463366

1.278 visualizações

Publicada em

Publicada em: Turismo, Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.278
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
186
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

463366

  1. 1. O Diafragma Professor Bruno GonzalezO diafragma fotográfico é umaestrutura que se encontra no interiorde todas as objetivas, e tem o papelde controlar a quantidade de luz quepassa através dela.Ele é constituído de um anel de finasfolhas de metal, sobrepostas. 1
  2. 2. O que é a abertura do diafragma?A abertura do diafragma é a variável quedefine o diâmetro da abertura do mesmo.O valor da abertura é definido através de"f/x". Aqui vem um ponto simples, masque confunde muitos: quanto maior ovalor "f/x", menor a abertura dodiafragma. 2
  3. 3. O Funcionamento do Diafragma Essa abertura trabalha como a pupila do olho, pode ser dilatada ou contraída em função contraí funç da luminosidade. Os Valores das Aberturas As diferentes aberturas são conhecidas como f/stop ou f/stop f/ponto que são dispostos em uma série numérica, cuja sé numé seqüência padrão é: seqüf/1.4, f/2.0, f/2.8, f/4, f/5.6, f/8, f/11, f/16, f/22, f/32 e f/64. f/64. Nesta escala, cada número possui uma abertura de nú diferente tamanho, sendo que à medida que passamos de um número para o próximo, significa que estamos nú pró dobrando ou diminuindo pela metade a quantidade de luz que alcança o sensor. alcanç 3
  4. 4. Explicando melhor:Pequenas aberturas são aquelas em que oorifício, produzido pelas lâminas do diafragma éorifípequeno, e grandes aberturas quando o orifício orifíé maior.As aberturas menores são as que apresentamos maiores números (f/11, f/16, f/22, etc) e as nú etc)grandes aberturas são as designadas pelosmenores (f/2.8, f/4, f/5.6, etc). etc).Pode parecer confuso, mas o motivo dissoé que cada f/ é, na realidade, uma fração:como 1/8 (velocidade) é menor que 1/4,então f/8 originará um buraco menor doque f/4. 4
  5. 5. O Controle da AberturaGirando-se o dial do diafragma, localizado emGirando-diferentes partes do corpo da câmera, dependoda marca do equipamento, as folhas de metalse movem, permitindo a passagem de toda a luzque atinge a superfície da lente. Girando o dial superfína direção oposta, o diafragma vai formando um direçorifício cada vez menor.orifí 5
  6. 6. Valores IntermediáriosMuitas câmeras oferecem regulagensintermediárias de 1/2 ou 1/3 de ponto,para um ajuste mais afinado daexposição.Alguns exemplos: f/9.5 entre f/8 e f/11;f/4.5 entre f/4 e f/5.6. Abertura máximaObjetivas são geralmente designadas, e valorizadas, de acordo com coma sua abertura máxima, ou seja, a abertura mais ampla que máapresentam.Normalmente conhecida na própria nomenclatura - 50mm f/1.4 ou pró300mm f/5.6 - a abertura máxima é uma importante medida que máindica se uma objetiva é rápida ou não. Em outras palavras, mede acapacidade de captura de luz que ela possui, muito importante para parafotógrafos que trabalham em condições precárias de iluminação.fotó condiç precá iluminaçOs modelos zoom, devido à complexibilidade de construção, podem construçapresentar aberturas máximas variáveis, de acordo com a distância má variáfocal selecionada. Assim, uma 100-300mm f/4-5.6, por exemplo, 100- f/4-informa que a abertura máxima em 100mm até 180/200mm é f/4, má atéenquanto se estiver de 210mm a 300mm, aproximadamente, éf/5.6. 6
  7. 7. DicaQuando for comprar uma lente ou entãouma máquina com lente conjunta. Quantomais luminosa a lente, melhor de setrabalhar com ela em condições de baixaluz ou até mesmo com luz normal. Fiquemsempre de olho nisto ao comprarem algo. Prioridade à aberturaNormalmente indicado por ‘A’ ou ‘Av’.Neste modo, você ajusta a aberturaque deseja usar e a câmera decide qualvelocidade é apropriada nas condições deluz do local onde você está fotografando. 7
  8. 8. Quando você poderá usar omodo de prioridade à abertura?A abertura do diafragma terá impactosobre a profundidade de campo, entãovocê pode usar este modo quando desejarajustar a profundidade de campodesejada. ExemploO fotógrafo quis utilizar uma fotópequena profundidade de campo e selecionouuma grande abertura (f/1.4), deixando que acâmera escolhesse a velocidade apropriadapara que a foto ficasse bem exposta (1/250seg).Caso ele quisesse que toda a imagem fossefocalizada, escolheria uma pequena abertura(f/22 por exemplo), e a câmera ajustaria umamaior exposição para compensar.(1/30seg). exposiç 8
  9. 9. Controle Automático e Manual do Diafragma Nas câmaras SLR ou Reflex, o diafragma fica Reflex, permanentemente aberto. Ao dispararmos, o diafragma se fecha no limite pré-selecionado. Este controle pré automático facilita a focalização, mas não mostra automá focalizaç previamente a profundidade de campo da fotografia. Portanto, estas câmaras possuem um dispositivo, com um botão ou trava, que faz com que o diafragma se feche na abertura determinada no anel de comando sem que seja necessário o disparo. necessá Fechar o diafragma antes do disparo nos possibilita a verificação visual da profundidade de campo verificaç determinada por aquele diafragma e naquela distância.Porque eu vou ficar me preocupando com tudo isto se euposso colocar minha câmera no modo automático e deixar automá ela fazer todo o trabalho sozinha? As câmeras digitais possuem um dispositivo chamado fotômetro embutido. Fotômetro é o dispositivo que mede as condições de luz do ambiente e determina os valores condiç de tempo de exposição, abertura do diafragma e ISO. exposiç No entanto, antes de tudo, a câmera não deixa de ser um computador, que recebe estas informações e as informaç processa através de equações pré-determinadas. Este atravé equaç pré programa não lê a mente do fotógrafo, o programa não fotó sabe qual a intenção do fotógrafo ao bater a foto. intenç fotó 9
  10. 10. O diafragma no controle da luzSe um fotógrafo não pode ou não quermudar a velocidade para ajustar aquantidade de luz que atinge seu sensor,poderá usar um segundo ajuste. Bastaalterar o tamanho do orifício, tecnicamenteconhecido como abertura do diafragma,através do qual a luz entra na câmera. 10
  11. 11. A profundidade de campo Profundidade de campo é a zona de nitidez aparente na frente e atrás do assunto em que a câmera está atrá está focalizando. Na prática, aberturas pequenas (f/16, f/22) geram prá profundidades de campo extensas, com quase tudo nítido, enquanto grandes aberturas (f/4, f/2.8) fornecem áreas limitadas de nitidez, com apenas uma parte da cena em foco.A abertura do diafragma pode influenciar na profundidade de campo? A combinação da abertura com a velocidade de disparo não afeta apenas a quantidade de luz mas, também, o quanto da cena ficará nítido na foto final. 11
  12. 12. 12
  13. 13. Quando utilizar diferentes profundidades de campo? A escolha da profundidade é uma das opções opç mais importantes quando se define a abertura e o tempo durante o qual que se expõe uma fotografia. Por exemplo, para fotografar uma pessoa e isolá-la do fundo, usa-se a menor profundidade isolá usa- de campo possível através de um número f possí atravé nú menor. Pelo contrário, ao fotografar uma contrá paisagem grandiosa e querer que tudo o que se vê fique nítido, desde os objetos mais próximos ní pró até o infinito, deve se usar a maior profundidade até de campo possível através do número f maior. possí atravé nú Proximidade do Assunto Porém, independentemente da abertura escolhida, a proximidade que se está do objeto a ser fotografado é determinante para se ter uma grande ou baixa profundidade de campo na fotografia. Quanto mais próximo se está do assunto a se fotografar, menor será a profundidade de campo que se obterá. 13
  14. 14. Em qualquer foto, apenas o plano em foco está realmente está nítido, mas a zona de nitidez aceitável é mais extensa. aceitáCom uma abertura grande (à esquerda) a profundidade de (àcampo é limitada. Com uma abertura menor, uma zona na frente e atrás do assunto aparece razoavelmente nítida. atrá ní Exemplo de Profundidade de Campo Na foto da esquerda, onde a abertura do diafragma foi menor (f/16), toda a foto ficou em foco, tanto a garota em primeiro plano, quanto as flores em segundo plano. Na foto da direita, onde a abertura do diafragma foi maior, apenas o primeiro plano ficou em foco, enquanto as flores ao fundo ficaram desfocadas. desfocadas. 14
  15. 15. f/8.0 f/1.4f/8.0 f/5.6 f/2.8 15
  16. 16. 16
  17. 17. RevisãoO diafragma é uma das partes principais de uma câmera fotográfica. Trata-se de fotográ Trata-uma pequena abertura redonda, que abre por alguns instantes quando aperta-se o quando aperta-disparador. Esta abertura define o “diâmetro” do fecho de luz que vai entrar em diâmetro”contato com o sensor .O diafragma pode variar de f/1 até acima de f/40, dependendo da lente utilizada. f/1 atéé a abertura máxima do diafragma, quando entra a maior quantidade de luz possível. má possíAs numerações tradicionais do diafragma são: 1.0 / 1.4 / 2.0 / 2.8 / 4.0 / 5.6 / 8 / 11 / numeraç16 / 22 / 32 / 45. Mas, na prática, o diafragma pode ter qualquer valor intermediário, prá intermediáentre 1 e 45, por exemplo 11.7 . Estas medidas são chamadas de f/stop. f/stop.Na prática, a abertura controla o campo de foco da imagem. Quanto maior a abertura prádo diafragma (próximo de 1), menor o campo focal. Quanto menor o diafragma (pró(próximo de 22), maior o campo focal na imagem.(pró 17

×