SlideShare uma empresa Scribd logo
[object Object],[object Object]
 
Organização programática  do  1.º Ciclo Guião de análise
 
Este ciclo privilegia um desenvolvimento integrado nas actividades e áreas do saber. Visa facultar aos alunos a apropriação de procedimentos e instrumentos de acesso à informação, nomeadamente a utilização das TIC (tecnologias da informação e comunicação) e de construção do conhecimento, bem como aprendizagens significativas, essenciais no seu crescimento pessoal e social.
 
Embora se constitua um ciclo único, entende-se aqui que o 1.º Ciclo compreende, pela sua especificidade dois momentos: Primeiro momento : Composto pelos dois anos iniciais as aprendizagens devem desenvolver nos alunos comportamentos verbais e não verbais adequados a situações de comunicação com diferentes graus de formalidade. A comunicação oral desempenha, nesta etapa, uma dupla função: uma função de  carácter  adaptativo   ao novo ambiente escolar e à consequente integração dos alunos numa nova comunidade de aprendizagem;
uma função  de  capacitação   dos alunos para se exprimirem de modo mais fluente e ajustado às situações (p. ex.: relatando acontecimentos, retendo a informação relevante, formulando perguntas e respostas, etc.). É também neste momento em que os alunos tomam consciência das relações essenciais entre a língua falada e a língua escrita.
Nele apresentam-se como fundamentais: a aprendizagem de novas convenções sobre o modo como o texto escrito se organiza, o uso correcto da pontuação, o alargamento do repertório lexical e o domínio de uma sintaxe mais elaborada. Em simultâneo, deve processar-se a aprendizagem gradual de procedimentos de compreensão e de interpretação textual, associados à promoção do desenvolvimento linguístico dos alunos, à sua formação como leitores e à ampliação do conhecimento experiencial sobre a vida e sobre o mundo.
Compreensão do oral:  1.º e 2.º anos - Saber escutar para reproduzir pequenas mensagens e para cumprir ordens e pedidos. - Prestar atenção a breves discursos sobre assuntos que lhe são familiares, retendo o essencial da mensagem. - Compreender o essencial de histórias contadas, de poemas e de textos da tradição oral. 3.º e 4.º anos - Saber escutar, para organizar e reter informação essencial, discursos breves em português padrão com algum grau de formalidade. - Distinguir entre facto e opinião, informação implícita e explícita, o que é essencial do que é acessório.
1.º e 2. Anos - Falar de forma clara e audível. - Esperar a sua vez, saber pedir a palavra. - Formular pedidos e perguntas tendo em conta a situação e o interlocutor. - Narrar situações vividas e imaginadas. 3.º e 4.º anos - Pedir e tomar a palavra e respeitar o tempo de palavra dos outros. - Planificar e apresentar exposições breves sobre temas variados. - Produzir breves discursos orais em português padrão com vocabulário e estruturas gramaticais adequados.
TEXTOS LITERÁRIOS E PARALITERÁRIOS: TEXTOS NÃO LITERÁRIOS: . narrativas de literatura portuguesa clássica e contemporânea (originais ou adaptações) . narrativas de literaturas de países de língua oficial portuguesa (originais ou adaptações) . narrativas de literatura universal, clássica e contemporânea (originais ou adaptações) . textos de literatura popular e tradicional (cancioneiro, contos, mitos, fábulas, lendas…) . narrativas de literatura para a infância, portuguesas e estrangeiras: . textos dos  media  (notícia, reportagem, entrevista, publicidade) . textos de manuais escolares; textos científicos; textos de enciclopédias, de glossários, de dicionários… . cartas, correio electrónico, SMS, convites, avisos, recados . blogue, fórum . textos instrucionais: regulamentos, receitas, regras, normas . índices, ficheiros, catálogos . roteiros, mapas, legendas . planos, agendas, esquemas, gráficos
TEXTOS LITERÁRIOS E PARALITERÁRIOS: TEXTOS NÃO LITERÁRIOS: - de aventuras - fantásticas - com forte ligação ao real . textos dramáticos . poemas, canções . biografias; autobiografias . descrições, retratos, auto-retratos . banda desenhada . diários; memórias . relatos de viagem . relato histórico . adaptações para filmes e séries de televisão de obras de literatura para infância ou outras adequadas e esta faixa etária.
No que se refere à  escrita , a aprendizagem das correspondências som/letra e a compreensão das diferentes funções da escrita serão o ponto de partida, sempre em estreita relação com a aprendizagem da leitura. A aprendizagem da escrita implica o desenvolvimento de três competências:  a competência gráfica (relativa ao desenho das letras);  a competência ortográfica (relativa ao domínio das convenções da escrita);  a competência compositiva (relativa aos modos de organização das expressões linguísticas para formar um texto).  As duas primeiras competências devem ser automatizadas o mais cedo possível para permitir à criança maior disponibilidade para investir nas tarefas que dizem respeito à competência compositiva.
Consideram-se 3 fases no processo de produção de textos: A Planificação  – Aqui equaciona-se o objectivo da comunicação, o tipo de texto mais adequado, geram-se ideias e elabora-se um plano. A textualização  – Corresponde à redacção do texto segundo um plano previamente elaborado. Seleccionamos o vocabulário, organizamos as frases, a organização das palavras em frases, em parágrafos e em texto, ou seja, fazemos com que o texto seja coerente. A revisão  – Fazemos uma leitura para aperfeiçoamento do texto. A realização destas tarefas não é linear podendo ocorrer em diferentes momentos do processo de escrita. Aquando da textualização realizam-se também tarefas de planificação e revisão.
Para o desenvolvimento da autonomia da escrita, numa fase inicial, o espaço sala de aula deve conter referencias expostos que possibilitem à criança descobrir, de forma cada vez mais autónoma, a informação que precisa para produzir os seus escritos. A partir de textos escritos pelas crianças promover-se-á a reflexão em interacção, orientada pelo professor, com vista à expansão e ao aperfeiçoamento dos mesmos.
Os alunos devem viver situações variadas, aprendendo a produzir diferentes tipos de texto para que desenvolvam da melhor maneira a competência da escrita. As situações da escrita criadas deverão ser o mais expressivas possível para que as crianças interiorizem as diferentes funcionalidades da escrita e se apropriem dos diferentes tipos de texto. Para valorizar as produções dos alunos deverão ser criadas contornos que possibilitem a sua divulgação, nomeadamente blogues, jornais de turma e de escola etc. O papel do professor deverá ser de regulador, orientador e de apoio.
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Este ciclo  privilegia um desenvolvimento integrado nas actividades e áreas do saber. Visa facultar aos alunos a apropriação de procedimentos e instrumentos de acesso à informação, nomeadamente a utilização das TIC (tecnologias da informação e comunicação) e de construção do conhecimento, bem como aprendizagens significativas, essenciais no seu crescimento pessoal e social.
Organização programática  do  2.º Ciclo Guião de análise
 
 
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Compreensão do oral:  No segundo ciclo espera-se que, como no primeiro ciclo, o aluno seja capaz de escutar, para organizar e reter informação, sendo que a extensão dos discursos, assim como o seu grau de formalidade estão sujeitos a uma maior complexidade. Pretende-se, igualmente, que o aluno, para além de distinguir factos de opiniões, esteja apto a interpretar, emitir e fundamentar opiniões e argumentos, adoptando uma postura mais reflexiva e crítica.
Expressão oral:  Enquanto que no primeiro ciclo o aluno é confrontado com a necessidade de recorrer às estruturas elementares do português padrão para se expressar, no segundo ciclo, é esperada uma maior complexidade e formalidade nas estruturas utilizadas. Não só é necessário comunicar oralmente, mas também se espera que sejam capazes de organizar o seu discurso de uma forma coerente, fundamentada e adequada aos objectivos e destinatários.
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object]
Escrever para responder a diferentes propostas de trabalho, recorrendo a técnicas de selecção, registo, organização e transmissão de informação; Utilizar com autonomia processos de planificação, textualização e revisão com recurso a instrumentos de apoio e recursos informáticos; Escrever em termos pessoais e criativos, em diferentes suportes e num registo adequado ao leitor visado, adoptando as convenções próprias do tipo de texto;
Produzir textos coerentes e coesos em português padrão, com tema de abertura e fecho congruente, com uma demarcação clara de parágrafos e períodos e com uso  correcto da ortografia e da pontuação.
Promover momentos específicos de trabalho em oficina de escrita, apoiando os alunos na planificação, textualização e revisão dos textos. Assim como, promover, apoiar, regular e  orientar na selecção dos recursos a utilizar para a produção  do texto.
Algumas sugestões: Actividades visando o contacto com as diferentes variedades do português; Recurso a listas de palavras para exercitar a voz e o ouvido na manipulação de sons e na identificação de fonemas; Manipulação de palavras com sequências de duas vogais que não pertencem à mesma sílaba; Reconstrução e reinvenção de palavras com base na alteração da estrutura silábica; Actividades para descoberta, comparação e distinção de diferentes processos de formação de palavras compostas; Exercícios de pronominalização; Actividades em laboratório de língua; Jogos de linguagem, leitura de poemas lúdicos, para observar e manipulação de palavras polissémicas. Consulta de dicionários e manipulação de informação lexicográfica;
Exercícios para o estabelecimento de relações classe-elemento e parte-todo; Participação na elaboração de glossários e listas organizadas de termos; produção de textos, em Oficina de Escrita; Transformação de frases afirmativas dos diferentes tipos em frases negativas e vice-versa. Actividades para descoberta e identificação de palavras com significado negativo que determinam a polaridade negativa nas frases em que ocorrem; Actividades de descoberta, produção ou interpretação de diferentes tipos enunciados de acordo com o objectivo discursivo, focando a atenção dos alunos nos seguintes aspectos: selecção de verbos performativos ou de verbos que exprimam adequadamente o propósito ilocutório; modo verbal; advérbios; interjeições; entoação (modo oral); sinais de pontuação (modo escrito); Transformação do discurso directo em indirecto.
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Organização programática  do  3.º Ciclo Guião de análise
 
Organização por Competências:  - Compreensão/expressão oral - Leitura - Escrita - Conhecimento explícito da Língua
(pp 73,94, 112, 131) Alargamento e complexificação de formas de raciocínio, de organização e de comunicação de saberes e pontos de vista: 2º Ciclo  - situação nova, identificação e reconhecimento (Classes de palavras, B3, p 94); 3º Ciclo  - continuação, alargamento, aprofundamento e complexidade progressivos (Classes de palavras, B3, p131)
Conjunto alargado de textos – escritos, falados, visuais, do quotidiano e dos média: ampliar conhecimentos, construção e partilha de uma cultura literária (pp 136 a 139).
(pp149 e 150) …  escrita pessoal e escrita criativa, respondendo de forma concreta às dificuldades dos alunos; Alargamento do trabalho a nível linguístico e textual; Diversificação das actividades propostas aos alunos; … escreve-se para escrever melhor; Circulação dos escritos produzidos; Confronto de textos para tomada de consciência das diferentes tipologias;
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Descritores de desempenho/conteúdos/notas: Classes de palavras  - B3 – do 1ºCiclo (p56), para B3 – do 2ºCiclo (p94) e o 3º Ciclo (p131): Alargamento, sistematização e consolidação – do geral para o particular. Nota-se o emprego de uma linguagem mais complexa e que exige maior profundidade.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Currículo de Língua Portuguesa para o Ensino Médio - PE
Currículo de  Língua Portuguesa para o Ensino Médio -  PECurrículo de  Língua Portuguesa para o Ensino Médio -  PE
Currículo de Língua Portuguesa para o Ensino Médio - PE
Marcia Oliveira
 
Ementa Ensino Médio
Ementa Ensino MédioEmenta Ensino Médio
Ementa Ensino Médio
CamilaClivati
 
PNAIC-Tabelas com os Direitos de aprendizagem
PNAIC-Tabelas com os Direitos de aprendizagem PNAIC-Tabelas com os Direitos de aprendizagem
PNAIC-Tabelas com os Direitos de aprendizagem
Graça Sousa
 
PROPOSTA CURRICULAR CBC. LÍNGUA PORTUGUESA.
PROPOSTA CURRICULAR CBC. LÍNGUA PORTUGUESA.PROPOSTA CURRICULAR CBC. LÍNGUA PORTUGUESA.
PROPOSTA CURRICULAR CBC. LÍNGUA PORTUGUESA.
Antônio Fernandes
 
Pressupostos da Aprendizagem e do Ensino da Alfabetização
Pressupostos da Aprendizagem e do Ensino da AlfabetizaçãoPressupostos da Aprendizagem e do Ensino da Alfabetização
Pressupostos da Aprendizagem e do Ensino da Alfabetização
Celismara Seleguin
 
Curriculo de Língua Portuguesa Ensino Fundamental - Estado de PE
Curriculo de Língua Portuguesa Ensino Fundamental - Estado de PECurriculo de Língua Portuguesa Ensino Fundamental - Estado de PE
Curriculo de Língua Portuguesa Ensino Fundamental - Estado de PE
Marcia Oliveira
 
Planejamento 4º ano
Planejamento 4º anoPlanejamento 4º ano
Planejamento 4º ano
Rafael Souza
 
Otm. lingua portuguesa 01
Otm. lingua portuguesa 01Otm. lingua portuguesa 01
Otm. lingua portuguesa 01
elannialins
 
Leitura e escrita em História
Leitura e escrita em HistóriaLeitura e escrita em História
Leitura e escrita em História
André Pereira Rocha
 
Matriz bimestre 3ano (1)
Matriz bimestre 3ano (1)Matriz bimestre 3ano (1)
Matriz bimestre 3ano (1)
Elisangela Santos
 
Plano de ensino 6ª
Plano de ensino 6ªPlano de ensino 6ª
Plano de ensino 6ª
mfmpafatima
 
Alinhamento de Língua Portuguesa
Alinhamento de Língua PortuguesaAlinhamento de Língua Portuguesa
Alinhamento de Língua Portuguesa
Marianacl
 
Eixos Língua Portuguesa
Eixos Língua PortuguesaEixos Língua Portuguesa
Eixos Língua Portuguesa
Shirley Lauria
 
Da Cmetodologiareas
Da CmetodologiareasDa Cmetodologiareas
Da Cmetodologiareas
Milton Alvaro Menon
 
Direitos de aprendizagem produção de textos
Direitos de aprendizagem   produção de textosDireitos de aprendizagem   produção de textos
Direitos de aprendizagem produção de textos
mariaelidias
 
Pauta
PautaPauta
3ª Sessão
3ª Sessão3ª Sessão

Mais procurados (17)

Currículo de Língua Portuguesa para o Ensino Médio - PE
Currículo de  Língua Portuguesa para o Ensino Médio -  PECurrículo de  Língua Portuguesa para o Ensino Médio -  PE
Currículo de Língua Portuguesa para o Ensino Médio - PE
 
Ementa Ensino Médio
Ementa Ensino MédioEmenta Ensino Médio
Ementa Ensino Médio
 
PNAIC-Tabelas com os Direitos de aprendizagem
PNAIC-Tabelas com os Direitos de aprendizagem PNAIC-Tabelas com os Direitos de aprendizagem
PNAIC-Tabelas com os Direitos de aprendizagem
 
PROPOSTA CURRICULAR CBC. LÍNGUA PORTUGUESA.
PROPOSTA CURRICULAR CBC. LÍNGUA PORTUGUESA.PROPOSTA CURRICULAR CBC. LÍNGUA PORTUGUESA.
PROPOSTA CURRICULAR CBC. LÍNGUA PORTUGUESA.
 
Pressupostos da Aprendizagem e do Ensino da Alfabetização
Pressupostos da Aprendizagem e do Ensino da AlfabetizaçãoPressupostos da Aprendizagem e do Ensino da Alfabetização
Pressupostos da Aprendizagem e do Ensino da Alfabetização
 
Curriculo de Língua Portuguesa Ensino Fundamental - Estado de PE
Curriculo de Língua Portuguesa Ensino Fundamental - Estado de PECurriculo de Língua Portuguesa Ensino Fundamental - Estado de PE
Curriculo de Língua Portuguesa Ensino Fundamental - Estado de PE
 
Planejamento 4º ano
Planejamento 4º anoPlanejamento 4º ano
Planejamento 4º ano
 
Otm. lingua portuguesa 01
Otm. lingua portuguesa 01Otm. lingua portuguesa 01
Otm. lingua portuguesa 01
 
Leitura e escrita em História
Leitura e escrita em HistóriaLeitura e escrita em História
Leitura e escrita em História
 
Matriz bimestre 3ano (1)
Matriz bimestre 3ano (1)Matriz bimestre 3ano (1)
Matriz bimestre 3ano (1)
 
Plano de ensino 6ª
Plano de ensino 6ªPlano de ensino 6ª
Plano de ensino 6ª
 
Alinhamento de Língua Portuguesa
Alinhamento de Língua PortuguesaAlinhamento de Língua Portuguesa
Alinhamento de Língua Portuguesa
 
Eixos Língua Portuguesa
Eixos Língua PortuguesaEixos Língua Portuguesa
Eixos Língua Portuguesa
 
Da Cmetodologiareas
Da CmetodologiareasDa Cmetodologiareas
Da Cmetodologiareas
 
Direitos de aprendizagem produção de textos
Direitos de aprendizagem   produção de textosDireitos de aprendizagem   produção de textos
Direitos de aprendizagem produção de textos
 
Pauta
PautaPauta
Pauta
 
3ª Sessão
3ª Sessão3ª Sessão
3ª Sessão
 

Semelhante a 1.º módulo da formação - material produzido

PLANO DE ENSINO ANUAL 2023.pdf
PLANO DE ENSINO ANUAL 2023.pdfPLANO DE ENSINO ANUAL 2023.pdf
PLANO DE ENSINO ANUAL 2023.pdf
RosngelaSmaraRodrigu
 
Sequencia Didática- um exemplo prático
Sequencia Didática- um exemplo práticoSequencia Didática- um exemplo prático
Sequencia Didática- um exemplo prático
guest3d615bd
 
OT Recuperação Intensiva - História
OT Recuperação Intensiva - HistóriaOT Recuperação Intensiva - História
OT Recuperação Intensiva - História
Claudia Elisabete Silva
 
Consolidando 2008
Consolidando 2008Consolidando 2008
Consolidando 2008
guestad5f37
 
Organizador Curricular_1º ano_2º Bim. de 2023.pdf
Organizador Curricular_1º ano_2º Bim. de 2023.pdfOrganizador Curricular_1º ano_2º Bim. de 2023.pdf
Organizador Curricular_1º ano_2º Bim. de 2023.pdf
MaraPaulo1
 
5_ANO_EF_PLANO_DE_CURSO_2023_ANOS_INICIAIS-v2001 (4).docx
5_ANO_EF_PLANO_DE_CURSO_2023_ANOS_INICIAIS-v2001 (4).docx5_ANO_EF_PLANO_DE_CURSO_2023_ANOS_INICIAIS-v2001 (4).docx
5_ANO_EF_PLANO_DE_CURSO_2023_ANOS_INICIAIS-v2001 (4).docx
SabrinaOliveiraCalaz
 
1.º Ano - Português.pdf
1.º Ano - Português.pdf1.º Ano - Português.pdf
1.º Ano - Português.pdf
Guilherme Gonçalves
 
PLANEJAMENTO 7º ANO (2023).pdf
PLANEJAMENTO 7º ANO (2023).pdfPLANEJAMENTO 7º ANO (2023).pdf
PLANEJAMENTO 7º ANO (2023).pdf
ssuser3646a1
 
PLANO DE ENSINO 2024 LP e Arte 3°anos LIRYA P.pdf
PLANO DE ENSINO 2024 LP e Arte  3°anos LIRYA P.pdfPLANO DE ENSINO 2024 LP e Arte  3°anos LIRYA P.pdf
PLANO DE ENSINO 2024 LP e Arte 3°anos LIRYA P.pdf
seduc
 
3º ano-aprender-sempre-caderno-do-professor
3º ano-aprender-sempre-caderno-do-professor3º ano-aprender-sempre-caderno-do-professor
3º ano-aprender-sempre-caderno-do-professor
Nanci Boschi Teodoro
 
MEU PLANO DE CURSO 8º ANO LIVRO TECENDO LINGUAGENS.pdf
MEU PLANO DE CURSO 8º ANO LIVRO TECENDO LINGUAGENS.pdfMEU PLANO DE CURSO 8º ANO LIVRO TECENDO LINGUAGENS.pdf
MEU PLANO DE CURSO 8º ANO LIVRO TECENDO LINGUAGENS.pdf
ssuser3646a1
 
4º Período - Ensino Fundamental_EJA_PLANO_DE_CURSO_2024 (1).pdf
4º Período - Ensino Fundamental_EJA_PLANO_DE_CURSO_2024 (1).pdf4º Período - Ensino Fundamental_EJA_PLANO_DE_CURSO_2024 (1).pdf
4º Período - Ensino Fundamental_EJA_PLANO_DE_CURSO_2024 (1).pdf
kelvindasilvadiasw
 
Inglês instrumental
Inglês instrumentalInglês instrumental
Inglês instrumental
Renata Araujo
 
1_ANO_EF_PLANO_DE_CURSO_2023.pdf
1_ANO_EF_PLANO_DE_CURSO_2023.pdf1_ANO_EF_PLANO_DE_CURSO_2023.pdf
1_ANO_EF_PLANO_DE_CURSO_2023.pdf
FbioGil9
 
5º ANO PLANO DE CURSO 2023
5º ANO PLANO DE CURSO 20235º ANO PLANO DE CURSO 2023
5º ANO PLANO DE CURSO 2023
AndrezaDias24
 
5_ANO_EF_PLANO_DE_CURSO_2023_ANOS_INICIAIS-v2001.pdf
5_ANO_EF_PLANO_DE_CURSO_2023_ANOS_INICIAIS-v2001.pdf5_ANO_EF_PLANO_DE_CURSO_2023_ANOS_INICIAIS-v2001.pdf
5_ANO_EF_PLANO_DE_CURSO_2023_ANOS_INICIAIS-v2001.pdf
escola218251pedagogi
 
Direitos de aprendizagens do ciclo de alfabetização
Direitos de aprendizagens do ciclo de alfabetizaçãoDireitos de aprendizagens do ciclo de alfabetização
Direitos de aprendizagens do ciclo de alfabetização
Valéria Maciel
 
PNAIC - Ano 3 unidade 2
PNAIC - Ano 3  unidade 2PNAIC - Ano 3  unidade 2
PNAIC - Ano 3 unidade 2
ElieneDias
 
Plano Anual de Ensino Dom Hélder.docx
Plano Anual de Ensino Dom Hélder.docxPlano Anual de Ensino Dom Hélder.docx
Plano Anual de Ensino Dom Hélder.docx
JancicleideSouza
 
1º Período - Ensino Fundamental_EJA_PLANO_DE_CURSO_2024 - 1º Período - Ensino...
1º Período - Ensino Fundamental_EJA_PLANO_DE_CURSO_2024 - 1º Período - Ensino...1º Período - Ensino Fundamental_EJA_PLANO_DE_CURSO_2024 - 1º Período - Ensino...
1º Período - Ensino Fundamental_EJA_PLANO_DE_CURSO_2024 - 1º Período - Ensino...
valdeci17
 

Semelhante a 1.º módulo da formação - material produzido (20)

PLANO DE ENSINO ANUAL 2023.pdf
PLANO DE ENSINO ANUAL 2023.pdfPLANO DE ENSINO ANUAL 2023.pdf
PLANO DE ENSINO ANUAL 2023.pdf
 
Sequencia Didática- um exemplo prático
Sequencia Didática- um exemplo práticoSequencia Didática- um exemplo prático
Sequencia Didática- um exemplo prático
 
OT Recuperação Intensiva - História
OT Recuperação Intensiva - HistóriaOT Recuperação Intensiva - História
OT Recuperação Intensiva - História
 
Consolidando 2008
Consolidando 2008Consolidando 2008
Consolidando 2008
 
Organizador Curricular_1º ano_2º Bim. de 2023.pdf
Organizador Curricular_1º ano_2º Bim. de 2023.pdfOrganizador Curricular_1º ano_2º Bim. de 2023.pdf
Organizador Curricular_1º ano_2º Bim. de 2023.pdf
 
5_ANO_EF_PLANO_DE_CURSO_2023_ANOS_INICIAIS-v2001 (4).docx
5_ANO_EF_PLANO_DE_CURSO_2023_ANOS_INICIAIS-v2001 (4).docx5_ANO_EF_PLANO_DE_CURSO_2023_ANOS_INICIAIS-v2001 (4).docx
5_ANO_EF_PLANO_DE_CURSO_2023_ANOS_INICIAIS-v2001 (4).docx
 
1.º Ano - Português.pdf
1.º Ano - Português.pdf1.º Ano - Português.pdf
1.º Ano - Português.pdf
 
PLANEJAMENTO 7º ANO (2023).pdf
PLANEJAMENTO 7º ANO (2023).pdfPLANEJAMENTO 7º ANO (2023).pdf
PLANEJAMENTO 7º ANO (2023).pdf
 
PLANO DE ENSINO 2024 LP e Arte 3°anos LIRYA P.pdf
PLANO DE ENSINO 2024 LP e Arte  3°anos LIRYA P.pdfPLANO DE ENSINO 2024 LP e Arte  3°anos LIRYA P.pdf
PLANO DE ENSINO 2024 LP e Arte 3°anos LIRYA P.pdf
 
3º ano-aprender-sempre-caderno-do-professor
3º ano-aprender-sempre-caderno-do-professor3º ano-aprender-sempre-caderno-do-professor
3º ano-aprender-sempre-caderno-do-professor
 
MEU PLANO DE CURSO 8º ANO LIVRO TECENDO LINGUAGENS.pdf
MEU PLANO DE CURSO 8º ANO LIVRO TECENDO LINGUAGENS.pdfMEU PLANO DE CURSO 8º ANO LIVRO TECENDO LINGUAGENS.pdf
MEU PLANO DE CURSO 8º ANO LIVRO TECENDO LINGUAGENS.pdf
 
4º Período - Ensino Fundamental_EJA_PLANO_DE_CURSO_2024 (1).pdf
4º Período - Ensino Fundamental_EJA_PLANO_DE_CURSO_2024 (1).pdf4º Período - Ensino Fundamental_EJA_PLANO_DE_CURSO_2024 (1).pdf
4º Período - Ensino Fundamental_EJA_PLANO_DE_CURSO_2024 (1).pdf
 
Inglês instrumental
Inglês instrumentalInglês instrumental
Inglês instrumental
 
1_ANO_EF_PLANO_DE_CURSO_2023.pdf
1_ANO_EF_PLANO_DE_CURSO_2023.pdf1_ANO_EF_PLANO_DE_CURSO_2023.pdf
1_ANO_EF_PLANO_DE_CURSO_2023.pdf
 
5º ANO PLANO DE CURSO 2023
5º ANO PLANO DE CURSO 20235º ANO PLANO DE CURSO 2023
5º ANO PLANO DE CURSO 2023
 
5_ANO_EF_PLANO_DE_CURSO_2023_ANOS_INICIAIS-v2001.pdf
5_ANO_EF_PLANO_DE_CURSO_2023_ANOS_INICIAIS-v2001.pdf5_ANO_EF_PLANO_DE_CURSO_2023_ANOS_INICIAIS-v2001.pdf
5_ANO_EF_PLANO_DE_CURSO_2023_ANOS_INICIAIS-v2001.pdf
 
Direitos de aprendizagens do ciclo de alfabetização
Direitos de aprendizagens do ciclo de alfabetizaçãoDireitos de aprendizagens do ciclo de alfabetização
Direitos de aprendizagens do ciclo de alfabetização
 
PNAIC - Ano 3 unidade 2
PNAIC - Ano 3  unidade 2PNAIC - Ano 3  unidade 2
PNAIC - Ano 3 unidade 2
 
Plano Anual de Ensino Dom Hélder.docx
Plano Anual de Ensino Dom Hélder.docxPlano Anual de Ensino Dom Hélder.docx
Plano Anual de Ensino Dom Hélder.docx
 
1º Período - Ensino Fundamental_EJA_PLANO_DE_CURSO_2024 - 1º Período - Ensino...
1º Período - Ensino Fundamental_EJA_PLANO_DE_CURSO_2024 - 1º Período - Ensino...1º Período - Ensino Fundamental_EJA_PLANO_DE_CURSO_2024 - 1º Período - Ensino...
1º Período - Ensino Fundamental_EJA_PLANO_DE_CURSO_2024 - 1º Período - Ensino...
 

Último

Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
ESTRUTURA E FORMAÇÃO DE PALAVRAS- 9º ANO A - 2024.ppt
ESTRUTURA E FORMAÇÃO DE PALAVRAS- 9º ANO A - 2024.pptESTRUTURA E FORMAÇÃO DE PALAVRAS- 9º ANO A - 2024.ppt
ESTRUTURA E FORMAÇÃO DE PALAVRAS- 9º ANO A - 2024.ppt
maria-oliveira
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....pptA Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
WilianeBarbosa2
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptxTREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
erssstcontato
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdfUFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
Manuais Formação
 
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
AntonioLobosco3
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
DouglasMoraes54
 
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptxTudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
IACEMCASA
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
pamellaaraujo10
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
Gênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9ºGênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9º
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
sjcelsorocha
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
silvamelosilva300
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
joaresmonte3
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
ANDRÉA FERREIRA
 

Último (20)

Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
ESTRUTURA E FORMAÇÃO DE PALAVRAS- 9º ANO A - 2024.ppt
ESTRUTURA E FORMAÇÃO DE PALAVRAS- 9º ANO A - 2024.pptESTRUTURA E FORMAÇÃO DE PALAVRAS- 9º ANO A - 2024.ppt
ESTRUTURA E FORMAÇÃO DE PALAVRAS- 9º ANO A - 2024.ppt
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....pptA Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
 
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptxTREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdfUFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
 
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
 
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptxTudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
Gênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9ºGênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9º
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
 

1.º módulo da formação - material produzido

  • 1.
  • 2.  
  • 3. Organização programática do 1.º Ciclo Guião de análise
  • 4.  
  • 5. Este ciclo privilegia um desenvolvimento integrado nas actividades e áreas do saber. Visa facultar aos alunos a apropriação de procedimentos e instrumentos de acesso à informação, nomeadamente a utilização das TIC (tecnologias da informação e comunicação) e de construção do conhecimento, bem como aprendizagens significativas, essenciais no seu crescimento pessoal e social.
  • 6.  
  • 7. Embora se constitua um ciclo único, entende-se aqui que o 1.º Ciclo compreende, pela sua especificidade dois momentos: Primeiro momento : Composto pelos dois anos iniciais as aprendizagens devem desenvolver nos alunos comportamentos verbais e não verbais adequados a situações de comunicação com diferentes graus de formalidade. A comunicação oral desempenha, nesta etapa, uma dupla função: uma função de carácter adaptativo ao novo ambiente escolar e à consequente integração dos alunos numa nova comunidade de aprendizagem;
  • 8. uma função de capacitação dos alunos para se exprimirem de modo mais fluente e ajustado às situações (p. ex.: relatando acontecimentos, retendo a informação relevante, formulando perguntas e respostas, etc.). É também neste momento em que os alunos tomam consciência das relações essenciais entre a língua falada e a língua escrita.
  • 9. Nele apresentam-se como fundamentais: a aprendizagem de novas convenções sobre o modo como o texto escrito se organiza, o uso correcto da pontuação, o alargamento do repertório lexical e o domínio de uma sintaxe mais elaborada. Em simultâneo, deve processar-se a aprendizagem gradual de procedimentos de compreensão e de interpretação textual, associados à promoção do desenvolvimento linguístico dos alunos, à sua formação como leitores e à ampliação do conhecimento experiencial sobre a vida e sobre o mundo.
  • 10. Compreensão do oral: 1.º e 2.º anos - Saber escutar para reproduzir pequenas mensagens e para cumprir ordens e pedidos. - Prestar atenção a breves discursos sobre assuntos que lhe são familiares, retendo o essencial da mensagem. - Compreender o essencial de histórias contadas, de poemas e de textos da tradição oral. 3.º e 4.º anos - Saber escutar, para organizar e reter informação essencial, discursos breves em português padrão com algum grau de formalidade. - Distinguir entre facto e opinião, informação implícita e explícita, o que é essencial do que é acessório.
  • 11. 1.º e 2. Anos - Falar de forma clara e audível. - Esperar a sua vez, saber pedir a palavra. - Formular pedidos e perguntas tendo em conta a situação e o interlocutor. - Narrar situações vividas e imaginadas. 3.º e 4.º anos - Pedir e tomar a palavra e respeitar o tempo de palavra dos outros. - Planificar e apresentar exposições breves sobre temas variados. - Produzir breves discursos orais em português padrão com vocabulário e estruturas gramaticais adequados.
  • 12. TEXTOS LITERÁRIOS E PARALITERÁRIOS: TEXTOS NÃO LITERÁRIOS: . narrativas de literatura portuguesa clássica e contemporânea (originais ou adaptações) . narrativas de literaturas de países de língua oficial portuguesa (originais ou adaptações) . narrativas de literatura universal, clássica e contemporânea (originais ou adaptações) . textos de literatura popular e tradicional (cancioneiro, contos, mitos, fábulas, lendas…) . narrativas de literatura para a infância, portuguesas e estrangeiras: . textos dos media (notícia, reportagem, entrevista, publicidade) . textos de manuais escolares; textos científicos; textos de enciclopédias, de glossários, de dicionários… . cartas, correio electrónico, SMS, convites, avisos, recados . blogue, fórum . textos instrucionais: regulamentos, receitas, regras, normas . índices, ficheiros, catálogos . roteiros, mapas, legendas . planos, agendas, esquemas, gráficos
  • 13. TEXTOS LITERÁRIOS E PARALITERÁRIOS: TEXTOS NÃO LITERÁRIOS: - de aventuras - fantásticas - com forte ligação ao real . textos dramáticos . poemas, canções . biografias; autobiografias . descrições, retratos, auto-retratos . banda desenhada . diários; memórias . relatos de viagem . relato histórico . adaptações para filmes e séries de televisão de obras de literatura para infância ou outras adequadas e esta faixa etária.
  • 14. No que se refere à escrita , a aprendizagem das correspondências som/letra e a compreensão das diferentes funções da escrita serão o ponto de partida, sempre em estreita relação com a aprendizagem da leitura. A aprendizagem da escrita implica o desenvolvimento de três competências: a competência gráfica (relativa ao desenho das letras); a competência ortográfica (relativa ao domínio das convenções da escrita); a competência compositiva (relativa aos modos de organização das expressões linguísticas para formar um texto). As duas primeiras competências devem ser automatizadas o mais cedo possível para permitir à criança maior disponibilidade para investir nas tarefas que dizem respeito à competência compositiva.
  • 15. Consideram-se 3 fases no processo de produção de textos: A Planificação – Aqui equaciona-se o objectivo da comunicação, o tipo de texto mais adequado, geram-se ideias e elabora-se um plano. A textualização – Corresponde à redacção do texto segundo um plano previamente elaborado. Seleccionamos o vocabulário, organizamos as frases, a organização das palavras em frases, em parágrafos e em texto, ou seja, fazemos com que o texto seja coerente. A revisão – Fazemos uma leitura para aperfeiçoamento do texto. A realização destas tarefas não é linear podendo ocorrer em diferentes momentos do processo de escrita. Aquando da textualização realizam-se também tarefas de planificação e revisão.
  • 16. Para o desenvolvimento da autonomia da escrita, numa fase inicial, o espaço sala de aula deve conter referencias expostos que possibilitem à criança descobrir, de forma cada vez mais autónoma, a informação que precisa para produzir os seus escritos. A partir de textos escritos pelas crianças promover-se-á a reflexão em interacção, orientada pelo professor, com vista à expansão e ao aperfeiçoamento dos mesmos.
  • 17. Os alunos devem viver situações variadas, aprendendo a produzir diferentes tipos de texto para que desenvolvam da melhor maneira a competência da escrita. As situações da escrita criadas deverão ser o mais expressivas possível para que as crianças interiorizem as diferentes funcionalidades da escrita e se apropriem dos diferentes tipos de texto. Para valorizar as produções dos alunos deverão ser criadas contornos que possibilitem a sua divulgação, nomeadamente blogues, jornais de turma e de escola etc. O papel do professor deverá ser de regulador, orientador e de apoio.
  • 18.
  • 19.
  • 20.
  • 21.
  • 22. Este ciclo privilegia um desenvolvimento integrado nas actividades e áreas do saber. Visa facultar aos alunos a apropriação de procedimentos e instrumentos de acesso à informação, nomeadamente a utilização das TIC (tecnologias da informação e comunicação) e de construção do conhecimento, bem como aprendizagens significativas, essenciais no seu crescimento pessoal e social.
  • 23. Organização programática do 2.º Ciclo Guião de análise
  • 24.  
  • 25.  
  • 26.
  • 27.
  • 28.
  • 29. Compreensão do oral: No segundo ciclo espera-se que, como no primeiro ciclo, o aluno seja capaz de escutar, para organizar e reter informação, sendo que a extensão dos discursos, assim como o seu grau de formalidade estão sujeitos a uma maior complexidade. Pretende-se, igualmente, que o aluno, para além de distinguir factos de opiniões, esteja apto a interpretar, emitir e fundamentar opiniões e argumentos, adoptando uma postura mais reflexiva e crítica.
  • 30. Expressão oral: Enquanto que no primeiro ciclo o aluno é confrontado com a necessidade de recorrer às estruturas elementares do português padrão para se expressar, no segundo ciclo, é esperada uma maior complexidade e formalidade nas estruturas utilizadas. Não só é necessário comunicar oralmente, mas também se espera que sejam capazes de organizar o seu discurso de uma forma coerente, fundamentada e adequada aos objectivos e destinatários.
  • 31.
  • 32.
  • 33. Escrever para responder a diferentes propostas de trabalho, recorrendo a técnicas de selecção, registo, organização e transmissão de informação; Utilizar com autonomia processos de planificação, textualização e revisão com recurso a instrumentos de apoio e recursos informáticos; Escrever em termos pessoais e criativos, em diferentes suportes e num registo adequado ao leitor visado, adoptando as convenções próprias do tipo de texto;
  • 34. Produzir textos coerentes e coesos em português padrão, com tema de abertura e fecho congruente, com uma demarcação clara de parágrafos e períodos e com uso correcto da ortografia e da pontuação.
  • 35. Promover momentos específicos de trabalho em oficina de escrita, apoiando os alunos na planificação, textualização e revisão dos textos. Assim como, promover, apoiar, regular e orientar na selecção dos recursos a utilizar para a produção do texto.
  • 36. Algumas sugestões: Actividades visando o contacto com as diferentes variedades do português; Recurso a listas de palavras para exercitar a voz e o ouvido na manipulação de sons e na identificação de fonemas; Manipulação de palavras com sequências de duas vogais que não pertencem à mesma sílaba; Reconstrução e reinvenção de palavras com base na alteração da estrutura silábica; Actividades para descoberta, comparação e distinção de diferentes processos de formação de palavras compostas; Exercícios de pronominalização; Actividades em laboratório de língua; Jogos de linguagem, leitura de poemas lúdicos, para observar e manipulação de palavras polissémicas. Consulta de dicionários e manipulação de informação lexicográfica;
  • 37. Exercícios para o estabelecimento de relações classe-elemento e parte-todo; Participação na elaboração de glossários e listas organizadas de termos; produção de textos, em Oficina de Escrita; Transformação de frases afirmativas dos diferentes tipos em frases negativas e vice-versa. Actividades para descoberta e identificação de palavras com significado negativo que determinam a polaridade negativa nas frases em que ocorrem; Actividades de descoberta, produção ou interpretação de diferentes tipos enunciados de acordo com o objectivo discursivo, focando a atenção dos alunos nos seguintes aspectos: selecção de verbos performativos ou de verbos que exprimam adequadamente o propósito ilocutório; modo verbal; advérbios; interjeições; entoação (modo oral); sinais de pontuação (modo escrito); Transformação do discurso directo em indirecto.
  • 38.
  • 39. Organização programática do 3.º Ciclo Guião de análise
  • 40.  
  • 41. Organização por Competências: - Compreensão/expressão oral - Leitura - Escrita - Conhecimento explícito da Língua
  • 42. (pp 73,94, 112, 131) Alargamento e complexificação de formas de raciocínio, de organização e de comunicação de saberes e pontos de vista: 2º Ciclo - situação nova, identificação e reconhecimento (Classes de palavras, B3, p 94); 3º Ciclo - continuação, alargamento, aprofundamento e complexidade progressivos (Classes de palavras, B3, p131)
  • 43. Conjunto alargado de textos – escritos, falados, visuais, do quotidiano e dos média: ampliar conhecimentos, construção e partilha de uma cultura literária (pp 136 a 139).
  • 44. (pp149 e 150) … escrita pessoal e escrita criativa, respondendo de forma concreta às dificuldades dos alunos; Alargamento do trabalho a nível linguístico e textual; Diversificação das actividades propostas aos alunos; … escreve-se para escrever melhor; Circulação dos escritos produzidos; Confronto de textos para tomada de consciência das diferentes tipologias;
  • 45.
  • 46. Descritores de desempenho/conteúdos/notas: Classes de palavras - B3 – do 1ºCiclo (p56), para B3 – do 2ºCiclo (p94) e o 3º Ciclo (p131): Alargamento, sistematização e consolidação – do geral para o particular. Nota-se o emprego de uma linguagem mais complexa e que exige maior profundidade.