SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 19
Grécia Antiga – aula 2
    ATENAS, GUERRAS MÉDICAS, GUERRA DO
    PELOPONESO E O IMPÉRIO MACEDÔNICO.
MUNDO GREGO – AULA 2



                ATENAS
 Descendentes dos Jônios.
 Escapou das invasões dóricas por sua
  posição geográfica.
 Contava com um porto natural (Pireu) que
  permitiu um desenvolvimento comercial.
 Economia:
     Modo  de produção escravista.
     Primeiramente a base econômica era a
      agricultura, posteriormente o comércio
      desempenhou papel relevante.
SOCIEDADE ATENIENSE




          Thetas: Marginalizados/Miseráveis.
REFORMAS JURÍDICAS
   Drácon (624 a.C.)
       Tornou público um registro escrito das leis.
   Sólon (591 a.C.)
     Eliminou  a escravidão por dívidas.
     Criou a Bulé com representantes de todas as regiões
      da pólis.
     Criou a Eclésia = Assembléia popular que aprovava
      as leis da Bulé.
     Helieu = Tribunal de Justiça.

   Mas estas reformas não solucionaram os
    problemas.
REFORMAS JURÍDICAS
   Psístrato = Promoveu um golpe impondo uma
    Tirania.
     Governou   entre 546 e 527 a.C.
     Seus filhos Hiparco e Hipias também governaram.
     Hipias foi deposto em 510 a.C.


   Clítenes = Chegou ao poder e implantou a
    democracia.
     Governou   entre 510 a 507 a.C.
   Com a crise social equilibrada por meio da política de
    Clístenes, posteriormente Péricles pôde governar (entre
    463 - 431 a.C.) uma Atenas forte politicamente.
DEMOCRACIA ATENIENSE
OSTRACISMO
Período Clássico.
                  (Séc. V ao IV a.C.)
   Apogeu:
       Gregos enfrentaram e venceram a guerra contra os
        persas.
   Decadência:
     As   várias guerras civis enfraqueceram os gregos,
        permitindo que estes fossem invadidos pela
        Macedônia.
GERRAS MÉDICAS
   Gregos X Império Persa.
   Medos (habitantes da Média, como era conhecida antiga
    Pérsia).
   1° Batalha de Maratona (setembro de 490 a.C.)
       Esparta e Atenas não aceitaram um acordo com o Império
        Persa.
       Imperador Persa, Dario I enviou 50 mil soldados para a região
        de Maratona.
       Gregos: 11 mil soldados (10 mil hoplitas infantaria e 1 mil de
        uma cidade próxima).
       Posição do Relevo vantajosa para os Gregos.
       Tradição: Soldado mensageiro correu 42 km para informar o
        resultado da guerra.
GERRAS MÉDICAS
   Após 11 anos temos o segundo conflito:
   479 a.C. = Xerxes retomou as ações contra os
    gregos.
     Exército pelo norte com 300 mil homens.
     Esquadra de 1 mil navios pelo sul (composta por
      fenícios).
     Persas enfrentam forças espartanas nos desfiladeiros
      de Termopilas (combate onde o general Leônidas
      morreu ao lado de 300 homens).
     Persas ocupam Atenas já evacuada.
     Gregos massacram a frota persa na Batalha de
      Salamina (suprimentos estavam nos navios persas).
     Xerxes e seus generais batem em retirada.
GUERRA DO PELOPONESO
   Liga de Delos (477 a.C.)
     Liderados  por Atenas.
     Pagavam tributos para financiar um poderoso
      Exército (aliança militar anti-persa).
     Atenas governada por Péricles (Sobrinho de
      Clístenes) passou por crescimento econômico.
     Construção do Parternon.

   Com o fim da contra os persas (448 a.C.)
    Atenas exigiu que as cidades-membros da liga
    continuassem pagando os tributos.
     Apogeu   de Atenas, tornou-se conhecida como a
      “Escola de Atenas”.
GUERRA DO PELOPONESO
   Liga do Peloponeso.
     Liderada   por Esparta.
   431 a.C. = Guerra do Peloponeso.
   404 a.C. – Fim da guerra, com a vitória Esparta
    torna-se a mais poderosa cidade.
   371 a.C. – Cidade de Tebas colocou fim a
    hegemonia espartana.
     Esparta e Atenas fazem aliança para derrotar Tebas.
     362 a.C. = A Grécia estava arruinada.

   338 a.C. = Felipe II conquista a Grécia.
     Alexandre, O Grande (entre 334 a 323 a.C.) deu
      continuidade a expansão do Império Macedônico.
O grande legado
cultural dos gregos:
   Língua e Poesia: nossa língua está cheia de palavras
    derivadas do grego. Com os gregos, aprendemos a
    expressar nossos sentimentos por meio da poesia.

   Religião: mesmo sendo politeístas, os gregos
    imaginavam seus deuses à imagem e semelhança ao
    homem.

   Leis: as leis dos antigos gregos baseavam-se em um
    consenso popular, ou seja, estavam de acordo com a
    maioria.
   Teatro: os gregos nos passaram o gosto
    pelo teatro com especial ênfase às
    questões ligadas aos sentimentos e
    sofrimentos da humanidade.
   Ciências: os antigos gregos dedicavam
    grande parte de seu tempo na busca da
    compreensão     dos    fenômenos    da
    natureza, pois acreditavam que o
    conhecimento tornaria as pessoas mais
    virtuosas,   honestas,    corajosas  e
    bondosas.
As Olimpíadas...
   Apesar de associarmos os jogos olímpicos com os esportes, os jogos da
    Grécia antiga eram principalmente um festival religioso para honrar a
    Zeus. As lendas contam que os jogos foram fundados por Hércules, que
    plantou uma oliveira de onde foram feitas as guirlandas dos vencedores.

   As primeiras olimpíadas foram realizadas em 776a.C. com apenas uma
    modalidade – a corrida de 200 metros chamada de Stadion, o que nos
    deixou a palavra „estádio‟. Os jogos eram realizados a cada quatro
    anos, com o período de tempo entre os dois encontros conhecido como
    uma Olimpíada.

   Os jogos eram levados tão a sério pelos gregos que uma trégua era
    declarada, e estritamente respeitada, durante cada Olimpíada. Inclusive
    durante as Guerras do Peloponeso, os inimigos se misturavam e
    competiam lado a lado durante o evento. A trégua foi quebrada apenas
    uma vez por Esparta, que como castigo foi excluída dos jogos de 420 a.C..
3ão
2012

       Prof. Msc. Daniel Alves Bronstrup
             BLOG: profhistdaniel.blogspot.com
                 @danielbronstrup

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

1° ano EM - Hebreus, fenícios e Persas
1° ano EM - Hebreus, fenícios e Persas1° ano EM - Hebreus, fenícios e Persas
1° ano EM - Hebreus, fenícios e PersasDaniel Alves Bronstrup
 
Fenícios, hebreus e persas
Fenícios, hebreus e persasFenícios, hebreus e persas
Fenícios, hebreus e persasDouglas Barraqui
 
Antigas civilizações
Antigas civilizações Antigas civilizações
Antigas civilizações Adail Silva
 
6 ano - Esparta e Atenas
6 ano - Esparta e Atenas6 ano - Esparta e Atenas
6 ano - Esparta e AtenasJanaína Bindá
 
Religião e mitologia grega
 Religião e mitologia grega Religião e mitologia grega
Religião e mitologia gregaDelziene Jesus
 
Antiguidade Clássica: Grécia e Roma
Antiguidade Clássica: Grécia e RomaAntiguidade Clássica: Grécia e Roma
Antiguidade Clássica: Grécia e RomaMarilia Pimentel
 
Egito Antigo - 6º Ano (2018)
Egito Antigo - 6º Ano (2018)Egito Antigo - 6º Ano (2018)
Egito Antigo - 6º Ano (2018)Nefer19
 
Mesopotâmia - 6º Ano (2018)
Mesopotâmia - 6º Ano (2018)Mesopotâmia - 6º Ano (2018)
Mesopotâmia - 6º Ano (2018)Nefer19
 
Revisão 6º ano ASSUNTO : Roma Antiga
Revisão 6º ano ASSUNTO : Roma AntigaRevisão 6º ano ASSUNTO : Roma Antiga
Revisão 6º ano ASSUNTO : Roma AntigaJanaína Bindá
 
Fenicios, Persas e Hebreus
Fenicios, Persas e HebreusFenicios, Persas e Hebreus
Fenicios, Persas e HebreusHernani Robinson
 
A Civilização Grega - 6º Ano (2016)
A Civilização Grega - 6º Ano (2016)A Civilização Grega - 6º Ano (2016)
A Civilização Grega - 6º Ano (2016)Nefer19
 
Colonizacao espanhola-america
Colonizacao espanhola-americaColonizacao espanhola-america
Colonizacao espanhola-americaMarcos Oliveira
 

Mais procurados (20)

1° ano EM - Hebreus, fenícios e Persas
1° ano EM - Hebreus, fenícios e Persas1° ano EM - Hebreus, fenícios e Persas
1° ano EM - Hebreus, fenícios e Persas
 
Persas slide
Persas slidePersas slide
Persas slide
 
Fenícios, hebreus e persas
Fenícios, hebreus e persasFenícios, hebreus e persas
Fenícios, hebreus e persas
 
Renascimento cultural
Renascimento culturalRenascimento cultural
Renascimento cultural
 
A grécia antiga
A grécia antigaA grécia antiga
A grécia antiga
 
Antigas civilizações
Antigas civilizações Antigas civilizações
Antigas civilizações
 
6 ano - Esparta e Atenas
6 ano - Esparta e Atenas6 ano - Esparta e Atenas
6 ano - Esparta e Atenas
 
Religião e mitologia grega
 Religião e mitologia grega Religião e mitologia grega
Religião e mitologia grega
 
Antiguidade Clássica: Grécia e Roma
Antiguidade Clássica: Grécia e RomaAntiguidade Clássica: Grécia e Roma
Antiguidade Clássica: Grécia e Roma
 
Civilização Grega
Civilização GregaCivilização Grega
Civilização Grega
 
Antiguidade Oriental
Antiguidade OrientalAntiguidade Oriental
Antiguidade Oriental
 
1° ano império romano - completo
1° ano    império romano - completo1° ano    império romano - completo
1° ano império romano - completo
 
Egito Antigo - 6º Ano (2018)
Egito Antigo - 6º Ano (2018)Egito Antigo - 6º Ano (2018)
Egito Antigo - 6º Ano (2018)
 
Mesopotâmia - 6º Ano (2018)
Mesopotâmia - 6º Ano (2018)Mesopotâmia - 6º Ano (2018)
Mesopotâmia - 6º Ano (2018)
 
O povo-hebreu
O povo-hebreuO povo-hebreu
O povo-hebreu
 
Capítulo 4 - África Antiga: egito e núbia
Capítulo 4 - África Antiga: egito e núbiaCapítulo 4 - África Antiga: egito e núbia
Capítulo 4 - África Antiga: egito e núbia
 
Revisão 6º ano ASSUNTO : Roma Antiga
Revisão 6º ano ASSUNTO : Roma AntigaRevisão 6º ano ASSUNTO : Roma Antiga
Revisão 6º ano ASSUNTO : Roma Antiga
 
Fenicios, Persas e Hebreus
Fenicios, Persas e HebreusFenicios, Persas e Hebreus
Fenicios, Persas e Hebreus
 
A Civilização Grega - 6º Ano (2016)
A Civilização Grega - 6º Ano (2016)A Civilização Grega - 6º Ano (2016)
A Civilização Grega - 6º Ano (2016)
 
Colonizacao espanhola-america
Colonizacao espanhola-americaColonizacao espanhola-america
Colonizacao espanhola-america
 

Destaque

3°ano - Grécia Antiga - Antiguidade Clássica - aula 1
3°ano - Grécia Antiga - Antiguidade Clássica  - aula 13°ano - Grécia Antiga - Antiguidade Clássica  - aula 1
3°ano - Grécia Antiga - Antiguidade Clássica - aula 1Daniel Alves Bronstrup
 
3° ano EM - Antigo Egito - antiguidade oriental 01
3° ano EM - Antigo Egito - antiguidade oriental 013° ano EM - Antigo Egito - antiguidade oriental 01
3° ano EM - Antigo Egito - antiguidade oriental 01Daniel Alves Bronstrup
 
A Guerra Do Peloponeso
A Guerra Do PeloponesoA Guerra Do Peloponeso
A Guerra Do PeloponesoLucas Budal
 
3° ano - Brasil colônia - aula 3 e 4 - apostila 2 c
3° ano  - Brasil colônia - aula 3 e 4 - apostila 2 c3° ano  - Brasil colônia - aula 3 e 4 - apostila 2 c
3° ano - Brasil colônia - aula 3 e 4 - apostila 2 cDaniel Alves Bronstrup
 
3° ano Brasil colônia - aula 1 e 2 - apostila 1 c
3° ano   Brasil colônia - aula 1 e 2 - apostila 1 c3° ano   Brasil colônia - aula 1 e 2 - apostila 1 c
3° ano Brasil colônia - aula 1 e 2 - apostila 1 cDaniel Alves Bronstrup
 
3° ano hebreus, fenícios e persas - antiguidade oriental 3
3° ano   hebreus, fenícios e persas - antiguidade oriental 33° ano   hebreus, fenícios e persas - antiguidade oriental 3
3° ano hebreus, fenícios e persas - antiguidade oriental 3Daniel Alves Bronstrup
 
A educação na antiguidade clássica grécia
A educação na antiguidade clássica  gréciaA educação na antiguidade clássica  grécia
A educação na antiguidade clássica gréciaLílian Reis
 
Guerras Médicas Juan Pablo Rojas
Guerras Médicas  Juan Pablo RojasGuerras Médicas  Juan Pablo Rojas
Guerras Médicas Juan Pablo Rojas1patagonia
 

Destaque (20)

3°ano - Grécia Antiga - Antiguidade Clássica - aula 1
3°ano - Grécia Antiga - Antiguidade Clássica  - aula 13°ano - Grécia Antiga - Antiguidade Clássica  - aula 1
3°ano - Grécia Antiga - Antiguidade Clássica - aula 1
 
Grecia Antiga: Atenas e Esparta
Grecia Antiga: Atenas e EspartaGrecia Antiga: Atenas e Esparta
Grecia Antiga: Atenas e Esparta
 
Guerras medicas
Guerras medicasGuerras medicas
Guerras medicas
 
Guerras medicas
Guerras medicasGuerras medicas
Guerras medicas
 
3° ano EM - Antigo Egito - antiguidade oriental 01
3° ano EM - Antigo Egito - antiguidade oriental 013° ano EM - Antigo Egito - antiguidade oriental 01
3° ano EM - Antigo Egito - antiguidade oriental 01
 
A Guerra Do Peloponeso
A Guerra Do PeloponesoA Guerra Do Peloponeso
A Guerra Do Peloponeso
 
3° ano Brasil República Velha
3° ano   Brasil República Velha3° ano   Brasil República Velha
3° ano Brasil República Velha
 
3° ano - Brasil colônia - aula 3 e 4 - apostila 2 c
3° ano  - Brasil colônia - aula 3 e 4 - apostila 2 c3° ano  - Brasil colônia - aula 3 e 4 - apostila 2 c
3° ano - Brasil colônia - aula 3 e 4 - apostila 2 c
 
Civilização Grega aula 01
Civilização Grega   aula 01Civilização Grega   aula 01
Civilização Grega aula 01
 
3° ano Brasil colônia - aula 1 e 2 - apostila 1 c
3° ano   Brasil colônia - aula 1 e 2 - apostila 1 c3° ano   Brasil colônia - aula 1 e 2 - apostila 1 c
3° ano Brasil colônia - aula 1 e 2 - apostila 1 c
 
1° ano - Mesopotâmia
1° ano - Mesopotâmia1° ano - Mesopotâmia
1° ano - Mesopotâmia
 
Aula 3
Aula 3Aula 3
Aula 3
 
3° ano hebreus, fenícios e persas - antiguidade oriental 3
3° ano   hebreus, fenícios e persas - antiguidade oriental 33° ano   hebreus, fenícios e persas - antiguidade oriental 3
3° ano hebreus, fenícios e persas - antiguidade oriental 3
 
Resumo grécia
Resumo gréciaResumo grécia
Resumo grécia
 
3ºão - resumão - imperialismos
3ºão - resumão - imperialismos3ºão - resumão - imperialismos
3ºão - resumão - imperialismos
 
A educação na antiguidade clássica grécia
A educação na antiguidade clássica  gréciaA educação na antiguidade clássica  grécia
A educação na antiguidade clássica grécia
 
GUERRAS MÉDICAS
GUERRAS MÉDICASGUERRAS MÉDICAS
GUERRAS MÉDICAS
 
Guerras Médicas Juan Pablo Rojas
Guerras Médicas  Juan Pablo RojasGuerras Médicas  Juan Pablo Rojas
Guerras Médicas Juan Pablo Rojas
 
Grecia antiga
Grecia antigaGrecia antiga
Grecia antiga
 
Egito antigo 3º ano
Egito antigo 3º anoEgito antigo 3º ano
Egito antigo 3º ano
 

Semelhante a 3° ano - Grécia Antiga – aula 2

1ano grciaantiga-130509220340-phpapp01 (1)
1ano grciaantiga-130509220340-phpapp01 (1)1ano grciaantiga-130509220340-phpapp01 (1)
1ano grciaantiga-130509220340-phpapp01 (1)Saah Walter
 
grecia antiga 1 ano
grecia antiga 1 anogrecia antiga 1 ano
grecia antiga 1 anogoogle
 
1ano grciaantiga-130509220340-phpapp01
1ano grciaantiga-130509220340-phpapp011ano grciaantiga-130509220340-phpapp01
1ano grciaantiga-130509220340-phpapp01luzia Camilo lopes
 
Resumo grciaantiga-120801172714-phpapp02
Resumo grciaantiga-120801172714-phpapp02Resumo grciaantiga-120801172714-phpapp02
Resumo grciaantiga-120801172714-phpapp02luzia Camilo lopes
 
3˚ano 2 e 3 grécia
3˚ano 2 e 3 grécia3˚ano 2 e 3 grécia
3˚ano 2 e 3 gréciaKerol Brombal
 
História - Grécia Classica
História - Grécia ClassicaHistória - Grécia Classica
História - Grécia ClassicaLuis Augusto
 
Grciaantiga operodoclssico-161218124554
Grciaantiga operodoclssico-161218124554Grciaantiga operodoclssico-161218124554
Grciaantiga operodoclssico-161218124554carlos suarez
 
Grécia antiga - cultura e expansão territorial
Grécia antiga - cultura e expansão territorialGrécia antiga - cultura e expansão territorial
Grécia antiga - cultura e expansão territorialRodrigo Santiago
 
00 - história - rafael- grécia antiga
00   -  história - rafael- grécia antiga00   -  história - rafael- grécia antiga
00 - história - rafael- grécia antigaRafael Noronha
 
Trabalho sobre a grécia antiga, sua arte e sua cultura 2.
Trabalho sobre a grécia antiga, sua arte e sua cultura 2.Trabalho sobre a grécia antiga, sua arte e sua cultura 2.
Trabalho sobre a grécia antiga, sua arte e sua cultura 2.thunderbold
 
06 história rafael- grécia antiga
06 história   rafael- grécia antiga06 história   rafael- grécia antiga
06 história rafael- grécia antigaRafael Noronha
 
Continuação do Período Clássico
Continuação do Período Clássico Continuação do Período Clássico
Continuação do Período Clássico Laguat
 

Semelhante a 3° ano - Grécia Antiga – aula 2 (20)

1ano grciaantiga-130509220340-phpapp01 (1)
1ano grciaantiga-130509220340-phpapp01 (1)1ano grciaantiga-130509220340-phpapp01 (1)
1ano grciaantiga-130509220340-phpapp01 (1)
 
grecia antiga 1 ano
grecia antiga 1 anogrecia antiga 1 ano
grecia antiga 1 ano
 
1ano grciaantiga-130509220340-phpapp01
1ano grciaantiga-130509220340-phpapp011ano grciaantiga-130509220340-phpapp01
1ano grciaantiga-130509220340-phpapp01
 
Grecia antiga
Grecia antigaGrecia antiga
Grecia antiga
 
Resumo grécia antiga
Resumo  grécia antigaResumo  grécia antiga
Resumo grécia antiga
 
Grecia antiga
Grecia antigaGrecia antiga
Grecia antiga
 
Grecia
Grecia Grecia
Grecia
 
Resumo grciaantiga-120801172714-phpapp02
Resumo grciaantiga-120801172714-phpapp02Resumo grciaantiga-120801172714-phpapp02
Resumo grciaantiga-120801172714-phpapp02
 
3˚ano 2 e 3 grécia
3˚ano 2 e 3 grécia3˚ano 2 e 3 grécia
3˚ano 2 e 3 grécia
 
História - Grécia Classica
História - Grécia ClassicaHistória - Grécia Classica
História - Grécia Classica
 
Grciaantiga operodoclssico-161218124554
Grciaantiga operodoclssico-161218124554Grciaantiga operodoclssico-161218124554
Grciaantiga operodoclssico-161218124554
 
Grécia antiga - cultura e expansão territorial
Grécia antiga - cultura e expansão territorialGrécia antiga - cultura e expansão territorial
Grécia antiga - cultura e expansão territorial
 
00 - história - rafael- grécia antiga
00   -  história - rafael- grécia antiga00   -  história - rafael- grécia antiga
00 - história - rafael- grécia antiga
 
Grécia antiga
Grécia antigaGrécia antiga
Grécia antiga
 
Trabalho sobre a grécia antiga, sua arte e sua cultura 2.
Trabalho sobre a grécia antiga, sua arte e sua cultura 2.Trabalho sobre a grécia antiga, sua arte e sua cultura 2.
Trabalho sobre a grécia antiga, sua arte e sua cultura 2.
 
06 história rafael- grécia antiga
06 história   rafael- grécia antiga06 história   rafael- grécia antiga
06 história rafael- grécia antiga
 
Grécia Antiga
Grécia AntigaGrécia Antiga
Grécia Antiga
 
Grécia Antiga - PAS
Grécia Antiga - PASGrécia Antiga - PAS
Grécia Antiga - PAS
 
Grecia Antiga
Grecia AntigaGrecia Antiga
Grecia Antiga
 
Continuação do Período Clássico
Continuação do Período Clássico Continuação do Período Clássico
Continuação do Período Clássico
 

Mais de Daniel Alves Bronstrup

3ºano ditadura e democracia no brasil
3ºano ditadura e democracia no brasil3ºano ditadura e democracia no brasil
3ºano ditadura e democracia no brasilDaniel Alves Bronstrup
 
2º ANO - Independência e Primeiro reinado
2º ANO - Independência e Primeiro reinado2º ANO - Independência e Primeiro reinado
2º ANO - Independência e Primeiro reinadoDaniel Alves Bronstrup
 
2º ano - Período Regencial e Revoltas
2º ano - Período Regencial e Revoltas2º ano - Período Regencial e Revoltas
2º ano - Período Regencial e RevoltasDaniel Alves Bronstrup
 
REVOLUÇÃO INDUSTRIAL E IDEOLOGIAS DO SEC. XIX.
REVOLUÇÃO INDUSTRIAL E IDEOLOGIAS DO SEC. XIX.REVOLUÇÃO INDUSTRIAL E IDEOLOGIAS DO SEC. XIX.
REVOLUÇÃO INDUSTRIAL E IDEOLOGIAS DO SEC. XIX.Daniel Alves Bronstrup
 
3ºano - Revolução Industrial e Ideologias do Séc. XIX
3ºano - Revolução Industrial e Ideologias do Séc. XIX3ºano - Revolução Industrial e Ideologias do Séc. XIX
3ºano - Revolução Industrial e Ideologias do Séc. XIXDaniel Alves Bronstrup
 
3º ano Revolução Francesa e outros movimentos franceses.
3º ano Revolução Francesa e outros movimentos franceses.3º ano Revolução Francesa e outros movimentos franceses.
3º ano Revolução Francesa e outros movimentos franceses.Daniel Alves Bronstrup
 
3ºão ano - Família Real, Independência e Primeiro Reinado.
3ºão ano - Família Real, Independência e Primeiro Reinado.3ºão ano - Família Real, Independência e Primeiro Reinado.
3ºão ano - Família Real, Independência e Primeiro Reinado.Daniel Alves Bronstrup
 
3ão Resumão - Iluminismo - Rev Inglesa
3ão Resumão - Iluminismo - Rev Inglesa3ão Resumão - Iluminismo - Rev Inglesa
3ão Resumão - Iluminismo - Rev InglesaDaniel Alves Bronstrup
 
3º ano - Mineração, expansão territorial e escravidão.
3º ano - Mineração, expansão territorial e escravidão.3º ano - Mineração, expansão territorial e escravidão.
3º ano - Mineração, expansão territorial e escravidão.Daniel Alves Bronstrup
 

Mais de Daniel Alves Bronstrup (20)

Idade media - Feudalismo.pptx
Idade media - Feudalismo.pptxIdade media - Feudalismo.pptx
Idade media - Feudalismo.pptx
 
2º ano - Brasil segundo reinado
2º ano - Brasil segundo reinado2º ano - Brasil segundo reinado
2º ano - Brasil segundo reinado
 
3ºano ditadura e democracia no brasil
3ºano ditadura e democracia no brasil3ºano ditadura e democracia no brasil
3ºano ditadura e democracia no brasil
 
2º ANO - Independência e Primeiro reinado
2º ANO - Independência e Primeiro reinado2º ANO - Independência e Primeiro reinado
2º ANO - Independência e Primeiro reinado
 
2º ano - Período Regencial e Revoltas
2º ano - Período Regencial e Revoltas2º ano - Período Regencial e Revoltas
2º ano - Período Regencial e Revoltas
 
2ºano - Revolução Francesa
2ºano - Revolução Francesa2ºano - Revolução Francesa
2ºano - Revolução Francesa
 
REVOLUÇÃO INDUSTRIAL E IDEOLOGIAS DO SEC. XIX.
REVOLUÇÃO INDUSTRIAL E IDEOLOGIAS DO SEC. XIX.REVOLUÇÃO INDUSTRIAL E IDEOLOGIAS DO SEC. XIX.
REVOLUÇÃO INDUSTRIAL E IDEOLOGIAS DO SEC. XIX.
 
2ano - Inconfidência Mineira
2ano - Inconfidência Mineira2ano - Inconfidência Mineira
2ano - Inconfidência Mineira
 
Brasil Colônia: Ciclo do Ouro.
Brasil Colônia: Ciclo do Ouro.Brasil Colônia: Ciclo do Ouro.
Brasil Colônia: Ciclo do Ouro.
 
2º ano - iluminismo
2º ano -  iluminismo2º ano -  iluminismo
2º ano - iluminismo
 
1º ano E.M. - Mesopotâmia
1º ano E.M. - Mesopotâmia1º ano E.M. - Mesopotâmia
1º ano E.M. - Mesopotâmia
 
Resumão do 3ão - Alta Idade Média
Resumão do 3ão -  Alta Idade MédiaResumão do 3ão -  Alta Idade Média
Resumão do 3ão - Alta Idade Média
 
3ão - Brasil Segundo Reinado
3ão - Brasil Segundo Reinado3ão - Brasil Segundo Reinado
3ão - Brasil Segundo Reinado
 
3ºano - Revolução Industrial e Ideologias do Séc. XIX
3ºano - Revolução Industrial e Ideologias do Séc. XIX3ºano - Revolução Industrial e Ideologias do Séc. XIX
3ºano - Revolução Industrial e Ideologias do Séc. XIX
 
3º ano Revolução Francesa e outros movimentos franceses.
3º ano Revolução Francesa e outros movimentos franceses.3º ano Revolução Francesa e outros movimentos franceses.
3º ano Revolução Francesa e outros movimentos franceses.
 
3º ano Período Regencial
3º ano Período Regencial3º ano Período Regencial
3º ano Período Regencial
 
3ºão ano - Família Real, Independência e Primeiro Reinado.
3ºão ano - Família Real, Independência e Primeiro Reinado.3ºão ano - Família Real, Independência e Primeiro Reinado.
3ºão ano - Família Real, Independência e Primeiro Reinado.
 
3ão Resumão - Iluminismo - Rev Inglesa
3ão Resumão - Iluminismo - Rev Inglesa3ão Resumão - Iluminismo - Rev Inglesa
3ão Resumão - Iluminismo - Rev Inglesa
 
3º ano - Mineração, expansão territorial e escravidão.
3º ano - Mineração, expansão territorial e escravidão.3º ano - Mineração, expansão territorial e escravidão.
3º ano - Mineração, expansão territorial e escravidão.
 
3º ano - Civilização Romana
3º ano - Civilização Romana 3º ano - Civilização Romana
3º ano - Civilização Romana
 

3° ano - Grécia Antiga – aula 2

  • 1. Grécia Antiga – aula 2 ATENAS, GUERRAS MÉDICAS, GUERRA DO PELOPONESO E O IMPÉRIO MACEDÔNICO.
  • 2. MUNDO GREGO – AULA 2 ATENAS  Descendentes dos Jônios.  Escapou das invasões dóricas por sua posição geográfica.  Contava com um porto natural (Pireu) que permitiu um desenvolvimento comercial.  Economia:  Modo de produção escravista.  Primeiramente a base econômica era a agricultura, posteriormente o comércio desempenhou papel relevante.
  • 3. SOCIEDADE ATENIENSE Thetas: Marginalizados/Miseráveis.
  • 4. REFORMAS JURÍDICAS  Drácon (624 a.C.)  Tornou público um registro escrito das leis.  Sólon (591 a.C.)  Eliminou a escravidão por dívidas.  Criou a Bulé com representantes de todas as regiões da pólis.  Criou a Eclésia = Assembléia popular que aprovava as leis da Bulé.  Helieu = Tribunal de Justiça.  Mas estas reformas não solucionaram os problemas.
  • 5. REFORMAS JURÍDICAS  Psístrato = Promoveu um golpe impondo uma Tirania.  Governou entre 546 e 527 a.C.  Seus filhos Hiparco e Hipias também governaram.  Hipias foi deposto em 510 a.C.  Clítenes = Chegou ao poder e implantou a democracia.  Governou entre 510 a 507 a.C.  Com a crise social equilibrada por meio da política de Clístenes, posteriormente Péricles pôde governar (entre 463 - 431 a.C.) uma Atenas forte politicamente.
  • 8. Período Clássico. (Séc. V ao IV a.C.)  Apogeu:  Gregos enfrentaram e venceram a guerra contra os persas.  Decadência:  As várias guerras civis enfraqueceram os gregos, permitindo que estes fossem invadidos pela Macedônia.
  • 9. GERRAS MÉDICAS  Gregos X Império Persa.  Medos (habitantes da Média, como era conhecida antiga Pérsia).  1° Batalha de Maratona (setembro de 490 a.C.)  Esparta e Atenas não aceitaram um acordo com o Império Persa.  Imperador Persa, Dario I enviou 50 mil soldados para a região de Maratona.  Gregos: 11 mil soldados (10 mil hoplitas infantaria e 1 mil de uma cidade próxima).  Posição do Relevo vantajosa para os Gregos.  Tradição: Soldado mensageiro correu 42 km para informar o resultado da guerra.
  • 10. GERRAS MÉDICAS  Após 11 anos temos o segundo conflito:  479 a.C. = Xerxes retomou as ações contra os gregos.  Exército pelo norte com 300 mil homens.  Esquadra de 1 mil navios pelo sul (composta por fenícios).  Persas enfrentam forças espartanas nos desfiladeiros de Termopilas (combate onde o general Leônidas morreu ao lado de 300 homens).  Persas ocupam Atenas já evacuada.  Gregos massacram a frota persa na Batalha de Salamina (suprimentos estavam nos navios persas).  Xerxes e seus generais batem em retirada.
  • 11. GUERRA DO PELOPONESO  Liga de Delos (477 a.C.)  Liderados por Atenas.  Pagavam tributos para financiar um poderoso Exército (aliança militar anti-persa).  Atenas governada por Péricles (Sobrinho de Clístenes) passou por crescimento econômico.  Construção do Parternon.  Com o fim da contra os persas (448 a.C.) Atenas exigiu que as cidades-membros da liga continuassem pagando os tributos.  Apogeu de Atenas, tornou-se conhecida como a “Escola de Atenas”.
  • 12. GUERRA DO PELOPONESO  Liga do Peloponeso.  Liderada por Esparta.  431 a.C. = Guerra do Peloponeso.  404 a.C. – Fim da guerra, com a vitória Esparta torna-se a mais poderosa cidade.  371 a.C. – Cidade de Tebas colocou fim a hegemonia espartana.  Esparta e Atenas fazem aliança para derrotar Tebas.  362 a.C. = A Grécia estava arruinada.  338 a.C. = Felipe II conquista a Grécia.  Alexandre, O Grande (entre 334 a 323 a.C.) deu continuidade a expansão do Império Macedônico.
  • 13.
  • 15. Língua e Poesia: nossa língua está cheia de palavras derivadas do grego. Com os gregos, aprendemos a expressar nossos sentimentos por meio da poesia.  Religião: mesmo sendo politeístas, os gregos imaginavam seus deuses à imagem e semelhança ao homem.  Leis: as leis dos antigos gregos baseavam-se em um consenso popular, ou seja, estavam de acordo com a maioria.
  • 16. Teatro: os gregos nos passaram o gosto pelo teatro com especial ênfase às questões ligadas aos sentimentos e sofrimentos da humanidade.
  • 17. Ciências: os antigos gregos dedicavam grande parte de seu tempo na busca da compreensão dos fenômenos da natureza, pois acreditavam que o conhecimento tornaria as pessoas mais virtuosas, honestas, corajosas e bondosas.
  • 18. As Olimpíadas...  Apesar de associarmos os jogos olímpicos com os esportes, os jogos da Grécia antiga eram principalmente um festival religioso para honrar a Zeus. As lendas contam que os jogos foram fundados por Hércules, que plantou uma oliveira de onde foram feitas as guirlandas dos vencedores.  As primeiras olimpíadas foram realizadas em 776a.C. com apenas uma modalidade – a corrida de 200 metros chamada de Stadion, o que nos deixou a palavra „estádio‟. Os jogos eram realizados a cada quatro anos, com o período de tempo entre os dois encontros conhecido como uma Olimpíada.  Os jogos eram levados tão a sério pelos gregos que uma trégua era declarada, e estritamente respeitada, durante cada Olimpíada. Inclusive durante as Guerras do Peloponeso, os inimigos se misturavam e competiam lado a lado durante o evento. A trégua foi quebrada apenas uma vez por Esparta, que como castigo foi excluída dos jogos de 420 a.C..
  • 19. 3ão 2012 Prof. Msc. Daniel Alves Bronstrup BLOG: profhistdaniel.blogspot.com @danielbronstrup