O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

8

Compartilhar

Baixar para ler offline

Cartografia: Elementos básicos de cartografia e projeções cartográficas

Baixar para ler offline

Elementos básicos de cartografia, projeções cartográficas, escala, cálculo de escala.

Audiolivros relacionados

Gratuito durante 30 dias do Scribd

Ver tudo

Cartografia: Elementos básicos de cartografia e projeções cartográficas

  1. 1. REPRESENTAÇÕES CARTOGRÁFICAS
  2. 2. MAPA • É UMA REPRESENTAÇÃO NO PLANO EM ESCALAPEQUENA. • NORMALMENTE REPRESENTA ASPECTOS FÍSICOS, POLÍTICO ADMINISTRATIVOS. (TEMÁTICOS) CARTA • REPRESENTAÇÃO NO PLANO EM ESCALA MÉDIA OU GRANDE DE UMA SUPERFÍCIE COM A PRESENÇA DE PARALELOS E MERIDIANOS • TEM A FINALIDADE DE AVALIAR DETALHES
  3. 3. PROCESSO HISTÓRICO DA CARTOGRAFIA • Abertura do Mar Mediterrâneo para rotas comerciais séc. XI • Sua revolução data do século XV e XVI – período das Grandes Navegações.
  4. 4. • Técnicas de cartografia foram aprimoradas pelos holandeses devido técnicas modernas de impressão • Busca por fontes de matéria-prima e energia . Planisfério de Waldseemuller (1507
  5. 5. MAPAS HOJE • Confeccionados através de tecnologias modernas como: • o Sensoriamento Remoto; • softwares; • SIG’S – Sistema de Informação Geográfica • GPS – Sistema de Posicionamento Global – sinais captados por satélites, sob controle do Departamento de Defesa dos Estados Unidos. • A posição do GPS é dada pelas LAT. e LOG. (coordenadas geográficas)
  6. 6. PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS • São representações da superfície da Terra em um plano utilizando os paralelos e meridianos. CILINDRICA: projetada sob um cilindro tendo como base a forma elipsoide da Terra.  Paralelos e meridianos formam um ângulo reto entre si (perpendicular)  Áreas próximas ao Equador ficam com tamanho mais próximo da realidade.  Áreas mais distantes possuirão maiores distorções (altas latitudes)
  7. 7. TIPOS DE PROJEÇÕES Equidistantes • Conserva a área real dos continentes mas destorce a forma. Conforme • Mantem-se a forma dos continentes, oceanos e ilhas como realmente são • Ocorrem distorções nas áreas
  8. 8. PROJEÇÃO DE MERCATOR - CILÍNDRICA • Objetivo principal: • representar as linhas retas no mapa • – proporcionar navegação mais precisa (séc. XVI) • Chamada de projeção eurocêntrica • Demonstra superioridade do mundo europeu
  9. 9. PROJEÇÃO DE PETERS (1973) • Contrapõe a de Mercator • As áreas da Terra são proporcionais mais as formas são distorcidas • Essa projeção destaca países subdesenvolvidos • Período histórico de auto afirmação de independência dos países subdesenvolvidos.
  10. 10. PROJEÇÃO CÔNICA  Essa projeção é usada para representar países ou regiões de médias a baixas latitudes.  A distorção aumenta a medida que se afasta dos paralelos de maior latitude  Apresenta distorções de forma e área.
  11. 11. PROJEÇÕES PLANAS OU AZIMUTAIS • Projetar a superfície da Terra em um plano, tendo como referência um determinado ponto. • Os paralelos aparecem em círculos concêntricos e os meridianos em linha reta (plano tangente ao polo) • As distorções ocorrem a medida que se afastam do ponto central do mapa. • Também chamada de projeção azimutal polar, importante para estudos geopolíticos
  12. 12. PROJEÇÃO PLANA AZIMUTAL EQUIDISTANTE • Possibilita medidas lineares exatas entre o ponto central do mapa e áreas adjacentes • com os polos em sua porção central. As maiores deformações estão em suas áreas periféricas.
  13. 13. PROJEÇÃO DE ROBINSON PROJEÇÃO CILÍNDRICA AFILÁTICA OU ARBITRÁRIA  Procura reduzir distorções graves das projeções cilíndricas e apresenta uma curvatura próxima aos polos.  Muito utilizada em atlas escolares
  14. 14. Projeção de Goode Mostra a equivalência entre áreas continentais e oceânicas por isso se apresenta de forma interrompida Objetivo: preservar as áreas e a forma dos continentes
  15. 15. • Nesta projeção os paralelos são linhas retas e os meridianos, linhas circulares unindo-se nos polos. • Sua área é proporcional à da esfera terrestre, tendo a forma elíptica (elipsoidal). • As zonas centrais apresentam grande exatidão, tanto em área como em configuração, mas as extremidades apresentam grandes distorções. Projeção de Mollweide
  16. 16. Projeção equivalente, seu contorno elipsoidal faz referência à forma aproximada da Terra que tem um ligeiro achatamento nos polos. Projeção de Holzel
  17. 17. CARTOGRAFIA II Os mapas são a mais antiga forma do pensamento geográfico
  18. 18. AVANÇO TECNOLÓGICO DO SÉCULO XX • Permitiu a elaboração de mapas mais sofisticados • Aerofotogrametria • Satélite • Computadores • Mas ainda os mapas como os vemos é o resultado de ideologias.
  19. 19. OUTRAS PROJEÇÕES: ANAMORFOSES • São projeções com distorções propositais a fim de valorizar dados estatísticos número de usuários de internet no mundo
  20. 20. número de mortes causadas pelo vírus do HIV
  21. 21. Renda percapita media por região (IBGE:2010)
  22. 22. OUTROS TIPOS DE MAPAS
  23. 23. Carta topográfica ou mapa topográfico Representa a altimetria do relevo. São elaborados com o uso de curvas de nível ou isoípsas São linhas que unem pontos de mesma altimetria Quanto maior espaçamento, menos declividade de relevo Quanto menor espaçamento, maior declividade
  24. 24. Representações topográficas A maior utilidade dos mapas topográficos está em analisar a utilização de áreas para as atividades humanas como a agricultura, vias de transporte etc.
  25. 25. MAPAS TEMÁTICOS PREDOMINAM OS ASPECTOS QUANTITATIVOS E QUALITATIVOS http://blog.natiocriativo.com
  26. 26. GRÁFICOS • Utilizado para a comunicação de fenômenos do meio natural ou socioeconômico • Está fundamentado em dados estatísticos • Apresentam em forma de linha, coluna, pizza etc.
  27. 27. (ENEM -2016) A ONU faz referência a uma projeção cartográfica em seu logotipo. A figura que ilustra o modelo dessa projeção é:
  28. 28. (Fuvest 2017) Anamorfose geográfica representa superfícies dos países em áreas proporcionais a uma determinada quantidade. Observe as seguintes anamorfoses: Nas alternativas apresentadas, os títulos que identificam de forma correta as anamorfoses I e II são, respectivamente: a) Transporte aéreo e Transporte ferroviário. b) População urbana e População rural. c) População total e Produto Interno Bruto. d) Ocorrência de HIV e Ocorrência de malária. e) Exportação de armas e Importação de armas.
  29. 29. ELEMENTOS DE UM MAPA (CONVENÇÃO CARTOGRÁFICA)
  30. 30. 1º Momento – Compreensão do título e a legenda. 2º Momento – Entendimento das escalas. 3º Momento – Observação atenta do mapa a fim de criar uma setorização para a decodificação /descrição. 4º Momento – Decodificação do mapa. As informações contidas nos mapas são transmitidas através de uma linguagem que utiliza um sistema de signos (legendas), redução (escala) e Projeção. Ler significa decodificar e, portanto, representar mentalmente sua mensagem (CASTROGIOVANNI, 1998, p.34). Namorando um mapa
  31. 31. É um conjunto de símbolos e regras que facilitam o entendimento dos mapas em nível mundial. Todos os mapas devem conter Título, Legenda, Escala, Indicação do Norte e a fonte das informações. Legenda
  32. 32. MAPA: REPREENTA ÁREA MAIOR (TERRITORIO, CONTINENTE) Menor detalhe CARTA: Escala média ou grande PLANTA: Menor área Maior detalhamento
  33. 33. ESCALA É a representação da proporção da realidade no papel.
  34. 34. O NÍVEL DE DETALHAMENTO É INVERSAMENTE PROPORCIONAL AO TAMANHO DO DENOMINADOR
  35. 35. ESCALA: 1: 277 000 000 ESCALA PEQUENA Possui menos detalhes ESCALA 1: 50 000 ESCALA GRANDE Possui maiores detalhes
  36. 36. Maior área representada; menor detalhamento Denominador maior Ex.: 1:5 000 000 Menor área representada; maior detalhamento Denominador menor Ex.: 1: 50 000 Escala Pequena Escala Grande
  37. 37. CALCULANDO A ESCALA • D= Distância Real (sempre em KM) • E= Escala Gráfica (Km) ou Numérica (cm) • d= Distância no mapa (sempre em cm) D = d x E E = D/d d = D/E
  38. 38. (UNICAMP 2016) Escala, em cartografia, é a relação matemática entre as dimensões reais do objeto e a sua representação no mapa. Assim, em um mapa de escala 1:50.000, uma cidade que tem 4,5 Km de extensão entre seus extremos será representada com: a) 90 cm. b) 9 cm. c) 225 mm. d) 11 mm. DICA: Igualar as Unidades de Medida ou KM ou CM
  • alexandrealeixodasilva

    May. 29, 2019
  • 100002529154707

    Mar. 26, 2019
  • MatheusFernandes224

    Mar. 13, 2019
  • julialima27

    Nov. 3, 2018
  • GeorgiaPaz1

    May. 1, 2018
  • LetciaLisboa5

    Apr. 23, 2018
  • BeatrizBarros64

    Feb. 26, 2018
  • IngridyGuedes

    Apr. 24, 2017

Elementos básicos de cartografia, projeções cartográficas, escala, cálculo de escala.

Vistos

Vistos totais

1.355

No Slideshare

0

De incorporações

0

Número de incorporações

1

Ações

Baixados

22

Compartilhados

0

Comentários

0

Curtir

8

×