SlideShare uma empresa Scribd logo
2º Fase
Conteúdo da
Mergulhando no
Gerenciamento de Projetos
e Empreendedorismo
É importante saber!
Grupos de projetos, programas,
subportfólios, não necessariamente
inter-relacionados, mas gerenciados
em conjunto
Grupos de projetos
inter-relacionados e
gerenciados de forma
coordenada.
Esforço temporário
empreendido para criar um
produto, serviço ou resultado
exclusivo.
O QUE É GERENCIAMENTO?
Gerenciamento é a aplicação de
conhecimentos, habilidades e técnicas
para a execução de projetos de forma
efetiva e eficaz. Trata-se de uma
competência estratégica para
organizações, permitindo com que elas
unam os resultados dos projetos com os
objetivos do negócio e assim, melhor
competir em seus mercados.
OK...MAS COMO GERENCIAR?
O gerenciamento de
projetos aplicado à
vida | Jorge Audy |
TEDxLaçador
Ciclo de Vida dos Projetos
Grupo de Processos
E as 10 Áreas de Conhecimentos
O CICLO DE VIDA DO GERENCIAMENTO
PARTES
INTERESSADAS
ESCOPO
TEMPO
CUSTO
QUALIDADE
RISCO
COMUNICAÇÃO
RECURSOS
INTEGRAÇÃO
AQUISIÇÕES
10 Áreas de
Conhecimento
Determinar cultura e
o sistema existente da
empresa
Dividir projetos
grandes e fases
Avaliar a viabilidade
dos projetos com as
restrições
determinadas
Compreender o
caso de negócios Identificar partes
interessadas e
determinar suas
expectativas, influência
e impacto
Criar objetivos
mensuráveis
Identificar requisitos,
premissas, riscos e
restrições iniciais, além dos
acordos existentes
Coletar processos,
procedimentos e
informações históricas
TAP
Processos de Planejamento
1 - Coletar os Requisitos
2 - Definir o Escopo
3 - Planejar o Gerenciamento das Aquisições
4 - Sequenciar as Atividades
5 - Estimar as Durações das Atividades
com relação aos Recursos Disponíveis e
Necessários
6 - Estimar os Custos das Atividades
7 - Desenvolver o Cronograma
8 - Desenvolver o Orçamento
9 - Planejar o Gerenciamento da Qualidade
10 - Planejar o Gerenciamento dos Recursos
11 - Planejar o Gerenciamento das Comunicações
12 - Identificar os Riscos
13 - Analisar os Riscos
14 - Planejar as Respostas aos Riscos
15 - Planejar o Engajamento das Partes Interessadas
Processos Iterativos
A junção desse conhecimento da
origem ao Plano
Entendendo Melhor cada Área
de Conhecimento no
Planejamento
São todas as
atividades que devem
ser realizadas para
entrega do projeto.
Define o que está e o
que não está no
escopo.
ESCOPO
Processo 1
Coletar os requisitos:
Requisitos: São as necessidades
das partes interessadas.
Entrevistas
Dinâmicas em grupo
Brainstorming
Protótipos
Mas como coletar os requisitos?
Processo 2
Definir o escopo:
Para isso podemos utilizar a
Estrutura Analítica de Projeto EAP
(WBS).
Identificar as entregas e o trabalho relacionado
Subdividir as entregas em componentes menores
formando os pacotes de trabalho
Mensurar custo e prazo para cada pacote de
trabalho (visão macro)
Sua elaboração auxilia em:
Exemplo:
Identificar as
necessidades de
compra, escolher os
fornecedores e decidir
como realizar as
compras através de
contratos.
AQUISIÇÕES
Processo 3
Nesse Processo Analisamos se vamos...
Planejar o Gerenciamento das Aquisições
FAZER
MAKE
COMPRAR
BUY
No caso de aquisição...
Especificar o produto ou serviço.
Estabelecer os critérios de avaliação.
Preparar:
RFI – Request for Information – (Solicitação de Informações) – O
objetivo é analisar know-how do fornecedor.
RFP – Request for Proposal (Solicitação de Proposta) – Convite
aos fornecedores para participar de um processo de concorrência
– Normalmente mais utilizado para contratação de serviços.
RFQ – Request for Quotation – Convite para fornecedores
homologados para participarem do processo de licitação –
Utilizado quando já sabe exatamente o que quer adquirir.
Também é importante
Definir o tipo de contrato que será utilizado na
aquisição também é essencial para o projeto.
VEJAMOS ALGUNS TIPOS DE CONTRATOS
Nossa 2º Entrega
Nosso Projeto:
Desenvolver um plano de
projeto resumido de uma
implantação ou melhoria
de processos.
PM Model Canva
(Anexo II) - Preencher: Justificativa I Obj. Smart
Benefícios I Produto/Serviços I Stakeholders I
Requisitos I Restrições I Grupos de Entregas

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a 2º FASE - GP - Projetos.pdf

Princípios do Gerenciamento de Projetos e Perspectivas para 2011
Princípios do Gerenciamento de Projetos e Perspectivas para 2011Princípios do Gerenciamento de Projetos e Perspectivas para 2011
Princípios do Gerenciamento de Projetos e Perspectivas para 2011
vitorvargasr
 
E-book - Gestão de Projetos.pdf
E-book - Gestão de Projetos.pdfE-book - Gestão de Projetos.pdf
E-book - Gestão de Projetos.pdf
LuisAlexandreBerto1
 
Palestra Cesumar 1h
Palestra Cesumar 1hPalestra Cesumar 1h
Palestra Cesumar 1h
Rodrigo Giraldelli
 
[slides] Gestão de Projetos (2015: 2º semestre)
[slides] Gestão de Projetos (2015: 2º semestre)[slides] Gestão de Projetos (2015: 2º semestre)
[slides] Gestão de Projetos (2015: 2º semestre)
Alessandro Almeida
 
Gestão de Projetos e Empreendedorismo (23/04/2014)
Gestão de Projetos e Empreendedorismo (23/04/2014)Gestão de Projetos e Empreendedorismo (23/04/2014)
Gestão de Projetos e Empreendedorismo (23/04/2014)
Alessandro Almeida
 
Gerência de Projetos de Software - Aula1
Gerência de Projetos de Software - Aula1Gerência de Projetos de Software - Aula1
Gerência de Projetos de Software - Aula1
Adson Cunha, MSc, PMP®
 
Artigo oquegp
Artigo oquegpArtigo oquegp
Artigo oquegp
Robson Gaete
 
FWAE Avaliação U4 - Mario Augusto T Souza - v0
FWAE Avaliação U4 - Mario Augusto T Souza - v0FWAE Avaliação U4 - Mario Augusto T Souza - v0
FWAE Avaliação U4 - Mario Augusto T Souza - v0
matsouza60
 
Planejamento Estratégico GPPD final.002.pdf
Planejamento Estratégico GPPD final.002.pdfPlanejamento Estratégico GPPD final.002.pdf
Planejamento Estratégico GPPD final.002.pdf
Alfredo Kleper Chaves Lavor
 
Gestão do Conhecimento aplicada à Gestão de Projetos
Gestão do Conhecimento aplicada à Gestão de ProjetosGestão do Conhecimento aplicada à Gestão de Projetos
Gestão do Conhecimento aplicada à Gestão de Projetos
Beatriz Benezra Dehtear, MBA
 
Gestão de projeto- conceitos essenciais
Gestão de projeto- conceitos essenciaisGestão de projeto- conceitos essenciais
Gestão de projeto- conceitos essenciais
Kleitor Franklint Correa Araujo
 
Modamercado6
Modamercado6Modamercado6
Modamercado6
Izabel Meister
 
Apresentação Gerência de Portfólio + SCRUM
Apresentação Gerência de Portfólio + SCRUMApresentação Gerência de Portfólio + SCRUM
Apresentação Gerência de Portfólio + SCRUM
Bruna Schramm
 
Gerenciar projetos 10 formatos que todo gp precisa conhecer
Gerenciar projetos  10 formatos que todo gp precisa conhecerGerenciar projetos  10 formatos que todo gp precisa conhecer
Gerenciar projetos 10 formatos que todo gp precisa conhecer
AntonioBatista48
 
Fator Humano no Gerenciamento de Projetos
Fator Humano no Gerenciamento de ProjetosFator Humano no Gerenciamento de Projetos
Fator Humano no Gerenciamento de Projetos
ADVN Soluções em TI
 
Bh gp36-int-golive grupo-dinamo
Bh gp36-int-golive grupo-dinamoBh gp36-int-golive grupo-dinamo
Bh gp36-int-golive grupo-dinamo
Marco Coghi
 
Tb Escopo Mario e Claudio
Tb Escopo Mario e ClaudioTb Escopo Mario e Claudio
Tb Escopo Mario e Claudio
Helson Costa, PMP
 
Pm bok x prince2
Pm bok x prince2Pm bok x prince2
Pm bok x prince2
Wagner Xantre Tagarro
 
Um guia para definir o corpo de conhecimento para análise de negócios – BABOK...
Um guia para definir o corpo de conhecimento para análise de negócios – BABOK...Um guia para definir o corpo de conhecimento para análise de negócios – BABOK...
Um guia para definir o corpo de conhecimento para análise de negócios – BABOK...
Diogo Rocha Ferreira de Menezes
 
Análise de Negócios com Agilidade - Chocolate Quente.com - UNISC
Análise de Negócios com Agilidade - Chocolate Quente.com - UNISCAnálise de Negócios com Agilidade - Chocolate Quente.com - UNISC
Análise de Negócios com Agilidade - Chocolate Quente.com - UNISC
Lisiane Schwengber
 

Semelhante a 2º FASE - GP - Projetos.pdf (20)

Princípios do Gerenciamento de Projetos e Perspectivas para 2011
Princípios do Gerenciamento de Projetos e Perspectivas para 2011Princípios do Gerenciamento de Projetos e Perspectivas para 2011
Princípios do Gerenciamento de Projetos e Perspectivas para 2011
 
E-book - Gestão de Projetos.pdf
E-book - Gestão de Projetos.pdfE-book - Gestão de Projetos.pdf
E-book - Gestão de Projetos.pdf
 
Palestra Cesumar 1h
Palestra Cesumar 1hPalestra Cesumar 1h
Palestra Cesumar 1h
 
[slides] Gestão de Projetos (2015: 2º semestre)
[slides] Gestão de Projetos (2015: 2º semestre)[slides] Gestão de Projetos (2015: 2º semestre)
[slides] Gestão de Projetos (2015: 2º semestre)
 
Gestão de Projetos e Empreendedorismo (23/04/2014)
Gestão de Projetos e Empreendedorismo (23/04/2014)Gestão de Projetos e Empreendedorismo (23/04/2014)
Gestão de Projetos e Empreendedorismo (23/04/2014)
 
Gerência de Projetos de Software - Aula1
Gerência de Projetos de Software - Aula1Gerência de Projetos de Software - Aula1
Gerência de Projetos de Software - Aula1
 
Artigo oquegp
Artigo oquegpArtigo oquegp
Artigo oquegp
 
FWAE Avaliação U4 - Mario Augusto T Souza - v0
FWAE Avaliação U4 - Mario Augusto T Souza - v0FWAE Avaliação U4 - Mario Augusto T Souza - v0
FWAE Avaliação U4 - Mario Augusto T Souza - v0
 
Planejamento Estratégico GPPD final.002.pdf
Planejamento Estratégico GPPD final.002.pdfPlanejamento Estratégico GPPD final.002.pdf
Planejamento Estratégico GPPD final.002.pdf
 
Gestão do Conhecimento aplicada à Gestão de Projetos
Gestão do Conhecimento aplicada à Gestão de ProjetosGestão do Conhecimento aplicada à Gestão de Projetos
Gestão do Conhecimento aplicada à Gestão de Projetos
 
Gestão de projeto- conceitos essenciais
Gestão de projeto- conceitos essenciaisGestão de projeto- conceitos essenciais
Gestão de projeto- conceitos essenciais
 
Modamercado6
Modamercado6Modamercado6
Modamercado6
 
Apresentação Gerência de Portfólio + SCRUM
Apresentação Gerência de Portfólio + SCRUMApresentação Gerência de Portfólio + SCRUM
Apresentação Gerência de Portfólio + SCRUM
 
Gerenciar projetos 10 formatos que todo gp precisa conhecer
Gerenciar projetos  10 formatos que todo gp precisa conhecerGerenciar projetos  10 formatos que todo gp precisa conhecer
Gerenciar projetos 10 formatos que todo gp precisa conhecer
 
Fator Humano no Gerenciamento de Projetos
Fator Humano no Gerenciamento de ProjetosFator Humano no Gerenciamento de Projetos
Fator Humano no Gerenciamento de Projetos
 
Bh gp36-int-golive grupo-dinamo
Bh gp36-int-golive grupo-dinamoBh gp36-int-golive grupo-dinamo
Bh gp36-int-golive grupo-dinamo
 
Tb Escopo Mario e Claudio
Tb Escopo Mario e ClaudioTb Escopo Mario e Claudio
Tb Escopo Mario e Claudio
 
Pm bok x prince2
Pm bok x prince2Pm bok x prince2
Pm bok x prince2
 
Um guia para definir o corpo de conhecimento para análise de negócios – BABOK...
Um guia para definir o corpo de conhecimento para análise de negócios – BABOK...Um guia para definir o corpo de conhecimento para análise de negócios – BABOK...
Um guia para definir o corpo de conhecimento para análise de negócios – BABOK...
 
Análise de Negócios com Agilidade - Chocolate Quente.com - UNISC
Análise de Negócios com Agilidade - Chocolate Quente.com - UNISCAnálise de Negócios com Agilidade - Chocolate Quente.com - UNISC
Análise de Negócios com Agilidade - Chocolate Quente.com - UNISC
 

Último

ÁREAS DE ATUAÇÃO DO ENGENHEIRO CIVIL.pdf
ÁREAS DE ATUAÇÃO DO ENGENHEIRO CIVIL.pdfÁREAS DE ATUAÇÃO DO ENGENHEIRO CIVIL.pdf
ÁREAS DE ATUAÇÃO DO ENGENHEIRO CIVIL.pdf
RoemirPeres
 
AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL EMPREENDEDORISMO CORPORATIVO UNICES...
AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL EMPREENDEDORISMO CORPORATIVO UNICES...AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL EMPREENDEDORISMO CORPORATIVO UNICES...
AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL EMPREENDEDORISMO CORPORATIVO UNICES...
Consultoria Acadêmica
 
Apostila SAP.PM para PCM, para indústria e depósitos
Apostila SAP.PM para PCM, para indústria e  depósitosApostila SAP.PM para PCM, para indústria e  depósitos
Apostila SAP.PM para PCM, para indústria e depósitos
Sandro Marques Solidario
 
Incêndios em correia transportadora.pptx
Incêndios em correia transportadora.pptxIncêndios em correia transportadora.pptx
Incêndios em correia transportadora.pptx
RafaelDantas32562
 
Simbologia e Terminologia de Instrumentação da Norma ISA 5.1 - Simbologia_ISA...
Simbologia e Terminologia de Instrumentação da Norma ISA 5.1 - Simbologia_ISA...Simbologia e Terminologia de Instrumentação da Norma ISA 5.1 - Simbologia_ISA...
Simbologia e Terminologia de Instrumentação da Norma ISA 5.1 - Simbologia_ISA...
pereiramarcossantos0
 
Apresentação concreto autodesempenho 123
Apresentação concreto autodesempenho 123Apresentação concreto autodesempenho 123
Apresentação concreto autodesempenho 123
GabrielGarcia356832
 
Segurança nos trabalhos em altura, normas SST
Segurança nos trabalhos em altura, normas SSTSegurança nos trabalhos em altura, normas SST
Segurança nos trabalhos em altura, normas SST
ClaudioArez
 
AULA LEI DOS SENOS OU COSSENOS - parte final (3) (1).pdf
AULA LEI DOS SENOS OU COSSENOS - parte final (3) (1).pdfAULA LEI DOS SENOS OU COSSENOS - parte final (3) (1).pdf
AULA LEI DOS SENOS OU COSSENOS - parte final (3) (1).pdf
MaxwellBentodeOlivei1
 
AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL COMUNICAÇÃO ASSERTIVA E INTERPESSOA...
AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL COMUNICAÇÃO ASSERTIVA E INTERPESSOA...AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL COMUNICAÇÃO ASSERTIVA E INTERPESSOA...
AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL COMUNICAÇÃO ASSERTIVA E INTERPESSOA...
Consultoria Acadêmica
 
SFE SSO PROC 03 Bloqueio e sinalização de energias perigosas 1(Comentado).docx
SFE SSO PROC 03 Bloqueio e sinalização de energias perigosas 1(Comentado).docxSFE SSO PROC 03 Bloqueio e sinalização de energias perigosas 1(Comentado).docx
SFE SSO PROC 03 Bloqueio e sinalização de energias perigosas 1(Comentado).docx
bentosst
 
Dimensionamento de eixo. estudo de caso.pdf
Dimensionamento de eixo. estudo de caso.pdfDimensionamento de eixo. estudo de caso.pdf
Dimensionamento de eixo. estudo de caso.pdf
RodrigoQuintilianode1
 

Último (11)

ÁREAS DE ATUAÇÃO DO ENGENHEIRO CIVIL.pdf
ÁREAS DE ATUAÇÃO DO ENGENHEIRO CIVIL.pdfÁREAS DE ATUAÇÃO DO ENGENHEIRO CIVIL.pdf
ÁREAS DE ATUAÇÃO DO ENGENHEIRO CIVIL.pdf
 
AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL EMPREENDEDORISMO CORPORATIVO UNICES...
AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL EMPREENDEDORISMO CORPORATIVO UNICES...AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL EMPREENDEDORISMO CORPORATIVO UNICES...
AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL EMPREENDEDORISMO CORPORATIVO UNICES...
 
Apostila SAP.PM para PCM, para indústria e depósitos
Apostila SAP.PM para PCM, para indústria e  depósitosApostila SAP.PM para PCM, para indústria e  depósitos
Apostila SAP.PM para PCM, para indústria e depósitos
 
Incêndios em correia transportadora.pptx
Incêndios em correia transportadora.pptxIncêndios em correia transportadora.pptx
Incêndios em correia transportadora.pptx
 
Simbologia e Terminologia de Instrumentação da Norma ISA 5.1 - Simbologia_ISA...
Simbologia e Terminologia de Instrumentação da Norma ISA 5.1 - Simbologia_ISA...Simbologia e Terminologia de Instrumentação da Norma ISA 5.1 - Simbologia_ISA...
Simbologia e Terminologia de Instrumentação da Norma ISA 5.1 - Simbologia_ISA...
 
Apresentação concreto autodesempenho 123
Apresentação concreto autodesempenho 123Apresentação concreto autodesempenho 123
Apresentação concreto autodesempenho 123
 
Segurança nos trabalhos em altura, normas SST
Segurança nos trabalhos em altura, normas SSTSegurança nos trabalhos em altura, normas SST
Segurança nos trabalhos em altura, normas SST
 
AULA LEI DOS SENOS OU COSSENOS - parte final (3) (1).pdf
AULA LEI DOS SENOS OU COSSENOS - parte final (3) (1).pdfAULA LEI DOS SENOS OU COSSENOS - parte final (3) (1).pdf
AULA LEI DOS SENOS OU COSSENOS - parte final (3) (1).pdf
 
AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL COMUNICAÇÃO ASSERTIVA E INTERPESSOA...
AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL COMUNICAÇÃO ASSERTIVA E INTERPESSOA...AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL COMUNICAÇÃO ASSERTIVA E INTERPESSOA...
AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL COMUNICAÇÃO ASSERTIVA E INTERPESSOA...
 
SFE SSO PROC 03 Bloqueio e sinalização de energias perigosas 1(Comentado).docx
SFE SSO PROC 03 Bloqueio e sinalização de energias perigosas 1(Comentado).docxSFE SSO PROC 03 Bloqueio e sinalização de energias perigosas 1(Comentado).docx
SFE SSO PROC 03 Bloqueio e sinalização de energias perigosas 1(Comentado).docx
 
Dimensionamento de eixo. estudo de caso.pdf
Dimensionamento de eixo. estudo de caso.pdfDimensionamento de eixo. estudo de caso.pdf
Dimensionamento de eixo. estudo de caso.pdf
 

2º FASE - GP - Projetos.pdf

  • 2. Mergulhando no Gerenciamento de Projetos e Empreendedorismo
  • 3. É importante saber! Grupos de projetos, programas, subportfólios, não necessariamente inter-relacionados, mas gerenciados em conjunto Grupos de projetos inter-relacionados e gerenciados de forma coordenada. Esforço temporário empreendido para criar um produto, serviço ou resultado exclusivo.
  • 4. O QUE É GERENCIAMENTO?
  • 5. Gerenciamento é a aplicação de conhecimentos, habilidades e técnicas para a execução de projetos de forma efetiva e eficaz. Trata-se de uma competência estratégica para organizações, permitindo com que elas unam os resultados dos projetos com os objetivos do negócio e assim, melhor competir em seus mercados.
  • 7. O gerenciamento de projetos aplicado à vida | Jorge Audy | TEDxLaçador
  • 8. Ciclo de Vida dos Projetos Grupo de Processos E as 10 Áreas de Conhecimentos
  • 9. O CICLO DE VIDA DO GERENCIAMENTO
  • 11. Determinar cultura e o sistema existente da empresa Dividir projetos grandes e fases Avaliar a viabilidade dos projetos com as restrições determinadas Compreender o caso de negócios Identificar partes interessadas e determinar suas expectativas, influência e impacto Criar objetivos mensuráveis Identificar requisitos, premissas, riscos e restrições iniciais, além dos acordos existentes Coletar processos, procedimentos e informações históricas TAP
  • 13. 1 - Coletar os Requisitos 2 - Definir o Escopo 3 - Planejar o Gerenciamento das Aquisições 4 - Sequenciar as Atividades 5 - Estimar as Durações das Atividades com relação aos Recursos Disponíveis e Necessários 6 - Estimar os Custos das Atividades 7 - Desenvolver o Cronograma 8 - Desenvolver o Orçamento 9 - Planejar o Gerenciamento da Qualidade 10 - Planejar o Gerenciamento dos Recursos 11 - Planejar o Gerenciamento das Comunicações 12 - Identificar os Riscos 13 - Analisar os Riscos 14 - Planejar as Respostas aos Riscos 15 - Planejar o Engajamento das Partes Interessadas Processos Iterativos A junção desse conhecimento da origem ao Plano
  • 14. Entendendo Melhor cada Área de Conhecimento no Planejamento
  • 15. São todas as atividades que devem ser realizadas para entrega do projeto. Define o que está e o que não está no escopo. ESCOPO
  • 16. Processo 1 Coletar os requisitos: Requisitos: São as necessidades das partes interessadas. Entrevistas Dinâmicas em grupo Brainstorming Protótipos Mas como coletar os requisitos?
  • 17. Processo 2 Definir o escopo: Para isso podemos utilizar a Estrutura Analítica de Projeto EAP (WBS). Identificar as entregas e o trabalho relacionado Subdividir as entregas em componentes menores formando os pacotes de trabalho Mensurar custo e prazo para cada pacote de trabalho (visão macro) Sua elaboração auxilia em:
  • 19. Identificar as necessidades de compra, escolher os fornecedores e decidir como realizar as compras através de contratos. AQUISIÇÕES
  • 20. Processo 3 Nesse Processo Analisamos se vamos... Planejar o Gerenciamento das Aquisições FAZER MAKE COMPRAR BUY
  • 21. No caso de aquisição... Especificar o produto ou serviço. Estabelecer os critérios de avaliação. Preparar: RFI – Request for Information – (Solicitação de Informações) – O objetivo é analisar know-how do fornecedor. RFP – Request for Proposal (Solicitação de Proposta) – Convite aos fornecedores para participar de um processo de concorrência – Normalmente mais utilizado para contratação de serviços. RFQ – Request for Quotation – Convite para fornecedores homologados para participarem do processo de licitação – Utilizado quando já sabe exatamente o que quer adquirir.
  • 22. Também é importante Definir o tipo de contrato que será utilizado na aquisição também é essencial para o projeto. VEJAMOS ALGUNS TIPOS DE CONTRATOS
  • 23. Nossa 2º Entrega Nosso Projeto: Desenvolver um plano de projeto resumido de uma implantação ou melhoria de processos. PM Model Canva (Anexo II) - Preencher: Justificativa I Obj. Smart Benefícios I Produto/Serviços I Stakeholders I Requisitos I Restrições I Grupos de Entregas