SlideShare uma empresa Scribd logo
Juniores - jun01-01 1 www.ebd.com.br
Introdução às Parábolas
1 Mateus13.10-17
Seu jeito de dar aula e a dinâmi-
ca que você faz com seus alunos
são suas característica como
professor.
Algumas classes iniciam cantan-
do e recepcionando as crianças.
Outras permitem que eles perma-
neçam conversando de manei-
ra ordenada.
Algumas tiram a coleta, e em
outras isto não é feito.
Nossa preocupação não é só
com estes aspectos de sua clas-
se mas como eles podem ser
enriquecidos através do conhe-
cimento daquilo que as crianças
podem e devem aprender. Por
exemplo, é muito bom:
• receber as crianças com aten-
ção e alegria, perguntando-lhes
sobre a semana e fazendo-as
sentirem-se importantes.
• ter momentos de louvor com
cânticos acompanhados por um
instrumento ou em fita.
• reservar um tempo para a me-
morização do versículo da lição.
• realizar oração conjunta, esti-
mulando a todos para que orem.
• apresentar o Senhor Jesus
Cristo como único e suficiente
Salvador, dando às crianças
oportunidade de o aceitar em
suas vidas.
• ter todo o material da aula à
mão para que não haja interrup-
ções.
• Saber que parábolas são his-
tórias contadas por Jesus para
falar uma verdade espiritual atra-
vés de comparações.
• Mostrar que as parábolas são
atuais.
Cartaz Colorido 1- Parábolas.
Cartaz Colorido 2- Natureza e
elementos das parábolas.
Cartaz Colorido 3- Costumes fa-
miliares.
Cartaz Colorido 4- Acontecimen-
tos na vida da cidade.
Faixa com o versículo da aula.
Marca página com o versículo da
aula.
Objetos para a dinâmica: Caixa
de fósforo, giz, copo, colher, lapi-
seira, fruta, bichinho de pelúcia,
vela, chaveiro, vaso e anel.
Atividade.
“Bem aventurados, porém, os
vossos olhos, porque vêem; e os
vossos ouvidos porque ouvem ”
Mateus 13.16
Devemos ensinar a memoriza-
ção de versículos para que a cri-
ança aprenda e acostume-se a
usar a Palavra de Deus em mo-
mentos de crise ou aflição. Você
pode pregar o versículo na pare-
de da classe ou dar o cartão para
que eles levem para casa.Podem
dar para um amigo. Basta que
você tire mais cópias.
É importante explicar o significa-
do de cada palavra que forma o
versículo para que possa ser
compreendido e não meramen-
te decorado.O versículo pode ser
repetido durante a aula, fixado na
parede da classe e dado a cada
criança um pequeno cartão, que
será levado para casa.
Na lição de hoje temos a pala-
vra bem aventurados.
O professor deve ensinar: "bem
aventurados quer dizer, felizes."
Deve-se também explicar o sig-
nificado para ter certeza que a cri-
ança compreendeu-o.
“Felizes são aquelas pessoas
que olharam e puderam ver, e
as que ouviram e puderam en-
tender ( as histórias que Jesus
contou).”
O professor deverá chamar a
atenção do aluno para o que vai
ser ensinado.
Isto poderá ser feito sempre mos-
trando alguma coisa concreta e
original ou aplicando algum jogo
que chamaremos de dinâmica.
Sugerimos:
• Jogo da Memória concreta
Colocar sobre a mesa vários ob-
jetos: Caixa de fósforo, giz, copo,
colher, lapiseira, fruta, bichinho
de pelúcia, vela, chaveiro, vaso
e anel. O professor tira um obje-
to e os alunos tem que adivinhar
qual foi o objeto retirado.Colocar
de volta e retirar outro objeto ou
dois de cada vez, deixando que
adivinhem.
"Vocês puderam ver que para
saber algo é preciso prestar aten-
ção.Os olhos foram bastante exi-
gidos. A história que hoje vamos
estudar mostra uma maneira que
Jesus falava as verdades espiri-
tuais usando elementos da vida
das pessoas ."
Captada a atenção, o professor
vai ensinar a lição, usando os car-
tazes coloridos.
Juniores - jun01-01 2 www.ebd.com.br
( Cartaz 1)
“Esta palavra parece esquisita
mas não é. Parábola é uma his-
tória que pode ter acontecido e
que contém uma verdade bási-
ca a respeito das pessoas e das
coisas espirituais. Mesmo tendo
sido contadas por Jesus há mui-
to tempo, elas ainda são atuais e
a sua conclusão pode ser apli-
cada em nossas vidas. Jesus
atraiu multidões com suas histó-
rias porque ele sabia contá-las
de uma maneira especial. Ho-
mens, mulheres, crianças, po-
bres, ricos, pessoas doentes,
endemoniados, todos prestavam
atenção em suas parábolas. Je-
sus falava a linguagem do povo
e todos o entendiam. Seu objeti-
vo era falar as pessoas sobre ar-
rependimento, mudança de vida,
sobre salvação. O porquê de se-
gui-lo e a seus ensinamentos.
( Cartaz 2 )
A palavra parábola vem do gre-
go e quer dizer colocar lado a
lado, comparar. Jesus contava
histórias falando sobre os ele-
mentos da natureza: árvores, fru-
tos, sementes, chuva, nuvens.
Ele concluía mostrando nas coi-
sas que vemos, as coisas que
não se vêem. Todas as parábo-
las de Jesus ensinavam uma li-
ção e ela geralmente vinha no fi-
nal da história. Jesus tinha a ca-
pacidade de causar um impacto
na vida daqueles que o ouviam.
(Cartaz 3)
Outra vezes Jesus usava figuras
familiares, situações entre pais e
filhos, amigos que pediam coisas
emprestadas, sobre as profis-
sões daquela época. Muitas pes-
soas ouviam, mas não compre-
endiam seu significado. Outras
até entendiam, mas endureciam
seus corações e rejeitavam o que
Jesus estava ensinando. Assim
agiam as pessoas que tinham fé
e também os que não acredita-
vam, ouvindo por ouvir.
(Cartaz 4)
Jesus também falava sobre
acontecimentos da vida da cida-
de e sobre histórias ocasionais
como um casamento ou uma
colheita. Ele fazia seu ouvinte
chegar até aquilo que realmente
gostaria de ensinar, fazendo uma
pergunta esperta e dando uma
resposta mais esperta ainda.
Assim eram as parábolas.”
As parábolas que vamos estudar
devem fazer o mesmo efeito que
causaram nos dias de Jesus. Al-
guns de nós vão aprender, en-
tender a relação para suas vidas,
outros não vão entender a cla-
reza da mensagem. Para alguns
as parábolas falarão direto no
coração. Para outros como no
tempo de Jesus será mais uma
historinha contada. Prepare seu
coração desde já.
Use esta parte da aula para re-
capitular com as crianças tudo o
que foi ensinado, fazendo uma
pergunta de cada vez, ajudando-
os e esperando que respondam.
• Como chamam-se as histórias
contadas por Jesus ?
• O que dizer a palavra grega
parábola?
• Quais as pessoas que vinham
escutar as parábolas?
• Que assuntos tratavam as pa-
rábolas?
• Todos ouviam da mesma for-
ma?
• Todas as parábolas ensinavam
algo sobre o que Jesus queria
ensinar ?
• As parábolas servem para os
dias de hoje?
COMIGO- Sabendo que uma si-
tuação contada por Jesus pode
servir para que ainda hoje eu
aprenda, que eu possa perma-
necer disposto a estar lendo mais
a Palavra de Deus .
NA ESCOLA- Em História pos-
so usar meus conhecimentos de
como eram os costumes na épo-
ca de Jesus. Posso ligar os
ensinamentos de alguma pará-
bola para alguma situação que
surja na minha classe e ou na
minha equipe. Em português
posso fazer redações que usem
as parábolas.
NA IGREJA- Posso escrever
pequenas peças de teatro usan-
do as parábolas ou posso base-
ar-me nelas para contar uma ver-
dade espiritual. Posso usar os
ensinamentos crescendo no co-
nhecimento do Senhor Jesus.
Depois de aprender os alunos
vão agora fazer uma atividade
que esteja ligada à lição.
Distribua as folhas com a ativi-
dade e deixe-os colarem na fo-
lha de cartolina. Cada um deve-
rá recortar as peças do jogo da
memória. Estas atividade básica
não poderá ser pendurada na
parede da classe para enfeitar
mas deverá ser mandada para
casa como reforço do que foi
aprendido.
Você pode:
Além da atividade básica você
pode fazer um cartaz ou painel
com o título "Parábola / Assunto
/ Texto" e pedir que seus alunos
a medida que vão aprendendo
Juniores - jun01-01 3 www.ebd.com.br
as lições preencham o painel
(cartolina, cola, tesouras sem
ponta).
Você pode terminar a aula com
uma oração, combinando como
irão aplicar o que aprenderam
durante a semana, levando o
cartão com o versículo.Pode pe-
dir que as crianças o ajudem a
arrumar a classe.
Pode pedir que marquem e lei-
am: 1 Coríntios 2.14; Mateus
13.11 e 12; Salmo 19.7-11;
Hebreus 4.12 e 13; João 12.37-
43
Parábola Assunto Texto

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a 01.introdução às parábolas. .professor

AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
RaniereSilva14
 
7117434 guia-basico-de-evangelismo-infantil
7117434 guia-basico-de-evangelismo-infantil7117434 guia-basico-de-evangelismo-infantil
7117434 guia-basico-de-evangelismo-infantil
Jonas Fernandes
 
Como educar seus filhos
Como educar seus filhosComo educar seus filhos
Como educar seus filhos
MariGiopato
 
Apostila
ApostilaApostila
Conhecendo a verdade - Manual do Professor (Volume I)
Conhecendo a verdade - Manual do Professor (Volume I)Conhecendo a verdade - Manual do Professor (Volume I)
Conhecendo a verdade - Manual do Professor (Volume I)
Keed Muller
 
15 coisas simples
15 coisas simples15 coisas simples
15 coisas simples
luf1956
 
CURSO DE LIDERANÇA PARA O MINISTERIO INFANTIL
CURSO DE LIDERANÇA PARA O MINISTERIO INFANTILCURSO DE LIDERANÇA PARA O MINISTERIO INFANTIL
CURSO DE LIDERANÇA PARA O MINISTERIO INFANTIL
SilviaGalvodaSilva1
 
EBF - Em Busca do Tesouro Perdido - Infantil
EBF -  Em Busca do Tesouro Perdido - InfantilEBF -  Em Busca do Tesouro Perdido - Infantil
EBF - Em Busca do Tesouro Perdido - Infantil
Marcia Willemann
 
Extracurricular
ExtracurricularExtracurricular
Extracurricular
Ana Cristina Freitas
 
Como ensinar a bíblia todas as idades
Como ensinar a bíblia todas as idadesComo ensinar a bíblia todas as idades
Como ensinar a bíblia todas as idades
Edvando Tomaz
 
Sobre as atividades permanentes de alfabetiza%c3%a7%c3%a3o[1]
Sobre as atividades permanentes de alfabetiza%c3%a7%c3%a3o[1]Sobre as atividades permanentes de alfabetiza%c3%a7%c3%a3o[1]
Sobre as atividades permanentes de alfabetiza%c3%a7%c3%a3o[1]
Claudia Ortolan Ortolan
 
Ações da emei ovídio decroly em 2012
Ações da emei ovídio decroly em 2012Ações da emei ovídio decroly em 2012
Ações da emei ovídio decroly em 2012
Solange Das Graças Seno
 
auxiliar adolescentes 4trim2023.pdf
auxiliar adolescentes 4trim2023.pdfauxiliar adolescentes 4trim2023.pdf
auxiliar adolescentes 4trim2023.pdf
RicardoJohnny1
 
Ocegobartimeu primario
Ocegobartimeu primarioOcegobartimeu primario
Ocegobartimeu primario
Sandra Fuso
 
Principios do homeschool adventista
Principios do homeschool adventistaPrincipios do homeschool adventista
Principios do homeschool adventista
Patricia Schllemer
 
Contextos De AlfabetizaçãO Emile
Contextos De AlfabetizaçãO  EmileContextos De AlfabetizaçãO  Emile
Contextos De AlfabetizaçãO Emile
emilearujo
 
Acompanhamento escolar
Acompanhamento escolarAcompanhamento escolar
Acompanhamento escolar
Andréa Freitas Dos Santos
 
Lição 13 dinamica
Lição 13 dinamicaLição 13 dinamica
Lição 13 dinamica
Newton Brasil
 
Mostre+e+conte
Mostre+e+conteMostre+e+conte
Mostre+e+conte
Susana Felix
 
Bimba kids 21-10-2012 (2)
Bimba kids   21-10-2012 (2)Bimba kids   21-10-2012 (2)
Bimba kids 21-10-2012 (2)
Debora Teixeira
 

Semelhante a 01.introdução às parábolas. .professor (20)

AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
 
7117434 guia-basico-de-evangelismo-infantil
7117434 guia-basico-de-evangelismo-infantil7117434 guia-basico-de-evangelismo-infantil
7117434 guia-basico-de-evangelismo-infantil
 
Como educar seus filhos
Como educar seus filhosComo educar seus filhos
Como educar seus filhos
 
Apostila
ApostilaApostila
Apostila
 
Conhecendo a verdade - Manual do Professor (Volume I)
Conhecendo a verdade - Manual do Professor (Volume I)Conhecendo a verdade - Manual do Professor (Volume I)
Conhecendo a verdade - Manual do Professor (Volume I)
 
15 coisas simples
15 coisas simples15 coisas simples
15 coisas simples
 
CURSO DE LIDERANÇA PARA O MINISTERIO INFANTIL
CURSO DE LIDERANÇA PARA O MINISTERIO INFANTILCURSO DE LIDERANÇA PARA O MINISTERIO INFANTIL
CURSO DE LIDERANÇA PARA O MINISTERIO INFANTIL
 
EBF - Em Busca do Tesouro Perdido - Infantil
EBF -  Em Busca do Tesouro Perdido - InfantilEBF -  Em Busca do Tesouro Perdido - Infantil
EBF - Em Busca do Tesouro Perdido - Infantil
 
Extracurricular
ExtracurricularExtracurricular
Extracurricular
 
Como ensinar a bíblia todas as idades
Como ensinar a bíblia todas as idadesComo ensinar a bíblia todas as idades
Como ensinar a bíblia todas as idades
 
Sobre as atividades permanentes de alfabetiza%c3%a7%c3%a3o[1]
Sobre as atividades permanentes de alfabetiza%c3%a7%c3%a3o[1]Sobre as atividades permanentes de alfabetiza%c3%a7%c3%a3o[1]
Sobre as atividades permanentes de alfabetiza%c3%a7%c3%a3o[1]
 
Ações da emei ovídio decroly em 2012
Ações da emei ovídio decroly em 2012Ações da emei ovídio decroly em 2012
Ações da emei ovídio decroly em 2012
 
auxiliar adolescentes 4trim2023.pdf
auxiliar adolescentes 4trim2023.pdfauxiliar adolescentes 4trim2023.pdf
auxiliar adolescentes 4trim2023.pdf
 
Ocegobartimeu primario
Ocegobartimeu primarioOcegobartimeu primario
Ocegobartimeu primario
 
Principios do homeschool adventista
Principios do homeschool adventistaPrincipios do homeschool adventista
Principios do homeschool adventista
 
Contextos De AlfabetizaçãO Emile
Contextos De AlfabetizaçãO  EmileContextos De AlfabetizaçãO  Emile
Contextos De AlfabetizaçãO Emile
 
Acompanhamento escolar
Acompanhamento escolarAcompanhamento escolar
Acompanhamento escolar
 
Lição 13 dinamica
Lição 13 dinamicaLição 13 dinamica
Lição 13 dinamica
 
Mostre+e+conte
Mostre+e+conteMostre+e+conte
Mostre+e+conte
 
Bimba kids 21-10-2012 (2)
Bimba kids   21-10-2012 (2)Bimba kids   21-10-2012 (2)
Bimba kids 21-10-2012 (2)
 

Mais de lizianemarani

03.o fermento e o grão de mostarda. .aluno
03.o fermento e o grão de mostarda. .aluno03.o fermento e o grão de mostarda. .aluno
03.o fermento e o grão de mostarda. .aluno
lizianemarani
 
02.o joio e o trigo. .transparencia
02.o joio e o trigo. .transparencia02.o joio e o trigo. .transparencia
02.o joio e o trigo. .transparencia
lizianemarani
 
02.o joio e o trigo. .professor
02.o joio e o trigo. .professor02.o joio e o trigo. .professor
02.o joio e o trigo. .professor
lizianemarani
 
02.o joio e o trigo. .complemento
02.o joio e o trigo. .complemento02.o joio e o trigo. .complemento
02.o joio e o trigo. .complemento
lizianemarani
 
02.o joio e o trigo. .aluno
02.o joio e o trigo. .aluno02.o joio e o trigo. .aluno
02.o joio e o trigo. .aluno
lizianemarani
 
02.o joio e o trigo. .cartaz
02.o joio e o trigo. .cartaz02.o joio e o trigo. .cartaz
02.o joio e o trigo. .cartaz
lizianemarani
 
01.introdução às parábolas. .aluno
01.introdução às parábolas. .aluno01.introdução às parábolas. .aluno
01.introdução às parábolas. .aluno
lizianemarani
 
00.a ovelha perdida. .cartaz
00.a ovelha perdida. .cartaz00.a ovelha perdida. .cartaz
00.a ovelha perdida. .cartazlizianemarani
 
00.a ovelha perdida. .complemento
00.a ovelha perdida. .complemento00.a ovelha perdida. .complemento
00.a ovelha perdida. .complemento
lizianemarani
 
00.a ovelha perdida. .aluno
00.a ovelha perdida. .aluno00.a ovelha perdida. .aluno
00.a ovelha perdida. .aluno
lizianemarani
 
A vida de jesus parte1 material do professor
A vida de jesus parte1 material do professorA vida de jesus parte1 material do professor
A vida de jesus parte1 material do professor
lizianemarani
 

Mais de lizianemarani (11)

03.o fermento e o grão de mostarda. .aluno
03.o fermento e o grão de mostarda. .aluno03.o fermento e o grão de mostarda. .aluno
03.o fermento e o grão de mostarda. .aluno
 
02.o joio e o trigo. .transparencia
02.o joio e o trigo. .transparencia02.o joio e o trigo. .transparencia
02.o joio e o trigo. .transparencia
 
02.o joio e o trigo. .professor
02.o joio e o trigo. .professor02.o joio e o trigo. .professor
02.o joio e o trigo. .professor
 
02.o joio e o trigo. .complemento
02.o joio e o trigo. .complemento02.o joio e o trigo. .complemento
02.o joio e o trigo. .complemento
 
02.o joio e o trigo. .aluno
02.o joio e o trigo. .aluno02.o joio e o trigo. .aluno
02.o joio e o trigo. .aluno
 
02.o joio e o trigo. .cartaz
02.o joio e o trigo. .cartaz02.o joio e o trigo. .cartaz
02.o joio e o trigo. .cartaz
 
01.introdução às parábolas. .aluno
01.introdução às parábolas. .aluno01.introdução às parábolas. .aluno
01.introdução às parábolas. .aluno
 
00.a ovelha perdida. .cartaz
00.a ovelha perdida. .cartaz00.a ovelha perdida. .cartaz
00.a ovelha perdida. .cartaz
 
00.a ovelha perdida. .complemento
00.a ovelha perdida. .complemento00.a ovelha perdida. .complemento
00.a ovelha perdida. .complemento
 
00.a ovelha perdida. .aluno
00.a ovelha perdida. .aluno00.a ovelha perdida. .aluno
00.a ovelha perdida. .aluno
 
A vida de jesus parte1 material do professor
A vida de jesus parte1 material do professorA vida de jesus parte1 material do professor
A vida de jesus parte1 material do professor
 

01.introdução às parábolas. .professor

  • 1. Juniores - jun01-01 1 www.ebd.com.br Introdução às Parábolas 1 Mateus13.10-17 Seu jeito de dar aula e a dinâmi- ca que você faz com seus alunos são suas característica como professor. Algumas classes iniciam cantan- do e recepcionando as crianças. Outras permitem que eles perma- neçam conversando de manei- ra ordenada. Algumas tiram a coleta, e em outras isto não é feito. Nossa preocupação não é só com estes aspectos de sua clas- se mas como eles podem ser enriquecidos através do conhe- cimento daquilo que as crianças podem e devem aprender. Por exemplo, é muito bom: • receber as crianças com aten- ção e alegria, perguntando-lhes sobre a semana e fazendo-as sentirem-se importantes. • ter momentos de louvor com cânticos acompanhados por um instrumento ou em fita. • reservar um tempo para a me- morização do versículo da lição. • realizar oração conjunta, esti- mulando a todos para que orem. • apresentar o Senhor Jesus Cristo como único e suficiente Salvador, dando às crianças oportunidade de o aceitar em suas vidas. • ter todo o material da aula à mão para que não haja interrup- ções. • Saber que parábolas são his- tórias contadas por Jesus para falar uma verdade espiritual atra- vés de comparações. • Mostrar que as parábolas são atuais. Cartaz Colorido 1- Parábolas. Cartaz Colorido 2- Natureza e elementos das parábolas. Cartaz Colorido 3- Costumes fa- miliares. Cartaz Colorido 4- Acontecimen- tos na vida da cidade. Faixa com o versículo da aula. Marca página com o versículo da aula. Objetos para a dinâmica: Caixa de fósforo, giz, copo, colher, lapi- seira, fruta, bichinho de pelúcia, vela, chaveiro, vaso e anel. Atividade. “Bem aventurados, porém, os vossos olhos, porque vêem; e os vossos ouvidos porque ouvem ” Mateus 13.16 Devemos ensinar a memoriza- ção de versículos para que a cri- ança aprenda e acostume-se a usar a Palavra de Deus em mo- mentos de crise ou aflição. Você pode pregar o versículo na pare- de da classe ou dar o cartão para que eles levem para casa.Podem dar para um amigo. Basta que você tire mais cópias. É importante explicar o significa- do de cada palavra que forma o versículo para que possa ser compreendido e não meramen- te decorado.O versículo pode ser repetido durante a aula, fixado na parede da classe e dado a cada criança um pequeno cartão, que será levado para casa. Na lição de hoje temos a pala- vra bem aventurados. O professor deve ensinar: "bem aventurados quer dizer, felizes." Deve-se também explicar o sig- nificado para ter certeza que a cri- ança compreendeu-o. “Felizes são aquelas pessoas que olharam e puderam ver, e as que ouviram e puderam en- tender ( as histórias que Jesus contou).” O professor deverá chamar a atenção do aluno para o que vai ser ensinado. Isto poderá ser feito sempre mos- trando alguma coisa concreta e original ou aplicando algum jogo que chamaremos de dinâmica. Sugerimos: • Jogo da Memória concreta Colocar sobre a mesa vários ob- jetos: Caixa de fósforo, giz, copo, colher, lapiseira, fruta, bichinho de pelúcia, vela, chaveiro, vaso e anel. O professor tira um obje- to e os alunos tem que adivinhar qual foi o objeto retirado.Colocar de volta e retirar outro objeto ou dois de cada vez, deixando que adivinhem. "Vocês puderam ver que para saber algo é preciso prestar aten- ção.Os olhos foram bastante exi- gidos. A história que hoje vamos estudar mostra uma maneira que Jesus falava as verdades espiri- tuais usando elementos da vida das pessoas ." Captada a atenção, o professor vai ensinar a lição, usando os car- tazes coloridos.
  • 2. Juniores - jun01-01 2 www.ebd.com.br ( Cartaz 1) “Esta palavra parece esquisita mas não é. Parábola é uma his- tória que pode ter acontecido e que contém uma verdade bási- ca a respeito das pessoas e das coisas espirituais. Mesmo tendo sido contadas por Jesus há mui- to tempo, elas ainda são atuais e a sua conclusão pode ser apli- cada em nossas vidas. Jesus atraiu multidões com suas histó- rias porque ele sabia contá-las de uma maneira especial. Ho- mens, mulheres, crianças, po- bres, ricos, pessoas doentes, endemoniados, todos prestavam atenção em suas parábolas. Je- sus falava a linguagem do povo e todos o entendiam. Seu objeti- vo era falar as pessoas sobre ar- rependimento, mudança de vida, sobre salvação. O porquê de se- gui-lo e a seus ensinamentos. ( Cartaz 2 ) A palavra parábola vem do gre- go e quer dizer colocar lado a lado, comparar. Jesus contava histórias falando sobre os ele- mentos da natureza: árvores, fru- tos, sementes, chuva, nuvens. Ele concluía mostrando nas coi- sas que vemos, as coisas que não se vêem. Todas as parábo- las de Jesus ensinavam uma li- ção e ela geralmente vinha no fi- nal da história. Jesus tinha a ca- pacidade de causar um impacto na vida daqueles que o ouviam. (Cartaz 3) Outra vezes Jesus usava figuras familiares, situações entre pais e filhos, amigos que pediam coisas emprestadas, sobre as profis- sões daquela época. Muitas pes- soas ouviam, mas não compre- endiam seu significado. Outras até entendiam, mas endureciam seus corações e rejeitavam o que Jesus estava ensinando. Assim agiam as pessoas que tinham fé e também os que não acredita- vam, ouvindo por ouvir. (Cartaz 4) Jesus também falava sobre acontecimentos da vida da cida- de e sobre histórias ocasionais como um casamento ou uma colheita. Ele fazia seu ouvinte chegar até aquilo que realmente gostaria de ensinar, fazendo uma pergunta esperta e dando uma resposta mais esperta ainda. Assim eram as parábolas.” As parábolas que vamos estudar devem fazer o mesmo efeito que causaram nos dias de Jesus. Al- guns de nós vão aprender, en- tender a relação para suas vidas, outros não vão entender a cla- reza da mensagem. Para alguns as parábolas falarão direto no coração. Para outros como no tempo de Jesus será mais uma historinha contada. Prepare seu coração desde já. Use esta parte da aula para re- capitular com as crianças tudo o que foi ensinado, fazendo uma pergunta de cada vez, ajudando- os e esperando que respondam. • Como chamam-se as histórias contadas por Jesus ? • O que dizer a palavra grega parábola? • Quais as pessoas que vinham escutar as parábolas? • Que assuntos tratavam as pa- rábolas? • Todos ouviam da mesma for- ma? • Todas as parábolas ensinavam algo sobre o que Jesus queria ensinar ? • As parábolas servem para os dias de hoje? COMIGO- Sabendo que uma si- tuação contada por Jesus pode servir para que ainda hoje eu aprenda, que eu possa perma- necer disposto a estar lendo mais a Palavra de Deus . NA ESCOLA- Em História pos- so usar meus conhecimentos de como eram os costumes na épo- ca de Jesus. Posso ligar os ensinamentos de alguma pará- bola para alguma situação que surja na minha classe e ou na minha equipe. Em português posso fazer redações que usem as parábolas. NA IGREJA- Posso escrever pequenas peças de teatro usan- do as parábolas ou posso base- ar-me nelas para contar uma ver- dade espiritual. Posso usar os ensinamentos crescendo no co- nhecimento do Senhor Jesus. Depois de aprender os alunos vão agora fazer uma atividade que esteja ligada à lição. Distribua as folhas com a ativi- dade e deixe-os colarem na fo- lha de cartolina. Cada um deve- rá recortar as peças do jogo da memória. Estas atividade básica não poderá ser pendurada na parede da classe para enfeitar mas deverá ser mandada para casa como reforço do que foi aprendido. Você pode: Além da atividade básica você pode fazer um cartaz ou painel com o título "Parábola / Assunto / Texto" e pedir que seus alunos a medida que vão aprendendo
  • 3. Juniores - jun01-01 3 www.ebd.com.br as lições preencham o painel (cartolina, cola, tesouras sem ponta). Você pode terminar a aula com uma oração, combinando como irão aplicar o que aprenderam durante a semana, levando o cartão com o versículo.Pode pe- dir que as crianças o ajudem a arrumar a classe. Pode pedir que marquem e lei- am: 1 Coríntios 2.14; Mateus 13.11 e 12; Salmo 19.7-11; Hebreus 4.12 e 13; João 12.37- 43 Parábola Assunto Texto