Informativo dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação do ES - 11 de abril de 2013 - Distribuição: Garoto      Editor...
1º de Maio: o Trabalhador em primeiro lugar    Nosso Sindicato já está organizando o 1º de Maio. Umdia para comemorarmos a...
Pedalaço abre caminho para diversão em família    Já foi dada a largada parao 1º Pedalaço Trabalhando PelaVida. As inscriç...
Trabalhador acidentado é demitido mas                                                         Agora me sinto um poucoganha...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Jornal Atitude 11/04/2013 Distribuição: Garoto

863 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
863
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
582
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Jornal Atitude 11/04/2013 Distribuição: Garoto

  1. 1. Informativo dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação do ES - 11 de abril de 2013 - Distribuição: Garoto Editorial Sindialimentação impede A diretoria do Sindialimentação tem sido demissões em massa e fabricação do Surrealfirme ao dar publicidade, ao travar diver-sas batalhas internas e externas quando setrata de defender os trabalhadores das in-dústrias de alimentação. Nos últimos dias,a diretoria esteve no combate interno volta para a Garotojunto aos diretores da Chocolates Garo-to. Além disso, está com uma campanhaexterna que também levou nossa causaao conhecimento dos romeiros que par-ticiparam da Festa da Penha, a terceira VITÓRIA DOS TRABALHADORES!maior festa religiosa do país. Enfim, nossoobjetivo é lutar por empregos e pela me-lhor qualidade de vida dos trabalhadores. Por isso, é motivo de total repúdio as si-tuações vexatórias que alguns gestores e Nas últimas semanas,supervisores descontrolados têm criadodentro da fábrica. Os trabalhadores do o clima na fábrica tem sidoCDES nos relataram que a supervisão reu- de instabilidade e demissões. Retorno do Surrealniu a equipe e, ao invés de tratar do ex- Além disso, coletamos infor- traz vantagens parapediente do dia, humilhou e constrangeu mações que comprovam Sortimentoos trabalhadores. O supervisor perguntou: que produtos Garoto estão“- Qual é o seu nome?”. O trabalhador sendo fabricados fora da fá- Com o Surreal voltandorespondeu. Não satisfeito, o supervisor per- brica. A diretoria do Sindica- a ser fabricado na Garoto, osguntou de novo agressivamente, por qua- to atuou com rapidez frente trabalhadores do sortimentotro vezes: “- Qual é o seu nome?! Fala bem à situação, e realizou uma não terão mais que abrir cai-alto que eu não estou escutando!” Por fim, xas do produto que vinhamo trabalhador gritou bem alto o seu nome série de reuniões com a em- presa para negociar ações de fora. Isso tem gerado ume sobrenome. O supervisor, então, proferiu esforço extra dos trabalhado-palavras ofensivas à integridade do tra- que preservem os direitos dos trabalhadores. Um dos re- res daquele setor, problemabalhador que não merecem ser repetidasaqui. sultados foi a suspensão das esse já apontado pelo Sindi- demissões em massa e a con- cato, comunicado e cobra- E o descontrole continuou: o supervisorperguntou qual tipo de chocolate cada cessão de 200 férias coletivas. do da empresa. Com a voltatrabalhador gostava. Após a resposta de do Surreal para onde ele nun-alguns, ele jogou uma caixa de tabletes Outra vitória foi o retorno ca deveria ter saído, esse pro-no chão, chutou e espalhou as barras da fabricação do bombom blema será resolvido.para todos os lados. Surreal para a fábrica. Duran- No dia 10 de março, mais desrespeito. te a negociação, o SindicatoOs trabalhadores do CDES foram obriga- reivindicou o fim da terceiri- Sindicato prepara dossiêdos operar empilhadeiras na chuva, o que zação dos produtos da Ga-não é permitido pelas normas de seguran- A diretoria do Sindiali- roto, visto que a terceirizaçãoça. Os trabalhadores foram humilhados mentação está acompa- transfere os postos de traba-com palavras ofensivas e ameaças de nhando toda e qualquer lho para outra fábrica e gerademissão. movimentação a respeito de a queda na mão de obra lo- Casos como esses não podem ser enco- demissões. Após a finalização cal. Diante disso, a empresabertos. Já oficializamos a denúncia junto de relatório interno baseado garantiu que o Surreal vai re-à empresa para que sejam tomadas as em pesquisas com a catego-devidas providências. Queremos e mere- tornar para a Garoto. ria, o Sindialimentação trará cemos a garantia Nossa negociação com a tona as reivindicações dos de um ambiente de a empresa não vai parar. trabalhadores em favor da respeito e qualidade de vida. Continuamos fiscalizando a melhor qualidade de vida, produção da fábrica e lutan- preservação do número de do pela garantia de empre- empregos e valorização da Linda Morais go para todos. marca Garoto. Coordenadora Geral do Sindialimentação
  2. 2. 1º de Maio: o Trabalhador em primeiro lugar Nosso Sindicato já está organizando o 1º de Maio. Umdia para comemorarmos as lutas e conquistas dos traba-lhadores e também para aproveitar o descanso com afamília. O evento será realizado sítio Nandobel, na Barrado Jucu. As inscrições acontecem de 9 a 19 de abril, nasede do Sindicato. No dia da confraternização, os ônibus sairão da fren-te do Sindialimentação às 9 horas. A confraternização terá campeonato de futebolmasculino e feminino, churrasco e refrigerante e bingosindical.Rádio Atitude Durante o dia, haverá momentos de reflexão sobreas lutas do nosso dia a dia. A Rádio Atitude vai promovera integração entre os trabalhadores e apresentar nossasconquistas. Dia do Trabalhador Data: 1º de maio (quarta-feira) Hora: saída às 9h e retorno às 16h Valores: Crianças de zero a 5 anos não pagam, crianças de 5 a 12 anos pagam R$ 22,50 e maiores de 12 anos pagam R$ 45. Associados não pagam. Mais informações: 3339-5027 O sítio Nandobel tem uma estrutura completa com restaurante, piscinas, sauna, rampa molhada, campo de futebol society, camping, bar, sala de jogos, playground, quadra de vôlei de areia, churrasqueira, videoquê e pesque e pague. Além disso, a maior parte dos tra- balhadores presos foi condenada à o dia 1º de maio de 1886, um morte. grupo de operários de Chicago, Esta- A partir de 1889, grupos sindicais dos Unidos, fez uma greve para protes- ao redor do mundo passaram realizar tar contra a carga horária de 13 horas grandes eventos, protestos e passea- e pela jornada de 8 horas por dia. A tas pelos direitos de classe. No Brasil, polícia reprimiu o protesto, mas ele ga- a data marca a instituição de impor- nhou mais força e outros trabalhadores tantes conquistas dos trabalhadores, se juntaram àquele grupo. como o salário mínimo, a Consolida- A campanha continuou pelos dias ção das Leis Trabalhistas (CLT) e a Justi- seguintes, trabalhadores foram mortos, ça do Trabalho. e no dia 4 de maio, uma bomba joga- O Primeiro de Maio também é dia da sobre os policiais foi estopim para de conscientizar sobre a importância uma repressão policial ainda mais vio- da união dos trabalhadores, resgatar lenta. A tragédia terminou com morte as vitórias obtidas com a força dessa de sete policiais e 12 operários. união e enumerar as batalhas que te- mos pela frente.
  3. 3. Pedalaço abre caminho para diversão em família Já foi dada a largada parao 1º Pedalaço Trabalhando PelaVida. As inscrições devem ser fei-tas no Espaço Atitude, localizadona antiga sede da CrediGaroto,das 12h30 às 15h30 ou das 20h30 às21h30. O evento é fruto de uma par- Inscrição: até 25 de abril ou até completar 600 inscriçõesceria entre o Sindialimentação e aCooperativa de Crédito da Garo- Local: Espaço Atitude (antiga sede da CrediGaroto)to. Hora: 12h30 às 15h30 e 20h30 às 21h30 “Trata-se de uma parceria im-portante já que as duas entidades Taxa solidária: 1 lata de leite em pótrabalham pelo bem comum dos Dia da corrida: 5 de maio (domingo)trabalhadores que representa-mos”, explica o Presidente da Cre- Largada: 8h30 (em frente à sede do Sindialimentação)diGaroto, Dimarcos Bertholini. Chegada: pracinha da GarotoSolidariedade e premiações No ato da inscrição, o partici-pante vai escolher de uma lista su- Atrações para todas as idadesgerida pelo Sindicato e CrediGaro- Cada trabalhador pode inscrever um dependente legal. Ato qual entidade ele quer que seja idade mínima para participar do pedalaço é 12 anos completosbeneficiada pelas doações de lei- no ano da prova.te em pó. A festa da chegada será na pracinha da Garoto. A recrea- O pedalaço também contará ção infantil com pula-pula, algodão doce e pipoca vai fazer acom o sorteio de brindes para to- alegria das crianças.dos os participantes, além de umprêmio especial para quem colo- “Esperamos que você se sinta motivado a compartilhar co-car toda a sua criatividade na bici- nosco este momento de convivência coletiva e demonstraçãocleta mais enfeitada da prova. de solidariedade”, convida a Coordenadora Geral do Sindicato, Linda Morais.Encontro Estadual capacita cipeiros Nos dias 14 e 15 de março, o Sindialimentaçãopromoveu o 2º Encontro Estadual de Cipeiros. Fo-ram dois dias de formação sobre a saúde do traba-lhador e trocas de experiência entre trabalhadoresda Garoto e outras quatro indústrias de alimentosdo estado: Spali, Real Café, Leão Alimentos e Rio deJaneiro Refresco. Durante o Encontro, os cipeiros receberamorientações sobre como fazer a análise de um aci-dente e sobre a inexistência de ato inseguro, em-bora as empresas ainda insistam em culpar o traba-lhador. Outros temas tratados foram assédio moral,adoecimento no trabalho e orientações sobre pro-cedimento na emissão de Comunicação de Aci-dente de Trabalho (CAT). O trabalhador Jerônimo de Carvalho Candeia,do Batom 2, relata a importância da participaçãono evento. “Sempre tive interesse pela CIPA, e veiojunto a necessidade de alguém que pudesse repre-sentar o nosso setor. O Batom 2 é uma linha nova,precisamos ver os pontos estratégicos, vias de blo-queio, confeccionar o mapa de risco, a parte ergo-nômica. Eu vim no primeiro encontro, a gente sem-pre leva experiências de vida, de outras empresas,que a gente pode aproveitar”, afirma.
  4. 4. Trabalhador acidentado é demitido mas Agora me sinto um poucoganha na justiça o direito de ser reintegrado mais útil, pois me sentia muito dis- criminado. Posso ajudar minha família porque o juiz mandou pa- Entrei na empresa Retonei finalmente ao traba- gar o retroativo e minha situação em setembro de 2007. lho e 16 dias depois fui mandado vai se normalizar. Trabalhei no Bombom embora. Recomendo aos companhei-Bola e depois de um ano e dois Só voltei porque minha si- ros para correrem atrás, é possí-meses eu tive uma trombose no tuação financeira estava muito vel conseguir. Só tenho a agra-braço direito. Eu tinha 28 anos difícil. No momento da minha decer ao Sindicato.quando tive o problema. Meu demissão, eu não soube como Tive as orientações corretas etrabalho era na estampadora. Ti- reagir. Em menos de 20 dias me qualquer coisa que eu precisei fuinha que usar o socador que na mandaram embora, sem justifi- prontamente assistido.época era bastante pesado. cativa. Primeiro eles pres- No começo, ninguém sa- sionam para retornar ao trabalho e, quando você “Recomendo quebia o que eu tinha. A empresa o trabalhadorme enviou para o hospital, pois volta, te demitem. que estiver nadesconfiava que eu estava com Entrei com ação pelo empresa setrombose. Fiquei uma semana in- Sindicato e após apenas sindicalize paraternado e estou em tratamento um ano e cinco meses fui ter assistência,até hoje. reintegrado. Minha demis- principalmente Eu fiquei afastado por um são foi injusta e o juiz me em momentosano recebendo o benefício. De- mandou voltar imediata- como esse”pois o INSS me tirou o direito. mente. Leonardo A. Valadares 31 anos - Bombom Bola Assembleia reúne categoria contra demissões O Sindialimentação reali- zou uma assembleia geral com o trabalhador não tem condi- ções de voltar a trabalhar. Culto Ecumênico os trabalhadores afastados que estão sem benefícios do INSS A assembleia promoveu a celebra a unidade discussão de ações para de- para discutir as demissões que nunciar a situação que a maio- estão ocorrendo na fábrica. Atendendo a solicitação ria desses trabalhadores está de trabalhadores da nossa ca- Além de dispensar trabalhado- vivendo. O Sindicato também res antigos de casa, prestes a tegoria, o Sindialimentação vai colocou em debate a necessi- sediar um Culto Ecumênico no se aposentar, a empresa está dade da contratação de assis- demitindo alguns trabalhado- dia 17 (quarta-feira), às 19h. O tência técnica nas ações judi- evento será realizado no auditó- res doentes por “abandono de ciais. rio da sede do Sindicato. emprego” e ainda outros que A ação da Garoto é injusta O convite é aberto para to- acabaram de retornar às suas e desumana. Além de perder dos os membros de denomina- atividades após receber alta a saúde, os trabalhadores têm ções cristãs e pessoas que dese- do INSS. que conviver com o medo e a jam partilhar conosco desse ato Os trabalhadores doentes insegurança. Medo de a qual- de fé e união. que não têm condições de vol- quer hora perder o emprego e tar às suas funções mesmo de- insegurança sobre seu futuro. pois da alta do INSS estão inse- Nossas ações serão intensi- guros. A espera pelo resultado ficadas para junto com os tra- de recurso no INSS abre uma balhadores pressionarmos por brecha que tem sido usada mudanças e mais respeito por pela empresa para demitir es- quem perdeu a saúde para sas pessoas por abandono de que a empresa lucrasse mais. emprego, mesmo sabendo que INFORMATIVO DOS TRABALHADORES NAS INDÚSTRIAS DE ALIMENTAÇÃO DO ES EMPRESA DESCONTO TELEFONES Estrada Jerônimo Monteiro, 1732 - Vila Velha - ES Alternativa Cópias & Plotagens 5% à vista 3229-5059 / 3229-4393 Telefone: 3339-5027Convênios Búzios Papelaria e Informática 10% 3229-8877 E-mail: comunica.sindi@terra.com.br Gráfica e Editora Canela Verde 5% à vista 3239-3500 / 3389-5161 COORDENADORA GERAL DO SINDICATOPapelaria, Gráfica MS 15% à vista 3239-5629 Linda MoraisCelulares e COORDENADOR DA SECRETARIA DE COMUNICAÇÃOInformática Papelaria DAngelo 15% à vista 3340-4314 Elifas Medeiros Papelaria Real 15% à vista 3063-8154Desconto EDIÇÃO E DIAGRAMAÇÃO Sylvia Ruthválido para Marcelo Lopes Celular 5% à vista 3056-0666 / 8862-4004trabalhadores Infopel Informática 5% 3299-1575 / 3399-0027Sindicalizados JBTec Informática 5% 3063-0204 / 9695-3192

×