SlideShare uma empresa Scribd logo
Curso Avançado de Preparação Física
Contextualizada em Futebol
Professor Doutor
Valter Pinheiro
O Treino das Velocidades do Futebol
Documento de apoio à disciplina de Treino das capacidades físicas e o modelo de jogo
Sumário
Evidências sobre a importância da velocidade
O que é a velocidade?
Será a velocidade treinável?
Princípios Metodológicos para o Treino da Velocidade.
Que exercícios utilizar para treinar a velocidade com crianças?
Que exercícios utilizar para treinar a velocidade com adolescentes e adultos?
" Todos los entrenadores hablan sobre movimiento,
sobre correr mucho. Yo digo que no es necesario correr
tanto.
El fútbol es un juego que se juega con el cerebro.
Debes estar en el lugar adecuado, en el momento
adecuado, ni demasiado pronto ni demasiado tarde. "
Johan Cruyff
Nota Introdutória
Será a Velocidade importante no
contexto desportivo?
Vejamos algumas evidências…
Em seguida verificaremos que nas melhores academias de futebol
da Europa, é dada grande relevância à velocidade na hora de
recrutar novos talentos.
O AJAX, consensualmente
considerada umas das
melhores academias da
Europa dá enorme
importância à velocideade
A Academia de Clairfontaine, em França, responsável pela
formação de alguns dos melhores jogadores franceses da
atualidade, atribui grande ênfase à velocidade dos potenciais
talentos.
Como podemos verificar pela imagem acima, o Sporting Clube de
Portugal, que tem lançado alguns dos melhores atletas do mundo,
também atribui elevada importânciaà velocidade
“A Velocidade é a capacidade que permite ao atleta executar
ações motoras com o corpo, ou parte deste, no mais curto espaço
de tempo” (Soares, 2005)
VelocidadeAções Motoras
(Fintas,corrida)
Com o corpo ou parte deste
(Membros Inferiores e superiores)
Curto espaço de tempo
(Velocidade)
Será a Velocidade Treinável?
“Os sprinters não se fazem, Nascem”
Esta é uma frase utilizada muitas vezes para se justificar que não há interesse no
trabalho da velocidade no futebol.
No entanto, é importante pensar que no futebol não necessitamos de sprinter, mas
apenas de atletas rápidos.
Por isso faz todo o sentido o treino da velocidade no contexto do futebol.
Veremos de seguida porque alguma pessoas continuam a pensar que é
desnecessário o treino de velocidade.
Quais são os pressupostos que levam alguns autores a considerar
que o treino da velocidade é desnecessário ?
Os músculos de um jogador são constituídos por fibras vermelhas(lentas) e
fibras rápidas(Brancas).
Quanto mais fibras brancas tiver um jogador, mais rápido será nos seus
deslocamentos.
Todavia, a percentagem de fibras brancas não depende tanto do treino, mas
sobretudo da genética.
Contudo, a velocidade de deslocamento poderá ser melhorada, não pelo
aumento de fibras brancas, mas sobretudo pela melhoria da coordenação na
ação de correr.
Velocidade
Componente
Fisiológica
Componente
Técnica(coordenação)
Deste modo podemos dizer que a velocidade é condicionada por fatores
Fisiológicos(tipo de fibras), mas também por fatores técnicos (coordenação da
corrida).
Assim, não sendo possível alterar o teor de fibras brancas, pode melhorar-se a
velocidade com a melhoria da técnica de corrida.
Componente Técnica ( coordenativa)
Não sendo possível alterar o teor de Fibras Brancas no Músculo
Necessidade de melhorar a Técnica de execução da Corrida
“A Velocidade para além de ser altamente treinável, é possível ser
maximizada apenas com alterações na Técnica de Execução”
(Soares,2005)
Velocidade
Coordenação
“É a ação combinada do sistema nervoso central e da
musculatura esquelética, objetivando uma sequência de
movimentos” (Weineck, 1986)
Princípios Metodológicos para o
Treino da Velocidade
Princípios Metodológicos
Intensidade Máxima
Recuperação Total: no mínimo 5x a duração do esforço
Curta Duração: 10 segundos
A seguir ao Aquecimento
Atenção à Técnica de Corrida
Exercício Recuperação Intensidade Repetições Séries
2-10 5x a duração do
exercício.
Máxima 2-8 1-3
Retirado de Soares(2005)
A velocidade deve ser treinada:
Princípios Metodológicos
Devemos, ainda, ter em consideração as seguintes evidências
práticas:
Raramente os sprint são superiores a 30 metros;
A grande predominância é entre os 5 e 15 metros;
Mais de 95% dos sprint são sem bola;
Os atletas iniciam os sprint das mais diversas formas;
Normalmente o sprint termina com uma ação;
Os laterais tendem a realizar sprint mais longos do que os restantes jogadores
Treinar a Técnica de Corrida
1.Ação dos Apoios
2.Posicionamento da cabeça
3.Posicionamento da bacia e tronco
4.Ação dos braços
5.Sincronização das ações
6.Fluidez dos movimentos
Que exercícios utilizar com crianças?
Exercícios Gerais:
Skiping; coordenação nas escadas; Slalon; Saltos em arcos
Exercícios Específicos:
Situações de 1x0; exercícios de perseguição.
Valter Pinheiro
Doutorado em Ciências do Desporto pelo INEF- Catalunha
Docente de Futebol e Teoria do Treino no ISCE
Metodologia TOCOF
Curso Avançado de Preparação Física
Contextualizada em Futebol

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Periodização Tática - José Guilherme Oliveira
Periodização Tática - José Guilherme OliveiraPeriodização Tática - José Guilherme Oliveira
Periodização Tática - José Guilherme Oliveira
Fundação Real Madrid
 
Modelo de Jogo do FC Bayern Munique
Modelo de Jogo do FC Bayern MuniqueModelo de Jogo do FC Bayern Munique
Modelo de Jogo do FC Bayern Munique
Fundação Real Madrid
 
Programação e Periodização do Treino em Futebol
Programação e Periodização do Treino em FutebolProgramação e Periodização do Treino em Futebol
Programação e Periodização do Treino em Futebol
Fundação Real Madrid
 
Planificacao tática da pre temporada em equipes profissionais
Planificacao tática da pre temporada em equipes profissionaisPlanificacao tática da pre temporada em equipes profissionais
Planificacao tática da pre temporada em equipes profissionais
Futbol Tactico Brasil
 
Ajax Training Sessions
Ajax Training SessionsAjax Training Sessions
Ajax Training Sessions
Renato Moreira
 
A bíblia de mourinho no fc porto
A bíblia de mourinho no fc portoA bíblia de mourinho no fc porto
A bíblia de mourinho no fc porto
raseslb
 
Métodos de Treino
Métodos de TreinoMétodos de Treino
Métodos de Treino
Fundação Real Madrid
 
Metodologia de Trabalho - José Mourinho
Metodologia de Trabalho - José MourinhoMetodologia de Trabalho - José Mourinho
Metodologia de Trabalho - José Mourinho
Leandro Zago
 
Esquema futebol Básico
Esquema futebol BásicoEsquema futebol Básico
Esquema futebol Básico
Pedro Martins
 
Modelo de jogo FCP - Mourinho
Modelo de jogo FCP - MourinhoModelo de jogo FCP - Mourinho
Modelo de jogo FCP - Mourinho
Mário Torres
 
O Ensino do Futebol
O Ensino do FutebolO Ensino do Futebol
O Ensino do Futebol
Fundação Real Madrid
 
Programação, Periodização e Planificação do Treino de Futebol
Programação, Periodização e Planificação do Treino de FutebolProgramação, Periodização e Planificação do Treino de Futebol
Programação, Periodização e Planificação do Treino de Futebol
Fundação Real Madrid
 
Modelo de Jogo e Morfociclo Padrão de Carlo Ancelotti
Modelo de Jogo e Morfociclo Padrão de Carlo AncelottiModelo de Jogo e Morfociclo Padrão de Carlo Ancelotti
Modelo de Jogo e Morfociclo Padrão de Carlo Ancelotti
Fundação Real Madrid
 
La preparación física integrada en el fútbol
La preparación física integrada en el fútbolLa preparación física integrada en el fútbol
La preparación física integrada en el fútbol
Nicolás Maidana Storace
 
Aula pratica curso treinadores braga2007_nivel_i_joão carlos costa e joão bra...
Aula pratica curso treinadores braga2007_nivel_i_joão carlos costa e joão bra...Aula pratica curso treinadores braga2007_nivel_i_joão carlos costa e joão bra...
Aula pratica curso treinadores braga2007_nivel_i_joão carlos costa e joão bra...
João Carlos Costa
 
Treinos em construção
Treinos em construçãoTreinos em construção
Treinos em construção
Humberto Bettencourt
 
O exercicio no processo de treino
O exercicio no processo de treinoO exercicio no processo de treino
O exercicio no processo de treino
Raúl Oliveira
 
Modelo de Jogo
Modelo de Jogo  Modelo de Jogo
Modelo de Jogo
Claudio Roberto
 
Modelo de Jogo do Treinador Rui Quinta
Modelo de Jogo do Treinador Rui QuintaModelo de Jogo do Treinador Rui Quinta
Modelo de Jogo do Treinador Rui Quinta
Fundação Real Madrid
 
Programação, Periodização e Planificação do Treino de Futebol
Programação, Periodização e Planificação do Treino de FutebolProgramação, Periodização e Planificação do Treino de Futebol
Programação, Periodização e Planificação do Treino de Futebol
Fundação Real Madrid
 

Mais procurados (20)

Periodização Tática - José Guilherme Oliveira
Periodização Tática - José Guilherme OliveiraPeriodização Tática - José Guilherme Oliveira
Periodização Tática - José Guilherme Oliveira
 
Modelo de Jogo do FC Bayern Munique
Modelo de Jogo do FC Bayern MuniqueModelo de Jogo do FC Bayern Munique
Modelo de Jogo do FC Bayern Munique
 
Programação e Periodização do Treino em Futebol
Programação e Periodização do Treino em FutebolProgramação e Periodização do Treino em Futebol
Programação e Periodização do Treino em Futebol
 
Planificacao tática da pre temporada em equipes profissionais
Planificacao tática da pre temporada em equipes profissionaisPlanificacao tática da pre temporada em equipes profissionais
Planificacao tática da pre temporada em equipes profissionais
 
Ajax Training Sessions
Ajax Training SessionsAjax Training Sessions
Ajax Training Sessions
 
A bíblia de mourinho no fc porto
A bíblia de mourinho no fc portoA bíblia de mourinho no fc porto
A bíblia de mourinho no fc porto
 
Métodos de Treino
Métodos de TreinoMétodos de Treino
Métodos de Treino
 
Metodologia de Trabalho - José Mourinho
Metodologia de Trabalho - José MourinhoMetodologia de Trabalho - José Mourinho
Metodologia de Trabalho - José Mourinho
 
Esquema futebol Básico
Esquema futebol BásicoEsquema futebol Básico
Esquema futebol Básico
 
Modelo de jogo FCP - Mourinho
Modelo de jogo FCP - MourinhoModelo de jogo FCP - Mourinho
Modelo de jogo FCP - Mourinho
 
O Ensino do Futebol
O Ensino do FutebolO Ensino do Futebol
O Ensino do Futebol
 
Programação, Periodização e Planificação do Treino de Futebol
Programação, Periodização e Planificação do Treino de FutebolProgramação, Periodização e Planificação do Treino de Futebol
Programação, Periodização e Planificação do Treino de Futebol
 
Modelo de Jogo e Morfociclo Padrão de Carlo Ancelotti
Modelo de Jogo e Morfociclo Padrão de Carlo AncelottiModelo de Jogo e Morfociclo Padrão de Carlo Ancelotti
Modelo de Jogo e Morfociclo Padrão de Carlo Ancelotti
 
La preparación física integrada en el fútbol
La preparación física integrada en el fútbolLa preparación física integrada en el fútbol
La preparación física integrada en el fútbol
 
Aula pratica curso treinadores braga2007_nivel_i_joão carlos costa e joão bra...
Aula pratica curso treinadores braga2007_nivel_i_joão carlos costa e joão bra...Aula pratica curso treinadores braga2007_nivel_i_joão carlos costa e joão bra...
Aula pratica curso treinadores braga2007_nivel_i_joão carlos costa e joão bra...
 
Treinos em construção
Treinos em construçãoTreinos em construção
Treinos em construção
 
O exercicio no processo de treino
O exercicio no processo de treinoO exercicio no processo de treino
O exercicio no processo de treino
 
Modelo de Jogo
Modelo de Jogo  Modelo de Jogo
Modelo de Jogo
 
Modelo de Jogo do Treinador Rui Quinta
Modelo de Jogo do Treinador Rui QuintaModelo de Jogo do Treinador Rui Quinta
Modelo de Jogo do Treinador Rui Quinta
 
Programação, Periodização e Planificação do Treino de Futebol
Programação, Periodização e Planificação do Treino de FutebolProgramação, Periodização e Planificação do Treino de Futebol
Programação, Periodização e Planificação do Treino de Futebol
 

Destaque

Futebol - Alimentação jogo
Futebol - Alimentação jogoFutebol - Alimentação jogo
Futebol - Alimentação jogo
Marco Pereira
 
Documento Orientador
Documento OrientadorDocumento Orientador
Documento Orientador
João Araújo
 
Pedagogia do jogo futebol
Pedagogia do jogo   futebolPedagogia do jogo   futebol
Pedagogia do jogo futebol
robson nunes
 
3º edição preparacao fisica-futebol - final
3º edição   preparacao fisica-futebol - final3º edição   preparacao fisica-futebol - final
3º edição preparacao fisica-futebol - final
ISCE - Instituto Superior de Ciências Educativas
 
Estrutura organizativa da formação gus
Estrutura organizativa da formação gusEstrutura organizativa da formação gus
Estrutura organizativa da formação gus
Bruno Ferreira
 
O ludo como um jogo para discutir conceitos
O ludo como um jogo para discutir conceitosO ludo como um jogo para discutir conceitos
O ludo como um jogo para discutir conceitos
Alessandra Matos de Queiroz
 
Física no futebol slide
Física no futebol slideFísica no futebol slide
Física no futebol slide
Julio Jeferson Jeferson
 
Pedro Ferrer - Metodologia para o treino de guarda-redes.
Pedro Ferrer - Metodologia para o treino de guarda-redes.Pedro Ferrer - Metodologia para o treino de guarda-redes.
Pedro Ferrer - Metodologia para o treino de guarda-redes.
Pedro Ferrer
 
Construção do Modelo de Jogo
Construção do Modelo de JogoConstrução do Modelo de Jogo
Construção do Modelo de Jogo
Valter Nascimento
 
#3 - O Falso atleta
#3 - O Falso atleta #3 - O Falso atleta
#3 - O Falso atleta
Luciana Campos
 
Curso de Gestão Técnica no Futebol para Executivos - ABEX e Universidade do F...
Curso de Gestão Técnica no Futebol para Executivos - ABEX e Universidade do F...Curso de Gestão Técnica no Futebol para Executivos - ABEX e Universidade do F...
Curso de Gestão Técnica no Futebol para Executivos - ABEX e Universidade do F...
Eduardo Conde Tega
 
Preparar para o Jogo através do Jogo
Preparar para o Jogo através do JogoPreparar para o Jogo através do Jogo
Preparar para o Jogo através do Jogo
Eduardo Barros
 
A Formação dos Treinadores na Europa
A Formação dos Treinadores na EuropaA Formação dos Treinadores na Europa
A Formação dos Treinadores na Europa
Eduardo Conde Tega
 
Qualificação Profissional na UEFA - Estudo de Caso
Qualificação Profissional na UEFA - Estudo de CasoQualificação Profissional na UEFA - Estudo de Caso
Qualificação Profissional na UEFA - Estudo de Caso
Eduardo Conde Tega
 
Preparação Física no Futebol - Em Busca da Excelência
Preparação Física no Futebol - Em Busca da ExcelênciaPreparação Física no Futebol - Em Busca da Excelência
Preparação Física no Futebol - Em Busca da Excelência
Rodrigo Saffi Mello
 
E-book - Futebol: Bases Científicas da Preparação de Força (ISBN: 978-85-9203...
E-book - Futebol: Bases Científicas da Preparação de Força (ISBN: 978-85-9203...E-book - Futebol: Bases Científicas da Preparação de Força (ISBN: 978-85-9203...
E-book - Futebol: Bases Científicas da Preparação de Força (ISBN: 978-85-9203...
Adriano Vretaros
 
Princípios do Treinamento Desportivo
Princípios do Treinamento DesportivoPrincípios do Treinamento Desportivo
Princípios do Treinamento Desportivo
Foz
 
Futebol total - técnio, tático, físico e admistrativo
Futebol total - técnio, tático, físico e admistrativoFutebol total - técnio, tático, físico e admistrativo
Futebol total - técnio, tático, físico e admistrativo
Renato Schmitt
 
Principios do-treinamento-desportivo1
Principios do-treinamento-desportivo1Principios do-treinamento-desportivo1
Principios do-treinamento-desportivo1
Wagner Luiz Figueiredo
 
Treinamento de velocidade, flexibilidade e coordenação
Treinamento de velocidade, flexibilidade e coordenaçãoTreinamento de velocidade, flexibilidade e coordenação
Treinamento de velocidade, flexibilidade e coordenação
washington carlos vieira
 

Destaque (20)

Futebol - Alimentação jogo
Futebol - Alimentação jogoFutebol - Alimentação jogo
Futebol - Alimentação jogo
 
Documento Orientador
Documento OrientadorDocumento Orientador
Documento Orientador
 
Pedagogia do jogo futebol
Pedagogia do jogo   futebolPedagogia do jogo   futebol
Pedagogia do jogo futebol
 
3º edição preparacao fisica-futebol - final
3º edição   preparacao fisica-futebol - final3º edição   preparacao fisica-futebol - final
3º edição preparacao fisica-futebol - final
 
Estrutura organizativa da formação gus
Estrutura organizativa da formação gusEstrutura organizativa da formação gus
Estrutura organizativa da formação gus
 
O ludo como um jogo para discutir conceitos
O ludo como um jogo para discutir conceitosO ludo como um jogo para discutir conceitos
O ludo como um jogo para discutir conceitos
 
Física no futebol slide
Física no futebol slideFísica no futebol slide
Física no futebol slide
 
Pedro Ferrer - Metodologia para o treino de guarda-redes.
Pedro Ferrer - Metodologia para o treino de guarda-redes.Pedro Ferrer - Metodologia para o treino de guarda-redes.
Pedro Ferrer - Metodologia para o treino de guarda-redes.
 
Construção do Modelo de Jogo
Construção do Modelo de JogoConstrução do Modelo de Jogo
Construção do Modelo de Jogo
 
#3 - O Falso atleta
#3 - O Falso atleta #3 - O Falso atleta
#3 - O Falso atleta
 
Curso de Gestão Técnica no Futebol para Executivos - ABEX e Universidade do F...
Curso de Gestão Técnica no Futebol para Executivos - ABEX e Universidade do F...Curso de Gestão Técnica no Futebol para Executivos - ABEX e Universidade do F...
Curso de Gestão Técnica no Futebol para Executivos - ABEX e Universidade do F...
 
Preparar para o Jogo através do Jogo
Preparar para o Jogo através do JogoPreparar para o Jogo através do Jogo
Preparar para o Jogo através do Jogo
 
A Formação dos Treinadores na Europa
A Formação dos Treinadores na EuropaA Formação dos Treinadores na Europa
A Formação dos Treinadores na Europa
 
Qualificação Profissional na UEFA - Estudo de Caso
Qualificação Profissional na UEFA - Estudo de CasoQualificação Profissional na UEFA - Estudo de Caso
Qualificação Profissional na UEFA - Estudo de Caso
 
Preparação Física no Futebol - Em Busca da Excelência
Preparação Física no Futebol - Em Busca da ExcelênciaPreparação Física no Futebol - Em Busca da Excelência
Preparação Física no Futebol - Em Busca da Excelência
 
E-book - Futebol: Bases Científicas da Preparação de Força (ISBN: 978-85-9203...
E-book - Futebol: Bases Científicas da Preparação de Força (ISBN: 978-85-9203...E-book - Futebol: Bases Científicas da Preparação de Força (ISBN: 978-85-9203...
E-book - Futebol: Bases Científicas da Preparação de Força (ISBN: 978-85-9203...
 
Princípios do Treinamento Desportivo
Princípios do Treinamento DesportivoPrincípios do Treinamento Desportivo
Princípios do Treinamento Desportivo
 
Futebol total - técnio, tático, físico e admistrativo
Futebol total - técnio, tático, físico e admistrativoFutebol total - técnio, tático, físico e admistrativo
Futebol total - técnio, tático, físico e admistrativo
 
Principios do-treinamento-desportivo1
Principios do-treinamento-desportivo1Principios do-treinamento-desportivo1
Principios do-treinamento-desportivo1
 
Treinamento de velocidade, flexibilidade e coordenação
Treinamento de velocidade, flexibilidade e coordenaçãoTreinamento de velocidade, flexibilidade e coordenação
Treinamento de velocidade, flexibilidade e coordenação
 

Semelhante a 5 o treino da velocidade contextualizada

Velocidade: Um conceito complexo e multidimensional
Velocidade: Um conceito complexo e multidimensionalVelocidade: Um conceito complexo e multidimensional
Velocidade: Um conceito complexo e multidimensional
Fernando Farias
 
Workbook fase 1 core 360
Workbook fase 1 core 360Workbook fase 1 core 360
Workbook fase 1 core 360
marcelosilveirazero1
 
Curso 2013 treinamento funcional 1 - core
Curso 2013   treinamento funcional 1 - coreCurso 2013   treinamento funcional 1 - core
Curso 2013 treinamento funcional 1 - core
marcelosilveirazero1
 
Trabalho_Educacao_Fisica_JC_MM_MB_MS (4).pptx
Trabalho_Educacao_Fisica_JC_MM_MB_MS (4).pptxTrabalho_Educacao_Fisica_JC_MM_MB_MS (4).pptx
Trabalho_Educacao_Fisica_JC_MM_MB_MS (4).pptx
Irene Semanas
 
A importancia da_tecnica_de_corrida
A importancia da_tecnica_de_corridaA importancia da_tecnica_de_corrida
A importancia da_tecnica_de_corrida
Danielly Santos
 
Fatores limitantes de desempenho
Fatores limitantes de desempenhoFatores limitantes de desempenho
Fatores limitantes de desempenho
ptrkojima
 
Monitorando e conhecendo melhor os trabalhos em campo reduzido
Monitorando e conhecendo melhor os trabalhos em campo reduzidoMonitorando e conhecendo melhor os trabalhos em campo reduzido
Monitorando e conhecendo melhor os trabalhos em campo reduzido
Fernando Farias
 
Monitorando e conhecendo melhor os trabalhos em campo reduzido
Monitorando e conhecendo melhor os trabalhos em campo reduzidoMonitorando e conhecendo melhor os trabalhos em campo reduzido
Monitorando e conhecendo melhor os trabalhos em campo reduzido
Fernando Farias
 
A especificidade na aplicao do treino para futebolistas a quebrade paradigmas...
A especificidade na aplicao do treino para futebolistas a quebrade paradigmas...A especificidade na aplicao do treino para futebolistas a quebrade paradigmas...
A especificidade na aplicao do treino para futebolistas a quebrade paradigmas...
Tadashi Hara
 
A especificidade na aplicação do treino para futebolistas a quebra de paradig...
A especificidade na aplicação do treino para futebolistas a quebra de paradig...A especificidade na aplicação do treino para futebolistas a quebra de paradig...
A especificidade na aplicação do treino para futebolistas a quebra de paradig...
Jose Augusto Leal
 
Velocidade Coletiva no Futebol
Velocidade Coletiva no FutebolVelocidade Coletiva no Futebol
Velocidade Coletiva no Futebol
Fundação Real Madrid
 
Pliometria para corredores
Pliometria para corredoresPliometria para corredores
Pliometria para corredores
Fernando Farias
 
SLIDES DO LIVRO.pptx
SLIDES DO LIVRO.pptxSLIDES DO LIVRO.pptx
SLIDES DO LIVRO.pptx
LeilaLima41
 
Principios do treinamento desportivo
Principios do treinamento desportivoPrincipios do treinamento desportivo
Principios do treinamento desportivo
joaobriant
 
Prescriodeatividadefsica 100605151024-phpapp02
Prescriodeatividadefsica 100605151024-phpapp02Prescriodeatividadefsica 100605151024-phpapp02
Prescriodeatividadefsica 100605151024-phpapp02
Eric Belchote
 
A especificidade na aplicação do treino para futebolistas
A especificidade na aplicação do treino para futebolistasA especificidade na aplicação do treino para futebolistas
A especificidade na aplicação do treino para futebolistas
Fernando Farias
 
Sobre ed. fisica e musculaçao
Sobre ed. fisica e musculaçaoSobre ed. fisica e musculaçao
Sobre ed. fisica e musculaçao
pagodes
 
Princípios biológicos afa univap2013
Princípios biológicos afa univap2013Princípios biológicos afa univap2013
Princípios biológicos afa univap2013
Felipe Mago
 
Periodização - Prolongamento do estado de forma
Periodização - Prolongamento do estado de formaPeriodização - Prolongamento do estado de forma
Periodização - Prolongamento do estado de forma
Fundação Real Madrid
 
Musculação no futebol.
Musculação no futebol.Musculação no futebol.
Musculação no futebol.
Caio Marcus Araújo
 

Semelhante a 5 o treino da velocidade contextualizada (20)

Velocidade: Um conceito complexo e multidimensional
Velocidade: Um conceito complexo e multidimensionalVelocidade: Um conceito complexo e multidimensional
Velocidade: Um conceito complexo e multidimensional
 
Workbook fase 1 core 360
Workbook fase 1 core 360Workbook fase 1 core 360
Workbook fase 1 core 360
 
Curso 2013 treinamento funcional 1 - core
Curso 2013   treinamento funcional 1 - coreCurso 2013   treinamento funcional 1 - core
Curso 2013 treinamento funcional 1 - core
 
Trabalho_Educacao_Fisica_JC_MM_MB_MS (4).pptx
Trabalho_Educacao_Fisica_JC_MM_MB_MS (4).pptxTrabalho_Educacao_Fisica_JC_MM_MB_MS (4).pptx
Trabalho_Educacao_Fisica_JC_MM_MB_MS (4).pptx
 
A importancia da_tecnica_de_corrida
A importancia da_tecnica_de_corridaA importancia da_tecnica_de_corrida
A importancia da_tecnica_de_corrida
 
Fatores limitantes de desempenho
Fatores limitantes de desempenhoFatores limitantes de desempenho
Fatores limitantes de desempenho
 
Monitorando e conhecendo melhor os trabalhos em campo reduzido
Monitorando e conhecendo melhor os trabalhos em campo reduzidoMonitorando e conhecendo melhor os trabalhos em campo reduzido
Monitorando e conhecendo melhor os trabalhos em campo reduzido
 
Monitorando e conhecendo melhor os trabalhos em campo reduzido
Monitorando e conhecendo melhor os trabalhos em campo reduzidoMonitorando e conhecendo melhor os trabalhos em campo reduzido
Monitorando e conhecendo melhor os trabalhos em campo reduzido
 
A especificidade na aplicao do treino para futebolistas a quebrade paradigmas...
A especificidade na aplicao do treino para futebolistas a quebrade paradigmas...A especificidade na aplicao do treino para futebolistas a quebrade paradigmas...
A especificidade na aplicao do treino para futebolistas a quebrade paradigmas...
 
A especificidade na aplicação do treino para futebolistas a quebra de paradig...
A especificidade na aplicação do treino para futebolistas a quebra de paradig...A especificidade na aplicação do treino para futebolistas a quebra de paradig...
A especificidade na aplicação do treino para futebolistas a quebra de paradig...
 
Velocidade Coletiva no Futebol
Velocidade Coletiva no FutebolVelocidade Coletiva no Futebol
Velocidade Coletiva no Futebol
 
Pliometria para corredores
Pliometria para corredoresPliometria para corredores
Pliometria para corredores
 
SLIDES DO LIVRO.pptx
SLIDES DO LIVRO.pptxSLIDES DO LIVRO.pptx
SLIDES DO LIVRO.pptx
 
Principios do treinamento desportivo
Principios do treinamento desportivoPrincipios do treinamento desportivo
Principios do treinamento desportivo
 
Prescriodeatividadefsica 100605151024-phpapp02
Prescriodeatividadefsica 100605151024-phpapp02Prescriodeatividadefsica 100605151024-phpapp02
Prescriodeatividadefsica 100605151024-phpapp02
 
A especificidade na aplicação do treino para futebolistas
A especificidade na aplicação do treino para futebolistasA especificidade na aplicação do treino para futebolistas
A especificidade na aplicação do treino para futebolistas
 
Sobre ed. fisica e musculaçao
Sobre ed. fisica e musculaçaoSobre ed. fisica e musculaçao
Sobre ed. fisica e musculaçao
 
Princípios biológicos afa univap2013
Princípios biológicos afa univap2013Princípios biológicos afa univap2013
Princípios biológicos afa univap2013
 
Periodização - Prolongamento do estado de forma
Periodização - Prolongamento do estado de formaPeriodização - Prolongamento do estado de forma
Periodização - Prolongamento do estado de forma
 
Musculação no futebol.
Musculação no futebol.Musculação no futebol.
Musculação no futebol.
 

Mais de ISCE - Instituto Superior de Ciências Educativas

A importância-do-desporto-na-vida-dos-jovens - tocof
A importância-do-desporto-na-vida-dos-jovens - tocofA importância-do-desporto-na-vida-dos-jovens - tocof
A importância-do-desporto-na-vida-dos-jovens - tocof
ISCE - Instituto Superior de Ciências Educativas
 
Livro de Atas do IV Congresso da Sociedade Científica de Pedagogia do Desporto
Livro de Atas do IV Congresso da Sociedade Científica de Pedagogia do DesportoLivro de Atas do IV Congresso da Sociedade Científica de Pedagogia do Desporto
Livro de Atas do IV Congresso da Sociedade Científica de Pedagogia do Desporto
ISCE - Instituto Superior de Ciências Educativas
 
Alterações às leis do jogo de futebol
Alterações às leis do jogo de futebolAlterações às leis do jogo de futebol
Alterações às leis do jogo de futebol
ISCE - Instituto Superior de Ciências Educativas
 
Tese completa
Tese completaTese completa
Análise da obtenção do golo no futebol profissional
Análise da obtenção do golo no futebol profissionalAnálise da obtenção do golo no futebol profissional
Análise da obtenção do golo no futebol profissional
ISCE - Instituto Superior de Ciências Educativas
 
Revista nº3 da Sociedade Científica de Pedagogia do Desporto
Revista nº3 da Sociedade Científica de Pedagogia do DesportoRevista nº3 da Sociedade Científica de Pedagogia do Desporto
Revista nº3 da Sociedade Científica de Pedagogia do Desporto
ISCE - Instituto Superior de Ciências Educativas
 
Cartaz final ii jornadas de futebol do ISCE - 2014
Cartaz final   ii jornadas de futebol do ISCE - 2014Cartaz final   ii jornadas de futebol do ISCE - 2014
Cartaz final ii jornadas de futebol do ISCE - 2014
ISCE - Instituto Superior de Ciências Educativas
 
Brochura das II jornadas de futebol do ISCE - 2014
Brochura das II jornadas de futebol do ISCE - 2014Brochura das II jornadas de futebol do ISCE - 2014
Brochura das II jornadas de futebol do ISCE - 2014
ISCE - Instituto Superior de Ciências Educativas
 
O modelo de jogo
O modelo de jogoO modelo de jogo
The ten commandments_of_youth_football_training
The ten commandments_of_youth_football_trainingThe ten commandments_of_youth_football_training
The ten commandments_of_youth_football_training
ISCE - Instituto Superior de Ciências Educativas
 
Tocof football kinderganden - Programa de treino de futebolistas
Tocof football kinderganden - Programa de treino de futebolistasTocof football kinderganden - Programa de treino de futebolistas
Tocof football kinderganden - Programa de treino de futebolistas
ISCE - Instituto Superior de Ciências Educativas
 
Apresentação das jornadas de pedagogia slideshare
Apresentação das jornadas de pedagogia   slideshareApresentação das jornadas de pedagogia   slideshare
Apresentação das jornadas de pedagogia slideshare
ISCE - Instituto Superior de Ciências Educativas
 
Metodologia tocof um paradigma no ensino do jogo de futebol
Metodologia tocof   um paradigma no ensino do jogo de futebolMetodologia tocof   um paradigma no ensino do jogo de futebol
Metodologia tocof um paradigma no ensino do jogo de futebol
ISCE - Instituto Superior de Ciências Educativas
 
Contributos para a compreensão do perfil e das funções do treinador de futsal.
Contributos para a compreensão do perfil e das funções do treinador de futsal.Contributos para a compreensão do perfil e das funções do treinador de futsal.
Contributos para a compreensão do perfil e das funções do treinador de futsal.
ISCE - Instituto Superior de Ciências Educativas
 
Pinheiro,camerino e sequeira, retos, 2013
Pinheiro,camerino e sequeira, retos, 2013Pinheiro,camerino e sequeira, retos, 2013
Pinheiro,camerino e sequeira, retos, 2013
ISCE - Instituto Superior de Ciências Educativas
 
Artigo Sobre dribles - Metodologia TOCOF - Valter Pinheiro
Artigo Sobre dribles - Metodologia TOCOF - Valter PinheiroArtigo Sobre dribles - Metodologia TOCOF - Valter Pinheiro
Artigo Sobre dribles - Metodologia TOCOF - Valter Pinheiro
ISCE - Instituto Superior de Ciências Educativas
 
10 mandamientos del_entrenamiento_con_jovenes_futbolistas
10 mandamientos del_entrenamiento_con_jovenes_futbolistas10 mandamientos del_entrenamiento_con_jovenes_futbolistas
10 mandamientos del_entrenamiento_con_jovenes_futbolistas
ISCE - Instituto Superior de Ciências Educativas
 
Preparaçã..
Preparaçã..Preparaçã..
A importância do desporto na vida dos jovens
A importância do desporto na vida dos jovensA importância do desporto na vida dos jovens
A importância do desporto na vida dos jovens
ISCE - Instituto Superior de Ciências Educativas
 
O treino da força no período infanto juvenil
O treino da força no período infanto juvenilO treino da força no período infanto juvenil
O treino da força no período infanto juvenil
ISCE - Instituto Superior de Ciências Educativas
 

Mais de ISCE - Instituto Superior de Ciências Educativas (20)

A importância-do-desporto-na-vida-dos-jovens - tocof
A importância-do-desporto-na-vida-dos-jovens - tocofA importância-do-desporto-na-vida-dos-jovens - tocof
A importância-do-desporto-na-vida-dos-jovens - tocof
 
Livro de Atas do IV Congresso da Sociedade Científica de Pedagogia do Desporto
Livro de Atas do IV Congresso da Sociedade Científica de Pedagogia do DesportoLivro de Atas do IV Congresso da Sociedade Científica de Pedagogia do Desporto
Livro de Atas do IV Congresso da Sociedade Científica de Pedagogia do Desporto
 
Alterações às leis do jogo de futebol
Alterações às leis do jogo de futebolAlterações às leis do jogo de futebol
Alterações às leis do jogo de futebol
 
Tese completa
Tese completaTese completa
Tese completa
 
Análise da obtenção do golo no futebol profissional
Análise da obtenção do golo no futebol profissionalAnálise da obtenção do golo no futebol profissional
Análise da obtenção do golo no futebol profissional
 
Revista nº3 da Sociedade Científica de Pedagogia do Desporto
Revista nº3 da Sociedade Científica de Pedagogia do DesportoRevista nº3 da Sociedade Científica de Pedagogia do Desporto
Revista nº3 da Sociedade Científica de Pedagogia do Desporto
 
Cartaz final ii jornadas de futebol do ISCE - 2014
Cartaz final   ii jornadas de futebol do ISCE - 2014Cartaz final   ii jornadas de futebol do ISCE - 2014
Cartaz final ii jornadas de futebol do ISCE - 2014
 
Brochura das II jornadas de futebol do ISCE - 2014
Brochura das II jornadas de futebol do ISCE - 2014Brochura das II jornadas de futebol do ISCE - 2014
Brochura das II jornadas de futebol do ISCE - 2014
 
O modelo de jogo
O modelo de jogoO modelo de jogo
O modelo de jogo
 
The ten commandments_of_youth_football_training
The ten commandments_of_youth_football_trainingThe ten commandments_of_youth_football_training
The ten commandments_of_youth_football_training
 
Tocof football kinderganden - Programa de treino de futebolistas
Tocof football kinderganden - Programa de treino de futebolistasTocof football kinderganden - Programa de treino de futebolistas
Tocof football kinderganden - Programa de treino de futebolistas
 
Apresentação das jornadas de pedagogia slideshare
Apresentação das jornadas de pedagogia   slideshareApresentação das jornadas de pedagogia   slideshare
Apresentação das jornadas de pedagogia slideshare
 
Metodologia tocof um paradigma no ensino do jogo de futebol
Metodologia tocof   um paradigma no ensino do jogo de futebolMetodologia tocof   um paradigma no ensino do jogo de futebol
Metodologia tocof um paradigma no ensino do jogo de futebol
 
Contributos para a compreensão do perfil e das funções do treinador de futsal.
Contributos para a compreensão do perfil e das funções do treinador de futsal.Contributos para a compreensão do perfil e das funções do treinador de futsal.
Contributos para a compreensão do perfil e das funções do treinador de futsal.
 
Pinheiro,camerino e sequeira, retos, 2013
Pinheiro,camerino e sequeira, retos, 2013Pinheiro,camerino e sequeira, retos, 2013
Pinheiro,camerino e sequeira, retos, 2013
 
Artigo Sobre dribles - Metodologia TOCOF - Valter Pinheiro
Artigo Sobre dribles - Metodologia TOCOF - Valter PinheiroArtigo Sobre dribles - Metodologia TOCOF - Valter Pinheiro
Artigo Sobre dribles - Metodologia TOCOF - Valter Pinheiro
 
10 mandamientos del_entrenamiento_con_jovenes_futbolistas
10 mandamientos del_entrenamiento_con_jovenes_futbolistas10 mandamientos del_entrenamiento_con_jovenes_futbolistas
10 mandamientos del_entrenamiento_con_jovenes_futbolistas
 
Preparaçã..
Preparaçã..Preparaçã..
Preparaçã..
 
A importância do desporto na vida dos jovens
A importância do desporto na vida dos jovensA importância do desporto na vida dos jovens
A importância do desporto na vida dos jovens
 
O treino da força no período infanto juvenil
O treino da força no período infanto juvenilO treino da força no período infanto juvenil
O treino da força no período infanto juvenil
 

5 o treino da velocidade contextualizada

  • 1. Curso Avançado de Preparação Física Contextualizada em Futebol Professor Doutor Valter Pinheiro O Treino das Velocidades do Futebol Documento de apoio à disciplina de Treino das capacidades físicas e o modelo de jogo
  • 2. Sumário Evidências sobre a importância da velocidade O que é a velocidade? Será a velocidade treinável? Princípios Metodológicos para o Treino da Velocidade. Que exercícios utilizar para treinar a velocidade com crianças? Que exercícios utilizar para treinar a velocidade com adolescentes e adultos?
  • 3. " Todos los entrenadores hablan sobre movimiento, sobre correr mucho. Yo digo que no es necesario correr tanto. El fútbol es un juego que se juega con el cerebro. Debes estar en el lugar adecuado, en el momento adecuado, ni demasiado pronto ni demasiado tarde. " Johan Cruyff Nota Introdutória
  • 4. Será a Velocidade importante no contexto desportivo? Vejamos algumas evidências…
  • 5. Em seguida verificaremos que nas melhores academias de futebol da Europa, é dada grande relevância à velocidade na hora de recrutar novos talentos. O AJAX, consensualmente considerada umas das melhores academias da Europa dá enorme importância à velocideade
  • 6. A Academia de Clairfontaine, em França, responsável pela formação de alguns dos melhores jogadores franceses da atualidade, atribui grande ênfase à velocidade dos potenciais talentos.
  • 7. Como podemos verificar pela imagem acima, o Sporting Clube de Portugal, que tem lançado alguns dos melhores atletas do mundo, também atribui elevada importânciaà velocidade
  • 8. “A Velocidade é a capacidade que permite ao atleta executar ações motoras com o corpo, ou parte deste, no mais curto espaço de tempo” (Soares, 2005) VelocidadeAções Motoras (Fintas,corrida) Com o corpo ou parte deste (Membros Inferiores e superiores) Curto espaço de tempo (Velocidade)
  • 9. Será a Velocidade Treinável?
  • 10. “Os sprinters não se fazem, Nascem” Esta é uma frase utilizada muitas vezes para se justificar que não há interesse no trabalho da velocidade no futebol. No entanto, é importante pensar que no futebol não necessitamos de sprinter, mas apenas de atletas rápidos. Por isso faz todo o sentido o treino da velocidade no contexto do futebol. Veremos de seguida porque alguma pessoas continuam a pensar que é desnecessário o treino de velocidade.
  • 11. Quais são os pressupostos que levam alguns autores a considerar que o treino da velocidade é desnecessário ? Os músculos de um jogador são constituídos por fibras vermelhas(lentas) e fibras rápidas(Brancas). Quanto mais fibras brancas tiver um jogador, mais rápido será nos seus deslocamentos. Todavia, a percentagem de fibras brancas não depende tanto do treino, mas sobretudo da genética. Contudo, a velocidade de deslocamento poderá ser melhorada, não pelo aumento de fibras brancas, mas sobretudo pela melhoria da coordenação na ação de correr.
  • 12. Velocidade Componente Fisiológica Componente Técnica(coordenação) Deste modo podemos dizer que a velocidade é condicionada por fatores Fisiológicos(tipo de fibras), mas também por fatores técnicos (coordenação da corrida). Assim, não sendo possível alterar o teor de fibras brancas, pode melhorar-se a velocidade com a melhoria da técnica de corrida.
  • 13. Componente Técnica ( coordenativa) Não sendo possível alterar o teor de Fibras Brancas no Músculo Necessidade de melhorar a Técnica de execução da Corrida “A Velocidade para além de ser altamente treinável, é possível ser maximizada apenas com alterações na Técnica de Execução” (Soares,2005)
  • 14. Velocidade Coordenação “É a ação combinada do sistema nervoso central e da musculatura esquelética, objetivando uma sequência de movimentos” (Weineck, 1986)
  • 15. Princípios Metodológicos para o Treino da Velocidade
  • 16. Princípios Metodológicos Intensidade Máxima Recuperação Total: no mínimo 5x a duração do esforço Curta Duração: 10 segundos A seguir ao Aquecimento Atenção à Técnica de Corrida Exercício Recuperação Intensidade Repetições Séries 2-10 5x a duração do exercício. Máxima 2-8 1-3 Retirado de Soares(2005) A velocidade deve ser treinada:
  • 17. Princípios Metodológicos Devemos, ainda, ter em consideração as seguintes evidências práticas: Raramente os sprint são superiores a 30 metros; A grande predominância é entre os 5 e 15 metros; Mais de 95% dos sprint são sem bola; Os atletas iniciam os sprint das mais diversas formas; Normalmente o sprint termina com uma ação; Os laterais tendem a realizar sprint mais longos do que os restantes jogadores
  • 18. Treinar a Técnica de Corrida 1.Ação dos Apoios 2.Posicionamento da cabeça 3.Posicionamento da bacia e tronco 4.Ação dos braços 5.Sincronização das ações 6.Fluidez dos movimentos
  • 19. Que exercícios utilizar com crianças? Exercícios Gerais: Skiping; coordenação nas escadas; Slalon; Saltos em arcos Exercícios Específicos: Situações de 1x0; exercícios de perseguição.
  • 20. Valter Pinheiro Doutorado em Ciências do Desporto pelo INEF- Catalunha Docente de Futebol e Teoria do Treino no ISCE Metodologia TOCOF Curso Avançado de Preparação Física Contextualizada em Futebol