SlideShare uma empresa Scribd logo
Ano Lectivo 2009/2010
                                                                                              HISTÓRIA E GEOGRAFIA
                                                                                                  DE PORTUGAL
                                                                                                              5º Ano
Agrupamento de Escolas de Arraiolos                                                              Teste de Avaliação nº 5
Escola EB 2,3/S Cunha Rivara de Arraiolos


                      TESTE DE AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL
Nome: ___________________________________________________________________________ Turma _____ Nº: _____
Avaliação: __________________________                                                                Data: ___/___/____
Professor: ____________________                                    Encarregado(a) de Educação: _____________________
Observações: _________________________________________________________________________________________


       Lê, com muita atenção, o enunciado que se segue e, depois de analisares cuidadosamente os documentos
apresentados, responde de forma clara, objectiva e cuidada.
                                                                                             Boa
                                                                                             Sorte!
                                                         Grupo I
                                            (A Vida Quotidiana – Século XIII)


I.1 As terras senhoriais pertenciam às ordens privilegiadas, a quem tinham sido doadas pelo rei. Observa atentamente a
figura 1.
                                                   I.1.1 Diz por palavras tuas o que era um Senhorio.
                                                   __________________________________________________________
                                                   __________________________________________________________
                                                   __________________________________________________________
                                                   __________________________________________________________
                                                   __________________________________________________________
                                                   __________________________________________________________


                                                   I.1.2 A quem pertenciam os Senhorios?
                                                   __________________________________________________________
                                                   __________________________________________________________
                                                   __________________________________________________________


                                                   I.1.3 Quem trabalhava nas terras dos Senhorios?
                                                   __________________________________________________________
                                                   __________________________________________________________
                                                   __________________________________________________________


                                                   I.1.4 Qual a região do país onde predominavam os Senhorios dos
Figura 1                                           Nobres?


______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
I.2. Parte do clero vivia junto do resto da população, mas havia uma parte que vivia nos Mosteiros. Analisa a figura 2.




Figura 2


I.2.1 Indica a diferença entre clero secular e clero regular.
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________


I.2.2 Achas que os Mosteiros eram importantes para o conjunto da sociedade? Porquê?
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________


I.3. Os concelhos eram controlados por membros do Povo. Analisa as figuras 3 e 4.

  Eu, Afonso, infante filho do conde D. Henrique, faço carta de
  foral aos homens de Penela. A todos os que aí morarem dou e
  concedo-vos o meu castelo de Penela, com os seus termos e
  fontes e pastagens e terras desbravadas e por desbravar […].
  Os que lavrarem com um jugo(1) de bois pagar-me-ão dois
  quarteiros(2) , metade de trigo e metade de cevada. […] Todas
  as injúrias que aí forem feitas serão julgadas entre os vizinhos
  […] e os homens de Penela só serão julgados no seu concelho.
  […] Que sejam livres todos os que vierem povoar as herdades
  do concelho. […]. Os juízes do dito lugar devem ser eleitos em
  cada ano pelo S. João […].
                                             Foral de Penela, 1136

       (1) Jugo ou jugada: junta ou parelha de animais reunidos por
           uma mesma canga ou jugo.
       (2) Quarteiro: quarta parte de um moio. O moio era uma
           medida de capacidade de valor variável. Valia, em média,
           cerca de 600 litros.

 Figura 3 – Excerto da carta de foral de Penela                               Figura 4 – Pelourinho de Arraiolos
I.3.1 Identifica um símbolo da autonomia dos concelhos.
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________


I.3.2 Qual o nome do documento que criava um concelho?
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________


I.3.3 Por que é que os moradores de um concelho tinham maior autonomia?
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________


I.4 Nos concelhos urbanos surge um novo grupo social. Os seus membros eram mercadores e artesãos enriquecidos com o
comércio externo. Analisa as figuras 5 e 6.




       Figura 5
                                                                       Figura 6




I.4.1 Indica o nome desse novo grupo social.
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________


I.4.2 Explica por que é que os membros desse grupo tinham necessidade de se instruir.
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
Grupo II
                                               (A Revolução de 1383-1385)
II.1 Lê o documento presente nas figura 5 e observa o esquema genealógico da figura 6.



                                O receio de que Portugal perca a independência

           El-rei de Castela, quando soube que el-rei D. Fernando tinha morrido, escreveu logo,
           ele e a rainha sua mulher, à rainha D. Leonor para que fizesse reconhecer D. Beatriz
           como rainha.
           Os da cidade [de Lisboa] quando ouviram isto [que deviam aclamar rainha D.
           Beatriz], houve entre eles grandes murmurações e perturbações, dizendo uns para
           os outros:
           “Agora se vende Portugal, que tantas cabeças e sangue custou a ganhar, quando foi
           tomado aos Mouros!”
                                                                    Fernão Lopes, Crónica de El-Rei D. Fernando

          Figura 5




          Figura 6



II.1.1 Em meados do século XIV, Portugal estava num período de crise. Aponta duas razões para essa crise.
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________


II.1.2 Porque razão “os da cidade” tinham receio que Portugal perde-se a independência?
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
II.2 Durante a Revolução de 1383-1385, a população portuguesa dividiu-se em dois grupos. Atenta no mapa da figura 7.


II.2.1 Identifica os líderes (chefes) dos dois grupos em que se dividia a
população portuguesa em 1383.
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________


II.2.2 Indica os grupos sociais que apoiavam cada um dos líderes.
Justifica.
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________                   Figura 7

____________________________________________________________
____________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________


II.3 Atenta nas figuras 8 a 10.




                                                   Figura 9 – O cerco de Lisboa em 1384
   Figura 8



II.3.1 Por que é que o rei de Castela invadiu Portugal?
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
II.3.2 Quem foi aclamado rei nas Cortes de Coimbra em 1385?
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________


II.3.3 Por que é que com D. João I se iniciou uma nova dinastia?
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________


II.3.4 Como é que D. João I recompensou os burgueses pelo apoio que lhe tinham dado?
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________


II.4 Toma muita atenção à cronologia que se segue.
II.4.1 Ordena cronologicamente (do mais antigo para o mais recente) os acontecimentos, colocando os números de 1 a 6:

___ - D. João I (Mestre de Avis) é aclamado rei de Portugal nas Cortes de Coimbra.
___ - Batalha de Aljubarrota.
___ - Morte de D. Fernando, provocando uma crise de sucessão ao trono em Portugal.
___ - É assinado um tratado de paz entre Castela e Portugal, restabelecendo as relações entre os dois reinos.
___ - D. João, Mestre de Avis, é aclamado pelo povo de Lisboa, “Regedor e Defensor do Reino”.
___ - Para que D. Beatriz fosse aclamada rainha em Portugal, o rei de Castela invade Portugal e faz cerco a Lisboa.


                                                                                           Era muito
                                                                                           difícil?
                                                             FIM


                                                                                        Facílimo!!!



                                                                                                                Bom Trabalho!


                                                                                                                  O Professor,
                                                                                                       Pedro Bandeira Simões

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Ficha avaliação(exemplo)
Ficha avaliação(exemplo)Ficha avaliação(exemplo)
Ficha avaliação(exemplo)
marcommendes
 
Hgp 2
Hgp 2Hgp 2
HGP 5º ano
HGP 5º anoHGP 5º ano
HGP 5º ano
Jorge Martinho
 
Ficha av. cn n.º3 5ºano (1)
Ficha av. cn n.º3   5ºano (1)Ficha av. cn n.º3   5ºano (1)
Ficha av. cn n.º3 5ºano (1)
MINEDU
 
Água - revisões - 5.º ano
Água - revisões - 5.º anoÁgua - revisões - 5.º ano
Água - revisões - 5.º ano
Profcris 81
 
Geografia 7º ano - teste de avaliação
Geografia 7º ano - teste de avaliaçãoGeografia 7º ano - teste de avaliação
Geografia 7º ano - teste de avaliação
Maria Da Guia Fonseca
 
6 teste 5ano historia
6 teste 5ano historia6 teste 5ano historia
6 teste 5ano historia
Otilia Nunes
 
Teste de história 5. crise em portugal no seculo xiv
Teste de história 5. crise em portugal no seculo xivTeste de história 5. crise em portugal no seculo xiv
Teste de história 5. crise em portugal no seculo xiv
Acima da Média
 
1ª Ficha avaliação CN- 5º ano - 2021-22.docx
1ª Ficha avaliação CN- 5º ano - 2021-22.docx1ª Ficha avaliação CN- 5º ano - 2021-22.docx
1ª Ficha avaliação CN- 5º ano - 2021-22.docx
CarlaLaurencio
 
Teste 6 descobrimentos
Teste 6 descobrimentosTeste 6 descobrimentos
Teste 6 descobrimentos
Ana Pereira
 
48666509 4-ficha-em-4-º-ano-1-º-periodo (1)
48666509 4-ficha-em-4-º-ano-1-º-periodo (1)48666509 4-ficha-em-4-º-ano-1-º-periodo (1)
48666509 4-ficha-em-4-º-ano-1-º-periodo (1)
Lídia Maria Relvão Miranda
 
Correção da Ficha de Avaliação 2
Correção da Ficha de Avaliação 2Correção da Ficha de Avaliação 2
Correção da Ficha de Avaliação 2
sofiasimao
 
5. teste diagnóstico importância da água para os seres vivos (2)
5. teste diagnóstico    importância da água para os seres vivos (2)5. teste diagnóstico    importância da água para os seres vivos (2)
5. teste diagnóstico importância da água para os seres vivos (2)
Susana Ferrão
 
Ficha n.º 1
Ficha n.º 1Ficha n.º 1
Ficha n.º 1
f982
 
Teste.portugues 5º ano
Teste.portugues 5º anoTeste.portugues 5º ano
Teste.portugues 5º ano
Patricia Baptista
 
A.1 teste diagnóstico império e monarquia absoluta no século xviii (2)
A.1 teste diagnóstico   império e monarquia absoluta no século xviii (2)A.1 teste diagnóstico   império e monarquia absoluta no século xviii (2)
A.1 teste diagnóstico império e monarquia absoluta no século xviii (2)
Miguel Gonçalves
 
Geografia 8º ano Cidades: Fixação humana
Geografia 8º ano Cidades: Fixação humanaGeografia 8º ano Cidades: Fixação humana
Geografia 8º ano Cidades: Fixação humana
Espaço Crescer Centro de Estudos
 
Ficha ar 5º CN
Ficha ar 5º CNFicha ar 5º CN
Ficha ar 5º CN
Elisabete Rosa
 
B.1 teste diagnóstico a queda da monarquia e a i república (1)
B.1 teste diagnóstico   a queda da monarquia e a i república (1)B.1 teste diagnóstico   a queda da monarquia e a i república (1)
B.1 teste diagnóstico a queda da monarquia e a i república (1)
Marta Pereira
 
Ficha de estudo do meio - 1ª dinastia - 4º ano
Ficha de estudo do meio - 1ª dinastia - 4º anoFicha de estudo do meio - 1ª dinastia - 4º ano
Ficha de estudo do meio - 1ª dinastia - 4º ano
Ana Tapadinhas
 

Mais procurados (20)

Ficha avaliação(exemplo)
Ficha avaliação(exemplo)Ficha avaliação(exemplo)
Ficha avaliação(exemplo)
 
Hgp 2
Hgp 2Hgp 2
Hgp 2
 
HGP 5º ano
HGP 5º anoHGP 5º ano
HGP 5º ano
 
Ficha av. cn n.º3 5ºano (1)
Ficha av. cn n.º3   5ºano (1)Ficha av. cn n.º3   5ºano (1)
Ficha av. cn n.º3 5ºano (1)
 
Água - revisões - 5.º ano
Água - revisões - 5.º anoÁgua - revisões - 5.º ano
Água - revisões - 5.º ano
 
Geografia 7º ano - teste de avaliação
Geografia 7º ano - teste de avaliaçãoGeografia 7º ano - teste de avaliação
Geografia 7º ano - teste de avaliação
 
6 teste 5ano historia
6 teste 5ano historia6 teste 5ano historia
6 teste 5ano historia
 
Teste de história 5. crise em portugal no seculo xiv
Teste de história 5. crise em portugal no seculo xivTeste de história 5. crise em portugal no seculo xiv
Teste de história 5. crise em portugal no seculo xiv
 
1ª Ficha avaliação CN- 5º ano - 2021-22.docx
1ª Ficha avaliação CN- 5º ano - 2021-22.docx1ª Ficha avaliação CN- 5º ano - 2021-22.docx
1ª Ficha avaliação CN- 5º ano - 2021-22.docx
 
Teste 6 descobrimentos
Teste 6 descobrimentosTeste 6 descobrimentos
Teste 6 descobrimentos
 
48666509 4-ficha-em-4-º-ano-1-º-periodo (1)
48666509 4-ficha-em-4-º-ano-1-º-periodo (1)48666509 4-ficha-em-4-º-ano-1-º-periodo (1)
48666509 4-ficha-em-4-º-ano-1-º-periodo (1)
 
Correção da Ficha de Avaliação 2
Correção da Ficha de Avaliação 2Correção da Ficha de Avaliação 2
Correção da Ficha de Avaliação 2
 
5. teste diagnóstico importância da água para os seres vivos (2)
5. teste diagnóstico    importância da água para os seres vivos (2)5. teste diagnóstico    importância da água para os seres vivos (2)
5. teste diagnóstico importância da água para os seres vivos (2)
 
Ficha n.º 1
Ficha n.º 1Ficha n.º 1
Ficha n.º 1
 
Teste.portugues 5º ano
Teste.portugues 5º anoTeste.portugues 5º ano
Teste.portugues 5º ano
 
A.1 teste diagnóstico império e monarquia absoluta no século xviii (2)
A.1 teste diagnóstico   império e monarquia absoluta no século xviii (2)A.1 teste diagnóstico   império e monarquia absoluta no século xviii (2)
A.1 teste diagnóstico império e monarquia absoluta no século xviii (2)
 
Geografia 8º ano Cidades: Fixação humana
Geografia 8º ano Cidades: Fixação humanaGeografia 8º ano Cidades: Fixação humana
Geografia 8º ano Cidades: Fixação humana
 
Ficha ar 5º CN
Ficha ar 5º CNFicha ar 5º CN
Ficha ar 5º CN
 
B.1 teste diagnóstico a queda da monarquia e a i república (1)
B.1 teste diagnóstico   a queda da monarquia e a i república (1)B.1 teste diagnóstico   a queda da monarquia e a i república (1)
B.1 teste diagnóstico a queda da monarquia e a i república (1)
 
Ficha de estudo do meio - 1ª dinastia - 4º ano
Ficha de estudo do meio - 1ª dinastia - 4º anoFicha de estudo do meio - 1ª dinastia - 4º ano
Ficha de estudo do meio - 1ª dinastia - 4º ano
 

Destaque

Ficha de Avaliação - 6º Ano - As Invasões Francesas/ A revolução Liberal de 1822
Ficha de Avaliação - 6º Ano - As Invasões Francesas/ A revolução Liberal de 1822Ficha de Avaliação - 6º Ano - As Invasões Francesas/ A revolução Liberal de 1822
Ficha de Avaliação - 6º Ano - As Invasões Francesas/ A revolução Liberal de 1822
maria.antonia
 
Os muçulmanos
Os muçulmanosOs muçulmanos
Os muçulmanos
cruchinho
 
Sintese 5o ano historia
Sintese 5o ano historiaSintese 5o ano historia
Sintese 5o ano historia
Virgínia Soares
 
Romanos
RomanosRomanos
Romanos
cruchinho
 
Friso CronolóGico
Friso CronolóGicoFriso CronolóGico
Friso CronolóGico
Susana Fartura
 
Ficha formativa final de matemática 6 - 2013
Ficha formativa final de matemática 6 - 2013Ficha formativa final de matemática 6 - 2013
Ficha formativa final de matemática 6 - 2013
Agrupamento de Escolas de Mortágua
 
Ciencias 6º ANO
Ciencias  6º ANOCiencias  6º ANO
Ciencias 6º ANO
Patricia Rezende
 
Ficha diagnóstica de matemática - 6º ano
Ficha diagnóstica de matemática - 6º anoFicha diagnóstica de matemática - 6º ano
Ficha diagnóstica de matemática - 6º ano
Agrupamento de Escolas de Mortágua
 
HistóRia E Geografia De Portugal
HistóRia E Geografia De PortugalHistóRia E Geografia De Portugal
HistóRia E Geografia De Portugal
jdlimaaear
 
Simulado de história do brasil república
Simulado de história do brasil repúblicaSimulado de história do brasil república
Simulado de história do brasil república
Ricardo Jorge
 
O império colonial português no século XVIII
O império colonial português no século XVIIIO império colonial português no século XVIII
O império colonial português no século XVIII
anabelasilvasobral
 
136241213 atividades-sobre-agua-o-ciclo-da-agua-na-natureza
136241213 atividades-sobre-agua-o-ciclo-da-agua-na-natureza136241213 atividades-sobre-agua-o-ciclo-da-agua-na-natureza
136241213 atividades-sobre-agua-o-ciclo-da-agua-na-natureza
Diesvania Mussi
 
O império colonial português no século xviii
O império colonial português no século xviiiO império colonial português no século xviii
O império colonial português no século xviii
Anabela Sobral
 
O Império Colonial Português no Séc. XVIII
O Império Colonial Português no Séc. XVIIIO Império Colonial Português no Séc. XVIII
O Império Colonial Português no Séc. XVIII
Beatriz Moscatel
 
Império e monarquia absoluta no século xviii
Império e monarquia absoluta no século xviiiImpério e monarquia absoluta no século xviii
Império e monarquia absoluta no século xviii
Carlos Vaz
 
O império português
O império portuguêsO império português
O império português
Carla Freitas
 
Portugal,Território de Altitude Inconstante
Portugal,Território de Altitude InconstantePortugal,Território de Altitude Inconstante
Portugal,Território de Altitude Inconstante
abarros
 
Esquema resumo da vida dos primeiros povos na p.i.
Esquema resumo da vida dos primeiros povos na p.i.Esquema resumo da vida dos primeiros povos na p.i.
Esquema resumo da vida dos primeiros povos na p.i.
anacrmachado
 
Correção da Ficha de Avalição 2
Correção da Ficha de Avalição 2Correção da Ficha de Avalição 2
Correção da Ficha de Avalição 2
sofiasimao
 
Hgp 5º ano ambiente natural da p. iberica.
Hgp 5º ano   ambiente natural da p. iberica.Hgp 5º ano   ambiente natural da p. iberica.
Hgp 5º ano ambiente natural da p. iberica.
jaugf
 

Destaque (20)

Ficha de Avaliação - 6º Ano - As Invasões Francesas/ A revolução Liberal de 1822
Ficha de Avaliação - 6º Ano - As Invasões Francesas/ A revolução Liberal de 1822Ficha de Avaliação - 6º Ano - As Invasões Francesas/ A revolução Liberal de 1822
Ficha de Avaliação - 6º Ano - As Invasões Francesas/ A revolução Liberal de 1822
 
Os muçulmanos
Os muçulmanosOs muçulmanos
Os muçulmanos
 
Sintese 5o ano historia
Sintese 5o ano historiaSintese 5o ano historia
Sintese 5o ano historia
 
Romanos
RomanosRomanos
Romanos
 
Friso CronolóGico
Friso CronolóGicoFriso CronolóGico
Friso CronolóGico
 
Ficha formativa final de matemática 6 - 2013
Ficha formativa final de matemática 6 - 2013Ficha formativa final de matemática 6 - 2013
Ficha formativa final de matemática 6 - 2013
 
Ciencias 6º ANO
Ciencias  6º ANOCiencias  6º ANO
Ciencias 6º ANO
 
Ficha diagnóstica de matemática - 6º ano
Ficha diagnóstica de matemática - 6º anoFicha diagnóstica de matemática - 6º ano
Ficha diagnóstica de matemática - 6º ano
 
HistóRia E Geografia De Portugal
HistóRia E Geografia De PortugalHistóRia E Geografia De Portugal
HistóRia E Geografia De Portugal
 
Simulado de história do brasil república
Simulado de história do brasil repúblicaSimulado de história do brasil república
Simulado de história do brasil república
 
O império colonial português no século XVIII
O império colonial português no século XVIIIO império colonial português no século XVIII
O império colonial português no século XVIII
 
136241213 atividades-sobre-agua-o-ciclo-da-agua-na-natureza
136241213 atividades-sobre-agua-o-ciclo-da-agua-na-natureza136241213 atividades-sobre-agua-o-ciclo-da-agua-na-natureza
136241213 atividades-sobre-agua-o-ciclo-da-agua-na-natureza
 
O império colonial português no século xviii
O império colonial português no século xviiiO império colonial português no século xviii
O império colonial português no século xviii
 
O Império Colonial Português no Séc. XVIII
O Império Colonial Português no Séc. XVIIIO Império Colonial Português no Séc. XVIII
O Império Colonial Português no Séc. XVIII
 
Império e monarquia absoluta no século xviii
Império e monarquia absoluta no século xviiiImpério e monarquia absoluta no século xviii
Império e monarquia absoluta no século xviii
 
O império português
O império portuguêsO império português
O império português
 
Portugal,Território de Altitude Inconstante
Portugal,Território de Altitude InconstantePortugal,Território de Altitude Inconstante
Portugal,Território de Altitude Inconstante
 
Esquema resumo da vida dos primeiros povos na p.i.
Esquema resumo da vida dos primeiros povos na p.i.Esquema resumo da vida dos primeiros povos na p.i.
Esquema resumo da vida dos primeiros povos na p.i.
 
Correção da Ficha de Avalição 2
Correção da Ficha de Avalição 2Correção da Ficha de Avalição 2
Correção da Ficha de Avalição 2
 
Hgp 5º ano ambiente natural da p. iberica.
Hgp 5º ano   ambiente natural da p. iberica.Hgp 5º ano   ambiente natural da p. iberica.
Hgp 5º ano ambiente natural da p. iberica.
 

Semelhante a 5 historia vida quotidiana teste 5ano

4a_teste_5ano.pdf
4a_teste_5ano.pdf4a_teste_5ano.pdf
4a_teste_5ano.pdf
CarlosLopes319
 
Ficha de revisões 1ª prova global
Ficha de revisões 1ª prova globalFicha de revisões 1ª prova global
Ficha de revisões 1ª prova global
Carla Teixeira
 
48666509 4-ficha-em-4-º-ano-1-º-periodo
48666509 4-ficha-em-4-º-ano-1-º-periodo48666509 4-ficha-em-4-º-ano-1-º-periodo
48666509 4-ficha-em-4-º-ano-1-º-periodo
Lídia Maria Relvão Miranda
 
hgp 5ºano teste 2ºperiodo
hgp 5ºano teste 2ºperiodohgp 5ºano teste 2ºperiodo
hgp 5ºano teste 2ºperiodo
CarlosLopes319
 
historia.pdf
historia.pdfhistoria.pdf
historia.pdf
Vera Lemos
 
Ficha f q nº3
Ficha f q nº3Ficha f q nº3
Ficha f q nº3
plastipapel
 
A fada oriana_guiao_leitura
A fada oriana_guiao_leituraA fada oriana_guiao_leitura
A fada oriana_guiao_leitura
Cláudia David
 
Teste
TesteTeste
Listas de Exercícios - Solo1
Listas de Exercícios - Solo1Listas de Exercícios - Solo1
Listas de Exercícios - Solo1
Andrea Barreto
 
O império-português-e-a-concorrência-internacional-ficha-de-trabalho
O império-português-e-a-concorrência-internacional-ficha-de-trabalhoO império-português-e-a-concorrência-internacional-ficha-de-trabalho
O império-português-e-a-concorrência-internacional-ficha-de-trabalho
Andreia Gonçalves
 
Atividades Rep. da Espada
Atividades Rep. da EspadaAtividades Rep. da Espada
Atividades Rep. da Espada
Doug Caesar
 
Evolução - 7o ano
Evolução - 7o anoEvolução - 7o ano
Evolução - 7o ano
Andrea Barreto
 
Teste de história 7ºano
Teste de história 7ºanoTeste de história 7ºano
Teste de história 7ºano
João Couto
 
Hgpa6 ficha ava_1_v2
Hgpa6 ficha ava_1_v2Hgpa6 ficha ava_1_v2
Hgpa6 ficha ava_1_v2
Cláudia Matias
 
Guião de Exploração do manual
Guião de Exploração do manualGuião de Exploração do manual
Guião de Exploração do manual
Manuela Cavaco
 
Exercícios 9º ano
Exercícios 9º anoExercícios 9º ano
Exercícios 9º ano
ricardorodrigues23091988
 
à Beira do lago dos encantos ficha de trabalho
à Beira do lago dos encantos  ficha de trabalhoà Beira do lago dos encantos  ficha de trabalho
à Beira do lago dos encantos ficha de trabalho
fatimamendonca64
 
à Beira do lago dos encantos ficha de trabalho
à Beira do lago dos encantos  ficha de trabalhoà Beira do lago dos encantos  ficha de trabalho
à Beira do lago dos encantos ficha de trabalho
fatimamendonca64
 
correccaoteste
correccaoteste correccaoteste
correccaoteste
Telma Cacém E Juromenha
 
Prova hist
Prova histProva hist
Prova hist
Luzia Ester
 

Semelhante a 5 historia vida quotidiana teste 5ano (20)

4a_teste_5ano.pdf
4a_teste_5ano.pdf4a_teste_5ano.pdf
4a_teste_5ano.pdf
 
Ficha de revisões 1ª prova global
Ficha de revisões 1ª prova globalFicha de revisões 1ª prova global
Ficha de revisões 1ª prova global
 
48666509 4-ficha-em-4-º-ano-1-º-periodo
48666509 4-ficha-em-4-º-ano-1-º-periodo48666509 4-ficha-em-4-º-ano-1-º-periodo
48666509 4-ficha-em-4-º-ano-1-º-periodo
 
hgp 5ºano teste 2ºperiodo
hgp 5ºano teste 2ºperiodohgp 5ºano teste 2ºperiodo
hgp 5ºano teste 2ºperiodo
 
historia.pdf
historia.pdfhistoria.pdf
historia.pdf
 
Ficha f q nº3
Ficha f q nº3Ficha f q nº3
Ficha f q nº3
 
A fada oriana_guiao_leitura
A fada oriana_guiao_leituraA fada oriana_guiao_leitura
A fada oriana_guiao_leitura
 
Teste
TesteTeste
Teste
 
Listas de Exercícios - Solo1
Listas de Exercícios - Solo1Listas de Exercícios - Solo1
Listas de Exercícios - Solo1
 
O império-português-e-a-concorrência-internacional-ficha-de-trabalho
O império-português-e-a-concorrência-internacional-ficha-de-trabalhoO império-português-e-a-concorrência-internacional-ficha-de-trabalho
O império-português-e-a-concorrência-internacional-ficha-de-trabalho
 
Atividades Rep. da Espada
Atividades Rep. da EspadaAtividades Rep. da Espada
Atividades Rep. da Espada
 
Evolução - 7o ano
Evolução - 7o anoEvolução - 7o ano
Evolução - 7o ano
 
Teste de história 7ºano
Teste de história 7ºanoTeste de história 7ºano
Teste de história 7ºano
 
Hgpa6 ficha ava_1_v2
Hgpa6 ficha ava_1_v2Hgpa6 ficha ava_1_v2
Hgpa6 ficha ava_1_v2
 
Guião de Exploração do manual
Guião de Exploração do manualGuião de Exploração do manual
Guião de Exploração do manual
 
Exercícios 9º ano
Exercícios 9º anoExercícios 9º ano
Exercícios 9º ano
 
à Beira do lago dos encantos ficha de trabalho
à Beira do lago dos encantos  ficha de trabalhoà Beira do lago dos encantos  ficha de trabalho
à Beira do lago dos encantos ficha de trabalho
 
à Beira do lago dos encantos ficha de trabalho
à Beira do lago dos encantos  ficha de trabalhoà Beira do lago dos encantos  ficha de trabalho
à Beira do lago dos encantos ficha de trabalho
 
correccaoteste
correccaoteste correccaoteste
correccaoteste
 
Prova hist
Prova histProva hist
Prova hist
 

5 historia vida quotidiana teste 5ano

  • 1. Ano Lectivo 2009/2010 HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL 5º Ano Agrupamento de Escolas de Arraiolos Teste de Avaliação nº 5 Escola EB 2,3/S Cunha Rivara de Arraiolos TESTE DE AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL Nome: ___________________________________________________________________________ Turma _____ Nº: _____ Avaliação: __________________________ Data: ___/___/____ Professor: ____________________ Encarregado(a) de Educação: _____________________ Observações: _________________________________________________________________________________________ Lê, com muita atenção, o enunciado que se segue e, depois de analisares cuidadosamente os documentos apresentados, responde de forma clara, objectiva e cuidada. Boa Sorte! Grupo I (A Vida Quotidiana – Século XIII) I.1 As terras senhoriais pertenciam às ordens privilegiadas, a quem tinham sido doadas pelo rei. Observa atentamente a figura 1. I.1.1 Diz por palavras tuas o que era um Senhorio. __________________________________________________________ __________________________________________________________ __________________________________________________________ __________________________________________________________ __________________________________________________________ __________________________________________________________ I.1.2 A quem pertenciam os Senhorios? __________________________________________________________ __________________________________________________________ __________________________________________________________ I.1.3 Quem trabalhava nas terras dos Senhorios? __________________________________________________________ __________________________________________________________ __________________________________________________________ I.1.4 Qual a região do país onde predominavam os Senhorios dos Figura 1 Nobres? ______________________________________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________________________________
  • 2. I.2. Parte do clero vivia junto do resto da população, mas havia uma parte que vivia nos Mosteiros. Analisa a figura 2. Figura 2 I.2.1 Indica a diferença entre clero secular e clero regular. ______________________________________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________________________________ I.2.2 Achas que os Mosteiros eram importantes para o conjunto da sociedade? Porquê? ______________________________________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________________________________ I.3. Os concelhos eram controlados por membros do Povo. Analisa as figuras 3 e 4. Eu, Afonso, infante filho do conde D. Henrique, faço carta de foral aos homens de Penela. A todos os que aí morarem dou e concedo-vos o meu castelo de Penela, com os seus termos e fontes e pastagens e terras desbravadas e por desbravar […]. Os que lavrarem com um jugo(1) de bois pagar-me-ão dois quarteiros(2) , metade de trigo e metade de cevada. […] Todas as injúrias que aí forem feitas serão julgadas entre os vizinhos […] e os homens de Penela só serão julgados no seu concelho. […] Que sejam livres todos os que vierem povoar as herdades do concelho. […]. Os juízes do dito lugar devem ser eleitos em cada ano pelo S. João […]. Foral de Penela, 1136 (1) Jugo ou jugada: junta ou parelha de animais reunidos por uma mesma canga ou jugo. (2) Quarteiro: quarta parte de um moio. O moio era uma medida de capacidade de valor variável. Valia, em média, cerca de 600 litros. Figura 3 – Excerto da carta de foral de Penela Figura 4 – Pelourinho de Arraiolos
  • 3. I.3.1 Identifica um símbolo da autonomia dos concelhos. ______________________________________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________________________________ I.3.2 Qual o nome do documento que criava um concelho? ______________________________________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________________________________ I.3.3 Por que é que os moradores de um concelho tinham maior autonomia? ______________________________________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________________________________ I.4 Nos concelhos urbanos surge um novo grupo social. Os seus membros eram mercadores e artesãos enriquecidos com o comércio externo. Analisa as figuras 5 e 6. Figura 5 Figura 6 I.4.1 Indica o nome desse novo grupo social. ______________________________________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________________________________ I.4.2 Explica por que é que os membros desse grupo tinham necessidade de se instruir. ______________________________________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________________________________
  • 4. Grupo II (A Revolução de 1383-1385) II.1 Lê o documento presente nas figura 5 e observa o esquema genealógico da figura 6. O receio de que Portugal perca a independência El-rei de Castela, quando soube que el-rei D. Fernando tinha morrido, escreveu logo, ele e a rainha sua mulher, à rainha D. Leonor para que fizesse reconhecer D. Beatriz como rainha. Os da cidade [de Lisboa] quando ouviram isto [que deviam aclamar rainha D. Beatriz], houve entre eles grandes murmurações e perturbações, dizendo uns para os outros: “Agora se vende Portugal, que tantas cabeças e sangue custou a ganhar, quando foi tomado aos Mouros!” Fernão Lopes, Crónica de El-Rei D. Fernando Figura 5 Figura 6 II.1.1 Em meados do século XIV, Portugal estava num período de crise. Aponta duas razões para essa crise. ______________________________________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________________________________ II.1.2 Porque razão “os da cidade” tinham receio que Portugal perde-se a independência? ______________________________________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________________________________
  • 5. II.2 Durante a Revolução de 1383-1385, a população portuguesa dividiu-se em dois grupos. Atenta no mapa da figura 7. II.2.1 Identifica os líderes (chefes) dos dois grupos em que se dividia a população portuguesa em 1383. ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ II.2.2 Indica os grupos sociais que apoiavam cada um dos líderes. Justifica. ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ Figura 7 ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ______________________________________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________________________________ II.3 Atenta nas figuras 8 a 10. Figura 9 – O cerco de Lisboa em 1384 Figura 8 II.3.1 Por que é que o rei de Castela invadiu Portugal? ______________________________________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________________________________
  • 6. II.3.2 Quem foi aclamado rei nas Cortes de Coimbra em 1385? ______________________________________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________________________________ II.3.3 Por que é que com D. João I se iniciou uma nova dinastia? ______________________________________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________________________________ II.3.4 Como é que D. João I recompensou os burgueses pelo apoio que lhe tinham dado? ______________________________________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________________________________ II.4 Toma muita atenção à cronologia que se segue. II.4.1 Ordena cronologicamente (do mais antigo para o mais recente) os acontecimentos, colocando os números de 1 a 6: ___ - D. João I (Mestre de Avis) é aclamado rei de Portugal nas Cortes de Coimbra. ___ - Batalha de Aljubarrota. ___ - Morte de D. Fernando, provocando uma crise de sucessão ao trono em Portugal. ___ - É assinado um tratado de paz entre Castela e Portugal, restabelecendo as relações entre os dois reinos. ___ - D. João, Mestre de Avis, é aclamado pelo povo de Lisboa, “Regedor e Defensor do Reino”. ___ - Para que D. Beatriz fosse aclamada rainha em Portugal, o rei de Castela invade Portugal e faz cerco a Lisboa. Era muito difícil? FIM Facílimo!!! Bom Trabalho! O Professor, Pedro Bandeira Simões