SlideShare uma empresa Scribd logo
5S – Um programa de
Qualidade e Produtividade
Nov 2013
O que é o Programa 5S?
 Quem já ouviu falar do Programa 5S?
 O que é o Programa 5S
O que é o Programa 5S?
 Japão
 Deming
 Sistema Toyota – Lean Manufacturing
 Qualidade é a base de tudo: Produtividade e
Custos são consequências.
O que é o Programa 5S?
 O 5S é um dos programas inventados neste
período
 É considerado um dos programas básicos do
processo, tanto que é a parte inicial de vários
outros programas.
 Visa qualidade e produtividade. Não tem como
objetivo a limpeza!
Os programas japoneses no Brasil
 Brasil e Japão: Modelos, Culturas e Histórias
diferentes
 A aplicação direta dos modelos japoneses nas
nossas fábricas podem não dar certo, ou ter
problemas
 Não é “plug and play”.
Objetivo
 Entender os conceitos do Programa 5S
 Verificar a sua aplicabilidade na nossa
realidade.
O 1o. “S”
 Seiri (Triagem)
O 1o. “S”
 1o. Exercício (1a. Parte)
– Quantas e quais são as principais atividades que
você realiza no seu posto de trabalho?
– Quais materiais, ferramentas, utensílios, etc. você
usa para realizar estas atividades?
– Além disso, que objetos pessoais você precisa que
estejam com você durante o seu trabalho?
O 1o. “S”
 1o. Exercício (2a. Parte)
– Liste tudo o que está nas gavetas, armários, caixas,
suportes, etc dentro da área do seu posto de
trabalho que não foram listadas no item anterior
O 1o. “S”
 1o. Exercício (3a. Parte)
– O que desta última lista poderia ser eliminado?
– O que desta última lista poderia estar em outro
lugar?
– O que desta última lista deveria estar na primeira
lista?
O 1o. “S”
 Seiri (Triagem)
– Conceito: Separar o necessário do desnecessário
– Objetivo: Eliminar do espaço de trabalho o que seja
inútil
O 2o. “S”
 Seiton (Arrumação)
O 2o. “S”
 2o. Exercício (1a. Parte)
– Vamos utilizar o mesmo material da primeira parte
do exercício anterior
O 2o. “S”
 2o. Exercício (2a. Parte)
– Onde ficam estes materiais?
– Eles são únicos ou compartilhados?
O 2o. “S”
 2o. Exercício (3a. Parte)
– O que poderia estar mais próximo?
– O que poderia estar mais acessível?
– O que poderia estar melhor posicionado?
– O que é compartilhado que deveria ser único?
– O que é único que deveria ser compartilhado?
O 2o. “S”
 Seiton (Arrumação)
– Conceito: Colocar cada coisa em seu devido lugar
– Objetivo: Organizar o espaço de trabalho de forma
eficaz
O 3o. “S”
 Seiso (Limpeza)
O 3o. “S”
 3o. Exercício (1a. Parte)
– Que tipo de sujeira se acumula no seu posto de
trabalho?
 Pó
 Óleo
 Rebarbas, Sobras
– As ferramentas ficam sujas após o uso?
– Quem limpa?
– Quando limpa?
O 3o. “S”
 3o. Exercício (2a. Parte)
– O que poderia mudar para evitar a ocorrência da
sujeira?
– O que poderia mudar no processo de limpeza?
O 3o. “S”
 Seiso (Limpeza)
– Conceito: Limpar e cuidar do ambiente de trabalho
– Objetivo: Melhorar o nível de limpeza
O 4o. “S”
 Seiketsu (Normalização)
O 4o. “S”
 4o. Exercício (1a. Parte)
– O que poderia ser feito para que coisas
desnecessárias não reaparecam no local de
trabalho?
– O que poderia ser feito para que as coisas
necessárias não fiquem desorganizadas?
– O que poderia ser feito para não deixar acumular
sujeira?
O 4o. “S”
 Seiketsu (Normalização)
– Conceito: Definir normas visuais de forma a
assegurar a manutenção dos 3 S’s anteriores
– Objetivo: Padronização é fundamental na
organização
O 5o. “S”
 Shitsuke (Disciplina)
– Conceito: Treinar e se comunicar com todos os
colaboradores de forma a que o cumprimento das
normas seja uma coisa fundamental
– Objetivo: Incentivar esforços de aprimoramento
Os benefícios do Programa 5S
 Maior Produtividade:
 Redução de Custos:
 Melhoria da Qualidade:
 Menos acidentes de trabalho:
 Melhor qualidade de vida no trabalho:
flaviobotana@uol.com.br
flaviobotana.com
Manual do Gestor da Indústria Gráfica
Editora Senai-SP
5s um-programa-de-qualidade-e-produtividade

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Ferramenta 5 s´s
Ferramenta 5 s´sFerramenta 5 s´s
Ferramenta 5 s´s
Fran Lima
 
Programação 5S
Programação 5SProgramação 5S
Programação 5S
Dênerson Dias
 
Apostila 5 s básico
Apostila   5 s básicoApostila   5 s básico
Apostila 5 s básico
Dobosz
 
Palestrasensibilizandolimpezapdf4756
Palestrasensibilizandolimpezapdf4756Palestrasensibilizandolimpezapdf4756
Palestrasensibilizandolimpezapdf4756
Natanael Carvalho
 
Guia pratico do programa 5 s [ e 2 ]
 Guia pratico do programa 5 s [ e 2 ] Guia pratico do programa 5 s [ e 2 ]
Guia pratico do programa 5 s [ e 2 ]
Jupira Silva
 

Mais procurados (20)

Metodologia 5 s
Metodologia 5 sMetodologia 5 s
Metodologia 5 s
 
Treinamento 5s
Treinamento 5sTreinamento 5s
Treinamento 5s
 
O Programa dos 5 Ss
O Programa dos 5 SsO Programa dos 5 Ss
O Programa dos 5 Ss
 
Trabalho 5s
Trabalho 5sTrabalho 5s
Trabalho 5s
 
Palestra A visao do 5s
Palestra A visao do 5sPalestra A visao do 5s
Palestra A visao do 5s
 
Um Prática de 5S Bem Conduzida Contribui para Controlar A Corrosão
Um Prática de 5S Bem Conduzida Contribui para Controlar A CorrosãoUm Prática de 5S Bem Conduzida Contribui para Controlar A Corrosão
Um Prática de 5S Bem Conduzida Contribui para Controlar A Corrosão
 
Treinamento 5 S
Treinamento 5 STreinamento 5 S
Treinamento 5 S
 
Treinamento 5 s
Treinamento 5 sTreinamento 5 s
Treinamento 5 s
 
Formação 5S para uma loja de varejo.
Formação 5S para uma loja de varejo.Formação 5S para uma loja de varejo.
Formação 5S para uma loja de varejo.
 
Ferramenta 5 s´s
Ferramenta 5 s´sFerramenta 5 s´s
Ferramenta 5 s´s
 
Apresentação 5 s
Apresentação 5 sApresentação 5 s
Apresentação 5 s
 
Programação 5S
Programação 5SProgramação 5S
Programação 5S
 
Formação 5´s para uma loja de varejo
Formação 5´s para uma loja de varejoFormação 5´s para uma loja de varejo
Formação 5´s para uma loja de varejo
 
Treinamento 5S Básico
Treinamento 5S BásicoTreinamento 5S Básico
Treinamento 5S Básico
 
Programa 5 S
Programa 5 SPrograma 5 S
Programa 5 S
 
Programa 5S
Programa 5SPrograma 5S
Programa 5S
 
Apresentação do Programa 5S
Apresentação do Programa 5SApresentação do Programa 5S
Apresentação do Programa 5S
 
Apostila 5 s básico
Apostila   5 s básicoApostila   5 s básico
Apostila 5 s básico
 
Palestrasensibilizandolimpezapdf4756
Palestrasensibilizandolimpezapdf4756Palestrasensibilizandolimpezapdf4756
Palestrasensibilizandolimpezapdf4756
 
Guia pratico do programa 5 s [ e 2 ]
 Guia pratico do programa 5 s [ e 2 ] Guia pratico do programa 5 s [ e 2 ]
Guia pratico do programa 5 s [ e 2 ]
 

Semelhante a 5s um-programa-de-qualidade-e-produtividade

APLICAÇÃO DA FERRAMENTA 5S EM UMA COZINHA INDUSTRIAL TERCEIRIZADA DE UM HOSPI...
APLICAÇÃO DA FERRAMENTA 5S EM UMA COZINHA INDUSTRIAL TERCEIRIZADA DE UM HOSPI...APLICAÇÃO DA FERRAMENTA 5S EM UMA COZINHA INDUSTRIAL TERCEIRIZADA DE UM HOSPI...
APLICAÇÃO DA FERRAMENTA 5S EM UMA COZINHA INDUSTRIAL TERCEIRIZADA DE UM HOSPI...
nutricao8
 
Treinamento 5S na pratica e na organização
Treinamento 5S na pratica e na organizaçãoTreinamento 5S na pratica e na organização
Treinamento 5S na pratica e na organização
anacaroline285383
 
Colméia 2 novo layout
Colméia 2   novo layoutColméia 2   novo layout
Colméia 2 novo layout
mundocustom
 

Semelhante a 5s um-programa-de-qualidade-e-produtividade (20)

5s-um-programa-de-qualidade-e-produtividade.ppt
5s-um-programa-de-qualidade-e-produtividade.ppt5s-um-programa-de-qualidade-e-produtividade.ppt
5s-um-programa-de-qualidade-e-produtividade.ppt
 
APLICAÇÃO DA FERRAMENTA 5S EM UMA COZINHA INDUSTRIAL TERCEIRIZADA DE UM HOSPI...
APLICAÇÃO DA FERRAMENTA 5S EM UMA COZINHA INDUSTRIAL TERCEIRIZADA DE UM HOSPI...APLICAÇÃO DA FERRAMENTA 5S EM UMA COZINHA INDUSTRIAL TERCEIRIZADA DE UM HOSPI...
APLICAÇÃO DA FERRAMENTA 5S EM UMA COZINHA INDUSTRIAL TERCEIRIZADA DE UM HOSPI...
 
Treinamento 5S na pratica e na organização
Treinamento 5S na pratica e na organizaçãoTreinamento 5S na pratica e na organização
Treinamento 5S na pratica e na organização
 
senso do 5s treinamento.ppt
senso do 5s treinamento.pptsenso do 5s treinamento.ppt
senso do 5s treinamento.ppt
 
Os Cinco S
Os  Cinco  SOs  Cinco  S
Os Cinco S
 
Programa 5 s trabalho 1
Programa 5 s   trabalho 1Programa 5 s   trabalho 1
Programa 5 s trabalho 1
 
5S's Matriz.ppt
5S's Matriz.ppt5S's Matriz.ppt
5S's Matriz.ppt
 
5S tão fácil e também tão dificil
5S  tão fácil e também tão dificil5S  tão fácil e também tão dificil
5S tão fácil e também tão dificil
 
O programa 5
O programa 5O programa 5
O programa 5
 
5S_CHECKLIST.pdf
5S_CHECKLIST.pdf5S_CHECKLIST.pdf
5S_CHECKLIST.pdf
 
Apostila de 5_s
Apostila de 5_sApostila de 5_s
Apostila de 5_s
 
5s
5s5s
5s
 
Os 5S's da gestão
Os 5S's da gestãoOs 5S's da gestão
Os 5S's da gestão
 
18
1818
18
 
Colméia 2 novo layout
Colméia 2   novo layoutColméia 2   novo layout
Colméia 2 novo layout
 
2 Organização e limpeza.pdf
2 Organização e limpeza.pdf2 Organização e limpeza.pdf
2 Organização e limpeza.pdf
 
5's PlotDigital
5's PlotDigital5's PlotDigital
5's PlotDigital
 
Projeto 5 s 10.2.1
Projeto 5 s 10.2.1Projeto 5 s 10.2.1
Projeto 5 s 10.2.1
 
Projeto 5s
Projeto 5sProjeto 5s
Projeto 5s
 
Projeto 5 s 10.2.1
Projeto 5 s 10.2.1Projeto 5 s 10.2.1
Projeto 5 s 10.2.1
 

Último

CRC e CRM - A Dupla Perfeita Para Atrair e Fidelizar Pacientes.pdf
CRC e CRM - A Dupla Perfeita Para Atrair e Fidelizar Pacientes.pdfCRC e CRM - A Dupla Perfeita Para Atrair e Fidelizar Pacientes.pdf
CRC e CRM - A Dupla Perfeita Para Atrair e Fidelizar Pacientes.pdf
Senior Consultoria em Gestão e Marketing
 
018627000101011 (13).pdfdddddddddddddddddddddddddddddd
018627000101011 (13).pdfdddddddddddddddddddddddddddddd018627000101011 (13).pdfdddddddddddddddddddddddddddddd
018627000101011 (13).pdfdddddddddddddddddddddddddddddd
Renandantas16
 

Último (6)

CRC e CRM - A Dupla Perfeita Para Atrair e Fidelizar Pacientes.pdf
CRC e CRM - A Dupla Perfeita Para Atrair e Fidelizar Pacientes.pdfCRC e CRM - A Dupla Perfeita Para Atrair e Fidelizar Pacientes.pdf
CRC e CRM - A Dupla Perfeita Para Atrair e Fidelizar Pacientes.pdf
 
7 hábitos das pessoas altamente eficazes EMERSON EDUARDO RODRIGUES.pdf
7 hábitos das pessoas altamente eficazes EMERSON EDUARDO RODRIGUES.pdf7 hábitos das pessoas altamente eficazes EMERSON EDUARDO RODRIGUES.pdf
7 hábitos das pessoas altamente eficazes EMERSON EDUARDO RODRIGUES.pdf
 
Profissional de Vendas - Funcao e Competencias.pptx
Profissional de Vendas - Funcao e Competencias.pptxProfissional de Vendas - Funcao e Competencias.pptx
Profissional de Vendas - Funcao e Competencias.pptx
 
018627000101011 (13).pdfdddddddddddddddddddddddddddddd
018627000101011 (13).pdfdddddddddddddddddddddddddddddd018627000101011 (13).pdfdddddddddddddddddddddddddddddd
018627000101011 (13).pdfdddddddddddddddddddddddddddddd
 
GLP ou GPT? A revolução Ozempic - O Impacto Economico
GLP ou GPT? A revolução Ozempic - O Impacto EconomicoGLP ou GPT? A revolução Ozempic - O Impacto Economico
GLP ou GPT? A revolução Ozempic - O Impacto Economico
 
Opções estratégicas de competitividade.pdf
Opções estratégicas de competitividade.pdfOpções estratégicas de competitividade.pdf
Opções estratégicas de competitividade.pdf
 

5s um-programa-de-qualidade-e-produtividade

  • 1. 5S – Um programa de Qualidade e Produtividade Nov 2013
  • 2. O que é o Programa 5S?  Quem já ouviu falar do Programa 5S?  O que é o Programa 5S
  • 3. O que é o Programa 5S?  Japão  Deming  Sistema Toyota – Lean Manufacturing  Qualidade é a base de tudo: Produtividade e Custos são consequências.
  • 4. O que é o Programa 5S?  O 5S é um dos programas inventados neste período  É considerado um dos programas básicos do processo, tanto que é a parte inicial de vários outros programas.  Visa qualidade e produtividade. Não tem como objetivo a limpeza!
  • 5. Os programas japoneses no Brasil  Brasil e Japão: Modelos, Culturas e Histórias diferentes  A aplicação direta dos modelos japoneses nas nossas fábricas podem não dar certo, ou ter problemas  Não é “plug and play”.
  • 6. Objetivo  Entender os conceitos do Programa 5S  Verificar a sua aplicabilidade na nossa realidade.
  • 7. O 1o. “S”  Seiri (Triagem)
  • 8. O 1o. “S”  1o. Exercício (1a. Parte) – Quantas e quais são as principais atividades que você realiza no seu posto de trabalho? – Quais materiais, ferramentas, utensílios, etc. você usa para realizar estas atividades? – Além disso, que objetos pessoais você precisa que estejam com você durante o seu trabalho?
  • 9. O 1o. “S”  1o. Exercício (2a. Parte) – Liste tudo o que está nas gavetas, armários, caixas, suportes, etc dentro da área do seu posto de trabalho que não foram listadas no item anterior
  • 10. O 1o. “S”  1o. Exercício (3a. Parte) – O que desta última lista poderia ser eliminado? – O que desta última lista poderia estar em outro lugar? – O que desta última lista deveria estar na primeira lista?
  • 11. O 1o. “S”  Seiri (Triagem) – Conceito: Separar o necessário do desnecessário – Objetivo: Eliminar do espaço de trabalho o que seja inútil
  • 12. O 2o. “S”  Seiton (Arrumação)
  • 13. O 2o. “S”  2o. Exercício (1a. Parte) – Vamos utilizar o mesmo material da primeira parte do exercício anterior
  • 14. O 2o. “S”  2o. Exercício (2a. Parte) – Onde ficam estes materiais? – Eles são únicos ou compartilhados?
  • 15. O 2o. “S”  2o. Exercício (3a. Parte) – O que poderia estar mais próximo? – O que poderia estar mais acessível? – O que poderia estar melhor posicionado? – O que é compartilhado que deveria ser único? – O que é único que deveria ser compartilhado?
  • 16. O 2o. “S”  Seiton (Arrumação) – Conceito: Colocar cada coisa em seu devido lugar – Objetivo: Organizar o espaço de trabalho de forma eficaz
  • 17. O 3o. “S”  Seiso (Limpeza)
  • 18. O 3o. “S”  3o. Exercício (1a. Parte) – Que tipo de sujeira se acumula no seu posto de trabalho?  Pó  Óleo  Rebarbas, Sobras – As ferramentas ficam sujas após o uso? – Quem limpa? – Quando limpa?
  • 19. O 3o. “S”  3o. Exercício (2a. Parte) – O que poderia mudar para evitar a ocorrência da sujeira? – O que poderia mudar no processo de limpeza?
  • 20. O 3o. “S”  Seiso (Limpeza) – Conceito: Limpar e cuidar do ambiente de trabalho – Objetivo: Melhorar o nível de limpeza
  • 21. O 4o. “S”  Seiketsu (Normalização)
  • 22. O 4o. “S”  4o. Exercício (1a. Parte) – O que poderia ser feito para que coisas desnecessárias não reaparecam no local de trabalho? – O que poderia ser feito para que as coisas necessárias não fiquem desorganizadas? – O que poderia ser feito para não deixar acumular sujeira?
  • 23. O 4o. “S”  Seiketsu (Normalização) – Conceito: Definir normas visuais de forma a assegurar a manutenção dos 3 S’s anteriores – Objetivo: Padronização é fundamental na organização
  • 24. O 5o. “S”  Shitsuke (Disciplina) – Conceito: Treinar e se comunicar com todos os colaboradores de forma a que o cumprimento das normas seja uma coisa fundamental – Objetivo: Incentivar esforços de aprimoramento
  • 25. Os benefícios do Programa 5S  Maior Produtividade:  Redução de Custos:  Melhoria da Qualidade:  Menos acidentes de trabalho:  Melhor qualidade de vida no trabalho:
  • 26. flaviobotana@uol.com.br flaviobotana.com Manual do Gestor da Indústria Gráfica Editora Senai-SP