SlideShare uma empresa Scribd logo
Tarefa
- Estudar no livro didático, da p. 176
a 182 (Revolução Inglesa e Revolução
Industrial).
- Elaborar um resumo de 6 a 10
linhas, de caderno universitário, sobre
a Revolução Industrial, abordando :
   - razões para que tenha se iniciado
   na Inglaterra.
   - setor por onde se iniciou e tipo de
   maquinário.
   - fontes de energia utilizadas.
2 ilum, indep amer, rev franc, imp nap   cópia
Século XVIII – Século das
              Luzes


                               Razão=Luz




Idade Média = trevas, a noite de mil anos.
Racionalismo       Ideologia a ser seguida, como forma
                    de contestar o Antigo Regime.
Características


Anti-Absolutismo     OPOSIÇÃO        Poder ilimitado

Anti-Mercantilismo OPOSIÇÃO
                                Intervencionismo

Anti-Clericalismo   OPOSIÇÃO     Influência da Igreja
Século XVIII – Século das
René Descartes
   (1596)      Luzes

              Racionalismo
         Discurso sobre o método
                  Dúvida
           “Penso, logo existo”.
Século XVIII – Século das
 John Locke
(1632-1704)  Luzes

         Rev. Gloriosa 1688
           Absolutismo
  Direitos naturais: vida, liberdade,
         propriedade privada.
     Empirismo (Francis Bacon)
Século XVIII – Século das
         Luzes
Século XVIII – Século das
Montesquieu
(1689-1778)  Luzes

           Cartas persas
        “O espírito das leis”
 Executivo / Legislativo / Judiciário
     Influência nas revoluções
Principais teóricos

França




 Montesquieu – Divisão dos Poderes
Século XVIII – Século das
Voltaire (1694-1778)
                  Luzes

      Privilégios da nobreza/igreja
             Cartas inglesas
             Direitos divino.
         Déspotas esclarecidos
              (reformas)
Principais teóricos

França

Voltaire – Liberdade de Expressão




Voltaire
(François Marie
Arouet)
Conceito    Aplicação das Idéias Iluministas nos
            Estados Absolutistas
            Idealizador

                       VOLTAIRE

            Portugal
Locais de
            Rússia
Aplicação   Áustria
            Prússia
JEAN-JACQUES – Século das
     Século XVIII
                Luzes
ROUSSEAU (1712-1778)


             Radical
      Camadas populares
       Sociedade burguesa.
  Propriedade privada X liberdade
        “Contrato social”
         Soberano = povo
        Governo = ministro
Principais teóricos

  França




Rousseau – Pai da Democracia Moderna
Fisiocracia
              Como a riqueza é
                produzida?
Liberalismo
Quesnay e Gournay – Século das
     Século XVIII    Fisiocratas
                 Luzes
        Governo da natureza
      Agricultura = riqueza
        Práticas mercantilistas
Influenciaram o liberalismo econômico
   “Laissez faire, laissez passer, le
       monde va de lui-même”
Adam Século XVIII – Século das
     Smith (1723-1790)
                        Liberalismo
              Luzes     econômico



      “A Riqueza das Nações”
      Economia = ciência
Intervenção do Estado na economia.
    Liberdade de concorrência
  “Trabalho como fonte de riqueza
Fisiocracia   Terra como fonte de Riquezas

              Teóricos

                  Quesnay e Gournay


Liberalismo   Trabalho como fonte de Riquezas

              Teórico

                     Adam Smith
Principais teóricos

França


A divulgação
das idéias
iluministas se
deu através da
“Enciclopédia”,
idealizada por
Diderot e
D’Alembert.
“A Humanidade só estará
livre no dia em que o último
Rei morrer enforcado nas
tripas do último padre.”

Dennis Diderot
“A Humanidade só estará
livre no dia em que o último
Rei morrer enforcado nas
tripas do último padre.”

Dennis Diderot
Representa o
                   Conflito do 3º
“A HumanidadeEstado estará
                   só (Burguesia)
                      contra os
livre no dia em que o último
                  privilégios do 1º
Rei morrer enforcado nas
                     (Clero) e 2º
tripas do último padre.” Estados.
                 (Nobreza)

Dennis Diderot
Independência dos EUA         Constituição de 1787

Revolução Francesa        Declaração dos Direitos do
                          Homem e do Cidadão

Independência da          Luta contra a dominação
América Espanhola         metropolitana

Revoluções de 1830      Rompimento definitivo com
e 1848 na França        o Antigo Regime.
Declaração
   dos
 Direitos
    do
 Homem
   e do
 Cidadão
Fim

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

ILUMINISMO
ILUMINISMOILUMINISMO
Iluminismo desenho
Iluminismo desenhoIluminismo desenho
Iluminismo desenho
Alcidon Cunha
 
A crise do antigo regime o iluminismo
A crise do antigo regime   o iluminismoA crise do antigo regime   o iluminismo
A crise do antigo regime o iluminismo
martinha10
 
Iluminismo-SLIDE-auxiliar
Iluminismo-SLIDE-auxiliarIluminismo-SLIDE-auxiliar
Iluminismo-SLIDE-auxiliar
Zozois Pereira
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
Isabel Aguiar
 
Iluminismo PROF FABRICIO MACIEL
Iluminismo PROF FABRICIO MACIELIluminismo PROF FABRICIO MACIEL
Iluminismo PROF FABRICIO MACIEL
raahsalemi
 
Iluminismo
 Iluminismo Iluminismo
33 - O iluminismo
33  - O iluminismo33  - O iluminismo
33 - O iluminismo
Carla Freitas
 
Filosofia (iluminismo e revolução francesa)
Filosofia (iluminismo e revolução francesa)Filosofia (iluminismo e revolução francesa)
Filosofia (iluminismo e revolução francesa)
deividyalves
 
REVOLUÇÃO FRANCESA
REVOLUÇÃO FRANCESAREVOLUÇÃO FRANCESA
REVOLUÇÃO FRANCESA
Cristina Soares
 
Iluminismo.revolucao.francesa
Iluminismo.revolucao.francesaIluminismo.revolucao.francesa
Iluminismo.revolucao.francesa
Dismael Sagás
 
Absolutismo imagens
Absolutismo imagensAbsolutismo imagens
Absolutismo imagens
andrecarlosocosta
 
Iluminismo - vestibular
Iluminismo - vestibularIluminismo - vestibular
Iluminismo - vestibular
eduardo carneiro
 
Iluminismo e Revolução Francesa
Iluminismo e Revolução FrancesaIluminismo e Revolução Francesa
Iluminismo e Revolução Francesa
Paulo Alexandre
 
Iluminismo 2010
Iluminismo 2010Iluminismo 2010
Iluminismo 2010
BriefCase
 
10
1010
Iluminismo
Iluminismo Iluminismo
Iluminismo
Babilopestaliuli
 
Iluminismo 1
Iluminismo 1Iluminismo 1
Iluminismo 1
Max22Rodrigues
 
Prova 8ºa 1º bi
Prova 8ºa   1º biProva 8ºa   1º bi
Prova 8ºa 1º bi
Íris Ferreira
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
Walquiria Dutra
 

Mais procurados (20)

ILUMINISMO
ILUMINISMOILUMINISMO
ILUMINISMO
 
Iluminismo desenho
Iluminismo desenhoIluminismo desenho
Iluminismo desenho
 
A crise do antigo regime o iluminismo
A crise do antigo regime   o iluminismoA crise do antigo regime   o iluminismo
A crise do antigo regime o iluminismo
 
Iluminismo-SLIDE-auxiliar
Iluminismo-SLIDE-auxiliarIluminismo-SLIDE-auxiliar
Iluminismo-SLIDE-auxiliar
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
 
Iluminismo PROF FABRICIO MACIEL
Iluminismo PROF FABRICIO MACIELIluminismo PROF FABRICIO MACIEL
Iluminismo PROF FABRICIO MACIEL
 
Iluminismo
 Iluminismo Iluminismo
Iluminismo
 
33 - O iluminismo
33  - O iluminismo33  - O iluminismo
33 - O iluminismo
 
Filosofia (iluminismo e revolução francesa)
Filosofia (iluminismo e revolução francesa)Filosofia (iluminismo e revolução francesa)
Filosofia (iluminismo e revolução francesa)
 
REVOLUÇÃO FRANCESA
REVOLUÇÃO FRANCESAREVOLUÇÃO FRANCESA
REVOLUÇÃO FRANCESA
 
Iluminismo.revolucao.francesa
Iluminismo.revolucao.francesaIluminismo.revolucao.francesa
Iluminismo.revolucao.francesa
 
Absolutismo imagens
Absolutismo imagensAbsolutismo imagens
Absolutismo imagens
 
Iluminismo - vestibular
Iluminismo - vestibularIluminismo - vestibular
Iluminismo - vestibular
 
Iluminismo e Revolução Francesa
Iluminismo e Revolução FrancesaIluminismo e Revolução Francesa
Iluminismo e Revolução Francesa
 
Iluminismo 2010
Iluminismo 2010Iluminismo 2010
Iluminismo 2010
 
10
1010
10
 
Iluminismo
Iluminismo Iluminismo
Iluminismo
 
Iluminismo 1
Iluminismo 1Iluminismo 1
Iluminismo 1
 
Prova 8ºa 1º bi
Prova 8ºa   1º biProva 8ºa   1º bi
Prova 8ºa 1º bi
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
 

Destaque

Nota teoria i escansão poemas cecília meire s gaba
Nota  teoria i escansão poemas cecília meire s gabaNota  teoria i escansão poemas cecília meire s gaba
Nota teoria i escansão poemas cecília meire s gaba
Péricles Penuel
 
Entradas e bandeiras imagens tmp
Entradas e bandeiras imagens tmpEntradas e bandeiras imagens tmp
Entradas e bandeiras imagens tmp
Péricles Penuel
 
Arte pré histórica
Arte pré históricaArte pré histórica
Arte pré histórica
Péricles Penuel
 
Análise do poema cecília meireles
Análise do poema  cecília meirelesAnálise do poema  cecília meireles
Análise do poema cecília meireles
Paula Angelo
 
Nota teoria i escansão poemas cecília meire s gaba
Nota  teoria i escansão poemas cecília meire s gabaNota  teoria i escansão poemas cecília meire s gaba
Nota teoria i escansão poemas cecília meire s gaba
Péricles Penuel
 
Shall we play a game?
Shall we play a game?Shall we play a game?
Shall we play a game?
Maciej Lasyk
 

Destaque (6)

Nota teoria i escansão poemas cecília meire s gaba
Nota  teoria i escansão poemas cecília meire s gabaNota  teoria i escansão poemas cecília meire s gaba
Nota teoria i escansão poemas cecília meire s gaba
 
Entradas e bandeiras imagens tmp
Entradas e bandeiras imagens tmpEntradas e bandeiras imagens tmp
Entradas e bandeiras imagens tmp
 
Arte pré histórica
Arte pré históricaArte pré histórica
Arte pré histórica
 
Análise do poema cecília meireles
Análise do poema  cecília meirelesAnálise do poema  cecília meireles
Análise do poema cecília meireles
 
Nota teoria i escansão poemas cecília meire s gaba
Nota  teoria i escansão poemas cecília meire s gabaNota  teoria i escansão poemas cecília meire s gaba
Nota teoria i escansão poemas cecília meire s gaba
 
Shall we play a game?
Shall we play a game?Shall we play a game?
Shall we play a game?
 

Semelhante a 2 ilum, indep amer, rev franc, imp nap cópia

Iluminismo, Revolução Francesa e Período Napoleônico
Iluminismo, Revolução Francesa e Período NapoleônicoIluminismo, Revolução Francesa e Período Napoleônico
Iluminismo, Revolução Francesa e Período Napoleônico
Paulo Alexandre
 
Iluminismo vs revoluções liberais.ppt
Iluminismo vs revoluções liberais.pptIluminismo vs revoluções liberais.ppt
Iluminismo vs revoluções liberais.ppt
HorcioMagalhes
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
Professor Marcelo
 
Iluminismo e liberalismo
Iluminismo e liberalismoIluminismo e liberalismo
Iluminismo e liberalismo
Elton Zanoni
 
Iluminismo rev. francesa - rev. industrial
Iluminismo   rev. francesa - rev. industrialIluminismo   rev. francesa - rev. industrial
Iluminismo rev. francesa - rev. industrial
Auxiliadora
 
Iluminismo 2021
Iluminismo 2021Iluminismo 2021
Hca aculturadosaloenquadramento historico
Hca aculturadosaloenquadramento historicoHca aculturadosaloenquadramento historico
Hca aculturadosaloenquadramento historico
paulocapelo
 
18 história rafael - iluminismo e revolução francesa
18 história   rafael  - iluminismo e revolução francesa18 história   rafael  - iluminismo e revolução francesa
18 história rafael - iluminismo e revolução francesa
Rafael Noronha
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
Paulo Alexandre
 
O ILUMINISMO
O ILUMINISMOO ILUMINISMO
O ILUMINISMO
Paulo Alexandre
 
Iluminismo e despotismo esclarecido
Iluminismo e despotismo esclarecidoIluminismo e despotismo esclarecido
Iluminismo e despotismo esclarecido
Mozão Fraga
 
40123_8b227bc4a7182502604d43855c99ae0a.pdf
40123_8b227bc4a7182502604d43855c99ae0a.pdf40123_8b227bc4a7182502604d43855c99ae0a.pdf
40123_8b227bc4a7182502604d43855c99ae0a.pdf
SamuelFernando44
 
Iluminismo resumo
Iluminismo resumoIluminismo resumo
Iluminismo resumo
Mister B
 
Fracasso Escolar
Fracasso EscolarFracasso Escolar
Fracasso Escolar
ALTAIR GERMANO
 
Iluminismo (aula)
Iluminismo (aula)Iluminismo (aula)
Antigo Regime
Antigo RegimeAntigo Regime
Antigo Regime
Laerciolns12
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
Julia Selistre
 
O iluminismo 2017
O iluminismo   2017O iluminismo   2017
O iluminismo 2017
Nelia Salles Nantes
 
História 8º ano aula 2
História 8º ano   aula 2História 8º ano   aula 2
História 8º ano aula 2
Eloy Souza
 
O iluminismo
O iluminismoO iluminismo
O iluminismo
José Gomes
 

Semelhante a 2 ilum, indep amer, rev franc, imp nap cópia (20)

Iluminismo, Revolução Francesa e Período Napoleônico
Iluminismo, Revolução Francesa e Período NapoleônicoIluminismo, Revolução Francesa e Período Napoleônico
Iluminismo, Revolução Francesa e Período Napoleônico
 
Iluminismo vs revoluções liberais.ppt
Iluminismo vs revoluções liberais.pptIluminismo vs revoluções liberais.ppt
Iluminismo vs revoluções liberais.ppt
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
 
Iluminismo e liberalismo
Iluminismo e liberalismoIluminismo e liberalismo
Iluminismo e liberalismo
 
Iluminismo rev. francesa - rev. industrial
Iluminismo   rev. francesa - rev. industrialIluminismo   rev. francesa - rev. industrial
Iluminismo rev. francesa - rev. industrial
 
Iluminismo 2021
Iluminismo 2021Iluminismo 2021
Iluminismo 2021
 
Hca aculturadosaloenquadramento historico
Hca aculturadosaloenquadramento historicoHca aculturadosaloenquadramento historico
Hca aculturadosaloenquadramento historico
 
18 história rafael - iluminismo e revolução francesa
18 história   rafael  - iluminismo e revolução francesa18 história   rafael  - iluminismo e revolução francesa
18 história rafael - iluminismo e revolução francesa
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
 
O ILUMINISMO
O ILUMINISMOO ILUMINISMO
O ILUMINISMO
 
Iluminismo e despotismo esclarecido
Iluminismo e despotismo esclarecidoIluminismo e despotismo esclarecido
Iluminismo e despotismo esclarecido
 
40123_8b227bc4a7182502604d43855c99ae0a.pdf
40123_8b227bc4a7182502604d43855c99ae0a.pdf40123_8b227bc4a7182502604d43855c99ae0a.pdf
40123_8b227bc4a7182502604d43855c99ae0a.pdf
 
Iluminismo resumo
Iluminismo resumoIluminismo resumo
Iluminismo resumo
 
Fracasso Escolar
Fracasso EscolarFracasso Escolar
Fracasso Escolar
 
Iluminismo (aula)
Iluminismo (aula)Iluminismo (aula)
Iluminismo (aula)
 
Antigo Regime
Antigo RegimeAntigo Regime
Antigo Regime
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
 
O iluminismo 2017
O iluminismo   2017O iluminismo   2017
O iluminismo 2017
 
História 8º ano aula 2
História 8º ano   aula 2História 8º ano   aula 2
História 8º ano aula 2
 
O iluminismo
O iluminismoO iluminismo
O iluminismo
 

Mais de Péricles Penuel

Arte egípicia
Arte egípiciaArte egípicia
Arte egípicia
Péricles Penuel
 
éTica capitulo 6
éTica capitulo 6éTica capitulo 6
éTica capitulo 6
Péricles Penuel
 
Cultura e ideologia unidade 6 capitulo 18
Cultura e ideologia unidade 6 capitulo 18Cultura e ideologia unidade 6 capitulo 18
Cultura e ideologia unidade 6 capitulo 18
Péricles Penuel
 
3 revolução industrial 2013
3 revolução industrial 20133 revolução industrial 2013
3 revolução industrial 2013
Péricles Penuel
 
1 diversidade da vida
1 diversidade da vida1 diversidade da vida
1 diversidade da vida
Péricles Penuel
 
Lista 1 2013 escalas termométricas
Lista 1 2013   escalas termométricasLista 1 2013   escalas termométricas
Lista 1 2013 escalas termométricas
Péricles Penuel
 
Aula 2 população
Aula 2   populaçãoAula 2   população
Aula 2 população
Péricles Penuel
 
Aula de matrizes
Aula de matrizesAula de matrizes
Aula de matrizes
Péricles Penuel
 
Aula de matrizes
Aula de matrizesAula de matrizes
Aula de matrizes
Péricles Penuel
 
Aula de matrizes
Aula de matrizesAula de matrizes
Aula de matrizes
Péricles Penuel
 
1absolutismo monárquico
1absolutismo monárquico1absolutismo monárquico
1absolutismo monárquico
Péricles Penuel
 
1absolutismo monárquico
1absolutismo monárquico1absolutismo monárquico
1absolutismo monárquico
Péricles Penuel
 
Biologia 2º ano frente 2 - procariontes
Biologia 2º ano   frente 2 - procariontesBiologia 2º ano   frente 2 - procariontes
Biologia 2º ano frente 2 - procariontes
Péricles Penuel
 
Aula de matrizes
Aula de matrizesAula de matrizes
Aula de matrizes
Péricles Penuel
 
Aula 1 o brasil
Aula 1   o brasilAula 1   o brasil
Aula 1 o brasil
Péricles Penuel
 
Plano ins. pernambucana tmp
Plano ins. pernambucana tmpPlano ins. pernambucana tmp
Plano ins. pernambucana tmp
Péricles Penuel
 
Imagens invvasão holandesa tmp
Imagens invvasão holandesa tmpImagens invvasão holandesa tmp
Imagens invvasão holandesa tmp
Péricles Penuel
 
Expansão territorial e t. de limites tmp
Expansão territorial e t. de limites tmpExpansão territorial e t. de limites tmp
Expansão territorial e t. de limites tmp
Péricles Penuel
 
Cilindros (1)
Cilindros (1)Cilindros (1)
Cilindros (1)
Péricles Penuel
 
Brasil colonial 1 tmp
Brasil colonial 1 tmpBrasil colonial 1 tmp
Brasil colonial 1 tmp
Péricles Penuel
 

Mais de Péricles Penuel (20)

Arte egípicia
Arte egípiciaArte egípicia
Arte egípicia
 
éTica capitulo 6
éTica capitulo 6éTica capitulo 6
éTica capitulo 6
 
Cultura e ideologia unidade 6 capitulo 18
Cultura e ideologia unidade 6 capitulo 18Cultura e ideologia unidade 6 capitulo 18
Cultura e ideologia unidade 6 capitulo 18
 
3 revolução industrial 2013
3 revolução industrial 20133 revolução industrial 2013
3 revolução industrial 2013
 
1 diversidade da vida
1 diversidade da vida1 diversidade da vida
1 diversidade da vida
 
Lista 1 2013 escalas termométricas
Lista 1 2013   escalas termométricasLista 1 2013   escalas termométricas
Lista 1 2013 escalas termométricas
 
Aula 2 população
Aula 2   populaçãoAula 2   população
Aula 2 população
 
Aula de matrizes
Aula de matrizesAula de matrizes
Aula de matrizes
 
Aula de matrizes
Aula de matrizesAula de matrizes
Aula de matrizes
 
Aula de matrizes
Aula de matrizesAula de matrizes
Aula de matrizes
 
1absolutismo monárquico
1absolutismo monárquico1absolutismo monárquico
1absolutismo monárquico
 
1absolutismo monárquico
1absolutismo monárquico1absolutismo monárquico
1absolutismo monárquico
 
Biologia 2º ano frente 2 - procariontes
Biologia 2º ano   frente 2 - procariontesBiologia 2º ano   frente 2 - procariontes
Biologia 2º ano frente 2 - procariontes
 
Aula de matrizes
Aula de matrizesAula de matrizes
Aula de matrizes
 
Aula 1 o brasil
Aula 1   o brasilAula 1   o brasil
Aula 1 o brasil
 
Plano ins. pernambucana tmp
Plano ins. pernambucana tmpPlano ins. pernambucana tmp
Plano ins. pernambucana tmp
 
Imagens invvasão holandesa tmp
Imagens invvasão holandesa tmpImagens invvasão holandesa tmp
Imagens invvasão holandesa tmp
 
Expansão territorial e t. de limites tmp
Expansão territorial e t. de limites tmpExpansão territorial e t. de limites tmp
Expansão territorial e t. de limites tmp
 
Cilindros (1)
Cilindros (1)Cilindros (1)
Cilindros (1)
 
Brasil colonial 1 tmp
Brasil colonial 1 tmpBrasil colonial 1 tmp
Brasil colonial 1 tmp
 

2 ilum, indep amer, rev franc, imp nap cópia

  • 1. Tarefa - Estudar no livro didático, da p. 176 a 182 (Revolução Inglesa e Revolução Industrial). - Elaborar um resumo de 6 a 10 linhas, de caderno universitário, sobre a Revolução Industrial, abordando : - razões para que tenha se iniciado na Inglaterra. - setor por onde se iniciou e tipo de maquinário. - fontes de energia utilizadas.
  • 3. Século XVIII – Século das Luzes Razão=Luz Idade Média = trevas, a noite de mil anos.
  • 4. Racionalismo Ideologia a ser seguida, como forma de contestar o Antigo Regime. Características Anti-Absolutismo OPOSIÇÃO Poder ilimitado Anti-Mercantilismo OPOSIÇÃO Intervencionismo Anti-Clericalismo OPOSIÇÃO Influência da Igreja
  • 5. Século XVIII – Século das René Descartes (1596) Luzes Racionalismo Discurso sobre o método Dúvida “Penso, logo existo”.
  • 6. Século XVIII – Século das John Locke (1632-1704) Luzes Rev. Gloriosa 1688 Absolutismo Direitos naturais: vida, liberdade, propriedade privada. Empirismo (Francis Bacon)
  • 7. Século XVIII – Século das Luzes
  • 8. Século XVIII – Século das Montesquieu (1689-1778) Luzes Cartas persas “O espírito das leis” Executivo / Legislativo / Judiciário Influência nas revoluções
  • 9. Principais teóricos França Montesquieu – Divisão dos Poderes
  • 10. Século XVIII – Século das Voltaire (1694-1778) Luzes Privilégios da nobreza/igreja Cartas inglesas Direitos divino. Déspotas esclarecidos (reformas)
  • 11. Principais teóricos França Voltaire – Liberdade de Expressão Voltaire (François Marie Arouet)
  • 12. Conceito Aplicação das Idéias Iluministas nos Estados Absolutistas Idealizador VOLTAIRE Portugal Locais de Rússia Aplicação Áustria Prússia
  • 13. JEAN-JACQUES – Século das Século XVIII Luzes ROUSSEAU (1712-1778) Radical Camadas populares Sociedade burguesa. Propriedade privada X liberdade “Contrato social” Soberano = povo Governo = ministro
  • 14. Principais teóricos França Rousseau – Pai da Democracia Moderna
  • 15. Fisiocracia Como a riqueza é produzida? Liberalismo
  • 16. Quesnay e Gournay – Século das Século XVIII Fisiocratas Luzes Governo da natureza Agricultura = riqueza Práticas mercantilistas Influenciaram o liberalismo econômico “Laissez faire, laissez passer, le monde va de lui-même”
  • 17. Adam Século XVIII – Século das Smith (1723-1790) Liberalismo Luzes econômico “A Riqueza das Nações” Economia = ciência Intervenção do Estado na economia. Liberdade de concorrência “Trabalho como fonte de riqueza
  • 18. Fisiocracia Terra como fonte de Riquezas Teóricos Quesnay e Gournay Liberalismo Trabalho como fonte de Riquezas Teórico Adam Smith
  • 19. Principais teóricos França A divulgação das idéias iluministas se deu através da “Enciclopédia”, idealizada por Diderot e D’Alembert.
  • 20. “A Humanidade só estará livre no dia em que o último Rei morrer enforcado nas tripas do último padre.” Dennis Diderot
  • 21. “A Humanidade só estará livre no dia em que o último Rei morrer enforcado nas tripas do último padre.” Dennis Diderot
  • 22. Representa o Conflito do 3º “A HumanidadeEstado estará só (Burguesia) contra os livre no dia em que o último privilégios do 1º Rei morrer enforcado nas (Clero) e 2º tripas do último padre.” Estados. (Nobreza) Dennis Diderot
  • 23. Independência dos EUA Constituição de 1787 Revolução Francesa Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão Independência da Luta contra a dominação América Espanhola metropolitana Revoluções de 1830 Rompimento definitivo com e 1848 na França o Antigo Regime.
  • 24. Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão
  • 25. Fim