Jardim de Infância Sto.
António, Escapães

Ed. Maria João Silva
2013/2014
25 de Novembro de 2013

 PONTO

DE PARTIDA

Numa época em que a problemática da proteção da natureza e defesa
do meio amb...
Como começou?


sessão coletiva em grupo
definição de tarefas com o aproximar do Natal;
“minha mãe já enfeitou o pinheiro...
O que fizemos?
Conversamos… pesquisamos… recolhemos imagens, pensamos
num panfleto para comunicar as descobertas que fizem...
…..levamos as árvores para o exterior

Mjs
Registamos …. Elaboramos um cartaz …

Mjs
Plantamos as árvores…. Regamos… assinalamos

Mjs
…..comunicamos as nossas descobertas

Mjs
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Floresta autóctone ji sto antónio escapães

790 visualizações

Publicada em

Registo de uma vivência/experiência no âmbito da educação ambiental, inscrita na área do conhecimento do mundo, no âmbito das Orientações Curriculares para a Educação Pré-Escolar

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
790
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
602
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Floresta autóctone ji sto antónio escapães

  1. 1. Jardim de Infância Sto. António, Escapães Ed. Maria João Silva 2013/2014
  2. 2. 25 de Novembro de 2013  PONTO DE PARTIDA Numa época em que a problemática da proteção da natureza e defesa do meio ambiente tomam cada vez mais importância, sensibilizar as crianças, famílias e restante comunidade para esta questão assume-se como um fator fundamental na consecução de propósitos fundamentais. Educar para o ambiente e o desenvolvimento é indubitavelmente um fator decisivo na construção da mudança. Pensar e agir localmente para perceber globalmente será então o princípio orientador só possível de ser construído através de uma real cidadania. Conscientes da importância vital de que se revestem os comportamentos individuais e coletivos, pretendi fundamentalmente com esta comemoração sensibilizar e mudar atitudes numa perspetiva de educação ambiental consciente e ativa. Mjs
  3. 3. Como começou?  sessão coletiva em grupo definição de tarefas com o aproximar do Natal; “minha mãe já enfeitou o pinheiro de Natal”…. uma árvore…. O pinheiro é Que árvores conhecem? …. Laranjeira… macieira… pereira…. São árvores de fruta Conhecem mais árvores? Para que servem? Mjs
  4. 4. O que fizemos? Conversamos… pesquisamos… recolhemos imagens, pensamos num panfleto para comunicar as descobertas que fizemos e tentamos encontrar duas árvores que não fosse de fruta e que existissem em Portugal… … assim chegamos ao azevinheiro (outra da árvore que usamos na decoração do natal)… e sobreiro pois perto de nós trabalham muito a cortiça. Mjs
  5. 5. …..levamos as árvores para o exterior Mjs
  6. 6. Registamos …. Elaboramos um cartaz … Mjs
  7. 7. Plantamos as árvores…. Regamos… assinalamos Mjs
  8. 8. …..comunicamos as nossas descobertas Mjs

×