SlideShare uma empresa Scribd logo
PALESTRA - TRABALHO E EVOLUÇÃO
O TRABALHO é uma lei
da natureza da qual
ninguém pode se
esquivar, sem se
prejudicar, pois é por
meio dele que o homem
EVOLUI e desenvolve a
sua inteligência e
aperfeiçoa suas
faculdades físicas e
espirituais.
TUDO O QUE FAZEMOS É PARTE DE NOSSO
DESENVOLVIMENTO, EM QUALQUER PLANO...
A origem da
palavra TRABALHO
está no vocábulo
latino “TRIPALIU”.
O tripaliu era um
instrumento de
tortura que era
utilizado naqueles
que não podiam
pagar os impostos
- ESCRAVOS
TEMOS QUE MODIFICAR A CONCEPÇÃO DE QUE
TRABALHO SIGNINFICA SOFRIMENTO
674. A necessidade do trabalho
é uma lei da Natureza?
— O trabalho é uma lei da
por isso mesmo é uma
civilização obriga o homem a
mais, porque aumenta as suas
necessidades e os seus
675. Só devemos entender
por trabalho as ocupações
materiais?
— Não; o Espírito também
trabalha, como o corpo. Toda
ocupação útil é trabalho.
O TRABALHO FAZ COM QUE A EVOLUÇÃO
ACONTEÇA, AINDA QUE NÃO SEJA PERCEBIDA
683. Qual o limite do
trabalho?
– O limite das forças;
Deus deixa o homem livre.
682. O repouso, sendo uma
necessidade após o trabalho,
não é também uma lei natural?
– Sem dúvida. O repouso
repara as forças do corpo e é
também necessário para dar
um pouco mais de liberdade à
inteligência, para que esta se
eleve acima da matéria.
TODO EXCESSO É PREJUDICIAL À EVOLUÇÃO E,
SOMENTE O EQUILÍBRIO NOS MANTÉM NO CAMINHO
Há ricos e pobres, porque sendo Deus justo, como é, a cada
um prescreve trabalhar a seu turno. A pobreza é, para os que
a sofrem, a prova da paciência e da resignação; a riqueza é,
para os outros, a prova da caridade e da abnegação.
TODO TRABALHO DEVE SER BEM VISTO E
RECONHECIDO, PORQUE TODOS LEVAM À EVOLUÇÃO
SE NÓS NÃO TRABALHASSEMOS DESDE OS
PRIMÓRDIOS, A HUMANIDADE NÃO EXISTIRIA
Reage com vigor e
determinação às
tentativas de alojamento
da PREGUIÇA nos
tecidos sutis de teu
equipamento psíquico, e
assume nova postura
diante da vida, que te
oferece diariamente
inúmeras oportunidades
de trabalho para sua
evolução.
SE FAZEMOS O QUE GOSTAMOS, SOMOS FELIZES E
ESTA FELICIDADE SE REFLETE À NOSSA VOLTA
Desenvolver a noção e a
consciência de que
somos Espíritos imortais,
porém imperfeitos e
sempre em evolução, vai
facilitar o nosso
entendimento de que
temos o nosso lugar
dentro do universo e que
devemos trabalhar no
que nos dá prazer.
AS DIFICULDADES SÃO OPORTUNIDADES DE
PROGRESSO E DEVEMOS APROVEITÁ-LAS SEMPRE
Durante as sucessivas
encarnações, o Espírito adquire
experiências importantes para
o seu auto-conhecimento e
para o seu desenvolvimento. O
trabalho que ele executa nesta
nesta diversidade de
experiências é o meio eficaz
para o aprendizado do sentido
da vida e para sua evolução.
O TRABALHO DESENVOLVE O INTELECTO, AMPLIA A
CONSCIÊNCIA E TRAÇA O NOSSO CAMINHO
• A depuração do Espírito só é alcançada pelo trabalho.
• A evolução se processa através do trabalho.
• O trabalho é uma necessidade, um meio de desenvolver a
inteligência do ser humano e uma
forma dele participar da obra de Deus.
A EVOLUÇÃO É INCESSANTE E AO LADO DELA O
TRABALHO. ESTAREMOS SEMPRE TRABALHANDO
Nos mundos mais evoluídos, o trabalho
é relativo à natureza das necessidades;
quanto menos necessidades materiais,
menos material é o trabalho.
Não há
ociosidade no
Universo, nem
existe evolução
na inatividade
SOMOS UMA CÉLULA ATIVA NO CENTRO ESPÍRITA E
DEVEMOS ESTAR SEMPRE VIGILANTES E SAUDÁVEIS
“Através do trabalho o qual não decorre
troca nem permuta de remuneraçao, o
espírito se modifica, evoluindo no sentido
moral e espiritual.Através da auto-
doação, consegue se superar e revela-se
instrumento da Misericórdia Divina na
construção da felicidade para todos”
“Somente o nosso trabalho coletivo pode
engrandecer ou destruir o organismo social e
somente o organismo social pode nos tornar
individualmente grandes ou miseráveis”
O TRABALHO ESTÁ PRESENTE EM TODAS AS OBRAS DE
ANDRÉ LUIZ POIS NÃO HÁ EVOLUÇÃO SEM O MESMO
Cap 27 – O TRABALHO ENFIM – Nas Câmaras de Retificação
André Luiz inicia o trabalho de auxiliar na limpeza de vômitos de
substâncias negras e fétidas.
Cap I4– A CASA TRANSITÓRIA
O trabalho feito na casa transitória, que pode se deslocar até as regiões
umbralinas, é de auxílio e caridade.
Cap 32 – NOTÍCIAS DE VENERANDA
A Ministra Veneranda, que possui o maior número de bônus-hora:
um milhão de horas de trabalho útil (em 200 anos de atividade ali)
Cap 17 – ROGATIVA SINGULAR
... a Divina Bondade me concedeu ingresso em colônia de trabalho
santificador, a fim de prosseguir em meus serviços de elevação...
“O trabalho somente aparece quando o trabalhador está pronto”
O TRABALHO TE LEVA AO AUTOCONHECIMENTO E À
CAPACIDADE DE SE REGENERAR EM TUDO
EMMANUEL - A luta e o trabalho são tão imprescindíveis ao
aperfeiçoamento do espírito, como o pão material é indispensável à
manutenção do corpo físico.
BEZERRA DE MENEZES - Ensina-nos a trabalhar mais, e a produzir mais,
a fim de conquistarmos recursos maiores. Tanto quanto nos seja possível
receber, concede-nos mais trabalho para sermos mais úteis.
JOANNA DE ANGELIS – “O trabalho é, ao lado da oração, o mais eficiente
antídoto contra o mal, porquanto conquista valores incalculáveis com que
o Espírito corrige as imperfeições e disciplina a vontade”.
... E ENTÃO, QUANDO CHEGARMOS AO NOSSO
OBJETIVO, COMEÇAREMOS UMA NOVA BUSCA...
Lembremos sempre que Deus a todos ampara, mas
a caminhada, os passos, a busca é por nossa conta.
É preciso trabalho árduo e incessante para alcançar
a evolução desejada
É preciso saber o que se busca e por qual porta desejamos entrar.
Nossa vontade e nosso trabalho é que nos conduzirá onde
queremos chegar.
CONSCIENTIZE-SE
UMA BOA SEMANA A TODOS
A busca da Evolução é eterna...
PORQUE O ESPÍRITO É IMORTAL!
e o Trabalho é infinito...

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Orgulho: Pai de todos os vÍcios
Orgulho: Pai de todos os vÍciosOrgulho: Pai de todos os vÍcios
Orgulho: Pai de todos os vÍcios
Graça Maciel
 
Finalidades da reencarnação.pptx2
Finalidades da reencarnação.pptx2Finalidades da reencarnação.pptx2
Finalidades da reencarnação.pptx2
sndteixeira
 
Esquecimento do passado
Esquecimento do passadoEsquecimento do passado
Esquecimento do passado
Ponte de Luz ASEC
 
Reconhece se o cristãos pelas suas obras
Reconhece se o cristãos pelas suas obrasReconhece se o cristãos pelas suas obras
Reconhece se o cristãos pelas suas obras
Izabel Cristina Fonseca
 
Bem aventurados os aflitos
Bem aventurados os aflitosBem aventurados os aflitos
Bem aventurados os aflitos
Humberto E. Hasegawa
 
AULA- Lei do trabalho
AULA- Lei do trabalhoAULA- Lei do trabalho
AULA- Lei do trabalho
Harleyde Santos
 
O Poder da Vontade
O Poder da VontadeO Poder da Vontade
O Poder da Vontade
Ricardo Azevedo
 
Ha muitas moradas na casa de meu pai
Ha muitas moradas na casa de meu paiHa muitas moradas na casa de meu pai
Ha muitas moradas na casa de meu pai
Henrique Vieira
 
Reencarnação e os laços de familia
Reencarnação e os laços de familiaReencarnação e os laços de familia
Reencarnação e os laços de familia
KATIA MARIA FARAH V DA SILVA
 
Observai os Pássaros
Observai os PássarosObservai os Pássaros
Observai os Pássaros
igmateus
 
Palestra Espírita - Missão dos espíritas
Palestra Espírita - Missão dos espíritasPalestra Espírita - Missão dos espíritas
Palestra Espírita - Missão dos espíritas
Divulgador do Espiritismo
 
providência divina
providência divinaprovidência divina
providência divina
Denise Aguiar
 
O centro espírita
O centro espíritaO centro espírita
O centro espírita
nelmarvoc
 
A importância da palestra espirita
A importância da palestra espiritaA importância da palestra espirita
A importância da palestra espirita
carlos freire
 
Conhece se a árvore pelos frutos gec 03-09-2011
Conhece se a árvore pelos frutos gec 03-09-2011Conhece se a árvore pelos frutos gec 03-09-2011
Conhece se a árvore pelos frutos gec 03-09-2011
Izabel Cristina Fonseca
 
A verdadeira propriedade
A verdadeira propriedadeA verdadeira propriedade
A verdadeira propriedade
Flavio A. Zanetti
 
APEGO E LIBERTAÇÃO VISÃO ESPÍRITA
APEGO E LIBERTAÇÃO VISÃO ESPÍRITA APEGO E LIBERTAÇÃO VISÃO ESPÍRITA
APEGO E LIBERTAÇÃO VISÃO ESPÍRITA
Fatima Carvalho
 
Escala espírita - Livro dos Espíritos - Allan Kardec
Escala espírita - Livro dos Espíritos - Allan KardecEscala espírita - Livro dos Espíritos - Allan Kardec
Escala espírita - Livro dos Espíritos - Allan Kardec
marjoriestavismeyer
 
Dimensao espiritual do centro esprita
Dimensao  espiritual do centro espritaDimensao  espiritual do centro esprita
Dimensao espiritual do centro esprita
Claudio Macedo
 
Terra escola dos espíritos
Terra escola dos espíritosTerra escola dos espíritos
Terra escola dos espíritos
bonattinho
 

Mais procurados (20)

Orgulho: Pai de todos os vÍcios
Orgulho: Pai de todos os vÍciosOrgulho: Pai de todos os vÍcios
Orgulho: Pai de todos os vÍcios
 
Finalidades da reencarnação.pptx2
Finalidades da reencarnação.pptx2Finalidades da reencarnação.pptx2
Finalidades da reencarnação.pptx2
 
Esquecimento do passado
Esquecimento do passadoEsquecimento do passado
Esquecimento do passado
 
Reconhece se o cristãos pelas suas obras
Reconhece se o cristãos pelas suas obrasReconhece se o cristãos pelas suas obras
Reconhece se o cristãos pelas suas obras
 
Bem aventurados os aflitos
Bem aventurados os aflitosBem aventurados os aflitos
Bem aventurados os aflitos
 
AULA- Lei do trabalho
AULA- Lei do trabalhoAULA- Lei do trabalho
AULA- Lei do trabalho
 
O Poder da Vontade
O Poder da VontadeO Poder da Vontade
O Poder da Vontade
 
Ha muitas moradas na casa de meu pai
Ha muitas moradas na casa de meu paiHa muitas moradas na casa de meu pai
Ha muitas moradas na casa de meu pai
 
Reencarnação e os laços de familia
Reencarnação e os laços de familiaReencarnação e os laços de familia
Reencarnação e os laços de familia
 
Observai os Pássaros
Observai os PássarosObservai os Pássaros
Observai os Pássaros
 
Palestra Espírita - Missão dos espíritas
Palestra Espírita - Missão dos espíritasPalestra Espírita - Missão dos espíritas
Palestra Espírita - Missão dos espíritas
 
providência divina
providência divinaprovidência divina
providência divina
 
O centro espírita
O centro espíritaO centro espírita
O centro espírita
 
A importância da palestra espirita
A importância da palestra espiritaA importância da palestra espirita
A importância da palestra espirita
 
Conhece se a árvore pelos frutos gec 03-09-2011
Conhece se a árvore pelos frutos gec 03-09-2011Conhece se a árvore pelos frutos gec 03-09-2011
Conhece se a árvore pelos frutos gec 03-09-2011
 
A verdadeira propriedade
A verdadeira propriedadeA verdadeira propriedade
A verdadeira propriedade
 
APEGO E LIBERTAÇÃO VISÃO ESPÍRITA
APEGO E LIBERTAÇÃO VISÃO ESPÍRITA APEGO E LIBERTAÇÃO VISÃO ESPÍRITA
APEGO E LIBERTAÇÃO VISÃO ESPÍRITA
 
Escala espírita - Livro dos Espíritos - Allan Kardec
Escala espírita - Livro dos Espíritos - Allan KardecEscala espírita - Livro dos Espíritos - Allan Kardec
Escala espírita - Livro dos Espíritos - Allan Kardec
 
Dimensao espiritual do centro esprita
Dimensao  espiritual do centro espritaDimensao  espiritual do centro esprita
Dimensao espiritual do centro esprita
 
Terra escola dos espíritos
Terra escola dos espíritosTerra escola dos espíritos
Terra escola dos espíritos
 

Destaque

PALESTRA - LEI DO TRABALHO - LEI DA VIDA
PALESTRA - LEI DO TRABALHO - LEI DA VIDAPALESTRA - LEI DO TRABALHO - LEI DA VIDA
PALESTRA - LEI DO TRABALHO - LEI DA VIDA
Mauro Santos
 
Segundo Módulo - Aula 03 - Lei do trabalho
Segundo Módulo - Aula 03 - Lei do trabalhoSegundo Módulo - Aula 03 - Lei do trabalho
Segundo Módulo - Aula 03 - Lei do trabalho
CeiClarencio
 
GestãO Empresarial Aula 01
GestãO Empresarial   Aula 01GestãO Empresarial   Aula 01
GestãO Empresarial Aula 01
Douglas Miquelof
 
Palestra Instituto Espírita de Educação - Preguiça Frente à Lei do Trabalho
Palestra Instituto Espírita de Educação - Preguiça Frente à Lei do TrabalhoPalestra Instituto Espírita de Educação - Preguiça Frente à Lei do Trabalho
Palestra Instituto Espírita de Educação - Preguiça Frente à Lei do Trabalho
Instituto Espírita de Educação
 
Palestra sobre o alcoolismo
Palestra sobre o alcoolismoPalestra sobre o alcoolismo
Palestra sobre o alcoolismo
José Victor Rabelo
 
Trabalhador Espírita, vamos Trabalhar?
Trabalhador Espírita, vamos Trabalhar?Trabalhador Espírita, vamos Trabalhar?
Trabalhador Espírita, vamos Trabalhar?
igmateus
 
evolução e reencarnação
evolução e reencarnaçãoevolução e reencarnação
evolução e reencarnação
Associação Espirita Lagos
 
Aula de gestão empresarial 11 01-2014
Aula de gestão empresarial 11 01-2014Aula de gestão empresarial 11 01-2014
Aula de gestão empresarial 11 01-2014
Professora Patricia Lima
 
A Evolução dos Computadores
A Evolução dos ComputadoresA Evolução dos Computadores
A Evolução dos Computadores
plinioalmeida
 

Destaque (9)

PALESTRA - LEI DO TRABALHO - LEI DA VIDA
PALESTRA - LEI DO TRABALHO - LEI DA VIDAPALESTRA - LEI DO TRABALHO - LEI DA VIDA
PALESTRA - LEI DO TRABALHO - LEI DA VIDA
 
Segundo Módulo - Aula 03 - Lei do trabalho
Segundo Módulo - Aula 03 - Lei do trabalhoSegundo Módulo - Aula 03 - Lei do trabalho
Segundo Módulo - Aula 03 - Lei do trabalho
 
GestãO Empresarial Aula 01
GestãO Empresarial   Aula 01GestãO Empresarial   Aula 01
GestãO Empresarial Aula 01
 
Palestra Instituto Espírita de Educação - Preguiça Frente à Lei do Trabalho
Palestra Instituto Espírita de Educação - Preguiça Frente à Lei do TrabalhoPalestra Instituto Espírita de Educação - Preguiça Frente à Lei do Trabalho
Palestra Instituto Espírita de Educação - Preguiça Frente à Lei do Trabalho
 
Palestra sobre o alcoolismo
Palestra sobre o alcoolismoPalestra sobre o alcoolismo
Palestra sobre o alcoolismo
 
Trabalhador Espírita, vamos Trabalhar?
Trabalhador Espírita, vamos Trabalhar?Trabalhador Espírita, vamos Trabalhar?
Trabalhador Espírita, vamos Trabalhar?
 
evolução e reencarnação
evolução e reencarnaçãoevolução e reencarnação
evolução e reencarnação
 
Aula de gestão empresarial 11 01-2014
Aula de gestão empresarial 11 01-2014Aula de gestão empresarial 11 01-2014
Aula de gestão empresarial 11 01-2014
 
A Evolução dos Computadores
A Evolução dos ComputadoresA Evolução dos Computadores
A Evolução dos Computadores
 

Semelhante a PALESTRA - TRABALHO E EVOLUÇÃO

Eae 87 A Lei do Trabalho / A Lei da Justiça
Eae 87 A Lei do Trabalho / A Lei da Justiça Eae 87 A Lei do Trabalho / A Lei da Justiça
Eae 87 A Lei do Trabalho / A Lei da Justiça
PatiSousa1
 
A BençãO Do Trabalho
A BençãO Do TrabalhoA BençãO Do Trabalho
A BençãO Do Trabalho
Grupo Espírita Cristão
 
Altruismo Ferramenta de Progresso do Ser
Altruismo Ferramenta de Progresso do SerAltruismo Ferramenta de Progresso do Ser
Altruismo Ferramenta de Progresso do Ser
Alexandre Rudalov
 
Capítulo III - Lei do Trabalho.docx
Capítulo III - Lei do Trabalho.docxCapítulo III - Lei do Trabalho.docx
Capítulo III - Lei do Trabalho.docx
Marta Gomes
 
4a Lei- A Lei do Menor Esforço
4a Lei- A Lei do Menor Esforço4a Lei- A Lei do Menor Esforço
4a Lei- A Lei do Menor Esforço
Eduardo Cesar
 
Desapego
DesapegoDesapego
Desapego
Helio Cruz
 
Planejamento, execucao e avaliacao no ensino a busca de um desejo luckesi
Planejamento, execucao e avaliacao no ensino a busca de um desejo   luckesiPlanejamento, execucao e avaliacao no ensino a busca de um desejo   luckesi
Planejamento, execucao e avaliacao no ensino a busca de um desejo luckesi
barbara martins
 
ESDE - Tomo Único - Módulo I - Roteiro VII.pptx
ESDE - Tomo Único - Módulo I - Roteiro VII.pptxESDE - Tomo Único - Módulo I - Roteiro VII.pptx
ESDE - Tomo Único - Módulo I - Roteiro VII.pptx
Deborah Oliver
 
Estudo junho reforma íntima www forumespirita net
Estudo junho  reforma íntima www forumespirita netEstudo junho  reforma íntima www forumespirita net
Estudo junho reforma íntima www forumespirita net
Fórum Espírita
 
1a A Lei da Potencialidade Pura
1a A Lei da Potencialidade Pura1a A Lei da Potencialidade Pura
1a A Lei da Potencialidade Pura
Eduardo Cesar
 
Boletim o pae novembro 2019
Boletim o pae   novembro 2019 Boletim o pae   novembro 2019
Boletim o pae novembro 2019
O PAE PAE
 
Aula 104 regras para educação e aperfeiçoamento dos seres ii - escola de ap...
Aula 104   regras para educação e aperfeiçoamento dos seres ii - escola de ap...Aula 104   regras para educação e aperfeiçoamento dos seres ii - escola de ap...
Aula 104 regras para educação e aperfeiçoamento dos seres ii - escola de ap...
Denise Tofoli
 
Como vencer desafios no novo ano
Como vencer desafios no novo anoComo vencer desafios no novo ano
Como vencer desafios no novo ano
carloskazunari
 
Como vencer desafios no novo ano
Como vencer desafios no novo anoComo vencer desafios no novo ano
Como vencer desafios no novo ano
carloskazunari
 
Como vencer desafios no novo ano
Como vencer desafios no novo anoComo vencer desafios no novo ano
Como vencer desafios no novo ano
carloskazunari
 
As Sete Leis Espirituais do Sucesso Deepak Chopra.pdf
As Sete Leis Espirituais do Sucesso Deepak Chopra.pdfAs Sete Leis Espirituais do Sucesso Deepak Chopra.pdf
As Sete Leis Espirituais do Sucesso Deepak Chopra.pdf
CrysCastro3
 
As bases do transformar se
As bases do transformar seAs bases do transformar se
As bases do transformar se
paikachambi
 
Estudo do livro Roteiro lição 32
Estudo do livro Roteiro lição 32Estudo do livro Roteiro lição 32
Estudo do livro Roteiro lição 32
Candice Gunther
 
Cansaço e Desânimo
Cansaço e DesânimoCansaço e Desânimo
Cansaço e Desânimo
Instituto Espírita de Educação
 
2a Lei- A Lei da Dádiva
2a Lei- A Lei da Dádiva2a Lei- A Lei da Dádiva
2a Lei- A Lei da Dádiva
Eduardo Cesar
 

Semelhante a PALESTRA - TRABALHO E EVOLUÇÃO (20)

Eae 87 A Lei do Trabalho / A Lei da Justiça
Eae 87 A Lei do Trabalho / A Lei da Justiça Eae 87 A Lei do Trabalho / A Lei da Justiça
Eae 87 A Lei do Trabalho / A Lei da Justiça
 
A BençãO Do Trabalho
A BençãO Do TrabalhoA BençãO Do Trabalho
A BençãO Do Trabalho
 
Altruismo Ferramenta de Progresso do Ser
Altruismo Ferramenta de Progresso do SerAltruismo Ferramenta de Progresso do Ser
Altruismo Ferramenta de Progresso do Ser
 
Capítulo III - Lei do Trabalho.docx
Capítulo III - Lei do Trabalho.docxCapítulo III - Lei do Trabalho.docx
Capítulo III - Lei do Trabalho.docx
 
4a Lei- A Lei do Menor Esforço
4a Lei- A Lei do Menor Esforço4a Lei- A Lei do Menor Esforço
4a Lei- A Lei do Menor Esforço
 
Desapego
DesapegoDesapego
Desapego
 
Planejamento, execucao e avaliacao no ensino a busca de um desejo luckesi
Planejamento, execucao e avaliacao no ensino a busca de um desejo   luckesiPlanejamento, execucao e avaliacao no ensino a busca de um desejo   luckesi
Planejamento, execucao e avaliacao no ensino a busca de um desejo luckesi
 
ESDE - Tomo Único - Módulo I - Roteiro VII.pptx
ESDE - Tomo Único - Módulo I - Roteiro VII.pptxESDE - Tomo Único - Módulo I - Roteiro VII.pptx
ESDE - Tomo Único - Módulo I - Roteiro VII.pptx
 
Estudo junho reforma íntima www forumespirita net
Estudo junho  reforma íntima www forumespirita netEstudo junho  reforma íntima www forumespirita net
Estudo junho reforma íntima www forumespirita net
 
1a A Lei da Potencialidade Pura
1a A Lei da Potencialidade Pura1a A Lei da Potencialidade Pura
1a A Lei da Potencialidade Pura
 
Boletim o pae novembro 2019
Boletim o pae   novembro 2019 Boletim o pae   novembro 2019
Boletim o pae novembro 2019
 
Aula 104 regras para educação e aperfeiçoamento dos seres ii - escola de ap...
Aula 104   regras para educação e aperfeiçoamento dos seres ii - escola de ap...Aula 104   regras para educação e aperfeiçoamento dos seres ii - escola de ap...
Aula 104 regras para educação e aperfeiçoamento dos seres ii - escola de ap...
 
Como vencer desafios no novo ano
Como vencer desafios no novo anoComo vencer desafios no novo ano
Como vencer desafios no novo ano
 
Como vencer desafios no novo ano
Como vencer desafios no novo anoComo vencer desafios no novo ano
Como vencer desafios no novo ano
 
Como vencer desafios no novo ano
Como vencer desafios no novo anoComo vencer desafios no novo ano
Como vencer desafios no novo ano
 
As Sete Leis Espirituais do Sucesso Deepak Chopra.pdf
As Sete Leis Espirituais do Sucesso Deepak Chopra.pdfAs Sete Leis Espirituais do Sucesso Deepak Chopra.pdf
As Sete Leis Espirituais do Sucesso Deepak Chopra.pdf
 
As bases do transformar se
As bases do transformar seAs bases do transformar se
As bases do transformar se
 
Estudo do livro Roteiro lição 32
Estudo do livro Roteiro lição 32Estudo do livro Roteiro lição 32
Estudo do livro Roteiro lição 32
 
Cansaço e Desânimo
Cansaço e DesânimoCansaço e Desânimo
Cansaço e Desânimo
 
2a Lei- A Lei da Dádiva
2a Lei- A Lei da Dádiva2a Lei- A Lei da Dádiva
2a Lei- A Lei da Dádiva
 

Último

1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
Marta Gomes
 
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyugcontrole-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
AntonioMugiba
 
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
AndreyCamarini
 
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
AlailzaSoares1
 
8 - A Palavra de Honra do Cristão.Versículo-Chave: Tiago 5.12
8 - A Palavra de Honra do Cristão.Versículo-Chave: Tiago 5.128 - A Palavra de Honra do Cristão.Versículo-Chave: Tiago 5.12
8 - A Palavra de Honra do Cristão.Versículo-Chave: Tiago 5.12
PIB Penha
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - RevidesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Ricardo Azevedo
 
3 - Plena Paz.ppt Harpa cristã assembleia
3 - Plena Paz.ppt Harpa cristã assembleia3 - Plena Paz.ppt Harpa cristã assembleia
3 - Plena Paz.ppt Harpa cristã assembleia
OBrasilParaCristoRad
 
A VIVÊNCIA DO SACRAMENTO DO MATRIMÔNIO slides.ppt
A VIVÊNCIA DO SACRAMENTO DO MATRIMÔNIO slides.pptA VIVÊNCIA DO SACRAMENTO DO MATRIMÔNIO slides.ppt
A VIVÊNCIA DO SACRAMENTO DO MATRIMÔNIO slides.ppt
FranciscoAudisio2
 
Especialidade Arqueologia Bíblica.pptx
Especialidade  Arqueologia  Bíblica.pptxEspecialidade  Arqueologia  Bíblica.pptx
Especialidade Arqueologia Bíblica.pptx
AlexandreJr7
 
7 - Cristo Cura, Sim!.ppt HINO DDA HARPA
7 - Cristo Cura, Sim!.ppt HINO DDA HARPA7 - Cristo Cura, Sim!.ppt HINO DDA HARPA
7 - Cristo Cura, Sim!.ppt HINO DDA HARPA
OBrasilParaCristoRad
 
7 - O Casamento Cristão. Mateus 19.6 Assim, eles já não são dois, mas sim uma...
7 - O Casamento Cristão. Mateus 19.6 Assim, eles já não são dois, mas sim uma...7 - O Casamento Cristão. Mateus 19.6 Assim, eles já não são dois, mas sim uma...
7 - O Casamento Cristão. Mateus 19.6 Assim, eles já não são dois, mas sim uma...
PIB Penha
 
O MÉTODO DE CRISTO - A DINÂMICA DO TESTEMUNHO.pptx
O MÉTODO DE CRISTO - A DINÂMICA DO TESTEMUNHO.pptxO MÉTODO DE CRISTO - A DINÂMICA DO TESTEMUNHO.pptx
O MÉTODO DE CRISTO - A DINÂMICA DO TESTEMUNHO.pptx
valneirocha
 
Angelologia - Estudo sobre a Doutrina dos Anjos.ppt
Angelologia - Estudo sobre a Doutrina dos Anjos.pptAngelologia - Estudo sobre a Doutrina dos Anjos.ppt
Angelologia - Estudo sobre a Doutrina dos Anjos.ppt
mfixa3824
 
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
Nilson Almeida
 
2 - O Caráter do Cristão 1."Bem-aventurado aquele cujas transgressões são pe...
2 - O Caráter do Cristão 1."Bem-aventurado aquele cujas transgressões são  pe...2 - O Caráter do Cristão 1."Bem-aventurado aquele cujas transgressões são  pe...
2 - O Caráter do Cristão 1."Bem-aventurado aquele cujas transgressões são pe...
PIB Penha
 
Lição 11 - Avivamento e a Missão da Igreja.pptx
Lição 11 -  Avivamento e a Missão da Igreja.pptxLição 11 -  Avivamento e a Missão da Igreja.pptx
Lição 11 - Avivamento e a Missão da Igreja.pptx
LaerciodeSouzaSilva1
 
1 - Jesus - O Mestre por Excelência. Mt 1,2 "Ao ver as multidões, Jesus subiu...
1 - Jesus - O Mestre por Excelência. Mt 1,2 "Ao ver as multidões, Jesus subiu...1 - Jesus - O Mestre por Excelência. Mt 1,2 "Ao ver as multidões, Jesus subiu...
1 - Jesus - O Mestre por Excelência. Mt 1,2 "Ao ver as multidões, Jesus subiu...
PIB Penha
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Celso Napoleon
 
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptxApresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
AlexandreCarvalho858758
 
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújoquem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
Rogério Augusto Ayres de Araujo
 

Último (20)

1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
 
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyugcontrole-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
 
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
 
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
 
8 - A Palavra de Honra do Cristão.Versículo-Chave: Tiago 5.12
8 - A Palavra de Honra do Cristão.Versículo-Chave: Tiago 5.128 - A Palavra de Honra do Cristão.Versículo-Chave: Tiago 5.12
8 - A Palavra de Honra do Cristão.Versículo-Chave: Tiago 5.12
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - RevidesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
 
3 - Plena Paz.ppt Harpa cristã assembleia
3 - Plena Paz.ppt Harpa cristã assembleia3 - Plena Paz.ppt Harpa cristã assembleia
3 - Plena Paz.ppt Harpa cristã assembleia
 
A VIVÊNCIA DO SACRAMENTO DO MATRIMÔNIO slides.ppt
A VIVÊNCIA DO SACRAMENTO DO MATRIMÔNIO slides.pptA VIVÊNCIA DO SACRAMENTO DO MATRIMÔNIO slides.ppt
A VIVÊNCIA DO SACRAMENTO DO MATRIMÔNIO slides.ppt
 
Especialidade Arqueologia Bíblica.pptx
Especialidade  Arqueologia  Bíblica.pptxEspecialidade  Arqueologia  Bíblica.pptx
Especialidade Arqueologia Bíblica.pptx
 
7 - Cristo Cura, Sim!.ppt HINO DDA HARPA
7 - Cristo Cura, Sim!.ppt HINO DDA HARPA7 - Cristo Cura, Sim!.ppt HINO DDA HARPA
7 - Cristo Cura, Sim!.ppt HINO DDA HARPA
 
7 - O Casamento Cristão. Mateus 19.6 Assim, eles já não são dois, mas sim uma...
7 - O Casamento Cristão. Mateus 19.6 Assim, eles já não são dois, mas sim uma...7 - O Casamento Cristão. Mateus 19.6 Assim, eles já não são dois, mas sim uma...
7 - O Casamento Cristão. Mateus 19.6 Assim, eles já não são dois, mas sim uma...
 
O MÉTODO DE CRISTO - A DINÂMICA DO TESTEMUNHO.pptx
O MÉTODO DE CRISTO - A DINÂMICA DO TESTEMUNHO.pptxO MÉTODO DE CRISTO - A DINÂMICA DO TESTEMUNHO.pptx
O MÉTODO DE CRISTO - A DINÂMICA DO TESTEMUNHO.pptx
 
Angelologia - Estudo sobre a Doutrina dos Anjos.ppt
Angelologia - Estudo sobre a Doutrina dos Anjos.pptAngelologia - Estudo sobre a Doutrina dos Anjos.ppt
Angelologia - Estudo sobre a Doutrina dos Anjos.ppt
 
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
 
2 - O Caráter do Cristão 1."Bem-aventurado aquele cujas transgressões são pe...
2 - O Caráter do Cristão 1."Bem-aventurado aquele cujas transgressões são  pe...2 - O Caráter do Cristão 1."Bem-aventurado aquele cujas transgressões são  pe...
2 - O Caráter do Cristão 1."Bem-aventurado aquele cujas transgressões são pe...
 
Lição 11 - Avivamento e a Missão da Igreja.pptx
Lição 11 -  Avivamento e a Missão da Igreja.pptxLição 11 -  Avivamento e a Missão da Igreja.pptx
Lição 11 - Avivamento e a Missão da Igreja.pptx
 
1 - Jesus - O Mestre por Excelência. Mt 1,2 "Ao ver as multidões, Jesus subiu...
1 - Jesus - O Mestre por Excelência. Mt 1,2 "Ao ver as multidões, Jesus subiu...1 - Jesus - O Mestre por Excelência. Mt 1,2 "Ao ver as multidões, Jesus subiu...
1 - Jesus - O Mestre por Excelência. Mt 1,2 "Ao ver as multidões, Jesus subiu...
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptxApresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
 
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújoquem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
 

PALESTRA - TRABALHO E EVOLUÇÃO

  • 2. O TRABALHO é uma lei da natureza da qual ninguém pode se esquivar, sem se prejudicar, pois é por meio dele que o homem EVOLUI e desenvolve a sua inteligência e aperfeiçoa suas faculdades físicas e espirituais. TUDO O QUE FAZEMOS É PARTE DE NOSSO DESENVOLVIMENTO, EM QUALQUER PLANO...
  • 3. A origem da palavra TRABALHO está no vocábulo latino “TRIPALIU”. O tripaliu era um instrumento de tortura que era utilizado naqueles que não podiam pagar os impostos - ESCRAVOS TEMOS QUE MODIFICAR A CONCEPÇÃO DE QUE TRABALHO SIGNINFICA SOFRIMENTO
  • 4. 674. A necessidade do trabalho é uma lei da Natureza? — O trabalho é uma lei da por isso mesmo é uma civilização obriga o homem a mais, porque aumenta as suas necessidades e os seus 675. Só devemos entender por trabalho as ocupações materiais? — Não; o Espírito também trabalha, como o corpo. Toda ocupação útil é trabalho. O TRABALHO FAZ COM QUE A EVOLUÇÃO ACONTEÇA, AINDA QUE NÃO SEJA PERCEBIDA
  • 5. 683. Qual o limite do trabalho? – O limite das forças; Deus deixa o homem livre. 682. O repouso, sendo uma necessidade após o trabalho, não é também uma lei natural? – Sem dúvida. O repouso repara as forças do corpo e é também necessário para dar um pouco mais de liberdade à inteligência, para que esta se eleve acima da matéria. TODO EXCESSO É PREJUDICIAL À EVOLUÇÃO E, SOMENTE O EQUILÍBRIO NOS MANTÉM NO CAMINHO
  • 6. Há ricos e pobres, porque sendo Deus justo, como é, a cada um prescreve trabalhar a seu turno. A pobreza é, para os que a sofrem, a prova da paciência e da resignação; a riqueza é, para os outros, a prova da caridade e da abnegação. TODO TRABALHO DEVE SER BEM VISTO E RECONHECIDO, PORQUE TODOS LEVAM À EVOLUÇÃO
  • 7. SE NÓS NÃO TRABALHASSEMOS DESDE OS PRIMÓRDIOS, A HUMANIDADE NÃO EXISTIRIA Reage com vigor e determinação às tentativas de alojamento da PREGUIÇA nos tecidos sutis de teu equipamento psíquico, e assume nova postura diante da vida, que te oferece diariamente inúmeras oportunidades de trabalho para sua evolução.
  • 8. SE FAZEMOS O QUE GOSTAMOS, SOMOS FELIZES E ESTA FELICIDADE SE REFLETE À NOSSA VOLTA Desenvolver a noção e a consciência de que somos Espíritos imortais, porém imperfeitos e sempre em evolução, vai facilitar o nosso entendimento de que temos o nosso lugar dentro do universo e que devemos trabalhar no que nos dá prazer.
  • 9. AS DIFICULDADES SÃO OPORTUNIDADES DE PROGRESSO E DEVEMOS APROVEITÁ-LAS SEMPRE Durante as sucessivas encarnações, o Espírito adquire experiências importantes para o seu auto-conhecimento e para o seu desenvolvimento. O trabalho que ele executa nesta nesta diversidade de experiências é o meio eficaz para o aprendizado do sentido da vida e para sua evolução.
  • 10. O TRABALHO DESENVOLVE O INTELECTO, AMPLIA A CONSCIÊNCIA E TRAÇA O NOSSO CAMINHO • A depuração do Espírito só é alcançada pelo trabalho. • A evolução se processa através do trabalho. • O trabalho é uma necessidade, um meio de desenvolver a inteligência do ser humano e uma forma dele participar da obra de Deus.
  • 11. A EVOLUÇÃO É INCESSANTE E AO LADO DELA O TRABALHO. ESTAREMOS SEMPRE TRABALHANDO Nos mundos mais evoluídos, o trabalho é relativo à natureza das necessidades; quanto menos necessidades materiais, menos material é o trabalho. Não há ociosidade no Universo, nem existe evolução na inatividade
  • 12. SOMOS UMA CÉLULA ATIVA NO CENTRO ESPÍRITA E DEVEMOS ESTAR SEMPRE VIGILANTES E SAUDÁVEIS “Através do trabalho o qual não decorre troca nem permuta de remuneraçao, o espírito se modifica, evoluindo no sentido moral e espiritual.Através da auto- doação, consegue se superar e revela-se instrumento da Misericórdia Divina na construção da felicidade para todos” “Somente o nosso trabalho coletivo pode engrandecer ou destruir o organismo social e somente o organismo social pode nos tornar individualmente grandes ou miseráveis”
  • 13. O TRABALHO ESTÁ PRESENTE EM TODAS AS OBRAS DE ANDRÉ LUIZ POIS NÃO HÁ EVOLUÇÃO SEM O MESMO Cap 27 – O TRABALHO ENFIM – Nas Câmaras de Retificação André Luiz inicia o trabalho de auxiliar na limpeza de vômitos de substâncias negras e fétidas. Cap I4– A CASA TRANSITÓRIA O trabalho feito na casa transitória, que pode se deslocar até as regiões umbralinas, é de auxílio e caridade. Cap 32 – NOTÍCIAS DE VENERANDA A Ministra Veneranda, que possui o maior número de bônus-hora: um milhão de horas de trabalho útil (em 200 anos de atividade ali) Cap 17 – ROGATIVA SINGULAR ... a Divina Bondade me concedeu ingresso em colônia de trabalho santificador, a fim de prosseguir em meus serviços de elevação... “O trabalho somente aparece quando o trabalhador está pronto”
  • 14. O TRABALHO TE LEVA AO AUTOCONHECIMENTO E À CAPACIDADE DE SE REGENERAR EM TUDO EMMANUEL - A luta e o trabalho são tão imprescindíveis ao aperfeiçoamento do espírito, como o pão material é indispensável à manutenção do corpo físico. BEZERRA DE MENEZES - Ensina-nos a trabalhar mais, e a produzir mais, a fim de conquistarmos recursos maiores. Tanto quanto nos seja possível receber, concede-nos mais trabalho para sermos mais úteis. JOANNA DE ANGELIS – “O trabalho é, ao lado da oração, o mais eficiente antídoto contra o mal, porquanto conquista valores incalculáveis com que o Espírito corrige as imperfeições e disciplina a vontade”.
  • 15. ... E ENTÃO, QUANDO CHEGARMOS AO NOSSO OBJETIVO, COMEÇAREMOS UMA NOVA BUSCA... Lembremos sempre que Deus a todos ampara, mas a caminhada, os passos, a busca é por nossa conta. É preciso trabalho árduo e incessante para alcançar a evolução desejada É preciso saber o que se busca e por qual porta desejamos entrar. Nossa vontade e nosso trabalho é que nos conduzirá onde queremos chegar. CONSCIENTIZE-SE
  • 16. UMA BOA SEMANA A TODOS A busca da Evolução é eterna... PORQUE O ESPÍRITO É IMORTAL! e o Trabalho é infinito...

Notas do Editor

  1. Todos que aqui estão se dispuseram a trabalhar hoje e doar um pouco de si mesmos, do seu tempo, e de sua energia, de seu ectoplasma, de seus fluidos, para auxiliar e aprender nesta noite. Todos os dias estamos trabalhando…tudo trabalha, tudo está em constante movimento, o planeta, as pessoas, as mentes, as dimensoes, o mundo spiritual..tudo. Nós não paramos, nao podemos parar, porque do nosso trabalho depende nossa evolucao. Nós trabalhamos no plano spiritual, e trabalhamos quando reencarnamos no plano material. (o espermatozoiode leva 72 horas para fecundar o ovulo e sofre varias transformacoes no decorrer deste pouco tempo). O trabalho que dá para o espírito reencarnar.. O trabalho que dá para o espírito desencarnar… e tudo está interligado…
  2. A CRUZ - Um homem julgava sua Cruz muito pesada. Fazia a jornada da vida, entre os demais, carregando de má vontade os próprios problemas.    Pensou muito em como amenizar o fardo e um dia... Eureca!- descobriu que podia serrar um pedaço  da sua Cruz. Isso o satisfez por certo tempo, até que, de novo, decidiu:    -Por que não facilitar a vida? Sou livre para fazer o que bem entendo com minha Cruz!    E, ligando a intenção ao ato, serrou mais um pedaço. Os anos se passaram e muitos pedaços foram cortados. Por fim, o homem levava uma minúscula Cruz. Chegando ao termo da viagem, para todos, à margem de uma vala. Do outro lado, apareceu um anjo, que deu boas vindas a todos e instruiu:    -Deponham suas cruzes sobre a vala. É a medida exata para servir de ponte para cá. Mas cada um só pode atravessar pela própria cruz.    O homem olhou a largura da vala, comparou com sua Cruz e olhou para o anjo. Mas este lhe disse:   -É uma pena, mas você deve voltar e juntar todos os pedaços serrados, emendá-los e trazer a cruz inteira a seu termo. Nós nao podemos nos enganar e achar que podemos dar aquele jeitinho e nos esquivarmos do trabalho. Tudo o que fazemos é parte de nosso desenvolvimento, seja ele em que plano for. ‘Todo o movimento de nossa(s) vida(s) deve ser visto como um todo, como espíritos imortais que somos. O TRABALHO TEM QUE SER VISTO COMO ALIMENTO PARA O ESPÍRITO E NÃO TORTURA OU SOFRIMENTO.
  3. A origem da palavra trabalho que vem do vocábulo latino "TRIPALIU" – que era um instrument de tortura… Temos que mudar esta concepção e visão que já está tão enraizada em nós que inconscientemente, nossa tendencia é fugir do trabalho…. Muitas vezes achamos que nossa cruz é pesada demais.. É porque não estamos ainda no caminho certo, olhando as coisas da forma correta e entendendo a mensagem.... Se nós pensamos que é muito difícil e trabalhoso cuidar de nossa esposa e filhos e família.. Então não estamos ainda conscientes do que devemos fazer... E estamos serrando nossa cruz pelo caminho... Quando estivermos com vontade de trabalhar e cuidar da nossa família, e agregar a isso os nossos familiares, amigos, as pessoas do nosso centro, da nossa vizinhanca, nosso bairro, cidade, e etc...alcançando até mesmo o plano espiritual... Então sim, estamos seguindo o caminho correto... Este é o caminho do trabalho, o entendimento do sentido desta Lei... Tudo afeta tudo. Como espíritos nao temos hora para trabalhar… trabalhamos o tempo todo, mesmo quando o corpo descansa. Ou pelo menos deveríamos. O TRABALHO TEM QUE SER VISTO COMO ALIMENTO PARA O ESPÍRITO E NÃO TORTURA OU SOFRIMENTO.
  4.   O Trabalho força o homem a se desenvolver para se satisfazer. É uma força motriz que faz com que a evolução aconteça ainda que não seja percebida. Existem outras perguntas e respostas no Livro dos Espiritos sobre o trabalho e, todas elas vão nos levar à conclusão de que é através do trabalho que somos levados à nos aperfeiçoarmos. Como a Espiritualidade é economica – o trabalho é ao mesmo tempo uma expiação e um meio de desenvolvimento da inteligencia, da mente “ Sem o trabalho o homem permaneceria na infância intelectual; (677. Por que a Natureza provê, por si mesma, a todas as necessidades  dos animais?       — Tudo trabalha na Natureza. Os animais trabalham, como tu, mas o seu trabalho, como a sua inteligência, é limitado aos cuidados da conservação. Eis porque, entre eles, o trabalho não conduz ao progresso, enquanto entre os homens tem um duplo objetivo: a conservação do corpo e o desenvolvimento do pensamento, que é também uma necessidade e que o eleva acima de si mesmo. Quando digo que o trabalho dos animais é limitado aos cuidados de sua conservação, refiro-me ao fim a que eles se propõem, trabalhando. Mas, enquanto, sem o saberem, eles se entregam inteiramente a prover as suas necessidades materiais, são os agentes que colaboram nos desígnios do Criador. Seu trabalho não concorre menos para o objetivo final da Natureza, embora, muitas vezes, não possais ver o seu resultado imediato.)    
  5. O repouso nos vai permitir a nao trabalhar em excesso. Todo excesso é prejudicial, seja ele no trabalho ou no repouso. Devemos saber que precisamos equilibrar tudo a nossa volta, incluindo a nós mesmos. Nao trabalhar demais e nao trabalhar de menos, pois o ócio é tao prejudicial quando o trabalho em excesso. Quando o Livro dos espíritos diz que o limite é o das forças, é que sabem eles que como encarnados, conforme vamos envelhecendo, o corpo vai se desgastando e perdendo a habilidade e mobilidade… a mente continua mas o corpo padece. Entao precisamos que outros continuem o trabalho por nós, e por isso há a renovaçao e os familiares a cuidar dos mais velhos.
  6. Segundo Rodolfo Calligari, o trabalho honesto proporciona três realizações que todas as pessoas buscam: – O trabalho fortalece o sentimento de dignidade pessoal; – O trabalho torna a pessoa respeitada na comunidade em que vive; – O trabalho, quando bem realizado, contribui para a sensação de segurança Todo trabalho deve ser bem visto e reconhecido. Não importa o trabalho, mas sim a vontade e como o trabalho é feito, aliado à mente do trabalhador e sua visão moral do mundo. Do menor trabalho ao mais importante, todos eles congregam para o progresso e desenvolvimento, do todo e do próprio ser. Trabalhar não é sofrer, mas progredir, desenvolver-se, conquistar a felicidade.
  7. Por isso, devemos prestart atençao ao menor sinal de preguiça do corpo ou da mente… é um sinal de que estamos prestes a estagnar na nossa evolução e consequentemente nos tornarmos um problema para a evolução `a nossa volta. Se ela nos abater, vamos olhar em volta e procurer saber o porque disso estar acontecendo e procurer o nosso lugar no mundo, o nosso caminho. Mas sabermos que alguma coisa nos está esperando para ser feita e que deve ser feita. Enquanto nao estivermos fazendo nada, nao estamos evoluindo…. Como dissemos anteriormente, o ócio é uma chaga no caminho do progresso e da evolução. Se o ser humano não trabalhasse desde os primórdios, nao teria saído da selvageria… estaríamos todos ainda deitados nas cavernas e talvez magrinhos..rsrsrsrs, pois nem caçar muito teríamos vontade de fazer o esforço… a humanidade seria aniquilada… a preguiça é um vício…
  8. E SE NÃO ESTAMOS SATISFEITOS COM O QUE FAZEMOS? O que acontece com muitos de nós.... Não podemos ficar somente no pensamento. Devemos agir. Para cada coisa existe um trabalhador. Apenas precisamos descobrir o nosso lugar, voltando a dizer o que já dissemos. AQUI ENTRA O PRAZER NO TRABALHO, FAZER O QUE GOSTA, BUSCAR O QUE FAZ BEM A NÓS. Tudo o que voce faz tem que ser bom e prazeiroso, para que reflita nos outros a mesma felicidade e prazer. Para que o progresso material, mental e espiritual se faça com tranquilidade e sem sofrimento E esta noção de sempre buscar fazer e trabalhar no que te faz bem é o que devemos passar para os nossos filhos e assim contribuir para um mundo cada vez mais povoado de espíritos felizes. Isso serve tanto para o plano físico quanto para o plano espiritual. Até mesmo no trabalho espiritual devemos sempre buscar o que nos fortalece e nos dá prazer
  9. As dificuldades são oportunidades de progresso. Basta voce enxergar desta forma e aproveitar a oportunidade. Estas oportunidades nos são dadas a todo momento em nossas encarnações. Precisamos aprender a trabalhar duro com tudo o que nos é dado para que nosso espírito se torne cada vez mais capaz de atuar de forma transformadora. Nós somos uma força transformadora . E somos capazes de nos transformar e evoluir a cada minuto.... Aprender e melhorar e ajudar o proximo a melhorar também... Com a consciencia de que estamos sempre evoluindo a cada encarnação. O corpo material se desgasta neste trabalho, mas o espírito sai mais forte, mais lúcido e mais capaz, a cada experiência vivida na carne.
  10. Nota-se de que os pontos chave da Lei do Trabalho, não se modificam e não são muitos dentro do desenvolvimento do espírito. É com o desenvolvimento da mente e da consciência do ser humano, é que ele vai perceber o valor dele mesmo dentro da obra de Deus, e também desenvolver os seus valores morais, buscando então auxiliar e participar ativamente das obras assistenciais, do trabalho espiritual e até mesmo saber como fazer este trabalho. Não basta somente ajudar, é preciso dar trabalho ao indivíduo e também orientar-lhe para que ele possa se conscientizar de que o trabalho é que vai fazê-lo evoluir. Nesta ação está o ponto de partida para a aquisição do fim — que é a perfeição. E quanto atingirmos esta perfeição.... Vamos então descobrir que não vamos descansar....que vamos trabalhar mais e mais...
  11. O Livro dos Espirittos na questao 678 fala que nos mundos mais aperfeiçoados, o homem é submetido à mesma necessidade de trabalho?     —A natureza do trabalho é relativa à natureza das necessidades; quanto menos necessidades materiais, menos material é o trabalho. Mas não julgueis, por isso, que o homem permanece inativo e inútil; a ociosidade seria um suplício, em vez de ser um benefício.    Vamos evoluindo e deixando para trás a parte mais grosseira e material das sensações e do trabalho, mas sempre trabalhando…
  12. Uma dadiva no nosso progresso e evolução. Um merecimento. Assim deve ser visto o trabalho no CE... O trabalho no Centro Espírita é como se voce participasse de um laboratório de oportunidades para o desenvolvimento. Todos os trabalhos dentro do CE são iguais e assim devem ser vistos, porque todos estão suprindo alguma necessidade. O trabalho deve ser valorizado por menor que seja e é sempre em prol do próximo e de si mesmo. Nós somos cada um, uma célula de um organismo vivo chamado Casa Espirita... e devemos nos cuidar para que quando cheguemos e ocupemos nosso lugar dentro deste organismo, possamos desenvolver o nosso trabalho da forma mais perfeita para que o organismo funcione também perfeitamente. Uma célula doente, vai atrapalhar o bom funcionamento do organismo e necessitará ser cuidada e tratada, para entao voltar a trabalhar. Quanto mais tivermos a consciencia de que precisamos nos vigiar todo o tempo para sermos células sãs, mais o trabalho do CE será desenvolvido e mais será eficiente... Não quer dizer que voce não possa também ser tratado.. Afinal de contas somos todos espíritos imperfeitos, mas como espíritas que somos, já devemos ter a noção básica de que somos parte de um todo muito maior e que somos responsáveis por este todo e devemos trabalhar por ele...
  13. Nas “Câmaras de Retificação” André Luiz fica impressionado com os quadros de sofrimento dali: “milionários das sensações físicas, transformados em mendigos da alma”. Espontaneamente, num ato de exemplar humildade, se transforma em auxiliar da limpeza de vômitos de substância negra e fétida - fluidos venenosos expelidos por Espíritos que se beneficiaram de passes. Em “Nosso Lar” existem os “Salões Verdes” por toda parte. São parques em árvores acolhedoras, locais de conferências ministeriais — foram criados sob inspiração superior da Ministra Veneranda. Sao quase 14 horas (do nosso tempo) de trabalhos diários, sem fim de semana ou feriado… durante 200 anos… Esta é uma trabalhadora de responsabilidade… Obreiros da Vida Eterna: A equipe de André Luiz parte em viagem e, a caminho, estaciona na "Casa Transitória de Fabiano", dirigida por Zenóbia, grande instituição piedosa, fundada por Fabiano de Cristo, nas cercanias da Crosta. Singularidade dessa instituição: é asilo móvel. Quando há necessidade, transporta-se para outras regiões espirituais. O desencarne de Fabio... A morte não faz milagres. Retomar a lembrança é também trabalho gradual, como qualquer outro que envolva atividades divinas da Natureza.
  14. Buddha viveu no século VI antes de cristo e era também conhecido com Siddharta Gautama. Ele já dizia que nós devemos procurer o nosso lugar, pois existe trabalho para todos, e que devemos nos entregar a ele e desenvolve-lo com toda a nossa capacidade, tendo a certeza de que estamos evoluindo e participando ativamente da evolução à nossa volta. Emmanuel diz que o trabalho é o alimento do espírito… Dr Bezerra de Menezes pede mais trabalho, pois tem a consciencia de que quanto mais se trabalha, mais se desenvolve, mais se evolui… mais nos tornamos úteis… D. Joanna de Angelis diz que o trabalho é que te leva ao autoconhecimento e à capacidade de se regenerar em tudo… mesmo através da educação do próprio livre-arbítrio.
  15. Devemos sempre nos esforçarmos para chegar onde queremos… quando chegarmos, entao começamos uma nova busca… O espírito está sempre em evolução e por isso sempre em busca. É através do trabalho que vamos descobrindo o nosso caminho nesta busca…