SlideShare uma empresa Scribd logo
[object Object],[object Object]
Início do Espiritismo: o contexto histórico do século XIX na Europa 1 - Apresentação dos roteiros de estudo (Apostilas da FEB) 2 – Objetivo do estudo de hoje e sua importância para a compreensão do “formato” do Espiritismo. Referências: - Estudo Sistematizado da Doutrina Espírita – Programa Fundamental – Tomo I. - A caminho da Luz. Chico Xavier, ditado pelo espírito Emmanuel. - Pedagogia Espírita: um Projeto Brasileiro e suas Raízes Histórico-Filosóficas. Dora Incontri. ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Início do Espiritismo: o contexto histórico do século XIX na Europa Com o olhar para frente e a mente para o alto, nunca pare. O caminhar nos traz felicidade.  (Thahecyil Tavares) Fé  inabalável é somente aquela que pode encarar a  razão  face a face, em todas as épocas da Humanidade. (Allan Kardec) ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Início do Espiritismo: o contexto histórico do século XIX na Europa 1 – Todos os homens se relacionam com Deus da mesma maneira? 2 – Quais os principais fatores destas diferenças? ,[object Object],[object Object],[object Object]
Recapitulação ,[object Object],Discussão em Grupo ,[object Object]
Início do Espiritismo: o contexto histórico do século XIX na Europa Exemplos: ,[object Object],[object Object],[object Object]
Recapitulação ,[object Object],Discussão em Grupo ,[object Object]
Início do Espiritismo: o contexto histórico do século XIX na Europa Exemplos: ,[object Object],[object Object],[object Object]
Recapitulação ,[object Object],Discussão em Grupo ,[object Object]
Início do Espiritismo: o contexto histórico do século XIX na Europa Exemplos: ,[object Object],[object Object],[object Object]
Recapitulação ,[object Object],Discussão em Grupo ,[object Object]
Início do Espiritismo: o contexto histórico do século XIX na Europa E como será nossa relação com Deus no século XXI... e depois dele? ,[object Object],[object Object],[object Object]
Recapitulação ,[object Object],Discussão em Grupo ,[object Object]
Início do Espiritismo: o contexto histórico do século XIX na Europa Será o Espiritismo uma boa opção para a religião do futuro? Por quê? Para esta resposta -> comparar o homem do século XIX e seu contexto histório com o homem contemporâneo e nossa realidade ,[object Object],[object Object],[object Object]
Recapitulação ,[object Object],Discussão em Grupo ,[object Object]
Início do Espiritismo: o contexto histórico do século XIX na Europa O século XIX e as influências do séc. XVIII: ,[object Object],[object Object],[object Object]
Recapitulação ,[object Object],Discussão em Grupo ,[object Object]

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Fund1Mod01Rot1-[2012]guto
Fund1Mod01Rot1-[2012]gutoFund1Mod01Rot1-[2012]guto
Fund1Mod01Rot1-[2012]guto
Guto Ovsky
 
Introdução ao Espiritismo - música
Introdução ao Espiritismo - músicaIntrodução ao Espiritismo - música
Introdução ao Espiritismo - música
Denise Aguiar
 
Da rev cient ao iluminismo
Da rev cient ao iluminismoDa rev cient ao iluminismo
Da rev cient ao iluminismo
Carla Teixeira
 
Ficha de trabalho nº 1
Ficha de trabalho nº 1Ficha de trabalho nº 1
Ficha de trabalho nº 1
Carla Teixeira
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
Carlos Zaranza
 
Construção da modernidade europeia
Construção da modernidade europeiaConstrução da modernidade europeia
Construção da modernidade europeia
Inês Miranda
 
Módulo I - Aula I - Mansão Espírita
Módulo I - Aula I - Mansão EspíritaMódulo I - Aula I - Mansão Espírita
Módulo I - Aula I - Mansão Espírita
brunoquadros
 
Curso federação espírita fundamental i modulo i - roteiro 1 - [2008]euzebio
Curso federação espírita fundamental i   modulo i - roteiro 1 - [2008]euzebioCurso federação espírita fundamental i   modulo i - roteiro 1 - [2008]euzebio
Curso federação espírita fundamental i modulo i - roteiro 1 - [2008]euzebio
Rezadeiras
 
Contexto Histórico do século XIX - escritores
Contexto Histórico do século XIX - escritoresContexto Histórico do século XIX - escritores
Contexto Histórico do século XIX - escritores
Denise Aguiar
 
O Iluminismo
O IluminismoO Iluminismo
O Iluminismo
Susana Simões
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
Jornal O Diário
 
Os Tempos Modernos (Renascimento e Reforma)
Os Tempos Modernos (Renascimento e Reforma)Os Tempos Modernos (Renascimento e Reforma)
Os Tempos Modernos (Renascimento e Reforma)
Bruno Marques
 
A construção da modernidade europeia
A construção da modernidade europeiaA construção da modernidade europeia
A construção da modernidade europeia
Susana Simões
 
Iluminismo
Iluminismo Iluminismo
Iluminismo
Babilopestaliuli
 
4 04 construção da modernidade europeia
4 04 construção da modernidade europeia4 04 construção da modernidade europeia
4 04 construção da modernidade europeia
Vítor Santos
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
Nelson Faustino
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Filosofia (iluminismo e revolução francesa)
Filosofia (iluminismo e revolução francesa)Filosofia (iluminismo e revolução francesa)
Filosofia (iluminismo e revolução francesa)
deividyalves
 
33 - O iluminismo
33  - O iluminismo33  - O iluminismo
33 - O iluminismo
Carla Freitas
 

Mais procurados (20)

Fund1Mod01Rot1-[2012]guto
Fund1Mod01Rot1-[2012]gutoFund1Mod01Rot1-[2012]guto
Fund1Mod01Rot1-[2012]guto
 
Introdução ao Espiritismo - música
Introdução ao Espiritismo - músicaIntrodução ao Espiritismo - música
Introdução ao Espiritismo - música
 
Da rev cient ao iluminismo
Da rev cient ao iluminismoDa rev cient ao iluminismo
Da rev cient ao iluminismo
 
Ficha de trabalho nº 1
Ficha de trabalho nº 1Ficha de trabalho nº 1
Ficha de trabalho nº 1
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
 
Construção da modernidade europeia
Construção da modernidade europeiaConstrução da modernidade europeia
Construção da modernidade europeia
 
Módulo I - Aula I - Mansão Espírita
Módulo I - Aula I - Mansão EspíritaMódulo I - Aula I - Mansão Espírita
Módulo I - Aula I - Mansão Espírita
 
Curso federação espírita fundamental i modulo i - roteiro 1 - [2008]euzebio
Curso federação espírita fundamental i   modulo i - roteiro 1 - [2008]euzebioCurso federação espírita fundamental i   modulo i - roteiro 1 - [2008]euzebio
Curso federação espírita fundamental i modulo i - roteiro 1 - [2008]euzebio
 
Contexto Histórico do século XIX - escritores
Contexto Histórico do século XIX - escritoresContexto Histórico do século XIX - escritores
Contexto Histórico do século XIX - escritores
 
O Iluminismo
O IluminismoO Iluminismo
O Iluminismo
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
 
Os Tempos Modernos (Renascimento e Reforma)
Os Tempos Modernos (Renascimento e Reforma)Os Tempos Modernos (Renascimento e Reforma)
Os Tempos Modernos (Renascimento e Reforma)
 
A construção da modernidade europeia
A construção da modernidade europeiaA construção da modernidade europeia
A construção da modernidade europeia
 
Iluminismo
Iluminismo Iluminismo
Iluminismo
 
4 04 construção da modernidade europeia
4 04 construção da modernidade europeia4 04 construção da modernidade europeia
4 04 construção da modernidade europeia
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
 
Filosofia (iluminismo e revolução francesa)
Filosofia (iluminismo e revolução francesa)Filosofia (iluminismo e revolução francesa)
Filosofia (iluminismo e revolução francesa)
 
33 - O iluminismo
33  - O iluminismo33  - O iluminismo
33 - O iluminismo
 

Destaque

Fatos que antecederam a codificação do espiritismo
Fatos que antecederam a codificação do espiritismoFatos que antecederam a codificação do espiritismo
Fatos que antecederam a codificação do espiritismo
Márcia Albuquerque
 
Introdução ao estudo do espiritismo: conceito e objeto
Introdução ao estudo do espiritismo: conceito e objetoIntrodução ao estudo do espiritismo: conceito e objeto
Introdução ao estudo do espiritismo: conceito e objeto
Denise Aguiar
 
Apostila ESDE - Tomo I - Estudo Sistematizado Doutrina Espirita
Apostila ESDE - Tomo I - Estudo Sistematizado Doutrina EspiritaApostila ESDE - Tomo I - Estudo Sistematizado Doutrina Espirita
Apostila ESDE - Tomo I - Estudo Sistematizado Doutrina Espirita
Gevluz de Luz
 
Europa no século xix
Europa no século xixEuropa no século xix
Europa no século xix
José Eustáquio Chaves
 
Roteiro 2 espiritismo ou doutrina espírito - conceito e objeto
Roteiro 2   espiritismo ou doutrina espírito - conceito e objetoRoteiro 2   espiritismo ou doutrina espírito - conceito e objeto
Roteiro 2 espiritismo ou doutrina espírito - conceito e objeto
Bruno Cechinel Filho
 
Introdução ao estudo do espiritismo - cientistas
Introdução ao estudo do espiritismo - cientistasIntrodução ao estudo do espiritismo - cientistas
Introdução ao estudo do espiritismo - cientistas
Denise Aguiar
 
ESDE - Fundamental 1 - modulo 1 - roteiro 2 -
ESDE - Fundamental 1 - modulo 1 - roteiro 2 -ESDE - Fundamental 1 - modulo 1 - roteiro 2 -
Aula 04/2013 - Antecedentes e Contemporâneos de Kardec na Europa
Aula 04/2013 - Antecedentes e Contemporâneos de Kardec na EuropaAula 04/2013 - Antecedentes e Contemporâneos de Kardec na Europa
Aula 04/2013 - Antecedentes e Contemporâneos de Kardec na Europa
contatodoutrina2013
 
Contexto Histórico - Espiritismo - Pintores
Contexto Histórico - Espiritismo - PintoresContexto Histórico - Espiritismo - Pintores
Contexto Histórico - Espiritismo - Pintores
Denise Aguiar
 
O triplice aspecto do espiritismo
O triplice aspecto do espiritismoO triplice aspecto do espiritismo
O triplice aspecto do espiritismo
Graça Maciel
 
1.1.a europa do século xix
1.1.a europa do século xix1.1.a europa do século xix
1.1.a europa do século xix
valdeck1
 
Os fenômenos de Hydesville e as mesas girantes - ESDE - 2
Os fenômenos de Hydesville e as mesas girantes - ESDE - 2Os fenômenos de Hydesville e as mesas girantes - ESDE - 2
Os fenômenos de Hydesville e as mesas girantes - ESDE - 2
Graça Maciel
 
Surgimento do espiritismo
Surgimento do espiritismoSurgimento do espiritismo
Surgimento do espiritismo
Graça Maciel
 
Aula 1 avanços do século xviii e xix
Aula 1  avanços do século xviii e xixAula 1  avanços do século xviii e xix
Aula 1 avanços do século xviii e xix
bioalvarenga
 
01.[2014] fund i-mod i-rot 1-euzebio aula-revisa_19_09_2014
01.[2014] fund i-mod i-rot 1-euzebio aula-revisa_19_09_201401.[2014] fund i-mod i-rot 1-euzebio aula-revisa_19_09_2014
01.[2014] fund i-mod i-rot 1-euzebio aula-revisa_19_09_2014
Euzebio Medrado
 
Primeiro centro espirita do planeta
Primeiro centro espirita do planetaPrimeiro centro espirita do planeta
Primeiro centro espirita do planeta
Cláudio Stegun
 
ESDE 2 Aula 02
ESDE 2  Aula 02ESDE 2  Aula 02
ESDE 2 Aula 02
Iara Paiva
 
Fundamental i modulo i - roteiro 2
Fundamental i   modulo i - roteiro 2 Fundamental i   modulo i - roteiro 2
Fundamental i modulo i - roteiro 2
Shantappa Jewur
 
A europa industrial no século xix e portugal na segunda metade do século xix
A europa industrial no século xix e portugal na segunda metade do século xixA europa industrial no século xix e portugal na segunda metade do século xix
A europa industrial no século xix e portugal na segunda metade do século xix
Maria Nogueira
 
Fundamental i módulo i - roteiro 1
Fundamental i    módulo i - roteiro 1Fundamental i    módulo i - roteiro 1
Fundamental i módulo i - roteiro 1
Shantappa Jewur
 

Destaque (20)

Fatos que antecederam a codificação do espiritismo
Fatos que antecederam a codificação do espiritismoFatos que antecederam a codificação do espiritismo
Fatos que antecederam a codificação do espiritismo
 
Introdução ao estudo do espiritismo: conceito e objeto
Introdução ao estudo do espiritismo: conceito e objetoIntrodução ao estudo do espiritismo: conceito e objeto
Introdução ao estudo do espiritismo: conceito e objeto
 
Apostila ESDE - Tomo I - Estudo Sistematizado Doutrina Espirita
Apostila ESDE - Tomo I - Estudo Sistematizado Doutrina EspiritaApostila ESDE - Tomo I - Estudo Sistematizado Doutrina Espirita
Apostila ESDE - Tomo I - Estudo Sistematizado Doutrina Espirita
 
Europa no século xix
Europa no século xixEuropa no século xix
Europa no século xix
 
Roteiro 2 espiritismo ou doutrina espírito - conceito e objeto
Roteiro 2   espiritismo ou doutrina espírito - conceito e objetoRoteiro 2   espiritismo ou doutrina espírito - conceito e objeto
Roteiro 2 espiritismo ou doutrina espírito - conceito e objeto
 
Introdução ao estudo do espiritismo - cientistas
Introdução ao estudo do espiritismo - cientistasIntrodução ao estudo do espiritismo - cientistas
Introdução ao estudo do espiritismo - cientistas
 
ESDE - Fundamental 1 - modulo 1 - roteiro 2 -
ESDE - Fundamental 1 - modulo 1 - roteiro 2 -ESDE - Fundamental 1 - modulo 1 - roteiro 2 -
ESDE - Fundamental 1 - modulo 1 - roteiro 2 -
 
Aula 04/2013 - Antecedentes e Contemporâneos de Kardec na Europa
Aula 04/2013 - Antecedentes e Contemporâneos de Kardec na EuropaAula 04/2013 - Antecedentes e Contemporâneos de Kardec na Europa
Aula 04/2013 - Antecedentes e Contemporâneos de Kardec na Europa
 
Contexto Histórico - Espiritismo - Pintores
Contexto Histórico - Espiritismo - PintoresContexto Histórico - Espiritismo - Pintores
Contexto Histórico - Espiritismo - Pintores
 
O triplice aspecto do espiritismo
O triplice aspecto do espiritismoO triplice aspecto do espiritismo
O triplice aspecto do espiritismo
 
1.1.a europa do século xix
1.1.a europa do século xix1.1.a europa do século xix
1.1.a europa do século xix
 
Os fenômenos de Hydesville e as mesas girantes - ESDE - 2
Os fenômenos de Hydesville e as mesas girantes - ESDE - 2Os fenômenos de Hydesville e as mesas girantes - ESDE - 2
Os fenômenos de Hydesville e as mesas girantes - ESDE - 2
 
Surgimento do espiritismo
Surgimento do espiritismoSurgimento do espiritismo
Surgimento do espiritismo
 
Aula 1 avanços do século xviii e xix
Aula 1  avanços do século xviii e xixAula 1  avanços do século xviii e xix
Aula 1 avanços do século xviii e xix
 
01.[2014] fund i-mod i-rot 1-euzebio aula-revisa_19_09_2014
01.[2014] fund i-mod i-rot 1-euzebio aula-revisa_19_09_201401.[2014] fund i-mod i-rot 1-euzebio aula-revisa_19_09_2014
01.[2014] fund i-mod i-rot 1-euzebio aula-revisa_19_09_2014
 
Primeiro centro espirita do planeta
Primeiro centro espirita do planetaPrimeiro centro espirita do planeta
Primeiro centro espirita do planeta
 
ESDE 2 Aula 02
ESDE 2  Aula 02ESDE 2  Aula 02
ESDE 2 Aula 02
 
Fundamental i modulo i - roteiro 2
Fundamental i   modulo i - roteiro 2 Fundamental i   modulo i - roteiro 2
Fundamental i modulo i - roteiro 2
 
A europa industrial no século xix e portugal na segunda metade do século xix
A europa industrial no século xix e portugal na segunda metade do século xixA europa industrial no século xix e portugal na segunda metade do século xix
A europa industrial no século xix e portugal na segunda metade do século xix
 
Fundamental i módulo i - roteiro 1
Fundamental i    módulo i - roteiro 1Fundamental i    módulo i - roteiro 1
Fundamental i módulo i - roteiro 1
 

Semelhante a 2011_05_18 - Espiritismo e o Contexto Histórico do século XIX na Europa

Fund1Mod01Rot1-[2008]euzebio
Fund1Mod01Rot1-[2008]euzebioFund1Mod01Rot1-[2008]euzebio
Fund1Mod01Rot1-[2008]euzebio
Guto Ovsky
 
Módulo I - Aula I - Mansão Espírita
Módulo I - Aula I - Mansão EspíritaMódulo I - Aula I - Mansão Espírita
Módulo I - Aula I - Mansão Espírita
brunoquadros
 
_inutbr).pptodnução
_inutbr).pptodnução_inutbr).pptodnução
_inutbr).pptodnução
RicardoAfonso43
 
Escolástica
EscolásticaEscolástica
Escolástica
Gabriel de Campos
 
R3.Fund-I-M02-R1-Contexto_Historico_Seculo_XIX_EMF.pdf
R3.Fund-I-M02-R1-Contexto_Historico_Seculo_XIX_EMF.pdfR3.Fund-I-M02-R1-Contexto_Historico_Seculo_XIX_EMF.pdf
R3.Fund-I-M02-R1-Contexto_Historico_Seculo_XIX_EMF.pdf
lucianofl77
 
Unidade 2 renascimento e reforma alunos
Unidade 2 renascimento e reforma alunosUnidade 2 renascimento e reforma alunos
Unidade 2 renascimento e reforma alunos
Vítor Santos
 
Apresentação
ApresentaçãoApresentação
Apresentação
Bruno Cechinel Filho
 
1. sociologia da educação
1. sociologia da educação1. sociologia da educação
1. sociologia da educação
SimonelleGomes
 
O Período Barroco e a Música
O Período Barroco e a MúsicaO Período Barroco e a Música
O Período Barroco e a Música
João Costa
 
Romantismo e Modernismo - Prof. Orlando Fedeli
Romantismo e Modernismo - Prof. Orlando FedeliRomantismo e Modernismo - Prof. Orlando Fedeli
Romantismo e Modernismo - Prof. Orlando Fedeli
Orlando Junior
 
89869029 um-discurso-sobre-as-ciencias-boaventura-de-sousa-santos
89869029 um-discurso-sobre-as-ciencias-boaventura-de-sousa-santos89869029 um-discurso-sobre-as-ciencias-boaventura-de-sousa-santos
89869029 um-discurso-sobre-as-ciencias-boaventura-de-sousa-santos
bibliomiranda
 
02. [2011] fund i-mod i-rot 2-euzebio aula
02. [2011] fund i-mod i-rot 2-euzebio aula02. [2011] fund i-mod i-rot 2-euzebio aula
02. [2011] fund i-mod i-rot 2-euzebio aula
Euzebio Medrado
 
A-ETICA-PROTESTANTE-E-O-ESPIRITO-DO-CAPITALISMO.pdf
A-ETICA-PROTESTANTE-E-O-ESPIRITO-DO-CAPITALISMO.pdfA-ETICA-PROTESTANTE-E-O-ESPIRITO-DO-CAPITALISMO.pdf
A-ETICA-PROTESTANTE-E-O-ESPIRITO-DO-CAPITALISMO.pdf
jqdeamf
 
Weber_A_Etica_Protestante_e_o_Espirito.pdf
Weber_A_Etica_Protestante_e_o_Espirito.pdfWeber_A_Etica_Protestante_e_o_Espirito.pdf
Weber_A_Etica_Protestante_e_o_Espirito.pdf
IgorSchirmer
 
Exercícios de fixação positivismo- comte e surgimento
Exercícios de fixação  positivismo- comte e surgimentoExercícios de fixação  positivismo- comte e surgimento
Exercícios de fixação positivismo- comte e surgimento
Lucio Braga
 
Pedagogia espirita
Pedagogia espiritaPedagogia espirita
Pedagogia espirita
Adonai Cesar Mendonça
 
NEOMEDIEVALISMO: O QUE ESTE CONCEITO SIGNIFICA?
NEOMEDIEVALISMO: O QUE ESTE CONCEITO SIGNIFICA?NEOMEDIEVALISMO: O QUE ESTE CONCEITO SIGNIFICA?
NEOMEDIEVALISMO: O QUE ESTE CONCEITO SIGNIFICA?
Pedro Henrique Cavalcante de Medeiros
 
Educação na Renascença - principais representantes
Educação na Renascença - principais representantesEducação na Renascença - principais representantes
Educação na Renascença - principais representantes
Naiacy de Souza Lima Costa
 
8º ano - SEMINÁRIO - Pensamentos, revoluções e unificações.docx
8º ano - SEMINÁRIO - Pensamentos, revoluções e unificações.docx8º ano - SEMINÁRIO - Pensamentos, revoluções e unificações.docx
8º ano - SEMINÁRIO - Pensamentos, revoluções e unificações.docx
CarlosHenrique944943
 
José ortega y gasset
José ortega y gassetJosé ortega y gasset
José ortega y gasset
fernandoaaragao
 

Semelhante a 2011_05_18 - Espiritismo e o Contexto Histórico do século XIX na Europa (20)

Fund1Mod01Rot1-[2008]euzebio
Fund1Mod01Rot1-[2008]euzebioFund1Mod01Rot1-[2008]euzebio
Fund1Mod01Rot1-[2008]euzebio
 
Módulo I - Aula I - Mansão Espírita
Módulo I - Aula I - Mansão EspíritaMódulo I - Aula I - Mansão Espírita
Módulo I - Aula I - Mansão Espírita
 
_inutbr).pptodnução
_inutbr).pptodnução_inutbr).pptodnução
_inutbr).pptodnução
 
Escolástica
EscolásticaEscolástica
Escolástica
 
R3.Fund-I-M02-R1-Contexto_Historico_Seculo_XIX_EMF.pdf
R3.Fund-I-M02-R1-Contexto_Historico_Seculo_XIX_EMF.pdfR3.Fund-I-M02-R1-Contexto_Historico_Seculo_XIX_EMF.pdf
R3.Fund-I-M02-R1-Contexto_Historico_Seculo_XIX_EMF.pdf
 
Unidade 2 renascimento e reforma alunos
Unidade 2 renascimento e reforma alunosUnidade 2 renascimento e reforma alunos
Unidade 2 renascimento e reforma alunos
 
Apresentação
ApresentaçãoApresentação
Apresentação
 
1. sociologia da educação
1. sociologia da educação1. sociologia da educação
1. sociologia da educação
 
O Período Barroco e a Música
O Período Barroco e a MúsicaO Período Barroco e a Música
O Período Barroco e a Música
 
Romantismo e Modernismo - Prof. Orlando Fedeli
Romantismo e Modernismo - Prof. Orlando FedeliRomantismo e Modernismo - Prof. Orlando Fedeli
Romantismo e Modernismo - Prof. Orlando Fedeli
 
89869029 um-discurso-sobre-as-ciencias-boaventura-de-sousa-santos
89869029 um-discurso-sobre-as-ciencias-boaventura-de-sousa-santos89869029 um-discurso-sobre-as-ciencias-boaventura-de-sousa-santos
89869029 um-discurso-sobre-as-ciencias-boaventura-de-sousa-santos
 
02. [2011] fund i-mod i-rot 2-euzebio aula
02. [2011] fund i-mod i-rot 2-euzebio aula02. [2011] fund i-mod i-rot 2-euzebio aula
02. [2011] fund i-mod i-rot 2-euzebio aula
 
A-ETICA-PROTESTANTE-E-O-ESPIRITO-DO-CAPITALISMO.pdf
A-ETICA-PROTESTANTE-E-O-ESPIRITO-DO-CAPITALISMO.pdfA-ETICA-PROTESTANTE-E-O-ESPIRITO-DO-CAPITALISMO.pdf
A-ETICA-PROTESTANTE-E-O-ESPIRITO-DO-CAPITALISMO.pdf
 
Weber_A_Etica_Protestante_e_o_Espirito.pdf
Weber_A_Etica_Protestante_e_o_Espirito.pdfWeber_A_Etica_Protestante_e_o_Espirito.pdf
Weber_A_Etica_Protestante_e_o_Espirito.pdf
 
Exercícios de fixação positivismo- comte e surgimento
Exercícios de fixação  positivismo- comte e surgimentoExercícios de fixação  positivismo- comte e surgimento
Exercícios de fixação positivismo- comte e surgimento
 
Pedagogia espirita
Pedagogia espiritaPedagogia espirita
Pedagogia espirita
 
NEOMEDIEVALISMO: O QUE ESTE CONCEITO SIGNIFICA?
NEOMEDIEVALISMO: O QUE ESTE CONCEITO SIGNIFICA?NEOMEDIEVALISMO: O QUE ESTE CONCEITO SIGNIFICA?
NEOMEDIEVALISMO: O QUE ESTE CONCEITO SIGNIFICA?
 
Educação na Renascença - principais representantes
Educação na Renascença - principais representantesEducação na Renascença - principais representantes
Educação na Renascença - principais representantes
 
8º ano - SEMINÁRIO - Pensamentos, revoluções e unificações.docx
8º ano - SEMINÁRIO - Pensamentos, revoluções e unificações.docx8º ano - SEMINÁRIO - Pensamentos, revoluções e unificações.docx
8º ano - SEMINÁRIO - Pensamentos, revoluções e unificações.docx
 
José ortega y gasset
José ortega y gassetJosé ortega y gasset
José ortega y gasset
 

Mais de Geead Abu Dhabi

GEEAD_2012_02_08
GEEAD_2012_02_08GEEAD_2012_02_08
GEEAD_2012_02_08
Geead Abu Dhabi
 
GEEAD_2012_02_01
GEEAD_2012_02_01GEEAD_2012_02_01
GEEAD_2012_02_01
Geead Abu Dhabi
 
GEEAD_2012_01_18
GEEAD_2012_01_18GEEAD_2012_01_18
GEEAD_2012_01_18
Geead Abu Dhabi
 
GEEAD_2012_01_11
GEEAD_2012_01_11GEEAD_2012_01_11
GEEAD_2012_01_11
Geead Abu Dhabi
 
GEEAD_2012_01_04
GEEAD_2012_01_04GEEAD_2012_01_04
GEEAD_2012_01_04
Geead Abu Dhabi
 
GEEAD_2011_12_14
GEEAD_2011_12_14GEEAD_2011_12_14
GEEAD_2011_12_14
Geead Abu Dhabi
 
GEEAD_2011_12_14
GEEAD_2011_12_14GEEAD_2011_12_14
GEEAD_2011_12_14
Geead Abu Dhabi
 
GEEAD_2011_11_30
GEEAD_2011_11_30GEEAD_2011_11_30
GEEAD_2011_11_30
Geead Abu Dhabi
 
GEEAD_2011_11_16
GEEAD_2011_11_16GEEAD_2011_11_16
GEEAD_2011_11_16
Geead Abu Dhabi
 
GEEAD_2011_11_02
GEEAD_2011_11_02GEEAD_2011_11_02
GEEAD_2011_11_02
Geead Abu Dhabi
 
OqueFazesDeEspecial
OqueFazesDeEspecialOqueFazesDeEspecial
OqueFazesDeEspecial
Geead Abu Dhabi
 
GEEAD_2011_11_23
GEEAD_2011_11_23GEEAD_2011_11_23
GEEAD_2011_11_23
Geead Abu Dhabi
 
GEEAD_2011_10_26
GEEAD_2011_10_26GEEAD_2011_10_26
GEEAD_2011_10_26
Geead Abu Dhabi
 
GEEAD_2011_12_07: A etapa da infancia no processo reencarnatorio
GEEAD_2011_12_07: A etapa da infancia no processo reencarnatorioGEEAD_2011_12_07: A etapa da infancia no processo reencarnatorio
GEEAD_2011_12_07: A etapa da infancia no processo reencarnatorio
Geead Abu Dhabi
 
Geead 2011 10_19
Geead 2011 10_19Geead 2011 10_19
Geead 2011 10_19
Geead Abu Dhabi
 
Geead 26-10-2011: Fundamentos e utilidade da reencarnação
Geead 26-10-2011: Fundamentos e utilidade da reencarnaçãoGeead 26-10-2011: Fundamentos e utilidade da reencarnação
Geead 26-10-2011: Fundamentos e utilidade da reencarnação
Geead Abu Dhabi
 
Geead 19-10-2011: A mediunidade com Jesus
Geead 19-10-2011: A mediunidade com JesusGeead 19-10-2011: A mediunidade com Jesus
Geead 19-10-2011: A mediunidade com Jesus
Geead Abu Dhabi
 
Geead 21-09-2011: Provas da existência e sobrevivência do espírito
Geead 21-09-2011: Provas da existência e sobrevivência do espíritoGeead 21-09-2011: Provas da existência e sobrevivência do espírito
Geead 21-09-2011: Provas da existência e sobrevivência do espírito
Geead Abu Dhabi
 
Geead 21-09-2011: Provas da existência e sobrevivência do espírito
Geead 21-09-2011: Provas da existência e sobrevivência do espíritoGeead 21-09-2011: Provas da existência e sobrevivência do espírito
Geead 21-09-2011: Provas da existência e sobrevivência do espírito
Geead Abu Dhabi
 
Geead 05-10-2011: Influência dos espíritosem nossos pensamentos e atos
Geead 05-10-2011: Influência dos espíritosem nossos pensamentos e atosGeead 05-10-2011: Influência dos espíritosem nossos pensamentos e atos
Geead 05-10-2011: Influência dos espíritosem nossos pensamentos e atos
Geead Abu Dhabi
 

Mais de Geead Abu Dhabi (20)

GEEAD_2012_02_08
GEEAD_2012_02_08GEEAD_2012_02_08
GEEAD_2012_02_08
 
GEEAD_2012_02_01
GEEAD_2012_02_01GEEAD_2012_02_01
GEEAD_2012_02_01
 
GEEAD_2012_01_18
GEEAD_2012_01_18GEEAD_2012_01_18
GEEAD_2012_01_18
 
GEEAD_2012_01_11
GEEAD_2012_01_11GEEAD_2012_01_11
GEEAD_2012_01_11
 
GEEAD_2012_01_04
GEEAD_2012_01_04GEEAD_2012_01_04
GEEAD_2012_01_04
 
GEEAD_2011_12_14
GEEAD_2011_12_14GEEAD_2011_12_14
GEEAD_2011_12_14
 
GEEAD_2011_12_14
GEEAD_2011_12_14GEEAD_2011_12_14
GEEAD_2011_12_14
 
GEEAD_2011_11_30
GEEAD_2011_11_30GEEAD_2011_11_30
GEEAD_2011_11_30
 
GEEAD_2011_11_16
GEEAD_2011_11_16GEEAD_2011_11_16
GEEAD_2011_11_16
 
GEEAD_2011_11_02
GEEAD_2011_11_02GEEAD_2011_11_02
GEEAD_2011_11_02
 
OqueFazesDeEspecial
OqueFazesDeEspecialOqueFazesDeEspecial
OqueFazesDeEspecial
 
GEEAD_2011_11_23
GEEAD_2011_11_23GEEAD_2011_11_23
GEEAD_2011_11_23
 
GEEAD_2011_10_26
GEEAD_2011_10_26GEEAD_2011_10_26
GEEAD_2011_10_26
 
GEEAD_2011_12_07: A etapa da infancia no processo reencarnatorio
GEEAD_2011_12_07: A etapa da infancia no processo reencarnatorioGEEAD_2011_12_07: A etapa da infancia no processo reencarnatorio
GEEAD_2011_12_07: A etapa da infancia no processo reencarnatorio
 
Geead 2011 10_19
Geead 2011 10_19Geead 2011 10_19
Geead 2011 10_19
 
Geead 26-10-2011: Fundamentos e utilidade da reencarnação
Geead 26-10-2011: Fundamentos e utilidade da reencarnaçãoGeead 26-10-2011: Fundamentos e utilidade da reencarnação
Geead 26-10-2011: Fundamentos e utilidade da reencarnação
 
Geead 19-10-2011: A mediunidade com Jesus
Geead 19-10-2011: A mediunidade com JesusGeead 19-10-2011: A mediunidade com Jesus
Geead 19-10-2011: A mediunidade com Jesus
 
Geead 21-09-2011: Provas da existência e sobrevivência do espírito
Geead 21-09-2011: Provas da existência e sobrevivência do espíritoGeead 21-09-2011: Provas da existência e sobrevivência do espírito
Geead 21-09-2011: Provas da existência e sobrevivência do espírito
 
Geead 21-09-2011: Provas da existência e sobrevivência do espírito
Geead 21-09-2011: Provas da existência e sobrevivência do espíritoGeead 21-09-2011: Provas da existência e sobrevivência do espírito
Geead 21-09-2011: Provas da existência e sobrevivência do espírito
 
Geead 05-10-2011: Influência dos espíritosem nossos pensamentos e atos
Geead 05-10-2011: Influência dos espíritosem nossos pensamentos e atosGeead 05-10-2011: Influência dos espíritosem nossos pensamentos e atos
Geead 05-10-2011: Influência dos espíritosem nossos pensamentos e atos
 

Último

Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
JaquelineSantosBasto
 
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.docORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
Oziete SS
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Celso Napoleon
 
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Elton Zanoni
 
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livroA VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
GABRIELADIASDUTRA1
 
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdfA Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
claudiovieira83
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Celso Napoleon
 
Salmo 91
Salmo 91Salmo 91
Salmo 91
Nilson Almeida
 
Estudo Biblico deuteronomio PowerPoint.pdf
Estudo Biblico deuteronomio PowerPoint.pdfEstudo Biblico deuteronomio PowerPoint.pdf
Estudo Biblico deuteronomio PowerPoint.pdf
JaquelineSantosBasto
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Nilson Almeida
 
SEGREDOS DO APOCALIPSE - o apocalipse através de olhos hebraicos
SEGREDOS DO APOCALIPSE - o apocalipse através de olhos hebraicosSEGREDOS DO APOCALIPSE - o apocalipse através de olhos hebraicos
SEGREDOS DO APOCALIPSE - o apocalipse através de olhos hebraicos
REFORMADOR PROTESTANTE
 
a futura religião da nova ordem mundial.
a  futura religião da nova ordem mundial.a  futura religião da nova ordem mundial.
a futura religião da nova ordem mundial.
REFORMADOR PROTESTANTE
 
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
REFORMADOR PROTESTANTE
 
Festa das Primícias - Igreja Adventista do Sétimo Dia
Festa das Primícias - Igreja Adventista do Sétimo DiaFesta das Primícias - Igreja Adventista do Sétimo Dia
Festa das Primícias - Igreja Adventista do Sétimo Dia
André Luiz Marques
 
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdfJesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
REFORMADOR PROTESTANTE
 

Último (15)

Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
 
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.docORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
 
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
 
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livroA VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
 
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdfA Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
 
Salmo 91
Salmo 91Salmo 91
Salmo 91
 
Estudo Biblico deuteronomio PowerPoint.pdf
Estudo Biblico deuteronomio PowerPoint.pdfEstudo Biblico deuteronomio PowerPoint.pdf
Estudo Biblico deuteronomio PowerPoint.pdf
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
 
SEGREDOS DO APOCALIPSE - o apocalipse através de olhos hebraicos
SEGREDOS DO APOCALIPSE - o apocalipse através de olhos hebraicosSEGREDOS DO APOCALIPSE - o apocalipse através de olhos hebraicos
SEGREDOS DO APOCALIPSE - o apocalipse através de olhos hebraicos
 
a futura religião da nova ordem mundial.
a  futura religião da nova ordem mundial.a  futura religião da nova ordem mundial.
a futura religião da nova ordem mundial.
 
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
 
Festa das Primícias - Igreja Adventista do Sétimo Dia
Festa das Primícias - Igreja Adventista do Sétimo DiaFesta das Primícias - Igreja Adventista do Sétimo Dia
Festa das Primícias - Igreja Adventista do Sétimo Dia
 
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdfJesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
 

2011_05_18 - Espiritismo e o Contexto Histórico do século XIX na Europa

  • 1.
  • 2.
  • 3.
  • 4.
  • 5.
  • 6.
  • 7.
  • 8.
  • 9.
  • 10.
  • 11.
  • 12.
  • 13.
  • 14.
  • 15.
  • 16.
  • 17.
  • 18.
  • 19.
  • 20.
  • 21.
  • 22.
  • 23.
  • 24.
  • 25.
  • 26.
  • 27.
  • 28.
  • 29.
  • 30.
  • 31.