SlideShare uma empresa Scribd logo
RELAÇÃO MÃE/BEBÉ
MARY
AINSWORTH
E
Wilfred Bion
BIOGRAFIA
• Esta norte americana foi psicóloga e
professora.
• Nasceu a 1913 e morreu a 1999.
• Licenciou-se e tirou o doutoramento em
Toronto no Canada.
• Trabalhou como professora e fez investigação
em Londres e Kampala no Uganda.
• Voltou à América do norte onde lecionou na
universidade da Virgínia onde jubilou quase
durante duas décadas.
Filmes
• http://www.youtube.com/watch?v=55iUeD66e5M&feature=rel
ated - Ao longo da História
• http://www.youtube.com/watch?v=n_C8MmGPLQ8 Teoria do
Apego - ESTE
• http://www.youtube.com/watch?v=W5IjfcK3a_Y&feature=relat
ed situação estranha
• http://www.youtube.com/watch?v=IKZLsA3JM2Q Apego - ESTE
• http://www.youtube.com/watch?v=A9O7BlLmpfc Apego seguro
– ESTE
• http://www.youtube.com/watch?v=y63Npo7GQoI Criança com
apego Pediatra 2 horas e 40 minutos.
• http://www.youtube.com/watch?v=lOct-
4W9dTA&feature=related TUDO - Harlow – Spitz e Ainsworth
• http://www.youtube.com/watch?v=qaXcjExnhbM situação Est.
MARY AINSWORTH
O
OBSERVAÇÕES
BASE DE
SEGURANÇA
SITUAÇÃO
ESTRANHA
NORMA/REGRA
VINCULAÇÃO
SEGURA
UGANDA EXPERIÊNCIA
O
OBSERVAÇÕES
-SEGURA
-EVITANTE
-AMBIVALENTE/RESISTENTE
CONCLUI-SE:
EXISTEM
TRÊS TIPOS DE
VINCULAÇÕES
SITUAÇÃO ESTRANHA
SITUAÇÃO
EXPERIMENTAL
ENVOLVE:
- MÃE
- BEBÉ
- ADULTO AMISTOSO
COMPORTAMENTOS
CONCLUI-SE QUE:
EXISTEM DE TRÊS TIPOS DE VÍNCULOS
- CAT. A – SEGURA
- CAT. B – EVITANTE
- CAT. C – ANSIOSA-AMBIVELENTE
CRÍTICAS A AINSWORTH
EXPERIÊNCIA - SITUAÇÃO ESTRANHA
MODELO
BASE DE SEGURANÇA
CRÍTICAS
- ARTIFICIALIDADE DA EXPERIÊNCIA, LOGO CONCLUSÕES DESADEQUADAS;
- IGNORA A EXPECTATIVAS DA MÃE;
- ESQUECE AS DIFERENÇAS DO MEIO CULTURAL, SOCIOECONÓMICO;
- FALTA DE AUTONOMIA DA CRIANÇA;
- DEPENDÊNCIA DA MÃE OU FIGURA MATERNANTE;
- PODE SER PREFERÍVEL VÁRIAS FIGURAS DE VINCULAÇÃO DO QUE SÓ A
MÃE;
- A VINCULAÇÃO EVITANTE PODE SER DESEJÁVEL.
THOMAS
S. WEINER
≠
RELAÇÃO MÃE BEBÉ
WILFRED
BION
• Bion nasceu a 1897 e morreu a 1979.
• Foi um psicanalista britânico, pioneiro em dinâmica de grupo.
• O pensamento geral de Bion enquadra-se no pensamento da escola
da Teoria das Relações Objetais.
• Formado em medicina, seu interesse na psicanálise aumentou.
Submeteu-se então, a um treino em análise supervisionado pela
psicanalista Melanie Klein - pioneira no estudo da relação mãe e
filho, na idade de latente - que influenciou o pensamento de Bion.
• Como seguidor atento de Melanie Klein, desenvolveu alguns dos
seus conceitos tais como a expetativa inata do seio como objeto de
satisfação do bebé, o papel do afeto envolvendo sentimentos como
a ansiedade, a inveja, o ódio, etc.
• Passou seus últimos anos em Los Angeles, Califórnia.
RELAÇÃO MÃE/BEBÉ
RELAÇÃO CONTINENTE-CONTEÚDO
CONTINENTE CONTEÚDO
CENTRADO
NA MÃE
MEDO,
ANGÚSTIA,
EMOÇÕES …
DO BEBÉ
2 POSSIBILIDADES DE ACÇÃO DA MÃE
LÊ A REACÇÃO
DO BEBÉ
COMO UMA
MANHA
FICA ALARMADA COM AS
REAÇÕES DO BEBÉ
(SOBREPROTEÇÃO) E CRIA-
-LHE MAIS ANSIEDADE
A MÃE ABSORVE
NELA A ANSIEDADE
MANIFESTADA
PELO BEBÉ
NÃO-CONTINENTE CONTINENTE

Mais conteúdo relacionado

Destaque

brincadeiras infantis
brincadeiras infantisbrincadeiras infantis
brincadeiras infantis
anecrisnobi
 
CordVida - Apresentação curso cuidados com o Bebê
CordVida - Apresentação curso cuidados com o BebêCordVida - Apresentação curso cuidados com o Bebê
CordVida - Apresentação curso cuidados com o Bebê
CORDVIDA
 
História de vida
História de vidaHistória de vida
Cuidados com o bebê
Cuidados com o bebêCuidados com o bebê
Cuidados com o bebê
Julio Siqueira
 
Giordano Bruno Escola de Pais - "Como evitar Acidentes - Noções de Prevenção ...
Giordano Bruno Escola de Pais - "Como evitar Acidentes - Noções de Prevenção ...Giordano Bruno Escola de Pais - "Como evitar Acidentes - Noções de Prevenção ...
Giordano Bruno Escola de Pais - "Como evitar Acidentes - Noções de Prevenção ...
escolagb
 
Formação Continuada para os Educadores do PRAEJA 11-04
Formação Continuada para os Educadores do PRAEJA 11-04Formação Continuada para os Educadores do PRAEJA 11-04
Formação Continuada para os Educadores do PRAEJA 11-04
CENFOP - Ipatinga
 
Ebook para alem da clinica autor renato dias martino no pw
Ebook para alem da clinica autor renato dias martino no pwEbook para alem da clinica autor renato dias martino no pw
Ebook para alem da clinica autor renato dias martino no pw
Renato Dias Martino
 
IBCP - Instituto Brasileiro de Ciências e Psicanálise
IBCP - Instituto Brasileiro de Ciências e PsicanáliseIBCP - Instituto Brasileiro de Ciências e Psicanálise
IBCP - Instituto Brasileiro de Ciências e Psicanálise
IBCP - Instituto Brasileiro de Ciências e Psicanálise
 
Meu corpo o caminho
Meu corpo   o caminhoMeu corpo   o caminho
Meu corpo o caminho
Claudio Duarte Sá
 
Psicoembriologia
PsicoembriologiaPsicoembriologia
Influências do encáfalo no comportamento sexual
Influências do encáfalo no comportamento sexualInfluências do encáfalo no comportamento sexual
Influências do encáfalo no comportamento sexual
Vanessa Cardoso
 
Vincent Crapanzano capitulo I Tuhami
Vincent Crapanzano capitulo I TuhamiVincent Crapanzano capitulo I Tuhami
Vincent Crapanzano capitulo I Tuhami
Raquel Marcelino Viegas
 
TEORI RELASI OBJEK - melanie klien
TEORI RELASI OBJEK - melanie klienTEORI RELASI OBJEK - melanie klien
TEORI RELASI OBJEK - melanie klien
dihastinee
 
A importância da relação de vinculação nos primeiros
A importância da relação de vinculação nos primeirosA importância da relação de vinculação nos primeiros
A importância da relação de vinculação nos primeiros
701274
 
Psicologia do Desenvolvimento: A IMPORTÂNCIA DA AFETIVIDADE NO DESENVOLVIMENT...
Psicologia do Desenvolvimento: A IMPORTÂNCIA DA AFETIVIDADE NO DESENVOLVIMENT...Psicologia do Desenvolvimento: A IMPORTÂNCIA DA AFETIVIDADE NO DESENVOLVIMENT...
Psicologia do Desenvolvimento: A IMPORTÂNCIA DA AFETIVIDADE NO DESENVOLVIMENT...
Rosicler Casal Bueno Cardoso
 
Núcleo psicologia
Núcleo psicologiaNúcleo psicologia
Núcleo psicologia
jorge luiz dos santos de souza
 
Textos metapsicológicos
Textos metapsicológicosTextos metapsicológicos
Textos metapsicológicos
Aline Stechitti
 
Alternativa de Tratamento da Tendência Antissocial: o placement
Alternativa de Tratamento da Tendência Antissocial: o placementAlternativa de Tratamento da Tendência Antissocial: o placement
Alternativa de Tratamento da Tendência Antissocial: o placement
Vida Mental Consultoria de Saúde Mental e Nutricional
 
Melanie klein
Melanie kleinMelanie klein
Melanie klein
Marcos Bruno Silva
 
Considerações acerca do pensamento de Karl Jaspers
 Considerações acerca do pensamento de Karl Jaspers Considerações acerca do pensamento de Karl Jaspers
Considerações acerca do pensamento de Karl Jaspers
Rayanne Chagas
 

Destaque (20)

brincadeiras infantis
brincadeiras infantisbrincadeiras infantis
brincadeiras infantis
 
CordVida - Apresentação curso cuidados com o Bebê
CordVida - Apresentação curso cuidados com o BebêCordVida - Apresentação curso cuidados com o Bebê
CordVida - Apresentação curso cuidados com o Bebê
 
História de vida
História de vidaHistória de vida
História de vida
 
Cuidados com o bebê
Cuidados com o bebêCuidados com o bebê
Cuidados com o bebê
 
Giordano Bruno Escola de Pais - "Como evitar Acidentes - Noções de Prevenção ...
Giordano Bruno Escola de Pais - "Como evitar Acidentes - Noções de Prevenção ...Giordano Bruno Escola de Pais - "Como evitar Acidentes - Noções de Prevenção ...
Giordano Bruno Escola de Pais - "Como evitar Acidentes - Noções de Prevenção ...
 
Formação Continuada para os Educadores do PRAEJA 11-04
Formação Continuada para os Educadores do PRAEJA 11-04Formação Continuada para os Educadores do PRAEJA 11-04
Formação Continuada para os Educadores do PRAEJA 11-04
 
Ebook para alem da clinica autor renato dias martino no pw
Ebook para alem da clinica autor renato dias martino no pwEbook para alem da clinica autor renato dias martino no pw
Ebook para alem da clinica autor renato dias martino no pw
 
IBCP - Instituto Brasileiro de Ciências e Psicanálise
IBCP - Instituto Brasileiro de Ciências e PsicanáliseIBCP - Instituto Brasileiro de Ciências e Psicanálise
IBCP - Instituto Brasileiro de Ciências e Psicanálise
 
Meu corpo o caminho
Meu corpo   o caminhoMeu corpo   o caminho
Meu corpo o caminho
 
Psicoembriologia
PsicoembriologiaPsicoembriologia
Psicoembriologia
 
Influências do encáfalo no comportamento sexual
Influências do encáfalo no comportamento sexualInfluências do encáfalo no comportamento sexual
Influências do encáfalo no comportamento sexual
 
Vincent Crapanzano capitulo I Tuhami
Vincent Crapanzano capitulo I TuhamiVincent Crapanzano capitulo I Tuhami
Vincent Crapanzano capitulo I Tuhami
 
TEORI RELASI OBJEK - melanie klien
TEORI RELASI OBJEK - melanie klienTEORI RELASI OBJEK - melanie klien
TEORI RELASI OBJEK - melanie klien
 
A importância da relação de vinculação nos primeiros
A importância da relação de vinculação nos primeirosA importância da relação de vinculação nos primeiros
A importância da relação de vinculação nos primeiros
 
Psicologia do Desenvolvimento: A IMPORTÂNCIA DA AFETIVIDADE NO DESENVOLVIMENT...
Psicologia do Desenvolvimento: A IMPORTÂNCIA DA AFETIVIDADE NO DESENVOLVIMENT...Psicologia do Desenvolvimento: A IMPORTÂNCIA DA AFETIVIDADE NO DESENVOLVIMENT...
Psicologia do Desenvolvimento: A IMPORTÂNCIA DA AFETIVIDADE NO DESENVOLVIMENT...
 
Núcleo psicologia
Núcleo psicologiaNúcleo psicologia
Núcleo psicologia
 
Textos metapsicológicos
Textos metapsicológicosTextos metapsicológicos
Textos metapsicológicos
 
Alternativa de Tratamento da Tendência Antissocial: o placement
Alternativa de Tratamento da Tendência Antissocial: o placementAlternativa de Tratamento da Tendência Antissocial: o placement
Alternativa de Tratamento da Tendência Antissocial: o placement
 
Melanie klein
Melanie kleinMelanie klein
Melanie klein
 
Considerações acerca do pensamento de Karl Jaspers
 Considerações acerca do pensamento de Karl Jaspers Considerações acerca do pensamento de Karl Jaspers
Considerações acerca do pensamento de Karl Jaspers
 

Mais de Henrique Vieira

3 genetica
3   genetica3   genetica
3 genetica
Henrique Vieira
 
1 genética
1  genética 1  genética
1 genética
Henrique Vieira
 
Cortex cerebral
Cortex cerebralCortex cerebral
Cortex cerebral
Henrique Vieira
 
Apr brain 1
Apr brain 1Apr brain 1
Apr brain 1
Henrique Vieira
 
Psicologia Aplicada
Psicologia AplicadaPsicologia Aplicada
Psicologia Aplicada
Henrique Vieira
 
3 Spit e hospitalismo
3   Spit e hospitalismo3   Spit e hospitalismo
3 Spit e hospitalismo
Henrique Vieira
 
1 vinculação precoce - mãe/bebé
1   vinculação precoce - mãe/bebé1   vinculação precoce - mãe/bebé
1 vinculação precoce - mãe/bebé
Henrique Vieira
 
Genetica
GeneticaGenetica
Genetica
Henrique Vieira
 
2 genotipo e fenotipo e gémeos
2   genotipo e fenotipo e gémeos2   genotipo e fenotipo e gémeos
2 genotipo e fenotipo e gémeos
Henrique Vieira
 
3 preformismo-filogénese e
3   preformismo-filogénese e3   preformismo-filogénese e
3 preformismo-filogénese e
Henrique Vieira
 
RELAÇÕES PRECOCES MÃE/BEBÉ
RELAÇÕES PRECOCES MÃE/BEBÉRELAÇÕES PRECOCES MÃE/BEBÉ
RELAÇÕES PRECOCES MÃE/BEBÉ
Henrique Vieira
 

Mais de Henrique Vieira (11)

3 genetica
3   genetica3   genetica
3 genetica
 
1 genética
1  genética 1  genética
1 genética
 
Cortex cerebral
Cortex cerebralCortex cerebral
Cortex cerebral
 
Apr brain 1
Apr brain 1Apr brain 1
Apr brain 1
 
Psicologia Aplicada
Psicologia AplicadaPsicologia Aplicada
Psicologia Aplicada
 
3 Spit e hospitalismo
3   Spit e hospitalismo3   Spit e hospitalismo
3 Spit e hospitalismo
 
1 vinculação precoce - mãe/bebé
1   vinculação precoce - mãe/bebé1   vinculação precoce - mãe/bebé
1 vinculação precoce - mãe/bebé
 
Genetica
GeneticaGenetica
Genetica
 
2 genotipo e fenotipo e gémeos
2   genotipo e fenotipo e gémeos2   genotipo e fenotipo e gémeos
2 genotipo e fenotipo e gémeos
 
3 preformismo-filogénese e
3   preformismo-filogénese e3   preformismo-filogénese e
3 preformismo-filogénese e
 
RELAÇÕES PRECOCES MÃE/BEBÉ
RELAÇÕES PRECOCES MÃE/BEBÉRELAÇÕES PRECOCES MÃE/BEBÉ
RELAÇÕES PRECOCES MÃE/BEBÉ
 

Último

A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
HisrelBlog
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
livrosjovert
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
KleginaldoPaz2
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Biblioteca UCS
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
Manuais Formação
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
JoeteCarvalho
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
MarceloMonteiro213738
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
ValdineyRodriguesBez1
 
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
YeniferGarcia36
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
edivirgesribeiro1
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
Pastor Robson Colaço
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 

Último (20)

A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
 
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 

2 ainsword-bion

  • 2. BIOGRAFIA • Esta norte americana foi psicóloga e professora. • Nasceu a 1913 e morreu a 1999. • Licenciou-se e tirou o doutoramento em Toronto no Canada. • Trabalhou como professora e fez investigação em Londres e Kampala no Uganda. • Voltou à América do norte onde lecionou na universidade da Virgínia onde jubilou quase durante duas décadas.
  • 3. Filmes • http://www.youtube.com/watch?v=55iUeD66e5M&feature=rel ated - Ao longo da História • http://www.youtube.com/watch?v=n_C8MmGPLQ8 Teoria do Apego - ESTE • http://www.youtube.com/watch?v=W5IjfcK3a_Y&feature=relat ed situação estranha • http://www.youtube.com/watch?v=IKZLsA3JM2Q Apego - ESTE • http://www.youtube.com/watch?v=A9O7BlLmpfc Apego seguro – ESTE • http://www.youtube.com/watch?v=y63Npo7GQoI Criança com apego Pediatra 2 horas e 40 minutos. • http://www.youtube.com/watch?v=lOct- 4W9dTA&feature=related TUDO - Harlow – Spitz e Ainsworth • http://www.youtube.com/watch?v=qaXcjExnhbM situação Est.
  • 5. O OBSERVAÇÕES -SEGURA -EVITANTE -AMBIVALENTE/RESISTENTE CONCLUI-SE: EXISTEM TRÊS TIPOS DE VINCULAÇÕES SITUAÇÃO ESTRANHA SITUAÇÃO EXPERIMENTAL ENVOLVE: - MÃE - BEBÉ - ADULTO AMISTOSO COMPORTAMENTOS CONCLUI-SE QUE: EXISTEM DE TRÊS TIPOS DE VÍNCULOS - CAT. A – SEGURA - CAT. B – EVITANTE - CAT. C – ANSIOSA-AMBIVELENTE
  • 6. CRÍTICAS A AINSWORTH EXPERIÊNCIA - SITUAÇÃO ESTRANHA MODELO BASE DE SEGURANÇA CRÍTICAS - ARTIFICIALIDADE DA EXPERIÊNCIA, LOGO CONCLUSÕES DESADEQUADAS; - IGNORA A EXPECTATIVAS DA MÃE; - ESQUECE AS DIFERENÇAS DO MEIO CULTURAL, SOCIOECONÓMICO; - FALTA DE AUTONOMIA DA CRIANÇA; - DEPENDÊNCIA DA MÃE OU FIGURA MATERNANTE; - PODE SER PREFERÍVEL VÁRIAS FIGURAS DE VINCULAÇÃO DO QUE SÓ A MÃE; - A VINCULAÇÃO EVITANTE PODE SER DESEJÁVEL. THOMAS S. WEINER ≠
  • 8. • Bion nasceu a 1897 e morreu a 1979. • Foi um psicanalista britânico, pioneiro em dinâmica de grupo. • O pensamento geral de Bion enquadra-se no pensamento da escola da Teoria das Relações Objetais. • Formado em medicina, seu interesse na psicanálise aumentou. Submeteu-se então, a um treino em análise supervisionado pela psicanalista Melanie Klein - pioneira no estudo da relação mãe e filho, na idade de latente - que influenciou o pensamento de Bion. • Como seguidor atento de Melanie Klein, desenvolveu alguns dos seus conceitos tais como a expetativa inata do seio como objeto de satisfação do bebé, o papel do afeto envolvendo sentimentos como a ansiedade, a inveja, o ódio, etc. • Passou seus últimos anos em Los Angeles, Califórnia.
  • 9. RELAÇÃO MÃE/BEBÉ RELAÇÃO CONTINENTE-CONTEÚDO CONTINENTE CONTEÚDO CENTRADO NA MÃE MEDO, ANGÚSTIA, EMOÇÕES … DO BEBÉ 2 POSSIBILIDADES DE ACÇÃO DA MÃE LÊ A REACÇÃO DO BEBÉ COMO UMA MANHA FICA ALARMADA COM AS REAÇÕES DO BEBÉ (SOBREPROTEÇÃO) E CRIA- -LHE MAIS ANSIEDADE A MÃE ABSORVE NELA A ANSIEDADE MANIFESTADA PELO BEBÉ NÃO-CONTINENTE CONTINENTE