SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 2
Baixar para ler offline
Olá, aluno(a)! Está com dificuldade ou sem tempo para elaborar
essa MAPA? Iremos te ajudar!
Entre em contato
(63) 99129-5554
MAPA – DIDÁTICA - 51/2024
Entender e compreender as teorias que embasaram e ainda embasam as tendências
pedagógicas não é tarefa fácil. No entanto, é de fundamental importância para que
possamos conhecer o processo histórico de construção da educação escolar em nosso
país, afinal, cada tendência pedagógica revela a perspectiva da sociedade, a função da
escola, o papel de professores e de alunos, a formação escolar de seus alunos e o
processo avaliativo em um determinado momento histórico. Isto é, cada tendência
pedagógica possui características específicas sobre: o papel do professor, o papel do aluno,
a função da escola, conteúdo, aprendizagem e avaliação. Dessa forma, conhecer essas
características possibilita que nós, professores, tenhamos maior conhecimento sobre a
nossa prática pedagógica, partindo da tendência que a escola adota para o processo de
ensino e de aprendizagem dos alunos, ou seja, de sua concepção teórica
A partir desse contexto, a atividade, então, propõe a construção de uma linha do tempo com
as principais características de cada tendência pedagógica
O que é preciso conter nessa linha do tempo?
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o papel do
professor, o papel do aluno, o foco dos conteúdos, o papel da escola, o método/abordagem
de aprendizagem e a avaliação.
Utilize o template do Formulário padrão para a atividade, que está disponível no material da
disciplina.
Capriche na criatividade para a sua linha do tempo!
ORIENTAÇÕES:
- Todas as respostas solicitadas deverão ser inseridas no Formulário MAPA padrão
disponível no ambiente da disciplina, na pasta MATERIAL DA DISCIPLINA.
- Assista ao vídeo explicativo da atividade disponível na Sala do Café.
- Formatação exigida para esta atividade: documento Word, Fonte Arial ou Times New
Roman, tamanho 12, espaçamento entre linhas 1,5, texto justificado.
- Ao se basear em quaisquer materiais de pesquisa, faça a citação e a referência conforme
as normas da ABNT.
- Procure detalhar a linha do tempo de forma clara e objetiva de acordo com o que é pedido
no enunciado nos tópicos 1, 2 e 3.
- Quando concluir a atividade no Formulário MAPA, você deve salvar em seu computador
ou dispositivo móvel em Word, ir até o Studeo e anexar o arquivo no campo correspondente
dentro da atividade MAPA. Confira se o arquivo que será anexado é o arquivo correto da
sua atividade. Após certificar-se de que se trata do arquivo correto, clique sobre "Selecionar
arquivo", em seguida, em "Responder" e, por fim, "Finalizar".
- Após "Finalizar" a atividade, não será possível reenviá-la ou realizar qualquer modificação
no arquivo enviado.

Mais conteúdo relacionado

Mais de azulassessoriaacadem3

Agora, você enfrentará um novo desafio. Receberá vistas isométricas de peças ...
Agora, você enfrentará um novo desafio. Receberá vistas isométricas de peças ...Agora, você enfrentará um novo desafio. Receberá vistas isométricas de peças ...
Agora, você enfrentará um novo desafio. Receberá vistas isométricas de peças ...azulassessoriaacadem3
 
Agora, você enfrentará um novo desafio. Receberá vistas isométricas de peças ...
Agora, você enfrentará um novo desafio. Receberá vistas isométricas de peças ...Agora, você enfrentará um novo desafio. Receberá vistas isométricas de peças ...
Agora, você enfrentará um novo desafio. Receberá vistas isométricas de peças ...azulassessoriaacadem3
 
ETAPA 2: A Precisão da Projeção Ortogonal no Desenho Técnico A projeção...
ETAPA 2: A Precisão da Projeção Ortogonal no Desenho Técnico       A projeção...ETAPA 2: A Precisão da Projeção Ortogonal no Desenho Técnico       A projeção...
ETAPA 2: A Precisão da Projeção Ortogonal no Desenho Técnico A projeção...azulassessoriaacadem3
 
ETAPA 2: A Precisão da Projeção Ortogonal no Desenho Técnico A projeção...
ETAPA 2: A Precisão da Projeção Ortogonal no Desenho Técnico       A projeção...ETAPA 2: A Precisão da Projeção Ortogonal no Desenho Técnico       A projeção...
ETAPA 2: A Precisão da Projeção Ortogonal no Desenho Técnico A projeção...azulassessoriaacadem3
 
Quando estamos trabalhando em um departamento de projetos, é de suma importân...
Quando estamos trabalhando em um departamento de projetos, é de suma importân...Quando estamos trabalhando em um departamento de projetos, é de suma importân...
Quando estamos trabalhando em um departamento de projetos, é de suma importân...azulassessoriaacadem3
 
Quando estamos trabalhando em um departamento de projetos, é de suma importân...
Quando estamos trabalhando em um departamento de projetos, é de suma importân...Quando estamos trabalhando em um departamento de projetos, é de suma importân...
Quando estamos trabalhando em um departamento de projetos, é de suma importân...azulassessoriaacadem3
 
ETAPA 1: Iniciando no Desenho Técnico O desenho técnico serve como uma lingua...
ETAPA 1: Iniciando no Desenho Técnico O desenho técnico serve como uma lingua...ETAPA 1: Iniciando no Desenho Técnico O desenho técnico serve como uma lingua...
ETAPA 1: Iniciando no Desenho Técnico O desenho técnico serve como uma lingua...azulassessoriaacadem3
 
ETAPA 1: Iniciando no Desenho Técnico O desenho técnico serve como uma lingua...
ETAPA 1: Iniciando no Desenho Técnico O desenho técnico serve como uma lingua...ETAPA 1: Iniciando no Desenho Técnico O desenho técnico serve como uma lingua...
ETAPA 1: Iniciando no Desenho Técnico O desenho técnico serve como uma lingua...azulassessoriaacadem3
 
PARTE 1: estruture o balanço patrimonial da empresa, usando o seguinte modelo:
PARTE 1: estruture o balanço patrimonial da empresa, usando o seguinte modelo:PARTE 1: estruture o balanço patrimonial da empresa, usando o seguinte modelo:
PARTE 1: estruture o balanço patrimonial da empresa, usando o seguinte modelo:azulassessoriaacadem3
 
PARTE 1: estruture o balanço patrimonial da empresa, usando o seguinte modelo:
PARTE 1: estruture o balanço patrimonial da empresa, usando o seguinte modelo:PARTE 1: estruture o balanço patrimonial da empresa, usando o seguinte modelo:
PARTE 1: estruture o balanço patrimonial da empresa, usando o seguinte modelo:azulassessoriaacadem3
 
4. Disserte sobre como o Senhor Jesus Cristo enxerga conflitos na igreja e qu...
4. Disserte sobre como o Senhor Jesus Cristo enxerga conflitos na igreja e qu...4. Disserte sobre como o Senhor Jesus Cristo enxerga conflitos na igreja e qu...
4. Disserte sobre como o Senhor Jesus Cristo enxerga conflitos na igreja e qu...azulassessoriaacadem3
 
4. Disserte sobre como o Senhor Jesus Cristo enxerga conflitos na igreja e qu...
4. Disserte sobre como o Senhor Jesus Cristo enxerga conflitos na igreja e qu...4. Disserte sobre como o Senhor Jesus Cristo enxerga conflitos na igreja e qu...
4. Disserte sobre como o Senhor Jesus Cristo enxerga conflitos na igreja e qu...azulassessoriaacadem3
 
2. Avalie a postura do pastor Epafrodito na condução do conflito, apresente p...
2. Avalie a postura do pastor Epafrodito na condução do conflito, apresente p...2. Avalie a postura do pastor Epafrodito na condução do conflito, apresente p...
2. Avalie a postura do pastor Epafrodito na condução do conflito, apresente p...azulassessoriaacadem3
 
2. Avalie a postura do pastor Epafrodito na condução do conflito, apresente p...
2. Avalie a postura do pastor Epafrodito na condução do conflito, apresente p...2. Avalie a postura do pastor Epafrodito na condução do conflito, apresente p...
2. Avalie a postura do pastor Epafrodito na condução do conflito, apresente p...azulassessoriaacadem3
 
1. Classifique a natureza do conflito entre Loide e Sintique.
1. Classifique a natureza do conflito entre Loide e Sintique.1. Classifique a natureza do conflito entre Loide e Sintique.
1. Classifique a natureza do conflito entre Loide e Sintique.azulassessoriaacadem3
 
1. Classifique a natureza do conflito entre Loide e Sintique.
1. Classifique a natureza do conflito entre Loide e Sintique.1. Classifique a natureza do conflito entre Loide e Sintique.
1. Classifique a natureza do conflito entre Loide e Sintique.azulassessoriaacadem3
 
5. Em caso de sentença condenatória do Estado agressor, quais as penas?
5. Em caso de sentença condenatória do Estado agressor, quais as penas?5. Em caso de sentença condenatória do Estado agressor, quais as penas?
5. Em caso de sentença condenatória do Estado agressor, quais as penas?azulassessoriaacadem3
 
5. Em caso de sentença condenatória do Estado agressor, quais as penas?
5. Em caso de sentença condenatória do Estado agressor, quais as penas?5. Em caso de sentença condenatória do Estado agressor, quais as penas?
5. Em caso de sentença condenatória do Estado agressor, quais as penas?azulassessoriaacadem3
 
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...azulassessoriaacadem3
 
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...azulassessoriaacadem3
 

Mais de azulassessoriaacadem3 (20)

Agora, você enfrentará um novo desafio. Receberá vistas isométricas de peças ...
Agora, você enfrentará um novo desafio. Receberá vistas isométricas de peças ...Agora, você enfrentará um novo desafio. Receberá vistas isométricas de peças ...
Agora, você enfrentará um novo desafio. Receberá vistas isométricas de peças ...
 
Agora, você enfrentará um novo desafio. Receberá vistas isométricas de peças ...
Agora, você enfrentará um novo desafio. Receberá vistas isométricas de peças ...Agora, você enfrentará um novo desafio. Receberá vistas isométricas de peças ...
Agora, você enfrentará um novo desafio. Receberá vistas isométricas de peças ...
 
ETAPA 2: A Precisão da Projeção Ortogonal no Desenho Técnico A projeção...
ETAPA 2: A Precisão da Projeção Ortogonal no Desenho Técnico       A projeção...ETAPA 2: A Precisão da Projeção Ortogonal no Desenho Técnico       A projeção...
ETAPA 2: A Precisão da Projeção Ortogonal no Desenho Técnico A projeção...
 
ETAPA 2: A Precisão da Projeção Ortogonal no Desenho Técnico A projeção...
ETAPA 2: A Precisão da Projeção Ortogonal no Desenho Técnico       A projeção...ETAPA 2: A Precisão da Projeção Ortogonal no Desenho Técnico       A projeção...
ETAPA 2: A Precisão da Projeção Ortogonal no Desenho Técnico A projeção...
 
Quando estamos trabalhando em um departamento de projetos, é de suma importân...
Quando estamos trabalhando em um departamento de projetos, é de suma importân...Quando estamos trabalhando em um departamento de projetos, é de suma importân...
Quando estamos trabalhando em um departamento de projetos, é de suma importân...
 
Quando estamos trabalhando em um departamento de projetos, é de suma importân...
Quando estamos trabalhando em um departamento de projetos, é de suma importân...Quando estamos trabalhando em um departamento de projetos, é de suma importân...
Quando estamos trabalhando em um departamento de projetos, é de suma importân...
 
ETAPA 1: Iniciando no Desenho Técnico O desenho técnico serve como uma lingua...
ETAPA 1: Iniciando no Desenho Técnico O desenho técnico serve como uma lingua...ETAPA 1: Iniciando no Desenho Técnico O desenho técnico serve como uma lingua...
ETAPA 1: Iniciando no Desenho Técnico O desenho técnico serve como uma lingua...
 
ETAPA 1: Iniciando no Desenho Técnico O desenho técnico serve como uma lingua...
ETAPA 1: Iniciando no Desenho Técnico O desenho técnico serve como uma lingua...ETAPA 1: Iniciando no Desenho Técnico O desenho técnico serve como uma lingua...
ETAPA 1: Iniciando no Desenho Técnico O desenho técnico serve como uma lingua...
 
PARTE 1: estruture o balanço patrimonial da empresa, usando o seguinte modelo:
PARTE 1: estruture o balanço patrimonial da empresa, usando o seguinte modelo:PARTE 1: estruture o balanço patrimonial da empresa, usando o seguinte modelo:
PARTE 1: estruture o balanço patrimonial da empresa, usando o seguinte modelo:
 
PARTE 1: estruture o balanço patrimonial da empresa, usando o seguinte modelo:
PARTE 1: estruture o balanço patrimonial da empresa, usando o seguinte modelo:PARTE 1: estruture o balanço patrimonial da empresa, usando o seguinte modelo:
PARTE 1: estruture o balanço patrimonial da empresa, usando o seguinte modelo:
 
4. Disserte sobre como o Senhor Jesus Cristo enxerga conflitos na igreja e qu...
4. Disserte sobre como o Senhor Jesus Cristo enxerga conflitos na igreja e qu...4. Disserte sobre como o Senhor Jesus Cristo enxerga conflitos na igreja e qu...
4. Disserte sobre como o Senhor Jesus Cristo enxerga conflitos na igreja e qu...
 
4. Disserte sobre como o Senhor Jesus Cristo enxerga conflitos na igreja e qu...
4. Disserte sobre como o Senhor Jesus Cristo enxerga conflitos na igreja e qu...4. Disserte sobre como o Senhor Jesus Cristo enxerga conflitos na igreja e qu...
4. Disserte sobre como o Senhor Jesus Cristo enxerga conflitos na igreja e qu...
 
2. Avalie a postura do pastor Epafrodito na condução do conflito, apresente p...
2. Avalie a postura do pastor Epafrodito na condução do conflito, apresente p...2. Avalie a postura do pastor Epafrodito na condução do conflito, apresente p...
2. Avalie a postura do pastor Epafrodito na condução do conflito, apresente p...
 
2. Avalie a postura do pastor Epafrodito na condução do conflito, apresente p...
2. Avalie a postura do pastor Epafrodito na condução do conflito, apresente p...2. Avalie a postura do pastor Epafrodito na condução do conflito, apresente p...
2. Avalie a postura do pastor Epafrodito na condução do conflito, apresente p...
 
1. Classifique a natureza do conflito entre Loide e Sintique.
1. Classifique a natureza do conflito entre Loide e Sintique.1. Classifique a natureza do conflito entre Loide e Sintique.
1. Classifique a natureza do conflito entre Loide e Sintique.
 
1. Classifique a natureza do conflito entre Loide e Sintique.
1. Classifique a natureza do conflito entre Loide e Sintique.1. Classifique a natureza do conflito entre Loide e Sintique.
1. Classifique a natureza do conflito entre Loide e Sintique.
 
5. Em caso de sentença condenatória do Estado agressor, quais as penas?
5. Em caso de sentença condenatória do Estado agressor, quais as penas?5. Em caso de sentença condenatória do Estado agressor, quais as penas?
5. Em caso de sentença condenatória do Estado agressor, quais as penas?
 
5. Em caso de sentença condenatória do Estado agressor, quais as penas?
5. Em caso de sentença condenatória do Estado agressor, quais as penas?5. Em caso de sentença condenatória do Estado agressor, quais as penas?
5. Em caso de sentença condenatória do Estado agressor, quais as penas?
 
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
 
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
 

Último

Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasCassio Meira Jr.
 
Regência Nominal e Verbal português .pdf
Regência Nominal e Verbal português .pdfRegência Nominal e Verbal português .pdf
Regência Nominal e Verbal português .pdfmirandadudu08
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresaulasgege
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfPastor Robson Colaço
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfEditoraEnovus
 
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Caixa jogo da onça. para imprimir e jogar
Caixa jogo da onça. para imprimir e jogarCaixa jogo da onça. para imprimir e jogar
Caixa jogo da onça. para imprimir e jogarIedaGoethe
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasCassio Meira Jr.
 
Bullying - Texto e cruzadinha
Bullying        -     Texto e cruzadinhaBullying        -     Texto e cruzadinha
Bullying - Texto e cruzadinhaMary Alvarenga
 
A Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
A Arte de Escrever Poemas - Dia das MãesA Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
A Arte de Escrever Poemas - Dia das MãesMary Alvarenga
 
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfWilliam J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfAdrianaCunha84
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxIsabelaRafael2
 
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e TaniModelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e TaniCassio Meira Jr.
 
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdfJorge Andrade
 
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfUFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfManuais Formação
 
CRÔNICAS DE UMA TURMA - TURMA DE 9ºANO - EASB
CRÔNICAS DE UMA TURMA - TURMA DE 9ºANO - EASBCRÔNICAS DE UMA TURMA - TURMA DE 9ºANO - EASB
CRÔNICAS DE UMA TURMA - TURMA DE 9ºANO - EASBAline Santana
 
activIDADES CUENTO lobo esta CUENTO CUARTO GRADO
activIDADES CUENTO  lobo esta  CUENTO CUARTO GRADOactivIDADES CUENTO  lobo esta  CUENTO CUARTO GRADO
activIDADES CUENTO lobo esta CUENTO CUARTO GRADOcarolinacespedes23
 

Último (20)

Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
 
Regência Nominal e Verbal português .pdf
Regência Nominal e Verbal português .pdfRegência Nominal e Verbal português .pdf
Regência Nominal e Verbal português .pdf
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
 
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptx
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Caixa jogo da onça. para imprimir e jogar
Caixa jogo da onça. para imprimir e jogarCaixa jogo da onça. para imprimir e jogar
Caixa jogo da onça. para imprimir e jogar
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
 
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
 
Bullying - Texto e cruzadinha
Bullying        -     Texto e cruzadinhaBullying        -     Texto e cruzadinha
Bullying - Texto e cruzadinha
 
A Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
A Arte de Escrever Poemas - Dia das MãesA Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
A Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
 
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfWilliam J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
 
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e TaniModelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
 
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
 
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfUFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
 
CRÔNICAS DE UMA TURMA - TURMA DE 9ºANO - EASB
CRÔNICAS DE UMA TURMA - TURMA DE 9ºANO - EASBCRÔNICAS DE UMA TURMA - TURMA DE 9ºANO - EASB
CRÔNICAS DE UMA TURMA - TURMA DE 9ºANO - EASB
 
activIDADES CUENTO lobo esta CUENTO CUARTO GRADO
activIDADES CUENTO  lobo esta  CUENTO CUARTO GRADOactivIDADES CUENTO  lobo esta  CUENTO CUARTO GRADO
activIDADES CUENTO lobo esta CUENTO CUARTO GRADO
 

2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;

  • 1. Olá, aluno(a)! Está com dificuldade ou sem tempo para elaborar essa MAPA? Iremos te ajudar! Entre em contato (63) 99129-5554 MAPA – DIDÁTICA - 51/2024 Entender e compreender as teorias que embasaram e ainda embasam as tendências pedagógicas não é tarefa fácil. No entanto, é de fundamental importância para que possamos conhecer o processo histórico de construção da educação escolar em nosso país, afinal, cada tendência pedagógica revela a perspectiva da sociedade, a função da escola, o papel de professores e de alunos, a formação escolar de seus alunos e o processo avaliativo em um determinado momento histórico. Isto é, cada tendência pedagógica possui características específicas sobre: o papel do professor, o papel do aluno, a função da escola, conteúdo, aprendizagem e avaliação. Dessa forma, conhecer essas características possibilita que nós, professores, tenhamos maior conhecimento sobre a nossa prática pedagógica, partindo da tendência que a escola adota para o processo de ensino e de aprendizagem dos alunos, ou seja, de sua concepção teórica A partir desse contexto, a atividade, então, propõe a construção de uma linha do tempo com as principais características de cada tendência pedagógica O que é preciso conter nessa linha do tempo? 1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica; 2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil 3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o papel do
  • 2. professor, o papel do aluno, o foco dos conteúdos, o papel da escola, o método/abordagem de aprendizagem e a avaliação. Utilize o template do Formulário padrão para a atividade, que está disponível no material da disciplina. Capriche na criatividade para a sua linha do tempo! ORIENTAÇÕES: - Todas as respostas solicitadas deverão ser inseridas no Formulário MAPA padrão disponível no ambiente da disciplina, na pasta MATERIAL DA DISCIPLINA. - Assista ao vídeo explicativo da atividade disponível na Sala do Café. - Formatação exigida para esta atividade: documento Word, Fonte Arial ou Times New Roman, tamanho 12, espaçamento entre linhas 1,5, texto justificado. - Ao se basear em quaisquer materiais de pesquisa, faça a citação e a referência conforme as normas da ABNT. - Procure detalhar a linha do tempo de forma clara e objetiva de acordo com o que é pedido no enunciado nos tópicos 1, 2 e 3. - Quando concluir a atividade no Formulário MAPA, você deve salvar em seu computador ou dispositivo móvel em Word, ir até o Studeo e anexar o arquivo no campo correspondente dentro da atividade MAPA. Confira se o arquivo que será anexado é o arquivo correto da sua atividade. Após certificar-se de que se trata do arquivo correto, clique sobre "Selecionar arquivo", em seguida, em "Responder" e, por fim, "Finalizar". - Após "Finalizar" a atividade, não será possível reenviá-la ou realizar qualquer modificação no arquivo enviado.