis no brasil cristiane z. de an
Geraldo Sebastian
 
Bosch catálogo diesel bombas ve 1999 2000
Bosch catálogo diesel bombas ve 1999 2000Bosch catálogo diesel bombas ve 1999 2000
Bosch catálogo diesel bombas ve 1999 2000
Adilson Amorim
 
TRUK 35
TRUK 35TRUK 35
E book 10-partidas-de-motores
E book 10-partidas-de-motoresE book 10-partidas-de-motores
E book 10-partidas-de-motores
Rafael Santana
 
Sistema dual fuel gnv óleo diesel visão bosch - sidney oli
Sistema dual fuel gnv   óleo diesel visão bosch - sidney oliSistema dual fuel gnv   óleo diesel visão bosch - sidney oli
Sistema dual fuel gnv óleo diesel visão bosch - sidney oli
Geraldo Sebastian
 
Apostila f 250 completa
Apostila   f 250 completaApostila   f 250 completa
Apostila f 250 completa
edivan almeida
 
Injecao eletronica
Injecao eletronicaInjecao eletronica
Injecao eletronica
Galdeci Leal
 
Codigos de falhas kaptor .com
Codigos de falhas kaptor .comCodigos de falhas kaptor .com
Codigos de falhas kaptor .com
Jose Soares
 
Volvo manual
Volvo manualVolvo manual
Volvo manual
luis Esquivel
 
Tabela teste injetores bosch denso siemens
Tabela teste injetores bosch denso siemensTabela teste injetores bosch denso siemens
Tabela teste injetores bosch denso siemens
Junior Iung
 
Eletricidade automotiva i
Eletricidade automotiva iEletricidade automotiva i
Eletricidade automotiva i
Ramires Nascimento
 
Sistema elétrico veicular
Sistema elétrico veicularSistema elétrico veicular
Sistema elétrico veicular
Fernando Mattos
 
Bosch catálogo diesel injeção eletronico 2016
Bosch catálogo diesel injeção eletronico 2016Bosch catálogo diesel injeção eletronico 2016
Bosch catálogo diesel injeção eletronico 2016
LEODECIO BELO OLIVEIRA
 
Catalogo diesel delphi 2015 2016
Catalogo diesel delphi 2015 2016Catalogo diesel delphi 2015 2016
Catalogo diesel delphi 2015 2016
Junior Iung
 
manuais serviço caminhões VW
manuais serviço caminhões VWmanuais serviço caminhões VW
manuais serviço caminhões VW
Mauro Reis
 
Eletricidade básica automotiva
Eletricidade básica automotivaEletricidade básica automotiva
Eletricidade básica automotiva
Headri Zaus
 

Destaque (20)

Manual de manutenção de caminhões eletrônicos
Manual de manutenção de caminhões eletrônicosManual de manutenção de caminhões eletrônicos
Manual de manutenção de caminhões eletrônicos
 
Feedback to Interns_Certificate_GOLFETTO_Mercedes-Benz of Brazil Ltd
Feedback to Interns_Certificate_GOLFETTO_Mercedes-Benz of Brazil LtdFeedback to Interns_Certificate_GOLFETTO_Mercedes-Benz of Brazil Ltd
Feedback to Interns_Certificate_GOLFETTO_Mercedes-Benz of Brazil Ltd
 
Delphi gas diesel system seminario combustíveis aea- junho
Delphi gas diesel system   seminario combustíveis aea- junhoDelphi gas diesel system   seminario combustíveis aea- junho
Delphi gas diesel system seminario combustíveis aea- junho
 
Ferramental bosch diesel
Ferramental bosch   dieselFerramental bosch   diesel
Ferramental bosch diesel
 
Situacao dos bio combustiveis no brasil cristiane z. de an
Situacao dos bio combustiveis no brasil   cristiane z. de anSituacao dos bio combustiveis no brasil   cristiane z. de an
Situacao dos bio combustiveis no brasil cristiane z. de an
 
Bosch catálogo diesel bombas ve 1999 2000
Bosch catálogo diesel bombas ve 1999 2000Bosch catálogo diesel bombas ve 1999 2000
Bosch catálogo diesel bombas ve 1999 2000
 
TRUK 35
TRUK 35TRUK 35
TRUK 35
 
E book 10-partidas-de-motores
E book 10-partidas-de-motoresE book 10-partidas-de-motores
E book 10-partidas-de-motores
 
Sistema dual fuel gnv óleo diesel visão bosch - sidney oli
Sistema dual fuel gnv   óleo diesel visão bosch - sidney oliSistema dual fuel gnv   óleo diesel visão bosch - sidney oli
Sistema dual fuel gnv óleo diesel visão bosch - sidney oli
 
Apostila f 250 completa
Apostila   f 250 completaApostila   f 250 completa
Apostila f 250 completa
 
Injecao eletronica
Injecao eletronicaInjecao eletronica
Injecao eletronica
 
Codigos de falhas kaptor .com
Codigos de falhas kaptor .comCodigos de falhas kaptor .com
Codigos de falhas kaptor .com
 
Volvo manual
Volvo manualVolvo manual
Volvo manual
 
Tabela teste injetores bosch denso siemens
Tabela teste injetores bosch denso siemensTabela teste injetores bosch denso siemens
Tabela teste injetores bosch denso siemens
 
Eletricidade automotiva i
Eletricidade automotiva iEletricidade automotiva i
Eletricidade automotiva i
 
Sistema elétrico veicular
Sistema elétrico veicularSistema elétrico veicular
Sistema elétrico veicular
 
Bosch catálogo diesel injeção eletronico 2016
Bosch catálogo diesel injeção eletronico 2016Bosch catálogo diesel injeção eletronico 2016
Bosch catálogo diesel injeção eletronico 2016
 
Catalogo diesel delphi 2015 2016
Catalogo diesel delphi 2015 2016Catalogo diesel delphi 2015 2016
Catalogo diesel delphi 2015 2016
 
manuais serviço caminhões VW
manuais serviço caminhões VWmanuais serviço caminhões VW
manuais serviço caminhões VW
 
Eletricidade básica automotiva
Eletricidade básica automotivaEletricidade básica automotiva
Eletricidade básica automotiva
 

Semelhante a 78791852 sistema-de-combustivel-volvo-fh12-d12 a-1

Manual de serviço cb400 cabecote
Manual de serviço cb400 cabecoteManual de serviço cb400 cabecote
Manual de serviço cb400 cabecote
Thiago Huari
 
Manual de serviço cb400 (1980) ms.001 05-80 cabecote
Manual de serviço cb400 (1980)   ms.001 05-80 cabecoteManual de serviço cb400 (1980)   ms.001 05-80 cabecote
Manual de serviço cb400 (1980) ms.001 05-80 cabecote
Thiago Huari
 
Manual de serviço turuna (1983) ms441831 p cabecote
Manual de serviço turuna (1983)   ms441831 p cabecoteManual de serviço turuna (1983)   ms441831 p cabecote
Manual de serviço turuna (1983) ms441831 p cabecote
Thiago Huari
 
Manual de serviço turuna83 cabecote
Manual de serviço turuna83 cabecoteManual de serviço turuna83 cabecote
Manual de serviço turuna83 cabecote
Thiago Huari
 
Manual serviço c 100 biz - 00 x6b-gce-761 cabecote
Manual serviço c 100 biz - 00 x6b-gce-761 cabecoteManual serviço c 100 biz - 00 x6b-gce-761 cabecote
Manual serviço c 100 biz - 00 x6b-gce-761 cabecote
Thiago Huari
 
Manual de serviço ch125 spacy (1993) mskv8931 p cabecote
Manual de serviço ch125 spacy (1993)   mskv8931 p cabecoteManual de serviço ch125 spacy (1993)   mskv8931 p cabecote
Manual de serviço ch125 spacy (1993) mskv8931 p cabecote
Thiago Huari
 
Manual de serviço spacy cabecote
Manual de serviço spacy cabecoteManual de serviço spacy cabecote
Manual de serviço spacy cabecote
Thiago Huari
 
Ajuste válvulas
Ajuste válvulasAjuste válvulas
Ajuste válvulas
ValdeirAlmeida7
 
Manual de serviço vt600 c cabecote
Manual de serviço vt600 c cabecoteManual de serviço vt600 c cabecote
Manual de serviço vt600 c cabecote
Thiago Huari
 
Manual de serviço vt600 c 00x6b-mz8-601 cabecote
Manual de serviço vt600 c   00x6b-mz8-601 cabecoteManual de serviço vt600 c   00x6b-mz8-601 cabecote
Manual de serviço vt600 c 00x6b-mz8-601 cabecote
Thiago Huari
 
Manual serviço c 100 biz c-100 biz es c-100 biz+ (2002) - 00 x6b-gce-763 cabe...
Manual serviço c 100 biz c-100 biz es c-100 biz+ (2002) - 00 x6b-gce-763 cabe...Manual serviço c 100 biz c-100 biz es c-100 biz+ (2002) - 00 x6b-gce-763 cabe...
Manual serviço c 100 biz c-100 biz es c-100 biz+ (2002) - 00 x6b-gce-763 cabe...
Thiago Huari
 
Manual de serviço cbx750 f cabecote
Manual de serviço cbx750 f cabecoteManual de serviço cbx750 f cabecote
Manual de serviço cbx750 f cabecote
Thiago Huari
 
Manual de serviço cbx750 f (1990) cabecote
Manual de serviço cbx750 f (1990) cabecoteManual de serviço cbx750 f (1990) cabecote
Manual de serviço cbx750 f (1990) cabecote
Thiago Huari
 
Manual de serviço cb500 00 x6b-my5-001 cabecote
Manual de serviço cb500   00 x6b-my5-001 cabecoteManual de serviço cb500   00 x6b-my5-001 cabecote
Manual de serviço cb500 00 x6b-my5-001 cabecote
Thiago Huari
 
Manual de serviço cb500 cabecote
Manual de serviço cb500 cabecoteManual de serviço cb500 cabecote
Manual de serviço cb500 cabecote
Thiago Huari
 
Manual de serviço cbx750 f lubrific
Manual de serviço cbx750 f lubrificManual de serviço cbx750 f lubrific
Manual de serviço cbx750 f lubrific
Thiago Huari
 
Manual de serviço cbx750 f (1990) lubrific
Manual de serviço cbx750 f (1990) lubrificManual de serviço cbx750 f (1990) lubrific
Manual de serviço cbx750 f (1990) lubrific
Thiago Huari
 
Manual de serviço vt600 c cilindro
Manual de serviço vt600 c cilindroManual de serviço vt600 c cilindro
Manual de serviço vt600 c cilindro
Thiago Huari
 
Manual de serviço vt600 c 00x6b-mz8-601 cilindro
Manual de serviço vt600 c   00x6b-mz8-601 cilindroManual de serviço vt600 c   00x6b-mz8-601 cilindro
Manual de serviço vt600 c 00x6b-mz8-601 cilindro
Thiago Huari
 
Manual serviço 125 ml83 cabecote
Manual serviço 125 ml83 cabecoteManual serviço 125 ml83 cabecote
Manual serviço 125 ml83 cabecote
Thiago Huari
 

Semelhante a 78791852 sistema-de-combustivel-volvo-fh12-d12 a-1 (20)

Manual de serviço cb400 cabecote
Manual de serviço cb400 cabecoteManual de serviço cb400 cabecote
Manual de serviço cb400 cabecote
 
Manual de serviço cb400 (1980) ms.001 05-80 cabecote
Manual de serviço cb400 (1980)   ms.001 05-80 cabecoteManual de serviço cb400 (1980)   ms.001 05-80 cabecote
Manual de serviço cb400 (1980) ms.001 05-80 cabecote
 
Manual de serviço turuna (1983) ms441831 p cabecote
Manual de serviço turuna (1983)   ms441831 p cabecoteManual de serviço turuna (1983)   ms441831 p cabecote
Manual de serviço turuna (1983) ms441831 p cabecote
 
Manual de serviço turuna83 cabecote
Manual de serviço turuna83 cabecoteManual de serviço turuna83 cabecote
Manual de serviço turuna83 cabecote
 
Manual serviço c 100 biz - 00 x6b-gce-761 cabecote
Manual serviço c 100 biz - 00 x6b-gce-761 cabecoteManual serviço c 100 biz - 00 x6b-gce-761 cabecote
Manual serviço c 100 biz - 00 x6b-gce-761 cabecote
 
Manual de serviço ch125 spacy (1993) mskv8931 p cabecote
Manual de serviço ch125 spacy (1993)   mskv8931 p cabecoteManual de serviço ch125 spacy (1993)   mskv8931 p cabecote
Manual de serviço ch125 spacy (1993) mskv8931 p cabecote
 
Manual de serviço spacy cabecote
Manual de serviço spacy cabecoteManual de serviço spacy cabecote
Manual de serviço spacy cabecote
 
Ajuste válvulas
Ajuste válvulasAjuste válvulas
Ajuste válvulas
 
Manual de serviço vt600 c cabecote
Manual de serviço vt600 c cabecoteManual de serviço vt600 c cabecote
Manual de serviço vt600 c cabecote
 
Manual de serviço vt600 c 00x6b-mz8-601 cabecote
Manual de serviço vt600 c   00x6b-mz8-601 cabecoteManual de serviço vt600 c   00x6b-mz8-601 cabecote
Manual de serviço vt600 c 00x6b-mz8-601 cabecote
 
Manual serviço c 100 biz c-100 biz es c-100 biz+ (2002) - 00 x6b-gce-763 cabe...
Manual serviço c 100 biz c-100 biz es c-100 biz+ (2002) - 00 x6b-gce-763 cabe...Manual serviço c 100 biz c-100 biz es c-100 biz+ (2002) - 00 x6b-gce-763 cabe...
Manual serviço c 100 biz c-100 biz es c-100 biz+ (2002) - 00 x6b-gce-763 cabe...
 
Manual de serviço cbx750 f cabecote
Manual de serviço cbx750 f cabecoteManual de serviço cbx750 f cabecote
Manual de serviço cbx750 f cabecote
 
Manual de serviço cbx750 f (1990) cabecote
Manual de serviço cbx750 f (1990) cabecoteManual de serviço cbx750 f (1990) cabecote
Manual de serviço cbx750 f (1990) cabecote
 
Manual de serviço cb500 00 x6b-my5-001 cabecote
Manual de serviço cb500   00 x6b-my5-001 cabecoteManual de serviço cb500   00 x6b-my5-001 cabecote
Manual de serviço cb500 00 x6b-my5-001 cabecote
 
Manual de serviço cb500 cabecote
Manual de serviço cb500 cabecoteManual de serviço cb500 cabecote
Manual de serviço cb500 cabecote
 
Manual de serviço cbx750 f lubrific
Manual de serviço cbx750 f lubrificManual de serviço cbx750 f lubrific
Manual de serviço cbx750 f lubrific
 
Manual de serviço cbx750 f (1990) lubrific
Manual de serviço cbx750 f (1990) lubrificManual de serviço cbx750 f (1990) lubrific
Manual de serviço cbx750 f (1990) lubrific
 
Manual de serviço vt600 c cilindro
Manual de serviço vt600 c cilindroManual de serviço vt600 c cilindro
Manual de serviço vt600 c cilindro
 
Manual de serviço vt600 c 00x6b-mz8-601 cilindro
Manual de serviço vt600 c   00x6b-mz8-601 cilindroManual de serviço vt600 c   00x6b-mz8-601 cilindro
Manual de serviço vt600 c 00x6b-mz8-601 cilindro
 
Manual serviço 125 ml83 cabecote
Manual serviço 125 ml83 cabecoteManual serviço 125 ml83 cabecote
Manual serviço 125 ml83 cabecote
 

Último

cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
MatheusSousa716350
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Mary Alvarenga
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
Manuais Formação
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
ProfessoraTatianaT
 
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdfUFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
Manuais Formação
 
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidadeAula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
AlessandraRibas7
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
AlineOliveira625820
 
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
Gênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9ºGênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9º
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
sjcelsorocha
 
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.pptFUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
MarceloMonteiro213738
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
DouglasMoraes54
 
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
TiagoLouro8
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
Manuais Formação
 
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃOAUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
FernandaOliveira758273
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
ANDRÉA FERREIRA
 
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdfConcurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
TathyLopes1
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
fran0410
 
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
SidneySilva523387
 
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTALPlanejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
katbrochier1
 
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdfAula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Marília Pacheco
 
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 

Último (20)

cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
 
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdfUFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
 
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidadeAula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
 
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
Gênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9ºGênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9º
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
 
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.pptFUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
 
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
 
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃOAUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
 
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdfConcurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
 
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
 
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTALPlanejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
 
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdfAula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
 
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
 

78791852 sistema-de-combustivel-volvo-fh12-d12 a-1

  • 1. Sistema de combustível Ordem de injeção Ordem de injeção..... – – – – – Bomba de alimentação Pressão de alimentação a 1000 rpm (pressão de abertura da válvula de alívio de pressão)..... Mín 250 Mín 350 Válvula de alívio de pressão Pressão de abertura..... – – Consumo de combustível
  • 2. carga, o consumo de combustível deve estar dentro da área B. O veículo deve – Pré 68,9 ± 0,1 mm Pré 4 faces do sextavado (0,75 ± 0,05 mm) O número do tipo
  • 3. Apertar o parafuso de regulagem até a folga zero em relação a árvore de comando de válvulas 2 Válvulas da bomba de alimentação, substituição Válvula de segurança Válvula unidirecional para bomba manual Válvula de respiro (válvula de retorno) Limpar em volta da bomba de alimentação e suas conexões de combustível. Cortar as braçadeiras que prendem o cabo no suporte embaixo do alternador.
  • 4. Remover os tubos de combustível da bomba de alimentação.
  • 5. Remover as válvulas. Limpar as sedes das válvulas soprando com ar comprimido a válvula de retorno. Instalar as novas válvulas em suas posições. Apertá  1. 8±1 Nm  2a. 8±1 Nm  2b. 20±1 Nm  3. 35±5 Nm  4. 35±5 Nm se de que a mola e o bujão corretos foram instalados em suas respectivas válvulas. Se as molas forem trocadas, o funcionamento da bomba será prejudicado. A mola e o bujão incluídos no kit de reposição devem ser montados na posição 4. nectar os tubos de combustível. Usar novos anéis de vedação. combustível. Abrir o terminal e sangrar o sistema usando a bomba manual até que saia combustível sem bolhas pela mangueira. Fechar o terminal. Remover a mangueira e instalar a tampa de proteção no terminal. Conectar a mangueira no terminal de sangria localizado no cabeçote e sangrá a como executado no suporte do filtro de combustível. Verificar o funcionamento e a existência de vazamentos. Atenção
  • 6. Ligar o motor e deixá que todo o ar saia do sistema de combustível. Verificar se não ocorreram códigos de falha. . substituição
  • 7. Há diferentes variantes de camisa de cobre nos motores D12, ver a ilustração acima. Antes de substituir a camisa de cobre, verificar qual variante está instalada no cabeçote, para só é encontrada em produção a partir e incluindo o número de motor 127800. A camisa de cobre é removida com uma ferramenta M9 (macho).
  • 8. , ver a ilustração. Nota! Uma vez que as ilustrações utilizadas nas Publicações de Serviço são válidas para tes da variante em questão. As informações essenciais apresentadas nas ilustrações, no entanto, são precisas. Drenar o líquido de arrefecimento. Remover os calibradores das válvulas. Nota! Marcar a posição dos calibradores das válvulas. ) para evitar que entre sujeira nos canais de combustível
  • 9. Girar o volante do motor até que o pistão não esteja no cilindro onde a camisa de cobre será substituída. durante a medição do furo
  • 10. Sempre realizar a seguinte verificação antes de remover a camisa de cobre. Verificar sempre que variante de camisa de cobre está instalada no cabeçote antes de iniciar o trabalho. Verificar o diâmetro elo furo na camisa, este é de 7,7 mm. Se a broca não então o furo é de 7,4 mm. Nota! Dependendo do diâmetro do furo ar uma ferramenta com diâmetro M8 e para furos de 7,7 mm, utilizar uma ferramenta com diâmetro M9. Nota! Lubrificar a ponta do adapatador de remoção com graxa. A graxa evita que as limalhas Rosquear o adaptador de remoção diâmetro do furo
  • 11. Nota! Utilizar a ferramenta 9809746 ou 9809668 dependendo do diâmetro do furo
  • 12. Limpar o assento da camisa de cobre no cabeçote.
  • 13. Limpar as paredes do cabeço nos canais de combustível. Limpar o furo no cabeçote. no canal de combustível.
  • 14. Girar o volante do motor com a ferramenta 9996956 até o pistão ficar no fundo do cilindro. danifique o pistão devido ao seu comprimento. Lubrificar o novo retentor da camisa de cobre com água e sabão.
  • 15. Colocar a ferramenta 9998254 ou 9998688 junto com a camisa de cobre no cabeçote. Utilizar o
  • 16. grampo da unidade injetora para manter a ferramenta na posição. Certificar de cobre se assenta no cabeçote. Nota! Após instalar uma nova camisa de cobre, seguir as instruções de torque de aperto do Reinstalar os calibradores das válvulas de acordo com a marcação. Abastecer o sistema com líquido de arrefecimento e executar um teste de estanqueidade. de cavidade esférica da unidade injetora, substituição
  • 17. Remover o anel “O” (1) que prende a tampa de cavidade esférica (2) na unidade injetora. esférica e a arruela de encosto (3) da unidade injetora. Instalar uma nova arruela de encosto na unidade injetora com o diâmetro maior voltado para Instalar uma nova tampa de cavidade esférica. Pressionar um novo anel “O” de forma que ele trave a tampa de cavidade esférica no lugar. Nota! Puxar a tampa de cavidade esférica para cima para verificar se o anel “O” está
  • 18. a de cavidade esférica (2) na unidade injetora. Remover a tampa de cavidade esférica e a arruela de encosto (3) da unidade injetora. Instalar uma nova arruela de encosto na unidade injetora com o diâmetro maior voltado para e cavidade esférica e um novo anel
  • 19. Puxar a tampa de cavidade esférica (1) com as mãos. Atenção trava (2) saltará facilmente. Proteger seus olhos. nova tampa de cavidade esférica pressionando a com as mãos.
  • 20. Puxar a tampa de cavidade esférica (1) com as mãos. Remover o anel “O” (2) e a esfera (3). Utilizar uma chave de fenda magnética ou uma ferramenta s Instalar um novo anel “O” e uma nova esfera. Instalar uma nova tampa de cavidade esférica pressionando a com as mãos.
  • 21. 3 Válvulas e unidades injetoras, regulagem Tampa das válvulas removida Nota! As regulagens das válvulas se aplicam aos motores com VEB. As marcações de regulagens se aplicam aos motores com Marcações de regulagem para válvulas e unidades injetoras
  • 22. Válvulas de escape do cilindro 6 (VEB) Válvulas de admissão e unidade injetora do cilindro 5 Além da marcação TDC do ponto morto superior do êmbolo do cilindro 1, há 12 outras marcações na árvore de comando de válvulas (2 para cada cilindro). Cada marcação consiste de um dígito (1 A letra V está gravada na frente das seis marcações dos dígitos. Os próprios dígitos indicam que os balancins das válvulas de admissão e a unidade in cilindro aplicável, estão na posição correta para a regulagem. Isto é sob a condição de que a linha marcada na árvore de comando de válvulas esteja em frente da marcação na capa do V em conjunto com um dígito, indica, da mesma forma, que o balancim das válvulas de escape está na posição correta para a regulagem. Nota! É importante que a linha na árvore de comando de válvulas esteja em frente da marcação na capa do mancal (tolerância ±2 mm) durante a execução das regulagens, caso contrário há um risco do rolete do balancim não ficar em contato com o círculo básico da árvore de comando de válvulas. Marcação de regulagem, capa do mancal
  • 23. Nas versões antigas de motores, a capa do mancal da árvore de comando de válvulas possui duas marcações, separadas em 5 mm. A linha na árvore de comando de válvulas deve estar entre as marcações na capa do mancal As instruções abaixo mostram a seqüência em que as válvulas e as unidades injetoras devem  Válvulas de escape VEB, regulagem  Válvulas de admissão, regulagem  Unidade injetora, regulagem de pré as válvulas e as unidades injetoras devem ser reguladas na seqüência indicada pelas marcações na árvore de comando de válvulas quando o motor for girado no sentido Regulando nesta seqüência, será necessário girar somente duas vezes a árvore de com de válvulas para regular todas as válvulas e unidades injetoras. O ideal é marcar os balancins que foram verificados/regulados com uma caneta de marcação.
  • 24. Atenção Se a regulagem for realizada no veículo, certificar se de que a caixa de mudanças está na posição neutra, que o freio de estacionamento está aplicado e que a chave de partida está na posição 0. Remover a tampa de inspeção na parte de baixo da carcaça do volante do motor Remover os fusíveis do sistema de controle do motor e instalar a ferramenta de da, consultar as instruções para funcionamento do Válvulas de escape VEB, regulagem Atenção Tomar cuidado para não danificar a válvula e a guia de válvula ao soltar ou apertar a porca de regulagem. Nos casos aplicáveis, utilizar uma chave para evitar o deslocamento
  • 25. da ponte de válvula. Girar o motor com o motor de partida de acordo com as instruções, ou girar o volante do motor com a ferramenta 9996956, até que a primeira marcação da válvula de escape na árvore de comando de válvulas esteja alinhada com a marcação na capa do mancal, tolerância ±2 mm (ou entre as marcações). Verificar as marcações de dígitos da árvore de comando de válvulas para ver se cilindros caso seja utilizado o motor de partida ao invés da ferramenta.
  • 26. Verificar se a marcação da árvore de comando de válvulas que está em frente da marcação na capa do mancal é para a regulagem das válvulas de escape. Por exemplo, V5. Regular para folga zero no calibrador da válvula soltando o parafuso de regulagem de mo que o mesmo não fique em contato com a haste da válvula. a haste da válvula e após isto, parafusá lo mais uma face do sextavado, mas não aperte a
  • 27. deve ser pressionado ao mesmo tempo para fazer contato com a haste da válvula. É muito importante que a pressão seja aplicada o mais perto possível do parafuso de agem, ver a seta na ilustração.
  • 28. Pressionar o balancim como mostrado na ilustração. Se o balancim recuar, a mola do êmbolo do balancim deverá ser puxada para fora, ao mesmo tempo que entrar em contato com as hastes das válvulas. A película de óleo que pode estar dentro do êmbolo é puncionada quando o êmbolo se solta do A presença de contaminantes entre o êmbolo do balancim e o balancim pode causar o emperramento do êmbolo e falhas de funcionamento da função de freio no cilindro. se de que a superfície deslizante do êmbolo no balancim não está danificada.
  • 29. Medir a folga da válvula utilizando um medidor apalpador, anotar o valor e compará valor fornecido nas Especificações Nota! Girar a luva de encosto do balancim para garantir que a mesma não incline quando a medição for realizada. Se a folga da válvula estiver de acordo com as especificações, apertar a porca trava de acordo Atenção cuidado para não danificar a válvula e a guia de válvula ao soltar ou apertar a porca de regulagem. Nos casos aplicáveis, utilizar uma chave para evitar o deslocamento da ponte de válvula.
  • 30. Se necessitar regular a folga da válvula, remover a porca trava e os calços de regulagem, sem Calcular, com base no valor medido, a espessura necessária do(s) novo(s) calço(s) de Pode ser utilizado no máximo dois calços de regulagem. (Se for utilizar dois calços de regulagem, selecionar os calços de regulagem de forma que Nota! A espessura dos calços de regulagem aumenta em passos de 0,05 mm, e a espessura está gravada em cada calço de regulagem. kit 11712372 (kit de calços de regulagem VEB). se de que os calços de regulagem e o calibrador da válvula estejam completamente limpos. Instalar os calços de regulagem e apertar o parafuso trava co Nota! O parafuso de regulagem não deve ser movimentado durante o aperto da porca.
  • 31. Medir novamente a folga da válvula. Válvulas de admissão, regulagem
  • 32. Girar o motor na direção de rotação para a próxima marcação na árvore de comando de válvulas para a regulagem das válvulas de admissão. Há duas variantes de válvula de admissão: calibrador com pino guia e calibrador flutuant Ir para o próximo item.
  • 33. contato com a haste da válvula e após isto, parafusá calibrador para que o mesmo entre em contato com a haste da válvula. É a pressão seja aplicada o mais perto possível do parafuso de regulagem, ver a seta na ilustração. Válvula de admissão com calibrador flutuante. Regular a folga correta das válvulas de acordo com especificação, consultar Medir novamente a folga da válvula. Marcar o balancim quando a válvula estiver regulada.
  • 34. se de que a marcação na capa do mancal esteja em frente da linha na árvore de comando de válvulas que indica a regulagem da válvula de admissão e unidade injetora nos Anotar o fabricante da unidade injetora instalada no motor, já que o método de regulagem Unidade injetora, regulagem de pré Verificar se linha na árvore de comando de válvulas para a regulagem das válvulas admissão e das unidades injetoras está em frente da marcação na capa do mancal, tolerância ±2 mm (ou entre as marcações). Verificar as marcações de dígitos na árvore de comando de válvulas para ver em quais cilindros a pré
  • 35. seja removida, caso seja utilizado o motor de partida ao invés da ferramenta. injetora de modo que não haja nenhuma folga entre o mesmo e a árvore de comando de válvulas. Válido somente para as unidades injetoras Delphi e Lucas: Aplicar uma pré
  • 36. Válido somente para as unidades injetoras Bosch: Instalar o medidor 9998583 no relógio indicador 9989876 e o relógio comparador na base magnética 999696. Instalar o relógio comparador de modo que o flange do medidor encoste no disco da mola da unidade injetora e a ponta esteja voltada para a superfície entre o assento da mola e a válvula de combustível.
  • 37. Aplicar uma pré carga no relógio comparador de 2 Aplicar uma pré carga na unidade injetora parafusando o parafuso de regulagem até que medidor se assente na superfície e o relógio comparador pare de mover.