SlideShare uma empresa Scribd logo
Olá, aluno(a)! Está com dificuldade ou sem tempo para elaborar
essa atividade? Iremos te ajudar!
Entre em contato
(63) 99129-5554
PROVA – FSCE - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA I
- 53/2023
1ª QUESTÃO
A palavra “política” é derivada do termo grego “politikos”, que designava os cidadãos que
viviam na “polis”. “Polis”, por sua vez, era usada para se referir à cidade e também, em
sentido mais abrangente, à sociedade organizada. Onde quer que haja duas ou mais
pessoas, haverá a necessidade de definir regras de convivência, limites de ação e deveres
comuns. A política acontece justamente no ato de existir em conjunto. Dessa forma, a
origem da política remonta à participação na comunidade, à vida coletiva. Bem diferente do
que se costuma pensar sobre a política como algo limitado aos políticos profissionais e
longe do nosso cotidiano. O filósofo grego Aristóteles definiu o ser humano como um animal
político, ou seja, um ser que inconscientemente busca a vida em comunidade, porque suas
necessidades materiais e emocionais
só podem ser satisfeitas pela convivência com outras pessoas.
Fonte: ANDRESSA, L. O que é política? Politize! 2023. Disponível em:
https://www.politize.com.br/o-que-epolitica/. Acesso em: 4 set. 2023
Com base na leitura do texto, assinale a alternativa correta:
ALTERNATIVAS
Na política, a comunidade não participa das decisões, tampouco atua na sua organização.
Aristóteles definiu o ser humano como pessoa consciente, buscando assim a vida em
sociedade.
A política não está ligada à vida em comunidade, mas a uma vida fechada aos escritórios
que os políticos ocupam.
A política é algo comum em todas as sociedades em geral, e está ligada à definição de
regras de convivência em conjunto.
A política é algo limitado aos seus profissionais, ou seja, ligado somente aos participantes
dela, e não tem qualquer relação com a comunidade.
2ª QUESTÃO
Leia o trecho a seguir:
Esta divisão “partida” do poder foi proposta por alguns autores, como Aristóteles, John
Locke e Jacques Rousseau. Entretanto, o consagrado com o conceito foi Montesquieu
(1689-1755), que era defensor da ideia de separar as atribuições do poder em três funções.
Fonte: VALENCIANO, T. A política e seu campo próprio: como entendê-la? Formação
Sociocultural e Ética
I. Maringá: UniCesumar, 2023.
Com base no exposto, assinale a alternativa correta:
A função típica do Poder Executivo é julgar.
As funções atípicas do Poder Legislativo são executar e julgar.
O Poder Judiciário é o responsável por criar as normas que regem a vida em sociedade e
por controlar as ações do Poder Executivo.
O Poder Legislativo é o responsável por interpretar e atualizar as leis, para garantir a
equidade, analisando conflitos entre indivíduos, por exemplo.
O Poder Judiciário atua nos fins diretos da administração pública, julgando os conflitos que
surgem na sociedade e garantindo os direitos fundamentais das pessoas
3ª QUESTÃO
Considere a seguinte situação fictícia:
A coexistência em sociedade requer constantes práticas éticas para convivência no coletivo,
mantendo a responsabilidade com relação à vida coletiva e cotidiana. Assim, não
compreender opinião diferente, brigas e insultos no trânsito, falta de empatia, aquele jeitinho
de passar à frente na fila, a falta de respeito às escolhas do outro vai de encontro com a
preocupação e a maneira correta ou adequada de nos portarmos, considerando que no
coletivo deve-se respeitar a liberdade e os direitos de cada um. Conviver em sociedade
demanda um conjunto de normas e acordos sociais que devem ser respeitados por todos
para que a boa convivência seja possível.
Com base no caso exposto e nos conhecimentos abordados em “Interesse Social - Ética,
Democracia e Cidadania”, assinale a alternativa correta:
A liberdade e o direito de cada indivíduo são assuntos irrelevantes à boa convivência em
sociedade.
Para convivência interpessoal harmônica, é desnecessário cumprir normas acordadas pela
sociedade.
Conviver em sociedade envolve práticas éticas refletindo na responsabilidade com relação à
vida coletiva e cotidiana.
A convivência em sociedade está intrinsecamente relacionada ao pensamento individual em
que prevalece suas vontades e necessidades e desconsidera o pensamento coletivo.
A coexistência em sociedade requer constantes práticas éticas para convivência no coletivo,
mantendo a responsabilidade com relação à vida coletiva e cotidiana. Assim, não
compreender opinião diferente, brigas e insultos no trânsito, falta de empatia, aquele jeitinho
de passar à frente na fila, a falta de respeito às es
4ª QUESTÃO
Considere a seguinte situação fictícia:
Foi durante um grupo de estudos da faculdade que Luísa tomou conhecimento de que a
Constituição Brasileira apresenta, em seu texto, artigos que seguem o padrão apontado na
Declaração Universal dos Direitos Humanos (DUDH); ela percebeu alguns temas
equivalentes. A estudante tomou nota de alguns deles, quais sejam: não-discriminação,
acesso à justiça, liberdade, segurança, propriedade, liberdade de ir e vir, liberdade de
expressão e liberdade de consciência.
Com base na análise do texto e nos conteúdos sobre “Interesse Social - Ética, Democracia
e Cidadania”,
assinale a alternativa correta:
ALTERNATIVAS
É dispensável debater sobre os Direitos Humanos, pois se trata de um tema amplamente
discutido em todas as esferas da sociedade.
Podemos dizer que, hoje em dia, a totalidade da população brasileira tem acesso amplo e
irrestrito e colabora com os Direitos Humanos.
Os Direitos Humanos restringem-se, exclusivamente, à luta dos trabalhadores em busca de
maiores salários e melhores condições de trabalho.
O avanço científico e tecnológico do presente século fez com que debates e discussões
fundamentadas nos Direitos Humanos se extinguissem.
O direito à igualdade perante a lei e o direito de constituir família sem restrição de raça,
nacionalidade ou religião, fazem parte dos Direitos Humanos
5ª QUESTÃO
Leia os textos a seguir:
Texto 1
Não necessariamente as informações contextuais estejam todas explícitas na mensagem,
podendo fazer referência às informações ditas anteriormente ou mesmo ao tipo de relação
estabelecida entre os interlocutores. A noção de contexto também envolve todas as
informações referentes à produção da mensagem. Resumidamente, para que o destinatário
compreenda a mensagem, ele precisa entender o contexto em que ela está inserida,
levando em consideração assuntos que não estão postos na mensagem.
Fonte: adaptado de: FASCINA, D. L. M. Linguagem, Comunicação e Interação. Formação
Sociocultural e
Ética I. UniCesumar: Maringá, 2023.
Texto 2
Fonte: http://www.tudosaladeaula.com/2020/08/atividade-de-lingua-portuguesa-genero.html.
Acesso em: 2 set. 2023.
Com base na leitura dos textos e nos conhecimentos abordados em “Linguagem, Interação
e Comunicação”,
analise as afirmativas a seguir:
I. A palavra “bicha”, contida na charge, diz respeito a um inseto presente no caixa
eletrônico.
II. A charge permite inferir que as senhoras são pessoas de linguagem simples (coloquial),
com instrução
que permite realizar a leitura, mas sem a interpretação adequada.
III. No Texto 2 é perceptível a compreensão adequada durante a leitura da mensagem no
caixa eletrônico, as personagens entenderam corretamente o solicitado pela máquina.
IV. A charge se relaciona com o Texto 1 em: “para que o destinatário compreenda a
mensagem, ele precisa entender o contexto em que ela está inserida, levando em
consideração assuntos que não estão postos na mensagem”.
É correto o que se afirma em:
ALTERNATIVAS
I e II, apenas.
I e III, apenas.
II e IV, apenas.
II, III e IV, apenas.
I, II, III e IV.
6ª QUESTÃO
Observe a charge a seguir:
Fonte: http://umbrasil.com/charges/entrevista-jorge-forbes/. Acesso em: 4 set. 2023.
Com base na charge e no conteúdo presente na Unidade 3 do Livro didático, analise as
afirmativas a seguir:
I. A charge aborda uma situação atual: a polarização atual na sociedade. As pessoas estão
finalizando relações familiares e de amizade em razão da polarização política.
II. A camada não verbal da charge permite que entendamos que as pessoas estão cada
uma no seu pensamento individual que, no sentido figurado, significa uma polarização.
III. A linguagem não verbal faz uso de signos visuais variados para estruturar o ato
comunicativo. Ilustrações, placas de trânsito e elementos gestuais são exemplos desse tipo
de linguagem.
IV. A linguagem verbal preza pela linguagem escrita, todavia faz uso obrigatório de
elementos fônicos e imagéticos para complexificar o que está posto no papel. As canções,
os poemas do Concretismo e as esculturas são exemplos desse tipo de linguagem.
É correto o que se afirma em:
ALTERNATIVAS
II, apenas.
III, apenas.
I e IV, apenas.
I, II e III, apenas.
I, II, III e IV.
7ª QUESTÃO
Leia o texto a seguir:
Sendo titular do poder, o cidadão não exerce participação política apenas por meio do voto,
em eleições realizadas a cada dois anos. A manifestação do poder pode também se dar por
referendo, plebiscito e iniciativa na criação de leis. Além disso, uma vez eleitos, os
candidatos devem ter sua atuação fiscalizada pela sociedade. Portanto, a participação
política do cidadão não se esgota no ato de votar. Em nome da soberania popular, os
cidadãos devem fiscalizar a conduta dos eleitos, que representam os interesses e as
aspirações do povo, nos poderes executivo e legislativo.
Fonte: adaptado de: https://www.tre-sp.jus.br/imprensa/noticias-tre-
sp/2021/Fevereiro/participacaopolitica-do-cidadao-vai-alem-do-exercicio-do-voto. Acesso
em: 30 ago. 2023.
Com base no excerto e nos estudos sobre “Política”, analise as afirmativas a seguir:
I. As eleições, que no Brasil ocorrem a cada dois anos, dispensam análises por parte da
ciência política.
II. É factível a existência de um sentimento de paixão política em determinados cidadãos,
principalmente nos que fiscalizam seus governantes.
III. A participação em questões políticas é um ato legítimo, considerando a política como
uma manifestação constante e que tem influência direta no cotidiano dos cidadãos.
É correto o que se afirma em:
ALTERNATIVAS
II, apenas.
III, apenas.
I e III, apenas.
II e III, apenas.
I, II e III.
8ª QUESTÃO
A ética está diretamente ligada à cidadania, condição que implica o conhecimento e o
exercício pleno de direitos e deveres inerentes à vida em sociedade. E a cidadania, por sua
vez, é decorrência quase natural da educação, entendida aqui em seu sentido mais amplo e
nobre. O processo de formação e a prática cidadã devem ter início na família, continuar na
escola, invadir a trajetória profissional e prosseguir ao longo da vida.
Fonte: SILVA, R. M. A. Princípios constitucionais: moralidade. Correio Braziliense, 2023.
Disponível em:
https://www.correiobraziliense.com.br/opiniao/2023/07/5111659-principios-
constitucionaismoralidade.html. Acesso em: 1 set. 2023.
Com base no fragmento exposto e nos conteúdos da Unidade 2 do Livro didático, avalie as
asserções a seguir e a relação proposta entre elas:
I. Apesar dos termos “ética”, “democracia” e “cidadania” possuírem significados distintos,
eles estão
intrinsecamente ligados na sua aplicabilidade.
PORQUE
II. Em uma sociedade pautada pela ética, é primordial haver o comprometimento de cada
cidadão com suas condutas, de forma ampla, em relação aos demais.
Assinale a alternativa correta:
ALTERNATIVAS
As asserções I e II são proposições verdadeiras, e a II é uma justificativa correta da I.
As asserções I e II são proposições verdadeiras, mas a II não é uma justificativa correta da
I.
A asserção I é uma proposição verdadeira, e a II é uma proposição falsa.
A asserção I é uma proposição falsa, e a II é uma proposição verdadeira.
As asserções I e II são proposições falsas.
9ª QUESTÃO
Todorov (1978, p. 18) afirma que, assim como prevê a função poética, “a literatura é uma
linguagem não instrumental e o seu valor reside nela própria”, ou seja, o acento está na
própria mensagem.
Fonte: adaptado de: FASCINA, D. L. M. Linguagem, comunicação e interação. Formação
Sociocultural e Ética I. Maringá: UniCeumar, 2023.
Com base na leitura do texto abordado em “Linguagem, Comunicação e interação”, no Livro
Digital, avalie as asserções a seguir e a relação proposta entre elas:
I. A linguagem utilizada no texto literário recorre exclusivamente de neologismos, de
vocábulos estrangeiros ou de expressões antiquadas e obsoletas, a fim de construir a
representação fictícia do universo imaginário.
PORQUE
II. A linguagem literária desempenha a função referencial, ou seja, busca facilitar a
comunicação de
informações que se relacionam com indivíduos, itens, eventos e assim por diante.
Assinale a alternativa correta:
ALTERNATIVAS
As asserções I e II são proposições verdadeiras, e a II é uma justificativa correta da I.
As asserções I e II são proposições verdadeiras, mas a II não é uma justificativa correta da
I.
A asserção I é uma proposição verdadeira, e a II é uma proposição falsa.
A asserção I é uma proposição falsa, e a II é uma proposição verdadeira.
As asserções I e II são proposições falsas.
10ª QUESTÃO
Desconfie de tudo o que se refere à política. Desconfie dos jornais, televisão e redes
sociais. Forme seu arcabouço particular de pensamento, pautado na ciência, pois apenas
assim poderemos nos tornar autônomos dentro de nosso labirinto social.
Fonte: adaptado de: VALENCIANO, T. A política e seu campo próprio: como entendê-la?
Formação
Sociocultural e Ética I. Maringá: UniCesumar, 2023.
Com base no fragmento e nos conteúdos da Unidade 1 do Livro didático, avalie as
asserções a seguir e a relação proposta entre elas:
I. Cada pessoa envolvida na política a praticará seguindo suas convicções, sua razão,
orientando-se para os assuntos pertinentes conforme seu procedimento.
PORQUE
II. A grande maioria das pessoas não percebe que no simples ato de defender o seu ponto
de vista ou defender opiniões já está realizando um ato político.
Assinale a alternativa correta:
ALTERNATIVAS
As asserções I e II são proposições verdadeiras, e a II é uma justificativa correta da I.
As asserções I e II são proposições verdadeiras, mas a II não é uma justificativa correta da
I.
A asserção I é uma proposição verdadeira, e a II é uma proposição falsa.
A asserção I é uma proposição falsa, e a II é uma proposição verdadeira.
As asserções I e II são proposições falsas.

Mais conteúdo relacionado

Mais de AzulAssessoriaAcadmi7

3.f) Qual o valor máximo da corrente no indutor para a situação em 3.d)?
3.f) Qual o valor máximo da corrente no indutor para a situação em 3.d)?3.f) Qual o valor máximo da corrente no indutor para a situação em 3.d)?
3.f) Qual o valor máximo da corrente no indutor para a situação em 3.d)?
AzulAssessoriaAcadmi7
 
3.f) Qual o valor máximo da corrente no indutor para a situação em 3.d)?
3.f) Qual o valor máximo da corrente no indutor para a situação em 3.d)?3.f) Qual o valor máximo da corrente no indutor para a situação em 3.d)?
3.f) Qual o valor máximo da corrente no indutor para a situação em 3.d)?
AzulAssessoriaAcadmi7
 
2.g) Calcule a potência eficaz entrega à carga para a situação descrita em 2.c).
2.g) Calcule a potência eficaz entrega à carga para a situação descrita em 2.c).2.g) Calcule a potência eficaz entrega à carga para a situação descrita em 2.c).
2.g) Calcule a potência eficaz entrega à carga para a situação descrita em 2.c).
AzulAssessoriaAcadmi7
 
2.g) Calcule a potência eficaz entrega à carga para a situação descrita em 2.c).
2.g) Calcule a potência eficaz entrega à carga para a situação descrita em 2.c).2.g) Calcule a potência eficaz entrega à carga para a situação descrita em 2.c).
2.g) Calcule a potência eficaz entrega à carga para a situação descrita em 2.c).
AzulAssessoriaAcadmi7
 
2.f) Calcule a corrente eficaz na carga para a situação 2.c).
2.f) Calcule a corrente eficaz na carga para a situação 2.c).2.f) Calcule a corrente eficaz na carga para a situação 2.c).
2.f) Calcule a corrente eficaz na carga para a situação 2.c).
AzulAssessoriaAcadmi7
 
2.f) Calcule a corrente eficaz na carga para a situação 2.c).
2.f) Calcule a corrente eficaz na carga para a situação 2.c).2.f) Calcule a corrente eficaz na carga para a situação 2.c).
2.f) Calcule a corrente eficaz na carga para a situação 2.c).
AzulAssessoriaAcadmi7
 
2.f) Calcule a corrente eficaz na carga para a situação 2.c).
2.f) Calcule a corrente eficaz na carga para a situação 2.c).2.f) Calcule a corrente eficaz na carga para a situação 2.c).
2.f) Calcule a corrente eficaz na carga para a situação 2.c).
AzulAssessoriaAcadmi7
 
2.d) Para a situação descrita em 2.c), calcule a corrente média na carga.
2.d) Para a situação descrita em 2.c), calcule a corrente média na carga.2.d) Para a situação descrita em 2.c), calcule a corrente média na carga.
2.d) Para a situação descrita em 2.c), calcule a corrente média na carga.
AzulAssessoriaAcadmi7
 
2.d) Para a situação descrita em 2.c), calcule a corrente média na carga.
2.d) Para a situação descrita em 2.c), calcule a corrente média na carga.2.d) Para a situação descrita em 2.c), calcule a corrente média na carga.
2.d) Para a situação descrita em 2.c), calcule a corrente média na carga.
AzulAssessoriaAcadmi7
 
1.2.d) Calcule a potência média dissipada na chave em relação ao ciclo de cha...
1.2.d) Calcule a potência média dissipada na chave em relação ao ciclo de cha...1.2.d) Calcule a potência média dissipada na chave em relação ao ciclo de cha...
1.2.d) Calcule a potência média dissipada na chave em relação ao ciclo de cha...
AzulAssessoriaAcadmi7
 
1.2.d) Calcule a potência média dissipada na chave em relação ao ciclo de cha...
1.2.d) Calcule a potência média dissipada na chave em relação ao ciclo de cha...1.2.d) Calcule a potência média dissipada na chave em relação ao ciclo de cha...
1.2.d) Calcule a potência média dissipada na chave em relação ao ciclo de cha...
AzulAssessoriaAcadmi7
 
1.2.c) Calcule a potência máxima dissipada durante a ligação da chave;
1.2.c) Calcule a potência máxima dissipada durante a ligação da chave;1.2.c) Calcule a potência máxima dissipada durante a ligação da chave;
1.2.c) Calcule a potência máxima dissipada durante a ligação da chave;
AzulAssessoriaAcadmi7
 
1.2.c) Calcule a potência máxima dissipada durante a ligação da chave;
1.2.c) Calcule a potência máxima dissipada durante a ligação da chave;1.2.c) Calcule a potência máxima dissipada durante a ligação da chave;
1.2.c) Calcule a potência máxima dissipada durante a ligação da chave;
AzulAssessoriaAcadmi7
 
1.1.d) Calcule a eficiência da transferência de potência.
1.1.d) Calcule a eficiência da transferência de potência.1.1.d) Calcule a eficiência da transferência de potência.
1.1.d) Calcule a eficiência da transferência de potência.
AzulAssessoriaAcadmi7
 
1.1.d) Calcule a eficiência da transferência de potência.
1.1.d) Calcule a eficiência da transferência de potência.1.1.d) Calcule a eficiência da transferência de potência.
1.1.d) Calcule a eficiência da transferência de potência.
AzulAssessoriaAcadmi7
 
1.1.c) A partir dos itens anteriores, qual o valor médio da potência na chave...
1.1.c) A partir dos itens anteriores, qual o valor médio da potência na chave...1.1.c) A partir dos itens anteriores, qual o valor médio da potência na chave...
1.1.c) A partir dos itens anteriores, qual o valor médio da potência na chave...
AzulAssessoriaAcadmi7
 
1.1.c) A partir dos itens anteriores, qual o valor médio da potência na chave...
1.1.c) A partir dos itens anteriores, qual o valor médio da potência na chave...1.1.c) A partir dos itens anteriores, qual o valor médio da potência na chave...
1.1.c) A partir dos itens anteriores, qual o valor médio da potência na chave...
AzulAssessoriaAcadmi7
 
1.1.c) A partir dos itens anteriores, qual o valor médio da potência na chave...
1.1.c) A partir dos itens anteriores, qual o valor médio da potência na chave...1.1.c) A partir dos itens anteriores, qual o valor médio da potência na chave...
1.1.c) A partir dos itens anteriores, qual o valor médio da potência na chave...
AzulAssessoriaAcadmi7
 
1.1.b) Ainda considerando a chave Q1 ideal, calcule o valor médio da potência...
1.1.b) Ainda considerando a chave Q1 ideal, calcule o valor médio da potência...1.1.b) Ainda considerando a chave Q1 ideal, calcule o valor médio da potência...
1.1.b) Ainda considerando a chave Q1 ideal, calcule o valor médio da potência...
AzulAssessoriaAcadmi7
 
1.1.b) Ainda considerando a chave Q1 ideal, calcule o valor médio da potência...
1.1.b) Ainda considerando a chave Q1 ideal, calcule o valor médio da potência...1.1.b) Ainda considerando a chave Q1 ideal, calcule o valor médio da potência...
1.1.b) Ainda considerando a chave Q1 ideal, calcule o valor médio da potência...
AzulAssessoriaAcadmi7
 

Mais de AzulAssessoriaAcadmi7 (20)

3.f) Qual o valor máximo da corrente no indutor para a situação em 3.d)?
3.f) Qual o valor máximo da corrente no indutor para a situação em 3.d)?3.f) Qual o valor máximo da corrente no indutor para a situação em 3.d)?
3.f) Qual o valor máximo da corrente no indutor para a situação em 3.d)?
 
3.f) Qual o valor máximo da corrente no indutor para a situação em 3.d)?
3.f) Qual o valor máximo da corrente no indutor para a situação em 3.d)?3.f) Qual o valor máximo da corrente no indutor para a situação em 3.d)?
3.f) Qual o valor máximo da corrente no indutor para a situação em 3.d)?
 
2.g) Calcule a potência eficaz entrega à carga para a situação descrita em 2.c).
2.g) Calcule a potência eficaz entrega à carga para a situação descrita em 2.c).2.g) Calcule a potência eficaz entrega à carga para a situação descrita em 2.c).
2.g) Calcule a potência eficaz entrega à carga para a situação descrita em 2.c).
 
2.g) Calcule a potência eficaz entrega à carga para a situação descrita em 2.c).
2.g) Calcule a potência eficaz entrega à carga para a situação descrita em 2.c).2.g) Calcule a potência eficaz entrega à carga para a situação descrita em 2.c).
2.g) Calcule a potência eficaz entrega à carga para a situação descrita em 2.c).
 
2.f) Calcule a corrente eficaz na carga para a situação 2.c).
2.f) Calcule a corrente eficaz na carga para a situação 2.c).2.f) Calcule a corrente eficaz na carga para a situação 2.c).
2.f) Calcule a corrente eficaz na carga para a situação 2.c).
 
2.f) Calcule a corrente eficaz na carga para a situação 2.c).
2.f) Calcule a corrente eficaz na carga para a situação 2.c).2.f) Calcule a corrente eficaz na carga para a situação 2.c).
2.f) Calcule a corrente eficaz na carga para a situação 2.c).
 
2.f) Calcule a corrente eficaz na carga para a situação 2.c).
2.f) Calcule a corrente eficaz na carga para a situação 2.c).2.f) Calcule a corrente eficaz na carga para a situação 2.c).
2.f) Calcule a corrente eficaz na carga para a situação 2.c).
 
2.d) Para a situação descrita em 2.c), calcule a corrente média na carga.
2.d) Para a situação descrita em 2.c), calcule a corrente média na carga.2.d) Para a situação descrita em 2.c), calcule a corrente média na carga.
2.d) Para a situação descrita em 2.c), calcule a corrente média na carga.
 
2.d) Para a situação descrita em 2.c), calcule a corrente média na carga.
2.d) Para a situação descrita em 2.c), calcule a corrente média na carga.2.d) Para a situação descrita em 2.c), calcule a corrente média na carga.
2.d) Para a situação descrita em 2.c), calcule a corrente média na carga.
 
1.2.d) Calcule a potência média dissipada na chave em relação ao ciclo de cha...
1.2.d) Calcule a potência média dissipada na chave em relação ao ciclo de cha...1.2.d) Calcule a potência média dissipada na chave em relação ao ciclo de cha...
1.2.d) Calcule a potência média dissipada na chave em relação ao ciclo de cha...
 
1.2.d) Calcule a potência média dissipada na chave em relação ao ciclo de cha...
1.2.d) Calcule a potência média dissipada na chave em relação ao ciclo de cha...1.2.d) Calcule a potência média dissipada na chave em relação ao ciclo de cha...
1.2.d) Calcule a potência média dissipada na chave em relação ao ciclo de cha...
 
1.2.c) Calcule a potência máxima dissipada durante a ligação da chave;
1.2.c) Calcule a potência máxima dissipada durante a ligação da chave;1.2.c) Calcule a potência máxima dissipada durante a ligação da chave;
1.2.c) Calcule a potência máxima dissipada durante a ligação da chave;
 
1.2.c) Calcule a potência máxima dissipada durante a ligação da chave;
1.2.c) Calcule a potência máxima dissipada durante a ligação da chave;1.2.c) Calcule a potência máxima dissipada durante a ligação da chave;
1.2.c) Calcule a potência máxima dissipada durante a ligação da chave;
 
1.1.d) Calcule a eficiência da transferência de potência.
1.1.d) Calcule a eficiência da transferência de potência.1.1.d) Calcule a eficiência da transferência de potência.
1.1.d) Calcule a eficiência da transferência de potência.
 
1.1.d) Calcule a eficiência da transferência de potência.
1.1.d) Calcule a eficiência da transferência de potência.1.1.d) Calcule a eficiência da transferência de potência.
1.1.d) Calcule a eficiência da transferência de potência.
 
1.1.c) A partir dos itens anteriores, qual o valor médio da potência na chave...
1.1.c) A partir dos itens anteriores, qual o valor médio da potência na chave...1.1.c) A partir dos itens anteriores, qual o valor médio da potência na chave...
1.1.c) A partir dos itens anteriores, qual o valor médio da potência na chave...
 
1.1.c) A partir dos itens anteriores, qual o valor médio da potência na chave...
1.1.c) A partir dos itens anteriores, qual o valor médio da potência na chave...1.1.c) A partir dos itens anteriores, qual o valor médio da potência na chave...
1.1.c) A partir dos itens anteriores, qual o valor médio da potência na chave...
 
1.1.c) A partir dos itens anteriores, qual o valor médio da potência na chave...
1.1.c) A partir dos itens anteriores, qual o valor médio da potência na chave...1.1.c) A partir dos itens anteriores, qual o valor médio da potência na chave...
1.1.c) A partir dos itens anteriores, qual o valor médio da potência na chave...
 
1.1.b) Ainda considerando a chave Q1 ideal, calcule o valor médio da potência...
1.1.b) Ainda considerando a chave Q1 ideal, calcule o valor médio da potência...1.1.b) Ainda considerando a chave Q1 ideal, calcule o valor médio da potência...
1.1.b) Ainda considerando a chave Q1 ideal, calcule o valor médio da potência...
 
1.1.b) Ainda considerando a chave Q1 ideal, calcule o valor médio da potência...
1.1.b) Ainda considerando a chave Q1 ideal, calcule o valor médio da potência...1.1.b) Ainda considerando a chave Q1 ideal, calcule o valor médio da potência...
1.1.b) Ainda considerando a chave Q1 ideal, calcule o valor médio da potência...
 

Último

Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Falcão Brasil
 
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LEDPlano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
luggio9854
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
Manuais Formação
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
Falcão Brasil
 
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
SheylaAlves6
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
principeandregalli
 
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
Marcelo Botura
 
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIALA GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
ArapiracaNoticiasFat
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Falcão Brasil
 
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdfO Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
Falcão Brasil
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Luiz C. da Silva
 
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosasFotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
MariaJooSilva58
 
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Falcão Brasil
 
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
Manuais Formação
 
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdfRelatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Falcão Brasil
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Falcão Brasil
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Falcão Brasil
 
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Bibliotecas Escolares AEIDH
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 

Último (20)

Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
 
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LEDPlano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
 
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
 
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
 
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIALA GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
 
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdfO Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
 
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosasFotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
 
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
 
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
 
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdfRelatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
 
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 

6ª QUESTÃO Observe a charge a seguir: Fonte: http://umbrasil.com/charges/entrevista-jorge-forbes/. Acesso em: 4 set. 2023. Com base na charge e no conteúdo presente na Unidade 3 do Livro didático, analise as afirmativas a seguir:

  • 1. Olá, aluno(a)! Está com dificuldade ou sem tempo para elaborar essa atividade? Iremos te ajudar! Entre em contato (63) 99129-5554 PROVA – FSCE - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA I - 53/2023 1ª QUESTÃO A palavra “política” é derivada do termo grego “politikos”, que designava os cidadãos que viviam na “polis”. “Polis”, por sua vez, era usada para se referir à cidade e também, em sentido mais abrangente, à sociedade organizada. Onde quer que haja duas ou mais pessoas, haverá a necessidade de definir regras de convivência, limites de ação e deveres comuns. A política acontece justamente no ato de existir em conjunto. Dessa forma, a origem da política remonta à participação na comunidade, à vida coletiva. Bem diferente do que se costuma pensar sobre a política como algo limitado aos políticos profissionais e longe do nosso cotidiano. O filósofo grego Aristóteles definiu o ser humano como um animal político, ou seja, um ser que inconscientemente busca a vida em comunidade, porque suas necessidades materiais e emocionais só podem ser satisfeitas pela convivência com outras pessoas. Fonte: ANDRESSA, L. O que é política? Politize! 2023. Disponível em: https://www.politize.com.br/o-que-epolitica/. Acesso em: 4 set. 2023 Com base na leitura do texto, assinale a alternativa correta: ALTERNATIVAS Na política, a comunidade não participa das decisões, tampouco atua na sua organização. Aristóteles definiu o ser humano como pessoa consciente, buscando assim a vida em sociedade. A política não está ligada à vida em comunidade, mas a uma vida fechada aos escritórios que os políticos ocupam. A política é algo comum em todas as sociedades em geral, e está ligada à definição de regras de convivência em conjunto. A política é algo limitado aos seus profissionais, ou seja, ligado somente aos participantes dela, e não tem qualquer relação com a comunidade. 2ª QUESTÃO Leia o trecho a seguir: Esta divisão “partida” do poder foi proposta por alguns autores, como Aristóteles, John Locke e Jacques Rousseau. Entretanto, o consagrado com o conceito foi Montesquieu (1689-1755), que era defensor da ideia de separar as atribuições do poder em três funções. Fonte: VALENCIANO, T. A política e seu campo próprio: como entendê-la? Formação Sociocultural e Ética I. Maringá: UniCesumar, 2023. Com base no exposto, assinale a alternativa correta:
  • 2. A função típica do Poder Executivo é julgar. As funções atípicas do Poder Legislativo são executar e julgar. O Poder Judiciário é o responsável por criar as normas que regem a vida em sociedade e por controlar as ações do Poder Executivo. O Poder Legislativo é o responsável por interpretar e atualizar as leis, para garantir a equidade, analisando conflitos entre indivíduos, por exemplo. O Poder Judiciário atua nos fins diretos da administração pública, julgando os conflitos que surgem na sociedade e garantindo os direitos fundamentais das pessoas 3ª QUESTÃO Considere a seguinte situação fictícia: A coexistência em sociedade requer constantes práticas éticas para convivência no coletivo, mantendo a responsabilidade com relação à vida coletiva e cotidiana. Assim, não compreender opinião diferente, brigas e insultos no trânsito, falta de empatia, aquele jeitinho de passar à frente na fila, a falta de respeito às escolhas do outro vai de encontro com a preocupação e a maneira correta ou adequada de nos portarmos, considerando que no coletivo deve-se respeitar a liberdade e os direitos de cada um. Conviver em sociedade demanda um conjunto de normas e acordos sociais que devem ser respeitados por todos para que a boa convivência seja possível. Com base no caso exposto e nos conhecimentos abordados em “Interesse Social - Ética, Democracia e Cidadania”, assinale a alternativa correta: A liberdade e o direito de cada indivíduo são assuntos irrelevantes à boa convivência em sociedade. Para convivência interpessoal harmônica, é desnecessário cumprir normas acordadas pela sociedade. Conviver em sociedade envolve práticas éticas refletindo na responsabilidade com relação à vida coletiva e cotidiana. A convivência em sociedade está intrinsecamente relacionada ao pensamento individual em que prevalece suas vontades e necessidades e desconsidera o pensamento coletivo. A coexistência em sociedade requer constantes práticas éticas para convivência no coletivo, mantendo a responsabilidade com relação à vida coletiva e cotidiana. Assim, não compreender opinião diferente, brigas e insultos no trânsito, falta de empatia, aquele jeitinho de passar à frente na fila, a falta de respeito às es 4ª QUESTÃO Considere a seguinte situação fictícia: Foi durante um grupo de estudos da faculdade que Luísa tomou conhecimento de que a Constituição Brasileira apresenta, em seu texto, artigos que seguem o padrão apontado na Declaração Universal dos Direitos Humanos (DUDH); ela percebeu alguns temas equivalentes. A estudante tomou nota de alguns deles, quais sejam: não-discriminação, acesso à justiça, liberdade, segurança, propriedade, liberdade de ir e vir, liberdade de expressão e liberdade de consciência. Com base na análise do texto e nos conteúdos sobre “Interesse Social - Ética, Democracia e Cidadania”, assinale a alternativa correta:
  • 3. ALTERNATIVAS É dispensável debater sobre os Direitos Humanos, pois se trata de um tema amplamente discutido em todas as esferas da sociedade. Podemos dizer que, hoje em dia, a totalidade da população brasileira tem acesso amplo e irrestrito e colabora com os Direitos Humanos. Os Direitos Humanos restringem-se, exclusivamente, à luta dos trabalhadores em busca de maiores salários e melhores condições de trabalho. O avanço científico e tecnológico do presente século fez com que debates e discussões fundamentadas nos Direitos Humanos se extinguissem. O direito à igualdade perante a lei e o direito de constituir família sem restrição de raça, nacionalidade ou religião, fazem parte dos Direitos Humanos 5ª QUESTÃO Leia os textos a seguir: Texto 1 Não necessariamente as informações contextuais estejam todas explícitas na mensagem, podendo fazer referência às informações ditas anteriormente ou mesmo ao tipo de relação estabelecida entre os interlocutores. A noção de contexto também envolve todas as informações referentes à produção da mensagem. Resumidamente, para que o destinatário compreenda a mensagem, ele precisa entender o contexto em que ela está inserida, levando em consideração assuntos que não estão postos na mensagem. Fonte: adaptado de: FASCINA, D. L. M. Linguagem, Comunicação e Interação. Formação Sociocultural e Ética I. UniCesumar: Maringá, 2023. Texto 2 Fonte: http://www.tudosaladeaula.com/2020/08/atividade-de-lingua-portuguesa-genero.html. Acesso em: 2 set. 2023. Com base na leitura dos textos e nos conhecimentos abordados em “Linguagem, Interação e Comunicação”, analise as afirmativas a seguir: I. A palavra “bicha”, contida na charge, diz respeito a um inseto presente no caixa eletrônico. II. A charge permite inferir que as senhoras são pessoas de linguagem simples (coloquial),
  • 4. com instrução que permite realizar a leitura, mas sem a interpretação adequada. III. No Texto 2 é perceptível a compreensão adequada durante a leitura da mensagem no caixa eletrônico, as personagens entenderam corretamente o solicitado pela máquina. IV. A charge se relaciona com o Texto 1 em: “para que o destinatário compreenda a mensagem, ele precisa entender o contexto em que ela está inserida, levando em consideração assuntos que não estão postos na mensagem”. É correto o que se afirma em: ALTERNATIVAS I e II, apenas. I e III, apenas. II e IV, apenas. II, III e IV, apenas. I, II, III e IV. 6ª QUESTÃO Observe a charge a seguir: Fonte: http://umbrasil.com/charges/entrevista-jorge-forbes/. Acesso em: 4 set. 2023. Com base na charge e no conteúdo presente na Unidade 3 do Livro didático, analise as afirmativas a seguir: I. A charge aborda uma situação atual: a polarização atual na sociedade. As pessoas estão finalizando relações familiares e de amizade em razão da polarização política. II. A camada não verbal da charge permite que entendamos que as pessoas estão cada uma no seu pensamento individual que, no sentido figurado, significa uma polarização. III. A linguagem não verbal faz uso de signos visuais variados para estruturar o ato comunicativo. Ilustrações, placas de trânsito e elementos gestuais são exemplos desse tipo de linguagem. IV. A linguagem verbal preza pela linguagem escrita, todavia faz uso obrigatório de elementos fônicos e imagéticos para complexificar o que está posto no papel. As canções, os poemas do Concretismo e as esculturas são exemplos desse tipo de linguagem. É correto o que se afirma em: ALTERNATIVAS II, apenas. III, apenas. I e IV, apenas. I, II e III, apenas. I, II, III e IV. 7ª QUESTÃO Leia o texto a seguir: Sendo titular do poder, o cidadão não exerce participação política apenas por meio do voto, em eleições realizadas a cada dois anos. A manifestação do poder pode também se dar por referendo, plebiscito e iniciativa na criação de leis. Além disso, uma vez eleitos, os candidatos devem ter sua atuação fiscalizada pela sociedade. Portanto, a participação política do cidadão não se esgota no ato de votar. Em nome da soberania popular, os cidadãos devem fiscalizar a conduta dos eleitos, que representam os interesses e as aspirações do povo, nos poderes executivo e legislativo. Fonte: adaptado de: https://www.tre-sp.jus.br/imprensa/noticias-tre- sp/2021/Fevereiro/participacaopolitica-do-cidadao-vai-alem-do-exercicio-do-voto. Acesso em: 30 ago. 2023. Com base no excerto e nos estudos sobre “Política”, analise as afirmativas a seguir: I. As eleições, que no Brasil ocorrem a cada dois anos, dispensam análises por parte da
  • 5. ciência política. II. É factível a existência de um sentimento de paixão política em determinados cidadãos, principalmente nos que fiscalizam seus governantes. III. A participação em questões políticas é um ato legítimo, considerando a política como uma manifestação constante e que tem influência direta no cotidiano dos cidadãos. É correto o que se afirma em: ALTERNATIVAS II, apenas. III, apenas. I e III, apenas. II e III, apenas. I, II e III. 8ª QUESTÃO A ética está diretamente ligada à cidadania, condição que implica o conhecimento e o exercício pleno de direitos e deveres inerentes à vida em sociedade. E a cidadania, por sua vez, é decorrência quase natural da educação, entendida aqui em seu sentido mais amplo e nobre. O processo de formação e a prática cidadã devem ter início na família, continuar na escola, invadir a trajetória profissional e prosseguir ao longo da vida. Fonte: SILVA, R. M. A. Princípios constitucionais: moralidade. Correio Braziliense, 2023. Disponível em: https://www.correiobraziliense.com.br/opiniao/2023/07/5111659-principios- constitucionaismoralidade.html. Acesso em: 1 set. 2023. Com base no fragmento exposto e nos conteúdos da Unidade 2 do Livro didático, avalie as asserções a seguir e a relação proposta entre elas: I. Apesar dos termos “ética”, “democracia” e “cidadania” possuírem significados distintos, eles estão intrinsecamente ligados na sua aplicabilidade. PORQUE II. Em uma sociedade pautada pela ética, é primordial haver o comprometimento de cada cidadão com suas condutas, de forma ampla, em relação aos demais. Assinale a alternativa correta: ALTERNATIVAS As asserções I e II são proposições verdadeiras, e a II é uma justificativa correta da I. As asserções I e II são proposições verdadeiras, mas a II não é uma justificativa correta da I. A asserção I é uma proposição verdadeira, e a II é uma proposição falsa. A asserção I é uma proposição falsa, e a II é uma proposição verdadeira. As asserções I e II são proposições falsas. 9ª QUESTÃO Todorov (1978, p. 18) afirma que, assim como prevê a função poética, “a literatura é uma linguagem não instrumental e o seu valor reside nela própria”, ou seja, o acento está na própria mensagem. Fonte: adaptado de: FASCINA, D. L. M. Linguagem, comunicação e interação. Formação Sociocultural e Ética I. Maringá: UniCeumar, 2023. Com base na leitura do texto abordado em “Linguagem, Comunicação e interação”, no Livro Digital, avalie as asserções a seguir e a relação proposta entre elas: I. A linguagem utilizada no texto literário recorre exclusivamente de neologismos, de vocábulos estrangeiros ou de expressões antiquadas e obsoletas, a fim de construir a representação fictícia do universo imaginário. PORQUE
  • 6. II. A linguagem literária desempenha a função referencial, ou seja, busca facilitar a comunicação de informações que se relacionam com indivíduos, itens, eventos e assim por diante. Assinale a alternativa correta: ALTERNATIVAS As asserções I e II são proposições verdadeiras, e a II é uma justificativa correta da I. As asserções I e II são proposições verdadeiras, mas a II não é uma justificativa correta da I. A asserção I é uma proposição verdadeira, e a II é uma proposição falsa. A asserção I é uma proposição falsa, e a II é uma proposição verdadeira. As asserções I e II são proposições falsas. 10ª QUESTÃO Desconfie de tudo o que se refere à política. Desconfie dos jornais, televisão e redes sociais. Forme seu arcabouço particular de pensamento, pautado na ciência, pois apenas assim poderemos nos tornar autônomos dentro de nosso labirinto social. Fonte: adaptado de: VALENCIANO, T. A política e seu campo próprio: como entendê-la? Formação Sociocultural e Ética I. Maringá: UniCesumar, 2023. Com base no fragmento e nos conteúdos da Unidade 1 do Livro didático, avalie as asserções a seguir e a relação proposta entre elas: I. Cada pessoa envolvida na política a praticará seguindo suas convicções, sua razão, orientando-se para os assuntos pertinentes conforme seu procedimento. PORQUE II. A grande maioria das pessoas não percebe que no simples ato de defender o seu ponto de vista ou defender opiniões já está realizando um ato político. Assinale a alternativa correta: ALTERNATIVAS As asserções I e II são proposições verdadeiras, e a II é uma justificativa correta da I. As asserções I e II são proposições verdadeiras, mas a II não é uma justificativa correta da I. A asserção I é uma proposição verdadeira, e a II é uma proposição falsa. A asserção I é uma proposição falsa, e a II é uma proposição verdadeira. As asserções I e II são proposições falsas.