SlideShare uma empresa Scribd logo
5a série   a importância da água potável - parte 2
Enterobíase ou oxiurose
                            Transmissão: Pela ingestão
                            de ovos do verme em água e
                              alimentos contaminados.
        Agente causador:
             Enterobius
         vermiculares, um
          verme pequeno,      Ciclo: Os vermes adultos
              branco.       fixam-se à parede intestinal.
                               As fêmeas, na época da
                              postura desprendem-se e
                            vão às proximidades do ânus
                                 depor ovos que são
                            eliminados no meio exteno.
Oxiurose

Quadro clínico: coceira anal, mas pode haver náuseas, vômitos, dores
abdominais, diarréia e irritabilidade..

 Profilaxia:



    Higiene pessoal,     Saneamento básico e
   alimentar e da casa    Educação Sanitária     Tratamento dos
                                                     doentes
Transmissão: Depende da presença de
                                  portador humano, eliminando ovos do

Esquistossomose                     verme nas fezes, da existência de
                                    hospedeiro intermediário, que é o
                                 caramujo; e do contato do homem com
                                     a água contendo cercárias de S.
                                                mansoni.
        Agente causador:
     Schistosoma mansoni. Os
       vermes adultos vivem
     dentro de pequenas veias    Ciclo: O hospedeiro intermediário é o
      do intestino e do fígado     caramujo do gênero Biomphalaria.
        do homem doente;           Os caramujos vivem na água doce de
      alcançam até 12 mm de         córregos, riachos, alagados, brejos,
      comprimento por 0,44        açudes, represas ou outros locais onde
         mm de diâmetro.           haja pouca correnteza. Os caramujos
                                   jovens alimentam-se de vegetais em
                                     decomposição e folhas verdes. Os
                                 caramujos põem ovos, dos quais, depois
                                 de alguns dias, nascem novos caramujos
                                     que crescem e se tornam adultos.
Esquistossomose
Quadro clínico: Pode não haver nenhum sintoma. Em casos crônicos fadiga, dor
abdominal e diarréia. Agravando-se o prejuízo de órgãos como baço e fígado
pode ocorrer vômitos com sangue.

 Profilaxia



               Evitar beber
                 ou tomar
                banho em
                   água                                           Tratamento
    Higiene                   Saneament   Saneament   Educação
               contaminada                                            dos
    pessoal                    o básico    o básico   sanitária
                    por                                            doentes.
                caramujos
5a série   a importância da água potável - parte 2
Febre tifóide
                                  Transmissão: pode
                             acontecer de forma direta ou
                             indireta. Na forma direta um
                            indivíduo recebe a bactéria de
      Agente causador:       um doente. A forma indireta
      bactéria Salmonella      está ligada a atividades em
                                que uma pessoa sadia se
             typhi.           infecta por objetos, água ou
                              alimentos manipulados por
                                 portadores. As moscas
                               domésticas também estão
                            relacionadas com esse tipo de
                                        contágio.
Febre tifóide

Quadro clinico: febre alta, podendo levar à morte.

 Profilaxia


                                                  Boas      Combate                Notificação de casos
 Proteção, purificação e       Ferver e
                                               condições       às     Saneamento      à autoridade
    cloração da água       pasteurizar leite
                                               de higiene    moscas      básico    sanitária e isolar os
                                                                                         doentes
Transmissão: A giárdia é
                            transmitida por contágio direto,
Giardíase                    através da água e de alimentos
                               contaminados. Instala-se no
                           jejuno-íleo (intestino delgado) e,
                           frequentemente, sobe pelo canal
                                 colédoco e vai se alojar na
                                 vesícula biliar, tornando o
     Agente causador:          tratamento bem mais difícil.
                           Apesar do caráter agudo com que
     protozoário Giardia     se manifesta a doença, ela tem
     lamblia ou Giardia      alta tendência à cronicidade. A
                              incidência é acentuadamente
         intestinalis               maior em crianças,
                               provavelmente porque entre
                             estas são menores os cuidados
                           higiênicos com as mãos, a água e
                                       os alimentos.
Giardíase
Quadro clinico: diarréias



 Profilaxia




   Cuidados de higiene com    Tratamento de
   a água, alimentos e mãos        água       Saneamento básico

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Doenças transmitidas pela água
Doenças transmitidas pela águaDoenças transmitidas pela água
Doenças transmitidas pela água
janinepraxedes
 
Microbiologia doenças
Microbiologia doençasMicrobiologia doenças
Microbiologia doenças
Fabin Sousa
 
Formação para cidadania
Formação para cidadaniaFormação para cidadania
Formação para cidadania
myri2000
 
Amebíase
AmebíaseAmebíase
Amebíase
crishmuler
 
Doenças diarreicas aguda
Doenças diarreicas agudaDoenças diarreicas aguda
Doenças diarreicas aguda
BrunnaMello
 
Doenças Transmissíveis por Água
Doenças Transmissíveis por ÁguaDoenças Transmissíveis por Água
Doenças Transmissíveis por Água
Kayque Torrubia Borges
 
Copasa doenças
Copasa doençasCopasa doenças
Copasa doenças
Med. Veterinária 2011
 
Febres entéricas
Febres entéricasFebres entéricas
Febres entéricas
Luana Cristeinsen
 
Cólera
CóleraCólera
O que é gastroenterite viral
O que é gastroenterite viralO que é gastroenterite viral
O que é gastroenterite viral
antonio ferreira
 
Enterocolites Infecciosa
Enterocolites InfecciosaEnterocolites Infecciosa
Enterocolites Infecciosa
Carlos Eduardo Belon
 
007 febre tifóide
007   febre tifóide007   febre tifóide
007 febre tifóide
Jonatas Barros
 
Família vibrionaceae
Família vibrionaceaeFamília vibrionaceae
Família vibrionaceae
Renata Medeiros
 
Trabalho colera
Trabalho coleraTrabalho colera
Trabalho colera
191298amor
 
0515 Reservatório - Rose
0515 Reservatório - Rose0515 Reservatório - Rose
0515 Reservatório - Rose
laiscarlini
 

Mais procurados (15)

Doenças transmitidas pela água
Doenças transmitidas pela águaDoenças transmitidas pela água
Doenças transmitidas pela água
 
Microbiologia doenças
Microbiologia doençasMicrobiologia doenças
Microbiologia doenças
 
Formação para cidadania
Formação para cidadaniaFormação para cidadania
Formação para cidadania
 
Amebíase
AmebíaseAmebíase
Amebíase
 
Doenças diarreicas aguda
Doenças diarreicas agudaDoenças diarreicas aguda
Doenças diarreicas aguda
 
Doenças Transmissíveis por Água
Doenças Transmissíveis por ÁguaDoenças Transmissíveis por Água
Doenças Transmissíveis por Água
 
Copasa doenças
Copasa doençasCopasa doenças
Copasa doenças
 
Febres entéricas
Febres entéricasFebres entéricas
Febres entéricas
 
Cólera
CóleraCólera
Cólera
 
O que é gastroenterite viral
O que é gastroenterite viralO que é gastroenterite viral
O que é gastroenterite viral
 
Enterocolites Infecciosa
Enterocolites InfecciosaEnterocolites Infecciosa
Enterocolites Infecciosa
 
007 febre tifóide
007   febre tifóide007   febre tifóide
007 febre tifóide
 
Família vibrionaceae
Família vibrionaceaeFamília vibrionaceae
Família vibrionaceae
 
Trabalho colera
Trabalho coleraTrabalho colera
Trabalho colera
 
0515 Reservatório - Rose
0515 Reservatório - Rose0515 Reservatório - Rose
0515 Reservatório - Rose
 

Semelhante a 5a série a importância da água potável - parte 2

Aula parasito
Aula parasitoAula parasito
Copasa doenças
Copasa doençasCopasa doenças
Copasa doenças
Adriana Gotschalg
 
Amebíase e toxoplasmose
Amebíase e toxoplasmoseAmebíase e toxoplasmose
Amebíase e toxoplasmose
Murderdoll_Natty
 
Água não tratada é porta aberta para várias doenças
Água não tratada é porta aberta para várias doençasÁgua não tratada é porta aberta para várias doenças
Água não tratada é porta aberta para várias doenças
André Luiz Fachardo
 
6 - parasitologia
6 - parasitologia6 - parasitologia
6 - parasitologia
Marcus Magarinho
 
Ascaridíase
AscaridíaseAscaridíase
Ascaridíase
Francisca Maria
 
Reino protista
Reino protistaReino protista
Reino protista
ProfDeboraCursinho
 
Seminário zoob bruna
Seminário zoob brunaSeminário zoob bruna
Seminário zoob bruna
Rayssa Lima
 
DOENÇAS INFECCIOSAS E PARASITÁRIAS.ppt
DOENÇAS INFECCIOSAS E PARASITÁRIAS.pptDOENÇAS INFECCIOSAS E PARASITÁRIAS.ppt
DOENÇAS INFECCIOSAS E PARASITÁRIAS.ppt
Gladys126266
 
Principais protozooses.pptx
Principais protozooses.pptxPrincipais protozooses.pptx
Principais protozooses.pptx
KarlaBittencourt2
 
AMEBIASE E GIARDIASE (AULA 1).ppt
AMEBIASE E GIARDIASE (AULA 1).pptAMEBIASE E GIARDIASE (AULA 1).ppt
AMEBIASE E GIARDIASE (AULA 1).ppt
dirleyvalderez1
 
Infecciones gastrointestinales.es.pt.pdf
Infecciones gastrointestinales.es.pt.pdfInfecciones gastrointestinales.es.pt.pdf
Infecciones gastrointestinales.es.pt.pdf
joaopaulobrito3
 
Infecciones gastrointestinales.es.pt.pdf
Infecciones gastrointestinales.es.pt.pdfInfecciones gastrointestinales.es.pt.pdf
Infecciones gastrointestinales.es.pt.pdf
joaopaulobrito4
 
Esquistossomose
Esquistossomose Esquistossomose
Esquistossomose
LeticiaHelena10
 
Doenças água
Doenças águaDoenças água
Doenças água
Ariane Martins
 
Trabalho pronto
Trabalho prontoTrabalho pronto
Trabalho pronto
2° Ta - cotuca
 
Reino monera, protista
Reino monera, protistaReino monera, protista
Reino monera, protista
Fatima Comiotto
 
Centro de educação profissional - CEL
Centro de educação profissional - CELCentro de educação profissional - CEL
Centro de educação profissional - CEL
Jandresson Soares de Araújo
 
5a série a importância da água potável
5a série   a importância da água potável5a série   a importância da água potável
5a série a importância da água potável
SESI 422 - Americana
 
Microbiologia: Bactérias Patogênicas de Interesse Médico
Microbiologia: Bactérias Patogênicas de Interesse MédicoMicrobiologia: Bactérias Patogênicas de Interesse Médico
Microbiologia: Bactérias Patogênicas de Interesse Médico
Nanaxara da Silva
 

Semelhante a 5a série a importância da água potável - parte 2 (20)

Aula parasito
Aula parasitoAula parasito
Aula parasito
 
Copasa doenças
Copasa doençasCopasa doenças
Copasa doenças
 
Amebíase e toxoplasmose
Amebíase e toxoplasmoseAmebíase e toxoplasmose
Amebíase e toxoplasmose
 
Água não tratada é porta aberta para várias doenças
Água não tratada é porta aberta para várias doençasÁgua não tratada é porta aberta para várias doenças
Água não tratada é porta aberta para várias doenças
 
6 - parasitologia
6 - parasitologia6 - parasitologia
6 - parasitologia
 
Ascaridíase
AscaridíaseAscaridíase
Ascaridíase
 
Reino protista
Reino protistaReino protista
Reino protista
 
Seminário zoob bruna
Seminário zoob brunaSeminário zoob bruna
Seminário zoob bruna
 
DOENÇAS INFECCIOSAS E PARASITÁRIAS.ppt
DOENÇAS INFECCIOSAS E PARASITÁRIAS.pptDOENÇAS INFECCIOSAS E PARASITÁRIAS.ppt
DOENÇAS INFECCIOSAS E PARASITÁRIAS.ppt
 
Principais protozooses.pptx
Principais protozooses.pptxPrincipais protozooses.pptx
Principais protozooses.pptx
 
AMEBIASE E GIARDIASE (AULA 1).ppt
AMEBIASE E GIARDIASE (AULA 1).pptAMEBIASE E GIARDIASE (AULA 1).ppt
AMEBIASE E GIARDIASE (AULA 1).ppt
 
Infecciones gastrointestinales.es.pt.pdf
Infecciones gastrointestinales.es.pt.pdfInfecciones gastrointestinales.es.pt.pdf
Infecciones gastrointestinales.es.pt.pdf
 
Infecciones gastrointestinales.es.pt.pdf
Infecciones gastrointestinales.es.pt.pdfInfecciones gastrointestinales.es.pt.pdf
Infecciones gastrointestinales.es.pt.pdf
 
Esquistossomose
Esquistossomose Esquistossomose
Esquistossomose
 
Doenças água
Doenças águaDoenças água
Doenças água
 
Trabalho pronto
Trabalho prontoTrabalho pronto
Trabalho pronto
 
Reino monera, protista
Reino monera, protistaReino monera, protista
Reino monera, protista
 
Centro de educação profissional - CEL
Centro de educação profissional - CELCentro de educação profissional - CEL
Centro de educação profissional - CEL
 
5a série a importância da água potável
5a série   a importância da água potável5a série   a importância da água potável
5a série a importância da água potável
 
Microbiologia: Bactérias Patogênicas de Interesse Médico
Microbiologia: Bactérias Patogênicas de Interesse MédicoMicrobiologia: Bactérias Patogênicas de Interesse Médico
Microbiologia: Bactérias Patogênicas de Interesse Médico
 

Mais de SESI 422 - Americana

Origem da vida e Evolução
Origem da vida e EvoluçãoOrigem da vida e Evolução
Origem da vida e Evolução
SESI 422 - Americana
 
Genética de populações
Genética de populaçõesGenética de populações
Genética de populações
SESI 422 - Americana
 
Bioquímica básica
Bioquímica básicaBioquímica básica
Bioquímica básica
SESI 422 - Americana
 
Expressividade e penetrância
Expressividade e penetrânciaExpressividade e penetrância
Expressividade e penetrância
SESI 422 - Americana
 
Alelos múltiplos
Alelos múltiplosAlelos múltiplos
Alelos múltiplos
SESI 422 - Americana
 
Casos especiais de herança
Casos especiais de herançaCasos especiais de herança
Casos especiais de herança
SESI 422 - Americana
 
Exercícios 2
Exercícios 2Exercícios 2
Exercícios 2
SESI 422 - Americana
 
Probabilidades e heredogramas
Probabilidades e heredogramasProbabilidades e heredogramas
Probabilidades e heredogramas
SESI 422 - Americana
 
Textos novas espécies
Textos novas espéciesTextos novas espécies
Textos novas espécies
SESI 422 - Americana
 
Exercícios
ExercíciosExercícios
Taxonomia
TaxonomiaTaxonomia
Cromossomos, genes e alelos
Cromossomos, genes e alelosCromossomos, genes e alelos
Cromossomos, genes e alelos
SESI 422 - Americana
 
Genética mendeliana básica
Genética mendeliana básicaGenética mendeliana básica
Genética mendeliana básica
SESI 422 - Americana
 
Evidências da evolução
Evidências da evoluçãoEvidências da evolução
Evidências da evolução
SESI 422 - Americana
 
Projeto terrário
Projeto terrárioProjeto terrário
Projeto terrário
SESI 422 - Americana
 
Projeto paleontólogos
Projeto paleontólogosProjeto paleontólogos
Projeto paleontólogos
SESI 422 - Americana
 
Garça branca
Garça brancaGarça branca
Garça branca
SESI 422 - Americana
 
Reportagem jornalística – coalas
Reportagem jornalística – coalasReportagem jornalística – coalas
Reportagem jornalística – coalas
SESI 422 - Americana
 
Capivara o maior roedor do mundo
Capivara o maior roedor do mundoCapivara o maior roedor do mundo
Capivara o maior roedor do mundo
SESI 422 - Americana
 
Lírios
LíriosLírios

Mais de SESI 422 - Americana (20)

Origem da vida e Evolução
Origem da vida e EvoluçãoOrigem da vida e Evolução
Origem da vida e Evolução
 
Genética de populações
Genética de populaçõesGenética de populações
Genética de populações
 
Bioquímica básica
Bioquímica básicaBioquímica básica
Bioquímica básica
 
Expressividade e penetrância
Expressividade e penetrânciaExpressividade e penetrância
Expressividade e penetrância
 
Alelos múltiplos
Alelos múltiplosAlelos múltiplos
Alelos múltiplos
 
Casos especiais de herança
Casos especiais de herançaCasos especiais de herança
Casos especiais de herança
 
Exercícios 2
Exercícios 2Exercícios 2
Exercícios 2
 
Probabilidades e heredogramas
Probabilidades e heredogramasProbabilidades e heredogramas
Probabilidades e heredogramas
 
Textos novas espécies
Textos novas espéciesTextos novas espécies
Textos novas espécies
 
Exercícios
ExercíciosExercícios
Exercícios
 
Taxonomia
TaxonomiaTaxonomia
Taxonomia
 
Cromossomos, genes e alelos
Cromossomos, genes e alelosCromossomos, genes e alelos
Cromossomos, genes e alelos
 
Genética mendeliana básica
Genética mendeliana básicaGenética mendeliana básica
Genética mendeliana básica
 
Evidências da evolução
Evidências da evoluçãoEvidências da evolução
Evidências da evolução
 
Projeto terrário
Projeto terrárioProjeto terrário
Projeto terrário
 
Projeto paleontólogos
Projeto paleontólogosProjeto paleontólogos
Projeto paleontólogos
 
Garça branca
Garça brancaGarça branca
Garça branca
 
Reportagem jornalística – coalas
Reportagem jornalística – coalasReportagem jornalística – coalas
Reportagem jornalística – coalas
 
Capivara o maior roedor do mundo
Capivara o maior roedor do mundoCapivara o maior roedor do mundo
Capivara o maior roedor do mundo
 
Lírios
LíriosLírios
Lírios
 

5a série a importância da água potável - parte 2

  • 2. Enterobíase ou oxiurose Transmissão: Pela ingestão de ovos do verme em água e alimentos contaminados. Agente causador: Enterobius vermiculares, um verme pequeno, Ciclo: Os vermes adultos branco. fixam-se à parede intestinal. As fêmeas, na época da postura desprendem-se e vão às proximidades do ânus depor ovos que são eliminados no meio exteno.
  • 3. Oxiurose Quadro clínico: coceira anal, mas pode haver náuseas, vômitos, dores abdominais, diarréia e irritabilidade.. Profilaxia: Higiene pessoal, Saneamento básico e alimentar e da casa Educação Sanitária Tratamento dos doentes
  • 4. Transmissão: Depende da presença de portador humano, eliminando ovos do Esquistossomose verme nas fezes, da existência de hospedeiro intermediário, que é o caramujo; e do contato do homem com a água contendo cercárias de S. mansoni. Agente causador: Schistosoma mansoni. Os vermes adultos vivem dentro de pequenas veias Ciclo: O hospedeiro intermediário é o do intestino e do fígado caramujo do gênero Biomphalaria. do homem doente; Os caramujos vivem na água doce de alcançam até 12 mm de córregos, riachos, alagados, brejos, comprimento por 0,44 açudes, represas ou outros locais onde mm de diâmetro. haja pouca correnteza. Os caramujos jovens alimentam-se de vegetais em decomposição e folhas verdes. Os caramujos põem ovos, dos quais, depois de alguns dias, nascem novos caramujos que crescem e se tornam adultos.
  • 5. Esquistossomose Quadro clínico: Pode não haver nenhum sintoma. Em casos crônicos fadiga, dor abdominal e diarréia. Agravando-se o prejuízo de órgãos como baço e fígado pode ocorrer vômitos com sangue. Profilaxia Evitar beber ou tomar banho em água Tratamento Higiene Saneament Saneament Educação contaminada dos pessoal o básico o básico sanitária por doentes. caramujos
  • 7. Febre tifóide Transmissão: pode acontecer de forma direta ou indireta. Na forma direta um indivíduo recebe a bactéria de Agente causador: um doente. A forma indireta bactéria Salmonella está ligada a atividades em que uma pessoa sadia se typhi. infecta por objetos, água ou alimentos manipulados por portadores. As moscas domésticas também estão relacionadas com esse tipo de contágio.
  • 8. Febre tifóide Quadro clinico: febre alta, podendo levar à morte. Profilaxia Boas Combate Notificação de casos Proteção, purificação e Ferver e condições às Saneamento à autoridade cloração da água pasteurizar leite de higiene moscas básico sanitária e isolar os doentes
  • 9. Transmissão: A giárdia é transmitida por contágio direto, Giardíase através da água e de alimentos contaminados. Instala-se no jejuno-íleo (intestino delgado) e, frequentemente, sobe pelo canal colédoco e vai se alojar na vesícula biliar, tornando o Agente causador: tratamento bem mais difícil. Apesar do caráter agudo com que protozoário Giardia se manifesta a doença, ela tem lamblia ou Giardia alta tendência à cronicidade. A incidência é acentuadamente intestinalis maior em crianças, provavelmente porque entre estas são menores os cuidados higiênicos com as mãos, a água e os alimentos.
  • 10. Giardíase Quadro clinico: diarréias Profilaxia Cuidados de higiene com Tratamento de a água, alimentos e mãos água Saneamento básico