SlideShare uma empresa Scribd logo
AS DEFESAS DO ORGANISMO
 Tem por função defender pelos um organismo de invasores externos, como bactérias, vírus ou parasita.
 Existem dois tipos de mecanismos de defesa:
O sistema inato (ou não específico), com pele, músculos, acidez gástrica, células fagocitárias, lágrimas etc. e;
O sistema imunitário adaptativo, com ação direcionada de linfócitos e sua produção de anticorpos específicos.
O SISTEMA INATO
 Responde sempre da mesma forma, independente do agente invasor:
Barreiras mecânicas:
♦ Físicas:
 Pele: Principal barreira: células mortas
ricas em queratina, dificulta invasões:
• Secreções das glândulas sebácea e sudorípara:
ligeiramente ácidas e gordurosas, criam um microambiente
cutâneo hostil ao crescimento excessivo de bactérias.
 Ácido gástrico estomacal: poucas espécies são capazes de resistir
ao baixo pH e enzimas destruidoras que existem no estômago.
 Saliva e lágrimas: Contêm enzimas bactericidas, que corroem a parede celular das bactérias.
 No intestino, as bactérias da microbiota normal competem c/ as patógenas (nutrientes, locais de fixação...),
diminuindo as chances de estes últimos se multiplicarem em número suficiente para causar uma doença.
• O alto consumo de antibióticos pode levar à diminuição da microbiota benigna normal do intestino e, com
cessação do tratamento, espécies perigosas podem multiplicar-se sem competição, causando doenças.
 Muco: é outra defesa, revestindo as mucosas. Ele sequestra e inibe a mobilidade dos corpos invasores,
sendo a sua composição hostil para muitos microorganismos. Além disso, contém anticorpos;
♦ Fagócitos: capacidade de estender porções celulares
(pseudópodes) direcionais, englobando partículas ou
microorganismos estranhos, p/ digeri-los. Podem ser:
Neutrófilos, Basófilos, Macrófagos, Mastócitos, ou Eosinófilos.
♦ Sistema complemento: grupo de proteínas produzidas pelo
fígado, presentes no sangue. Elas reconhecem e ligam-se a
algumas moléculas presentes em bactérias (ou são activados
por anticorpos ligados a bactérias). Então inserem-se na
membrana celular do invasor e criam um poro, pelo qual entra
água excessiva, levando ao rebentamento da célula.
Anticorpo
Região de
ligação com
o leucócito
Regiões de ligação com o antígeno
♦ Resposta inflamatória: É desencadeada por fatores libertados pelas células danificadas, produzem
vasodilatação local (rubor e tumor), e atraem os fagócitos, que fagocitam invasores.
O SISTEMA IMUNITÁRIO ADAPTATIVO OU ESPECÍFICO
 Possui células com capacidade de distinguirem proteínas produzidas por células do próprio organismo das
produzidas por invasores (ou por células humanas sob o controle de vírus). Esta distinção é feita através
de receptores (anticorpos presos à membrana celular).
Células plasmáticas derivadas de linfócitos B fabricam anticorpos, que agem
de diversas formas:
♦ Neutralizam o invasor directamente (cobrindo a superfície);
♦ Atraem fagócitos (que reconhecem e são estimulados por
eles);
♦ Ativam o sistema complemento de forma a lisa-las
(arrebentá-las);
♦ Estimulam as células citotóxicas (assassinas) a destruirem as células identificadas por ele.
OS ÓRGÃOS LINFÓIDES
 Medula óssea: local onde se situam as células estaminais, que dão origem a
todas as células do sistema imune e ainda das plaquetas e eritrócitos. É ainda
o local de maturação de todas estas células, com exceção dos linfócitos T.
 Timo: local de maturação dos linfócitos T.
 Baço:
Armazena as Hemácias;
Destrói as hemácias velhas, alteradas, ou parasitadas;
Coloca linfócitos B e linfócitos T em contato com os antígenos e;
Filtra o sangue e retém microrganismo e outros
corpos estranhos a serem fagocitados.
 Fígado: atua no sistema complemento, armazena fagócitos e controla invasões
intestinais (filtra todo o sangue proveniente do intestino, pela veia porta).
 Gânglios linfáticos: pequenos órgãos com forma de feijões, situados em
todo o corpo. Contém diversos linfócitos e são os locais de recolha de
antígenos (filtração) da linfa. Aí se organizam e controlam as defesas e
formam folículos linfóides, nos quais:
Células de Langerhans e fagócitos (apresentadoras de antígenos) afluem aos
gânglios p/ apresentar antígenos recolhidos (ou fagocitados) aos linfócitos.
Linfócitos B c/ receptores específicos p/ os antígenos se maturam em plasmócitos produtores de anticorpos;
Llinfócitos T8 específicos para cada antígeno se maturam em linfócitos citotóxicos.
 Intestino e brônquios: contêm uma camada com folículos linfóides, plenos de linfocitos, que reagem aos
antigénios e outras reações contra eles. Controlam também a flora normal de bactérias intestinais.
 Tonsilas: (amigdalas) aglomerados de tecido linfóide ao redor da faringe, controlando os invasores que
entram pela boca.
Esquema da Hematopoese, processo de formação, desenvolvimento e maturação dos elementos figurados do sangue (eritrócitos, leucócitos e plaquetas) a
partir de um precursor celular comum e indiferenciado conhecido como célula hematopoiética pluripotente, ou célula-tronco. Cores obtidas por corantes...

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Imunidade 1
Imunidade 1Imunidade 1
Imunidade 1
Adila Trubat
 
Sistema Imunitário I
Sistema Imunitário ISistema Imunitário I
Sistema Imunitário I
Artur Melo
 
Imunidade nas mucosas e secreções
Imunidade nas mucosas e secreçõesImunidade nas mucosas e secreções
Imunidade nas mucosas e secreções
LABIMUNO UFBA
 
Sistema imunológico
Sistema imunológicoSistema imunológico
Sistema imunológico
Alpha Colégio e Vestibulares
 
T rabalho de anatomia
T rabalho de anatomiaT rabalho de anatomia
T rabalho de anatomia
Esteticista Tati Maia
 
Sistema imune
Sistema imuneSistema imune
Sistema imunologico
Sistema imunologicoSistema imunologico
Sistema imunologico
Israel Lima
 
Sistema imune
Sistema imuneSistema imune
Sistema imune
Aninha Alves
 
Sistema imunologico fisiologia
Sistema imunologico   fisiologiaSistema imunologico   fisiologia
Sistema imunologico fisiologia
Malu Correia
 
Sistema imunitário Biologia 12ºano
Sistema imunitário Biologia 12ºanoSistema imunitário Biologia 12ºano
Sistema imunitário Biologia 12ºano
Cátia Teixeira
 
Imunitario Pdf
Imunitario PdfImunitario Pdf
Imunitario Pdf
bridges
 
15 Imun NãO Esp
15 Imun NãO Esp15 Imun NãO Esp
15 Imun NãO Esp
guest08fb138a
 
Sistema imunológico
Sistema imunológicoSistema imunológico
Sistema imunológico
Ernesto Silva
 
Células do Sistema Imune
Células do Sistema ImuneCélulas do Sistema Imune
Células do Sistema Imune
Lys Duarte
 
Cópia de apresentação1
Cópia de apresentação1Cópia de apresentação1
Cópia de apresentação1
Nathy Oliveira
 
IMUNIDADE III
IMUNIDADE IIIIMUNIDADE III
Imunidade celular
Imunidade celularImunidade celular
Imunidade celular
Alex Lino
 
3. celulas e orgaos do sist imune
3. celulas e orgaos do sist imune3. celulas e orgaos do sist imune
3. celulas e orgaos do sist imune
FAMENE 2018.2b
 
Propriedades Gerais do Sistema Imune
Propriedades Gerais do Sistema ImunePropriedades Gerais do Sistema Imune
Propriedades Gerais do Sistema Imune
Lys Duarte
 
Sistema Imunológico
Sistema ImunológicoSistema Imunológico
Sistema Imunológico
JosianeBergund
 

Mais procurados (20)

Imunidade 1
Imunidade 1Imunidade 1
Imunidade 1
 
Sistema Imunitário I
Sistema Imunitário ISistema Imunitário I
Sistema Imunitário I
 
Imunidade nas mucosas e secreções
Imunidade nas mucosas e secreçõesImunidade nas mucosas e secreções
Imunidade nas mucosas e secreções
 
Sistema imunológico
Sistema imunológicoSistema imunológico
Sistema imunológico
 
T rabalho de anatomia
T rabalho de anatomiaT rabalho de anatomia
T rabalho de anatomia
 
Sistema imune
Sistema imuneSistema imune
Sistema imune
 
Sistema imunologico
Sistema imunologicoSistema imunologico
Sistema imunologico
 
Sistema imune
Sistema imuneSistema imune
Sistema imune
 
Sistema imunologico fisiologia
Sistema imunologico   fisiologiaSistema imunologico   fisiologia
Sistema imunologico fisiologia
 
Sistema imunitário Biologia 12ºano
Sistema imunitário Biologia 12ºanoSistema imunitário Biologia 12ºano
Sistema imunitário Biologia 12ºano
 
Imunitario Pdf
Imunitario PdfImunitario Pdf
Imunitario Pdf
 
15 Imun NãO Esp
15 Imun NãO Esp15 Imun NãO Esp
15 Imun NãO Esp
 
Sistema imunológico
Sistema imunológicoSistema imunológico
Sistema imunológico
 
Células do Sistema Imune
Células do Sistema ImuneCélulas do Sistema Imune
Células do Sistema Imune
 
Cópia de apresentação1
Cópia de apresentação1Cópia de apresentação1
Cópia de apresentação1
 
IMUNIDADE III
IMUNIDADE IIIIMUNIDADE III
IMUNIDADE III
 
Imunidade celular
Imunidade celularImunidade celular
Imunidade celular
 
3. celulas e orgaos do sist imune
3. celulas e orgaos do sist imune3. celulas e orgaos do sist imune
3. celulas e orgaos do sist imune
 
Propriedades Gerais do Sistema Imune
Propriedades Gerais do Sistema ImunePropriedades Gerais do Sistema Imune
Propriedades Gerais do Sistema Imune
 
Sistema Imunológico
Sistema ImunológicoSistema Imunológico
Sistema Imunológico
 

Semelhante a 10 imunidade

O que é imunologia
O que é imunologiaO que é imunologia
O que é imunologia
Roberta Irvolino
 
Imunidade 110125170526-phpapp02
Imunidade 110125170526-phpapp02Imunidade 110125170526-phpapp02
Imunidade 110125170526-phpapp02
Pelo Siro
 
Sistema imunitario
Sistema imunitarioSistema imunitario
Sistema imunitario
bridges
 
Imunidade
ImunidadeImunidade
Sistema imunitario
Sistema imunitarioSistema imunitario
Sistema imunitario
Cátia Magrinho
 
4. Imunidade.pdf
4. Imunidade.pdf4. Imunidade.pdf
4. Imunidade.pdf
CarinaAmorim10
 
SISTEMA LINFATICO PDF.pdf
SISTEMA LINFATICO PDF.pdfSISTEMA LINFATICO PDF.pdf
SISTEMA LINFATICO PDF.pdf
Joyce Andre
 
apresentaodebiologia-150906133745-lva1-app6891.pdf
apresentaodebiologia-150906133745-lva1-app6891.pdfapresentaodebiologia-150906133745-lva1-app6891.pdf
apresentaodebiologia-150906133745-lva1-app6891.pdf
RodolfoFreitas21
 
31 Sistema ImunitáRio I Ii
31 Sistema ImunitáRio I Ii31 Sistema ImunitáRio I Ii
31 Sistema ImunitáRio I Ii
Leonor Vaz Pereira
 
Sistema imunitário
Sistema imunitárioSistema imunitário
Sistema imunitário
BriefCase
 
Células, tecidos e órgãos linfóides aula ii
Células, tecidos e órgãos linfóides aula iiCélulas, tecidos e órgãos linfóides aula ii
Células, tecidos e órgãos linfóides aula ii
Bila Bernardes
 
Sistema Imunitário - Biologia 12º
Sistema Imunitário - Biologia 12ºSistema Imunitário - Biologia 12º
Sistema Imunitário - Biologia 12º
trawwr
 
IMUNIDADE II
IMUNIDADE IIIMUNIDADE II
Imunidade 2
Imunidade 2Imunidade 2
Imunidade 2
Adila Trubat
 
Células e Tecidos
Células e TecidosCélulas e Tecidos
Células e Tecidos
LABIMUNO UFBA
 
As 10 imuno
As 10 imunoAs 10 imuno
As 10 imuno
Estela Costa
 
Aula 3 imunidade_inata-_enf-2_2011[1]
Aula 3 imunidade_inata-_enf-2_2011[1]Aula 3 imunidade_inata-_enf-2_2011[1]
Aula 3 imunidade_inata-_enf-2_2011[1]
mfernandamb
 
sistemaimunologico-181234560917182134.ppt
sistemaimunologico-181234560917182134.pptsistemaimunologico-181234560917182134.ppt
sistemaimunologico-181234560917182134.ppt
AssisTeixeira2
 
S imun3-110203112621-phpapp01
S imun3-110203112621-phpapp01S imun3-110203112621-phpapp01
S imun3-110203112621-phpapp01
Pelo Siro
 
Sistema linfático e imune_Antônio
Sistema linfático e imune_AntônioSistema linfático e imune_Antônio
Sistema linfático e imune_Antônio
Marcia Regina
 

Semelhante a 10 imunidade (20)

O que é imunologia
O que é imunologiaO que é imunologia
O que é imunologia
 
Imunidade 110125170526-phpapp02
Imunidade 110125170526-phpapp02Imunidade 110125170526-phpapp02
Imunidade 110125170526-phpapp02
 
Sistema imunitario
Sistema imunitarioSistema imunitario
Sistema imunitario
 
Imunidade
ImunidadeImunidade
Imunidade
 
Sistema imunitario
Sistema imunitarioSistema imunitario
Sistema imunitario
 
4. Imunidade.pdf
4. Imunidade.pdf4. Imunidade.pdf
4. Imunidade.pdf
 
SISTEMA LINFATICO PDF.pdf
SISTEMA LINFATICO PDF.pdfSISTEMA LINFATICO PDF.pdf
SISTEMA LINFATICO PDF.pdf
 
apresentaodebiologia-150906133745-lva1-app6891.pdf
apresentaodebiologia-150906133745-lva1-app6891.pdfapresentaodebiologia-150906133745-lva1-app6891.pdf
apresentaodebiologia-150906133745-lva1-app6891.pdf
 
31 Sistema ImunitáRio I Ii
31 Sistema ImunitáRio I Ii31 Sistema ImunitáRio I Ii
31 Sistema ImunitáRio I Ii
 
Sistema imunitário
Sistema imunitárioSistema imunitário
Sistema imunitário
 
Células, tecidos e órgãos linfóides aula ii
Células, tecidos e órgãos linfóides aula iiCélulas, tecidos e órgãos linfóides aula ii
Células, tecidos e órgãos linfóides aula ii
 
Sistema Imunitário - Biologia 12º
Sistema Imunitário - Biologia 12ºSistema Imunitário - Biologia 12º
Sistema Imunitário - Biologia 12º
 
IMUNIDADE II
IMUNIDADE IIIMUNIDADE II
IMUNIDADE II
 
Imunidade 2
Imunidade 2Imunidade 2
Imunidade 2
 
Células e Tecidos
Células e TecidosCélulas e Tecidos
Células e Tecidos
 
As 10 imuno
As 10 imunoAs 10 imuno
As 10 imuno
 
Aula 3 imunidade_inata-_enf-2_2011[1]
Aula 3 imunidade_inata-_enf-2_2011[1]Aula 3 imunidade_inata-_enf-2_2011[1]
Aula 3 imunidade_inata-_enf-2_2011[1]
 
sistemaimunologico-181234560917182134.ppt
sistemaimunologico-181234560917182134.pptsistemaimunologico-181234560917182134.ppt
sistemaimunologico-181234560917182134.ppt
 
S imun3-110203112621-phpapp01
S imun3-110203112621-phpapp01S imun3-110203112621-phpapp01
S imun3-110203112621-phpapp01
 
Sistema linfático e imune_Antônio
Sistema linfático e imune_AntônioSistema linfático e imune_Antônio
Sistema linfático e imune_Antônio
 

Mais de Ercio Novaes

Livro experciencia
Livro expercienciaLivro experciencia
Livro experciencia
Ercio Novaes
 
Aval 7 ano(invertebrados)
Aval 7 ano(invertebrados)Aval 7 ano(invertebrados)
Aval 7 ano(invertebrados)
Ercio Novaes
 
Aval 8 ano(alim_digest)
Aval 8 ano(alim_digest)Aval 8 ano(alim_digest)
Aval 8 ano(alim_digest)
Ercio Novaes
 
Super_trunfo_árvores_brasileiras
Super_trunfo_árvores_brasileirasSuper_trunfo_árvores_brasileiras
Super_trunfo_árvores_brasileirasErcio Novaes
 
Guia dos museus_brasileiros_regiao_sudeste
Guia dos museus_brasileiros_regiao_sudesteGuia dos museus_brasileiros_regiao_sudeste
Guia dos museus_brasileiros_regiao_sudeste
Ercio Novaes
 
Carta do cacique seattle
Carta do cacique seattleCarta do cacique seattle
Carta do cacique seattle
Ercio Novaes
 
Info deserto-bx
Info deserto-bxInfo deserto-bx
Info deserto-bx
Ercio Novaes
 
Esq 8 ano(inter_relacao_sistemas)
Esq 8 ano(inter_relacao_sistemas)Esq 8 ano(inter_relacao_sistemas)
Esq 8 ano(inter_relacao_sistemas)
Ercio Novaes
 
12 sistema endócrino
12 sistema endócrino12 sistema endócrino
12 sistema endócrino
Ercio Novaes
 
9 excrecao
9 excrecao9 excrecao
9 excrecao
Ercio Novaes
 
7 respiracao
7 respiracao7 respiracao
7 respiracao
Ercio Novaes
 
6 digestao
6 digestao6 digestao
6 digestao
Ercio Novaes
 
4 circulacao
4 circulacao4 circulacao
4 circulacao
Ercio Novaes
 
3 reprod fem
3 reprod fem3 reprod fem
3 reprod fem
Ercio Novaes
 
Sistema locomotor
Sistema locomotorSistema locomotor
Sistema locomotor
Ercio Novaes
 
7 partes vegetais
7 partes vegetais7 partes vegetais
7 partes vegetais
Ercio Novaes
 
5 mamiferos
5 mamiferos5 mamiferos
5 mamiferos
Ercio Novaes
 
4 aves
4 aves4 aves
4 aves
Ercio Novaes
 
3 repteis
3 repteis3 repteis
3 repteis
Ercio Novaes
 

Mais de Ercio Novaes (20)

Livro experciencia
Livro expercienciaLivro experciencia
Livro experciencia
 
Aval 7 ano(invertebrados)
Aval 7 ano(invertebrados)Aval 7 ano(invertebrados)
Aval 7 ano(invertebrados)
 
Aval 8 ano(alim_digest)
Aval 8 ano(alim_digest)Aval 8 ano(alim_digest)
Aval 8 ano(alim_digest)
 
Super_trunfo_árvores_brasileiras
Super_trunfo_árvores_brasileirasSuper_trunfo_árvores_brasileiras
Super_trunfo_árvores_brasileiras
 
Novas_Tecnologias
Novas_TecnologiasNovas_Tecnologias
Novas_Tecnologias
 
Guia dos museus_brasileiros_regiao_sudeste
Guia dos museus_brasileiros_regiao_sudesteGuia dos museus_brasileiros_regiao_sudeste
Guia dos museus_brasileiros_regiao_sudeste
 
Carta do cacique seattle
Carta do cacique seattleCarta do cacique seattle
Carta do cacique seattle
 
Info deserto-bx
Info deserto-bxInfo deserto-bx
Info deserto-bx
 
Esq 8 ano(inter_relacao_sistemas)
Esq 8 ano(inter_relacao_sistemas)Esq 8 ano(inter_relacao_sistemas)
Esq 8 ano(inter_relacao_sistemas)
 
12 sistema endócrino
12 sistema endócrino12 sistema endócrino
12 sistema endócrino
 
9 excrecao
9 excrecao9 excrecao
9 excrecao
 
7 respiracao
7 respiracao7 respiracao
7 respiracao
 
6 digestao
6 digestao6 digestao
6 digestao
 
4 circulacao
4 circulacao4 circulacao
4 circulacao
 
3 reprod fem
3 reprod fem3 reprod fem
3 reprod fem
 
Sistema locomotor
Sistema locomotorSistema locomotor
Sistema locomotor
 
7 partes vegetais
7 partes vegetais7 partes vegetais
7 partes vegetais
 
5 mamiferos
5 mamiferos5 mamiferos
5 mamiferos
 
4 aves
4 aves4 aves
4 aves
 
3 repteis
3 repteis3 repteis
3 repteis
 

Último

Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Mauricio Alexandre Silva
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptxDEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
ConservoConstrues
 
Atividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docxAtividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docx
MARCELARUBIAGAVA
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Mary Alvarenga
 
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidadeAula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
AlessandraRibas7
 
formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...
JakiraCosta
 
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento EuropeuEurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Centro Jacques Delors
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
fran0410
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
ARIADNEMARTINSDACRUZ
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
pamellaaraujo10
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
Manuais Formação
 
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
MatheusSousa716350
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Simone399395
 
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdfCD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
Manuais Formação
 
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogiaAVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
KarollayneRodriguesV1
 
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdfPrimeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Maurício Bratz
 
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdfAula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
vitorreissouzasilva
 
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicosDNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
jonny615148
 

Último (20)

Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptxDEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
 
Atividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docxAtividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docx
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
 
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidadeAula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
 
formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...
 
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
 
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento EuropeuEurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
 
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
 
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdfCD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
 
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogiaAVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
 
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdfPrimeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
 
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdfAula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
 
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicosDNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
 

10 imunidade

  • 1. AS DEFESAS DO ORGANISMO  Tem por função defender pelos um organismo de invasores externos, como bactérias, vírus ou parasita.  Existem dois tipos de mecanismos de defesa: O sistema inato (ou não específico), com pele, músculos, acidez gástrica, células fagocitárias, lágrimas etc. e; O sistema imunitário adaptativo, com ação direcionada de linfócitos e sua produção de anticorpos específicos. O SISTEMA INATO  Responde sempre da mesma forma, independente do agente invasor: Barreiras mecânicas: ♦ Físicas:  Pele: Principal barreira: células mortas ricas em queratina, dificulta invasões: • Secreções das glândulas sebácea e sudorípara: ligeiramente ácidas e gordurosas, criam um microambiente cutâneo hostil ao crescimento excessivo de bactérias.  Ácido gástrico estomacal: poucas espécies são capazes de resistir ao baixo pH e enzimas destruidoras que existem no estômago.  Saliva e lágrimas: Contêm enzimas bactericidas, que corroem a parede celular das bactérias.  No intestino, as bactérias da microbiota normal competem c/ as patógenas (nutrientes, locais de fixação...), diminuindo as chances de estes últimos se multiplicarem em número suficiente para causar uma doença. • O alto consumo de antibióticos pode levar à diminuição da microbiota benigna normal do intestino e, com cessação do tratamento, espécies perigosas podem multiplicar-se sem competição, causando doenças.  Muco: é outra defesa, revestindo as mucosas. Ele sequestra e inibe a mobilidade dos corpos invasores, sendo a sua composição hostil para muitos microorganismos. Além disso, contém anticorpos; ♦ Fagócitos: capacidade de estender porções celulares (pseudópodes) direcionais, englobando partículas ou microorganismos estranhos, p/ digeri-los. Podem ser: Neutrófilos, Basófilos, Macrófagos, Mastócitos, ou Eosinófilos. ♦ Sistema complemento: grupo de proteínas produzidas pelo fígado, presentes no sangue. Elas reconhecem e ligam-se a algumas moléculas presentes em bactérias (ou são activados por anticorpos ligados a bactérias). Então inserem-se na membrana celular do invasor e criam um poro, pelo qual entra água excessiva, levando ao rebentamento da célula.
  • 2. Anticorpo Região de ligação com o leucócito Regiões de ligação com o antígeno ♦ Resposta inflamatória: É desencadeada por fatores libertados pelas células danificadas, produzem vasodilatação local (rubor e tumor), e atraem os fagócitos, que fagocitam invasores. O SISTEMA IMUNITÁRIO ADAPTATIVO OU ESPECÍFICO  Possui células com capacidade de distinguirem proteínas produzidas por células do próprio organismo das produzidas por invasores (ou por células humanas sob o controle de vírus). Esta distinção é feita através de receptores (anticorpos presos à membrana celular). Células plasmáticas derivadas de linfócitos B fabricam anticorpos, que agem de diversas formas: ♦ Neutralizam o invasor directamente (cobrindo a superfície); ♦ Atraem fagócitos (que reconhecem e são estimulados por eles); ♦ Ativam o sistema complemento de forma a lisa-las (arrebentá-las); ♦ Estimulam as células citotóxicas (assassinas) a destruirem as células identificadas por ele. OS ÓRGÃOS LINFÓIDES  Medula óssea: local onde se situam as células estaminais, que dão origem a todas as células do sistema imune e ainda das plaquetas e eritrócitos. É ainda o local de maturação de todas estas células, com exceção dos linfócitos T.  Timo: local de maturação dos linfócitos T.  Baço: Armazena as Hemácias; Destrói as hemácias velhas, alteradas, ou parasitadas; Coloca linfócitos B e linfócitos T em contato com os antígenos e; Filtra o sangue e retém microrganismo e outros corpos estranhos a serem fagocitados.  Fígado: atua no sistema complemento, armazena fagócitos e controla invasões intestinais (filtra todo o sangue proveniente do intestino, pela veia porta).  Gânglios linfáticos: pequenos órgãos com forma de feijões, situados em todo o corpo. Contém diversos linfócitos e são os locais de recolha de antígenos (filtração) da linfa. Aí se organizam e controlam as defesas e formam folículos linfóides, nos quais: Células de Langerhans e fagócitos (apresentadoras de antígenos) afluem aos gânglios p/ apresentar antígenos recolhidos (ou fagocitados) aos linfócitos. Linfócitos B c/ receptores específicos p/ os antígenos se maturam em plasmócitos produtores de anticorpos;
  • 3. Llinfócitos T8 específicos para cada antígeno se maturam em linfócitos citotóxicos.  Intestino e brônquios: contêm uma camada com folículos linfóides, plenos de linfocitos, que reagem aos antigénios e outras reações contra eles. Controlam também a flora normal de bactérias intestinais.  Tonsilas: (amigdalas) aglomerados de tecido linfóide ao redor da faringe, controlando os invasores que entram pela boca.
  • 4. Esquema da Hematopoese, processo de formação, desenvolvimento e maturação dos elementos figurados do sangue (eritrócitos, leucócitos e plaquetas) a partir de um precursor celular comum e indiferenciado conhecido como célula hematopoiética pluripotente, ou célula-tronco. Cores obtidas por corantes...