INTRODUÇÃOComemorado em 5 de junho, o Dia Internacional do Meio Ambiente é uma boa datapara nos perguntarmos: nosso padrão...
IMPACTO AMBIENTALDEFINIÇÃOIMPACTO AMBIENTAL é a alteração no meio ou em algum de seus componentes pordeterminada ação ou a...
O EIA - Estudo de Impacto Ambiental - propõe que quatro pontos básicos sejamprimeiramente entendidos, para que depois se f...
2 - Descrição e alternativas tecnológicas do projeto ( matéria prima, fontes de energia,resíduos etc.).3 - Síntese dos dia...
Sacolas feitas com papel reciclávelMuitos materiais como, por exemplo, o alumínio pode ser reciclado comum nível de reapro...
RESUMOVivemos no planeta chamado Terra, e nele temos o meio ambiente, este que temenvolvido coisas vivas e as que não são ...
Atitudes que ajudam o meio ambienteInfelizmente não são todas as pessoas que possuem a consciência de que sem um meioambie...
Preservação do meio ambienteViver num ambiente preservado e puro é o que todos nós seres humanos queremos, masserá que tod...
Os cuidados com o meio ambienteEstando cada vez mais comum verificarmos nos noticiários: vulcões, terremotos,mudanças de t...
A importância da reciclagem no meio ambienteAtualmente fala-se muito em reciclagem, mas será que todos nós sabemos como é ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Impacto ambiental

500 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
500
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Impacto ambiental

  1. 1. INTRODUÇÃOComemorado em 5 de junho, o Dia Internacional do Meio Ambiente é uma boa datapara nos perguntarmos: nosso padrão e nível de consumo são sustentáveis?No Brasil, ao lado de uma parcela significativa de consumidores com um padrão deconsumo dispendioso, comparável aos dos países ricos, temos uma maioria que, parasobreviver, consome pouco, mas que também persegue hábitos de consumoinsustentáveis. Dessa forma, as políticas de consumo sustentável no Brasil devem estarrelacionadas, em primeiro lugar, com a eliminação da pobreza, ou seja, elevar o pisomínimo de consumo daqueles que vivem abaixo de um padrão de consumo que garantauma vida digna. Ao mesmo tempo, devemos mudar os padrões e níveis de consumo,evitando a concentração de renda, e promover um novo estilo de vida mais sustentável.Ainda há uma dificuldade em relacionar os problemas ambientais aos nossos hábitos deconsumo cotidianos. Todos nós brasileiros somos preocupados com a preservação dafloresta amazônica, mas não pensamos nela na hora de comprar móveis ou madeira paraconstrução. Por outro lado, muitos consumidores são conscientes de alguns impactosambientais de seus hábitos de consumo, mas geralmente não tem informação sobre oque fazer. Por exemplo, fazem a separação do lixo, mas poucos municípios oferecem acoleta seletiva.O Idec gostaria de colocar em debate a gestão de resíduos sólidos, ou seja, o quefaremos com o volume crescente de lixo que geramos todos os dias. Entendemos que oprincípio para esse debate é a co-responsabilidade, ou seja, a responsabilidade sobre agestão dos resíduos sólidos deve ser compartilhada pelo poder público, pelas empresas epelos consumidores.O Brasil ainda não possui uma política nacional de resíduos sólidos, assunto discutidohá décadas pelo legislativo e pela sociedade civil. Na visão do Idec e da Adocon,seguindo o princípio da co-responsabilidade, a Política Nacional de Resíduos Sólidosdeve prever a Responsabilidade Estendida do Produtor.
  2. 2. IMPACTO AMBIENTALDEFINIÇÃOIMPACTO AMBIENTAL é a alteração no meio ou em algum de seus componentes pordeterminada ação ou atividade. Estas alterações precisam ser quantificadas poisapresentam variações relativas, podendo ser positivas ou negativas, grandes oupequenas.O objetivo de se estudar os impactos ambientais é, principalmente, o de avaliar asconseqüências de algumas ações, para que possa haver a prevenção da qualidade dedeterminado ambiente que poderá sofrer a execução de certos projetos ou ações, ou logoapós a implementação dos mesmos.PLANEJAMENTO E AVALIAÇÃO: UMA PARCERIA QUE DÁ CERTO!Antes de se colocar em prática um projeto, seja ele público ou privado, precisamos antessaber mais a respeito do local onde tal projeto será implementado, conhecer melhor oque cada área possui de ambiente natural (atmosfera, hidrosfera, litosfera e biosfera) eambiente social (infra-estrutura material constituída pelo homem e sistemas sociaiscriados).O estudo para a avaliação de impacto permite que uma certa questão seja compreendida:proteção e preservação do ambiente e o crescimento e desenvolvimento econômico.Muitas vezes podemos encontrar grandes áreas impactadas, ou até mesmo países eestados, devido ao rápido desenvolvimento econômico, sem o controle e manutençãodos recursos naturais. A conseqüência pode ser poluição, uso incontrolado de recursoscomo água e energia etc.E também podemos encontrar áreas impactadas por causa do subdesenvolvimento, quetraz como conseqüência a ocupação urbana indevida em áreas protegidas e falta desaneamento básico.Avaliar para planejar permite que desenvolvimento econômico e qualidade de vidapossam estar caminhando juntas. Depois do ambiente, pode-se realizar um planejamentomelhor do uso e manutenção dos recursos utilizados.CADA CASO É UM CASOSabemos que Ambiente tem vários significados para pessoas e realidades diferentes.Não seria então estranho compreendermos que muitos projetos são propostos paraambientes diversos. Então, fazer uma análise ambiental é, antes de tudo, estudar aspossíveis mudanças de características sócio-econômicas e biogeofísicas de umdeterminado local (resultado do plano proposto).Devemos levar em consideração que nosso planeta é composto por muitos ecossistemase ambientes com características próprias, não podendo haver um padrão único para oestudo.
  3. 3. O EIA - Estudo de Impacto Ambiental - propõe que quatro pontos básicos sejamprimeiramente entendidos, para que depois se faça um estudo e uma avaliação maisespecífica. São eles:1 - Desenvolver uma compreensão daquilo que está sendo proposto, o que será feito e otipo de material usado.2 - Compreensão total do ambiente afetado. Que ambiente (biogeofísisco e/ou sócio-econômico) será modificado pela ação.3 - Prever possíveis impactos no ambiente e quantificar as mudanças, projetando aproposta para o futuro.4 - Divulgar os resultados do estudo para que possam ser utilizados no processo detomada de decisão.O EIA também deve atender à legislação expressa na lei de Política Nacional do MeioAmbiente. São elas:1 - Observar todas as alternativas tecnológicas e de localização do projeto, levando emconta a hipótese da não execução do projeto.2 - Identificar e avaliar os impactos ambientais gerados nas fases de implantação eoperação das atividades.3 - Definir os limites da área geográfica a ser afetada pelos impactos ( área de influênciado projeto), considerando principalmente a "bacia hidrográfica" na qual se localiza;4 - Levar em conta planos e programas do governo, propostos ou em implantação naárea de influência do projeto e se há a possibilidade de serem compatíveis.É imprescindível que o EIA seja feito por vários profissionais, de diferentes áreas,trabalhando em conjunto. Esta visão multidisciplinar é rica, para que o estudo sejafeito de forma completa e de maneira competente, de modo a sanar todas as dúvidas eproblemas.RIMAO RIMA - Relatório de Impacto Ambiental - é o relatório que reflete todas asconclusões apresentadas no EIA. Deve ser elaborado de forma objetiva e possível de secompreender, ilustrado por mapas, quadros, gráficos, enfim, por todos os recursos decomunicação visual.Deve também respeitar o sigilo industrial (se este for solicitado) e pode ser acessível aopúblico. Para isso, deve constar no relatório:1 - Objetivos e justificativos do projeto e sua relação com políticas setoriais e planosgovernamentais.
  4. 4. 2 - Descrição e alternativas tecnológicas do projeto ( matéria prima, fontes de energia,resíduos etc.).3 - Síntese dos diagnósticos ambientais da área de influência do projeto.4 - Descrição dos prováveis impactos ambientais da implantação da atividade e dosmétodos, técnicas e critérios usados para sua identificação.5 - Caracterizar a futura qualidade ambiental da área, comparando as diferentessituações da implementação do projeto, bem como a possibilidade da não realização domesmo.6 - Descrição do efeito esperado das medidas mitigadoras em relação aos impactosnegativos e o grau de alteração esperado.7 - Programa de acompanhamento e monitoramento dos impactos.8 - Conclusão e comentários gerais.Deve-se lembrar que a SEMA (Secretaria do Meio Ambiente) fornece o Roteiro Básicopara a elaboração do EIA/RIMA e a partir do que poderá se desenvolver um Plano deTrabalho que deverá ser aprovado pela secretaria.. Importância e vantagens da reciclagem A partir da década de 1980, a produção de embalagens e produtos descartáveis aumentou significativamente, assim como a produção de lixo, principalmente nos países desenvolvidos. Muitos governos e ONGs estão cobrando de empresas posturas responsáveis: o crescimento econômico deve estar aliado à preservação do meio ambiente. Atividades como campanhas de coleta seletiva de lixo e reciclagem de alumínio e papel, já são comuns em várias partes do mundo. No processo de reciclagem, que além de preservar o meio ambiente também gera riquezas, os materiais mais reciclados são os vidros, os alumínios, os papéis e os plásticos. Esta reciclagem contribui para a diminuição significativa da poluição do solo, da água e do ar. Muitas indústrias estão reciclando materiais como uma forma de reduzir os custos de produção. Um outro benefício da reciclagem é a quantidade de empregos que ela tem gerado nas grandes cidades. Muitos desempregados estão buscando trabalho neste setor e conseguindo renda para manterem suas famílias. Cooperativas de catadores de papel e alumínio já são uma boa realidade nos centros urbanos do Brasil.
  5. 5. Sacolas feitas com papel reciclávelMuitos materiais como, por exemplo, o alumínio pode ser reciclado comum nível de reaproveitamento de quase 100%. Derretido, ele retornapara as linhas de produção das indústrias de embalagens, reduzindo oscustos para as empresas.Muitas campanhas educativas têm despertado as atenções para oproblema do lixo nas grandes cidades. Cada vez mais, o centro urbano,com grande crescimento populacional, tem encontrado dificuldades emconseguir locais para instalarem depósitos de lixo. Portanto, areciclagem apresenta-se como uma solução viável economicamente,além de ser ambientalmente correta. Nas escolas, muitos alunos sãoorientados pelos professores a separarem o lixo em suas residências.Outro dado interessante é que já é comum nos grandes condomínios areciclagem do lixo. Símbolos da reciclagem por materialAssim como nas cidades, na zona rural a reciclagem também acontece.O lixo orgânico é utilizado na fabricação de adubo orgânico para serutilizado na agricultura.Como podemos observar, se o homem souber utilizar os recursos danatureza, poderemos ter , muito em breve, um mundo mais limpo e maisdesenvolvido. Desta forma, poderemos conquistar o tão sonhadodesenvolvimento sustentável do planeta.Exemplos de Produtos Recicláveis- Vidro: potes de alimentos (azeitonas, milho, requijão, etc), garrafas,frascos de medicamentos, cacos de vidro.- Papel: jornais, revistas, folhetos, caixas de papelão, embalagens depapel.- Metal: latas de alumínio, latas de aço, pregos, tampas, tubos de pasta,cobre, alumínio.- Plástico: potes de plástico, garrafas PET, sacos plásticos, embalagens esacolas de supermercado.
  6. 6. RESUMOVivemos no planeta chamado Terra, e nele temos o meio ambiente, este que temenvolvido coisas vivas e as que não são vivas. O meio ambiente nos afeta diretamente,pois todos estes recursos naturais fazem parte do meio ambiente alguns deles: a água, oar, a terra, rios, lagos, oceanos, as florestas, as árvores, as plantas, os animais, o nossoclima, o tempo, enfim todos estes recursos fazem parte do meio ambiente, e também denossas vidas.Afetando-nos direta e indiretamente o meio ambiente é importante a todos nós sereshumanos, sendo necessário o cuidado, juntamente com o cultivo de todos.Presenciamos dia a dia nas telecomunicações notícias demonstrando de como o homemprejudica a natureza. E esse mau-tratamento acarretado muitas vezes pelo homem podenos ser prejudicial num futuro muito próximo.Já imaginou a humanidade sem água? Impossível não é mesmo? Com toda certeza que éimpossível a vida sem água, mas é isso que irá acontecer com este recurso natural, senós não começarmos, por exemplo, a economia, ou a preservação dos mares, rios etambém dos oceanos.O mesmo ocorre com as nossas florestas, pois cada dia aumenta o número de matassendo desmatadas e destruídas, tudo isso para o trabalho do homem. E o mesmoacontece com os nossos animais, sendo extintos e também inúmeras plantas de nossaflora, tudo sendo destruído.Sem falar da poluição que convivemos diariamente, pois as fumaças que os carrossoltam, e indústrias colaboram para que os índices da poluição só aumentem.Portanto sabemos perfeitamente que o meio ambiente é imprescindível para a vidahumana, mas ainda existem muitos que não se preocupam com este benefício. Por isso,o mais saudável que aconteça é toda a humanidade tomar consciência da importânciaque o meio ambiente nos faz, começando as providencias e as preservações, ou seja,mobilizando a todos. Pois sem estes recursos: água, terra, ar, afetados, certamente nãoserá somente o meio ambiente que sofrerá as conseqüências, pois os prejudicados serãoos humanos também.
  7. 7. Atitudes que ajudam o meio ambienteInfelizmente não são todas as pessoas que possuem a consciência de que sem um meioambiente saudável no futuro, quem sabe muito próximo ele terá graves prejuízos.Os seres humanos podem e muito ajudar nestas preservações e proteções ao meioambiente, isso com atitudes que fazem toda a diferença.Cada um exercendo sua parte como cidadão preocupado e zelador, é muito importante,para a contribuição de um desenvolvimento sustentável. Mas é preciso colocar emprática estas atitudes assim como as seguintes: em nossas casas, ou em grande partedelas, o consumo de energia é altamente grande, mas com a utilização de lâmpadastecnologicamente boas e eficazes podemos garantir a economia da energia, e é claroutilizar a energia somente quando for necessária. O caso do lixo é interessante que nós oseparemos adequadamente, ou seja, o lixo orgânico dos lixos que podem ser reciclados,e lembre-se “Lâmpadas, assim como as pilhas, baterias de celular, restos de tintas eprodutos químicos não devem ser jogados ao lixo”. A utilização da água da chuva podeajudar e muito, pois ela é simples de ser tratada, e colabora para várias atividades nossascomo: lavar as calçadas, os jardins, para a descarga, enfim já economizares bastanteágua. Tenha preferência pelas plantas que não precisem de muita água, pois isto farávocê economizar água também. De preferência aos produtos que sejam biodegradáveis.Tenha a preferência e opte pela consumação de alimentos que sejam orgânicos. Tenteconsumir menos carne. Não realize a criação de animais silvestres. Faça sempre acultivação de áreas verdes, jardins. Pratique a redução da utilização de sacolas plásticase embalagens. Procure evitar os produtos que sejam descartáveis. O óleo da cozinha,jamais jogue na pia. Procure evitar o uso do transporte individual. Na compra de carros,opte por aqueles que são menos poluentes. Ao andar em pequenas distancias, faça isso apé.Portanto as atitudes acima mencionadas são todas simples, e que se realizadas por nósfarão muita diferença ao meio ambiente, por isso, vamos praticá-las.
  8. 8. Preservação do meio ambienteViver num ambiente preservado e puro é o que todos nós seres humanos queremos, masserá que todos de nós estamos realizando nossa parte? Certamente que não, pois amaioria de nós pode presenciar florestas sendo derrubadas, para que com isso, possamser construídas no lugar, por exemplo, grandes indústrias que beneficiem a população, oque pode ser considerado um desenvolvimento para alguns, para outros tanto é umagrande perda. Ou através da construção de um famoso empreendimento que favoreça apopulação, porém, muitas vezes esta luxuosa construção pode não trazer tantasvantagens assim a aquele animal que vive no ambiente, onde, ele teve que se retirar paraque a construção fosse feita. Portanto o nosso desenvolvimento da atualidade queestamos vivenciando é muito grande e não se pode voltar atrás, pois de um ladoganhamos o desenvolvimento e por outro quem perde amplamente é o nosso ambiente,já que, bem sabemos do prejuízo que traz para uma floresta se ela for desmatada. Semfalar na destruição que causamos ao nosso ar quando, algumas indústrias poluem – ocom seus resíduos altamente prejudiciais sem se importarem com a preservação donosso meio ambiente, sem falar nos aumentos de temperaturas que vivenciamosrecentemente. Outro prejuízo que também causamos ao meio ambiente é o desperdíciocom a água, recurso natural, inexplicavelmente importante para a sobrevivência detodos nós seres humanos. Entretanto estamos cansados de ouvir sendo falado em váriosmeios de comunicação que a preservação do meio ambiente é estritamente beneficiaria anós simples mortais, o que interessa a nós mesmos, o que significa que nós somos osresponsáveis pela sua preservação, mas o que parece é que a maioria de nós ainda nãose deu conta do bem que o meio ambiente traz as nossas vidas. E por não terem tomadoconsciência deste bem talvez seja por isso que as pessoas não fazem estas preservaçõesnecessárias para as nossas vidas. Então que seja um dever de todos nós. Por isso temos anecessidade de tomar consciência em preservar o meio ambiente, fazendo assim a nossaparte como cidadãos para que a preservação aconteça juntamente com atitudes quesejam favoráveis ao nosso meio ambiente.
  9. 9. Os cuidados com o meio ambienteEstando cada vez mais comum verificarmos nos noticiários: vulcões, terremotos,mudanças de temperaturas, enfim todas estas situações da natureza nos fazem perceberque a natureza está sofrendo aos poucos inúmeras mudanças. Porém esta transformaçãoque a natureza vem sofrendo nos tempos atuais, de modo triste a ação do homem temgrande parcela de culpa. E todas estas transformações que nossa natureza está sofrendona atualidade, elas são defesas, e principalmente alertas, da própria natureza, que comtoda razão vem sendo destruída aos poucos, e nos está dando avisos, de que algonecessita ser mudado, porém precisa haver mudanças rapidamente. Mas não são todosos homens que se preocupam com as mudanças, e muito menos com os cuidados, deque o meio ambiente necessita, e de maneira rápida, e eficaz.Os cuidados que deveriam ser tomados com o meio ambiente é evitar o desmatamento,de modo triste, cada vez mais comum, a nossa floresta vem sendo desmatadas, edestruídas, sem a mínima necessidade, ou de modo pior, somente para a necessidadehumana, e principalmente, para a necessidade econômica. E no momento, em queárvores são desmatadas, para suprir causas econômicas, e dos humanos, a fauna, e aflora das florestas vão também, de maneira ligeira sendo destruídas. Por estas razões éque a exploração do homem, em relação ao meio ambiente já chega ao seu máximolimite. E não é somente as florestas, que vem sofrendo com as péssimas ações dohomem, a falta de economia, em relação a água também é um grave problema que omeio ambiente sofre. Muitas pessoas acreditam que a água é um recurso inesgotável, eque nunca irá se acabar, porém já existem vários lugares do mundo, que a água potáveljá está sendo escassa. Sem falar na poluição dos rios, lagos, mares, que muitas fábricas,indústrias, nem se preocupam com a sua proteção.Portanto o meio ambiente necessita rapidamente de cuidados, e estes cuidadosprimeiramente precisam partir das ações humanas, ou seja, a conscientização doshomens, para que assim a preservação realmente aconteça. Por isso é preciso dar umbasta nas distrações, ao meio ambiente, e salvá-lo enquanto podemos.
  10. 10. A importância da reciclagem no meio ambienteAtualmente fala-se muito em reciclagem, mas será que todos nós sabemos como é oufunciona este método? Através da reciclagem muitas coisas podem ser poupadas e amais importante delas é a natureza, pois por meio da reciclagem nós podemoseconomizar muita energia, conservar muitos recursos naturais, enfim coisas muitoimportantes para todos nós.Primeiramente para a compreensão da reciclagem é necessário que retiremos de nossascabeças a opinião que obtemos a respeito do lixo, ou seja, precisamos vê-lo não apenascomo um fato inútil ou imundo. Pois como bem temos a percepção de enxergar quemuitos materiais que são jogados ao lixo deveriam sim ser reciclados. Até porque otempo de decomposição natural de certos materiais, por exemplo, eles: o plásticodemora cerca de quatrocentos e cinqüenta anos para se decompor, o vidro muito maiscom cerca de cinco mil anos, a lata cerca de cem anos, já o alumínio cerca de duzentosaté quinhentos anos, por isso toda a humanidade deveria desenvolver a consciência detomar conta, enquanto se é possível para que a melhoria de nossa vida atual aconteça edeixar um ambiente capaz de suportar as nossas futuras gerações.Uma alternativa para que se amenizem alguns dos problemas do meio ambiente é areciclagem, mas a reciclagem infelizmente não acontece sozinha, é necessário que aspopulações se engajem para que esta ação seja realizada. Sendo assim, primeiramentedevemos perceber que o lixo pode ser uma fonte de riqueza basta separarmosadequadamente, e ele pode se dividido de varias maneiras assim como: o lixo molhado,do lixo seco, ou seja, o lixo orgânico do lixo inorgânico, pois estas são ações simplesque podemos realizar diariamente. Já que o lixo é um grandioso causador da degradaçãodo meio ambiente, e sem o processo da reciclagem mais e mais lixos irão se acumularpor toda parte prejudicando ainda mais nosso meio ambiente.Portanto a reciclagem é exatamente importante, por estas razões ela poupará muitosprejuízos ao meio ambiente, e sendo assim, teremos que adotar uma postura queconscientize a todos, para que assim possamos ao menos reparar alguns danos nanatureza como vários desastres ecológicos e é claro cuidar do ambiente onde vivemos.

×