SlideShare uma empresa Scribd logo
Hipóteses de
Leitura e Escrita
Sugestões de Atividades para cada nível de Escrita
PRÉ-SILÁBICO
Nível Pré-silábico I- É quando o aluno pensa que se escreve com desenhos. As letras não querem dizer
nada para ele. A professora pede que ele escreva “bola”, por exemplo, e ele desenha uma bola.
Nível Pré-silábico II-Neste nível, a criança ainda não estabelece relações entre a escrita e a pronúncia.
Nesta fase, ela expressa sua escrita através de letras e números usadas aleatoriamente, sem repetição e
com o critério de no mínimo três. Ela só sabe que se escreve com símbolos, mas não relaciona esses
símbolos com a linguagem oral. Acha que coisas grandes devem ter nomes com muitas letras e coisas
pequenas nomes com poucas letras. É a fase do “realismo nominal”.
Conflito que levará ao próximo nível: a percepção de que há estabilidade nas palavras (há uma
forma única para escrever corretamente cada palavra).
Avanços esperados:
• - Diferenciar o desenho da escrita;
• - Perceber letras e sons;
• - Identificar e escrever o próprio nome;
• - Identificar as letras do alfabeto;
• - Perceber que usamos letras diferentes em diferentes posições.
Sugestões de Atividades:
• - Desenhar e escrever o que desenhou;
• - Usar o nome em situações significativas: marcar atividades. Objetos utilizá-los em jogos, bilhetes,
etc.
• - Utilizar o nome dos estudantes escritos em crachás e em cartazes (explorar a escrita do nome no
crachá, letra inicial, letra final, quantidade de letras, nomes iguais, inicial igual... durante a rotina).
• - Confeccionar gráficos de colunas com os nomes seriados em ordem de acordo com o número de
letras. Classificar os nomes pelo número de letras, pela letra inicial ou final.
• - Reconhecer e ler o nome próprio em situações significativas: chamadas, jogos, etc.
• - Ter contato com diferentes gêneros textuais;
• - Conversar sobre a função da escrita;
• - Utilizar letras móveis para pesquisar nomes, reproduzir o próprio nome ou dos amigos; bingo de
letras;
• - Produção oral de histórias;
• - Textos coletivos tendo o professor como escriba;
• - Comparar e relacionar palavras;
• - Atividades que seja preciso reconhecer a letra inicial e final;
• - Contar números de letras ou palavras das frases;
• - Atividades que apontem para a variação da quantidade de letras;
• - Completar palavras usando a letra inicial e final; completar as letras que faltam;
• - Ligar palavras ao número de letras, ou a letra inicial;
• - Escrever listas em que isto tenha significado: listar o que usamos na hora do lanche, o que tem na
festa de aniversário, etc. Sugestões de Jogos:
• - Trabalhar o nome do estudante através de jogos: dominó, memória, boliche, bingo...
SILÁBICO
A criança descobre a lógica da escrita, percebendo a correspondência entre a representação escrita das
palavras e as propriedades sonoras das letras, mas pensa que cada letra representa é uma sílaba oral, ou
seja, usa ao escrever uma letra para cada emissão sonora (cada sílaba).
Conflito que levará ao próximo nível: impossibilidade de ler silabicamente o que os outros escrevem
(sobram letras).
A) Silábico com valor sonoro B) Silábico sem valor sonoro
Avanços esperados:
• Atribuir valor sonoro às letras;
• Aceitar que não é preciso muitas letras para se escrever apenas o necessário para representar a fala;
• Perceber que palavras diferentes são escritas com letras em ordens diferentes;
Sugestões de Atividades:
 -Todas as atividades do nível anterior;
 -Comparar e relacionar escritas de palavras diversas
 -Completar palavras com letras para evidenciar seu som: CAMELO = C M L ou
A E O;
 -Relacionar personagens a partir do nome escrito;
 -Relacionar figura às palavras, através do reconhecimento da letra inicial;
 -Reconhecer letras no texto trabalhado;
 -Cruzadinhas;
 -Caça-palavras;
 -Completar lacunas em texto e palavra;
 - Evidenciar rimas entre as palavras;
 - Usar o alfabeto móvel para escritas significativas;
 - Contar a quantidade de palavras de uma frase;
 - Analise oral e escrita do número de sílaba, sílaba inicial e final das palavras do texto;
 - Lista de palavras com a mesma sílaba final ou inicial;
 - Escrever palavras a partir da letra inicial ou da sílaba inicial;
 - Ligar palavras ao desenho;
 - Propor atividades de escrita de palavras em duplas (um dita e outro escreve).
SILÁBICO-ALFABÉTICO
Começa a compreender que as sílabas possuem mais que uma letra (fará a transição de ora utilizar uma
letra para cada sílaba, ora reconhecer os demais fonemas das palavras e passar a empregá-los). Mistura a
lógica da fase anterior com a identificação de algumas sílabas;
Avanços esperados:
• Usar mais de uma letra para representar o fonema quando necessário.
• Atribuir o valor sonoro das letras;
Sugestões de Atividades:
- Separar as palavras de um texto;
- Generalizar os conhecimentos para escrever palavras que não conhece: Associar o “GA” do nome da
“GABRIELA” para escrever “GATO” “GAROTA”, “GAVETA”...;
- Procurar desenvolver o próprio pensamento das crianças para que percebam o que é provável e o que é
impossível encontrar na linguagem escrita;
- Formação de frases;
- Cruzadinhas utilizando fotografias;
- Fazer caça-palavras, imprimindo maior grau de dificuldade a essa atividade, como: na vertical, na
diagonal, em ordem inversa, etc.
- Dividir palavras em sílabas;
- Formar palavras a partir de sílabas;
- Produção de textos, ditados e listas.
ALFABÉTICO
Caracteriza-se pela correspondência entre fonemas e grafemas, quando a criança compreende a
organização e o funcionamento da escrita e começa a perceber que cada emissão sonora (sílaba) pode ser
representada, na escrita, por uma ou mais letras. A base alfabética da escrita se constrói a partir do
conflito criado pela impossibilidade de ler silabicamente a escrita padrão (sobram letras) e de ler a escrita
silábica (faltam letras).
Aqui a criança já compreendeu que cada um dos caracteres da escrita corresponde a valores menores que
a sílaba. Isto não quer dizer que todas as barreiras tenham sido superadas: a partir deste momento, a
criança se defrontará com as dificuldades da ortografia por exemplo.
Avanços esperados:
• Realizar a escrita correta das palavras.
• Preocupação com as questões ortográficas e textuais (parágrafo e pontuação).
Sugestões de Atividades:
• - Todas as anteriores;
• - Leituras diversas;
• - Escrita de listas de palavras que apresentem as mesmas regularidades ortográficas em momentos
em que isto seja significativo;
• - Atividades a partir de um texto: leitura, localização de palavras ou frases; ordenar o texto;
• - Considerar o “erro” como construtivo e parte do processo de aprendizagem.
• - Análise linguística das palavras;
• - Atividade de escritas: complete, stop, cruzadinha, forca, caça-palavras...
• - Produção coletiva e individual de textos;
• - Reescrita de textos (individual e coletiva).
Anotações
Níveis pós-alfabetização segundo o GEEMPA/ESTHER PILLAR GROSSI
Níveis pós-alfabetização segundo o GEEMPA/CRA
Alfabetizado
1
-Textos curtos com escrita/leitura parcial, com ou sem
segmentação;
- No ditado de palavras compreende a vogal inicial e
encontros consonantais. Contudo, no texto prevalece
consoante e vogal;
- O estudante ainda não compreende o que lê (leitura
silabada);
Alfabetizado
2
-Entende que uma sílaba pode não ter uma ordem fixa de
consoante e vogal, escrevendo palavras utilizando vcv, vcc;
mas pode trocar a ordem.
- Resolve encontro consonantal;
- No ditado de palavras percebe o nhe ao invés do ne, mas no
texto pode oscilar;
- Faz textos curtos, sem paragrafação, porém segmentado.
-Já inicia a compreensão de alguns dígrafos (nh, lh, ch).
Alfabetizado
3
-Textos longos com esquema de pensamento de início, meio e
fim;
- Ainda apresenta vícios de linguagem;
- Utiliza-se alguns sinais de pontuação.
- Apresenta alguns erros ortográficos (flv; t/d; p/b) e dígrafos
(ss/rr/sc);
- Resolve a nasalização;
- Apresenta boa leitura e interpreta o que lê;
-O aluno deverá ter noções de parágrafos, estruturando textos.
Alfabetizado
4
- Texto com esquema de pensamento de início, meio e fim
com paragrafação, presença de diálogos (quando há
narrativa);
- Uso de pontuação;
- Uso de linguagem mais complexa;
- Compreende questões fonéticas e sílabas complexas,
admitindo erros ortográficos (ex: sons do x);
- Admite consoante muda e sílabas com mais de 3 letras;
- Leitura fluente com boa interpretação.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Ativ. ortografia para alfabeticos
Ativ. ortografia para alfabeticosAtiv. ortografia para alfabeticos
Ativ. ortografia para alfabeticos
karlla16
 
gente tem nome e sobrenome.pdf
gente tem nome e sobrenome.pdfgente tem nome e sobrenome.pdf
gente tem nome e sobrenome.pdf
HELENA FREIRES
 
Atividades_rótulos
Atividades_rótulosAtividades_rótulos
Atividades_rótulos
Isa ...
 
Apostila de atividades de alfabetização
Apostila de atividades de alfabetizaçãoApostila de atividades de alfabetização
Apostila de atividades de alfabetização
Elisangela Terra
 
Verificação de aprendizagem português 3º ano
Verificação  de  aprendizagem português 3º anoVerificação  de  aprendizagem português 3º ano
Verificação de aprendizagem português 3º ano
Kelry Carvalho
 
Apostila 28 palavras parte 1
Apostila 28 palavras parte 1Apostila 28 palavras parte 1
Apostila 28 palavras parte 1
Isa ...
 
Sequência Didática- O Leão e o Ratinho
Sequência Didática- O Leão e o RatinhoSequência Didática- O Leão e o Ratinho
Sequência Didática- O Leão e o Ratinho
CristhianeGuimaraes
 
Atividade leitura frases
Atividade leitura frasesAtividade leitura frases
Atividade leitura frases
Danielle Almeida
 
Atividades a casa
Atividades a casaAtividades a casa
Atividades a casa
Elissania Soares Silva
 
Frases para ordenar menino maluquinho
Frases para ordenar menino maluquinhoFrases para ordenar menino maluquinho
Frases para ordenar menino maluquinho
Cláudia Borges
 
Sequência Didática PARLENDA
Sequência Didática PARLENDASequência Didática PARLENDA
Sequência Didática PARLENDA
Eleúzia Lins Silva
 
1ª Sequência Didática - Género textual: Lista de compras
1ª Sequência Didática - Género textual: Lista de compras1ª Sequência Didática - Género textual: Lista de compras
1ª Sequência Didática - Género textual: Lista de compras
Eleúzia Lins Silva
 
Atividades de segmentação
Atividades de segmentaçãoAtividades de segmentação
Atividades de segmentação
Dário Reis
 
Parlenda "A Coruja"
Parlenda "A Coruja"Parlenda "A Coruja"
Numerais de 100 a 150
Numerais de 100 a 150Numerais de 100 a 150
Numerais de 100 a 150
lyzandra de camargo
 
Música: Gente tem Sobrenome e Atividades
 Música: Gente tem Sobrenome e Atividades Música: Gente tem Sobrenome e Atividades
Música: Gente tem Sobrenome e Atividades
Letras Mágicas
 
Produção textual
Produção textualProdução textual
Produção textual
Mary Alvarenga
 
Prova português para o 2º ano
Prova português para o 2º anoProva português para o 2º ano
Prova português para o 2º ano
Eliete Soares E Soares
 
ATIVIDADES COM PARLENDA
ATIVIDADES COM  PARLENDAATIVIDADES COM  PARLENDA
ATIVIDADES COM PARLENDA
Maria Élia David de Assis Ferreira
 
Atividades encontros-vocálicos
Atividades encontros-vocálicos Atividades encontros-vocálicos
Atividades encontros-vocálicos
Jairtes Lima
 

Mais procurados (20)

Ativ. ortografia para alfabeticos
Ativ. ortografia para alfabeticosAtiv. ortografia para alfabeticos
Ativ. ortografia para alfabeticos
 
gente tem nome e sobrenome.pdf
gente tem nome e sobrenome.pdfgente tem nome e sobrenome.pdf
gente tem nome e sobrenome.pdf
 
Atividades_rótulos
Atividades_rótulosAtividades_rótulos
Atividades_rótulos
 
Apostila de atividades de alfabetização
Apostila de atividades de alfabetizaçãoApostila de atividades de alfabetização
Apostila de atividades de alfabetização
 
Verificação de aprendizagem português 3º ano
Verificação  de  aprendizagem português 3º anoVerificação  de  aprendizagem português 3º ano
Verificação de aprendizagem português 3º ano
 
Apostila 28 palavras parte 1
Apostila 28 palavras parte 1Apostila 28 palavras parte 1
Apostila 28 palavras parte 1
 
Sequência Didática- O Leão e o Ratinho
Sequência Didática- O Leão e o RatinhoSequência Didática- O Leão e o Ratinho
Sequência Didática- O Leão e o Ratinho
 
Atividade leitura frases
Atividade leitura frasesAtividade leitura frases
Atividade leitura frases
 
Atividades a casa
Atividades a casaAtividades a casa
Atividades a casa
 
Frases para ordenar menino maluquinho
Frases para ordenar menino maluquinhoFrases para ordenar menino maluquinho
Frases para ordenar menino maluquinho
 
Sequência Didática PARLENDA
Sequência Didática PARLENDASequência Didática PARLENDA
Sequência Didática PARLENDA
 
1ª Sequência Didática - Género textual: Lista de compras
1ª Sequência Didática - Género textual: Lista de compras1ª Sequência Didática - Género textual: Lista de compras
1ª Sequência Didática - Género textual: Lista de compras
 
Atividades de segmentação
Atividades de segmentaçãoAtividades de segmentação
Atividades de segmentação
 
Parlenda "A Coruja"
Parlenda "A Coruja"Parlenda "A Coruja"
Parlenda "A Coruja"
 
Numerais de 100 a 150
Numerais de 100 a 150Numerais de 100 a 150
Numerais de 100 a 150
 
Música: Gente tem Sobrenome e Atividades
 Música: Gente tem Sobrenome e Atividades Música: Gente tem Sobrenome e Atividades
Música: Gente tem Sobrenome e Atividades
 
Produção textual
Produção textualProdução textual
Produção textual
 
Prova português para o 2º ano
Prova português para o 2º anoProva português para o 2º ano
Prova português para o 2º ano
 
ATIVIDADES COM PARLENDA
ATIVIDADES COM  PARLENDAATIVIDADES COM  PARLENDA
ATIVIDADES COM PARLENDA
 
Atividades encontros-vocálicos
Atividades encontros-vocálicos Atividades encontros-vocálicos
Atividades encontros-vocálicos
 

Semelhante a 2. Apostila da Oficina da Psicogênese em 2021.pdf

Apresentação psicogênese da língua escrita
Apresentação psicogênese da língua escritaApresentação psicogênese da língua escrita
Apresentação psicogênese da língua escrita
MARILENE RANGEL
 
Hipóteses da Língua Escrita
Hipóteses da Língua EscritaHipóteses da Língua Escrita
Hipóteses da Língua Escrita
Rayane Paula
 
Apresentaopsicognesedalnguaescrita 110616193411-phpapp01
Apresentaopsicognesedalnguaescrita 110616193411-phpapp01Apresentaopsicognesedalnguaescrita 110616193411-phpapp01
Apresentaopsicognesedalnguaescrita 110616193411-phpapp01
pedagogia para licenciados
 
Apresentaopsicognesedalnguaescrita 110616193411-phpapp01
Apresentaopsicognesedalnguaescrita 110616193411-phpapp01Apresentaopsicognesedalnguaescrita 110616193411-phpapp01
Apresentaopsicognesedalnguaescrita 110616193411-phpapp01
pedagogia para licenciados
 
Apresentação psicogênese da língua escrita
Apresentação psicogênese da língua escritaApresentação psicogênese da língua escrita
Apresentação psicogênese da língua escrita
Ana Paula Epifanio
 
JOGOS PARA TRABALHAR OS NÍVEIS DE LEITURA E ESCRITA
JOGOS PARA TRABALHAR OS NÍVEIS DE LEITURA E ESCRITAJOGOS PARA TRABALHAR OS NÍVEIS DE LEITURA E ESCRITA
JOGOS PARA TRABALHAR OS NÍVEIS DE LEITURA E ESCRITA
Fabiana Lopes
 
4. psicogenese da_lingua_escrita
4. psicogenese da_lingua_escrita4. psicogenese da_lingua_escrita
4. psicogenese da_lingua_escrita
Pactoufba
 
Apresentação planejamento psicogênese da língua escrita
Apresentação planejamento   psicogênese da língua escritaApresentação planejamento   psicogênese da língua escrita
Apresentação planejamento psicogênese da língua escrita
Alekson Morais
 
Niveis de escrita
Niveis de escritaNiveis de escrita
Niveis de escrita
daianabsf
 
Alfabetização
AlfabetizaçãoAlfabetização
Alfabetização
Agnes Roberta de Giulio
 
Atividadesparanvelpr silbico-130601023708-phpapp01
Atividadesparanvelpr silbico-130601023708-phpapp01Atividadesparanvelpr silbico-130601023708-phpapp01
Atividadesparanvelpr silbico-130601023708-phpapp01
Kreusa Martins
 
Identificação dos níveis silábicos Emília Ferreiro
Identificação dos níveis silábicos Emília Ferreiro Identificação dos níveis silábicos Emília Ferreiro
Identificação dos níveis silábicos Emília Ferreiro
augustafranca7
 
Ficha de monitoramento dos níveis da escrita
Ficha de monitoramento dos níveis da  escritaFicha de monitoramento dos níveis da  escrita
Ficha de monitoramento dos níveis da escrita
Andreá Perez Leinat
 
Concepção de alfabetizaação Hipotese alfabetica
 Concepção de alfabetizaação Hipotese alfabetica Concepção de alfabetizaação Hipotese alfabetica
Concepção de alfabetizaação Hipotese alfabetica
♥Marcinhatinelli♥
 
Alfabetização com letramento
Alfabetização com letramentoAlfabetização com letramento
Alfabetização com letramento
Nice Lacerda
 
Análise da escrita alfabética
Análise da escrita alfabéticaAnálise da escrita alfabética
Análise da escrita alfabética
Ananda Lima
 
Nivel de desenvolvimento da escrita
Nivel de desenvolvimento da escritaNivel de desenvolvimento da escrita
Nivel de desenvolvimento da escrita
Edinei Messias
 
Unidade 3 - PNAIC - Sistema de Escrita Alfabética
Unidade 3 - PNAIC - Sistema de Escrita AlfabéticaUnidade 3 - PNAIC - Sistema de Escrita Alfabética
Unidade 3 - PNAIC - Sistema de Escrita Alfabética
Elaine Cruz
 
Psicogênese da Língua Escrita
Psicogênese da Língua EscritaPsicogênese da Língua Escrita
Psicogênese da Língua Escrita
Jessica Nuvens
 
Intervenções no processo da aquisição da escrita
Intervenções no processo da aquisição da escritaIntervenções no processo da aquisição da escrita
Intervenções no processo da aquisição da escrita
Elaine Mesquita
 

Semelhante a 2. Apostila da Oficina da Psicogênese em 2021.pdf (20)

Apresentação psicogênese da língua escrita
Apresentação psicogênese da língua escritaApresentação psicogênese da língua escrita
Apresentação psicogênese da língua escrita
 
Hipóteses da Língua Escrita
Hipóteses da Língua EscritaHipóteses da Língua Escrita
Hipóteses da Língua Escrita
 
Apresentaopsicognesedalnguaescrita 110616193411-phpapp01
Apresentaopsicognesedalnguaescrita 110616193411-phpapp01Apresentaopsicognesedalnguaescrita 110616193411-phpapp01
Apresentaopsicognesedalnguaescrita 110616193411-phpapp01
 
Apresentaopsicognesedalnguaescrita 110616193411-phpapp01
Apresentaopsicognesedalnguaescrita 110616193411-phpapp01Apresentaopsicognesedalnguaescrita 110616193411-phpapp01
Apresentaopsicognesedalnguaescrita 110616193411-phpapp01
 
Apresentação psicogênese da língua escrita
Apresentação psicogênese da língua escritaApresentação psicogênese da língua escrita
Apresentação psicogênese da língua escrita
 
JOGOS PARA TRABALHAR OS NÍVEIS DE LEITURA E ESCRITA
JOGOS PARA TRABALHAR OS NÍVEIS DE LEITURA E ESCRITAJOGOS PARA TRABALHAR OS NÍVEIS DE LEITURA E ESCRITA
JOGOS PARA TRABALHAR OS NÍVEIS DE LEITURA E ESCRITA
 
4. psicogenese da_lingua_escrita
4. psicogenese da_lingua_escrita4. psicogenese da_lingua_escrita
4. psicogenese da_lingua_escrita
 
Apresentação planejamento psicogênese da língua escrita
Apresentação planejamento   psicogênese da língua escritaApresentação planejamento   psicogênese da língua escrita
Apresentação planejamento psicogênese da língua escrita
 
Niveis de escrita
Niveis de escritaNiveis de escrita
Niveis de escrita
 
Alfabetização
AlfabetizaçãoAlfabetização
Alfabetização
 
Atividadesparanvelpr silbico-130601023708-phpapp01
Atividadesparanvelpr silbico-130601023708-phpapp01Atividadesparanvelpr silbico-130601023708-phpapp01
Atividadesparanvelpr silbico-130601023708-phpapp01
 
Identificação dos níveis silábicos Emília Ferreiro
Identificação dos níveis silábicos Emília Ferreiro Identificação dos níveis silábicos Emília Ferreiro
Identificação dos níveis silábicos Emília Ferreiro
 
Ficha de monitoramento dos níveis da escrita
Ficha de monitoramento dos níveis da  escritaFicha de monitoramento dos níveis da  escrita
Ficha de monitoramento dos níveis da escrita
 
Concepção de alfabetizaação Hipotese alfabetica
 Concepção de alfabetizaação Hipotese alfabetica Concepção de alfabetizaação Hipotese alfabetica
Concepção de alfabetizaação Hipotese alfabetica
 
Alfabetização com letramento
Alfabetização com letramentoAlfabetização com letramento
Alfabetização com letramento
 
Análise da escrita alfabética
Análise da escrita alfabéticaAnálise da escrita alfabética
Análise da escrita alfabética
 
Nivel de desenvolvimento da escrita
Nivel de desenvolvimento da escritaNivel de desenvolvimento da escrita
Nivel de desenvolvimento da escrita
 
Unidade 3 - PNAIC - Sistema de Escrita Alfabética
Unidade 3 - PNAIC - Sistema de Escrita AlfabéticaUnidade 3 - PNAIC - Sistema de Escrita Alfabética
Unidade 3 - PNAIC - Sistema de Escrita Alfabética
 
Psicogênese da Língua Escrita
Psicogênese da Língua EscritaPsicogênese da Língua Escrita
Psicogênese da Língua Escrita
 
Intervenções no processo da aquisição da escrita
Intervenções no processo da aquisição da escritaIntervenções no processo da aquisição da escrita
Intervenções no processo da aquisição da escrita
 

Último

O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
DouglasMoraes54
 
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
Crisnaiara
 
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Centro Jacques Delors
 
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdfPrimeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Maurício Bratz
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptxDEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
ConservoConstrues
 
SLIDE LIÇÃO 10 - DESENVOLVENDO UMA CONSCIÊNCIA DE SANTIDADE - TEXTO ÁUREO...
SLIDE LIÇÃO 10 - DESENVOLVENDO UMA CONSCIÊNCIA DE SANTIDADE - TEXTO ÁUREO...SLIDE LIÇÃO 10 - DESENVOLVENDO UMA CONSCIÊNCIA DE SANTIDADE - TEXTO ÁUREO...
SLIDE LIÇÃO 10 - DESENVOLVENDO UMA CONSCIÊNCIA DE SANTIDADE - TEXTO ÁUREO...
y6zh7bvphf
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
AlineOliveira625820
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
ARIADNEMARTINSDACRUZ
 
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
AdrianoMontagna1
 
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
Pr Davi Passos - Estudos Bíblicos
 
2009_Apresentação-ufscar- TCC - AILTON.ppt
2009_Apresentação-ufscar- TCC - AILTON.ppt2009_Apresentação-ufscar- TCC - AILTON.ppt
2009_Apresentação-ufscar- TCC - AILTON.ppt
Ailton Barcelos
 
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdfAula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
vitorreissouzasilva
 
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdfAula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
AntonioAngeloNeves
 
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
TiagoLouro8
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
Manuais Formação
 
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Atividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docxAtividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docx
MARCELARUBIAGAVA
 
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidadeAula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
AlessandraRibas7
 

Último (20)

O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
 
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
 
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
 
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdfPrimeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptxDEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
 
SLIDE LIÇÃO 10 - DESENVOLVENDO UMA CONSCIÊNCIA DE SANTIDADE - TEXTO ÁUREO...
SLIDE LIÇÃO 10 - DESENVOLVENDO UMA CONSCIÊNCIA DE SANTIDADE - TEXTO ÁUREO...SLIDE LIÇÃO 10 - DESENVOLVENDO UMA CONSCIÊNCIA DE SANTIDADE - TEXTO ÁUREO...
SLIDE LIÇÃO 10 - DESENVOLVENDO UMA CONSCIÊNCIA DE SANTIDADE - TEXTO ÁUREO...
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
 
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
 
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
 
2009_Apresentação-ufscar- TCC - AILTON.ppt
2009_Apresentação-ufscar- TCC - AILTON.ppt2009_Apresentação-ufscar- TCC - AILTON.ppt
2009_Apresentação-ufscar- TCC - AILTON.ppt
 
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdfAula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
 
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdfAula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
 
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
 
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
 
Atividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docxAtividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docx
 
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidadeAula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
 

2. Apostila da Oficina da Psicogênese em 2021.pdf

  • 1. Hipóteses de Leitura e Escrita Sugestões de Atividades para cada nível de Escrita PRÉ-SILÁBICO Nível Pré-silábico I- É quando o aluno pensa que se escreve com desenhos. As letras não querem dizer nada para ele. A professora pede que ele escreva “bola”, por exemplo, e ele desenha uma bola. Nível Pré-silábico II-Neste nível, a criança ainda não estabelece relações entre a escrita e a pronúncia. Nesta fase, ela expressa sua escrita através de letras e números usadas aleatoriamente, sem repetição e com o critério de no mínimo três. Ela só sabe que se escreve com símbolos, mas não relaciona esses símbolos com a linguagem oral. Acha que coisas grandes devem ter nomes com muitas letras e coisas pequenas nomes com poucas letras. É a fase do “realismo nominal”. Conflito que levará ao próximo nível: a percepção de que há estabilidade nas palavras (há uma forma única para escrever corretamente cada palavra). Avanços esperados: • - Diferenciar o desenho da escrita; • - Perceber letras e sons; • - Identificar e escrever o próprio nome; • - Identificar as letras do alfabeto; • - Perceber que usamos letras diferentes em diferentes posições.
  • 2. Sugestões de Atividades: • - Desenhar e escrever o que desenhou; • - Usar o nome em situações significativas: marcar atividades. Objetos utilizá-los em jogos, bilhetes, etc. • - Utilizar o nome dos estudantes escritos em crachás e em cartazes (explorar a escrita do nome no crachá, letra inicial, letra final, quantidade de letras, nomes iguais, inicial igual... durante a rotina). • - Confeccionar gráficos de colunas com os nomes seriados em ordem de acordo com o número de letras. Classificar os nomes pelo número de letras, pela letra inicial ou final. • - Reconhecer e ler o nome próprio em situações significativas: chamadas, jogos, etc. • - Ter contato com diferentes gêneros textuais; • - Conversar sobre a função da escrita; • - Utilizar letras móveis para pesquisar nomes, reproduzir o próprio nome ou dos amigos; bingo de letras; • - Produção oral de histórias; • - Textos coletivos tendo o professor como escriba; • - Comparar e relacionar palavras; • - Atividades que seja preciso reconhecer a letra inicial e final; • - Contar números de letras ou palavras das frases; • - Atividades que apontem para a variação da quantidade de letras; • - Completar palavras usando a letra inicial e final; completar as letras que faltam; • - Ligar palavras ao número de letras, ou a letra inicial; • - Escrever listas em que isto tenha significado: listar o que usamos na hora do lanche, o que tem na festa de aniversário, etc. Sugestões de Jogos: • - Trabalhar o nome do estudante através de jogos: dominó, memória, boliche, bingo... SILÁBICO A criança descobre a lógica da escrita, percebendo a correspondência entre a representação escrita das palavras e as propriedades sonoras das letras, mas pensa que cada letra representa é uma sílaba oral, ou seja, usa ao escrever uma letra para cada emissão sonora (cada sílaba). Conflito que levará ao próximo nível: impossibilidade de ler silabicamente o que os outros escrevem (sobram letras). A) Silábico com valor sonoro B) Silábico sem valor sonoro Avanços esperados: • Atribuir valor sonoro às letras; • Aceitar que não é preciso muitas letras para se escrever apenas o necessário para representar a fala;
  • 3. • Perceber que palavras diferentes são escritas com letras em ordens diferentes; Sugestões de Atividades:  -Todas as atividades do nível anterior;  -Comparar e relacionar escritas de palavras diversas  -Completar palavras com letras para evidenciar seu som: CAMELO = C M L ou A E O;  -Relacionar personagens a partir do nome escrito;  -Relacionar figura às palavras, através do reconhecimento da letra inicial;  -Reconhecer letras no texto trabalhado;  -Cruzadinhas;  -Caça-palavras;  -Completar lacunas em texto e palavra;  - Evidenciar rimas entre as palavras;  - Usar o alfabeto móvel para escritas significativas;  - Contar a quantidade de palavras de uma frase;  - Analise oral e escrita do número de sílaba, sílaba inicial e final das palavras do texto;  - Lista de palavras com a mesma sílaba final ou inicial;  - Escrever palavras a partir da letra inicial ou da sílaba inicial;  - Ligar palavras ao desenho;  - Propor atividades de escrita de palavras em duplas (um dita e outro escreve). SILÁBICO-ALFABÉTICO Começa a compreender que as sílabas possuem mais que uma letra (fará a transição de ora utilizar uma letra para cada sílaba, ora reconhecer os demais fonemas das palavras e passar a empregá-los). Mistura a lógica da fase anterior com a identificação de algumas sílabas; Avanços esperados: • Usar mais de uma letra para representar o fonema quando necessário. • Atribuir o valor sonoro das letras; Sugestões de Atividades: - Separar as palavras de um texto;
  • 4. - Generalizar os conhecimentos para escrever palavras que não conhece: Associar o “GA” do nome da “GABRIELA” para escrever “GATO” “GAROTA”, “GAVETA”...; - Procurar desenvolver o próprio pensamento das crianças para que percebam o que é provável e o que é impossível encontrar na linguagem escrita; - Formação de frases; - Cruzadinhas utilizando fotografias; - Fazer caça-palavras, imprimindo maior grau de dificuldade a essa atividade, como: na vertical, na diagonal, em ordem inversa, etc. - Dividir palavras em sílabas; - Formar palavras a partir de sílabas; - Produção de textos, ditados e listas. ALFABÉTICO Caracteriza-se pela correspondência entre fonemas e grafemas, quando a criança compreende a organização e o funcionamento da escrita e começa a perceber que cada emissão sonora (sílaba) pode ser representada, na escrita, por uma ou mais letras. A base alfabética da escrita se constrói a partir do conflito criado pela impossibilidade de ler silabicamente a escrita padrão (sobram letras) e de ler a escrita silábica (faltam letras). Aqui a criança já compreendeu que cada um dos caracteres da escrita corresponde a valores menores que a sílaba. Isto não quer dizer que todas as barreiras tenham sido superadas: a partir deste momento, a criança se defrontará com as dificuldades da ortografia por exemplo. Avanços esperados: • Realizar a escrita correta das palavras. • Preocupação com as questões ortográficas e textuais (parágrafo e pontuação). Sugestões de Atividades: • - Todas as anteriores; • - Leituras diversas;
  • 5. • - Escrita de listas de palavras que apresentem as mesmas regularidades ortográficas em momentos em que isto seja significativo; • - Atividades a partir de um texto: leitura, localização de palavras ou frases; ordenar o texto; • - Considerar o “erro” como construtivo e parte do processo de aprendizagem. • - Análise linguística das palavras; • - Atividade de escritas: complete, stop, cruzadinha, forca, caça-palavras... • - Produção coletiva e individual de textos; • - Reescrita de textos (individual e coletiva). Anotações
  • 6. Níveis pós-alfabetização segundo o GEEMPA/ESTHER PILLAR GROSSI
  • 7. Níveis pós-alfabetização segundo o GEEMPA/CRA Alfabetizado 1 -Textos curtos com escrita/leitura parcial, com ou sem segmentação; - No ditado de palavras compreende a vogal inicial e encontros consonantais. Contudo, no texto prevalece consoante e vogal; - O estudante ainda não compreende o que lê (leitura silabada); Alfabetizado 2 -Entende que uma sílaba pode não ter uma ordem fixa de consoante e vogal, escrevendo palavras utilizando vcv, vcc; mas pode trocar a ordem. - Resolve encontro consonantal; - No ditado de palavras percebe o nhe ao invés do ne, mas no texto pode oscilar; - Faz textos curtos, sem paragrafação, porém segmentado. -Já inicia a compreensão de alguns dígrafos (nh, lh, ch). Alfabetizado 3 -Textos longos com esquema de pensamento de início, meio e fim; - Ainda apresenta vícios de linguagem; - Utiliza-se alguns sinais de pontuação. - Apresenta alguns erros ortográficos (flv; t/d; p/b) e dígrafos (ss/rr/sc); - Resolve a nasalização; - Apresenta boa leitura e interpreta o que lê; -O aluno deverá ter noções de parágrafos, estruturando textos. Alfabetizado 4 - Texto com esquema de pensamento de início, meio e fim com paragrafação, presença de diálogos (quando há narrativa); - Uso de pontuação; - Uso de linguagem mais complexa; - Compreende questões fonéticas e sílabas complexas, admitindo erros ortográficos (ex: sons do x); - Admite consoante muda e sílabas com mais de 3 letras; - Leitura fluente com boa interpretação.