Escritores da Índia


      Salvador
       2009
Equipe
 Ailton Neres
 Cátia Magalhães
 Fábio Prudêncio
 Fernanda Fiaes
 Leidiane Santana
 Patrícia Barbosa
 Renata ...
Arte, mistério, sentimento e unidade. Eis a Índia,
  onde os mundos dialogam na infinita busca da
   indissolubilidade ete...
Bankim Chandra
          Chatterjee


   Romancista indiano nascido em 1768 perto de Naihati, em
    Bengala. Primeiro au...
Bankim Chandra Chatterjee

   Momento Histórico - Surgia em meio à eloqüência e
    efervescência social e cultural, enqu...
Bankim Chandra Chatterjee

   Principais obras - Seu primeiro volume de poemas foi
    Lalita O Manas (1858), mas foi com...
Amitav Ghosh


Amitav Ghosh nasceu em Calcutá, em 1956, e passou a
infância em Bangladesh, no Sri Lanka e no norte da Índi...
Amitav Ghosh

   Momento Histórico – A tradição da literatura indiana escrita
    em inglês remonta ao final do século XI...
Amitav Ghosh

   Principais obras – Ghosh é autor de um livro de viagem e
    de três romances aclamados e traduzidos em ...
Salman Rushdie



Sir Ahmed Salman Rushdie KBE (Bombaim, 19 de Junho de
1947) é um ensaísta e autor de ficção britânico de...
Salmon Rushdie

   Momento Histórico – Período pós-colonial que se refere, de
    modo geral, ao processo de descolonizaç...
Salman Rushdie

   Principais obras – Rushdie estreou na literatura com o
    romance Filhos da Meia-Noite (1981). Suas o...
Referências
   LE MONDE DIPLOMATIQUE. DIVERSIDADE CULTURAL: A descoberta
    das literaturas indianas > > http://diplo.uo...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Escritores Indianos

4.069 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.069
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
25
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
11
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Escritores Indianos

  1. 1. Escritores da Índia Salvador 2009
  2. 2. Equipe  Ailton Neres  Cátia Magalhães  Fábio Prudêncio  Fernanda Fiaes  Leidiane Santana  Patrícia Barbosa  Renata Carneiro  Ricardo Campos
  3. 3. Arte, mistério, sentimento e unidade. Eis a Índia, onde os mundos dialogam na infinita busca da indissolubilidade eterna, harmônica e bela. Autor desconhecido
  4. 4. Bankim Chandra Chatterjee  Romancista indiano nascido em 1768 perto de Naihati, em Bengala. Primeiro autor indiano e escritor na língua de Bengala, cujos romances contribuíram para a fixação do bengali como língua literária e para o estabelecimento de uma vertente indiana de ficção segundo o modelo da literatura européia. Considerado o “pai do romance indiano”, fará com que a ficção romanesca se enraíze.
  5. 5. Bankim Chandra Chatterjee  Momento Histórico - Surgia em meio à eloqüência e efervescência social e cultural, enquanto o país se conectava com as forças da modernidade.  Momento Estético – Corresponde à corrente modernista que foi rapidamente propagada em outros centros culturais e intelectuais, constituindo um estímulo decisivo à criação literária nas grandes línguas regionais indianas.
  6. 6. Bankim Chandra Chatterjee  Principais obras - Seu primeiro volume de poemas foi Lalita O Manas (1858), mas foi como prosador que conseguiu renome literário. Começou escrevendo em inglês, mas logo mudou para o bengali. Seu primeiro romance em bengali foi o romance Durgeshnandini (1865), ao qual seguiu-se a novela Kapalkundala (1866), um dos seus melhores trabalhos.
  7. 7. Amitav Ghosh Amitav Ghosh nasceu em Calcutá, em 1956, e passou a infância em Bangladesh, no Sri Lanka e no norte da Índia. Estudou em Nova Delhi, em Oxford e no Egito, e lecionou em várias universidades indianas e americanas. Nascido na Índia, e vivendo nos Estados Unidos, liderou o chamado hibridismo, principal característica hoje da literatura de seu país, ou seja, escrita em inglês, mas salpicada de elementos ou expressões exóticas, ao contrário daquela produzida apenas nos idiomas regionais.
  8. 8. Amitav Ghosh  Momento Histórico – A tradição da literatura indiana escrita em inglês remonta ao final do século XIII, com o estabelecimento do Império Inglês e da Língua Inglesa como a “língua” do indian civil service.  Momento Estético – Corresponde ao modelo literário que dialoga com o exótico oriundo da combinação harmônica, derivada do contraste entre o mundo religioso, moral e social da Índia e o mundo Inglês.
  9. 9. Amitav Ghosh  Principais obras – Ghosh é autor de um livro de viagem e de três romances aclamados e traduzidos em vários países, entre eles O Cromossoma Calcutá. Ghosh também já escreveu para as revistas Granta e The New Yorker, e para os jornais The New York Times e The Observer. Além de romances, Ghosh também já publicou livros de análise sóciopolítica, como Countdown, que trata da política nuclear da Índia, e escreve sobre fundamentalismo, cultura, história da literatura e biografias.
  10. 10. Salman Rushdie Sir Ahmed Salman Rushdie KBE (Bombaim, 19 de Junho de 1947) é um ensaísta e autor de ficção britânico de origem indiana. Cresceu em Mumbai (antiga Bombaim) e estudou na Inglaterra, onde se formou com predicado (with honours) no King's College, Universidade de Cambridge. O seu estilo narrativo, mesclando o mito e a fantasia com a vida real, tem sido descrito como conectado com o realismo mágico.
  11. 11. Salmon Rushdie  Momento Histórico – Período pós-colonial que se refere, de modo geral, ao processo de descolonização que marcou, mesmo que de formas muito diferentes, tanto os países colonizados como aqueles que foram os colonizadores.  Momento Estético – Corresponde ao momento de grandes transformações na literatura indiana. Modelo literário pós- colonial, literatura contemporânea.
  12. 12. Salman Rushdie  Principais obras – Rushdie estreou na literatura com o romance Filhos da Meia-Noite (1981). Suas obras, de fundo fantástico e traduzidas em mais de 20 idiomas, trazem assuntos inspirados na história e na sociedade de seu país, permeados por elementos mitológicos. Outras de suas mais célebres criações são Shame (1983) e The Moor's Last Sigh (1996).
  13. 13. Referências  LE MONDE DIPLOMATIQUE. DIVERSIDADE CULTURAL: A descoberta das literaturas indianas > > http://diplo.uol.com.br/imprima1523  KNOW ÍNDIA LITERATURA >> http://india.gov.in/knowindia/literature.php  BANKIM CHANDRA CHATTERJEE >> http://www.dec.ufcg.edu.br/biografias/BankiCha.html  AUTOGESTÃO NA CABEÇA >> http://autogestnacabeca.blogspot.com/2007/04/literatura-indiana.html  AMITAV GHOSH >> http://www.objetiva.com.br/objetiva/cs/?q=node/1164  OBSERVATÓRIO DA IMPRENSA >> http://observatorio.ultimosegundo.ig.com.br/artigos.asp?cod=406ASP007  SALMAN RUSHDIE >> http://biografias.netsaber.com.br/ver_biografia_c_968.html  FICÇÃO PÓS-COLONIAL RETRATA CONFLITOS CONTEMPORÂNEOS >> http://cienciaecultura.bvs.br/scielo.php?pid=S0009-67252007000200022&script=sci_  WIKIPEDIA >> http://pt.wikipedia.org/wiki/Salman_Rushdie  LUCIANA COLUCCI: Índia: O Universo do deus das pequenas coisas e sua Literatura >> http://revistadosell.letras.uftm.edu.br/Luciana.pdf

×