SlideShare uma empresa Scribd logo
REFLEXÕES DE ANO NOVO ROSANA DE ROSA [email_address] 2011-01-09
O ano se finda e tão logo o outro se inicia... E neste ciclo do "ir" e "vir" O tempo passa... e como passa! Os anos se esvaem...
Estou  atenta  ao que realmente é importante para mim?
.... O importante é a vivência cotidiana do Evangelho; uma caminhada pessoal ......  Chico Xavier Um gradual  crescimento  Intimo
 
 
 
Há muitas moradas na casa de meu Pai As escolhas que deram e as que não deram certo.  Todas me tornaram mais preparado para cada novo desafio que vivo. Podendo Nortear minha  Vivencia no Evangelho.  MINHAS EXPERIENCIAS Experiências
 
AUTO DETERMINACAO Buscai e Achareis / Pedi e Obtereis A “Vontade De” move-nos em direção ao desenvolvimento.  Enquanto não estamos auto-determinados estamos perdidos, desagregados, fora de casa, fora de foco,  confusos, buscando sempre algo que não sabemos o que é. Quanto nos auto determinamos tudo passa a ter sentido, qualquer lugar é  nosso lar,  agregamos com facilidade,  ficamos auto confiantes, o Universo  facilita nosso propósito. Auto Determinação
 
FÉ A Fé transporta montanhas A Fé é meu tesouro, é o fio da minha ligação com Deus. Com Fé eu sei que amanhã será melhor, que vou poder resolver qualquer desafio, confio no Universo como meu aliado.  E estou conectado as respostas dentro de mim. Fe
 
AMOR Amar ao próximo como a ti mesmo Usar o que já aprendi sobre o amor para me amor , amar o outro e ser amado.  Usando a ferramenta do AMOR mais facilmente entenderei o propósito de Deus em mim e me sentirei integrada a sua criação.  Vivenciando o Evangelho com discernimento e sabedoria. AMOR
 
TRABALHO Os trabalhadores da ultima hora Quando se gosta do que faz , o trabalho  possibilita seu desenvolvimento pessoal. Quando não gosta, torna-se um sacrifício.  Seu propósito vai alem da  manutenção das necessidades materiais.  O trabalho permite aprendizado  na convivência, em produzir, em delegar,  em confiar, em planejar, em realizar,  em dividir, em construir, em reconstruir.....
 
Família Universal Ninguém pode ver o reino de Deus se não nascer de novo. Laços de afeto criados no passado e no presente.  Relações construídos pelo amor.  Igualmente as sanguíneas como as por afinidade;  com encarnados ou desencarnados.  Nossa vivencia é pessoal, mas sua beleza será ainda maior dependendo dos que vão conosco!  Família Universal
Meu desejo para 2011 é ter: -Muitas coisas para resolver -Muitos projetos a implementar  -Muitos paradigmas para quebrar -Muitas regras e crenças para repensar -Muito conhecimento a inserir -Muita experiência a ganhar
CONCLUSÃO Não precisamos iniciar um ano novo para  zerar o marcador das atitudes. Todos os dias é uma nova oportunidade  de iniciar a  VIVENCIA do EVANGELHO.
THANK YOU ROSANA DE ROSA

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Ansiedade na visão espirita
Ansiedade na visão espirita Ansiedade na visão espirita
Ansiedade na visão espirita
Lisete B.
 
A QUEM MUITO FOI DADO, MUITO SERÁ.pptx
A QUEM MUITO FOI DADO, MUITO SERÁ.pptxA QUEM MUITO FOI DADO, MUITO SERÁ.pptx
A QUEM MUITO FOI DADO, MUITO SERÁ.pptx
BrunoSimoes23
 
Palestra Provas da Riqueza e Miséria.
Palestra Provas da Riqueza e Miséria.Palestra Provas da Riqueza e Miséria.
Palestra Provas da Riqueza e Miséria.
Alex Peccini CRC
 
O compromisso com a tarefa
O compromisso com a tarefaO compromisso com a tarefa
O compromisso com a tarefa
umecamaqua
 
Deixai vir a mim as criançinhas
Deixai vir a mim as criançinhasDeixai vir a mim as criançinhas
Deixai vir a mim as criançinhas
Luciane Belchior
 
Evangelho no Lar - Educação, Compreensão, Proteção e Paz
Evangelho no Lar - Educação, Compreensão, Proteção e PazEvangelho no Lar - Educação, Compreensão, Proteção e Paz
Evangelho no Lar - Educação, Compreensão, Proteção e Paz
Ricardo Azevedo
 
Os trabalhadores da ultima hora - Evangelho Segundo o Espiritismo
Os trabalhadores da ultima hora - Evangelho Segundo o EspiritismoOs trabalhadores da ultima hora - Evangelho Segundo o Espiritismo
Os trabalhadores da ultima hora - Evangelho Segundo o Espiritismo
carlos freire
 
Capítulo 4 ese ninguém pode ver o reino de deus
Capítulo 4 ese ninguém pode ver o reino de deusCapítulo 4 ese ninguém pode ver o reino de deus
Capítulo 4 ese ninguém pode ver o reino de deus
Eduardo Ottonelli Pithan
 
Casamento & Divórcio na Visão Espírita
Casamento & Divórcio na Visão EspíritaCasamento & Divórcio na Visão Espírita
Casamento & Divórcio na Visão Espírita
Ana Cláudia Leal Felgueiras
 
A lei de amor ppt
A lei de amor pptA lei de amor ppt
A lei de amor ppt
Silvânio Barcelos
 
Há muitas moradas na casa do pai
Há muitas moradas na casa do paiHá muitas moradas na casa do pai
Há muitas moradas na casa do pai
Gianete Rocha
 
Retorno à vida corporal 1,5h
Retorno à vida corporal 1,5hRetorno à vida corporal 1,5h
Retorno à vida corporal 1,5h
home
 
Vigiai e Orai
Vigiai e OraiVigiai e Orai
Reforma íntima sem martírio
Reforma íntima sem martírioReforma íntima sem martírio
Reforma íntima sem martírio
grupodepaisceb
 
Infortunios ocultos palestra
Infortunios ocultos palestraInfortunios ocultos palestra
Infortunios ocultos palestra
Débora Homobono
 
Ese cap 8 bem aventurados os que tem puro o coracao final (1)
Ese cap 8  bem aventurados os que tem puro o coracao final (1)Ese cap 8  bem aventurados os que tem puro o coracao final (1)
Ese cap 8 bem aventurados os que tem puro o coracao final (1)
Fernando Pinto
 
Ano novo, vida nova!
Ano novo, vida nova!Ano novo, vida nova!
Ano novo, vida nova!
Leonardo Pereira
 
Princípios Básicos do Espiritismo
Princípios Básicos do EspiritismoPrincípios Básicos do Espiritismo
Princípios Básicos do Espiritismo
paikachambi
 
Palestra ESE 21 Falsos cristos e profetas
Palestra ESE 21 Falsos cristos e profetasPalestra ESE 21 Falsos cristos e profetas
Palestra ESE 21 Falsos cristos e profetas
Tiburcio Santos
 
Laços familia
Laços familiaLaços familia
Laços familia
Marilice Passos
 

Mais procurados (20)

Ansiedade na visão espirita
Ansiedade na visão espirita Ansiedade na visão espirita
Ansiedade na visão espirita
 
A QUEM MUITO FOI DADO, MUITO SERÁ.pptx
A QUEM MUITO FOI DADO, MUITO SERÁ.pptxA QUEM MUITO FOI DADO, MUITO SERÁ.pptx
A QUEM MUITO FOI DADO, MUITO SERÁ.pptx
 
Palestra Provas da Riqueza e Miséria.
Palestra Provas da Riqueza e Miséria.Palestra Provas da Riqueza e Miséria.
Palestra Provas da Riqueza e Miséria.
 
O compromisso com a tarefa
O compromisso com a tarefaO compromisso com a tarefa
O compromisso com a tarefa
 
Deixai vir a mim as criançinhas
Deixai vir a mim as criançinhasDeixai vir a mim as criançinhas
Deixai vir a mim as criançinhas
 
Evangelho no Lar - Educação, Compreensão, Proteção e Paz
Evangelho no Lar - Educação, Compreensão, Proteção e PazEvangelho no Lar - Educação, Compreensão, Proteção e Paz
Evangelho no Lar - Educação, Compreensão, Proteção e Paz
 
Os trabalhadores da ultima hora - Evangelho Segundo o Espiritismo
Os trabalhadores da ultima hora - Evangelho Segundo o EspiritismoOs trabalhadores da ultima hora - Evangelho Segundo o Espiritismo
Os trabalhadores da ultima hora - Evangelho Segundo o Espiritismo
 
Capítulo 4 ese ninguém pode ver o reino de deus
Capítulo 4 ese ninguém pode ver o reino de deusCapítulo 4 ese ninguém pode ver o reino de deus
Capítulo 4 ese ninguém pode ver o reino de deus
 
Casamento & Divórcio na Visão Espírita
Casamento & Divórcio na Visão EspíritaCasamento & Divórcio na Visão Espírita
Casamento & Divórcio na Visão Espírita
 
A lei de amor ppt
A lei de amor pptA lei de amor ppt
A lei de amor ppt
 
Há muitas moradas na casa do pai
Há muitas moradas na casa do paiHá muitas moradas na casa do pai
Há muitas moradas na casa do pai
 
Retorno à vida corporal 1,5h
Retorno à vida corporal 1,5hRetorno à vida corporal 1,5h
Retorno à vida corporal 1,5h
 
Vigiai e Orai
Vigiai e OraiVigiai e Orai
Vigiai e Orai
 
Reforma íntima sem martírio
Reforma íntima sem martírioReforma íntima sem martírio
Reforma íntima sem martírio
 
Infortunios ocultos palestra
Infortunios ocultos palestraInfortunios ocultos palestra
Infortunios ocultos palestra
 
Ese cap 8 bem aventurados os que tem puro o coracao final (1)
Ese cap 8  bem aventurados os que tem puro o coracao final (1)Ese cap 8  bem aventurados os que tem puro o coracao final (1)
Ese cap 8 bem aventurados os que tem puro o coracao final (1)
 
Ano novo, vida nova!
Ano novo, vida nova!Ano novo, vida nova!
Ano novo, vida nova!
 
Princípios Básicos do Espiritismo
Princípios Básicos do EspiritismoPrincípios Básicos do Espiritismo
Princípios Básicos do Espiritismo
 
Palestra ESE 21 Falsos cristos e profetas
Palestra ESE 21 Falsos cristos e profetasPalestra ESE 21 Falsos cristos e profetas
Palestra ESE 21 Falsos cristos e profetas
 
Laços familia
Laços familiaLaços familia
Laços familia
 

Semelhante a 2011-1-7-Palestra-Reflexões de Ano Novo-Rosana De Rosa

Reflexes de ano novo-Rosana de Rosa.ppt
Reflexes de ano novo-Rosana de Rosa.pptReflexes de ano novo-Rosana de Rosa.ppt
Reflexes de ano novo-Rosana de Rosa.ppt
Telma Lima
 
O poder liberador do perdão
O poder liberador do perdãoO poder liberador do perdão
O poder liberador do perdão
Rosa Luzia Da Hora
 
PROJETO DE VIDA -28-03 .pptx
PROJETO  DE VIDA -28-03 .pptxPROJETO  DE VIDA -28-03 .pptx
PROJETO DE VIDA -28-03 .pptx
MariaGabrielaSoares5
 
Profissão: como decidir a minha?
Profissão: como decidir a minha?Profissão: como decidir a minha?
Profissão: como decidir a minha?
Renata Lapetina
 
Jornal Aliança nº 178 Agosto 2014
Jornal Aliança nº 178 Agosto 2014Jornal Aliança nº 178 Agosto 2014
Jornal Aliança nº 178 Agosto 2014
mcj2013
 
O noivado que Deus aprova para casais.ppt
O noivado que Deus aprova para casais.pptO noivado que Deus aprova para casais.ppt
O noivado que Deus aprova para casais.ppt
ValdineyRodriguesBez1
 
Movimento Inspiracao Visao
Movimento Inspiracao VisaoMovimento Inspiracao Visao
Movimento Inspiracao Visao
Eunice Santos
 
Projeto de vida 2014
Projeto de vida   2014Projeto de vida   2014
Projeto de vida 2014
Daniel de Carvalho Luz
 
Capitulo de amostra - EXERCICIOS PNL
Capitulo de amostra - EXERCICIOS PNLCapitulo de amostra - EXERCICIOS PNL
Capitulo de amostra - EXERCICIOS PNL
marcelosilveirazero1
 
Exercícios de programação neuro-linguistica
Exercícios de programação neuro-linguisticaExercícios de programação neuro-linguistica
Exercícios de programação neuro-linguistica
marcelosilveirazero1
 
11 passos
11 passos11 passos
11 passos
bia_alice
 
Missão e Propósito-OK.pdf
Missão e Propósito-OK.pdfMissão e Propósito-OK.pdf
Missão e Propósito-OK.pdf
JonasSouza647837
 
Reflexão - Amizade
Reflexão -   AmizadeReflexão -   Amizade
Reflexão - Amizade
Abelhinha Preciosa
 
Eu escolhi esperar
Eu escolhi esperarEu escolhi esperar
Eu escolhi esperar
ministerioinfantilafupm
 
Livro Porque existimos II.pdf
Livro Porque existimos II.pdfLivro Porque existimos II.pdf
Livro Porque existimos II.pdf
RafaelHorie
 
Treinamento e liderança de gestores de empressa
Treinamento e liderança de gestores de empressaTreinamento e liderança de gestores de empressa
Treinamento e liderança de gestores de empressa
damasioleticia541
 
Auto estima-110714070056-phpapp01
Auto estima-110714070056-phpapp01Auto estima-110714070056-phpapp01
Auto estima-110714070056-phpapp01
Alice Lirio
 
7 passos para o autoconhecimento
7 passos para o autoconhecimento7 passos para o autoconhecimento
7 passos para o autoconhecimento
Celia Niza
 
7 hábitos das pessoas altamente eficazes EMERSON EDUARDO RODRIGUES.pdf
7 hábitos das pessoas altamente eficazes EMERSON EDUARDO RODRIGUES.pdf7 hábitos das pessoas altamente eficazes EMERSON EDUARDO RODRIGUES.pdf
7 hábitos das pessoas altamente eficazes EMERSON EDUARDO RODRIGUES.pdf
EMERSON EDUARDO RODRIGUES
 
Viver em paz
Viver em pazViver em paz
Viver em paz
Mensagens Virtuais
 

Semelhante a 2011-1-7-Palestra-Reflexões de Ano Novo-Rosana De Rosa (20)

Reflexes de ano novo-Rosana de Rosa.ppt
Reflexes de ano novo-Rosana de Rosa.pptReflexes de ano novo-Rosana de Rosa.ppt
Reflexes de ano novo-Rosana de Rosa.ppt
 
O poder liberador do perdão
O poder liberador do perdãoO poder liberador do perdão
O poder liberador do perdão
 
PROJETO DE VIDA -28-03 .pptx
PROJETO  DE VIDA -28-03 .pptxPROJETO  DE VIDA -28-03 .pptx
PROJETO DE VIDA -28-03 .pptx
 
Profissão: como decidir a minha?
Profissão: como decidir a minha?Profissão: como decidir a minha?
Profissão: como decidir a minha?
 
Jornal Aliança nº 178 Agosto 2014
Jornal Aliança nº 178 Agosto 2014Jornal Aliança nº 178 Agosto 2014
Jornal Aliança nº 178 Agosto 2014
 
O noivado que Deus aprova para casais.ppt
O noivado que Deus aprova para casais.pptO noivado que Deus aprova para casais.ppt
O noivado que Deus aprova para casais.ppt
 
Movimento Inspiracao Visao
Movimento Inspiracao VisaoMovimento Inspiracao Visao
Movimento Inspiracao Visao
 
Projeto de vida 2014
Projeto de vida   2014Projeto de vida   2014
Projeto de vida 2014
 
Capitulo de amostra - EXERCICIOS PNL
Capitulo de amostra - EXERCICIOS PNLCapitulo de amostra - EXERCICIOS PNL
Capitulo de amostra - EXERCICIOS PNL
 
Exercícios de programação neuro-linguistica
Exercícios de programação neuro-linguisticaExercícios de programação neuro-linguistica
Exercícios de programação neuro-linguistica
 
11 passos
11 passos11 passos
11 passos
 
Missão e Propósito-OK.pdf
Missão e Propósito-OK.pdfMissão e Propósito-OK.pdf
Missão e Propósito-OK.pdf
 
Reflexão - Amizade
Reflexão -   AmizadeReflexão -   Amizade
Reflexão - Amizade
 
Eu escolhi esperar
Eu escolhi esperarEu escolhi esperar
Eu escolhi esperar
 
Livro Porque existimos II.pdf
Livro Porque existimos II.pdfLivro Porque existimos II.pdf
Livro Porque existimos II.pdf
 
Treinamento e liderança de gestores de empressa
Treinamento e liderança de gestores de empressaTreinamento e liderança de gestores de empressa
Treinamento e liderança de gestores de empressa
 
Auto estima-110714070056-phpapp01
Auto estima-110714070056-phpapp01Auto estima-110714070056-phpapp01
Auto estima-110714070056-phpapp01
 
7 passos para o autoconhecimento
7 passos para o autoconhecimento7 passos para o autoconhecimento
7 passos para o autoconhecimento
 
7 hábitos das pessoas altamente eficazes EMERSON EDUARDO RODRIGUES.pdf
7 hábitos das pessoas altamente eficazes EMERSON EDUARDO RODRIGUES.pdf7 hábitos das pessoas altamente eficazes EMERSON EDUARDO RODRIGUES.pdf
7 hábitos das pessoas altamente eficazes EMERSON EDUARDO RODRIGUES.pdf
 
Viver em paz
Viver em pazViver em paz
Viver em paz
 

Mais de Rosana De Rosa

Palestra - Pense Green - Rosana De Rosa
Palestra - Pense Green - Rosana De RosaPalestra - Pense Green - Rosana De Rosa
Palestra - Pense Green - Rosana De Rosa
Rosana De Rosa
 
Aula - Reencarnação como Processo Educativo - Rosana De Rosa
Aula - Reencarnação como Processo Educativo - Rosana De Rosa Aula - Reencarnação como Processo Educativo - Rosana De Rosa
Aula - Reencarnação como Processo Educativo - Rosana De Rosa
Rosana De Rosa
 
Palestra Evangelho - Não se pode servir a Deus e a Mamon - Rosana De Rosa
Palestra Evangelho - Não se pode servir a Deus e a Mamon - Rosana De Rosa Palestra Evangelho - Não se pode servir a Deus e a Mamon - Rosana De Rosa
Palestra Evangelho - Não se pode servir a Deus e a Mamon - Rosana De Rosa
Rosana De Rosa
 
Aula - Perispírito e suas propriedades - Rosana De Rosa
Aula - Perispírito e suas propriedades - Rosana De RosaAula - Perispírito e suas propriedades - Rosana De Rosa
Aula - Perispírito e suas propriedades - Rosana De Rosa
Rosana De Rosa
 
Aula - A Gênese - Rosana De Rosa
Aula - A Gênese - Rosana De Rosa Aula - A Gênese - Rosana De Rosa
Aula - A Gênese - Rosana De Rosa
Rosana De Rosa
 
Aula - Fluido Cósmico Universal - Rosana De Rosa
Aula - Fluido Cósmico Universal - Rosana De RosaAula - Fluido Cósmico Universal - Rosana De Rosa
Aula - Fluido Cósmico Universal - Rosana De Rosa
Rosana De Rosa
 
Aula - Os Três Reinos - Rosana De Rosa
Aula - Os Três Reinos - Rosana De RosaAula - Os Três Reinos - Rosana De Rosa
Aula - Os Três Reinos - Rosana De Rosa
Rosana De Rosa
 
Palestra - Hábito - Rosana De Rosa
Palestra - Hábito - Rosana De RosaPalestra - Hábito - Rosana De Rosa
Palestra - Hábito - Rosana De Rosa
Rosana De Rosa
 
Rosana De Rosa Bem Aventurados os Pobres de Espirito
Rosana De Rosa  Bem Aventurados os Pobres de Espirito Rosana De Rosa  Bem Aventurados os Pobres de Espirito
Rosana De Rosa Bem Aventurados os Pobres de Espirito
Rosana De Rosa
 
Aula - Reencarnação e Lei de Causa e Efeito - Rosana De Rosa
Aula - Reencarnação e Lei de Causa e Efeito - Rosana De Rosa Aula - Reencarnação e Lei de Causa e Efeito - Rosana De Rosa
Aula - Reencarnação e Lei de Causa e Efeito - Rosana De Rosa
Rosana De Rosa
 
Aula Perispirito e Enfermidade -Rosana De Rosa
Aula Perispirito e Enfermidade -Rosana De RosaAula Perispirito e Enfermidade -Rosana De Rosa
Aula Perispirito e Enfermidade -Rosana De Rosa
Rosana De Rosa
 
Magnetismo-fluidos e Perispírito - Rosana De Rosa
Magnetismo-fluidos e Perispírito - Rosana De RosaMagnetismo-fluidos e Perispírito - Rosana De Rosa
Magnetismo-fluidos e Perispírito - Rosana De Rosa
Rosana De Rosa
 
Palestra - O Despertar da Consciência Espiritual - Rosana De Rosa-Palestra
Palestra - O Despertar da Consciência Espiritual  - Rosana De Rosa-PalestraPalestra - O Despertar da Consciência Espiritual  - Rosana De Rosa-Palestra
Palestra - O Despertar da Consciência Espiritual - Rosana De Rosa-Palestra
Rosana De Rosa
 
Rosana De Rosa - Palestra Amai os Vossos Inimigos parte 2-Rosana De Rosa
Rosana De Rosa - Palestra Amai os Vossos Inimigos parte 2-Rosana De RosaRosana De Rosa - Palestra Amai os Vossos Inimigos parte 2-Rosana De Rosa
Rosana De Rosa - Palestra Amai os Vossos Inimigos parte 2-Rosana De Rosa
Rosana De Rosa
 
Relacionamentos, Encontros e Desencontros - Rosana De Rosa
Relacionamentos, Encontros e Desencontros - Rosana De RosaRelacionamentos, Encontros e Desencontros - Rosana De Rosa
Relacionamentos, Encontros e Desencontros - Rosana De Rosa
Rosana De Rosa
 
Dor vs Sofrimento - Rosana De Rosa
Dor vs Sofrimento - Rosana De RosaDor vs Sofrimento - Rosana De Rosa
Dor vs Sofrimento - Rosana De Rosa
Rosana De Rosa
 
Reclamar Resolve?- Rosana De Rosa
Reclamar Resolve?- Rosana De RosaReclamar Resolve?- Rosana De Rosa
Reclamar Resolve?- Rosana De Rosa
Rosana De Rosa
 
Rosana De Rosa -Palestra -Visão Espírita da Paternidade
Rosana De Rosa -Palestra -Visão Espírita da PaternidadeRosana De Rosa -Palestra -Visão Espírita da Paternidade
Rosana De Rosa -Palestra -Visão Espírita da Paternidade
Rosana De Rosa
 
Rosana De Rosa -Palestra-Quando Escolhemos o Acolhimento
Rosana De Rosa -Palestra-Quando Escolhemos o AcolhimentoRosana De Rosa -Palestra-Quando Escolhemos o Acolhimento
Rosana De Rosa -Palestra-Quando Escolhemos o Acolhimento
Rosana De Rosa
 
2015 02-26-Palestra-O Cristo Consolador Rosana De Rosa - KSSF
2015 02-26-Palestra-O Cristo Consolador Rosana De Rosa - KSSF2015 02-26-Palestra-O Cristo Consolador Rosana De Rosa - KSSF
2015 02-26-Palestra-O Cristo Consolador Rosana De Rosa - KSSF
Rosana De Rosa
 

Mais de Rosana De Rosa (20)

Palestra - Pense Green - Rosana De Rosa
Palestra - Pense Green - Rosana De RosaPalestra - Pense Green - Rosana De Rosa
Palestra - Pense Green - Rosana De Rosa
 
Aula - Reencarnação como Processo Educativo - Rosana De Rosa
Aula - Reencarnação como Processo Educativo - Rosana De Rosa Aula - Reencarnação como Processo Educativo - Rosana De Rosa
Aula - Reencarnação como Processo Educativo - Rosana De Rosa
 
Palestra Evangelho - Não se pode servir a Deus e a Mamon - Rosana De Rosa
Palestra Evangelho - Não se pode servir a Deus e a Mamon - Rosana De Rosa Palestra Evangelho - Não se pode servir a Deus e a Mamon - Rosana De Rosa
Palestra Evangelho - Não se pode servir a Deus e a Mamon - Rosana De Rosa
 
Aula - Perispírito e suas propriedades - Rosana De Rosa
Aula - Perispírito e suas propriedades - Rosana De RosaAula - Perispírito e suas propriedades - Rosana De Rosa
Aula - Perispírito e suas propriedades - Rosana De Rosa
 
Aula - A Gênese - Rosana De Rosa
Aula - A Gênese - Rosana De Rosa Aula - A Gênese - Rosana De Rosa
Aula - A Gênese - Rosana De Rosa
 
Aula - Fluido Cósmico Universal - Rosana De Rosa
Aula - Fluido Cósmico Universal - Rosana De RosaAula - Fluido Cósmico Universal - Rosana De Rosa
Aula - Fluido Cósmico Universal - Rosana De Rosa
 
Aula - Os Três Reinos - Rosana De Rosa
Aula - Os Três Reinos - Rosana De RosaAula - Os Três Reinos - Rosana De Rosa
Aula - Os Três Reinos - Rosana De Rosa
 
Palestra - Hábito - Rosana De Rosa
Palestra - Hábito - Rosana De RosaPalestra - Hábito - Rosana De Rosa
Palestra - Hábito - Rosana De Rosa
 
Rosana De Rosa Bem Aventurados os Pobres de Espirito
Rosana De Rosa  Bem Aventurados os Pobres de Espirito Rosana De Rosa  Bem Aventurados os Pobres de Espirito
Rosana De Rosa Bem Aventurados os Pobres de Espirito
 
Aula - Reencarnação e Lei de Causa e Efeito - Rosana De Rosa
Aula - Reencarnação e Lei de Causa e Efeito - Rosana De Rosa Aula - Reencarnação e Lei de Causa e Efeito - Rosana De Rosa
Aula - Reencarnação e Lei de Causa e Efeito - Rosana De Rosa
 
Aula Perispirito e Enfermidade -Rosana De Rosa
Aula Perispirito e Enfermidade -Rosana De RosaAula Perispirito e Enfermidade -Rosana De Rosa
Aula Perispirito e Enfermidade -Rosana De Rosa
 
Magnetismo-fluidos e Perispírito - Rosana De Rosa
Magnetismo-fluidos e Perispírito - Rosana De RosaMagnetismo-fluidos e Perispírito - Rosana De Rosa
Magnetismo-fluidos e Perispírito - Rosana De Rosa
 
Palestra - O Despertar da Consciência Espiritual - Rosana De Rosa-Palestra
Palestra - O Despertar da Consciência Espiritual  - Rosana De Rosa-PalestraPalestra - O Despertar da Consciência Espiritual  - Rosana De Rosa-Palestra
Palestra - O Despertar da Consciência Espiritual - Rosana De Rosa-Palestra
 
Rosana De Rosa - Palestra Amai os Vossos Inimigos parte 2-Rosana De Rosa
Rosana De Rosa - Palestra Amai os Vossos Inimigos parte 2-Rosana De RosaRosana De Rosa - Palestra Amai os Vossos Inimigos parte 2-Rosana De Rosa
Rosana De Rosa - Palestra Amai os Vossos Inimigos parte 2-Rosana De Rosa
 
Relacionamentos, Encontros e Desencontros - Rosana De Rosa
Relacionamentos, Encontros e Desencontros - Rosana De RosaRelacionamentos, Encontros e Desencontros - Rosana De Rosa
Relacionamentos, Encontros e Desencontros - Rosana De Rosa
 
Dor vs Sofrimento - Rosana De Rosa
Dor vs Sofrimento - Rosana De RosaDor vs Sofrimento - Rosana De Rosa
Dor vs Sofrimento - Rosana De Rosa
 
Reclamar Resolve?- Rosana De Rosa
Reclamar Resolve?- Rosana De RosaReclamar Resolve?- Rosana De Rosa
Reclamar Resolve?- Rosana De Rosa
 
Rosana De Rosa -Palestra -Visão Espírita da Paternidade
Rosana De Rosa -Palestra -Visão Espírita da PaternidadeRosana De Rosa -Palestra -Visão Espírita da Paternidade
Rosana De Rosa -Palestra -Visão Espírita da Paternidade
 
Rosana De Rosa -Palestra-Quando Escolhemos o Acolhimento
Rosana De Rosa -Palestra-Quando Escolhemos o AcolhimentoRosana De Rosa -Palestra-Quando Escolhemos o Acolhimento
Rosana De Rosa -Palestra-Quando Escolhemos o Acolhimento
 
2015 02-26-Palestra-O Cristo Consolador Rosana De Rosa - KSSF
2015 02-26-Palestra-O Cristo Consolador Rosana De Rosa - KSSF2015 02-26-Palestra-O Cristo Consolador Rosana De Rosa - KSSF
2015 02-26-Palestra-O Cristo Consolador Rosana De Rosa - KSSF
 

Último

Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - RevidesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Ricardo Azevedo
 
2 - O Caráter do Cristão 1."Bem-aventurado aquele cujas transgressões são pe...
2 - O Caráter do Cristão 1."Bem-aventurado aquele cujas transgressões são  pe...2 - O Caráter do Cristão 1."Bem-aventurado aquele cujas transgressões são  pe...
2 - O Caráter do Cristão 1."Bem-aventurado aquele cujas transgressões são pe...
PIB Penha
 
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
AndreyCamarini
 
8 - A Palavra de Honra do Cristão.Versículo-Chave: Tiago 5.12
8 - A Palavra de Honra do Cristão.Versículo-Chave: Tiago 5.128 - A Palavra de Honra do Cristão.Versículo-Chave: Tiago 5.12
8 - A Palavra de Honra do Cristão.Versículo-Chave: Tiago 5.12
PIB Penha
 
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
AlailzaSoares1
 
Marie Louise Von Franz - Alquimia.pdf001
Marie Louise Von Franz - Alquimia.pdf001Marie Louise Von Franz - Alquimia.pdf001
Marie Louise Von Franz - Alquimia.pdf001
EdimarEdigesso
 
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptxLição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Celso Napoleon
 
3 - O Caráter do Cristão 2. Lição 3: O CARÁTER DO CRISTÃO (2)
3 - O Caráter do Cristão 2. Lição 3: O CARÁTER DO CRISTÃO (2)3 - O Caráter do Cristão 2. Lição 3: O CARÁTER DO CRISTÃO (2)
3 - O Caráter do Cristão 2. Lição 3: O CARÁTER DO CRISTÃO (2)
PIB Penha
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Celso Napoleon
 
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
Nilson Almeida
 
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptxApresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
AlexandreCarvalho858758
 
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújoquem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
Rogério Augusto Ayres de Araujo
 
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita RafaelA Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
DavidBertelli3
 
5 - A justiça do cristão. Mateus 5.20 Pois eu digo que, se a justiça de vocês...
5 - A justiça do cristão. Mateus 5.20 Pois eu digo que, se a justiça de vocês...5 - A justiça do cristão. Mateus 5.20 Pois eu digo que, se a justiça de vocês...
5 - A justiça do cristão. Mateus 5.20 Pois eu digo que, se a justiça de vocês...
PIB Penha
 
O MÉTODO DE CRISTO - A DINÂMICA DO TESTEMUNHO.pptx
O MÉTODO DE CRISTO - A DINÂMICA DO TESTEMUNHO.pptxO MÉTODO DE CRISTO - A DINÂMICA DO TESTEMUNHO.pptx
O MÉTODO DE CRISTO - A DINÂMICA DO TESTEMUNHO.pptx
valneirocha
 
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyugcontrole-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
AntonioMugiba
 
4 - A Influência do Cristão. Mateus 5.16 Da mesma forma, brilhe a luz de você...
4 - A Influência do Cristão. Mateus 5.16 Da mesma forma, brilhe a luz de você...4 - A Influência do Cristão. Mateus 5.16 Da mesma forma, brilhe a luz de você...
4 - A Influência do Cristão. Mateus 5.16 Da mesma forma, brilhe a luz de você...
PIB Penha
 
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
Marta Gomes
 
Encontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
Encontro ECC - Sacramento Penitência.pptEncontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
Encontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
SanturioTacararu
 
6 - O ato de Reconciliação do cristão Versículo-Chave: Mateus 5.22.
6 - O ato de Reconciliação do cristão Versículo-Chave: Mateus 5.22.6 - O ato de Reconciliação do cristão Versículo-Chave: Mateus 5.22.
6 - O ato de Reconciliação do cristão Versículo-Chave: Mateus 5.22.
PIB Penha
 

Último (20)

Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - RevidesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
 
2 - O Caráter do Cristão 1."Bem-aventurado aquele cujas transgressões são pe...
2 - O Caráter do Cristão 1."Bem-aventurado aquele cujas transgressões são  pe...2 - O Caráter do Cristão 1."Bem-aventurado aquele cujas transgressões são  pe...
2 - O Caráter do Cristão 1."Bem-aventurado aquele cujas transgressões são pe...
 
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
 
8 - A Palavra de Honra do Cristão.Versículo-Chave: Tiago 5.12
8 - A Palavra de Honra do Cristão.Versículo-Chave: Tiago 5.128 - A Palavra de Honra do Cristão.Versículo-Chave: Tiago 5.12
8 - A Palavra de Honra do Cristão.Versículo-Chave: Tiago 5.12
 
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
 
Marie Louise Von Franz - Alquimia.pdf001
Marie Louise Von Franz - Alquimia.pdf001Marie Louise Von Franz - Alquimia.pdf001
Marie Louise Von Franz - Alquimia.pdf001
 
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptxLição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
 
3 - O Caráter do Cristão 2. Lição 3: O CARÁTER DO CRISTÃO (2)
3 - O Caráter do Cristão 2. Lição 3: O CARÁTER DO CRISTÃO (2)3 - O Caráter do Cristão 2. Lição 3: O CARÁTER DO CRISTÃO (2)
3 - O Caráter do Cristão 2. Lição 3: O CARÁTER DO CRISTÃO (2)
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
 
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptxApresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
 
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújoquem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
 
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita RafaelA Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
 
5 - A justiça do cristão. Mateus 5.20 Pois eu digo que, se a justiça de vocês...
5 - A justiça do cristão. Mateus 5.20 Pois eu digo que, se a justiça de vocês...5 - A justiça do cristão. Mateus 5.20 Pois eu digo que, se a justiça de vocês...
5 - A justiça do cristão. Mateus 5.20 Pois eu digo que, se a justiça de vocês...
 
O MÉTODO DE CRISTO - A DINÂMICA DO TESTEMUNHO.pptx
O MÉTODO DE CRISTO - A DINÂMICA DO TESTEMUNHO.pptxO MÉTODO DE CRISTO - A DINÂMICA DO TESTEMUNHO.pptx
O MÉTODO DE CRISTO - A DINÂMICA DO TESTEMUNHO.pptx
 
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyugcontrole-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
 
4 - A Influência do Cristão. Mateus 5.16 Da mesma forma, brilhe a luz de você...
4 - A Influência do Cristão. Mateus 5.16 Da mesma forma, brilhe a luz de você...4 - A Influência do Cristão. Mateus 5.16 Da mesma forma, brilhe a luz de você...
4 - A Influência do Cristão. Mateus 5.16 Da mesma forma, brilhe a luz de você...
 
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
 
Encontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
Encontro ECC - Sacramento Penitência.pptEncontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
Encontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
 
6 - O ato de Reconciliação do cristão Versículo-Chave: Mateus 5.22.
6 - O ato de Reconciliação do cristão Versículo-Chave: Mateus 5.22.6 - O ato de Reconciliação do cristão Versículo-Chave: Mateus 5.22.
6 - O ato de Reconciliação do cristão Versículo-Chave: Mateus 5.22.
 

2011-1-7-Palestra-Reflexões de Ano Novo-Rosana De Rosa

  • 1. REFLEXÕES DE ANO NOVO ROSANA DE ROSA [email_address] 2011-01-09
  • 2. O ano se finda e tão logo o outro se inicia... E neste ciclo do "ir" e "vir" O tempo passa... e como passa! Os anos se esvaem...
  • 3. Estou atenta ao que realmente é importante para mim?
  • 4. .... O importante é a vivência cotidiana do Evangelho; uma caminhada pessoal ...... Chico Xavier Um gradual crescimento Intimo
  • 5.  
  • 6.  
  • 7.  
  • 8. Há muitas moradas na casa de meu Pai As escolhas que deram e as que não deram certo. Todas me tornaram mais preparado para cada novo desafio que vivo. Podendo Nortear minha Vivencia no Evangelho. MINHAS EXPERIENCIAS Experiências
  • 9.  
  • 10. AUTO DETERMINACAO Buscai e Achareis / Pedi e Obtereis A “Vontade De” move-nos em direção ao desenvolvimento. Enquanto não estamos auto-determinados estamos perdidos, desagregados, fora de casa, fora de foco, confusos, buscando sempre algo que não sabemos o que é. Quanto nos auto determinamos tudo passa a ter sentido, qualquer lugar é nosso lar, agregamos com facilidade, ficamos auto confiantes, o Universo facilita nosso propósito. Auto Determinação
  • 11.  
  • 12. FÉ A Fé transporta montanhas A Fé é meu tesouro, é o fio da minha ligação com Deus. Com Fé eu sei que amanhã será melhor, que vou poder resolver qualquer desafio, confio no Universo como meu aliado. E estou conectado as respostas dentro de mim. Fe
  • 13.  
  • 14. AMOR Amar ao próximo como a ti mesmo Usar o que já aprendi sobre o amor para me amor , amar o outro e ser amado. Usando a ferramenta do AMOR mais facilmente entenderei o propósito de Deus em mim e me sentirei integrada a sua criação. Vivenciando o Evangelho com discernimento e sabedoria. AMOR
  • 15.  
  • 16. TRABALHO Os trabalhadores da ultima hora Quando se gosta do que faz , o trabalho possibilita seu desenvolvimento pessoal. Quando não gosta, torna-se um sacrifício. Seu propósito vai alem da manutenção das necessidades materiais. O trabalho permite aprendizado na convivência, em produzir, em delegar, em confiar, em planejar, em realizar, em dividir, em construir, em reconstruir.....
  • 17.  
  • 18. Família Universal Ninguém pode ver o reino de Deus se não nascer de novo. Laços de afeto criados no passado e no presente. Relações construídos pelo amor. Igualmente as sanguíneas como as por afinidade; com encarnados ou desencarnados. Nossa vivencia é pessoal, mas sua beleza será ainda maior dependendo dos que vão conosco! Família Universal
  • 19. Meu desejo para 2011 é ter: -Muitas coisas para resolver -Muitos projetos a implementar -Muitos paradigmas para quebrar -Muitas regras e crenças para repensar -Muito conhecimento a inserir -Muita experiência a ganhar
  • 20. CONCLUSÃO Não precisamos iniciar um ano novo para zerar o marcador das atitudes. Todos os dias é uma nova oportunidade de iniciar a VIVENCIA do EVANGELHO.
  • 21. THANK YOU ROSANA DE ROSA

Notas do Editor

  1. Recebi muitas mensagens neste fim de ano. Sempre produtivas para refletirmos. Esta é uma delas Me lembrei de uma mensagem de uma amiga que disse que Dezembro era o mês mais comprido. Que ela queria que chegasse logo o ano novo, com esperança de ano melhor. Refleti sobre isso Eu estou atenta quanto a este ciclo de ir e vir? Estou esperando que o ano novo venha a prover minhas necessidades? Estou atenta o que realmente é importante para mim?....
  2. Esta reflexão gerou uma interrogação deste tamanho que estão vendo ai na tela. Depositamos expectativas de mudanças FORA DE NOS , ALGO OU ALGUEM OU UM MILAGRE vai trazer mais saúde, felicidade, amor.... – A QUESTAO É - O QUE REALMENTE É IMPORTANTE? Isso me fez lembrar de uma frase do Chico Xavier ..
  3. Para que tudo que desejamos possa acontecer precisamos vivenciar os exemplos do Evangelho todos os dias. Isso vai efetivamente trazer as mudanças que eu desejo. -amor, felicidade, saúde física e mental...... A vivencia é pessoal, é intransferível, e gradual. Qual o próximo passo.....
  4. - ESTOU AUTO DETERMINADA A VIVENCIAR O EVANGELHO E SAIR da ilusão de que o ano que vem vai trazer o que preciso ...? O Espiritismo trás vários recursos para esta vivencia -a realidade da reencarnação -do Mundo Espiritual -da vida eterna -da importância do progresso espiritual Ajudando a ampliar nossa consciência quanto aos ensinamentos de Jesus.
  5. QUAIS FERRAMENTAS QUE DISPONHO?..... Se a caminhada é PESSOAL cada um vai dispor das suas ferramentas Jesus foi o modelo, mas a nossa vivencia é pessoal. Cada um a seu tempo e formato.
  6. Outra ferramenta...
  7. Usando do AMOR como direcao Com ternura consigo mesmo Num formato flexível e versátil com você e os outros. Percebendo que cada criatura tem uma maneira ÚNICA de ser FELIZ.
  8. O trabalho
  9. Então aprenda a amar o que faz, veja o que seu trabalho proporciono ao seu crescimento. Se não gosta do que faz, planeje para uma mudança com segurança e enquanto isso vejo o que de melhor a função ou as pessoas tem para te oferecer. Refiro-me tanto ao trabalho remunerado como o voluntario.
  10. os lacos de familia fortalecidos pela reencarnacao