SlideShare uma empresa Scribd logo
NR-10 Equipamentos de proteção coletiva
Equipamento de Proteção Coletiva – EPC
É todo dispositivo, sistema ou meio, fixo ou móvel, de
abrangência coletiva destinado a preservar a integridade física
e a saúde dos trabalhadores, usuários e terceiros.
Principais equipamentos de proteção coletiva:
• Coletes reflexivos;
• Coletes reflexivos;
• Fitas de demarcação reflexivas;
• Coberturas isolantes;
• Cones de sinalização (75 cm, com fitas reflexivas);
• Conjuntos para aterramento temporário;
• Detectores de tensão para BT e AT.
NR-10 Equipamentos de proteção individual
• Adquirir o adequado ao risco de cada atividade;
• Exigir seu uso;
• Fornecer ao trabalhador somente o aprovado pelo órgão
nacional competente em matéria de segurança e saúde
Todo EPI deve possuir o CA (Certificado de Aprovação)
Obrigações do empregador:
nacional competente em matéria de segurança e saúde
no trabalho;
• Orientar e treinar o trabalhador sobre o uso adequado,
guarda e conservação;
• Substituir imediatamente, quando danificado ou extraviado;
• Responsabilizar-se pela higienização e manutenção
periódica;
• Comunicar ao MTE qualquer irregularidade observada.
NR-10
Obrigações do empregado:
• Usar, utilizando-o apenas para a finalidade a que
se destina.
• Responsabilizar-se por sua guarda e conservação;
Equipamentos de proteção individual
• Comunicar ao empregador qualquer alteração que
o torne impróprio para o uso;
• Cumprir as determinações do empregador sobre
o seu uso adequado.
NR-10
Comentários gerais
• A empresa deve fornecer os uniformes de trabalho, não
sendo permitidas vestimentas com peças metálicas (fechos,
tachas, rebites) que possam causar curtos-circuitos, ou
feitas de materiais facilmente inflamáveis.
• É proibido o uso de adornos pessoais em instalações
elétricas (colares, anéis, pulseiras, relógios), para evitar
acidentes por contatos com partes energizadas, ou outros
Equipamentos de proteção individual
acidentes por contatos com partes energizadas, ou outros
tipos de acidentes.
• As medidas de Proteção Coletiva são prioritárias, visto sua
abrangência. Não sendo suficientes, utilizaremos proteção
individual.
Obs.: Esses itens são bastante enfatizados na nova NR-10.
NR-10
Principais equipamentos de proteção individual
utilizados na área elétrica:
• Cintos de segurança, com talabarte, para eletricistas;
• Capacetes classe “B” aba total (uso geral e trabalhos
com energia elétrica testados a 30.000 V);
• Botas com proteção contra choques elétricos,
Equipamentos de proteção individual
Trabalhos em eletricidade
• Botas com proteção contra choques elétricos,
bidensidade sem partes metálicas;
• Óculos de segurança para proteção contra impacto de
partículas volantes, intensos raios luminosos ou poeiras,
com proteção lateral;
• Protetores faciais contra impacto de partículas volantes,
intensos raios luminosos e calor radiante;
NR-10
Principais equipamentos de proteção individual
utilizados na área elétrica:
• Braçadeiras ou mangas de segurança para proteção
do braço e antebraço contra choques elétricos e
coberturas isolantes;
Equipamentos de proteção individual
Trabalhos em eletricidade
coberturas isolantes;
• Luvas de cobertura para proteção das luvas de borracha;
• Luvas de borracha com as classes de isolamento.
NR-10
Tabela – Classes de luvas isolantes (NBR 10622/89)
Equipamentos de proteção individual
Trabalhos em eletricidade
Classe
00
0
500
1.000
Tensão de
uso (V)
2.500
5.000
5.000
6.000
Bege
vermelha
Tensão de
ensaio (V)
Tensão de
perfuração (V)
Cor
0
1
2
3
4
1.000
7.500
17.500
26.500
36.000
5.000
10.000
20.000
30.000
40.000
6.000
20.000
30.000
40.000
50.000
vermelha
branca
amarela
verde
laranja
NR-10
Cuidados com o EPI
• O EPI é um equipamento de uso pessoal. Não utilize o de
outra pessoa.
• Não use o seu capacete para retirada de água de poças ou
para a guarda de materiais que possam contaminá-lo.
Equipamentos de proteção individual
Trabalhos em eletricidade
• Não use o seu capacete para outros fins que não seja o de
proteger sua própria cabeça.
• Acostume-se a lavar periodicamente o seu capacete.
• Habitue-se a lavar os seus óculos de segurança com água e
sabão, para higienizá-los. Seque-os com papel ou pano
limpos, para não arranhá-los.

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a 3. EPC & EPI.pdf

Epi e epc ifal
Epi e epc ifalEpi e epc ifal
Epi e epc ifal
jose oliveira
 
Aula 5 epi
Aula 5   epiAula 5   epi
Aula 5 epi
Daniel Moura
 
Epi
EpiEpi
Epi
jnassin
 
Epi epc
Epi epcEpi epc
Epi epc
André Souza
 
M07 Equipamento de Protecao Individual.pptx
M07 Equipamento de Protecao Individual.pptxM07 Equipamento de Protecao Individual.pptx
M07 Equipamento de Protecao Individual.pptx
soniaalmeida38
 
NR 18
NR 18NR 18
NR 18
NewAge16
 
Apostila Equipamentos de Proteção Individual
Apostila Equipamentos de Proteção IndividualApostila Equipamentos de Proteção Individual
Apostila Equipamentos de Proteção Individual
Ikaika Epi
 
Higiene e Segurança do Trabalho- Choque Elétrico
Higiene e Segurança do Trabalho- Choque ElétricoHigiene e Segurança do Trabalho- Choque Elétrico
Higiene e Segurança do Trabalho- Choque Elétrico
Breno Araújo
 
Treinamento nr34 trabalho a quente novo
Treinamento nr34 trabalho a quente novoTreinamento nr34 trabalho a quente novo
Treinamento nr34 trabalho a quente novo
Marciel Bernardes
 
EPI - POSTO ppt.ppt
EPI - POSTO ppt.pptEPI - POSTO ppt.ppt
EPI - POSTO ppt.ppt
Renato Marcelo Andrzejewski
 
M7 Equipamento de Protecao Individual.pptx
M7 Equipamento de Protecao Individual.pptxM7 Equipamento de Protecao Individual.pptx
M7 Equipamento de Protecao Individual.pptx
soniaalmeida38
 
ESTE ARQUIVO DEVE POSSUI TREINAMENTO DE NR35
ESTE ARQUIVO DEVE POSSUI TREINAMENTO DE NR35ESTE ARQUIVO DEVE POSSUI TREINAMENTO DE NR35
ESTE ARQUIVO DEVE POSSUI TREINAMENTO DE NR35
DarleneSena
 
Apostila equipamentos de_protecao_individual
Apostila equipamentos de_protecao_individualApostila equipamentos de_protecao_individual
Apostila equipamentos de_protecao_individual
mrto10
 
Cart altiseg - trabalho em altura
Cart altiseg - trabalho em alturaCart altiseg - trabalho em altura
Cart altiseg - trabalho em altura
EVALDO JUNIO SILVA DA GAMA
 
Cartilha de segurança: Seleção e utilização de EPI para trabalho em altura
Cartilha de segurança: Seleção e utilização de EPI para trabalho em alturaCartilha de segurança: Seleção e utilização de EPI para trabalho em altura
Cartilha de segurança: Seleção e utilização de EPI para trabalho em altura
Dayanni Brito
 
Cart altiseg[1]
Cart altiseg[1]Cart altiseg[1]
Cart altiseg[1]
Allan Kardec
 
Cartilha altiseg trab altura
Cartilha altiseg trab alturaCartilha altiseg trab altura
Cartilha altiseg trab altura
Paulo H Bueno
 
Cart altisegenvio
Cart altisegenvioCart altisegenvio
Cart altisegenvio
Brasilio Guimaraes
 
Cart altiseg
Cart altisegCart altiseg
Cart altiseg
Nestor Neto
 
Ordem de-servico
Ordem de-servicoOrdem de-servico
Ordem de-servico
Wíndila Santana
 

Semelhante a 3. EPC & EPI.pdf (20)

Epi e epc ifal
Epi e epc ifalEpi e epc ifal
Epi e epc ifal
 
Aula 5 epi
Aula 5   epiAula 5   epi
Aula 5 epi
 
Epi
EpiEpi
Epi
 
Epi epc
Epi epcEpi epc
Epi epc
 
M07 Equipamento de Protecao Individual.pptx
M07 Equipamento de Protecao Individual.pptxM07 Equipamento de Protecao Individual.pptx
M07 Equipamento de Protecao Individual.pptx
 
NR 18
NR 18NR 18
NR 18
 
Apostila Equipamentos de Proteção Individual
Apostila Equipamentos de Proteção IndividualApostila Equipamentos de Proteção Individual
Apostila Equipamentos de Proteção Individual
 
Higiene e Segurança do Trabalho- Choque Elétrico
Higiene e Segurança do Trabalho- Choque ElétricoHigiene e Segurança do Trabalho- Choque Elétrico
Higiene e Segurança do Trabalho- Choque Elétrico
 
Treinamento nr34 trabalho a quente novo
Treinamento nr34 trabalho a quente novoTreinamento nr34 trabalho a quente novo
Treinamento nr34 trabalho a quente novo
 
EPI - POSTO ppt.ppt
EPI - POSTO ppt.pptEPI - POSTO ppt.ppt
EPI - POSTO ppt.ppt
 
M7 Equipamento de Protecao Individual.pptx
M7 Equipamento de Protecao Individual.pptxM7 Equipamento de Protecao Individual.pptx
M7 Equipamento de Protecao Individual.pptx
 
ESTE ARQUIVO DEVE POSSUI TREINAMENTO DE NR35
ESTE ARQUIVO DEVE POSSUI TREINAMENTO DE NR35ESTE ARQUIVO DEVE POSSUI TREINAMENTO DE NR35
ESTE ARQUIVO DEVE POSSUI TREINAMENTO DE NR35
 
Apostila equipamentos de_protecao_individual
Apostila equipamentos de_protecao_individualApostila equipamentos de_protecao_individual
Apostila equipamentos de_protecao_individual
 
Cart altiseg - trabalho em altura
Cart altiseg - trabalho em alturaCart altiseg - trabalho em altura
Cart altiseg - trabalho em altura
 
Cartilha de segurança: Seleção e utilização de EPI para trabalho em altura
Cartilha de segurança: Seleção e utilização de EPI para trabalho em alturaCartilha de segurança: Seleção e utilização de EPI para trabalho em altura
Cartilha de segurança: Seleção e utilização de EPI para trabalho em altura
 
Cart altiseg[1]
Cart altiseg[1]Cart altiseg[1]
Cart altiseg[1]
 
Cartilha altiseg trab altura
Cartilha altiseg trab alturaCartilha altiseg trab altura
Cartilha altiseg trab altura
 
Cart altisegenvio
Cart altisegenvioCart altisegenvio
Cart altisegenvio
 
Cart altiseg
Cart altisegCart altiseg
Cart altiseg
 
Ordem de-servico
Ordem de-servicoOrdem de-servico
Ordem de-servico
 

Mais de Thiago Thome

Template New.pdf
Template New.pdfTemplate New.pdf
Template New.pdf
Thiago Thome
 
6. Como abrir sua Empresa.pdf
6. Como abrir sua Empresa.pdf6. Como abrir sua Empresa.pdf
6. Como abrir sua Empresa.pdf
Thiago Thome
 
5. Plano de Negócios.pdf
5. Plano de Negócios.pdf5. Plano de Negócios.pdf
5. Plano de Negócios.pdf
Thiago Thome
 
4. Descobrindo a Oportunidade.pdf
4. Descobrindo a Oportunidade.pdf4. Descobrindo a Oportunidade.pdf
4. Descobrindo a Oportunidade.pdf
Thiago Thome
 
3. Empreendedorismo no Brasil.pdf
3. Empreendedorismo no Brasil.pdf3. Empreendedorismo no Brasil.pdf
3. Empreendedorismo no Brasil.pdf
Thiago Thome
 
2. O Empreendedor.pdf
2. O Empreendedor.pdf2. O Empreendedor.pdf
2. O Empreendedor.pdf
Thiago Thome
 
1. Introdução.pdf
1. Introdução.pdf1. Introdução.pdf
1. Introdução.pdf
Thiago Thome
 
7. A Excelência no Atendimento a Clientes.pdf
7. A Excelência no Atendimento a Clientes.pdf7. A Excelência no Atendimento a Clientes.pdf
7. A Excelência no Atendimento a Clientes.pdf
Thiago Thome
 
6. A Tecnologia no Atendimento ao Cliente.pdf
6. A Tecnologia no Atendimento ao Cliente.pdf6. A Tecnologia no Atendimento ao Cliente.pdf
6. A Tecnologia no Atendimento ao Cliente.pdf
Thiago Thome
 
5. O Processo de Atendimento ao Cliente.pdf
5. O Processo de Atendimento ao Cliente.pdf5. O Processo de Atendimento ao Cliente.pdf
5. O Processo de Atendimento ao Cliente.pdf
Thiago Thome
 
4. O Perfil do Profissional de Atendimento.pdf
4. O Perfil do Profissional de Atendimento.pdf4. O Perfil do Profissional de Atendimento.pdf
4. O Perfil do Profissional de Atendimento.pdf
Thiago Thome
 
3. O Negócio Chamado Atendimento ao Cliente.pdf
3. O Negócio Chamado Atendimento ao Cliente.pdf3. O Negócio Chamado Atendimento ao Cliente.pdf
3. O Negócio Chamado Atendimento ao Cliente.pdf
Thiago Thome
 
2. Quem é o Cliente.pdf
2. Quem é o Cliente.pdf2. Quem é o Cliente.pdf
2. Quem é o Cliente.pdf
Thiago Thome
 
Chefia e Liderança.pdf
Chefia e Liderança.pdfChefia e Liderança.pdf
Chefia e Liderança.pdf
Thiago Thome
 
5. INSTALAÇÕES ELÉTRICAS.pdf
5. INSTALAÇÕES ELÉTRICAS.pdf5. INSTALAÇÕES ELÉTRICAS.pdf
5. INSTALAÇÕES ELÉTRICAS.pdf
Thiago Thome
 
4. RISCOS ADICIONAIS.pdf
4. RISCOS ADICIONAIS.pdf4. RISCOS ADICIONAIS.pdf
4. RISCOS ADICIONAIS.pdf
Thiago Thome
 
2. MEDIDAS DE CONTROLE.pdf
2. MEDIDAS DE CONTROLE.pdf2. MEDIDAS DE CONTROLE.pdf
2. MEDIDAS DE CONTROLE.pdf
Thiago Thome
 
1. RISCOS ELÉTRICOS.pdf
1. RISCOS ELÉTRICOS.pdf1. RISCOS ELÉTRICOS.pdf
1. RISCOS ELÉTRICOS.pdf
Thiago Thome
 
2. ATO INSEGURO X CONDIÇÃO INSEGURA.pdf
2. ATO INSEGURO X CONDIÇÃO INSEGURA.pdf2. ATO INSEGURO X CONDIÇÃO INSEGURA.pdf
2. ATO INSEGURO X CONDIÇÃO INSEGURA.pdf
Thiago Thome
 
1. INTRODUÇÃO.pdf
1. INTRODUÇÃO.pdf1. INTRODUÇÃO.pdf
1. INTRODUÇÃO.pdf
Thiago Thome
 

Mais de Thiago Thome (20)

Template New.pdf
Template New.pdfTemplate New.pdf
Template New.pdf
 
6. Como abrir sua Empresa.pdf
6. Como abrir sua Empresa.pdf6. Como abrir sua Empresa.pdf
6. Como abrir sua Empresa.pdf
 
5. Plano de Negócios.pdf
5. Plano de Negócios.pdf5. Plano de Negócios.pdf
5. Plano de Negócios.pdf
 
4. Descobrindo a Oportunidade.pdf
4. Descobrindo a Oportunidade.pdf4. Descobrindo a Oportunidade.pdf
4. Descobrindo a Oportunidade.pdf
 
3. Empreendedorismo no Brasil.pdf
3. Empreendedorismo no Brasil.pdf3. Empreendedorismo no Brasil.pdf
3. Empreendedorismo no Brasil.pdf
 
2. O Empreendedor.pdf
2. O Empreendedor.pdf2. O Empreendedor.pdf
2. O Empreendedor.pdf
 
1. Introdução.pdf
1. Introdução.pdf1. Introdução.pdf
1. Introdução.pdf
 
7. A Excelência no Atendimento a Clientes.pdf
7. A Excelência no Atendimento a Clientes.pdf7. A Excelência no Atendimento a Clientes.pdf
7. A Excelência no Atendimento a Clientes.pdf
 
6. A Tecnologia no Atendimento ao Cliente.pdf
6. A Tecnologia no Atendimento ao Cliente.pdf6. A Tecnologia no Atendimento ao Cliente.pdf
6. A Tecnologia no Atendimento ao Cliente.pdf
 
5. O Processo de Atendimento ao Cliente.pdf
5. O Processo de Atendimento ao Cliente.pdf5. O Processo de Atendimento ao Cliente.pdf
5. O Processo de Atendimento ao Cliente.pdf
 
4. O Perfil do Profissional de Atendimento.pdf
4. O Perfil do Profissional de Atendimento.pdf4. O Perfil do Profissional de Atendimento.pdf
4. O Perfil do Profissional de Atendimento.pdf
 
3. O Negócio Chamado Atendimento ao Cliente.pdf
3. O Negócio Chamado Atendimento ao Cliente.pdf3. O Negócio Chamado Atendimento ao Cliente.pdf
3. O Negócio Chamado Atendimento ao Cliente.pdf
 
2. Quem é o Cliente.pdf
2. Quem é o Cliente.pdf2. Quem é o Cliente.pdf
2. Quem é o Cliente.pdf
 
Chefia e Liderança.pdf
Chefia e Liderança.pdfChefia e Liderança.pdf
Chefia e Liderança.pdf
 
5. INSTALAÇÕES ELÉTRICAS.pdf
5. INSTALAÇÕES ELÉTRICAS.pdf5. INSTALAÇÕES ELÉTRICAS.pdf
5. INSTALAÇÕES ELÉTRICAS.pdf
 
4. RISCOS ADICIONAIS.pdf
4. RISCOS ADICIONAIS.pdf4. RISCOS ADICIONAIS.pdf
4. RISCOS ADICIONAIS.pdf
 
2. MEDIDAS DE CONTROLE.pdf
2. MEDIDAS DE CONTROLE.pdf2. MEDIDAS DE CONTROLE.pdf
2. MEDIDAS DE CONTROLE.pdf
 
1. RISCOS ELÉTRICOS.pdf
1. RISCOS ELÉTRICOS.pdf1. RISCOS ELÉTRICOS.pdf
1. RISCOS ELÉTRICOS.pdf
 
2. ATO INSEGURO X CONDIÇÃO INSEGURA.pdf
2. ATO INSEGURO X CONDIÇÃO INSEGURA.pdf2. ATO INSEGURO X CONDIÇÃO INSEGURA.pdf
2. ATO INSEGURO X CONDIÇÃO INSEGURA.pdf
 
1. INTRODUÇÃO.pdf
1. INTRODUÇÃO.pdf1. INTRODUÇÃO.pdf
1. INTRODUÇÃO.pdf
 

Último

Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
LeilaVilasboas
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
C4io99
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
LeideLauraCenturionL
 
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
marcos oliveira
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
arodatos81
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
jetroescola
 
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docxPlanejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
marcos oliveira
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mary Alvarenga
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
Mary Alvarenga
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Leonel Morgado
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
pattyhsilva271204
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Colaborar Educacional
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Mary Alvarenga
 

Último (20)

Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
 
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
 
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docxPlanejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 

3. EPC & EPI.pdf

  • 1. NR-10 Equipamentos de proteção coletiva Equipamento de Proteção Coletiva – EPC É todo dispositivo, sistema ou meio, fixo ou móvel, de abrangência coletiva destinado a preservar a integridade física e a saúde dos trabalhadores, usuários e terceiros. Principais equipamentos de proteção coletiva: • Coletes reflexivos; • Coletes reflexivos; • Fitas de demarcação reflexivas; • Coberturas isolantes; • Cones de sinalização (75 cm, com fitas reflexivas); • Conjuntos para aterramento temporário; • Detectores de tensão para BT e AT.
  • 2. NR-10 Equipamentos de proteção individual • Adquirir o adequado ao risco de cada atividade; • Exigir seu uso; • Fornecer ao trabalhador somente o aprovado pelo órgão nacional competente em matéria de segurança e saúde Todo EPI deve possuir o CA (Certificado de Aprovação) Obrigações do empregador: nacional competente em matéria de segurança e saúde no trabalho; • Orientar e treinar o trabalhador sobre o uso adequado, guarda e conservação; • Substituir imediatamente, quando danificado ou extraviado; • Responsabilizar-se pela higienização e manutenção periódica; • Comunicar ao MTE qualquer irregularidade observada.
  • 3. NR-10 Obrigações do empregado: • Usar, utilizando-o apenas para a finalidade a que se destina. • Responsabilizar-se por sua guarda e conservação; Equipamentos de proteção individual • Comunicar ao empregador qualquer alteração que o torne impróprio para o uso; • Cumprir as determinações do empregador sobre o seu uso adequado.
  • 4. NR-10 Comentários gerais • A empresa deve fornecer os uniformes de trabalho, não sendo permitidas vestimentas com peças metálicas (fechos, tachas, rebites) que possam causar curtos-circuitos, ou feitas de materiais facilmente inflamáveis. • É proibido o uso de adornos pessoais em instalações elétricas (colares, anéis, pulseiras, relógios), para evitar acidentes por contatos com partes energizadas, ou outros Equipamentos de proteção individual acidentes por contatos com partes energizadas, ou outros tipos de acidentes. • As medidas de Proteção Coletiva são prioritárias, visto sua abrangência. Não sendo suficientes, utilizaremos proteção individual. Obs.: Esses itens são bastante enfatizados na nova NR-10.
  • 5. NR-10 Principais equipamentos de proteção individual utilizados na área elétrica: • Cintos de segurança, com talabarte, para eletricistas; • Capacetes classe “B” aba total (uso geral e trabalhos com energia elétrica testados a 30.000 V); • Botas com proteção contra choques elétricos, Equipamentos de proteção individual Trabalhos em eletricidade • Botas com proteção contra choques elétricos, bidensidade sem partes metálicas; • Óculos de segurança para proteção contra impacto de partículas volantes, intensos raios luminosos ou poeiras, com proteção lateral; • Protetores faciais contra impacto de partículas volantes, intensos raios luminosos e calor radiante;
  • 6. NR-10 Principais equipamentos de proteção individual utilizados na área elétrica: • Braçadeiras ou mangas de segurança para proteção do braço e antebraço contra choques elétricos e coberturas isolantes; Equipamentos de proteção individual Trabalhos em eletricidade coberturas isolantes; • Luvas de cobertura para proteção das luvas de borracha; • Luvas de borracha com as classes de isolamento.
  • 7. NR-10 Tabela – Classes de luvas isolantes (NBR 10622/89) Equipamentos de proteção individual Trabalhos em eletricidade Classe 00 0 500 1.000 Tensão de uso (V) 2.500 5.000 5.000 6.000 Bege vermelha Tensão de ensaio (V) Tensão de perfuração (V) Cor 0 1 2 3 4 1.000 7.500 17.500 26.500 36.000 5.000 10.000 20.000 30.000 40.000 6.000 20.000 30.000 40.000 50.000 vermelha branca amarela verde laranja
  • 8. NR-10 Cuidados com o EPI • O EPI é um equipamento de uso pessoal. Não utilize o de outra pessoa. • Não use o seu capacete para retirada de água de poças ou para a guarda de materiais que possam contaminá-lo. Equipamentos de proteção individual Trabalhos em eletricidade • Não use o seu capacete para outros fins que não seja o de proteger sua própria cabeça. • Acostume-se a lavar periodicamente o seu capacete. • Habitue-se a lavar os seus óculos de segurança com água e sabão, para higienizá-los. Seque-os com papel ou pano limpos, para não arranhá-los.