SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 61
Baixar para ler offline
Sistema Integrado de Bibliotecas
Universidade de São Paulo
Ago. 2017
Sistemas de Identificadores
de Pesquisadores USP
Sumário
Neste treinamento você aprenderá:
 O que é Identificação de Pesquisador e sua importância
 Quais são os principais identificadores de pesquisadores
 Lattes ID
 Researcher ID
 Scopus ID
 Google ID
 ORCID ID
 Como exportar dados, solicitar correções e unificação de
perfis duplicados
Por que é preciso ter um identificador de
pesquisador?
O nome não basta?
Globalização da Ciência e o nome do
pesquisador
 Imagine quantos Silva,
Pereira, Yang, Smith existem
no mundo?
 O censo de 2010 do IBGE
revelou que só no Brasil há
11 milhões de Marias, 5
milhões de Josés, etc. São
mais de 131 variações de
nomes.
Em 2014 havia mais de 7.8 milhões de
pesquisadores no mundo
Fonte: UNESCO, 2017
Só na Base Scopus, de 2012 a 2017 foram
registrados 15 milhões de autores
Fonte: Scopus-SciVal, 2017
O nome do pesquisador hoje em dia
 A cada 18 segundos, um novo artigo científico é
publicado no mundo
 São 1.5 milhões de autores publicando em revistas
científicas
 Base Scopus: 56 mil autores têm sobrenome Silva. Só na
USP, são 14 mil autores com esse sobrenome
 São Nove mil Oliveira(s), Três mil Neto(s), Cinco mil Filho(s)
só na USP
 Provavelmente seu nome não é único
 No atual cenário global e complexo da pesquisa, é
preciso identificar corretamente os pesquisadores,
independente das variações de seu nome.
Variações de Nome de Autor
Andrade, Sonia Cristina da Silva
Andrade, S. C. S.
Andrade, S. C. S.
Andrade, Sonia C. S.
Andrade, Sonia Cristina S.
Aranha, Ana Cecilia Corrêa
Aranha, A.C.C.
Aranha, Ana
Aranha, Ana Cecilia C.
Aranha, Ana C. C.
Identificação de nossa Afiliação também é
importante
 O modo como identificamos nossa organização
também pode levar a erros de identificação pessoal
 As instituições podem mudar de nome e endereço, podem
se mesclar, se subdividir, etc.
 Ex. USP, Universidade de São Paulo, Univ San Paolo,
University of São Paulo, School of Medicine of São Paulo
University, Faculdade de Medicina, FMUSP, ESALQ, Escola
Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”, etc.
 Um identificador persistente para cada organização
ajuda a resolver os problemas inerentes à
ambiguidade do nome ou dúvidas de identificação.
Por que identificar a organização é
importante?
 Um identificador organizacional associa uma instituição
com versões abreviadas de seu nome, apelidos e formas
convencionais ou oficiais de nome pelo qual também pode
ser conhecida.
 Facilita a identificação dos pesquisadores e ajuda a
desambiguar pesquisadores com o mesmo nome.
 Permite reunir publicações de pesquisa produzidas por
pesquisadores em toda a instituição ou dentro de uma
escola ou departamento
 Melhora a reputação e o perfil de uma instituição. Todos os
rankings universitários internacionais usam citações como
fator de classificação e, portanto, dependem da correta
identificação da afiliação dos autores dos trabalhos.
Identificador ISNI para Organizações
 A Organização Internacional de Normalização (ISO)
certificou o Padrão Internacional da ISNI -
International Standard Name Identifier para
organizações.
 A Universidade de São Paulo está registrada sob o
ISNI 0000 0004 1937 0722. http://www.isni.org/
Aos poucos, torna-se claro que as
questões e problemas de identificação
de pesquisadores abrangem uma ampla
gama de partes interessadas, incluindo
bibliotecas, instituições, financiadores,
editores, publicadores, além dos próprios
pesquisadores/autores
Afinal, por que a Identificação do Pesquisador
é importante?
 Para impedir confusão de identidade, garantindo a
correta atribuição de suas atividades e trabalhos
 Independente das variações de nome, o
pesquisador deve ser identificado corretamente
para fazer jus ao reconhecimento por seu trabalho,
a bolsas e subsídios, avaliações de desempenho,
etc.
O que o identificador carrega consigo?
 Nome certo (escolhido pelo pesquisador),
 Variações de nome,
 Áreas de atuação científica,
 Afiliação,
 Formação,
 Produção intelectual – trabalhos, artigos, tese, etc.
Exemplos de Identificadores de
Pesquisador
 Lattes ID
 ResearcherID
 Scopus ID
 Google iD e
 ORCiD
são exemplos de
Identificadores de
pesquisador
Lattes iD
Nome Currículo Lattes
Endereço URL http://lattes.cnpq.br/
Data de criação 1999
Tipo Centro de Autoridade
Proposta Fornecer um sistema de
informação curricular e
identificação única para
pesquisadores brasileiros,
mestrandos e doutorandos.
Origem Desde meados da década de 80,
havia uma base de dados de CV no
Brasil, que formou o cerne do
sistema Lattes na década de 1990.
Qualquer um pode adicionar suas
informações.
Como criar seu Currículo Lattes
https://wwws.cnpq.br/
cvlattesweb/pkg_cv_estr.inicio
Como buscar um Currículo Lattes
http://lattes.cnpq.br/
Como preencher e atualizar seu Lattes
http://lattes.poli.usp.br/
Exemplo: Prof. José Roberto Castilho Piqueira
Lattes iD: 6644721827442957
http://lattes.cnpq.br/6644721827442957
Lattes – Indicadores de Produção
Researcher iD
Nome ResearcherID
Endereço URL http://www.researcherid.com
Data de criação 2008
Tipo Centro de Autoridade
Proposta Fornecer aos indivíduos um perfil
para suas publicações de pesquisa
e permitir a eles gerar métricas de
citação e redes de colaboração.
Origem O ResearcherID está relacionado à
Base de Dados Web of Science,
mantida pela Editora Thomson
Reuters/Clarivate Analytics).
Registro gratuito.
Sobre o ResearcherID
http://www.researcherid.com
Como criar seu ResearcherID
https://www.researcherid.com/SelfRegistration.action
Como obter o Nº do ResearcherID
Exemplo: Prof. Antonio M. Saraiva
ResearcherID: B-6350-2011
Como atualizar as informações de seu
Perfil
Dois ResearcherIDs ?
 Não é aconselhável manter duas contas ResearcherID. Se
um novo e-mail precisa ser associado a uma conta
ResearcherID, Isso pode ser feito a partir da página de
gerenciamento do perfil em ResearcherID, no item "About
Me". Por favor, note que o endereço de e-mail registrado é
compartilhado entre os logins do ResearcherID, EndNote
Web e Web of Science.
 Caso observe que tem duas contas, fica difícil mesclar
essas contas. Isso ocorre porque cada ResearcherID está
registrado para um e-mail exclusivo.
 Para excluir uma conta será necessário abrir um chamado
de suporte técnico, indicando quais são seus perfis e qual
deles você gostaria de excluir.
Procure informações sobre sua dúvida
http://ip-science.thomsonreuters.com/support/
Para solicitar correções no ResearcherID
Lattes iD
Nome Scopus Author ID
Endereço URL https://www.scopus.com/free
lookup/form/author.uri
Data de criação 2004
Tipo Centro de Autoridade
Proposta Distinguir um autor de outro,
dando a cada autor um ID de
Autor Scopus separado e
agrupando todos os documentos
escritos por esse autor.
Origem Toda vez que um documento é
indexado na Base de dados
Scopus, o Scopus Author iD é
gerado automaticamente.
Propriedade da Editora Elsevier.
Scopus Author ID
Como obter o Scopus ID
Exemplo: Prof. José Roberto Castilho Piqueira
Scopus Author ID: 6602715200
Posso criar meu Scopus iD?
 Não. O Scopus Author iD é criado automaticamente, toda
vez que um documento é indexado na Base de dados
Scopus.
 APESAR a sofisticação da caracterização algorítmica
utilizada pelo Scopus, nem sempre todos os documentos
se referem a um único perfil com 100% de precisão.
 Mesmo que não tenha acesso à Base Scopus, você ainda
pode rever o seu perfil e enviar correções, certificando-se
de que os artigos corretos estão associados ao seu perfil.
 Acesse:
https://www.scopus.com/freelookup/form/author.uri
Como solicitar correções?
http://help.elsevier.com/ap
p/ask_scopus/p/8150
Unificar Perfis de Autor
Lattes iD
Nome Google iD
Endereço URL http://scholar.google.com.br
Data de criação Criação do Google Scholar: 2004
Perfis de autor: 2011
Tipo Centro de Autoridade
Proposta Prover um modo simples de
realizar pesquisa. Todo autor que
possui uma publicação no Google
pode ter um perfil.
Origem Documentação não disponível.
Mas inclui uma ampla gama de
informações de citações e texto
completo de fontes comerciais, e
fontes da web.
Google Acadêmico
Como obter o Identificador Google ID
Exemplo: Prof. Marco Antonio Zago
Google ID: 2xXGrQEAAAAJ
Perfil no Google e o Google iD
 Acesse o link: http://scholar.google.com.br/
 Faça login à sua conta
 Clique em Minhas citações
 Utilize o Tutorial: http://www4.fe.usp.br/wp-
content/uploads/pesquisa/tutorial-google-
academico1.pdf
Como exportar seus trabalhos – abra seu
perfil e exporte seus trabalhos
Como extrair dados do Perfil do Google
 Para extrair os dados apresentados pelo Scholar
Metrics utilize o software PUBLISH OR PERISH,
gratuito, que analisa os seguintes dados:
 Número total de citações
 Média de citações por artigo
 Média de citações por ano
 Índice H e parâmetros relacionados
 Número de autores X artigo publicados
Publish or Perish
Como gerenciar suas informações no
Google
Como gerenciar sua reputação no Google
Lattes iD
Nome ORCiD
Endereço URL http://www.orcid.org
Data de criação Projeto : 2008 – 2010
Lançamento público: 2012
Tipo Provedor de identificação
Centro identificador
Proposta Fornecer um serviço gratuito de
identificação única de pesquisador
em nível internacional, que
possibilita vincular o currículo
(formação, emprego, trabalhos,
atividades e outros identificadores).
Origem Criado a partir de Consórcio sem
fins lucrativos de provedores e
editores científicos como a
Thomson Reuters, Elsevier, Crossref,
Nature, Science, etc.
Como registrar-se na ORCID
Em 15 de setembro de 2016, a Universidade
de São Paulo (USP) passou a ser oficialmente
membro institucional da ORCID. A afiliação
permitirá à USP gerar ORCID iDs autenticados
ou autenticar os ORCID iDs existentes de todos
os integrantes de sua comunidade (estudantes,
docentes e servidores técnico-
administrativos).
Todo docente e pesquisador da USP deve ter
seu registro ORCID autenticado.
http://www.sibi.usp.br/wp-
content/uploads/2017/06/Tutorial_ORCID_SIBiUSP_re
v_Final_maio_2017.pdf
Universidade de São Paulo
BRASIL
http://www.sibi.usp.br/orcid/
Exemplo: Profa. Maria de Lourdes T.M. Polizeli
ORCiD: 0000-0002-5026-6363
http://orcid.org/0000-0002-5026-6363
Interoperabilidade ORCiD
Google
Acadêmico
Lattes
Universidade de São Paulo
BRASIL
Leituras adicionais
 SMITH-YOSHIMURA, KAREN et al. Addressing the Challenges with Organizational
Identifiers and ISNI. Dublin, Ohio: OCLC Research, 2016. Disponível em:
http://www.oclc.org/content/dam/research/publications/2016/oclcresearch-
organizational-identifiers-and-isni-2016-a4.pdf > Acesso em: 10 agosto 2017.
 SMITH-YOSHIMURA, KAREN et al. Supplement B: Research Networking Systems
Characteristics Profiles. Dublin, Ohio: OCLC Research, 2014.<
http://www.oclc.org/content/dam/research/publications/library/2014/oclcresear
ch-registering-researchers-2014-supplement-b.pdf > Acesso em 10 agosto 2017.
 UNESCO. Human Resources in R&D. Disponível em:
http://uis.unesco.org/sites/default/files/documents/fs41-human-resources-in-rd-
2017-en.pdf Acesso em 14 agosto 2017.
Dúvidas
 Para mais informações
 Consulte os profissionais das Bibliotecas da Universidade de
São Paulo.
 Envie mensagem ao e-mail: atendimento@sibi.usp.br
 Agradecemos a contribuição de todos (as).

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Segurança da Informação - Aula 9 - Introdução a Auditoria de Sistemas
Segurança da Informação - Aula 9 - Introdução a Auditoria de SistemasSegurança da Informação - Aula 9 - Introdução a Auditoria de Sistemas
Segurança da Informação - Aula 9 - Introdução a Auditoria de SistemasCleber Fonseca
 
Segurança física e lógica e análise de vulnerabilidade
Segurança física e lógica e análise de vulnerabilidadeSegurança física e lógica e análise de vulnerabilidade
Segurança física e lógica e análise de vulnerabilidadeDiego BBahia
 
Aula de informática teoria da computação (2)
Aula de informática   teoria da computação (2)Aula de informática   teoria da computação (2)
Aula de informática teoria da computação (2)Juliano Oliveira
 
Slides TCC 2015.1 - UNICAP - Aplicações de Algoritmos Genéticos em Otimização...
Slides TCC 2015.1 - UNICAP - Aplicações de Algoritmos Genéticos em Otimização...Slides TCC 2015.1 - UNICAP - Aplicações de Algoritmos Genéticos em Otimização...
Slides TCC 2015.1 - UNICAP - Aplicações de Algoritmos Genéticos em Otimização...Philippe Norbert Cavalcanti Aussourd
 
Recursos para pesquisa na internet e revisão de literatura
Recursos para pesquisa na internet e revisão de literaturaRecursos para pesquisa na internet e revisão de literatura
Recursos para pesquisa na internet e revisão de literaturarichard_romancini
 
Como elaborar um projeto de pesquisa - profa. Elizabeth Fantauzzi
Como elaborar um projeto de pesquisa - profa. Elizabeth FantauzziComo elaborar um projeto de pesquisa - profa. Elizabeth Fantauzzi
Como elaborar um projeto de pesquisa - profa. Elizabeth FantauzziElizabeth Fantauzzi
 
Moodle global search: now's the time to jump in
Moodle global search: now's the time to jump inMoodle global search: now's the time to jump in
Moodle global search: now's the time to jump insammarshall_ou
 
Compliance and Legal Risks in Laborist, Surgicalist, and Hospitalist Arrangem...
Compliance and Legal Risks in Laborist, Surgicalist, and Hospitalist Arrangem...Compliance and Legal Risks in Laborist, Surgicalist, and Hospitalist Arrangem...
Compliance and Legal Risks in Laborist, Surgicalist, and Hospitalist Arrangem...MD Ranger, Inc.
 
Guia de Uso do Portal Periódicos CAPES
Guia de Uso do Portal Periódicos CAPESGuia de Uso do Portal Periódicos CAPES
Guia de Uso do Portal Periódicos CAPESSIBiUSP
 
Segurança da Informação
Segurança da InformaçãoSegurança da Informação
Segurança da InformaçãoMarco Mendes
 
A comunicação científica, de A. J. Meadows
A comunicação científica, de A. J. MeadowsA comunicação científica, de A. J. Meadows
A comunicação científica, de A. J. MeadowsJorge Prado
 
Discurso proferido durante a colação de grau dos bacharéis em Jornalismo da t...
Discurso proferido durante a colação de grau dos bacharéis em Jornalismo da t...Discurso proferido durante a colação de grau dos bacharéis em Jornalismo da t...
Discurso proferido durante a colação de grau dos bacharéis em Jornalismo da t...Emerson Campos
 
Exploring the Information Ecosystem
Exploring the Information EcosystemExploring the Information Ecosystem
Exploring the Information EcosystemRob Hanna, ECMs
 
Google Hacking - Explorando falhas de dispotivos
Google Hacking - Explorando falhas de dispotivosGoogle Hacking - Explorando falhas de dispotivos
Google Hacking - Explorando falhas de dispotivosC H
 
Como realizar um Trabalho Científico
Como realizar um Trabalho CientíficoComo realizar um Trabalho Científico
Como realizar um Trabalho Científicoligasmedicas
 
Pesquisa qualitativa
Pesquisa qualitativaPesquisa qualitativa
Pesquisa qualitativavamcris
 

Mais procurados (20)

Segurança da Informação - Aula 9 - Introdução a Auditoria de Sistemas
Segurança da Informação - Aula 9 - Introdução a Auditoria de SistemasSegurança da Informação - Aula 9 - Introdução a Auditoria de Sistemas
Segurança da Informação - Aula 9 - Introdução a Auditoria de Sistemas
 
Segurança física e lógica e análise de vulnerabilidade
Segurança física e lógica e análise de vulnerabilidadeSegurança física e lógica e análise de vulnerabilidade
Segurança física e lógica e análise de vulnerabilidade
 
Aula de informática teoria da computação (2)
Aula de informática   teoria da computação (2)Aula de informática   teoria da computação (2)
Aula de informática teoria da computação (2)
 
Slides TCC 2015.1 - UNICAP - Aplicações de Algoritmos Genéticos em Otimização...
Slides TCC 2015.1 - UNICAP - Aplicações de Algoritmos Genéticos em Otimização...Slides TCC 2015.1 - UNICAP - Aplicações de Algoritmos Genéticos em Otimização...
Slides TCC 2015.1 - UNICAP - Aplicações de Algoritmos Genéticos em Otimização...
 
Recursos para pesquisa na internet e revisão de literatura
Recursos para pesquisa na internet e revisão de literaturaRecursos para pesquisa na internet e revisão de literatura
Recursos para pesquisa na internet e revisão de literatura
 
Como elaborar um projeto de pesquisa - profa. Elizabeth Fantauzzi
Como elaborar um projeto de pesquisa - profa. Elizabeth FantauzziComo elaborar um projeto de pesquisa - profa. Elizabeth Fantauzzi
Como elaborar um projeto de pesquisa - profa. Elizabeth Fantauzzi
 
Moodle global search: now's the time to jump in
Moodle global search: now's the time to jump inMoodle global search: now's the time to jump in
Moodle global search: now's the time to jump in
 
Compliance and Legal Risks in Laborist, Surgicalist, and Hospitalist Arrangem...
Compliance and Legal Risks in Laborist, Surgicalist, and Hospitalist Arrangem...Compliance and Legal Risks in Laborist, Surgicalist, and Hospitalist Arrangem...
Compliance and Legal Risks in Laborist, Surgicalist, and Hospitalist Arrangem...
 
Guia de Uso do Portal Periódicos CAPES
Guia de Uso do Portal Periódicos CAPESGuia de Uso do Portal Periódicos CAPES
Guia de Uso do Portal Periódicos CAPES
 
Segurança da Informação
Segurança da InformaçãoSegurança da Informação
Segurança da Informação
 
A comunicação científica, de A. J. Meadows
A comunicação científica, de A. J. MeadowsA comunicação científica, de A. J. Meadows
A comunicação científica, de A. J. Meadows
 
Introdução à Metodologia
Introdução à MetodologiaIntrodução à Metodologia
Introdução à Metodologia
 
Discurso proferido durante a colação de grau dos bacharéis em Jornalismo da t...
Discurso proferido durante a colação de grau dos bacharéis em Jornalismo da t...Discurso proferido durante a colação de grau dos bacharéis em Jornalismo da t...
Discurso proferido durante a colação de grau dos bacharéis em Jornalismo da t...
 
Exploring the Information Ecosystem
Exploring the Information EcosystemExploring the Information Ecosystem
Exploring the Information Ecosystem
 
Fundamentos de Segurança da Informação
Fundamentos de Segurança da InformaçãoFundamentos de Segurança da Informação
Fundamentos de Segurança da Informação
 
Google Hacking - Explorando falhas de dispotivos
Google Hacking - Explorando falhas de dispotivosGoogle Hacking - Explorando falhas de dispotivos
Google Hacking - Explorando falhas de dispotivos
 
Engenharia Social
Engenharia SocialEngenharia Social
Engenharia Social
 
Como realizar um Trabalho Científico
Como realizar um Trabalho CientíficoComo realizar um Trabalho Científico
Como realizar um Trabalho Científico
 
Siber güvenlik kampı sunumu
Siber güvenlik kampı sunumuSiber güvenlik kampı sunumu
Siber güvenlik kampı sunumu
 
Pesquisa qualitativa
Pesquisa qualitativaPesquisa qualitativa
Pesquisa qualitativa
 

Destaque

ResearcherID e Google Scholar-IFSC
ResearcherID e Google Scholar-IFSCResearcherID e Google Scholar-IFSC
ResearcherID e Google Scholar-IFSCSIBiUSP
 
Gestao De Conhecimento Em Bibliotecas Universitarias
Gestao De Conhecimento Em Bibliotecas UniversitariasGestao De Conhecimento Em Bibliotecas Universitarias
Gestao De Conhecimento Em Bibliotecas UniversitariasElisabeth Dudziak
 
Tutorial ORCiD - Como criar seu registro ORCiD autenticado USP
Tutorial ORCiD - Como criar seu registro ORCiD autenticado USPTutorial ORCiD - Como criar seu registro ORCiD autenticado USP
Tutorial ORCiD - Como criar seu registro ORCiD autenticado USPSIBiUSP
 
Scopus Content Selection Process 2017 - Criterios de Selecao de Revistas para...
Scopus Content Selection Process 2017 - Criterios de Selecao de Revistas para...Scopus Content Selection Process 2017 - Criterios de Selecao de Revistas para...
Scopus Content Selection Process 2017 - Criterios de Selecao de Revistas para...SIBiUSP
 
CONFOA 2012 - Biblioteca da Produção Intelectual da USP - Célia de Oliveira Rosa
CONFOA 2012 - Biblioteca da Produção Intelectual da USP - Célia de Oliveira RosaCONFOA 2012 - Biblioteca da Produção Intelectual da USP - Célia de Oliveira Rosa
CONFOA 2012 - Biblioteca da Produção Intelectual da USP - Célia de Oliveira RosaElisabeth Dudziak
 
Competência em informação uma abordagem comunicacional : constituição da ár...
Competência em informação uma abordagem comunicacional: constituição da ár...Competência em informação uma abordagem comunicacional: constituição da ár...
Competência em informação uma abordagem comunicacional : constituição da ár...Elisabeth Dudziak
 
Ulrichsweb - diretório de periódicos: Tutorial para pesquisas de revistas em ...
Ulrichsweb - diretório de periódicos: Tutorial para pesquisas de revistas em ...Ulrichsweb - diretório de periódicos: Tutorial para pesquisas de revistas em ...
Ulrichsweb - diretório de periódicos: Tutorial para pesquisas de revistas em ...Ana Cristina Dudziak Guimarães
 
Guia de informações, serviços e produtos da Biblioteca Florestan Fernandes FF...
Guia de informações, serviços e produtos da Biblioteca Florestan Fernandes FF...Guia de informações, serviços e produtos da Biblioteca Florestan Fernandes FF...
Guia de informações, serviços e produtos da Biblioteca Florestan Fernandes FF...Ana Cristina Dudziak Guimarães
 
A biblioteca e os filmes da eca
A biblioteca e os filmes da ecaA biblioteca e os filmes da eca
A biblioteca e os filmes da ecaBiblioteca da Eca
 
Tecidoteca da Escola de Artes, Ciências e Humanidades - EACH
Tecidoteca da Escola de Artes, Ciências e Humanidades - EACHTecidoteca da Escola de Artes, Ciências e Humanidades - EACH
Tecidoteca da Escola de Artes, Ciências e Humanidades - EACHSIBiUSP
 

Destaque (16)

Ufsc ocs ojs
Ufsc ocs ojsUfsc ocs ojs
Ufsc ocs ojs
 
ResearcherID e Google Scholar-IFSC
ResearcherID e Google Scholar-IFSCResearcherID e Google Scholar-IFSC
ResearcherID e Google Scholar-IFSC
 
Gestao De Conhecimento Em Bibliotecas Universitarias
Gestao De Conhecimento Em Bibliotecas UniversitariasGestao De Conhecimento Em Bibliotecas Universitarias
Gestao De Conhecimento Em Bibliotecas Universitarias
 
Tutorial ORCiD - Como criar seu registro ORCiD autenticado USP
Tutorial ORCiD - Como criar seu registro ORCiD autenticado USPTutorial ORCiD - Como criar seu registro ORCiD autenticado USP
Tutorial ORCiD - Como criar seu registro ORCiD autenticado USP
 
Scopus Content Selection Process 2017 - Criterios de Selecao de Revistas para...
Scopus Content Selection Process 2017 - Criterios de Selecao de Revistas para...Scopus Content Selection Process 2017 - Criterios de Selecao de Revistas para...
Scopus Content Selection Process 2017 - Criterios de Selecao de Revistas para...
 
Confoa 2012 bdpi 2012
Confoa 2012   bdpi 2012Confoa 2012   bdpi 2012
Confoa 2012 bdpi 2012
 
CONFOA 2012 - Biblioteca da Produção Intelectual da USP - Célia de Oliveira Rosa
CONFOA 2012 - Biblioteca da Produção Intelectual da USP - Célia de Oliveira RosaCONFOA 2012 - Biblioteca da Produção Intelectual da USP - Célia de Oliveira Rosa
CONFOA 2012 - Biblioteca da Produção Intelectual da USP - Célia de Oliveira Rosa
 
Competência em informação uma abordagem comunicacional : constituição da ár...
Competência em informação uma abordagem comunicacional: constituição da ár...Competência em informação uma abordagem comunicacional: constituição da ár...
Competência em informação uma abordagem comunicacional : constituição da ár...
 
Ulrichsweb - diretório de periódicos: Tutorial para pesquisas de revistas em ...
Ulrichsweb - diretório de periódicos: Tutorial para pesquisas de revistas em ...Ulrichsweb - diretório de periódicos: Tutorial para pesquisas de revistas em ...
Ulrichsweb - diretório de periódicos: Tutorial para pesquisas de revistas em ...
 
Minhas citações
Minhas citaçõesMinhas citações
Minhas citações
 
Guia de informações, serviços e produtos da Biblioteca Florestan Fernandes FF...
Guia de informações, serviços e produtos da Biblioteca Florestan Fernandes FF...Guia de informações, serviços e produtos da Biblioteca Florestan Fernandes FF...
Guia de informações, serviços e produtos da Biblioteca Florestan Fernandes FF...
 
A biblioteca e os filmes da eca
A biblioteca e os filmes da ecaA biblioteca e os filmes da eca
A biblioteca e os filmes da eca
 
Senai 2013
Senai 2013Senai 2013
Senai 2013
 
Tecidoteca da Escola de Artes, Ciências e Humanidades - EACH
Tecidoteca da Escola de Artes, Ciências e Humanidades - EACHTecidoteca da Escola de Artes, Ciências e Humanidades - EACH
Tecidoteca da Escola de Artes, Ciências e Humanidades - EACH
 
Patentes Lsi
Patentes LsiPatentes Lsi
Patentes Lsi
 
Producao cientifica lsi
Producao cientifica lsiProducao cientifica lsi
Producao cientifica lsi
 

Semelhante a Tutorial Sistemas de Identificação de pesquisadores usp

Cultura digital e editores científicos
Cultura digital e editores científicosCultura digital e editores científicos
Cultura digital e editores científicosSuelybcs .
 
ORCID: o que é e por que usá-lo?
ORCID: o que é e por que usá-lo?ORCID: o que é e por que usá-lo?
ORCID: o que é e por que usá-lo?Suelybcs .
 
ORCID para autores
ORCID para autoresORCID para autores
ORCID para autoresSuelybcs .
 
ORCID: o que é e por que usá-lo?
ORCID: o que é e por que usá-lo?ORCID: o que é e por que usá-lo?
ORCID: o que é e por que usá-lo?Suelybcs .
 
SISTEMAS DE IDENTIFICAÇÃO DE PLÁGIO = Similarity plagiarism systems UEPG brazil
SISTEMAS DE IDENTIFICAÇÃO DE PLÁGIO = Similarity plagiarism systems UEPG brazilSISTEMAS DE IDENTIFICAÇÃO DE PLÁGIO = Similarity plagiarism systems UEPG brazil
SISTEMAS DE IDENTIFICAÇÃO DE PLÁGIO = Similarity plagiarism systems UEPG brazilEdilson Damasio, PhD
 
Base de dados - Scopus
Base de dados - ScopusBase de dados - Scopus
Base de dados - ScopusLarissa Moura
 
perfil de investigadores na web
perfil de investigadores na webperfil de investigadores na web
perfil de investigadores na webBella Nolasco
 
Base de dados Scopus
Base de dados ScopusBase de dados Scopus
Base de dados ScopusLarissa Moura
 
Ana Herédia - Scopus ID
Ana Herédia - Scopus IDAna Herédia - Scopus ID
Ana Herédia - Scopus IDSIBiUSP
 

Semelhante a Tutorial Sistemas de Identificação de pesquisadores usp (20)

Identidade acadêmica: por que gerenciá-la? - Tutorial
Identidade acadêmica: por que gerenciá-la? - TutorialIdentidade acadêmica: por que gerenciá-la? - Tutorial
Identidade acadêmica: por que gerenciá-la? - Tutorial
 
Cultura digital e editores científicos
Cultura digital e editores científicosCultura digital e editores científicos
Cultura digital e editores científicos
 
#CulturaDigital #Editores
#CulturaDigital #Editores#CulturaDigital #Editores
#CulturaDigital #Editores
 
ORCID: o que é e por que usá-lo?
ORCID: o que é e por que usá-lo?ORCID: o que é e por que usá-lo?
ORCID: o que é e por que usá-lo?
 
ORCID para autores
ORCID para autoresORCID para autores
ORCID para autores
 
ResearcherID
ResearcherIDResearcherID
ResearcherID
 
Curriculo lattes
Curriculo lattesCurriculo lattes
Curriculo lattes
 
ORCID: o que é e por que usá-lo?
ORCID: o que é e por que usá-lo?ORCID: o que é e por que usá-lo?
ORCID: o que é e por que usá-lo?
 
SISTEMAS DE IDENTIFICAÇÃO DE PLÁGIO = Similarity plagiarism systems UEPG brazil
SISTEMAS DE IDENTIFICAÇÃO DE PLÁGIO = Similarity plagiarism systems UEPG brazilSISTEMAS DE IDENTIFICAÇÃO DE PLÁGIO = Similarity plagiarism systems UEPG brazil
SISTEMAS DE IDENTIFICAÇÃO DE PLÁGIO = Similarity plagiarism systems UEPG brazil
 
2016 orcid as suas publicações num único identificador
2016 orcid as suas publicações num único identificador2016 orcid as suas publicações num único identificador
2016 orcid as suas publicações num único identificador
 
Base de dados - Scopus
Base de dados - ScopusBase de dados - Scopus
Base de dados - Scopus
 
Scopus: como utilizar seus recursos? - Tutorial
Scopus: como utilizar seus recursos? - TutorialScopus: como utilizar seus recursos? - Tutorial
Scopus: como utilizar seus recursos? - Tutorial
 
ORCID: as suas publicações num único identificador
ORCID: as suas publicações num único identificadorORCID: as suas publicações num único identificador
ORCID: as suas publicações num único identificador
 
ORCID: as suas publicações num único identificador
ORCID: as suas publicações num único identificadorORCID: as suas publicações num único identificador
ORCID: as suas publicações num único identificador
 
perfil de investigadores na web
perfil de investigadores na webperfil de investigadores na web
perfil de investigadores na web
 
O pesquisador e sua produção científica 1: qualidade e indexação
O pesquisador e sua produção científica 1: qualidade e indexaçãoO pesquisador e sua produção científica 1: qualidade e indexação
O pesquisador e sua produção científica 1: qualidade e indexação
 
Base de dados Scopus
Base de dados ScopusBase de dados Scopus
Base de dados Scopus
 
Ana Herédia - Scopus ID
Ana Herédia - Scopus IDAna Herédia - Scopus ID
Ana Herédia - Scopus ID
 
ISI Web of Science e Researcher ID
ISI Web of Science e Researcher IDISI Web of Science e Researcher ID
ISI Web of Science e Researcher ID
 
Tutorial ORCID
Tutorial ORCIDTutorial ORCID
Tutorial ORCID
 

Mais de SIBiUSP

2020.03.09 creative commons_agencia_usp
2020.03.09 creative commons_agencia_usp2020.03.09 creative commons_agencia_usp
2020.03.09 creative commons_agencia_uspSIBiUSP
 
Aguia apresentacao 20200309_ab
Aguia apresentacao 20200309_abAguia apresentacao 20200309_ab
Aguia apresentacao 20200309_abSIBiUSP
 
Apresentacao fapesp usp_09032020
Apresentacao fapesp usp_09032020Apresentacao fapesp usp_09032020
Apresentacao fapesp usp_09032020SIBiUSP
 
Comunicacao usp fev2020_aguiab
Comunicacao usp fev2020_aguiabComunicacao usp fev2020_aguiab
Comunicacao usp fev2020_aguiabSIBiUSP
 
Um novo olhar sobre a atuação dos Bibliotecários - Profa. Dra. Vania Mara Alv...
Um novo olhar sobre a atuação dos Bibliotecários - Profa. Dra. Vania Mara Alv...Um novo olhar sobre a atuação dos Bibliotecários - Profa. Dra. Vania Mara Alv...
Um novo olhar sobre a atuação dos Bibliotecários - Profa. Dra. Vania Mara Alv...SIBiUSP
 
Um novo olhar sobre a atuação dos Bibliotecários - Profa. Dra. Valéria Valls
Um novo olhar sobre a atuação dos Bibliotecários - Profa. Dra. Valéria VallsUm novo olhar sobre a atuação dos Bibliotecários - Profa. Dra. Valéria Valls
Um novo olhar sobre a atuação dos Bibliotecários - Profa. Dra. Valéria VallsSIBiUSP
 
Atividades de pesquisa na Graduação e o desenvolvimento profissional
Atividades de pesquisa na Graduação e o desenvolvimento profissionalAtividades de pesquisa na Graduação e o desenvolvimento profissional
Atividades de pesquisa na Graduação e o desenvolvimento profissionalSIBiUSP
 
Pós-Graduação e pesquisa: programas e projetos USP
Pós-Graduação e pesquisa: programas e projetos USPPós-Graduação e pesquisa: programas e projetos USP
Pós-Graduação e pesquisa: programas e projetos USPSIBiUSP
 
Panorama e ações para o desenvolvimento da pesquisa na USP
Panorama e ações para o desenvolvimento da pesquisa na USPPanorama e ações para o desenvolvimento da pesquisa na USP
Panorama e ações para o desenvolvimento da pesquisa na USPSIBiUSP
 
SIBiUSP e o suporte ao pesquisador
SIBiUSP e o suporte ao pesquisadorSIBiUSP e o suporte ao pesquisador
SIBiUSP e o suporte ao pesquisadorSIBiUSP
 
Presentacion usp oct 18
Presentacion usp oct 18Presentacion usp oct 18
Presentacion usp oct 18SIBiUSP
 
Workshop IEEE na USP – Como aumentar o impacto de suas pesquisas e publicações
Workshop IEEE na USP – Como aumentar o impacto de suas pesquisas e publicaçõesWorkshop IEEE na USP – Como aumentar o impacto de suas pesquisas e publicações
Workshop IEEE na USP – Como aumentar o impacto de suas pesquisas e publicaçõesSIBiUSP
 
Guia para Publicar Emerald 2018
Guia para Publicar Emerald 2018Guia para Publicar Emerald 2018
Guia para Publicar Emerald 2018SIBiUSP
 
Apresentação - Slides do Workshop AJE na USP
Apresentação - Slides do Workshop AJE na USPApresentação - Slides do Workshop AJE na USP
Apresentação - Slides do Workshop AJE na USPSIBiUSP
 
Prevencao de Plagio e Ferramentas
Prevencao de Plagio e FerramentasPrevencao de Plagio e Ferramentas
Prevencao de Plagio e FerramentasSIBiUSP
 
Gestão de Dados de Pesquisa e o Papel dos Bibliotecários
Gestão de Dados de Pesquisa e o Papel dos BibliotecáriosGestão de Dados de Pesquisa e o Papel dos Bibliotecários
Gestão de Dados de Pesquisa e o Papel dos BibliotecáriosSIBiUSP
 
ORCiD e a integração com dados de pesquisa
ORCiD e a integração com dados de pesquisaORCiD e a integração com dados de pesquisa
ORCiD e a integração com dados de pesquisaSIBiUSP
 
Boas Práticas de Pesquisa e a importância da gestão dos dados
Boas Práticas de Pesquisa e a importância da gestão dos dadosBoas Práticas de Pesquisa e a importância da gestão dos dados
Boas Práticas de Pesquisa e a importância da gestão dos dadosSIBiUSP
 
Abertura: Gestão de dados de pesquisa: desafios e perspectivas USP
Abertura: Gestão de dados de pesquisa: desafios e perspectivas USPAbertura: Gestão de dados de pesquisa: desafios e perspectivas USP
Abertura: Gestão de dados de pesquisa: desafios e perspectivas USPSIBiUSP
 
Springer nature e a importância dos dados de pesquisa
Springer nature e a importância dos dados de pesquisaSpringer nature e a importância dos dados de pesquisa
Springer nature e a importância dos dados de pesquisaSIBiUSP
 

Mais de SIBiUSP (20)

2020.03.09 creative commons_agencia_usp
2020.03.09 creative commons_agencia_usp2020.03.09 creative commons_agencia_usp
2020.03.09 creative commons_agencia_usp
 
Aguia apresentacao 20200309_ab
Aguia apresentacao 20200309_abAguia apresentacao 20200309_ab
Aguia apresentacao 20200309_ab
 
Apresentacao fapesp usp_09032020
Apresentacao fapesp usp_09032020Apresentacao fapesp usp_09032020
Apresentacao fapesp usp_09032020
 
Comunicacao usp fev2020_aguiab
Comunicacao usp fev2020_aguiabComunicacao usp fev2020_aguiab
Comunicacao usp fev2020_aguiab
 
Um novo olhar sobre a atuação dos Bibliotecários - Profa. Dra. Vania Mara Alv...
Um novo olhar sobre a atuação dos Bibliotecários - Profa. Dra. Vania Mara Alv...Um novo olhar sobre a atuação dos Bibliotecários - Profa. Dra. Vania Mara Alv...
Um novo olhar sobre a atuação dos Bibliotecários - Profa. Dra. Vania Mara Alv...
 
Um novo olhar sobre a atuação dos Bibliotecários - Profa. Dra. Valéria Valls
Um novo olhar sobre a atuação dos Bibliotecários - Profa. Dra. Valéria VallsUm novo olhar sobre a atuação dos Bibliotecários - Profa. Dra. Valéria Valls
Um novo olhar sobre a atuação dos Bibliotecários - Profa. Dra. Valéria Valls
 
Atividades de pesquisa na Graduação e o desenvolvimento profissional
Atividades de pesquisa na Graduação e o desenvolvimento profissionalAtividades de pesquisa na Graduação e o desenvolvimento profissional
Atividades de pesquisa na Graduação e o desenvolvimento profissional
 
Pós-Graduação e pesquisa: programas e projetos USP
Pós-Graduação e pesquisa: programas e projetos USPPós-Graduação e pesquisa: programas e projetos USP
Pós-Graduação e pesquisa: programas e projetos USP
 
Panorama e ações para o desenvolvimento da pesquisa na USP
Panorama e ações para o desenvolvimento da pesquisa na USPPanorama e ações para o desenvolvimento da pesquisa na USP
Panorama e ações para o desenvolvimento da pesquisa na USP
 
SIBiUSP e o suporte ao pesquisador
SIBiUSP e o suporte ao pesquisadorSIBiUSP e o suporte ao pesquisador
SIBiUSP e o suporte ao pesquisador
 
Presentacion usp oct 18
Presentacion usp oct 18Presentacion usp oct 18
Presentacion usp oct 18
 
Workshop IEEE na USP – Como aumentar o impacto de suas pesquisas e publicações
Workshop IEEE na USP – Como aumentar o impacto de suas pesquisas e publicaçõesWorkshop IEEE na USP – Como aumentar o impacto de suas pesquisas e publicações
Workshop IEEE na USP – Como aumentar o impacto de suas pesquisas e publicações
 
Guia para Publicar Emerald 2018
Guia para Publicar Emerald 2018Guia para Publicar Emerald 2018
Guia para Publicar Emerald 2018
 
Apresentação - Slides do Workshop AJE na USP
Apresentação - Slides do Workshop AJE na USPApresentação - Slides do Workshop AJE na USP
Apresentação - Slides do Workshop AJE na USP
 
Prevencao de Plagio e Ferramentas
Prevencao de Plagio e FerramentasPrevencao de Plagio e Ferramentas
Prevencao de Plagio e Ferramentas
 
Gestão de Dados de Pesquisa e o Papel dos Bibliotecários
Gestão de Dados de Pesquisa e o Papel dos BibliotecáriosGestão de Dados de Pesquisa e o Papel dos Bibliotecários
Gestão de Dados de Pesquisa e o Papel dos Bibliotecários
 
ORCiD e a integração com dados de pesquisa
ORCiD e a integração com dados de pesquisaORCiD e a integração com dados de pesquisa
ORCiD e a integração com dados de pesquisa
 
Boas Práticas de Pesquisa e a importância da gestão dos dados
Boas Práticas de Pesquisa e a importância da gestão dos dadosBoas Práticas de Pesquisa e a importância da gestão dos dados
Boas Práticas de Pesquisa e a importância da gestão dos dados
 
Abertura: Gestão de dados de pesquisa: desafios e perspectivas USP
Abertura: Gestão de dados de pesquisa: desafios e perspectivas USPAbertura: Gestão de dados de pesquisa: desafios e perspectivas USP
Abertura: Gestão de dados de pesquisa: desafios e perspectivas USP
 
Springer nature e a importância dos dados de pesquisa
Springer nature e a importância dos dados de pesquisaSpringer nature e a importância dos dados de pesquisa
Springer nature e a importância dos dados de pesquisa
 

Último

Testes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfTestes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfCsarBaltazar1
 
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdf
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdfSistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdf
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdfAntonio Barros
 
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf HitlerAlemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitlerhabiwo1978
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoIlda Bicacro
 
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASMARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASyan1305goncalves
 
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdfPlanejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdfdanielagracia9
 
08-05 - Atividade de língua Portuguesa.pdf
08-05 - Atividade de língua Portuguesa.pdf08-05 - Atividade de língua Portuguesa.pdf
08-05 - Atividade de língua Portuguesa.pdfAntonio Barros
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxIlda Bicacro
 
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-NovaNós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-NovaIlda Bicacro
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdfaulasgege
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalcarlamgalves5
 
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxSlide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxsfwsoficial
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaHenrique Santos
 
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIAHISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIAElianeAlves383563
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEblogdoelvis
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroBrenda Fritz
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoVALMIRARIBEIRO1
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxIlda Bicacro
 

Último (20)

Testes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfTestes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
 
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdf
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdfSistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdf
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdf
 
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf HitlerAlemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASMARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
 
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdfPlanejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
 
08-05 - Atividade de língua Portuguesa.pdf
08-05 - Atividade de língua Portuguesa.pdf08-05 - Atividade de língua Portuguesa.pdf
08-05 - Atividade de língua Portuguesa.pdf
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-NovaNós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animal
 
Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.
 
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxSlide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de Infância
 
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIAHISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
 

Tutorial Sistemas de Identificação de pesquisadores usp

  • 1. Sistema Integrado de Bibliotecas Universidade de São Paulo Ago. 2017 Sistemas de Identificadores de Pesquisadores USP
  • 2. Sumário Neste treinamento você aprenderá:  O que é Identificação de Pesquisador e sua importância  Quais são os principais identificadores de pesquisadores  Lattes ID  Researcher ID  Scopus ID  Google ID  ORCID ID  Como exportar dados, solicitar correções e unificação de perfis duplicados
  • 3. Por que é preciso ter um identificador de pesquisador? O nome não basta?
  • 4. Globalização da Ciência e o nome do pesquisador  Imagine quantos Silva, Pereira, Yang, Smith existem no mundo?  O censo de 2010 do IBGE revelou que só no Brasil há 11 milhões de Marias, 5 milhões de Josés, etc. São mais de 131 variações de nomes.
  • 5. Em 2014 havia mais de 7.8 milhões de pesquisadores no mundo Fonte: UNESCO, 2017
  • 6. Só na Base Scopus, de 2012 a 2017 foram registrados 15 milhões de autores Fonte: Scopus-SciVal, 2017
  • 7. O nome do pesquisador hoje em dia  A cada 18 segundos, um novo artigo científico é publicado no mundo  São 1.5 milhões de autores publicando em revistas científicas  Base Scopus: 56 mil autores têm sobrenome Silva. Só na USP, são 14 mil autores com esse sobrenome  São Nove mil Oliveira(s), Três mil Neto(s), Cinco mil Filho(s) só na USP  Provavelmente seu nome não é único  No atual cenário global e complexo da pesquisa, é preciso identificar corretamente os pesquisadores, independente das variações de seu nome.
  • 8. Variações de Nome de Autor Andrade, Sonia Cristina da Silva Andrade, S. C. S. Andrade, S. C. S. Andrade, Sonia C. S. Andrade, Sonia Cristina S. Aranha, Ana Cecilia Corrêa Aranha, A.C.C. Aranha, Ana Aranha, Ana Cecilia C. Aranha, Ana C. C.
  • 9.
  • 10. Identificação de nossa Afiliação também é importante  O modo como identificamos nossa organização também pode levar a erros de identificação pessoal  As instituições podem mudar de nome e endereço, podem se mesclar, se subdividir, etc.  Ex. USP, Universidade de São Paulo, Univ San Paolo, University of São Paulo, School of Medicine of São Paulo University, Faculdade de Medicina, FMUSP, ESALQ, Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”, etc.  Um identificador persistente para cada organização ajuda a resolver os problemas inerentes à ambiguidade do nome ou dúvidas de identificação.
  • 11. Por que identificar a organização é importante?  Um identificador organizacional associa uma instituição com versões abreviadas de seu nome, apelidos e formas convencionais ou oficiais de nome pelo qual também pode ser conhecida.  Facilita a identificação dos pesquisadores e ajuda a desambiguar pesquisadores com o mesmo nome.  Permite reunir publicações de pesquisa produzidas por pesquisadores em toda a instituição ou dentro de uma escola ou departamento  Melhora a reputação e o perfil de uma instituição. Todos os rankings universitários internacionais usam citações como fator de classificação e, portanto, dependem da correta identificação da afiliação dos autores dos trabalhos.
  • 12. Identificador ISNI para Organizações  A Organização Internacional de Normalização (ISO) certificou o Padrão Internacional da ISNI - International Standard Name Identifier para organizações.  A Universidade de São Paulo está registrada sob o ISNI 0000 0004 1937 0722. http://www.isni.org/
  • 13. Aos poucos, torna-se claro que as questões e problemas de identificação de pesquisadores abrangem uma ampla gama de partes interessadas, incluindo bibliotecas, instituições, financiadores, editores, publicadores, além dos próprios pesquisadores/autores
  • 14. Afinal, por que a Identificação do Pesquisador é importante?  Para impedir confusão de identidade, garantindo a correta atribuição de suas atividades e trabalhos  Independente das variações de nome, o pesquisador deve ser identificado corretamente para fazer jus ao reconhecimento por seu trabalho, a bolsas e subsídios, avaliações de desempenho, etc.
  • 15. O que o identificador carrega consigo?  Nome certo (escolhido pelo pesquisador),  Variações de nome,  Áreas de atuação científica,  Afiliação,  Formação,  Produção intelectual – trabalhos, artigos, tese, etc.
  • 16. Exemplos de Identificadores de Pesquisador  Lattes ID  ResearcherID  Scopus ID  Google iD e  ORCiD são exemplos de Identificadores de pesquisador
  • 17. Lattes iD Nome Currículo Lattes Endereço URL http://lattes.cnpq.br/ Data de criação 1999 Tipo Centro de Autoridade Proposta Fornecer um sistema de informação curricular e identificação única para pesquisadores brasileiros, mestrandos e doutorandos. Origem Desde meados da década de 80, havia uma base de dados de CV no Brasil, que formou o cerne do sistema Lattes na década de 1990. Qualquer um pode adicionar suas informações.
  • 18.
  • 19. Como criar seu Currículo Lattes https://wwws.cnpq.br/ cvlattesweb/pkg_cv_estr.inicio
  • 20. Como buscar um Currículo Lattes http://lattes.cnpq.br/
  • 21. Como preencher e atualizar seu Lattes
  • 22.
  • 24. Exemplo: Prof. José Roberto Castilho Piqueira Lattes iD: 6644721827442957 http://lattes.cnpq.br/6644721827442957
  • 25. Lattes – Indicadores de Produção
  • 26.
  • 27. Researcher iD Nome ResearcherID Endereço URL http://www.researcherid.com Data de criação 2008 Tipo Centro de Autoridade Proposta Fornecer aos indivíduos um perfil para suas publicações de pesquisa e permitir a eles gerar métricas de citação e redes de colaboração. Origem O ResearcherID está relacionado à Base de Dados Web of Science, mantida pela Editora Thomson Reuters/Clarivate Analytics). Registro gratuito.
  • 29. Como criar seu ResearcherID https://www.researcherid.com/SelfRegistration.action
  • 30. Como obter o Nº do ResearcherID
  • 31. Exemplo: Prof. Antonio M. Saraiva ResearcherID: B-6350-2011
  • 32. Como atualizar as informações de seu Perfil
  • 33. Dois ResearcherIDs ?  Não é aconselhável manter duas contas ResearcherID. Se um novo e-mail precisa ser associado a uma conta ResearcherID, Isso pode ser feito a partir da página de gerenciamento do perfil em ResearcherID, no item "About Me". Por favor, note que o endereço de e-mail registrado é compartilhado entre os logins do ResearcherID, EndNote Web e Web of Science.  Caso observe que tem duas contas, fica difícil mesclar essas contas. Isso ocorre porque cada ResearcherID está registrado para um e-mail exclusivo.  Para excluir uma conta será necessário abrir um chamado de suporte técnico, indicando quais são seus perfis e qual deles você gostaria de excluir.
  • 34. Procure informações sobre sua dúvida http://ip-science.thomsonreuters.com/support/
  • 35. Para solicitar correções no ResearcherID
  • 36. Lattes iD Nome Scopus Author ID Endereço URL https://www.scopus.com/free lookup/form/author.uri Data de criação 2004 Tipo Centro de Autoridade Proposta Distinguir um autor de outro, dando a cada autor um ID de Autor Scopus separado e agrupando todos os documentos escritos por esse autor. Origem Toda vez que um documento é indexado na Base de dados Scopus, o Scopus Author iD é gerado automaticamente. Propriedade da Editora Elsevier.
  • 38. Como obter o Scopus ID
  • 39. Exemplo: Prof. José Roberto Castilho Piqueira Scopus Author ID: 6602715200
  • 40. Posso criar meu Scopus iD?  Não. O Scopus Author iD é criado automaticamente, toda vez que um documento é indexado na Base de dados Scopus.  APESAR a sofisticação da caracterização algorítmica utilizada pelo Scopus, nem sempre todos os documentos se referem a um único perfil com 100% de precisão.  Mesmo que não tenha acesso à Base Scopus, você ainda pode rever o seu perfil e enviar correções, certificando-se de que os artigos corretos estão associados ao seu perfil.  Acesse: https://www.scopus.com/freelookup/form/author.uri
  • 43. Lattes iD Nome Google iD Endereço URL http://scholar.google.com.br Data de criação Criação do Google Scholar: 2004 Perfis de autor: 2011 Tipo Centro de Autoridade Proposta Prover um modo simples de realizar pesquisa. Todo autor que possui uma publicação no Google pode ter um perfil. Origem Documentação não disponível. Mas inclui uma ampla gama de informações de citações e texto completo de fontes comerciais, e fontes da web.
  • 45. Como obter o Identificador Google ID
  • 46. Exemplo: Prof. Marco Antonio Zago Google ID: 2xXGrQEAAAAJ
  • 47. Perfil no Google e o Google iD  Acesse o link: http://scholar.google.com.br/  Faça login à sua conta  Clique em Minhas citações  Utilize o Tutorial: http://www4.fe.usp.br/wp- content/uploads/pesquisa/tutorial-google- academico1.pdf
  • 48. Como exportar seus trabalhos – abra seu perfil e exporte seus trabalhos
  • 49. Como extrair dados do Perfil do Google  Para extrair os dados apresentados pelo Scholar Metrics utilize o software PUBLISH OR PERISH, gratuito, que analisa os seguintes dados:  Número total de citações  Média de citações por artigo  Média de citações por ano  Índice H e parâmetros relacionados  Número de autores X artigo publicados
  • 51. Como gerenciar suas informações no Google
  • 52. Como gerenciar sua reputação no Google
  • 53. Lattes iD Nome ORCiD Endereço URL http://www.orcid.org Data de criação Projeto : 2008 – 2010 Lançamento público: 2012 Tipo Provedor de identificação Centro identificador Proposta Fornecer um serviço gratuito de identificação única de pesquisador em nível internacional, que possibilita vincular o currículo (formação, emprego, trabalhos, atividades e outros identificadores). Origem Criado a partir de Consórcio sem fins lucrativos de provedores e editores científicos como a Thomson Reuters, Elsevier, Crossref, Nature, Science, etc.
  • 54. Como registrar-se na ORCID Em 15 de setembro de 2016, a Universidade de São Paulo (USP) passou a ser oficialmente membro institucional da ORCID. A afiliação permitirá à USP gerar ORCID iDs autenticados ou autenticar os ORCID iDs existentes de todos os integrantes de sua comunidade (estudantes, docentes e servidores técnico- administrativos). Todo docente e pesquisador da USP deve ter seu registro ORCID autenticado.
  • 56. Universidade de São Paulo BRASIL http://www.sibi.usp.br/orcid/
  • 57. Exemplo: Profa. Maria de Lourdes T.M. Polizeli ORCiD: 0000-0002-5026-6363 http://orcid.org/0000-0002-5026-6363
  • 59. Universidade de São Paulo BRASIL
  • 60. Leituras adicionais  SMITH-YOSHIMURA, KAREN et al. Addressing the Challenges with Organizational Identifiers and ISNI. Dublin, Ohio: OCLC Research, 2016. Disponível em: http://www.oclc.org/content/dam/research/publications/2016/oclcresearch- organizational-identifiers-and-isni-2016-a4.pdf > Acesso em: 10 agosto 2017.  SMITH-YOSHIMURA, KAREN et al. Supplement B: Research Networking Systems Characteristics Profiles. Dublin, Ohio: OCLC Research, 2014.< http://www.oclc.org/content/dam/research/publications/library/2014/oclcresear ch-registering-researchers-2014-supplement-b.pdf > Acesso em 10 agosto 2017.  UNESCO. Human Resources in R&D. Disponível em: http://uis.unesco.org/sites/default/files/documents/fs41-human-resources-in-rd- 2017-en.pdf Acesso em 14 agosto 2017.
  • 61. Dúvidas  Para mais informações  Consulte os profissionais das Bibliotecas da Universidade de São Paulo.  Envie mensagem ao e-mail: atendimento@sibi.usp.br  Agradecemos a contribuição de todos (as).