SlideShare uma empresa Scribd logo
“Tira a minha alma da prisão, para que eu louve o teu nome;
“E os justos me rodearão, pois me fizeste bem”. (Salmo 142:7)
►“E vos vivificou, estando vós mortos em ofensas e pecados, Em que noutro
tempo andastes segundo o curso deste mundo, segundo o príncipe das
potestades do ar, do espírito que agora opera nos filhos da desobediência.
Entre os quais todos nós também antes andávamos nos desejos da nossa
carne, fazendo a vontade da carne e dos pensamentos; e éramos por natureza
filhos da ira, como os outros também”. (Efésios 2:1-3)
►Esse texto quer dizer que o homem caído anda, segundo o curso do mundo
que é governado por Satanás. Toda a Terra, ou Nações, estão contaminadas
pela cultura, forma de pensar e agir do reino das trevas. A ira, o ódio, orgulho,
medo, amargura, negativismo, toda forma de pecados, mortes, assassinatos,
guerras, pobreza ou riquezas injustas, tudo isso é uma manifestação do reino
das trevas na Terra.
•Como Satanás consegue gerar as trevas na Terra?
►A primeira coisa que abre as portas e da legalidade a satanás, é a
iniquidade no espirito do homem, (É o ato de transgredir a lei) que vai gerar
em sua alma tudo que é contrário ao Reino de Deus, arrastando o homem a
cometer pecados.
☺Mas pastor, então é difícil ser liberto? Não! ☻Só torna-se difícil quando a
pessoa ama mais as trevas do que a luz.
► ? ♥ “E a condenação é esta: Que a luz veio ao mundo, e os homens
amaram mais as trevas do que a luz, porque as suas obras eram más.” João 2:
19
►Agora veremos que quando Satanás consegue gerar na alma do homem o
que vem do seu reino de trevas ele consegue aprisionar a alma deste homem
em lugares de trevas, onde ele passa a gerar na alma dessa pessoa o que há
nesta região: medo, angústia, depressão, pânico, vícios, pobreza,
enfermidades, pecados, etc.
►Como vimos o primeiro motivo do cativeiro da alma do homem é a
iniquidade.
A alma é o que projeta tudo que vem do mundo espiritual e então, como a
pessoa não é salva e não tem o Espírito Santo Satanás livremente vai gerar
nesta pessoa pela iniquidade sentimentos, desejos, pensamentos que vão
aprisioná-lo e os próprios demônios vão agir para atormentar esta pessoa
gerando seu reino de pecados, medos, pavores, etc.
Conforme a pessoa vai aceitando, e se entregando ao que vem pela iniquidade
sua alma vai sendo aprisionada nas trevas, em moradas de iniquidades.
►“Porque vale mais um dia nos teus átrios do que mil. Preferiria estar à porta
da casa do meu Deus, a habitar nas tendas dos ímpios”. (Salmo 84:10)
►Onde a alma estiver aprisionada, vai gerar sentimentos, intelecto (forma de
pensar) e esta será governada por Satanás. Seus pensamentos, seus desejos,
temores, desejos pecaminosos que são gerados destes lugares a torna
escrava, presa e mesmo que queira sair não consegue.
► “Mas Deus, que é riquíssimo em misericórdia, pelo seu muito amor com que
nos amou, Estando nós ainda mortos em nossas ofensas, nos vivificou
juntamente com Cristo”. (Efésios 2:4-5)
Glória a Deus porque nos tornou livres do império das trevas e nos transportou
para o Reino da Luz em Cristo Jesus.
►Jesus nos libertou de todos os cativeiros e nos deu o direito de nos assentar
nos lugares celestiais. A pessoa só precisa reconhecer que está aprisionada e
declarar sua libertação dada em Cristo Jesus. Mas esta libertação não é
instantânea quando aceito a Jesus? Não, tudo foi conquistado por Cristo,
temos o direito, mas temos que nos apossar de cada herança nossa e, uma
delas é essa, a libertação da nossa alma das trevas.
JESUS ►“O espírito do Senhor DEUS está sobre mim; porque o SENHOR me
ungiu, para pregar boas novas aos mansos; enviou-me a restaurar os contritos
de coração, a proclamar liberdade aos cativos, e a abertura de prisão aos
presos” (Isaias 16:1).
►Jesus deu esta autoridade à igreja, para pregar as boas novas do evangelho,
curar os quebrantados, os enfermos, expulsar demônios, ressuscitar os mortos
e libertar os cativos e libertar os presos das prisões. Estas prisões e cativeiros
não são físicos, mas espirituais. Jesus nunca libertou os presos de cadeias
físicas, Ele respeita a lei que foi dada para punir os transgressores.
Só em casos de injustiças como no caso de Pedro, Paulo e Silas que
foram libertos de cadeias físicas. AMÉM!!!!!!!!!!
☺Fiquem de pé! Durante o louvor, se vc CRER e quiser começar o processo
de libertação, venha aqui na frente e traga a foto, a roupa ou a agua que vc
trouxe.
Vou orar e ungir essas peças.
!!!! -Isso é só o inicio, vc precisa perseverar nesse proposito, e não esqueça,
vc não consegue enganar a Deus, somente quando vc manifestar a fé é que
vai acontecer o milagre que vc espera ou busca.
Pois a Palavra dEle e pura,é escudo para os que nEle creem!!!!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Simpósio Intercessão parte 2
Simpósio Intercessão parte 2Simpósio Intercessão parte 2
Simpósio Intercessão parte 2
Jana Franpe
 
Estudo Sobre o Espírito Santo
Estudo Sobre o Espírito SantoEstudo Sobre o Espírito Santo
Estudo Sobre o Espírito Santo
Rodrigo Bomfim
 
Vencendo o pecado
Vencendo o pecadoVencendo o pecado
Vencendo o pecado
Sebastião Luiz Chagas
 
Curso basico de evangelismo
Curso basico de evangelismoCurso basico de evangelismo
Curso basico de evangelismo
Antonio Rodrigues
 
Panorama do NT - Efésios
Panorama do NT - EfésiosPanorama do NT - Efésios
Panorama do NT - Efésios
Respirando Deus
 
Lição 07 - A Salvação pela Graça
Lição 07 - A Salvação pela GraçaLição 07 - A Salvação pela Graça
Lição 07 - A Salvação pela Graça
Éder Tomé
 
Ceia do Senhor
Ceia do SenhorCeia do Senhor
Ceia do Senhor
Paulo Roberto
 
Avivamento
AvivamentoAvivamento
8. tribunal de cristo
8. tribunal de cristo8. tribunal de cristo
8. tribunal de cristo
Moisés Sampaio
 
A santa cei apub
A santa cei apubA santa cei apub
01 Identidade da RCC
01 Identidade da RCC01 Identidade da RCC
01 Identidade da RCC
ministerioformacao
 
Estudos condicional x incondicional
Estudos  condicional   x   incondicionalEstudos  condicional   x   incondicional
Estudos condicional x incondicional
Joel Silva
 
– A firmeza do caráter moral e espiritual de daniel
– A firmeza do caráter moral e espiritual de daniel– A firmeza do caráter moral e espiritual de daniel
– A firmeza do caráter moral e espiritual de daniel
jerubaalbino
 
A igreja que somos, a igreja que queremos ser.
A igreja que somos, a igreja que queremos ser.A igreja que somos, a igreja que queremos ser.
A igreja que somos, a igreja que queremos ser.
Cleide Corrêa
 
Apostila diaconato. tempmlo agape da adoração
Apostila diaconato. tempmlo agape da adoraçãoApostila diaconato. tempmlo agape da adoração
Apostila diaconato. tempmlo agape da adoração
clebersonpereiradasilva
 
Lição 6 O consolo de Deus em meio à aflição
Lição 6   O consolo de Deus em meio à afliçãoLição 6   O consolo de Deus em meio à aflição
Lição 6 O consolo de Deus em meio à aflição
Wander Sousa
 
Lição 4 - Possessão Demoníaca e a Autoridade do Nome de Jesus
Lição 4 - Possessão Demoníaca e a Autoridade do Nome de JesusLição 4 - Possessão Demoníaca e a Autoridade do Nome de Jesus
Lição 4 - Possessão Demoníaca e a Autoridade do Nome de Jesus
Éder Tomé
 
Panorama do NT - 2Tessalonicenses
Panorama do NT - 2TessalonicensesPanorama do NT - 2Tessalonicenses
Panorama do NT - 2Tessalonicenses
Respirando Deus
 
Arrependimento e Fé para a Salvação.
Arrependimento e Fé para a Salvação.Arrependimento e Fé para a Salvação.
Arrependimento e Fé para a Salvação.
Márcio Martins
 
Lição 5 – Um inimigo que Precisa ser Resistido
Lição 5 – Um inimigo que Precisa ser ResistidoLição 5 – Um inimigo que Precisa ser Resistido
Lição 5 – Um inimigo que Precisa ser Resistido
Éder Tomé
 

Mais procurados (20)

Simpósio Intercessão parte 2
Simpósio Intercessão parte 2Simpósio Intercessão parte 2
Simpósio Intercessão parte 2
 
Estudo Sobre o Espírito Santo
Estudo Sobre o Espírito SantoEstudo Sobre o Espírito Santo
Estudo Sobre o Espírito Santo
 
Vencendo o pecado
Vencendo o pecadoVencendo o pecado
Vencendo o pecado
 
Curso basico de evangelismo
Curso basico de evangelismoCurso basico de evangelismo
Curso basico de evangelismo
 
Panorama do NT - Efésios
Panorama do NT - EfésiosPanorama do NT - Efésios
Panorama do NT - Efésios
 
Lição 07 - A Salvação pela Graça
Lição 07 - A Salvação pela GraçaLição 07 - A Salvação pela Graça
Lição 07 - A Salvação pela Graça
 
Ceia do Senhor
Ceia do SenhorCeia do Senhor
Ceia do Senhor
 
Avivamento
AvivamentoAvivamento
Avivamento
 
8. tribunal de cristo
8. tribunal de cristo8. tribunal de cristo
8. tribunal de cristo
 
A santa cei apub
A santa cei apubA santa cei apub
A santa cei apub
 
01 Identidade da RCC
01 Identidade da RCC01 Identidade da RCC
01 Identidade da RCC
 
Estudos condicional x incondicional
Estudos  condicional   x   incondicionalEstudos  condicional   x   incondicional
Estudos condicional x incondicional
 
– A firmeza do caráter moral e espiritual de daniel
– A firmeza do caráter moral e espiritual de daniel– A firmeza do caráter moral e espiritual de daniel
– A firmeza do caráter moral e espiritual de daniel
 
A igreja que somos, a igreja que queremos ser.
A igreja que somos, a igreja que queremos ser.A igreja que somos, a igreja que queremos ser.
A igreja que somos, a igreja que queremos ser.
 
Apostila diaconato. tempmlo agape da adoração
Apostila diaconato. tempmlo agape da adoraçãoApostila diaconato. tempmlo agape da adoração
Apostila diaconato. tempmlo agape da adoração
 
Lição 6 O consolo de Deus em meio à aflição
Lição 6   O consolo de Deus em meio à afliçãoLição 6   O consolo de Deus em meio à aflição
Lição 6 O consolo de Deus em meio à aflição
 
Lição 4 - Possessão Demoníaca e a Autoridade do Nome de Jesus
Lição 4 - Possessão Demoníaca e a Autoridade do Nome de JesusLição 4 - Possessão Demoníaca e a Autoridade do Nome de Jesus
Lição 4 - Possessão Demoníaca e a Autoridade do Nome de Jesus
 
Panorama do NT - 2Tessalonicenses
Panorama do NT - 2TessalonicensesPanorama do NT - 2Tessalonicenses
Panorama do NT - 2Tessalonicenses
 
Arrependimento e Fé para a Salvação.
Arrependimento e Fé para a Salvação.Arrependimento e Fé para a Salvação.
Arrependimento e Fé para a Salvação.
 
Lição 5 – Um inimigo que Precisa ser Resistido
Lição 5 – Um inimigo que Precisa ser ResistidoLição 5 – Um inimigo que Precisa ser Resistido
Lição 5 – Um inimigo que Precisa ser Resistido
 

Destaque

Salmos e hinos 402
Salmos e hinos 402Salmos e hinos 402
Salmos e hinos 402
rafael gomide
 
Salmo 142
Salmo 142Salmo 142
(1) por que a alma não é imortal#
(1) por que a alma não é imortal#(1) por que a alma não é imortal#
(1) por que a alma não é imortal#
Celso do Rozário Brasil Gonçalves
 
Quem crer na trindade crer na imortalidade da alma
Quem crer na trindade crer na imortalidade da almaQuem crer na trindade crer na imortalidade da alma
Quem crer na trindade crer na imortalidade da alma
ASD Remanescentes
 
Prisões da alma
Prisões da almaPrisões da alma
Prisões da alma
Almy Alves
 
A Imortalidade Da Alma
A Imortalidade Da AlmaA Imortalidade Da Alma
A Imortalidade Da Alma
Emilia Maria Araujo Rios
 
A IMORTALIDADE DA ALMA
A IMORTALIDADE DA ALMAA IMORTALIDADE DA ALMA
A IMORTALIDADE DA ALMA
Vi Meirim
 
Tachyon memory centric, fault tolerance storage for cluster framworks
Tachyon  memory centric, fault tolerance storage for cluster framworksTachyon  memory centric, fault tolerance storage for cluster framworks
Tachyon memory centric, fault tolerance storage for cluster framworks
Viet-Trung TRAN
 
Balanceo de una ecuación química
Balanceo de una ecuación químicaBalanceo de una ecuación química
Balanceo de una ecuación química
dopamina mexico
 
xoxooo tkmmm
xoxooo tkmmmxoxooo tkmmm
xoxooo tkmmm
ceny2
 
Practica 2 quimica organica -espol
Practica 2  quimica organica -espolPractica 2  quimica organica -espol
Practica 2 quimica organica -espol
Lissy Rodriguez
 
Jvm mbeans jmxtran
Jvm mbeans jmxtranJvm mbeans jmxtran
Jvm mbeans jmxtran
adm_exoplatform
 
Charitable Giving and Happiness
Charitable Giving and HappinessCharitable Giving and Happiness
Charitable Giving and Happiness
Faircom New York
 
Moving to the Right Side of Safety
Moving to the Right Side of SafetyMoving to the Right Side of Safety
Moving to the Right Side of Safety
SAMTRAC International
 
Ultimate Platform Hotness Smackdown (Twitter, Facebook, iPhone, Native Web / ...
Ultimate Platform Hotness Smackdown (Twitter, Facebook, iPhone, Native Web / ...Ultimate Platform Hotness Smackdown (Twitter, Facebook, iPhone, Native Web / ...
Ultimate Platform Hotness Smackdown (Twitter, Facebook, iPhone, Native Web / ...
Dave McClure
 
God Is Forgiving
God Is ForgivingGod Is Forgiving
God Is Forgiving
William Harris
 
Interactive big data analytics
Interactive big data analyticsInteractive big data analytics
Interactive big data analytics
Viet-Trung TRAN
 
Torque
TorqueTorque
Torque
caitlinforan
 
The Rules - SGS
The Rules - SGSThe Rules - SGS
The Rules - SGS
Tania Kasongo
 
The State of Facilities at Eastern Region Institutions JUNE16
The State of Facilities at Eastern Region Institutions JUNE16The State of Facilities at Eastern Region Institutions JUNE16
The State of Facilities at Eastern Region Institutions JUNE16
Sightlines
 

Destaque (20)

Salmos e hinos 402
Salmos e hinos 402Salmos e hinos 402
Salmos e hinos 402
 
Salmo 142
Salmo 142Salmo 142
Salmo 142
 
(1) por que a alma não é imortal#
(1) por que a alma não é imortal#(1) por que a alma não é imortal#
(1) por que a alma não é imortal#
 
Quem crer na trindade crer na imortalidade da alma
Quem crer na trindade crer na imortalidade da almaQuem crer na trindade crer na imortalidade da alma
Quem crer na trindade crer na imortalidade da alma
 
Prisões da alma
Prisões da almaPrisões da alma
Prisões da alma
 
A Imortalidade Da Alma
A Imortalidade Da AlmaA Imortalidade Da Alma
A Imortalidade Da Alma
 
A IMORTALIDADE DA ALMA
A IMORTALIDADE DA ALMAA IMORTALIDADE DA ALMA
A IMORTALIDADE DA ALMA
 
Tachyon memory centric, fault tolerance storage for cluster framworks
Tachyon  memory centric, fault tolerance storage for cluster framworksTachyon  memory centric, fault tolerance storage for cluster framworks
Tachyon memory centric, fault tolerance storage for cluster framworks
 
Balanceo de una ecuación química
Balanceo de una ecuación químicaBalanceo de una ecuación química
Balanceo de una ecuación química
 
xoxooo tkmmm
xoxooo tkmmmxoxooo tkmmm
xoxooo tkmmm
 
Practica 2 quimica organica -espol
Practica 2  quimica organica -espolPractica 2  quimica organica -espol
Practica 2 quimica organica -espol
 
Jvm mbeans jmxtran
Jvm mbeans jmxtranJvm mbeans jmxtran
Jvm mbeans jmxtran
 
Charitable Giving and Happiness
Charitable Giving and HappinessCharitable Giving and Happiness
Charitable Giving and Happiness
 
Moving to the Right Side of Safety
Moving to the Right Side of SafetyMoving to the Right Side of Safety
Moving to the Right Side of Safety
 
Ultimate Platform Hotness Smackdown (Twitter, Facebook, iPhone, Native Web / ...
Ultimate Platform Hotness Smackdown (Twitter, Facebook, iPhone, Native Web / ...Ultimate Platform Hotness Smackdown (Twitter, Facebook, iPhone, Native Web / ...
Ultimate Platform Hotness Smackdown (Twitter, Facebook, iPhone, Native Web / ...
 
God Is Forgiving
God Is ForgivingGod Is Forgiving
God Is Forgiving
 
Interactive big data analytics
Interactive big data analyticsInteractive big data analytics
Interactive big data analytics
 
Torque
TorqueTorque
Torque
 
The Rules - SGS
The Rules - SGSThe Rules - SGS
The Rules - SGS
 
The State of Facilities at Eastern Region Institutions JUNE16
The State of Facilities at Eastern Region Institutions JUNE16The State of Facilities at Eastern Region Institutions JUNE16
The State of Facilities at Eastern Region Institutions JUNE16
 

Semelhante a 28 tira a minha alma da prisão (libertaçaõ)

01 (ok)tira a minha alma da prisão (libertaçaõ) 11-03
01  (ok)tira a minha alma da prisão (libertaçaõ) 11-0301  (ok)tira a minha alma da prisão (libertaçaõ) 11-03
01 (ok)tira a minha alma da prisão (libertaçaõ) 11-03
IGREJA ADCP CAMPOS ELÍSEOS
 
Progressão dos Mundos e dos Espíritos: Há muitas moradas na casa de meu
Progressão dos Mundos e dos Espíritos: Há muitas moradas na casa de meuProgressão dos Mundos e dos Espíritos: Há muitas moradas na casa de meu
Progressão dos Mundos e dos Espíritos: Há muitas moradas na casa de meu
Eduardo Ottonelli Pithan
 
Cristo Consolador
Cristo ConsoladorCristo Consolador
Cristo Consolador
Sergio Menezes
 
Livro dos espiritos Q.459 e ESE cap3 item6
Livro dos espiritos Q.459 e ESE cap3 item6Livro dos espiritos Q.459 e ESE cap3 item6
Livro dos espiritos Q.459 e ESE cap3 item6
Patricia Farias
 
A graça do pensamento liberto em cristo
A graça do pensamento liberto em cristoA graça do pensamento liberto em cristo
A graça do pensamento liberto em cristo
Adriano Gonçalves Martins
 
A mente é o campo de batalha
A mente é o campo de batalhaA mente é o campo de batalha
A mente é o campo de batalha
isabelle2501
 
Capítulo 3 ESE - Há muitas moradas na casa de meu
Capítulo 3 ESE - Há muitas moradas na casa de meuCapítulo 3 ESE - Há muitas moradas na casa de meu
Capítulo 3 ESE - Há muitas moradas na casa de meu
Eduardo Ottonelli Pithan
 
Método do-cerco-de-jericó-em-equipe
Método do-cerco-de-jericó-em-equipeMétodo do-cerco-de-jericó-em-equipe
Método do-cerco-de-jericó-em-equipe
Elizangela Serrati
 
Capítulo 6 do evangelho segundo o espiritismo
Capítulo 6 do evangelho segundo o espiritismoCapítulo 6 do evangelho segundo o espiritismo
Capítulo 6 do evangelho segundo o espiritismo
Eduardo Ottonelli Pithan
 
Nascidos para vencer
Nascidos para vencerNascidos para vencer
Nascidos para vencer
JosiSantana1
 
021c - Quanto aos microscópicos sois negros dos Demônios e aos modos de defen...
021c - Quanto aos microscópicos sois negros dos Demônios e aos modos de defen...021c - Quanto aos microscópicos sois negros dos Demônios e aos modos de defen...
021c - Quanto aos microscópicos sois negros dos Demônios e aos modos de defen...
OrdineGesu
 
2 mistério
2 mistério2 mistério
2 mistério
pgshama
 
Obsessao _Divida agravada
Obsessao _Divida agravada Obsessao _Divida agravada
Obsessao _Divida agravada
Claudio Macedo
 
Cerco de jericó
Cerco de jericóCerco de jericó
Cerco de jericó
Fátima Abreu
 
LIBERTAÇÃO
LIBERTAÇÃOLIBERTAÇÃO
Qual é a diferença entre corpo, alma e espírito
Qual é a diferença entre corpo, alma e espíritoQual é a diferença entre corpo, alma e espírito
Qual é a diferença entre corpo, alma e espírito
Leandro Sales
 
Cristo consolador
Cristo consolador Cristo consolador
Cristo consolador
Maria Moraes
 
Além da Morte
Além da MorteAlém da Morte
Além da Morte
Antonino Silva
 
Conquista da Paz de Espirito
Conquista da Paz de EspiritoConquista da Paz de Espirito
Conquista da Paz de Espirito
Renato Arabe Saraiva
 
INSTRUMENTOS DO PECADO OU VASOS DE HONRA
INSTRUMENTOS DO PECADO OU VASOS DE HONRAINSTRUMENTOS DO PECADO OU VASOS DE HONRA
INSTRUMENTOS DO PECADO OU VASOS DE HONRA
perymarques
 

Semelhante a 28 tira a minha alma da prisão (libertaçaõ) (20)

01 (ok)tira a minha alma da prisão (libertaçaõ) 11-03
01  (ok)tira a minha alma da prisão (libertaçaõ) 11-0301  (ok)tira a minha alma da prisão (libertaçaõ) 11-03
01 (ok)tira a minha alma da prisão (libertaçaõ) 11-03
 
Progressão dos Mundos e dos Espíritos: Há muitas moradas na casa de meu
Progressão dos Mundos e dos Espíritos: Há muitas moradas na casa de meuProgressão dos Mundos e dos Espíritos: Há muitas moradas na casa de meu
Progressão dos Mundos e dos Espíritos: Há muitas moradas na casa de meu
 
Cristo Consolador
Cristo ConsoladorCristo Consolador
Cristo Consolador
 
Livro dos espiritos Q.459 e ESE cap3 item6
Livro dos espiritos Q.459 e ESE cap3 item6Livro dos espiritos Q.459 e ESE cap3 item6
Livro dos espiritos Q.459 e ESE cap3 item6
 
A graça do pensamento liberto em cristo
A graça do pensamento liberto em cristoA graça do pensamento liberto em cristo
A graça do pensamento liberto em cristo
 
A mente é o campo de batalha
A mente é o campo de batalhaA mente é o campo de batalha
A mente é o campo de batalha
 
Capítulo 3 ESE - Há muitas moradas na casa de meu
Capítulo 3 ESE - Há muitas moradas na casa de meuCapítulo 3 ESE - Há muitas moradas na casa de meu
Capítulo 3 ESE - Há muitas moradas na casa de meu
 
Método do-cerco-de-jericó-em-equipe
Método do-cerco-de-jericó-em-equipeMétodo do-cerco-de-jericó-em-equipe
Método do-cerco-de-jericó-em-equipe
 
Capítulo 6 do evangelho segundo o espiritismo
Capítulo 6 do evangelho segundo o espiritismoCapítulo 6 do evangelho segundo o espiritismo
Capítulo 6 do evangelho segundo o espiritismo
 
Nascidos para vencer
Nascidos para vencerNascidos para vencer
Nascidos para vencer
 
021c - Quanto aos microscópicos sois negros dos Demônios e aos modos de defen...
021c - Quanto aos microscópicos sois negros dos Demônios e aos modos de defen...021c - Quanto aos microscópicos sois negros dos Demônios e aos modos de defen...
021c - Quanto aos microscópicos sois negros dos Demônios e aos modos de defen...
 
2 mistério
2 mistério2 mistério
2 mistério
 
Obsessao _Divida agravada
Obsessao _Divida agravada Obsessao _Divida agravada
Obsessao _Divida agravada
 
Cerco de jericó
Cerco de jericóCerco de jericó
Cerco de jericó
 
LIBERTAÇÃO
LIBERTAÇÃOLIBERTAÇÃO
LIBERTAÇÃO
 
Qual é a diferença entre corpo, alma e espírito
Qual é a diferença entre corpo, alma e espíritoQual é a diferença entre corpo, alma e espírito
Qual é a diferença entre corpo, alma e espírito
 
Cristo consolador
Cristo consolador Cristo consolador
Cristo consolador
 
Além da Morte
Além da MorteAlém da Morte
Além da Morte
 
Conquista da Paz de Espirito
Conquista da Paz de EspiritoConquista da Paz de Espirito
Conquista da Paz de Espirito
 
INSTRUMENTOS DO PECADO OU VASOS DE HONRA
INSTRUMENTOS DO PECADO OU VASOS DE HONRAINSTRUMENTOS DO PECADO OU VASOS DE HONRA
INSTRUMENTOS DO PECADO OU VASOS DE HONRA
 

Mais de IGREJA ADCP CAMPOS ELÍSEOS

O poder das cruz (17 12-17)
O poder das cruz (17 12-17)O poder das cruz (17 12-17)
O poder das cruz (17 12-17)
IGREJA ADCP CAMPOS ELÍSEOS
 
Obstáculos para zaqueu receber a benção
Obstáculos para zaqueu receber a bençãoObstáculos para zaqueu receber a benção
Obstáculos para zaqueu receber a benção
IGREJA ADCP CAMPOS ELÍSEOS
 
O obreiro vaso
O obreiro  vasoO obreiro  vaso
O desafio de seguir a cristo
O desafio de seguir a cristoO desafio de seguir a cristo
O desafio de seguir a cristo
IGREJA ADCP CAMPOS ELÍSEOS
 
Josué 6
Josué 6Josué 6
è Tempo de ter uma vida de vitória e conquistas
è Tempo de ter uma vida de vitória e conquistasè Tempo de ter uma vida de vitória e conquistas
è Tempo de ter uma vida de vitória e conquistas
IGREJA ADCP CAMPOS ELÍSEOS
 
Três palavras de
Três palavras deTrês palavras de
Três palavras de
IGREJA ADCP CAMPOS ELÍSEOS
 
Romanos 4
Romanos 4Romanos 4
Promessas de deus para nós
Promessas de deus para nósPromessas de deus para nós
Promessas de deus para nós
IGREJA ADCP CAMPOS ELÍSEOS
 
Poder do espirito santo
Poder do espirito santoPoder do espirito santo
Poder do espirito santo
IGREJA ADCP CAMPOS ELÍSEOS
 
Perseverar até o fim hebreus 12
Perseverar até o fim                    hebreus 12Perseverar até o fim                    hebreus 12
Perseverar até o fim hebreus 12
IGREJA ADCP CAMPOS ELÍSEOS
 
Obed edom
Obed edomObed edom
O poder das cruz (17 12-17)
O poder das cruz (17 12-17)O poder das cruz (17 12-17)
O poder das cruz (17 12-17)
IGREJA ADCP CAMPOS ELÍSEOS
 
Josué 24
Josué 24Josué 24
João 10 (domingo)
João 10 (domingo)João 10 (domingo)
João 10 (domingo)
IGREJA ADCP CAMPOS ELÍSEOS
 
Exodo 33
Exodo 33Exodo 33
Como hei de trazer para a minha casa a arca de deus
Como hei de trazer para a minha casa a arca de deusComo hei de trazer para a minha casa a arca de deus
Como hei de trazer para a minha casa a arca de deus
IGREJA ADCP CAMPOS ELÍSEOS
 
2 reis 2
2 reis 22 reis 2
47 o gemido de rispa
47  o gemido de rispa47  o gemido de rispa
47 o gemido de rispa
IGREJA ADCP CAMPOS ELÍSEOS
 
46 as bençãos celestiais
46 as bençãos celestiais46 as bençãos celestiais
46 as bençãos celestiais
IGREJA ADCP CAMPOS ELÍSEOS
 

Mais de IGREJA ADCP CAMPOS ELÍSEOS (20)

O poder das cruz (17 12-17)
O poder das cruz (17 12-17)O poder das cruz (17 12-17)
O poder das cruz (17 12-17)
 
Obstáculos para zaqueu receber a benção
Obstáculos para zaqueu receber a bençãoObstáculos para zaqueu receber a benção
Obstáculos para zaqueu receber a benção
 
O obreiro vaso
O obreiro  vasoO obreiro  vaso
O obreiro vaso
 
O desafio de seguir a cristo
O desafio de seguir a cristoO desafio de seguir a cristo
O desafio de seguir a cristo
 
Josué 6
Josué 6Josué 6
Josué 6
 
è Tempo de ter uma vida de vitória e conquistas
è Tempo de ter uma vida de vitória e conquistasè Tempo de ter uma vida de vitória e conquistas
è Tempo de ter uma vida de vitória e conquistas
 
Três palavras de
Três palavras deTrês palavras de
Três palavras de
 
Romanos 4
Romanos 4Romanos 4
Romanos 4
 
Promessas de deus para nós
Promessas de deus para nósPromessas de deus para nós
Promessas de deus para nós
 
Poder do espirito santo
Poder do espirito santoPoder do espirito santo
Poder do espirito santo
 
Perseverar até o fim hebreus 12
Perseverar até o fim                    hebreus 12Perseverar até o fim                    hebreus 12
Perseverar até o fim hebreus 12
 
Obed edom
Obed edomObed edom
Obed edom
 
O poder das cruz (17 12-17)
O poder das cruz (17 12-17)O poder das cruz (17 12-17)
O poder das cruz (17 12-17)
 
Josué 24
Josué 24Josué 24
Josué 24
 
João 10 (domingo)
João 10 (domingo)João 10 (domingo)
João 10 (domingo)
 
Exodo 33
Exodo 33Exodo 33
Exodo 33
 
Como hei de trazer para a minha casa a arca de deus
Como hei de trazer para a minha casa a arca de deusComo hei de trazer para a minha casa a arca de deus
Como hei de trazer para a minha casa a arca de deus
 
2 reis 2
2 reis 22 reis 2
2 reis 2
 
47 o gemido de rispa
47  o gemido de rispa47  o gemido de rispa
47 o gemido de rispa
 
46 as bençãos celestiais
46 as bençãos celestiais46 as bençãos celestiais
46 as bençãos celestiais
 

Último

Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Celso Napoleon
 
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
JaquelineSantosBasto
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Igreja Jesus é o Verbo
 
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdfPROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
Nelson Pereira
 
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermos
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermosEnfermos - Unção para consagração dosa enfermos
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermos
FernandoCavalcante48
 
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdfde volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
marcobueno2024
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Nilson Almeida
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Celso Napoleon
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Lourhana
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Nilson Almeida
 

Último (10)

Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
 
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
 
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdfPROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
 
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermos
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermosEnfermos - Unção para consagração dosa enfermos
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermos
 
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdfde volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
 

28 tira a minha alma da prisão (libertaçaõ)

  • 1. “Tira a minha alma da prisão, para que eu louve o teu nome; “E os justos me rodearão, pois me fizeste bem”. (Salmo 142:7) ►“E vos vivificou, estando vós mortos em ofensas e pecados, Em que noutro tempo andastes segundo o curso deste mundo, segundo o príncipe das potestades do ar, do espírito que agora opera nos filhos da desobediência. Entre os quais todos nós também antes andávamos nos desejos da nossa carne, fazendo a vontade da carne e dos pensamentos; e éramos por natureza filhos da ira, como os outros também”. (Efésios 2:1-3) ►Esse texto quer dizer que o homem caído anda, segundo o curso do mundo que é governado por Satanás. Toda a Terra, ou Nações, estão contaminadas pela cultura, forma de pensar e agir do reino das trevas. A ira, o ódio, orgulho, medo, amargura, negativismo, toda forma de pecados, mortes, assassinatos, guerras, pobreza ou riquezas injustas, tudo isso é uma manifestação do reino das trevas na Terra. •Como Satanás consegue gerar as trevas na Terra? ►A primeira coisa que abre as portas e da legalidade a satanás, é a iniquidade no espirito do homem, (É o ato de transgredir a lei) que vai gerar em sua alma tudo que é contrário ao Reino de Deus, arrastando o homem a cometer pecados. ☺Mas pastor, então é difícil ser liberto? Não! ☻Só torna-se difícil quando a pessoa ama mais as trevas do que a luz. ► ? ♥ “E a condenação é esta: Que a luz veio ao mundo, e os homens amaram mais as trevas do que a luz, porque as suas obras eram más.” João 2: 19 ►Agora veremos que quando Satanás consegue gerar na alma do homem o que vem do seu reino de trevas ele consegue aprisionar a alma deste homem em lugares de trevas, onde ele passa a gerar na alma dessa pessoa o que há nesta região: medo, angústia, depressão, pânico, vícios, pobreza, enfermidades, pecados, etc. ►Como vimos o primeiro motivo do cativeiro da alma do homem é a iniquidade. A alma é o que projeta tudo que vem do mundo espiritual e então, como a pessoa não é salva e não tem o Espírito Santo Satanás livremente vai gerar nesta pessoa pela iniquidade sentimentos, desejos, pensamentos que vão aprisioná-lo e os próprios demônios vão agir para atormentar esta pessoa gerando seu reino de pecados, medos, pavores, etc. Conforme a pessoa vai aceitando, e se entregando ao que vem pela iniquidade sua alma vai sendo aprisionada nas trevas, em moradas de iniquidades.
  • 2. ►“Porque vale mais um dia nos teus átrios do que mil. Preferiria estar à porta da casa do meu Deus, a habitar nas tendas dos ímpios”. (Salmo 84:10) ►Onde a alma estiver aprisionada, vai gerar sentimentos, intelecto (forma de pensar) e esta será governada por Satanás. Seus pensamentos, seus desejos, temores, desejos pecaminosos que são gerados destes lugares a torna escrava, presa e mesmo que queira sair não consegue. ► “Mas Deus, que é riquíssimo em misericórdia, pelo seu muito amor com que nos amou, Estando nós ainda mortos em nossas ofensas, nos vivificou juntamente com Cristo”. (Efésios 2:4-5) Glória a Deus porque nos tornou livres do império das trevas e nos transportou para o Reino da Luz em Cristo Jesus. ►Jesus nos libertou de todos os cativeiros e nos deu o direito de nos assentar nos lugares celestiais. A pessoa só precisa reconhecer que está aprisionada e declarar sua libertação dada em Cristo Jesus. Mas esta libertação não é instantânea quando aceito a Jesus? Não, tudo foi conquistado por Cristo, temos o direito, mas temos que nos apossar de cada herança nossa e, uma delas é essa, a libertação da nossa alma das trevas. JESUS ►“O espírito do Senhor DEUS está sobre mim; porque o SENHOR me ungiu, para pregar boas novas aos mansos; enviou-me a restaurar os contritos de coração, a proclamar liberdade aos cativos, e a abertura de prisão aos presos” (Isaias 16:1). ►Jesus deu esta autoridade à igreja, para pregar as boas novas do evangelho, curar os quebrantados, os enfermos, expulsar demônios, ressuscitar os mortos e libertar os cativos e libertar os presos das prisões. Estas prisões e cativeiros não são físicos, mas espirituais. Jesus nunca libertou os presos de cadeias físicas, Ele respeita a lei que foi dada para punir os transgressores. Só em casos de injustiças como no caso de Pedro, Paulo e Silas que foram libertos de cadeias físicas. AMÉM!!!!!!!!!! ☺Fiquem de pé! Durante o louvor, se vc CRER e quiser começar o processo de libertação, venha aqui na frente e traga a foto, a roupa ou a agua que vc trouxe. Vou orar e ungir essas peças. !!!! -Isso é só o inicio, vc precisa perseverar nesse proposito, e não esqueça, vc não consegue enganar a Deus, somente quando vc manifestar a fé é que vai acontecer o milagre que vc espera ou busca. Pois a Palavra dEle e pura,é escudo para os que nEle creem!!!!