SlideShare uma empresa Scribd logo
08a claudia pinto
Para responder á questão , é necessário ter os seguintes
conhecimentos:
 Saber distinguir materiais (naturais e manufacturados)
 Saber a solubilidade de materiais em água
 Saber identificar uma substancia ou mistura de substância
 Saber distinguir e dizer o que são materiais homogéneos, heterogéneos e
    coloidais
 Saber a composição qualitativa e quantitativa de uma solução
 Saber distinguir e o que é o solvente e o soluto numa solução
 Conhecer e saber aplicar a formula da densidade de materiais
 Conhecer as transformações físicas e químicas.
 Saber alguns exemplos de soluções liquidas, sólidas e gasosas
A forma de os assuntos abordados poderem ser utilizados para interpretar a constituição de
    uma praia é explicar e dar um exemplo.

   Materiais manufacturados são materiais que sofreram a acção do homem (ex: plásticos…)
    Materiais naturais são materiais que são utilizados como se encontram na natureza (ex:
    conchas)




          Fig.1 - plásticos                           Fig.2- conchas
   Na praia podemos encontrar poucas substâncias, porque só inclui um componente na sua
    constituição (ex: oxigénio). As misturas de substâncias, tal como o nome o indica têm dois
    ou mais componentes (ex: a areia da praia).




                          Fig.5- areia e oxigénio
   O sal da água não é visível porque dissolve-se na água, mas também podemos encontrar
    materiais insolúveis tal como a água com areia.




              Fig.3- água com sal              Fig.4- água com areia
     Existem muitas misturas, tais como misturas homogéneas, heterogéneas e coloidais. Uma
      mistura homogénea tem aspeto uniforme e apresenta duas ou mais fases visíveis a olho nu
      (ex: a agua do mar - água mais sal). Uma mistura heterogénea tem aspeto uniforme e
      apresenta apenas uma fase visível a olho nu (ex: a areia - vários minerais). As misturas
      coloidais têm aspeto uniforme a olho nu e ao microscópio é possível visualizar duas ou mais
      fases (ex: nevoeiro).




    Fig.6- areia                     Fig.7- água do mar                  Fig.8- nevoeiro
   A composição qualitativa indica os componentes de uma solução. A composição quantitativa
    indica a relação entre as quantidades de soluto de solvente.

   Numa solução existe o soluto e o solvente. O soluto é o componente que tem o estado físico
    da solução quando o soluto e o solvente tem estados diferentes. O solvente é o componente
    em maior quantidade quando o soluto e o solvente tem o mesmo estado físico. Por exemplo
    na água do mar o soluto é o sal e o solvente é a agua.

   Se olharmos para o mar vemos muitas algas á superfície, porque a densidade da água do mar
    é maior que a densidade das algas. Para calcularmos a densidade de algo fazemos p= m/V.

   As transformações físicas e químicas também estão presentes na praia. As transformações
    físicas são transformações de matéria que não envolvem a formação de novas substancias,
    mas apenas a mudança de estado físico tal como a evaporação água do mar. As
    transformações químicas são transformações em que ocorre consumo de substancias e
    formação de novas substancias.
   Na praia existem três tipos de soluções: liquidas como a agua do mar, sólidas como a areia,
    as rochas, as algas as conchas e gasosas como o ar.




         Fig.9- água do mar                             Fig.10- areia




         Fig.11- algas                                  Fig.12- rochas
   No ponto de vista de ciências físico químicas uma praia é um conjunto de materiais em que
    um cientista pode, avaliar e aplicar diversos conhecimentos. Podemos diferenciar diversas
    misturas, calcular a densidade das mesmas, conhecer a solubilidade de materiais, distinguir
    os componentes de uma solução, conhecer o conceito de transformações físicas e
    químicas, distinguir vários materiais, o conceito de materiais naturais e manufacturados, a
    identificação de substancias, a variedade de soluções e conhecer a composição qualitativa e
    quantitativa de uma solução.

   As actividades desenvolvidas foram muito produtivas, pois tornavam as aulas interactivas e
    mais interessantes.
   Manual “FQ 7 Terra no espaço Terra em transformação”
   Internet

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Rochas, Arquivos Que Relatam A HistóRia Da Terra
Rochas, Arquivos Que Relatam A HistóRia Da TerraRochas, Arquivos Que Relatam A HistóRia Da Terra
Rochas, Arquivos Que Relatam A HistóRia Da Terra
Nuno Correia
 
Relatório Final de Ciências Físico-Químicas
Relatório Final de Ciências Físico-QuímicasRelatório Final de Ciências Físico-Químicas
Relatório Final de Ciências Físico-Químicas
Machado6
 
G4 as rochas, arquivos da história da terra
G4   as rochas, arquivos da história da terraG4   as rochas, arquivos da história da terra
G4 as rochas, arquivos da história da terra
Nuno Correia
 
Geoquímica: uma introdução
Geoquímica: uma introduçãoGeoquímica: uma introdução
Geoquímica: uma introdução
Oficina de Textos
 
Relatório nº3
Relatório nº3Relatório nº3
Relatório nº3
joaosantosterrivel
 
04b antonio pinheiro
04b antonio pinheiro04b antonio pinheiro
04b antonio pinheiro
duartejanuario
 
Geoquímica Aula 1
Geoquímica   Aula 1Geoquímica   Aula 1
Geoquímica Aula 1
marciotecsoma
 
Geoquímica - Dispersão Geoquímica
Geoquímica - Dispersão GeoquímicaGeoquímica - Dispersão Geoquímica
Geoquímica - Dispersão Geoquímica
marciotecsoma
 
Conservação da massa e fracionamento elemental
Conservação da massa e fracionamento elementalConservação da massa e fracionamento elemental
Conservação da massa e fracionamento elemental
Marcio Santos
 
Questoes solo
Questoes soloQuestoes solo
Questoes solo
engenhar
 
Exercicio01
Exercicio01Exercicio01
Exercicio01
ANDRADE MIGUEL
 
Fracionamento de isótopos estáveis
Fracionamento de isótopos estáveisFracionamento de isótopos estáveis
Fracionamento de isótopos estáveis
Marcio Santos
 
Solo
SoloSolo
Geoquímica Distribuição dos elementos químicos
Geoquímica   Distribuição dos elementos químicosGeoquímica   Distribuição dos elementos químicos
Geoquímica Distribuição dos elementos químicos
marciotecsoma
 
Geo 14 rochas magmáticas - silicatos
Geo 14   rochas magmáticas - silicatosGeo 14   rochas magmáticas - silicatos
Geo 14 rochas magmáticas - silicatos
Nuno Correia
 
Geo 7 formação das rochas sedimentares (detriticas)
Geo 7   formação das rochas sedimentares (detriticas)Geo 7   formação das rochas sedimentares (detriticas)
Geo 7 formação das rochas sedimentares (detriticas)
Nuno Correia
 
Geologia 11 rochas sedimentares - detríticas
Geologia 11   rochas sedimentares  - detríticasGeologia 11   rochas sedimentares  - detríticas
Geologia 11 rochas sedimentares - detríticas
Nuno Correia
 
Atividades para blog
Atividades para blogAtividades para blog
Atividades para blog
AlieteFG
 
Aula 02 transformações físicas e químicas - 1º ano - com tarefas mínimas da...
Aula 02   transformações físicas e químicas - 1º ano - com tarefas mínimas da...Aula 02   transformações físicas e químicas - 1º ano - com tarefas mínimas da...
Aula 02 transformações físicas e químicas - 1º ano - com tarefas mínimas da...
Alpha Colégio e Vestibulares
 

Mais procurados (19)

Rochas, Arquivos Que Relatam A HistóRia Da Terra
Rochas, Arquivos Que Relatam A HistóRia Da TerraRochas, Arquivos Que Relatam A HistóRia Da Terra
Rochas, Arquivos Que Relatam A HistóRia Da Terra
 
Relatório Final de Ciências Físico-Químicas
Relatório Final de Ciências Físico-QuímicasRelatório Final de Ciências Físico-Químicas
Relatório Final de Ciências Físico-Químicas
 
G4 as rochas, arquivos da história da terra
G4   as rochas, arquivos da história da terraG4   as rochas, arquivos da história da terra
G4 as rochas, arquivos da história da terra
 
Geoquímica: uma introdução
Geoquímica: uma introduçãoGeoquímica: uma introdução
Geoquímica: uma introdução
 
Relatório nº3
Relatório nº3Relatório nº3
Relatório nº3
 
04b antonio pinheiro
04b antonio pinheiro04b antonio pinheiro
04b antonio pinheiro
 
Geoquímica Aula 1
Geoquímica   Aula 1Geoquímica   Aula 1
Geoquímica Aula 1
 
Geoquímica - Dispersão Geoquímica
Geoquímica - Dispersão GeoquímicaGeoquímica - Dispersão Geoquímica
Geoquímica - Dispersão Geoquímica
 
Conservação da massa e fracionamento elemental
Conservação da massa e fracionamento elementalConservação da massa e fracionamento elemental
Conservação da massa e fracionamento elemental
 
Questoes solo
Questoes soloQuestoes solo
Questoes solo
 
Exercicio01
Exercicio01Exercicio01
Exercicio01
 
Fracionamento de isótopos estáveis
Fracionamento de isótopos estáveisFracionamento de isótopos estáveis
Fracionamento de isótopos estáveis
 
Solo
SoloSolo
Solo
 
Geoquímica Distribuição dos elementos químicos
Geoquímica   Distribuição dos elementos químicosGeoquímica   Distribuição dos elementos químicos
Geoquímica Distribuição dos elementos químicos
 
Geo 14 rochas magmáticas - silicatos
Geo 14   rochas magmáticas - silicatosGeo 14   rochas magmáticas - silicatos
Geo 14 rochas magmáticas - silicatos
 
Geo 7 formação das rochas sedimentares (detriticas)
Geo 7   formação das rochas sedimentares (detriticas)Geo 7   formação das rochas sedimentares (detriticas)
Geo 7 formação das rochas sedimentares (detriticas)
 
Geologia 11 rochas sedimentares - detríticas
Geologia 11   rochas sedimentares  - detríticasGeologia 11   rochas sedimentares  - detríticas
Geologia 11 rochas sedimentares - detríticas
 
Atividades para blog
Atividades para blogAtividades para blog
Atividades para blog
 
Aula 02 transformações físicas e químicas - 1º ano - com tarefas mínimas da...
Aula 02   transformações físicas e químicas - 1º ano - com tarefas mínimas da...Aula 02   transformações físicas e químicas - 1º ano - com tarefas mínimas da...
Aula 02 transformações físicas e químicas - 1º ano - com tarefas mínimas da...
 

Destaque

Manual Sql
Manual SqlManual Sql
Manual Sql
Rafa
 
Material arvorezinha uca
Material arvorezinha   ucaMaterial arvorezinha   uca
Material arvorezinha uca
tdalfollo
 
23. como estudar a biblía iii
23. como estudar a biblía iii23. como estudar a biblía iii
23. como estudar a biblía iii
pohlos
 
Sbs
SbsSbs
Probabilidade
ProbabilidadeProbabilidade
Probabilidade
Dinho Paulo Clakly
 
5 Ta
5 Ta5 Ta
5 Ta
Ricken7
 

Destaque (7)

Manual Sql
Manual SqlManual Sql
Manual Sql
 
Material arvorezinha uca
Material arvorezinha   ucaMaterial arvorezinha   uca
Material arvorezinha uca
 
23. como estudar a biblía iii
23. como estudar a biblía iii23. como estudar a biblía iii
23. como estudar a biblía iii
 
Sbs
SbsSbs
Sbs
 
Probabilidade
ProbabilidadeProbabilidade
Probabilidade
 
¿Quién es?
¿Quién es?¿Quién es?
¿Quién es?
 
5 Ta
5 Ta5 Ta
5 Ta
 

Semelhante a 08a claudia pinto

Trabalho Final CFQ
Trabalho Final CFQTrabalho Final CFQ
Trabalho Final CFQ
tiagoabrantes7b
 
24a matilde oliveira
24a matilde oliveira24a matilde oliveira
24a matilde oliveira
duartejanuario
 
09b filipe machado
09b filipe machado09b filipe machado
09b filipe machado
duartejanuario
 
11b francisca fernandes
11b francisca fernandes11b francisca fernandes
11b francisca fernandes
duartejanuario
 
17 b joao_rei
17 b joao_rei17 b joao_rei
17 b joao_rei
duartejanuario
 
Aula sobre matéria
Aula sobre matériaAula sobre matéria
Aula sobre matéria
Rodrigo Rocha de Lima
 
1 estudo da água nos ecossistemas maio
1 estudo da água nos ecossistemas   maio 1 estudo da água nos ecossistemas   maio
1 estudo da água nos ecossistemas maio
Luiza Collet
 
Constituição do Mundo Material
Constituição do Mundo MaterialConstituição do Mundo Material
Constituição do Mundo Material
João França
 
Capítulo 1: Matéria e medidas
Capítulo 1: Matéria e medidasCapítulo 1: Matéria e medidas
Capítulo 1: Matéria e medidas
Kaires Braga
 
15b joana santos
15b joana santos15b joana santos
15b joana santos
duartejanuario
 
Matéria e suas propriedades
Matéria e suas propriedadesMatéria e suas propriedades
Matéria e suas propriedades
Bio Sem Limites
 
Resumos de fisico-quimica 7ºano
Resumos de fisico-quimica 7ºanoResumos de fisico-quimica 7ºano
Resumos de fisico-quimica 7ºano
Joana Silva
 
Resumos da matéria de fisico-quimica 7ºano
Resumos da matéria de fisico-quimica  7ºano Resumos da matéria de fisico-quimica  7ºano
Resumos da matéria de fisico-quimica 7ºano
Joana Silva
 
Aula propriedade da materia
Aula propriedade da materiaAula propriedade da materia
Aula propriedade da materia
Coens Cursos e Concursos
 
Pré requisitos - quimica A 10º ano
Pré requisitos - quimica A 10º anoPré requisitos - quimica A 10º ano
Pré requisitos - quimica A 10º ano
madalenapico
 
Introdução à química
Introdução à químicaIntrodução à química
Introdução à química
samuelr81
 
Ciencias 9ºano
Ciencias 9ºanoCiencias 9ºano
Ciencias 9ºano
Elaine Mello
 
27a nuno alves
27a nuno alves27a nuno alves
27a nuno alves
duartejanuario
 
Relatório nº3 corrigido
Relatório nº3 corrigidoRelatório nº3 corrigido
Relatório nº3 corrigido
antoniopedropinheiro
 
Resumo classificação, propriedades e transformações da matéria
Resumo   classificação, propriedades e transformações da matériaResumo   classificação, propriedades e transformações da matéria
Resumo classificação, propriedades e transformações da matéria
Profª Alda Ernestina
 

Semelhante a 08a claudia pinto (20)

Trabalho Final CFQ
Trabalho Final CFQTrabalho Final CFQ
Trabalho Final CFQ
 
24a matilde oliveira
24a matilde oliveira24a matilde oliveira
24a matilde oliveira
 
09b filipe machado
09b filipe machado09b filipe machado
09b filipe machado
 
11b francisca fernandes
11b francisca fernandes11b francisca fernandes
11b francisca fernandes
 
17 b joao_rei
17 b joao_rei17 b joao_rei
17 b joao_rei
 
Aula sobre matéria
Aula sobre matériaAula sobre matéria
Aula sobre matéria
 
1 estudo da água nos ecossistemas maio
1 estudo da água nos ecossistemas   maio 1 estudo da água nos ecossistemas   maio
1 estudo da água nos ecossistemas maio
 
Constituição do Mundo Material
Constituição do Mundo MaterialConstituição do Mundo Material
Constituição do Mundo Material
 
Capítulo 1: Matéria e medidas
Capítulo 1: Matéria e medidasCapítulo 1: Matéria e medidas
Capítulo 1: Matéria e medidas
 
15b joana santos
15b joana santos15b joana santos
15b joana santos
 
Matéria e suas propriedades
Matéria e suas propriedadesMatéria e suas propriedades
Matéria e suas propriedades
 
Resumos de fisico-quimica 7ºano
Resumos de fisico-quimica 7ºanoResumos de fisico-quimica 7ºano
Resumos de fisico-quimica 7ºano
 
Resumos da matéria de fisico-quimica 7ºano
Resumos da matéria de fisico-quimica  7ºano Resumos da matéria de fisico-quimica  7ºano
Resumos da matéria de fisico-quimica 7ºano
 
Aula propriedade da materia
Aula propriedade da materiaAula propriedade da materia
Aula propriedade da materia
 
Pré requisitos - quimica A 10º ano
Pré requisitos - quimica A 10º anoPré requisitos - quimica A 10º ano
Pré requisitos - quimica A 10º ano
 
Introdução à química
Introdução à químicaIntrodução à química
Introdução à química
 
Ciencias 9ºano
Ciencias 9ºanoCiencias 9ºano
Ciencias 9ºano
 
27a nuno alves
27a nuno alves27a nuno alves
27a nuno alves
 
Relatório nº3 corrigido
Relatório nº3 corrigidoRelatório nº3 corrigido
Relatório nº3 corrigido
 
Resumo classificação, propriedades e transformações da matéria
Resumo   classificação, propriedades e transformações da matériaResumo   classificação, propriedades e transformações da matéria
Resumo classificação, propriedades e transformações da matéria
 

Mais de claudiapinto7a

Reflexão
ReflexãoReflexão
Reflexão
claudiapinto7a
 
Lusíadas
LusíadasLusíadas
Lusíadas
claudiapinto7a
 
Lusonautas
LusonautasLusonautas
Lusonautas
claudiapinto7a
 
Cruzeiros lusíadas
Cruzeiros lusíadasCruzeiros lusíadas
Cruzeiros lusíadas
claudiapinto7a
 
Modelos atómicos
Modelos atómicosModelos atómicos
Modelos atómicos
claudiapinto7a
 
Informacao sobre as esperiencias ods cientitas
Informacao sobre as esperiencias ods cientitasInformacao sobre as esperiencias ods cientitas
Informacao sobre as esperiencias ods cientitas
claudiapinto7a
 
Modelos atómicos
Modelos atómicosModelos atómicos
Modelos atómicos
claudiapinto7a
 
Modelo de nuvem eletrónica
Modelo de nuvem eletrónicaModelo de nuvem eletrónica
Modelo de nuvem eletrónica
claudiapinto7a
 
Morte de d
Morte de dMorte de d
Morte de d
claudiapinto7a
 
Quando o adolescente parte sozinho ou com os amigos para uma viagem deixa a f...
Quando o adolescente parte sozinho ou com os amigos para uma viagem deixa a f...Quando o adolescente parte sozinho ou com os amigos para uma viagem deixa a f...
Quando o adolescente parte sozinho ou com os amigos para uma viagem deixa a f...
claudiapinto7a
 
Arvores
ArvoresArvores
Gramaticaelusiadas
GramaticaelusiadasGramaticaelusiadas
Gramaticaelusiadas
claudiapinto7a
 
Texto expositivo
Texto expositivoTexto expositivo
Texto expositivo
claudiapinto7a
 
O adamastor
O adamastorO adamastor
O adamastor
claudiapinto7a
 
Princípios e valores do estado novo
Princípios e valores do estado novoPrincípios e valores do estado novo
Princípios e valores do estado novo
claudiapinto7a
 
Si tu pouvais travailler dans un association ou organisation de solidarité
Si tu pouvais travailler dans un association ou organisation de solidaritéSi tu pouvais travailler dans un association ou organisation de solidarité
Si tu pouvais travailler dans un association ou organisation de solidarité
claudiapinto7a
 
Mix de versos
Mix de versosMix de versos
Mix de versos
claudiapinto7a
 
Aquecimento global
Aquecimento globalAquecimento global
Aquecimento global
claudiapinto7a
 

Mais de claudiapinto7a (20)

La mer corrigido
La mer corrigidoLa mer corrigido
La mer corrigido
 
La mer
La merLa mer
La mer
 
Reflexão
ReflexãoReflexão
Reflexão
 
Lusíadas
LusíadasLusíadas
Lusíadas
 
Lusonautas
LusonautasLusonautas
Lusonautas
 
Cruzeiros lusíadas
Cruzeiros lusíadasCruzeiros lusíadas
Cruzeiros lusíadas
 
Modelos atómicos
Modelos atómicosModelos atómicos
Modelos atómicos
 
Informacao sobre as esperiencias ods cientitas
Informacao sobre as esperiencias ods cientitasInformacao sobre as esperiencias ods cientitas
Informacao sobre as esperiencias ods cientitas
 
Modelos atómicos
Modelos atómicosModelos atómicos
Modelos atómicos
 
Modelo de nuvem eletrónica
Modelo de nuvem eletrónicaModelo de nuvem eletrónica
Modelo de nuvem eletrónica
 
Morte de d
Morte de dMorte de d
Morte de d
 
Quando o adolescente parte sozinho ou com os amigos para uma viagem deixa a f...
Quando o adolescente parte sozinho ou com os amigos para uma viagem deixa a f...Quando o adolescente parte sozinho ou com os amigos para uma viagem deixa a f...
Quando o adolescente parte sozinho ou com os amigos para uma viagem deixa a f...
 
Arvores
ArvoresArvores
Arvores
 
Gramaticaelusiadas
GramaticaelusiadasGramaticaelusiadas
Gramaticaelusiadas
 
Texto expositivo
Texto expositivoTexto expositivo
Texto expositivo
 
O adamastor
O adamastorO adamastor
O adamastor
 
Princípios e valores do estado novo
Princípios e valores do estado novoPrincípios e valores do estado novo
Princípios e valores do estado novo
 
Si tu pouvais travailler dans un association ou organisation de solidarité
Si tu pouvais travailler dans un association ou organisation de solidaritéSi tu pouvais travailler dans un association ou organisation de solidarité
Si tu pouvais travailler dans un association ou organisation de solidarité
 
Mix de versos
Mix de versosMix de versos
Mix de versos
 
Aquecimento global
Aquecimento globalAquecimento global
Aquecimento global
 

08a claudia pinto

  • 2. Para responder á questão , é necessário ter os seguintes conhecimentos:  Saber distinguir materiais (naturais e manufacturados)  Saber a solubilidade de materiais em água  Saber identificar uma substancia ou mistura de substância  Saber distinguir e dizer o que são materiais homogéneos, heterogéneos e coloidais  Saber a composição qualitativa e quantitativa de uma solução  Saber distinguir e o que é o solvente e o soluto numa solução  Conhecer e saber aplicar a formula da densidade de materiais  Conhecer as transformações físicas e químicas.  Saber alguns exemplos de soluções liquidas, sólidas e gasosas
  • 3. A forma de os assuntos abordados poderem ser utilizados para interpretar a constituição de uma praia é explicar e dar um exemplo.  Materiais manufacturados são materiais que sofreram a acção do homem (ex: plásticos…) Materiais naturais são materiais que são utilizados como se encontram na natureza (ex: conchas) Fig.1 - plásticos Fig.2- conchas
  • 4. Na praia podemos encontrar poucas substâncias, porque só inclui um componente na sua constituição (ex: oxigénio). As misturas de substâncias, tal como o nome o indica têm dois ou mais componentes (ex: a areia da praia). Fig.5- areia e oxigénio
  • 5. O sal da água não é visível porque dissolve-se na água, mas também podemos encontrar materiais insolúveis tal como a água com areia. Fig.3- água com sal Fig.4- água com areia
  • 6. Existem muitas misturas, tais como misturas homogéneas, heterogéneas e coloidais. Uma mistura homogénea tem aspeto uniforme e apresenta duas ou mais fases visíveis a olho nu (ex: a agua do mar - água mais sal). Uma mistura heterogénea tem aspeto uniforme e apresenta apenas uma fase visível a olho nu (ex: a areia - vários minerais). As misturas coloidais têm aspeto uniforme a olho nu e ao microscópio é possível visualizar duas ou mais fases (ex: nevoeiro). Fig.6- areia Fig.7- água do mar Fig.8- nevoeiro
  • 7. A composição qualitativa indica os componentes de uma solução. A composição quantitativa indica a relação entre as quantidades de soluto de solvente.  Numa solução existe o soluto e o solvente. O soluto é o componente que tem o estado físico da solução quando o soluto e o solvente tem estados diferentes. O solvente é o componente em maior quantidade quando o soluto e o solvente tem o mesmo estado físico. Por exemplo na água do mar o soluto é o sal e o solvente é a agua.  Se olharmos para o mar vemos muitas algas á superfície, porque a densidade da água do mar é maior que a densidade das algas. Para calcularmos a densidade de algo fazemos p= m/V.  As transformações físicas e químicas também estão presentes na praia. As transformações físicas são transformações de matéria que não envolvem a formação de novas substancias, mas apenas a mudança de estado físico tal como a evaporação água do mar. As transformações químicas são transformações em que ocorre consumo de substancias e formação de novas substancias.
  • 8. Na praia existem três tipos de soluções: liquidas como a agua do mar, sólidas como a areia, as rochas, as algas as conchas e gasosas como o ar. Fig.9- água do mar Fig.10- areia Fig.11- algas Fig.12- rochas
  • 9. No ponto de vista de ciências físico químicas uma praia é um conjunto de materiais em que um cientista pode, avaliar e aplicar diversos conhecimentos. Podemos diferenciar diversas misturas, calcular a densidade das mesmas, conhecer a solubilidade de materiais, distinguir os componentes de uma solução, conhecer o conceito de transformações físicas e químicas, distinguir vários materiais, o conceito de materiais naturais e manufacturados, a identificação de substancias, a variedade de soluções e conhecer a composição qualitativa e quantitativa de uma solução.  As actividades desenvolvidas foram muito produtivas, pois tornavam as aulas interactivas e mais interessantes.
  • 10. Manual “FQ 7 Terra no espaço Terra em transformação”  Internet