SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 44
Baixar para ler offline
WEB 2.0 1
TEMA:
WEB 2.0
Equipe responsável:
Augiza Karla Boso
Evandro Jair Duarte
Marlei Grolli
WEB 2.0 2
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA - UFSC
PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA E
GESTÃO DO CONHECIMENTO – EGC
Disciplina:
Sociedade da Informação
Professor responsável:
Hugo Cesar Hoeschl
Equipe:
Augiza Karla Boso
Evandro Jair Duarte
Marlei Grolli
WEB 2.0 3
WEB 2.0
SÚMARIO
1 INTRODUÇÃO: histórico da web 2.0
2 PRINCIPAIS APLICAÇÕES
3 DEMOSTRAÇÃO DAS PRINCIPAIS FERRAMENTAS
4 MECANISMO DE AVALIAÇÃO DAS FERRAMENTAS
5 CONSIDERAÇÕES FINAIS
REFERÊNCIAS
WEB 2.0 4
INTRODUÇÃO
 HISTÓRICO DA WEB 2.0
 Tim O'Reilly - o precursor do uso do termo Web 2.0.
(2004)
 Web 2.0 é a mudança para uma internet como
plataforma, e um entendimento das regras para obter
sucesso nesta nova plataforma.
 Entre outras, a regra mais importante é desenvolver
aplicativos que aproveitem os efeitos de rede para se
tornarem melhores quanto mais são usados pelas
pessoas, aproveitando a inteligência coletiva
WEB 2.0 5
O'Reilly sugere algumas regras que
ajudam a definir a Web 2.0:
 O beta perpétuo - não trate o software como um
artefato, mas como um processo de comprometimento
com seus usuários.
 Pequenas peças frouxamente unidas - abra seus
dados e serviços para que sejam reutilizados por outros.
Reutilize dados e serviços de outros sempre que
possível.
 Software acima do nível de um único dispositivo -
não pense em aplicativos que estão no
cliente ou servidor, mas desenvolva aplicativos que
estão no espaço entre eles.
WEB 2.0 6
Lei da Conservação de Lucros, de Clayton Christensen - lembre-se
de que em um ambiente de rede, APIs (Interface de Programação
de Aplicativos)abertas e protocolos padrões vencem, mas isso não
significa que a idéia de vantagem competitiva vá embora.
Dados são o novo “Intel inside” - a mais importante entre as futuras
fontes de fechamento e vantagem competitiva serão os dados, seja
através do aumento do retorno sobre dados gerados pelo usuário,
sendo dono de um nome ou através de formatos de arquivo
proprietários.
O'Reilly sugere algumas regras que
ajudam a definir a Web 2.0:
WEB 2.0 7
Definição de Web 2.0 por Tim O´Reilly
 http://www.youtube.com/watch
?v=87LG-MQrEu0
WEB 2.0 8
Web 2.0 e o conteúdo
 O conteúdo dos websites também sofreu um enorme
impacto com a Web 2.0, dando ao usuário a
possibilidade de participar, geralmente gerando e
organizando as informações.
 Mesmo quando o conteúdo não é gerado pelos
usuários, este pode ser enriquecido através de
comentários, avaliação, ou personalização.
 Algumas aplicações Web 2.0 permitem a personalização
do conteúdo mostrado para cada usuário, sob forma de
página pessoal, permitindo a ele a filtragem de
informação que ele considera relevante.
WEB 2.0 9
Web 2.0 e o conteúdo
O conceito usado é comparável com o do
software livre: se há muitas pessoas olhando,
todos os erros são corrigidos facilmente.
Para isso existem comunidades que se auto-
moderam, através da participação dos usuários
indicando ao sistema qual usuário não deve
mais participar da comunidade.
WEB 2.0 10
Web 2.0 e o conteúdo
 Dentro dos princípios da Web 2.0 o conteúdo deve ser
aberto, utilizando licenças como "Creative Commons"
que flexibilizam os direitos autorais permitindo que o
usuário reutilize (republicando, alterando ou
colaborando) o conteúdo.
 O compartilhamento de informações deve dar ao
usuário a possibilidade de reutilizá-lo.
 Além do conteúdo editorial e noticioso, na web 2.0 o
conteúdo de alguns sites visa gerar comunidades, seja
através de sites de relacionamento, seja através de
comentários em notícias e blogues.
WEB 2.0 11
Web 2.0
A máquina somos nós
 http://www.youtube.com/watch?v=
NJsacDCsiPg
WEB 2.0 12
Ferramentas: Delicious
Desenvolvido por Joshua Schachter, que mantém também
o Memepool e entrou no ar no final de 2003. Em 2005
foi adquirido pelo Yahoo!
Oferece:
• Serviço on-line que permite que você adicione e
pesquise bookmarks sobre qualquer assunto;
• O arquivamento e a catalogação de seus sites
preferidos, acessíveis em qualquer lugar;
• Permissão para compartilhar seus bookmarks com os
amigos;
• Visualização dos favoritos públicos de vários
membros da comunidade;
WEB 2.0 13
A criação de listas de presentes;
Listas para o acompanhamento de web-sites que tem
conteúdo e links dinâmicos e para pesquisas sobre
qualquer assunto.
Ferramentas: Delicious
Ferramentas: Delicious
Visualização através das “ABAS”:
• FRESH BOOKMARKS – onde contém os marcadores mais
frescos que transitam a todo instante no Delicious e outros.
• POPULAR BOOKMARKS – com acesso aos marcadores
mais popular do Delicious em tempo real.
• EXPLORE TAGS – com Tags e/ou palavras-chave que as
pessoas usam para descrever seus favoritos, aqui o usuário
explora as Tags criadas.
VISUALIZAÇÕES PESSOAIS:
• Permite visualizar seus marcadores;
• Possibilita criar um network;
• Concede a permissão para criar Tags próprias;
WEB 2.0 15
Ferramentas: gmail
• Lançado no dia 1º de abril de 2004;
• Revolucionou os serviços de e-mail pois
oferecia 1GB de espaço de
armazenamento;
• Na época, Yahoo Mail e MSN Hotmail,
6MB e 2MB, respectivamente;
WEB 2.0 16
Gmail: funcionalidades
• Tema;
• Labs;
• Configurações;
• Agenda;
• Docs;
WEB 2.0 17
Ferramentas: picasa
• Foi criado pela empresa Picasa, Inc., adquirida em
julho de 2004 pelo Google.
• A partir de então, a empresa norte-americana passou
a oferecer o programa gratuitamente em sua página
na Internet.
• Um dos erros mais desastrosos do Picasa é que, ao
compartilhar um de seus álbuns restritos com algum
usuário, o usuário passa a ter acesso a todos os seus
álbuns restritos, embora a informação de
compartilhamento só apareça no álbum de origem.
WEB 2.0 18
Picasa: Funcionalidades
• Album de fotos:
– Apresentação slides;
– Compartilhar fotos;
– Organizar por album;
– Organizar favoritos;
– Explorar (tags);
WEB 2.0 19
Ferramentas: Flicker
• Organizar fotos (coleções, álbuns e tags);
• Upload: mais de uma foto simultaneamente,
(computador, e-mail, câmera ou telefone);
• Compartilhar fotos – grupos e controle de privacidade;
• Mapas: compartilhar onde as fotos e vídeos foram
feitos e ver os que foram feitos perto
• Cortar, corrigir e Editar fotos;
• Exposição: organizar fotos e vídeos em torno de um
tema com uma descrição;
WEB 2.0 20
Panoramio
– Compartilhar fotos;
– Organizar por album;
– Organizar tags;
– Explorar (tags);
– Insere no google Maps ou Earth
WEB 2.0 21
Ferramentas – wiki
 Permite que os documentos sejam editados
coletivamente;
 facilidade em criar e alterar páginas;
 geralmente não existe qualquer revisão antes de as
modificações serem aceitas;
 a maioria dos wikis são abertos a todo o público;
 nem o registro de usuários é obrigatório em todos os
wikis.
http://pt.wikipedia.org/wiki/Wiki#Principais_caracter.C3.ADs
ticas
WEB 2.0 22
Ferramentas: blog
• Criação - agosto de 1999;
• Foi pioneiro na publicação de blogs;
• Compartilha – idéias, fotos, vídeos, e muitos outros recursos com amigos e o mundo.
• Os “posts” são fáceis e simples;
• Os “posts” com voz são fáceis e gratuitos;
• Interface simples;
• Personalização (modelo, gadgets, slideshow, enquetes, anúncios, fontes e cores,
layout);
• Comunidades desenvolvidas (seguidores);
• Comentários dos leitores (moderados ou não);
• Notificações de novas postagens (rss feed);
• Open ID (identidade digital para o blogger);
• Idiomas;
• Posts no celular;
• Publicação em grupo;
• Aplicativos de terceiros (permite usar outros blogs ou desenvolver seu próprio
aplicativo de blogger).
WEB 2.0 23
Ferramentas: twitter
• Compartilha o que os usuários estão fazendo no
momento;
• O texto pode ter somente 140 caracteres;
• Permite encontrar outros usuários;
• Possibilita seguir e ser seguido por usuários;
• Uso pela web ou celular (sms) ou por softwares em
dispositivos portáteis;
• As atualizações são exibidas em tempo real (perfil do
usuário);
• Criado em 2006 por Jack Dorsey;
• Havard (10% dos usuários produz 90% do conteúdo).
WEB 2.0 24
Ferramentas: Orkut
Recebe o nome do projetista Orkut Büyükkokten;
Rede social;
Filiado ao Google;
Data da criação: 24/01/2004
Ajuda a criar novas amizades
Mantém relacionamentos (próximos e distantes);
Alvo: Estados Unidos, mas Brasil e Índia são os
maiores usuários;
Inicia com Usuários com convite;
Em 2006 não precisa mais o convite.
Ferramentas: orkut
Permite:
- deixar recados;
- compartilhar fotos por álbuns (comentários);
- listar os vídeos favoritos (youtube);
- listar fotos de outros usuários comigo;
- elencar os que colocaram o perfil como fãs;
- mandar mensagens direcionadas aos usuários;
- deixar recados como “depoimentos” (somente o proprietário
do usuário lê);
- divulgar eventos;
promover produtos a venda, fotos, vídeos, entre outros;
- selecionar as comunidades que tem afinidade;
- demonstrar as atualizações dos amigos e dos
proprietários;
- criar BuddyPoke;
- outras novidades surgem.
Ferramentas: orkut
WEB 2.0 27
Ferramentas: facebook
Website de relacionamento social;
Criação: 04/02/2004;
Mark Zuckerberg
Site de fotografias;
Permite:
- criar álbuns;
- visualizar perfis de pessoas conhecidas;
- selecionar (amigos recém-selecionados, todos, convidar e localizar);
- receber e enviar mensagens;
- aplicativos (fotos, vídeos, grupos, eventos, notas, links);
- utiliza bate-papo;
- receber notificações.
WEB 2.0 28
Ferramentas: youtube
• Foi fundado em fevereiro de 2005 por
três pioneiros do PayPal[1] um famoso
site da Internet ligado a gerenciamento
de transferência de fundos.
• Utiliza o formato adobe flash para
disponibilizar o conteúdo.
• Em outubro de 2006 o youtube foi
comprado pelo google.
WEB 2.0 29
Youtube: funcionalidades
• Página inicial: vídeos em destaque
(vídeos sendo assistidos agora, mais
populares;
• Vídeos por assunto;
• Canais: permite criar uma classificação
para seus vídeos.
WEB 2.0 30
Ferramentas: skoob
O que você anda lendo?
• Gostou? Elogie. Não Gostou? Critique.
• Monte sua estante e mostre aos seus amigos.
• Permite:
• Encontrar amigos, seguir leitores e ser seguido;
• Editar frases em Mural;
• Montar estante;
• Escrever resenhas;
• Receber e enviar recados;
• Listar seguidores e seguidos;
• Etiquetas (lido, lendo, vou ler, relendo, abandonei, tenho,
favorito, desejado, troco e emprestei).
WEB 2.0 31
Ferramentas: Scribd
• Plataforma de compartilhamento de
documentos;
• Pdf, Mp3, Doc (editores de textos), textos de
informática (internet);
• Documentos (livros eletrônicos, trabalhos de
pesquisa, páginas da web e/ou apresentações
de slides, entre outros);
• Compartilhamento (comunidades, tags,
uploads).
WEB 2.0 32
Ferramentas: Slideshare
• Ferramenta para comparilhar
documentos no formato doc, pdf, power
point;
• Permite definir compartilhamento
(público; privado, com redes sociais,
blogs e bookmarks);
• Permite inserir músicas nos slides;
• Permite adição dos slides no blog ou
site;
WEB 2.0 33
Ferramenta:Google maps
• Realizar buscas por restaurantes, hotéis, bancos
entre outras empresas próximas a área ou região que
está sendo visualizada;
• Traçar rotas entre dois endereços (ruas,cidades,
estados e até países);
• Informar situação de trânsito (restrito a alguns
países);
• Visualizações 3D integradas ao Google Earth e
visualizações diferenciadas como KML a “vista da
rua”, na qual é possível ver imagens de ruas de
algumas regiões e até navegar por elas;
WEB 2.0 34
Dados Georeferenciados
GIS – Geographic Information System ou em português,
Sistema de Informações Geográficas tratam-se de um
conjunto de hardware, software e dados geográficos que
permitem capturar, gerenciar, analisar e apresentar dados
georeferenciados. Geralmente são sistemas que
apresentam informações georeferenciadas e
ferramentas para análise das mesmas. Estes sistemas
se caracterizam principalmente por possibilitar a análise
das informações por meio de camadas e que seus
dados referenciam a algum espaço ou posição (leia-se
latitude e longitude)
WEB 2.0 35
Dados georeferenciados
WEB 2.0 36
Ferramentas: mashups
 No contexto da Web, um mashup trata-se
de um website ou de uma aplicação web
que combina conteúdo de mais de uma
fonte para criar um novo serviço completo.
WEB 2.0 37
Mashup - exemplos
 http://www.wikicrimes.org/main.html
 http://www.housingmaps.com/
 www.panoramio.com
 http://wikimapia.org/
WEB 2.0 38
Ferramenta: google Earth
 Imagens históricas ao redor do globo;
 Dados sobre o fundo e a superfície do
oceano fornecidos por especialistas
marinhos;
 Passeio simplificado com gravação de voz
e áudio;
 Passeio pela lua;
 Passeio por marte;
WEB 2.0 39
Google Street view
• Google Street View é um subproduto do
Google Maps. Trata-se de uma maneira
de visualizar as ruas com a
possibilidade de executar um verdadeiro
tour em 360º.
• Já existe até mesmo um site só para a
eleição das melhores imagens do
Google Street View.
WEB 2.0 40
Avaliação das ferramentas
• 1.Qual das ferramentas você utiliza e com que frequencia
(diariamente) (semanalmente) (quinzenalmente)
(mensalmente) (não utiliza)?
• 1.E-mail; 2.wiki;
• 3.blog; 4.twiter;
• 5.delicius; 6.youtube;
• 7.google maps; 8.google street view;
• 9.google earth; 10.mashup;
• 11.flicker; 12.picasa;
• 13.orkut; 14.outros (qual)
WEB 2.0 41
Avaliação das ferramentas
2.Qual das ferramentas criadas em sala de aula você utiliza e com
que frequência?
3.Considerando nosso objetivo – eleição digital internacional – atribua
uma nota para as ferramentas criadas pela equipe (notas de 1 a 10
);
4.Das ferramentas que você utiliza, que aspecto você considera mais
interessante para o nosso objetivo – eleição digital internacional ?
5.Quais ferramentas você recomendaria para utilização na disciplina
(sociedade da informação) porquê?
WEB 2.0 42
Considerações Finais
- Experiência de criar as ferramentas
2.0
- Comentários sobre esse processo
WEB 2.0 43
Referências:
 http://leoayres.blogspot.com/2009/03/artigo-java-magazine.htm
 http://pt.wikipedia.org/wiki/Delicious
WEB 2.0 44
MUITO OBRIGADO!
CONTATOS:
AUGIZA KARLA BOSO
augiza@yahoo.com.br
EVANDRO JAIR DUARTE
dujaev@gmail.com
MARLEI GROLLI
marlei.grolli@gmail.com

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Ator 5 criticas positivas - redes sociais
Ator 5   criticas positivas - redes sociaisAtor 5   criticas positivas - redes sociais
Ator 5 criticas positivas - redes sociaisInformatica
 
Internet web 20 e redes sociais na educacao
Internet web 20 e redes sociais na educacaoInternet web 20 e redes sociais na educacao
Internet web 20 e redes sociais na educacaoOnthe Class
 
Conteudos4temas Web2 0
Conteudos4temas Web2 0Conteudos4temas Web2 0
Conteudos4temas Web2 0escola
 
Apresentação2
Apresentação2Apresentação2
Apresentação2luann18
 
web 2.0 - A Internet VIVA!
web 2.0 - A Internet VIVA!web 2.0 - A Internet VIVA!
web 2.0 - A Internet VIVA!nrtejacarei
 
Projeto final de hiperespaços de aprendizagem
Projeto final de hiperespaços de aprendizagemProjeto final de hiperespaços de aprendizagem
Projeto final de hiperespaços de aprendizagem933982900
 
Workshop recursos da web 2.0 para pesquisadores
Workshop   recursos da web 2.0 para pesquisadoresWorkshop   recursos da web 2.0 para pesquisadores
Workshop recursos da web 2.0 para pesquisadoresLuciana Viter
 
O blog “na era da informação” como...
O blog “na era da informação” como...O blog “na era da informação” como...
O blog “na era da informação” como...Paula Carina De Araújo
 
Ferramenta Web 2.0 - Flickr
Ferramenta Web 2.0 - FlickrFerramenta Web 2.0 - Flickr
Ferramenta Web 2.0 - Flickrmcduarte80
 
Lista de ferramentas na web 2
Lista de ferramentas  na web 2Lista de ferramentas  na web 2
Lista de ferramentas na web 2peacel
 

Mais procurados (15)

Ator 5 criticas positivas - redes sociais
Ator 5   criticas positivas - redes sociaisAtor 5   criticas positivas - redes sociais
Ator 5 criticas positivas - redes sociais
 
Internet web 20 e redes sociais na educacao
Internet web 20 e redes sociais na educacaoInternet web 20 e redes sociais na educacao
Internet web 20 e redes sociais na educacao
 
Conteudos4temas Web2 0
Conteudos4temas Web2 0Conteudos4temas Web2 0
Conteudos4temas Web2 0
 
Blogs
BlogsBlogs
Blogs
 
Apresentação2
Apresentação2Apresentação2
Apresentação2
 
Web2.0
Web2.0Web2.0
Web2.0
 
web 2.0 - A Internet VIVA!
web 2.0 - A Internet VIVA!web 2.0 - A Internet VIVA!
web 2.0 - A Internet VIVA!
 
Projeto final de hiperespaços de aprendizagem
Projeto final de hiperespaços de aprendizagemProjeto final de hiperespaços de aprendizagem
Projeto final de hiperespaços de aprendizagem
 
Web 2 0
Web 2 0Web 2 0
Web 2 0
 
Workshop recursos da web 2.0 para pesquisadores
Workshop   recursos da web 2.0 para pesquisadoresWorkshop   recursos da web 2.0 para pesquisadores
Workshop recursos da web 2.0 para pesquisadores
 
O blog “na era da informação” como...
O blog “na era da informação” como...O blog “na era da informação” como...
O blog “na era da informação” como...
 
Modulo 2
Modulo 2Modulo 2
Modulo 2
 
Ferramenta Web 2.0 - Flickr
Ferramenta Web 2.0 - FlickrFerramenta Web 2.0 - Flickr
Ferramenta Web 2.0 - Flickr
 
Partilha de conteúdos
Partilha de conteúdosPartilha de conteúdos
Partilha de conteúdos
 
Lista de ferramentas na web 2
Lista de ferramentas  na web 2Lista de ferramentas  na web 2
Lista de ferramentas na web 2
 

Destaque

Miguel de cervantes ~ biografia
Miguel de cervantes ~ biografiaMiguel de cervantes ~ biografia
Miguel de cervantes ~ biografiaaleleti
 
Miguel de Cervantes e Erasmo de Roterdão
Miguel de Cervantes e Erasmo de RoterdãoMiguel de Cervantes e Erasmo de Roterdão
Miguel de Cervantes e Erasmo de Roterdãoluisferreira8c
 
Miguel cervantes
Miguel cervantesMiguel cervantes
Miguel cervantesPedro Morte
 
Trabalho de espanhol
Trabalho de espanholTrabalho de espanhol
Trabalho de espanholpedro paulo
 
Apresentação do Núcleo Dom Quixote de La Mancha
Apresentação do Núcleo Dom Quixote de La ManchaApresentação do Núcleo Dom Quixote de La Mancha
Apresentação do Núcleo Dom Quixote de La ManchaColabori
 
Miguel de Cervantes Saavedra
Miguel de Cervantes SaavedraMiguel de Cervantes Saavedra
Miguel de Cervantes Saavedraguestcbc861
 
Miguel de Cervantes Saavedra - Biografía - Obra
Miguel de Cervantes Saavedra - Biografía - ObraMiguel de Cervantes Saavedra - Biografía - Obra
Miguel de Cervantes Saavedra - Biografía - ObraDAVIDSTREAMS.com
 
Miguel de Cervantes
Miguel de CervantesMiguel de Cervantes
Miguel de CervantesTripleele
 

Destaque (10)

Miguel de cervantes ~ biografia
Miguel de cervantes ~ biografiaMiguel de cervantes ~ biografia
Miguel de cervantes ~ biografia
 
Miguel de Cervantes e Erasmo de Roterdão
Miguel de Cervantes e Erasmo de RoterdãoMiguel de Cervantes e Erasmo de Roterdão
Miguel de Cervantes e Erasmo de Roterdão
 
Miguel cervantes
Miguel cervantesMiguel cervantes
Miguel cervantes
 
Trabalho de espanhol
Trabalho de espanholTrabalho de espanhol
Trabalho de espanhol
 
Apresentação do Núcleo Dom Quixote de La Mancha
Apresentação do Núcleo Dom Quixote de La ManchaApresentação do Núcleo Dom Quixote de La Mancha
Apresentação do Núcleo Dom Quixote de La Mancha
 
Miguel de Cervantes Saavedra
Miguel de Cervantes SaavedraMiguel de Cervantes Saavedra
Miguel de Cervantes Saavedra
 
Miguel de Cervantes Saavedra
Miguel de Cervantes SaavedraMiguel de Cervantes Saavedra
Miguel de Cervantes Saavedra
 
Miguel de Cervantes Saavedra - Biografía - Obra
Miguel de Cervantes Saavedra - Biografía - ObraMiguel de Cervantes Saavedra - Biografía - Obra
Miguel de Cervantes Saavedra - Biografía - Obra
 
Miguel de Cervantes
Miguel de CervantesMiguel de Cervantes
Miguel de Cervantes
 
Miguel De Cervantes
Miguel De CervantesMiguel De Cervantes
Miguel De Cervantes
 

Semelhante a Web 2.0: principais ferramentas e conceitos

Tipos de Agregadores -ESPM 2010
Tipos de Agregadores -ESPM 2010Tipos de Agregadores -ESPM 2010
Tipos de Agregadores -ESPM 2010kimthai
 
Gestão de Conteúdos com Aplicações Baseadas na Web
Gestão de Conteúdos com Aplicações Baseadas na WebGestão de Conteúdos com Aplicações Baseadas na Web
Gestão de Conteúdos com Aplicações Baseadas na WebMaria Munteanu
 
Web 2.0 Comunicar, Colaborar E Trabalhar V2
Web 2.0   Comunicar, Colaborar E Trabalhar V2Web 2.0   Comunicar, Colaborar E Trabalhar V2
Web 2.0 Comunicar, Colaborar E Trabalhar V2Óscar Faria
 
Exemplos De Web 2
Exemplos De Web 2Exemplos De Web 2
Exemplos De Web 2guestc9c4b7
 
Web 2.0 Recursos TecnolóGicos E FormaçãO Susana Ferreira (20061566) & Raquel ...
Web 2.0 Recursos TecnolóGicos E FormaçãO Susana Ferreira (20061566) & Raquel ...Web 2.0 Recursos TecnolóGicos E FormaçãO Susana Ferreira (20061566) & Raquel ...
Web 2.0 Recursos TecnolóGicos E FormaçãO Susana Ferreira (20061566) & Raquel ...susana12345
 
A Web 2.0 no Ensino de Química - Dia 01
A Web 2.0 no Ensino de Química - Dia 01A Web 2.0 no Ensino de Química - Dia 01
A Web 2.0 no Ensino de Química - Dia 01Bruno Leite
 
Criando comunidades com Drupal Commons
Criando comunidades com Drupal CommonsCriando comunidades com Drupal Commons
Criando comunidades com Drupal CommonsPedro Rocha
 

Semelhante a Web 2.0: principais ferramentas e conceitos (20)

Tipos de Agregadores -ESPM 2010
Tipos de Agregadores -ESPM 2010Tipos de Agregadores -ESPM 2010
Tipos de Agregadores -ESPM 2010
 
Gestão de Conteúdos com Aplicações Baseadas na Web
Gestão de Conteúdos com Aplicações Baseadas na WebGestão de Conteúdos com Aplicações Baseadas na Web
Gestão de Conteúdos com Aplicações Baseadas na Web
 
Web2
Web2Web2
Web2
 
Web 2.0 Comunicar, Colaborar E Trabalhar V2
Web 2.0   Comunicar, Colaborar E Trabalhar V2Web 2.0   Comunicar, Colaborar E Trabalhar V2
Web 2.0 Comunicar, Colaborar E Trabalhar V2
 
Web 2.0
Web 2.0Web 2.0
Web 2.0
 
Web 2.0
Web 2.0Web 2.0
Web 2.0
 
Web 2.0
Web 2.0Web 2.0
Web 2.0
 
Exemplos De Web 2
Exemplos De Web 2Exemplos De Web 2
Exemplos De Web 2
 
web 2.0
web 2.0web 2.0
web 2.0
 
Trabalhos Web2
Trabalhos Web2Trabalhos Web2
Trabalhos Web2
 
Trabalhos Web2
Trabalhos Web2Trabalhos Web2
Trabalhos Web2
 
Trabalhos Web2
Trabalhos Web2Trabalhos Web2
Trabalhos Web2
 
Web 2.0 Recursos TecnolóGicos E FormaçãO Susana Ferreira (20061566) & Raquel ...
Web 2.0 Recursos TecnolóGicos E FormaçãO Susana Ferreira (20061566) & Raquel ...Web 2.0 Recursos TecnolóGicos E FormaçãO Susana Ferreira (20061566) & Raquel ...
Web 2.0 Recursos TecnolóGicos E FormaçãO Susana Ferreira (20061566) & Raquel ...
 
A Web 2.0 no Ensino de Química - Dia 01
A Web 2.0 no Ensino de Química - Dia 01A Web 2.0 no Ensino de Química - Dia 01
A Web 2.0 no Ensino de Química - Dia 01
 
Criando comunidades com Drupal Commons
Criando comunidades com Drupal CommonsCriando comunidades com Drupal Commons
Criando comunidades com Drupal Commons
 
Web2.0
Web2.0Web2.0
Web2.0
 
Web2.0
Web2.0Web2.0
Web2.0
 
Web2.0
Web2.0Web2.0
Web2.0
 
Web2.0
Web2.0Web2.0
Web2.0
 
Socialsoft
SocialsoftSocialsoft
Socialsoft
 

Mais de Sociedade da Informação

Mais de Sociedade da Informação (13)

Click de Bill Tancer por Angela Militino
Click  de Bill Tancer por Angela MilitinoClick  de Bill Tancer por Angela Militino
Click de Bill Tancer por Angela Militino
 
FREE - O futuro dos preços
FREE - O futuro dos preçosFREE - O futuro dos preços
FREE - O futuro dos preços
 
Geração digital e Quando o google desafia a Europa
Geração digital e Quando o google desafia a EuropaGeração digital e Quando o google desafia a Europa
Geração digital e Quando o google desafia a Europa
 
Twitter
Twitter Twitter
Twitter
 
Google Adwords - A Arte da Guerra - A batalha nos links patrocinados
Google Adwords - A Arte da Guerra - A batalha nos links patrocinadosGoogle Adwords - A Arte da Guerra - A batalha nos links patrocinados
Google Adwords - A Arte da Guerra - A batalha nos links patrocinados
 
Google - Lições dos criadores da empresa mais inovadora de todos os tempos
Google - Lições dos criadores da empresa mais inovadora de todos os temposGoogle - Lições dos criadores da empresa mais inovadora de todos os tempos
Google - Lições dos criadores da empresa mais inovadora de todos os tempos
 
Democracia Direta Digital
Democracia Direta DigitalDemocracia Direta Digital
Democracia Direta Digital
 
Democracia direta digital
Democracia direta digitalDemocracia direta digital
Democracia direta digital
 
Democracia direta digital
Democracia direta digitalDemocracia direta digital
Democracia direta digital
 
Web 2.0 Grupo 2
Web 2.0 Grupo 2Web 2.0 Grupo 2
Web 2.0 Grupo 2
 
Apresentação Seminário Grupo 2
Apresentação Seminário Grupo 2Apresentação Seminário Grupo 2
Apresentação Seminário Grupo 2
 
Graphic Editor For Multilingual Ontologies
Graphic Editor For Multilingual OntologiesGraphic Editor For Multilingual Ontologies
Graphic Editor For Multilingual Ontologies
 
Disciplina Sociedade da Informação Semântica e Ontologias
Disciplina Sociedade da Informação Semântica e OntologiasDisciplina Sociedade da Informação Semântica e Ontologias
Disciplina Sociedade da Informação Semântica e Ontologias
 

Último

POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxJMTCS
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREIVONETETAVARESRAMOS
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAEdioFnaf
 
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parteDança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira partecoletivoddois
 
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptxErivaldoLima15
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptAlineSilvaPotuk
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãodanielagracia9
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024GleyceMoreiraXWeslle
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileirosMary Alvarenga
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxkarinasantiago54
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terraBiblioteca UCS
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLaseVasconcelos1
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfErasmo Portavoz
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullyingMary Alvarenga
 
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?MrciaRocha48
 
parte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz
parte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzparte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz
parte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzAlexandrePereira818171
 

Último (20)

POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
 
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parteDança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
 
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetização
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
 
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
 
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
 
parte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz
parte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzparte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz
parte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz
 

Web 2.0: principais ferramentas e conceitos

  • 1. WEB 2.0 1 TEMA: WEB 2.0 Equipe responsável: Augiza Karla Boso Evandro Jair Duarte Marlei Grolli
  • 2. WEB 2.0 2 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA - UFSC PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA E GESTÃO DO CONHECIMENTO – EGC Disciplina: Sociedade da Informação Professor responsável: Hugo Cesar Hoeschl Equipe: Augiza Karla Boso Evandro Jair Duarte Marlei Grolli
  • 3. WEB 2.0 3 WEB 2.0 SÚMARIO 1 INTRODUÇÃO: histórico da web 2.0 2 PRINCIPAIS APLICAÇÕES 3 DEMOSTRAÇÃO DAS PRINCIPAIS FERRAMENTAS 4 MECANISMO DE AVALIAÇÃO DAS FERRAMENTAS 5 CONSIDERAÇÕES FINAIS REFERÊNCIAS
  • 4. WEB 2.0 4 INTRODUÇÃO  HISTÓRICO DA WEB 2.0  Tim O'Reilly - o precursor do uso do termo Web 2.0. (2004)  Web 2.0 é a mudança para uma internet como plataforma, e um entendimento das regras para obter sucesso nesta nova plataforma.  Entre outras, a regra mais importante é desenvolver aplicativos que aproveitem os efeitos de rede para se tornarem melhores quanto mais são usados pelas pessoas, aproveitando a inteligência coletiva
  • 5. WEB 2.0 5 O'Reilly sugere algumas regras que ajudam a definir a Web 2.0:  O beta perpétuo - não trate o software como um artefato, mas como um processo de comprometimento com seus usuários.  Pequenas peças frouxamente unidas - abra seus dados e serviços para que sejam reutilizados por outros. Reutilize dados e serviços de outros sempre que possível.  Software acima do nível de um único dispositivo - não pense em aplicativos que estão no cliente ou servidor, mas desenvolva aplicativos que estão no espaço entre eles.
  • 6. WEB 2.0 6 Lei da Conservação de Lucros, de Clayton Christensen - lembre-se de que em um ambiente de rede, APIs (Interface de Programação de Aplicativos)abertas e protocolos padrões vencem, mas isso não significa que a idéia de vantagem competitiva vá embora. Dados são o novo “Intel inside” - a mais importante entre as futuras fontes de fechamento e vantagem competitiva serão os dados, seja através do aumento do retorno sobre dados gerados pelo usuário, sendo dono de um nome ou através de formatos de arquivo proprietários. O'Reilly sugere algumas regras que ajudam a definir a Web 2.0:
  • 7. WEB 2.0 7 Definição de Web 2.0 por Tim O´Reilly  http://www.youtube.com/watch ?v=87LG-MQrEu0
  • 8. WEB 2.0 8 Web 2.0 e o conteúdo  O conteúdo dos websites também sofreu um enorme impacto com a Web 2.0, dando ao usuário a possibilidade de participar, geralmente gerando e organizando as informações.  Mesmo quando o conteúdo não é gerado pelos usuários, este pode ser enriquecido através de comentários, avaliação, ou personalização.  Algumas aplicações Web 2.0 permitem a personalização do conteúdo mostrado para cada usuário, sob forma de página pessoal, permitindo a ele a filtragem de informação que ele considera relevante.
  • 9. WEB 2.0 9 Web 2.0 e o conteúdo O conceito usado é comparável com o do software livre: se há muitas pessoas olhando, todos os erros são corrigidos facilmente. Para isso existem comunidades que se auto- moderam, através da participação dos usuários indicando ao sistema qual usuário não deve mais participar da comunidade.
  • 10. WEB 2.0 10 Web 2.0 e o conteúdo  Dentro dos princípios da Web 2.0 o conteúdo deve ser aberto, utilizando licenças como "Creative Commons" que flexibilizam os direitos autorais permitindo que o usuário reutilize (republicando, alterando ou colaborando) o conteúdo.  O compartilhamento de informações deve dar ao usuário a possibilidade de reutilizá-lo.  Além do conteúdo editorial e noticioso, na web 2.0 o conteúdo de alguns sites visa gerar comunidades, seja através de sites de relacionamento, seja através de comentários em notícias e blogues.
  • 11. WEB 2.0 11 Web 2.0 A máquina somos nós  http://www.youtube.com/watch?v= NJsacDCsiPg
  • 12. WEB 2.0 12 Ferramentas: Delicious Desenvolvido por Joshua Schachter, que mantém também o Memepool e entrou no ar no final de 2003. Em 2005 foi adquirido pelo Yahoo! Oferece: • Serviço on-line que permite que você adicione e pesquise bookmarks sobre qualquer assunto; • O arquivamento e a catalogação de seus sites preferidos, acessíveis em qualquer lugar; • Permissão para compartilhar seus bookmarks com os amigos; • Visualização dos favoritos públicos de vários membros da comunidade;
  • 13. WEB 2.0 13 A criação de listas de presentes; Listas para o acompanhamento de web-sites que tem conteúdo e links dinâmicos e para pesquisas sobre qualquer assunto. Ferramentas: Delicious
  • 14. Ferramentas: Delicious Visualização através das “ABAS”: • FRESH BOOKMARKS – onde contém os marcadores mais frescos que transitam a todo instante no Delicious e outros. • POPULAR BOOKMARKS – com acesso aos marcadores mais popular do Delicious em tempo real. • EXPLORE TAGS – com Tags e/ou palavras-chave que as pessoas usam para descrever seus favoritos, aqui o usuário explora as Tags criadas. VISUALIZAÇÕES PESSOAIS: • Permite visualizar seus marcadores; • Possibilita criar um network; • Concede a permissão para criar Tags próprias;
  • 15. WEB 2.0 15 Ferramentas: gmail • Lançado no dia 1º de abril de 2004; • Revolucionou os serviços de e-mail pois oferecia 1GB de espaço de armazenamento; • Na época, Yahoo Mail e MSN Hotmail, 6MB e 2MB, respectivamente;
  • 16. WEB 2.0 16 Gmail: funcionalidades • Tema; • Labs; • Configurações; • Agenda; • Docs;
  • 17. WEB 2.0 17 Ferramentas: picasa • Foi criado pela empresa Picasa, Inc., adquirida em julho de 2004 pelo Google. • A partir de então, a empresa norte-americana passou a oferecer o programa gratuitamente em sua página na Internet. • Um dos erros mais desastrosos do Picasa é que, ao compartilhar um de seus álbuns restritos com algum usuário, o usuário passa a ter acesso a todos os seus álbuns restritos, embora a informação de compartilhamento só apareça no álbum de origem.
  • 18. WEB 2.0 18 Picasa: Funcionalidades • Album de fotos: – Apresentação slides; – Compartilhar fotos; – Organizar por album; – Organizar favoritos; – Explorar (tags);
  • 19. WEB 2.0 19 Ferramentas: Flicker • Organizar fotos (coleções, álbuns e tags); • Upload: mais de uma foto simultaneamente, (computador, e-mail, câmera ou telefone); • Compartilhar fotos – grupos e controle de privacidade; • Mapas: compartilhar onde as fotos e vídeos foram feitos e ver os que foram feitos perto • Cortar, corrigir e Editar fotos; • Exposição: organizar fotos e vídeos em torno de um tema com uma descrição;
  • 20. WEB 2.0 20 Panoramio – Compartilhar fotos; – Organizar por album; – Organizar tags; – Explorar (tags); – Insere no google Maps ou Earth
  • 21. WEB 2.0 21 Ferramentas – wiki  Permite que os documentos sejam editados coletivamente;  facilidade em criar e alterar páginas;  geralmente não existe qualquer revisão antes de as modificações serem aceitas;  a maioria dos wikis são abertos a todo o público;  nem o registro de usuários é obrigatório em todos os wikis. http://pt.wikipedia.org/wiki/Wiki#Principais_caracter.C3.ADs ticas
  • 22. WEB 2.0 22 Ferramentas: blog • Criação - agosto de 1999; • Foi pioneiro na publicação de blogs; • Compartilha – idéias, fotos, vídeos, e muitos outros recursos com amigos e o mundo. • Os “posts” são fáceis e simples; • Os “posts” com voz são fáceis e gratuitos; • Interface simples; • Personalização (modelo, gadgets, slideshow, enquetes, anúncios, fontes e cores, layout); • Comunidades desenvolvidas (seguidores); • Comentários dos leitores (moderados ou não); • Notificações de novas postagens (rss feed); • Open ID (identidade digital para o blogger); • Idiomas; • Posts no celular; • Publicação em grupo; • Aplicativos de terceiros (permite usar outros blogs ou desenvolver seu próprio aplicativo de blogger).
  • 23. WEB 2.0 23 Ferramentas: twitter • Compartilha o que os usuários estão fazendo no momento; • O texto pode ter somente 140 caracteres; • Permite encontrar outros usuários; • Possibilita seguir e ser seguido por usuários; • Uso pela web ou celular (sms) ou por softwares em dispositivos portáteis; • As atualizações são exibidas em tempo real (perfil do usuário); • Criado em 2006 por Jack Dorsey; • Havard (10% dos usuários produz 90% do conteúdo).
  • 24. WEB 2.0 24 Ferramentas: Orkut Recebe o nome do projetista Orkut Büyükkokten; Rede social; Filiado ao Google; Data da criação: 24/01/2004 Ajuda a criar novas amizades Mantém relacionamentos (próximos e distantes); Alvo: Estados Unidos, mas Brasil e Índia são os maiores usuários; Inicia com Usuários com convite; Em 2006 não precisa mais o convite.
  • 25. Ferramentas: orkut Permite: - deixar recados; - compartilhar fotos por álbuns (comentários); - listar os vídeos favoritos (youtube); - listar fotos de outros usuários comigo; - elencar os que colocaram o perfil como fãs; - mandar mensagens direcionadas aos usuários; - deixar recados como “depoimentos” (somente o proprietário do usuário lê); - divulgar eventos;
  • 26. promover produtos a venda, fotos, vídeos, entre outros; - selecionar as comunidades que tem afinidade; - demonstrar as atualizações dos amigos e dos proprietários; - criar BuddyPoke; - outras novidades surgem. Ferramentas: orkut
  • 27. WEB 2.0 27 Ferramentas: facebook Website de relacionamento social; Criação: 04/02/2004; Mark Zuckerberg Site de fotografias; Permite: - criar álbuns; - visualizar perfis de pessoas conhecidas; - selecionar (amigos recém-selecionados, todos, convidar e localizar); - receber e enviar mensagens; - aplicativos (fotos, vídeos, grupos, eventos, notas, links); - utiliza bate-papo; - receber notificações.
  • 28. WEB 2.0 28 Ferramentas: youtube • Foi fundado em fevereiro de 2005 por três pioneiros do PayPal[1] um famoso site da Internet ligado a gerenciamento de transferência de fundos. • Utiliza o formato adobe flash para disponibilizar o conteúdo. • Em outubro de 2006 o youtube foi comprado pelo google.
  • 29. WEB 2.0 29 Youtube: funcionalidades • Página inicial: vídeos em destaque (vídeos sendo assistidos agora, mais populares; • Vídeos por assunto; • Canais: permite criar uma classificação para seus vídeos.
  • 30. WEB 2.0 30 Ferramentas: skoob O que você anda lendo? • Gostou? Elogie. Não Gostou? Critique. • Monte sua estante e mostre aos seus amigos. • Permite: • Encontrar amigos, seguir leitores e ser seguido; • Editar frases em Mural; • Montar estante; • Escrever resenhas; • Receber e enviar recados; • Listar seguidores e seguidos; • Etiquetas (lido, lendo, vou ler, relendo, abandonei, tenho, favorito, desejado, troco e emprestei).
  • 31. WEB 2.0 31 Ferramentas: Scribd • Plataforma de compartilhamento de documentos; • Pdf, Mp3, Doc (editores de textos), textos de informática (internet); • Documentos (livros eletrônicos, trabalhos de pesquisa, páginas da web e/ou apresentações de slides, entre outros); • Compartilhamento (comunidades, tags, uploads).
  • 32. WEB 2.0 32 Ferramentas: Slideshare • Ferramenta para comparilhar documentos no formato doc, pdf, power point; • Permite definir compartilhamento (público; privado, com redes sociais, blogs e bookmarks); • Permite inserir músicas nos slides; • Permite adição dos slides no blog ou site;
  • 33. WEB 2.0 33 Ferramenta:Google maps • Realizar buscas por restaurantes, hotéis, bancos entre outras empresas próximas a área ou região que está sendo visualizada; • Traçar rotas entre dois endereços (ruas,cidades, estados e até países); • Informar situação de trânsito (restrito a alguns países); • Visualizações 3D integradas ao Google Earth e visualizações diferenciadas como KML a “vista da rua”, na qual é possível ver imagens de ruas de algumas regiões e até navegar por elas;
  • 34. WEB 2.0 34 Dados Georeferenciados GIS – Geographic Information System ou em português, Sistema de Informações Geográficas tratam-se de um conjunto de hardware, software e dados geográficos que permitem capturar, gerenciar, analisar e apresentar dados georeferenciados. Geralmente são sistemas que apresentam informações georeferenciadas e ferramentas para análise das mesmas. Estes sistemas se caracterizam principalmente por possibilitar a análise das informações por meio de camadas e que seus dados referenciam a algum espaço ou posição (leia-se latitude e longitude)
  • 35. WEB 2.0 35 Dados georeferenciados
  • 36. WEB 2.0 36 Ferramentas: mashups  No contexto da Web, um mashup trata-se de um website ou de uma aplicação web que combina conteúdo de mais de uma fonte para criar um novo serviço completo.
  • 37. WEB 2.0 37 Mashup - exemplos  http://www.wikicrimes.org/main.html  http://www.housingmaps.com/  www.panoramio.com  http://wikimapia.org/
  • 38. WEB 2.0 38 Ferramenta: google Earth  Imagens históricas ao redor do globo;  Dados sobre o fundo e a superfície do oceano fornecidos por especialistas marinhos;  Passeio simplificado com gravação de voz e áudio;  Passeio pela lua;  Passeio por marte;
  • 39. WEB 2.0 39 Google Street view • Google Street View é um subproduto do Google Maps. Trata-se de uma maneira de visualizar as ruas com a possibilidade de executar um verdadeiro tour em 360º. • Já existe até mesmo um site só para a eleição das melhores imagens do Google Street View.
  • 40. WEB 2.0 40 Avaliação das ferramentas • 1.Qual das ferramentas você utiliza e com que frequencia (diariamente) (semanalmente) (quinzenalmente) (mensalmente) (não utiliza)? • 1.E-mail; 2.wiki; • 3.blog; 4.twiter; • 5.delicius; 6.youtube; • 7.google maps; 8.google street view; • 9.google earth; 10.mashup; • 11.flicker; 12.picasa; • 13.orkut; 14.outros (qual)
  • 41. WEB 2.0 41 Avaliação das ferramentas 2.Qual das ferramentas criadas em sala de aula você utiliza e com que frequência? 3.Considerando nosso objetivo – eleição digital internacional – atribua uma nota para as ferramentas criadas pela equipe (notas de 1 a 10 ); 4.Das ferramentas que você utiliza, que aspecto você considera mais interessante para o nosso objetivo – eleição digital internacional ? 5.Quais ferramentas você recomendaria para utilização na disciplina (sociedade da informação) porquê?
  • 42. WEB 2.0 42 Considerações Finais - Experiência de criar as ferramentas 2.0 - Comentários sobre esse processo
  • 43. WEB 2.0 43 Referências:  http://leoayres.blogspot.com/2009/03/artigo-java-magazine.htm  http://pt.wikipedia.org/wiki/Delicious
  • 44. WEB 2.0 44 MUITO OBRIGADO! CONTATOS: AUGIZA KARLA BOSO augiza@yahoo.com.br EVANDRO JAIR DUARTE dujaev@gmail.com MARLEI GROLLI marlei.grolli@gmail.com