O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Ferramentas para Desempregados - Acção Avila Business Center

334 visualizações

Publicada em

Publicada em: Carreiras
  • Seja o primeiro a comentar

Ferramentas para Desempregados - Acção Avila Business Center

  1. 1. Estou  Desempregada,  e  Agora?  
  2. 2. Que  peixe  sou  eu,  que  peixe  és  tu?  
  3. 3. Os  nossos  caminhos  
  4. 4.     “A  adversidade  tem  o  efeito  de  despertar   talentos  escondidos  que,  em  circunstâncias   muito  boas,  estariam  adormecidos.”   Horácio      
  5. 5. …  o  livro  
  6. 6. Palavras  proibidas     Nunca     Sempre  
  7. 7. Lidar  com  o  Desemprego:  EsFgma  e   Frustração  e  Burocracia     •  Quando  nos  apercebemos  que  algo  não  está   bem  temos  de  mudar…   •  Quando  estamos  desmoFvados,  temos  de   agir…   •  Quando  estamos  perdidos  temos  de  lidar   connosco  em  primeiro  lugar…  
  8. 8. EsFgma   •  O  trabalho  impõe  uma  estrutura  de  tempo  ao   dia;     •  O  trabalho  permite  a  parFlha  regular  de   experiências  e  contactos  com  outros;     •  O  trabalho  liga  o  indivíduo  aos  objecFvos  e   propósitos  que  transcendem  os  seus;     •  O  trabalho  define  aspectos  do  status  social  e  da   idenFdade  do  indi-­‐  víduo;     •  O  trabalho  reforça  a  acFvidade;     •  O  trabalho  promove  a  segurança.    
  9. 9. Frustração  
  10. 10. Burocracias   •  Os  papéis  e  o  sistema,  duplas  imbaUveis…   •  Os  dois  amores:  Segurança  Social  e  IEFP   •  Saber  funcionar  com  os  subsídios  recebidos  
  11. 11. Ferramentas:  eu,  eu,  eu…  
  12. 12. Defina  o  seu  plano  para  saber  o  seu   caminho  
  13. 13. Gestão  Financeira  
  14. 14. •  Diz-­‐me  quantas  ligações  tens,  dir-­‐te-­‐ei  quem   és     – LinkedIn   – Twier   – Facebook  
  15. 15. O  Meu  caminho:  www.entrenos.pt  
  16. 16. ConFnuem  a  vossa  caminhada…   Caminhante,  as  tuas  pegadas   São  o  caminho  e  nada  mais;   Caminhante  não  há  caminho,   O  caminho  faz-­‐se  ao  andar.   Ao  andar  faz-­‐se  o  caminho   E  ao  olhar-­‐se  para  atrás,   Vê-­‐se  a  senda  que  jamais,   Se  há-­‐de  voltar  a  pisar   António  Machado  
  17. 17. hp://www.jaquelinesilva.pt   Contacto@jaquelinesilva.pt                       hps://twier.com/silvajaqueline   pt.linkedin.com/in/silvajaqueline/   hp://www.facebook.com/JaquelineSilva  

×