SlideShare uma empresa Scribd logo
38 CADERNO REVISÃO LPUOS 13.885/04 SMDU/ DEUSO| 11.08.2014
C.Taxa de Permeabilidade (TP)
O que é?
É o percentual mínimo exigido para a área permeável do lote (que permite a infiltração de água no solo, livre de qualquer edificação
ou pavimentação não drenante), obtido pela divisão da área permeável e a área total do terreno.
A Lei 13.885/04 estabelece a TP minima, ou seja, o minimo que o lote tem que ter de área permeável.
Para que serve?
Situação demonstrativa
Taxa de Permeabilidade = 0,3 Taxa de Permeabilidade = 0Taxa de Permeabilidade = 0,15
Serve para garantir que os lotes contribuam para a qualidade ambiental da cidade, possibilitando a presença de vegetação de porte
em áreas privadas e atenuando os impactos no sistema de drenagem das águas pluviais.
Nota: A área permeável não reduz a TP relação TP X TO.
Neste caso, não há possibilidade
de infiltração de água no solo,
30% do terreno permite a
infiltração de água no solo
15% do terreno permite a
infiltração de água no solo pois o subsolo esta edificado.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

05 planejamento e desenho urbano
05 planejamento e desenho urbano05 planejamento e desenho urbano
05 planejamento e desenho urbano
GestaoPublicaSustentavel
 
Como calcular o quadro de iluminação e ventilação
Como calcular o quadro de iluminação e ventilaçãoComo calcular o quadro de iluminação e ventilação
Como calcular o quadro de iluminação e ventilação
Edmar Rocha
 
Os Principais pontos da NBR-9050
Os Principais pontos da NBR-9050Os Principais pontos da NBR-9050
Os Principais pontos da NBR-9050
Ministério Público de Santa Catarina
 
Estatuto da cidade
Estatuto da cidadeEstatuto da cidade
Estatuto da cidade
diegobart07
 
Detalhamento de Telhado
Detalhamento de TelhadoDetalhamento de Telhado
Detalhamento de Telhado
danilosaccomori
 
Arquitetura, projeto e conceito
Arquitetura, projeto e conceitoArquitetura, projeto e conceito
Arquitetura, projeto e conceito
Luciana Paixão Arquitetura
 
Paisagismo brasil moderno e contemporâneo
Paisagismo   brasil moderno e contemporâneoPaisagismo   brasil moderno e contemporâneo
Paisagismo brasil moderno e contemporâneo
Carlos Elson Cunha
 
Corte - Arquitetura
Corte - ArquiteturaCorte - Arquitetura
Corte - Arquitetura
hique314
 
Conceitos e instrumentos de planejamento urbano
Conceitos e instrumentos de planejamento urbanoConceitos e instrumentos de planejamento urbano
Conceitos e instrumentos de planejamento urbano
Paulo Orlando
 
Desenho - Normas ABNT
Desenho - Normas ABNTDesenho - Normas ABNT
Desenho - Normas ABNT
danilosaccomori
 
Lajes nervuradas
Lajes nervuradasLajes nervuradas
Lajes nervuradas
Carlos Elson Cunha
 
Plantas Técnicas de Piso, Teto e Demolir-Construir
Plantas Técnicas de Piso, Teto e Demolir-ConstruirPlantas Técnicas de Piso, Teto e Demolir-Construir
Plantas Técnicas de Piso, Teto e Demolir-Construir
danilosaccomori
 
Qto a forma e espaço arquitetonico
Qto a forma e espaço arquitetonicoQto a forma e espaço arquitetonico
Qto a forma e espaço arquitetonico
Rodrigo Pessoa
 
Aula da escadas
Aula da escadasAula da escadas
Aula da escadas
lpscheibler
 
CONJUNTO NACIONAL | Av. Paulista - São Paulo, SP
CONJUNTO NACIONAL | Av. Paulista - São Paulo, SPCONJUNTO NACIONAL | Av. Paulista - São Paulo, SP
CONJUNTO NACIONAL | Av. Paulista - São Paulo, SP
Juliana Carvalho
 
Estudo preliminar
Estudo preliminarEstudo preliminar
Estudo preliminar
Daniela Santos
 
Aula 01 sobre urbanismo [revisado em 20160808]
Aula 01 sobre urbanismo [revisado em 20160808]Aula 01 sobre urbanismo [revisado em 20160808]
Aula 01 sobre urbanismo [revisado em 20160808]
glauci coelho
 
Apostila formatada paisagismo
Apostila formatada paisagismoApostila formatada paisagismo
Apostila formatada paisagismo
Beatriz Goulart
 
Urbanismo
UrbanismoUrbanismo
Apresentação - Projeto de Interiores I
Apresentação - Projeto de Interiores IApresentação - Projeto de Interiores I
Apresentação - Projeto de Interiores I
Alan Cano Munhoz
 

Mais procurados (20)

05 planejamento e desenho urbano
05 planejamento e desenho urbano05 planejamento e desenho urbano
05 planejamento e desenho urbano
 
Como calcular o quadro de iluminação e ventilação
Como calcular o quadro de iluminação e ventilaçãoComo calcular o quadro de iluminação e ventilação
Como calcular o quadro de iluminação e ventilação
 
Os Principais pontos da NBR-9050
Os Principais pontos da NBR-9050Os Principais pontos da NBR-9050
Os Principais pontos da NBR-9050
 
Estatuto da cidade
Estatuto da cidadeEstatuto da cidade
Estatuto da cidade
 
Detalhamento de Telhado
Detalhamento de TelhadoDetalhamento de Telhado
Detalhamento de Telhado
 
Arquitetura, projeto e conceito
Arquitetura, projeto e conceitoArquitetura, projeto e conceito
Arquitetura, projeto e conceito
 
Paisagismo brasil moderno e contemporâneo
Paisagismo   brasil moderno e contemporâneoPaisagismo   brasil moderno e contemporâneo
Paisagismo brasil moderno e contemporâneo
 
Corte - Arquitetura
Corte - ArquiteturaCorte - Arquitetura
Corte - Arquitetura
 
Conceitos e instrumentos de planejamento urbano
Conceitos e instrumentos de planejamento urbanoConceitos e instrumentos de planejamento urbano
Conceitos e instrumentos de planejamento urbano
 
Desenho - Normas ABNT
Desenho - Normas ABNTDesenho - Normas ABNT
Desenho - Normas ABNT
 
Lajes nervuradas
Lajes nervuradasLajes nervuradas
Lajes nervuradas
 
Plantas Técnicas de Piso, Teto e Demolir-Construir
Plantas Técnicas de Piso, Teto e Demolir-ConstruirPlantas Técnicas de Piso, Teto e Demolir-Construir
Plantas Técnicas de Piso, Teto e Demolir-Construir
 
Qto a forma e espaço arquitetonico
Qto a forma e espaço arquitetonicoQto a forma e espaço arquitetonico
Qto a forma e espaço arquitetonico
 
Aula da escadas
Aula da escadasAula da escadas
Aula da escadas
 
CONJUNTO NACIONAL | Av. Paulista - São Paulo, SP
CONJUNTO NACIONAL | Av. Paulista - São Paulo, SPCONJUNTO NACIONAL | Av. Paulista - São Paulo, SP
CONJUNTO NACIONAL | Av. Paulista - São Paulo, SP
 
Estudo preliminar
Estudo preliminarEstudo preliminar
Estudo preliminar
 
Aula 01 sobre urbanismo [revisado em 20160808]
Aula 01 sobre urbanismo [revisado em 20160808]Aula 01 sobre urbanismo [revisado em 20160808]
Aula 01 sobre urbanismo [revisado em 20160808]
 
Apostila formatada paisagismo
Apostila formatada paisagismoApostila formatada paisagismo
Apostila formatada paisagismo
 
Urbanismo
UrbanismoUrbanismo
Urbanismo
 
Apresentação - Projeto de Interiores I
Apresentação - Projeto de Interiores IApresentação - Projeto de Interiores I
Apresentação - Projeto de Interiores I
 

Mais de Campinas Que Queremos

Ata do Concidade 15-02-2017 - metodologia participativa plano diretor- anotado
Ata do Concidade 15-02-2017 - metodologia participativa plano diretor- anotadoAta do Concidade 15-02-2017 - metodologia participativa plano diretor- anotado
Ata do Concidade 15-02-2017 - metodologia participativa plano diretor- anotado
Campinas Que Queremos
 
20160323 representação mp ares-pcj - protocolo resposta ao mpsp
20160323   representação mp ares-pcj - protocolo resposta ao mpsp20160323   representação mp ares-pcj - protocolo resposta ao mpsp
20160323 representação mp ares-pcj - protocolo resposta ao mpsp
Campinas Que Queremos
 
20160107 representação mp ares-pcj - protocolo mpsp
20160107   representação mp ares-pcj - protocolo mpsp20160107   representação mp ares-pcj - protocolo mpsp
20160107 representação mp ares-pcj - protocolo mpsp
Campinas Que Queremos
 
134367 20160212 - lai acompanhamento+anexo - lombadas santander
134367   20160212 - lai acompanhamento+anexo - lombadas santander134367   20160212 - lai acompanhamento+anexo - lombadas santander
134367 20160212 - lai acompanhamento+anexo - lombadas santander
Campinas Que Queremos
 
133797 20160124 - lai acompanhamento - santander contrapartida
133797   20160124 - lai acompanhamento - santander contrapartida133797   20160124 - lai acompanhamento - santander contrapartida
133797 20160124 - lai acompanhamento - santander contrapartida
Campinas Que Queremos
 
133796 20160124 - lai acompanhamento - santander contrapartida
133796   20160124 - lai acompanhamento - santander contrapartida133796   20160124 - lai acompanhamento - santander contrapartida
133796 20160124 - lai acompanhamento - santander contrapartida
Campinas Que Queremos
 
Pmmu são paulo - bicicletas
Pmmu são paulo - bicicletasPmmu são paulo - bicicletas
Pmmu são paulo - bicicletas
Campinas Que Queremos
 
20150929 processo de elaboração do plano de mobilidade urbana - min cidades
20150929   processo de elaboração do plano de mobilidade urbana - min cidades20150929   processo de elaboração do plano de mobilidade urbana - min cidades
20150929 processo de elaboração do plano de mobilidade urbana - min cidades
Campinas Que Queremos
 
2016 04-133797 - santander - tac
2016 04-133797 - santander - tac 2016 04-133797 - santander - tac
2016 04-133797 - santander - tac
Campinas Que Queremos
 
Política nacional de mobilidade 6489
Política nacional de mobilidade   6489Política nacional de mobilidade   6489
Política nacional de mobilidade 6489
Campinas Que Queremos
 
Livro bicicletabrasil.compressed
Livro bicicletabrasil.compressedLivro bicicletabrasil.compressed
Livro bicicletabrasil.compressed
Campinas Que Queremos
 
Wri embarq brasil passo a passo plano de mobilidade
Wri embarq brasil   passo a passo plano de mobilidadeWri embarq brasil   passo a passo plano de mobilidade
Wri embarq brasil passo a passo plano de mobilidade
Campinas Que Queremos
 
Demandas op-loa-2014 - site pmc
Demandas op-loa-2014 - site pmcDemandas op-loa-2014 - site pmc
Demandas op-loa-2014 - site pmc
Campinas Que Queremos
 
Parecer técnico do Comdema-Campinas Negativo à barragem de Pedreira
Parecer técnico do Comdema-Campinas Negativo à barragem de PedreiraParecer técnico do Comdema-Campinas Negativo à barragem de Pedreira
Parecer técnico do Comdema-Campinas Negativo à barragem de Pedreira
Campinas Que Queremos
 
20151108 folheto plano diretor, luos e zoneamento - eletronico -cidade
20151108   folheto plano diretor, luos e zoneamento - eletronico -cidade20151108   folheto plano diretor, luos e zoneamento - eletronico -cidade
20151108 folheto plano diretor, luos e zoneamento - eletronico -cidade
Campinas Que Queremos
 
Plo319 2015 - loa2016 - 2173
Plo319 2015 - loa2016 - 2173Plo319 2015 - loa2016 - 2173
Plo319 2015 - loa2016 - 2173
Campinas Que Queremos
 
Plano Diretor - O que é o
Plano Diretor - O que é oPlano Diretor - O que é o
Plano Diretor - O que é o
Campinas Que Queremos
 

Mais de Campinas Que Queremos (17)

Ata do Concidade 15-02-2017 - metodologia participativa plano diretor- anotado
Ata do Concidade 15-02-2017 - metodologia participativa plano diretor- anotadoAta do Concidade 15-02-2017 - metodologia participativa plano diretor- anotado
Ata do Concidade 15-02-2017 - metodologia participativa plano diretor- anotado
 
20160323 representação mp ares-pcj - protocolo resposta ao mpsp
20160323   representação mp ares-pcj - protocolo resposta ao mpsp20160323   representação mp ares-pcj - protocolo resposta ao mpsp
20160323 representação mp ares-pcj - protocolo resposta ao mpsp
 
20160107 representação mp ares-pcj - protocolo mpsp
20160107   representação mp ares-pcj - protocolo mpsp20160107   representação mp ares-pcj - protocolo mpsp
20160107 representação mp ares-pcj - protocolo mpsp
 
134367 20160212 - lai acompanhamento+anexo - lombadas santander
134367   20160212 - lai acompanhamento+anexo - lombadas santander134367   20160212 - lai acompanhamento+anexo - lombadas santander
134367 20160212 - lai acompanhamento+anexo - lombadas santander
 
133797 20160124 - lai acompanhamento - santander contrapartida
133797   20160124 - lai acompanhamento - santander contrapartida133797   20160124 - lai acompanhamento - santander contrapartida
133797 20160124 - lai acompanhamento - santander contrapartida
 
133796 20160124 - lai acompanhamento - santander contrapartida
133796   20160124 - lai acompanhamento - santander contrapartida133796   20160124 - lai acompanhamento - santander contrapartida
133796 20160124 - lai acompanhamento - santander contrapartida
 
Pmmu são paulo - bicicletas
Pmmu são paulo - bicicletasPmmu são paulo - bicicletas
Pmmu são paulo - bicicletas
 
20150929 processo de elaboração do plano de mobilidade urbana - min cidades
20150929   processo de elaboração do plano de mobilidade urbana - min cidades20150929   processo de elaboração do plano de mobilidade urbana - min cidades
20150929 processo de elaboração do plano de mobilidade urbana - min cidades
 
2016 04-133797 - santander - tac
2016 04-133797 - santander - tac 2016 04-133797 - santander - tac
2016 04-133797 - santander - tac
 
Política nacional de mobilidade 6489
Política nacional de mobilidade   6489Política nacional de mobilidade   6489
Política nacional de mobilidade 6489
 
Livro bicicletabrasil.compressed
Livro bicicletabrasil.compressedLivro bicicletabrasil.compressed
Livro bicicletabrasil.compressed
 
Wri embarq brasil passo a passo plano de mobilidade
Wri embarq brasil   passo a passo plano de mobilidadeWri embarq brasil   passo a passo plano de mobilidade
Wri embarq brasil passo a passo plano de mobilidade
 
Demandas op-loa-2014 - site pmc
Demandas op-loa-2014 - site pmcDemandas op-loa-2014 - site pmc
Demandas op-loa-2014 - site pmc
 
Parecer técnico do Comdema-Campinas Negativo à barragem de Pedreira
Parecer técnico do Comdema-Campinas Negativo à barragem de PedreiraParecer técnico do Comdema-Campinas Negativo à barragem de Pedreira
Parecer técnico do Comdema-Campinas Negativo à barragem de Pedreira
 
20151108 folheto plano diretor, luos e zoneamento - eletronico -cidade
20151108   folheto plano diretor, luos e zoneamento - eletronico -cidade20151108   folheto plano diretor, luos e zoneamento - eletronico -cidade
20151108 folheto plano diretor, luos e zoneamento - eletronico -cidade
 
Plo319 2015 - loa2016 - 2173
Plo319 2015 - loa2016 - 2173Plo319 2015 - loa2016 - 2173
Plo319 2015 - loa2016 - 2173
 
Plano Diretor - O que é o
Plano Diretor - O que é oPlano Diretor - O que é o
Plano Diretor - O que é o
 

3 luos - taxa de permeabilidade

  • 1. 38 CADERNO REVISÃO LPUOS 13.885/04 SMDU/ DEUSO| 11.08.2014 C.Taxa de Permeabilidade (TP) O que é? É o percentual mínimo exigido para a área permeável do lote (que permite a infiltração de água no solo, livre de qualquer edificação ou pavimentação não drenante), obtido pela divisão da área permeável e a área total do terreno. A Lei 13.885/04 estabelece a TP minima, ou seja, o minimo que o lote tem que ter de área permeável. Para que serve? Situação demonstrativa Taxa de Permeabilidade = 0,3 Taxa de Permeabilidade = 0Taxa de Permeabilidade = 0,15 Serve para garantir que os lotes contribuam para a qualidade ambiental da cidade, possibilitando a presença de vegetação de porte em áreas privadas e atenuando os impactos no sistema de drenagem das águas pluviais. Nota: A área permeável não reduz a TP relação TP X TO. Neste caso, não há possibilidade de infiltração de água no solo, 30% do terreno permite a infiltração de água no solo 15% do terreno permite a infiltração de água no solo pois o subsolo esta edificado.