Uc 22 23_24_reflexão_sílvia_fernandes[1]

1.009 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.009
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Uc 22 23_24_reflexão_sílvia_fernandes[1]

  1. 1. [UC_22 – ELABORAÇÃO DE PLANOS DE GESTÃO DA SEGURANÇA DE EVENTOS UC_23 – PLANOS PARA A MANUTENÇÃO DA HIGIENE E SEGURANÇA DE EVENTOS UC_24 – ELABORAÇÃO DE PLANOS PARA LIDAR COM SITUAÇÕES DE EMERGÊNCIA] 07 de Julho de 2010 Em UC_22, Elaboração de Planos de Gestão da Segurança de Eventos, compreendi diversas noções, definições e normas. A gestão de segurança: Mecanismos de controlo e segurança das pessoas, bens moveis e imóveis e da informação – são parâmetros importantes, pois definem a organização do evento aquando a sua dimensão, segurança; tipo de evento e respectiva salva guarda dos bens móveis e imóveis expostos, serviços de segurança a contratar; e tipo de equipas a contratar, de forma a guardar informações sobre o evento ou sobre os participantes do evento: sistema de controlo de vídeo – é uma das soluções possíveis. Em relação aos planos específicos de segurança para eventos foram descritos alguns exemplos, de forma a especificar os cuidados e os serviços a contratar, consoante o tipo e dimensão do evento. A Protecção dos VIP’s é um item considerável, pois afecta todo o planeamento do evento, uma vez que, dependente de protocolos e de planos de emergência caso haja atentados ou saídas de emergência a efectuar (Horários de chegada e partida; circuitos de passagem e respectivos tempos de permanência; acompanhamento de seguranças; entre outros itens.) Assim como, a relação com a protecção das instalações e equipamentos, que teria de ser considerada pois as instalações são estruturas base do evento. A Gestão de Segurança da informação serve para prevenir ameaças sobre o que se passa internamente, num evento. Um bom exemplo de gestão de segurança de informação, é uma cimeira: neste tipo de acontecimento a informação sobre os convidados, sobre os intervenientes, sobre os esquemas de entradas e saídas, sobre a autoridade contratada entre outros, é extremamente confidencial de modo, a prevenir atentados ou outras ameaças. É através da identificação de Níveis de segurança nos eventos e a sua identificação, que compreendi a necessidade de identificar as prioridades de um evento, para garantir o sucesso do mesmo. Para o efeito, elaborei um trabalho prático, cujo objectivo é Sílvia Gomes Fernandes – TOE2-DL/FM-2009
  2. 2. [UC_22 – ELABORAÇÃO DE PLANOS DE GESTÃO DA SEGURANÇA DE EVENTOS UC_23 – PLANOS PARA A MANUTENÇÃO DA HIGIENE E SEGURANÇA DE EVENTOS UC_24 – ELABORAÇÃO DE PLANOS PARA LIDAR COM SITUAÇÕES DE EMERGÊNCIA] 07 de Julho de 2010 determinar as diferenças dos planos de segurança e identificar a respectiva correcção, proposto no manual de trabalho, analisando diversas notícias de artigos noticiosos: “PM define plano de segurança para jogos na capital”,”Apresentação robô de segurança do Mundial de Futebol”, “Jogo de Futebol – Juniores”,” Futebol: Juniores – Sporting nega comunicação do Benfica sobre condições da Academia” – Aprendendo os decretos, que regem os planos de segurança em estádios de Futebol e tomei conhecimento sobre as outras normas legislativas sobre o enquadramento legal das actividades de animação turística. Em UC_23_Elaboração de planos para a Manutenção da Higiene e Segurança de Eventos, iniciámos os nossos conhecimentos com alguma teoria regulamentar de HST: Regulamentação Geral: o código do trabalho e a sua regulamentação em higiene e segurança do trabalho; Regulamentação Especifica: Legislação aplicável; Obrigação do empregador e como cumprir; as notificações obrigatórias ás entidades: Ministério do trabalho, Autoridade para as Condições do Trabalho, Inspecção-geral do Trabalho e Direcção Geral de Saúde. Demos a especial ênfase, aos deveres da entidade patronal: a avaliação de riscos e programa de segurança; a manutenção e controlo da saúde dos trabalhadores; a importância da informação e formação dos trabalhadores em HST. Em relação aos deveres e obrigações dos colaboradores, visualizamos de filmes EE sobre os comportamentos no local de trabalho, identificamos diversos erros e elaboramos debate e discussão sobre os temas abordados no filme, corrigindo e identificando os sinais de prevenção: Acidentes de trabalho versus Incidentes de trabalho. Finalmente em UC_24_ Elaboração de planos de segurança, elaboramos e discutimos os diversos planos necessários para atingir o sucesso num evento: Plano de Segurança; Plano de Prevenção e Protecção para Entradas e Saídas; Plano de Segurança Interna de Sílvia Gomes Fernandes – TOE2-DL/FM-2009
  3. 3. [UC_22 – ELABORAÇÃO DE PLANOS DE GESTÃO DA SEGURANÇA DE EVENTOS UC_23 – PLANOS PARA A MANUTENÇÃO DA HIGIENE E SEGURANÇA DE EVENTOS UC_24 – ELABORAÇÃO DE PLANOS PARA LIDAR COM SITUAÇÕES DE EMERGÊNCIA] 07 de Julho de 2010 Acompanhamento de VIP’s; Planos de Monitorização; Planos de Soluções para a aglomeração de Pessoas; Soluções de Intervenção anti Roubo; Soluções para Ameaças de Roubo e Planos de Evacuação – Servindo de Trabalho de Consolidação dos 3 módulos. Compreendi a necessidade de aplicar os conhecimentos adquiridos, de forma aplicá-los no futuro. Sílvia Gomes Fernandes – TOE2-DL/FM-2009

×