Segredo rio

1.766 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.766
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
12
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
38
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Segredo rio

  1. 1. O Segredo do Rio Tatiana e Lúcia
  2. 2. Era uma vez um rapaz que vivia numa casa pequena, no Verão a sua mãe fazia compotas de várias frutas. Perto da sua casa havia um rio , no Verão ele ia lá nadar.
  3. 3. Á noite, o rapaz saia de casa e ia observar as estrelas, a sua mãe dizia-lhe que cada estrela que ele via no céu era alguém que tinha morrido, uma pessoa boa.
  4. 4. Numa tarde ,o rapaz como sempre foi ao rio , no rio ele viu um peixe que dava muitos saltos na água, todo torcido como se fosse uma bailarina .
  5. 5. Salpicando o rapaz de água, mas o maior extraordinário é que o peixe falou para o rapaz. O rapaz nem queria acreditar no que estava a ouvir mas ele perguntou-lhe porque é que ele estava no seu rio. O peixe disse-lhe que ele vivia dentro de um aquário que era de um rapaz assim como ele, e o seu dono dava-lhe comer, tratava-o bem mas quando o peixe Cresceu a mãe desse rapaz deitou para o rio porque ele já não lá cabia, e assim eu vim parar aqui.
  6. 6. Com a continuação da conversa tornaram-se amigos O rapaz perguntou-lhe que espécie de peixe era ele e ele disse que era uma carpa. Então o rapaz deixou ficar lá a viver, e assim se tornou o principio de uma grande amizade. Era brincadeira e mais brincadeira, juntos mergulhavam pelo fundo do mar.
  7. 7. Mas o Outono chegou, e a sua família não tinha comer não havia fruta para as compotas , não havia milho para vender , em fim eles não tinham comer. Um dia o rapaz ouviu a sua mãe dizer ao seu pai que tinha visto Uma carpa gigante dentro do rio. Que dava um bom farnel para um Mês .
  8. 8. Ouvindo isto o rapaz foi contar ao seu amigo peixe e disse que Ele tinha de se ir embora, foi triste mas pronto. No outro dia quando o seu pai foi lá com a rede não viu Peixe nenhum. Todos os dias eram tristes para o rapaz, desde que o peixe Se foi embora ele andava infeliz.
  9. 9. Um dia quando o rapaz foi dar um passeio ao rio Encontrou lá o seu peixe. E disse-lhe: -Tu não podes estar aqui se o meu pai te encontra Mata-te para comermos! Já não é preciso ele me matar, eu trouxe comida para todos. Olha ali, mas como conseguiste trazer aquilo tudo?
  10. 10. Isso é uma longa história, conta-me! Quando eu me fui embora andei a procurar comida para Vocês assim já não tem de me comer. Então pedi ajuda a uma raposa e ela ajudou-me a levar. Depois o rapaz contou tudo ao pai, o pai foiter com o peixe.
  11. 11. Então o peixe pode lá ficar o pai colocou uma tábua A dizer que ninguém podia pescar no rio. O rapaz também colocou uma a dizer:
  12. 12. Fim

×