Cooperativa de Economia e Crédito Mútuo dos
Servidores em Segurança Publica do Estado do Acre
SICOOB CREDMAC
COMEÇO
A história do crédito quando ingressamos na
Policia Militar era de uma agiotagem criminosa
com juros de até 80% a.m...
Resolvemos criar naquele clima ainda hostil
(1999)
a
nossa
cooperativa.
Mesmo
timidamente, veio naquele momento dar uma
re...
Criamos a cooperativa com 25 associados
no dia 08 de abril de 1999 com 500,00
(quinhentos
reais)
e
com
apoio
Institucional...
Conclusão
O governo democratizou o crédito, e todos
tiveram acesso a ele, mas é necessário
racionalizar esse acesso, possi...
“Crédito é pressuposto de cidadania, se
um homem não tem crédito, considero
que ele não tem cidadania.”
“QUINHENTOS REAIS NO BOLSO E
MUITA ESPERANÇA NO CORAÇÃO”
Generoso
Obrigado pela atenção!
José Generoso dos Santos
Presidente Sicoob Credmac
Generoso.credmac@gmail.com
(68) 9984-5262
4º Fórum Sicoob Norte - Painel 2 O Cooperativismo no Acre, Desenvolvimento e Perspectivas
4º Fórum Sicoob Norte - Painel 2 O Cooperativismo no Acre, Desenvolvimento e Perspectivas
4º Fórum Sicoob Norte - Painel 2 O Cooperativismo no Acre, Desenvolvimento e Perspectivas
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

4º Fórum Sicoob Norte - Painel 2 O Cooperativismo no Acre, Desenvolvimento e Perspectivas

254 visualizações

Publicada em

O Cooperativismo no Acre, Desenvolvimento e Perspectivas palestra realizada por José Generoso dos Santos – Presidente Sicoob Credmac.

Publicada em: Economia e finanças
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

4º Fórum Sicoob Norte - Painel 2 O Cooperativismo no Acre, Desenvolvimento e Perspectivas

  1. 1. Cooperativa de Economia e Crédito Mútuo dos Servidores em Segurança Publica do Estado do Acre SICOOB CREDMAC
  2. 2. COMEÇO A história do crédito quando ingressamos na Policia Militar era de uma agiotagem criminosa com juros de até 80% a.m. Naquela época (1986) nossos servidores públicos recebiam seus vencimentos (salários) através de cheques salários, que eram entregues muitas das vezes diretamente nas mãos dos agiotas.
  3. 3. Resolvemos criar naquele clima ainda hostil (1999) a nossa cooperativa. Mesmo timidamente, veio naquele momento dar uma reposta mesmo que pequena para as enormes dificuldades financeiras pelas quais todos passavam.
  4. 4. Criamos a cooperativa com 25 associados no dia 08 de abril de 1999 com 500,00 (quinhentos reais) e com apoio Institucional do Ex Governador Jorge Viana. Dados Financeiros.
  5. 5. Conclusão O governo democratizou o crédito, e todos tiveram acesso a ele, mas é necessário racionalizar esse acesso, possibilitando e estimulando a poupança interna, dando solidez às finanças dos estados, empresas e famílias.
  6. 6. “Crédito é pressuposto de cidadania, se um homem não tem crédito, considero que ele não tem cidadania.”
  7. 7. “QUINHENTOS REAIS NO BOLSO E MUITA ESPERANÇA NO CORAÇÃO” Generoso
  8. 8. Obrigado pela atenção! José Generoso dos Santos Presidente Sicoob Credmac Generoso.credmac@gmail.com (68) 9984-5262

×