Síntese

570 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
570
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
31
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Síntese

  1. 1. Secretaria de Estado da Educação Coordenadoria de Ensino da Região Metropolitana da Grande São Paulo DIRETORIA DE ENSINO CENTRO-OESTE EE MINISTRO COSTA MANSO Rua João Cachoeira, 960 – Itaim Bibi - Cep: 04535 – 003 Telefones: (011) 3849-2947 E-mail: e003773a@see.sp.gov.br MOSAICOS GREGOS E ROMANOS Profa. Marcia Pozzi Borba da Silva O uso do mosaico na Grécia Antiga tem uma origem controversa. As primeirasteorias sobre o assunto sugeriam que a técnica de unir pequenas pedras para formardesenhos havia sido derivada de placas de terracota colorida empregadas na decoraçãoparietal na Suméria quatro mil anos antes de Cristo. Outras suposições faziam-nosderivados dos mosaicos de seixos da Assíria e Ásia Menor, mas não se definiram provassólidas e ao que as pesquisas recentes indicam essa prática apareceu na Grécia Antigade forma autóctone desde o Neolítico, conforme indicam achados em Creta, criadospelas civilizações Minóica e Micênica.[1] Esses primeiros exemplos eram compostos de pedras encontradas nos leitos dosrios, e desenhavam padrões abstratos simples. Depois da Idade do Bronze não hávestígios de mosaicos, que só vão reaparecer no século VII a.C., sob a forma depavimentos de seixos naturais em templos e santuários, mas puramente funcionais e
  2. 2. Secretaria de Estado da Educação Coordenadoria de Ensino da Região Metropolitana da Grande São Paulo DIRETORIA DE ENSINO CENTRO-OESTE EE MINISTRO COSTA MANSO Rua João Cachoeira, 960 – Itaim Bibi - Cep: 04535 – 003 Telefones: (011) 3849-2947 E-mail: e003773a@see.sp.gov.br Foto 1 – Trabalho realizado pelos alunos do 1ºGdesprovidos de desenhos. Exemplos existem no santuário de Artemis Orthia em Esparta,e no de Athena Pronaia em Delfos. Neste último os seixos são de várias cores, mas sãoarranjados sem ordem. [1] Os primeiros mosaicos decorados na Grécia datam do período Clássico, iniciadoem meados do século V a.C., e conjuntos importantes dessa fase foram encontrados emvários locais, como Olynthos, Eubeia, Peloponeso, Olímpia e Ática, sendo impossívelassinalar um centro de origem e irradiação Seus desenhos mostram figuras humanas,animais e vegetais, delineados com simplicidade.
  3. 3. Secretaria de Estado da Educação Coordenadoria de Ensino da Região Metropolitana da Grande São Paulo DIRETORIA DE ENSINO CENTRO-OESTE EE MINISTRO COSTA MANSO Rua João Cachoeira, 960 – Itaim Bibi - Cep: 04535 – 003 Telefones: (011) 3849-2947 E-mail: e003773a@see.sp.gov.br Figura 2 – Mosaico romano procedente de Pompeia (século I d.C) No fim do período, já no século IV a.C., as composições aparecem maiselaboradas e desenvoltas, com maior refinamento de detalhes, mais combinações decores e até mesmo corpos e vestimentas em escorço e com efeitos de sombreado paradar ilusão de tridimensionalidade, como se vê nos mosaicos de Pella [2]. Alguns exibemsímbolos como a suástica, o machado duplo, letras avulsas, círculos e rodas quepossivelmente representam a roda da fortuna, sugerindo que esse tipo de desenhos podiater funções mágicas de atrair a boa sorte e repelir más influências. Sua estrutura geralmente mostra uma moldura larga emoldurando umacomposição figurativa central, no esquema do círculo inscrito no quadrado. Asmolduras podiam ser simples ou múltiplas, e seus desenhos podiam ser puramentegeométricos, com cruzes, triângulos e ondas que se entrelaçam, ou apresentar motivosvegetais, como folhas de palmeira e acanto, e séries de figuras de animais reais oufabulosos.
  4. 4. Secretaria de Estado da Educação Coordenadoria de Ensino da Região Metropolitana da Grande São Paulo DIRETORIA DE ENSINO CENTRO-OESTE EE MINISTRO COSTA MANSO Rua João Cachoeira, 960 – Itaim Bibi - Cep: 04535 – 003 Telefones: (011) 3849-2947 E-mail: e003773a@see.sp.gov.br Ocasionalmente nos cantos se colocavam composições secundárias. Um dosmais finos exemplos do Classicismo está na Casa dos Mosaicos em Erétria, com umasérie de Figura 3 - Trabalho realizado pelos alunos do 1ºDmosaicos em várias formas e esquemas compositivos, e em Sicião se encontra umpavimento inteiramente decorado com o motivo da onda entrelaçada em torno deuma rosácea central, de grande efeito plástico [3]. Ao longo do século III a.C. a técnica se transforma, embora ao que tudo indicaesse processo não foi organizado, antes várias experiências parecem ter sido feitassimultaneamente e técnicas avançadas podiam ser usadas no mesmo trabalho junto comoutras mais arcaicas, para se criar diferentes efeitos de textura. A maior inovação é asubstituição progressiva dos seixos irregulares por pedras cortadas em quadrado,
  5. 5. Secretaria de Estado da Educação Coordenadoria de Ensino da Região Metropolitana da Grande São Paulo DIRETORIA DE ENSINO CENTRO-OESTE EE MINISTRO COSTA MANSO Rua João Cachoeira, 960 – Itaim Bibi - Cep: 04535 – 003 Telefones: (011) 3849-2947 E-mail: e003773a@see.sp.gov.brmenores e regulares, chamadas pelos romanos de tesserae - daí o nome que se deu aeste tipo de mosaico, opus tessellatum, que possibilitou um maior controle no desenho eum detalhamento em maior grau. Figura 4 – Fênix (local e data desconhecidos) Um desenvolvimento ulterior dá origem ao opus vermiculatum, onde as peçassão tão pequenas que mal se distinguem como entidades separadas, chegando a apenas 4mm2, uma técnica que representa o estágio mais alto de refinamento e complexidade domosaico, possibilitando a obtenção de efeitos que se aproximam da pintura [4]. De fato,as evidências dizem que muitas vezes o mosaico foi usado efetivamente para cópia depinturas célebres. Neste período, quando na sequência das conquistas de Alexandre, oGrande pela Ásia adentro se desenvolve a cultura helenística, o mosaico floresce emoutros centros nas ilhas gregas - especialmente em Delos- e em Alexandria, Pérgamo, ascolônias do Mar Negro, alcança regiões remotas como o Afeganistãoe é adotado comouma das técnicas privilegiadas para decoração também pelos romanos.
  6. 6. Secretaria de Estado da Educação Coordenadoria de Ensino da Região Metropolitana da Grande São Paulo DIRETORIA DE ENSINO CENTRO-OESTE EE MINISTRO COSTA MANSO Rua João Cachoeira, 960 – Itaim Bibi - Cep: 04535 – 003 Telefones: (011) 3849-2947 E-mail: e003773a@see.sp.gov.br É através de Roma que a tradição grega do mosaico é difundida para uma grandeárea em direção ao ocidente e se mistura a tradições locais, e se popularizam novos Figura 5 - Trabalho realizado pelos alunos do 1ºAmateriais como o vidro e a madrepérola para confecção das tesserae, embora taismateriais fossem caros e só se usassem para composições destinadas à elite. Sobrevivem até nossos dias magníficos exemplares em toda área de influênciaromana, com uma coleção helenística particularmente expressiva em Pompéia. Poucosnomes de mosaicistas chegaram a nós -Gnosis, Sophilos, Hephaistion, Asklepiades, Discórides de Samos,Heraklitos e Sosos, aquem Plínio considera o mais importante mosaicista [5][6]. Referências
  7. 7. Secretaria de Estado da Educação Coordenadoria de Ensino da Região Metropolitana da Grande São Paulo DIRETORIA DE ENSINO CENTRO-OESTE EE MINISTRO COSTA MANSO Rua João Cachoeira, 960 – Itaim Bibi - Cep: 04535 – 003 Telefones: (011) 3849-2947 E-mail: e003773a@see.sp.gov.br 1. Dunbabin, Katherine. Mosaics of the Greek and Roman world. Cambridge University Press, 1999. p. 5 2. Boardman, John. The Fifth and Fourth Centuries B.C.. Cambridge University Press, 2003. p. 46 Figura 6 – Cabeça de dançarina (local e data desconhecidos) 3. Dunbabin, pp. 8-9 4. Schoever, M. (ed). Archéomatériaux. Presses Université de Bordeaux, 199. p. 195. 5. Zeitler, Barbara. Mosaic. In Wilson, Nigel Guy (ed). Encyclopedia of ancient Greece. Routledge, 2006, p. 482 6. Dunbabin, Katherine. pp. 17-18; 25Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Mosaico_da_Gr%C3%A9cia_Antiga
  8. 8. Secretaria de Estado da Educação Coordenadoria de Ensino da Região Metropolitana da Grande São Paulo DIRETORIA DE ENSINO CENTRO-OESTE EE MINISTRO COSTA MANSO Rua João Cachoeira, 960 – Itaim Bibi - Cep: 04535 – 003 Telefones: (011) 3849-2947 E-mail: e003773a@see.sp.gov.br Figura 7 – Trabalho realizado pelos alunos do 1ºC A técnica do mosaico foi experimentada pelos gregos e romanos. Os romanosencaixavam e colavam pequenas peças de pedras, cerâmica e vidro, para revestirparedes e pavimentos, criando lindas imagens.
  9. 9. Secretaria de Estado da Educação Coordenadoria de Ensino da Região Metropolitana da Grande São Paulo DIRETORIA DE ENSINO CENTRO-OESTE EE MINISTRO COSTA MANSO Rua João Cachoeira, 960 – Itaim Bibi - Cep: 04535 – 003 Telefones: (011) 3849-2947 E-mail: e003773a@see.sp.gov.br Figura 8 – Mosaico romano procedente de Medinaceli (Soria) Eram feitos com fins decorativos ou como obras de arte. Em imagens querequeriam mais detalhes, usavam variações sutis de cores e muitas pedras pequenas,assim como as atuais resoluções de pixels. Quando não era necessário muitodetalhamento, utilizavam pedras grandes.
  10. 10. Secretaria de Estado da Educação Coordenadoria de Ensino da Região Metropolitana da Grande São Paulo DIRETORIA DE ENSINO CENTRO-OESTE EE MINISTRO COSTA MANSO Rua João Cachoeira, 960 – Itaim Bibi - Cep: 04535 – 003 Telefones: (011) 3849-2947 E-mail: e003773a@see.sp.gov.br Figura 9 – Trabalho realizado pelos alunos do 1ºB Após o estudo da cultura grega, foi proposto aos alunos que fizessem ummosaico para ilustrar o conteúdo do primeiro ano do Ensino Médio da E.E. MinistroCosta Manso, nas aulas de História da Profa. Marcia Pozzi Borba da Silva, sob acoordenação do Prof. Marcelo de Oliveira Léo – Coordenador Pedagógico. Mas, aoinvés de usarem pedras, cerâmicas e vidros, eles cortaram pequenas peças de revistasvelhas.
  11. 11. Secretaria de Estado da Educação Coordenadoria de Ensino da Região Metropolitana da Grande São Paulo DIRETORIA DE ENSINO CENTRO-OESTE EE MINISTRO COSTA MANSO Rua João Cachoeira, 960 – Itaim Bibi - Cep: 04535 – 003 Telefones: (011) 3849-2947 E-mail: e003773a@see.sp.gov.brFigura 10 – Mosaico de Milreu (Vila Romana do século II ou III, encontrado nos arredores de Faro, Portugal) Para cada turma foi dado um desenho em tamanho pequeno para que elesampliassem de acordo com o anseio dos alunos.

×