Primeiros Socorros

13.898 visualizações

Publicada em

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
6 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
13.898
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
109
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
535
Comentários
0
Gostaram
6
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Primeiros Socorros

  1. 1. PRIMEIROS SOCORROS BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS Caren Job Muller Instrutora Civil Voluntária
  2. 2. OBJETIVOS/MISSÃO <ul><li>OBJETIVOS:- Conscientizar a população com relação à realização de medidas corretas de primeiros socorros(multiplicadores); </li></ul><ul><li>-Preparar o Bombeiro Voluntário para agir corretamente em eventuais situações de emergência </li></ul><ul><li>* MISSÃO: “ Preservação da vida, do meio ambiente e do patrimônio” </li></ul>
  3. 3. 10 MANDAMENTOS <ul><li>MANDAMENTOS: São pequenos detalhes, atos simples, os quais parecem óbvios para qualquer pessoa,mas extremamente significativos no momento em que se lida com VIDA. </li></ul><ul><li>É preciso ORGANIZAR o pensamento; </li></ul><ul><li>Ter AUTOCONTROLE; </li></ul><ul><li>Conter o NERVOSISMO, a multidão e a dor. </li></ul>
  4. 4. 10 MANDAMENTOS <ul><li>1-Mantenha a calma </li></ul><ul><li>2-Tenha em mente a seguinte ordem de segurança: Primeiro “EU”, depois a vítima ; </li></ul><ul><li>3-Ligar para ambulância e atendimento pré-hospitalar se houver; </li></ul><ul><li>4-Verificar se há riscos no local para você e sua equipe antes de agir; </li></ul>
  5. 5. 10 MANDAMENTOS <ul><li>5-Mantenha sempre o bom senso; </li></ul><ul><li>6-Mantenha o espírito de solidariedade, pedindo ajuda e afastando curiosos! Siga sempre as ordens do comandante do socorro!!! </li></ul><ul><li>7- Cumpra a tarefa que lhe foi dada para sempre ajudar e não atrapalhar; </li></ul><ul><li>8-Evite manobras intempestivas; </li></ul>
  6. 6. 10 MANDAMENTOS <ul><li>9-Em caso de múltiplas vítimas, dê prioridade as vítimas em PCR, ou que estejam sangrando muito </li></ul><ul><li>10- Seja Bombeiro Voluntário, não HERÓI ! </li></ul>
  7. 7. ASPECTOS LEGAIS DO SOCORRO <ul><li>Artigo 135 do Código Penal :OMISSÃO DE SOCORRO </li></ul><ul><li>Pena :Detenção de 1 a 6 meses, ou multa </li></ul><ul><li>***Deixar de prestar socorro à vítima de acidentes ou pessoas em perigo iminente,podendo fazê-lo, é crime . </li></ul>
  8. 8. MATERIAIS DISPONÍVEIS <ul><li>Óculos de proteção </li></ul><ul><li>Maca rígida </li></ul><ul><li>Colares cervicais </li></ul><ul><li>Talas para imobilização </li></ul><ul><li>Roupas de proteção </li></ul><ul><li>Maleta de primeiros socorros </li></ul><ul><li>Cobertores ou similares </li></ul>
  9. 9. CONCEITOS BÁSICOS <ul><li>PRIMEIROS SOCORROS :são os procedimentos de emergência que devem ser aplicados à uma pessoa em perigo de vida, visando manter os sinais vitais e evitando o agravamento, até que ela receba assistência médica definitiva. </li></ul><ul><li>QUANDO? Sempre que a vítima não esteja em condições de cuidar de si própria </li></ul>
  10. 10. ATENDIMENTO PRÉ-HOSPITALAR(APH) <ul><li>É o atendimento prestado por equipe especializada em situações de urgência e emergência, em eventos ocorridos fora do hospital </li></ul><ul><li>SITUAÇÕES: -Vítimas de trauma </li></ul><ul><li>-Violência urbana </li></ul><ul><li>-Mal súbito </li></ul><ul><li>-Distúrbios psiquiátricos </li></ul>
  11. 11. ACIDENTE AUTOMOBILÍSTICO-T.C.E. <ul><li>EVITAR: </li></ul><ul><li>*Não movimentar uma vítima </li></ul><ul><li>*Não faça torniquetes desnecessários </li></ul><ul><li>*Não tire o capacete de um motociclista </li></ul><ul><li>*Não dê nada para beber </li></ul>
  12. 12. Não movimentar a vítima <ul><li>A movimentação da vítima poderá causar piora de uma lesão na coluna ou nas fraturas </li></ul><ul><li>Movimentando a vítima, você pode deslocar ainda mais a vítima lesada e danificar a medula, chamado de segundo trauma </li></ul><ul><li>No caso de membros fraturados, a movimentação pode causar agravamento das lesões internas no ponto de fratura, provocando rompimento dos vasos sanguíneos e lesão nos nervos </li></ul>
  13. 13. Torniquetes <ul><li>Ele só deve ser realizado por profissionais treinados em caráter de exceção </li></ul><ul><li>Em casos de amputação e esmagamento de membros </li></ul><ul><li>Como Fazer:- Amarre um pano limpo acima do ferimento enrolando 2 vezes firmemente com nó simples </li></ul><ul><li>-Amarre um bastão sobre o nó do tecido;torça o bastão até estancar o sangramento,firme o bastão com as pontas livres do tecido </li></ul>
  14. 14. TORNIQUETE <ul><li>Marque o horário em que foi aplicado o torniquete </li></ul><ul><li>Encaminhe ao socorro médico imediato </li></ul><ul><li>Desaperte gradualmente a cada 10 ou 15 minutos para manter a circulação do membro afetado </li></ul><ul><li>Só aplique o torniquete em casos extremos e como último recurso para a parada do sangramento </li></ul>
  15. 15. CAPACETE <ul><li>Retirar o capacete de um motociclista é uma ação de alto risco, principalmente se ele estiver inconsciente </li></ul><ul><li>A simples retirada do capacete pode movimentar intensamente a cabeça e agravar lesões existentes no pescoço e crânio </li></ul><ul><ul><ul><ul><ul><li>Nunca faça nada em dúvida! </li></ul></ul></ul></ul></ul>
  16. 16. INGESTÃO DE LÍQUIDOS <ul><li>Nunca dê nada para a vítima ingerir </li></ul><ul><li>A ingestão de qualquer substância poderá interferir de forma negativa nos procedimentos hospitalares </li></ul><ul><li>Se a vítima estiver com muita sede, não dê água, isto poderá atrapalhar uma cirurgia por exemplo </li></ul>
  17. 17. PRIMEIROS SOCORROS <ul><li>Protegem a vítima contra maiores danos </li></ul><ul><li>Como fazer? </li></ul><ul><li>*Mantendo a respiração </li></ul><ul><li>*Mantendo a circulação </li></ul><ul><li>*Cessando hemorragias </li></ul><ul><li>*Impedindo agravamento da lesão </li></ul><ul><li>*Prevenindo o estado de choque </li></ul><ul><li>*Protegendo as áreas queimadas </li></ul><ul><li>*Mantendo as áreas com suspeita de fratura ou luxação protegidas e imobilizadas </li></ul><ul><li>*Transportando cuidadosamente </li></ul>
  18. 18. FASES DO SOCORRO <ul><li>Avaliação do ambiente </li></ul><ul><li>Solicitação de auxílio se for o caso </li></ul><ul><li>Sinalização </li></ul><ul><li>Atendimento </li></ul><ul><li>Exame Primário </li></ul><ul><li>Exame Secundário </li></ul><ul><li>Remoção do acidentado </li></ul>
  19. 19. Abordagem da vítima-ABCDE A- VIAS AÉREAS <ul><li>PRESTE ATENÇÃO ! </li></ul><ul><li>-Pesquise a via aérea sem movimentar a vítima; </li></ul><ul><li>-Eleve a mandíbula com dedos em gancho; </li></ul><ul><li>-Ver se a boca abre naturalmente;se existe sangue ou outros fluídos;se existem dentes quebrados;se existem próteses dentárias soltas </li></ul>
  20. 20. B- Ventilação <ul><li>-Pesquise se a vítima ventila sozinha; </li></ul><ul><li>-Veja se esta ventilação é eficaz; </li></ul><ul><li>-Observe se os movimentos torácicos são simétricos; </li></ul><ul><li>-Observe se existem lesões abertas no tórax; </li></ul><ul><li>-Considere obstrução das vias aéreas por:edema,fluídos(sangue e vômitos),dentes partidos. </li></ul>
  21. 21. C- CIRCULAÇÃO <ul><li>-Pesquise se a vítima tem pulso; </li></ul><ul><li>-Observe se existem hemorragias ativas; </li></ul><ul><li>-Observe se existe alteração de cor, umidade e temperatura da pele </li></ul><ul><li>-Execute as manobras de R.C.P. se necessário, verificando a eficácia das compressões, palpando o pulso carotídeo durante a execução. </li></ul>
  22. 22. D- AVALIAÇÃO NEUROLÓGICA <ul><li>Nível de consciência: Escala de coma de GLASGOW que descreve a resposta ocular, verbal e motora a estímulos verbais e dolorosos-IDEAL </li></ul><ul><li>Verificar se a vítima está alerta </li></ul><ul><li>Se responde a estímulos verbais </li></ul><ul><li>Se responde a estimulação dolorosa </li></ul><ul><li>Se está sem resposta-irresponsível-pupilas </li></ul>
  23. 23. E- EXPOSIÇÃO-VESTES <ul><li>Procure expor as vestes da vítima em locais mais fáceis para o corte, sempre tomando o cuidado com a hipotermia; </li></ul><ul><li>Evite a exposição desnecessária da vítima, evitando constrangimentos </li></ul><ul><li>“ NÃO somos heróis, somos profissionais com uma missão !” </li></ul>
  24. 24. HEMORRAGIA <ul><li>É a perda de sangue devido ao rompimento de um vaso sanguíneo. </li></ul><ul><li>Toda a hemorragia deve ser controlada imediatamente, pois pode causar a morte em minutos.NÃO PERCA TEMPO </li></ul><ul><li>Coloque compressa limpa em cima do ferimento e pressione firmemente, use atadura para comprimir a compressa </li></ul>
  25. 25. Hemorragia Interna <ul><li>É resultante de um ferimento profundo com lesão de órgãos internos, o sangue não aparece </li></ul><ul><li>A vítima apresenta: pulso fraco, pele fria, suores abundantes, palidez intensa, mucosas descoradas, sede, tonturas, podendo ficar inconsciente (ESTADO DE CHOQUE) </li></ul><ul><li>Mantenha o paciente deitado com a cabeça mais baixo que o corpo, exceto em TCE </li></ul>
  26. 26. FERIMENTOS NA CABEÇA <ul><li>Requerem sempre atenção do profissional </li></ul><ul><li>Deite a vítima, afrouxe as roupas, agasalhe a vítima </li></ul><ul><li>Havendo hemorragia, coloque gazes sobre o ferimento, pressione levemente e coloque as ataduras </li></ul><ul><li>Se o sangramento for no nariz, na boca ou no ouvido,vire a cabeça da vítima para o lado que está sangrando. </li></ul>
  27. 27. ESTADO DE CHOQUE <ul><li>Em todos os casos de lesões grave, grandes hemorragias, internas ou externas, pode surgir o estado de choque: </li></ul><ul><li>Realize uma rápida inspeção da vítima </li></ul><ul><li>Tente controlar a causa do choque </li></ul><ul><li>Conserve a vítima deitada com as pernas elevadas, quando não houver fratura </li></ul><ul><li>Afrouxe as roupas e retire da boca próteses e goma de mascar </li></ul>
  28. 28. CHOQUE <ul><li>Mantenha a respiração </li></ul><ul><li>Mantenha a cabeça virada para o lado </li></ul><ul><li>Mantenha a cabeça mais baixa que o tronco se for possível </li></ul><ul><li>Mantenha a vítima agasalhada e não dê líquidos </li></ul>
  29. 29. QUEIMADURAS <ul><li>É a lesão decorrente da ação do calor, frio, produtos químicos, corrente elétrica, radiação e substâncias biológicas(animais ou plantas) </li></ul><ul><li>Superficiais: Atingem algumas camadas da pele </li></ul><ul><li>Profundas :Quando há destruição total da pele </li></ul>
  30. 30. QUEIMADURAS <ul><li>Primeiro grau:Lesão das camadas superficiais da pele-vermelhidão, dor local suportável, não há formação de bolhas </li></ul><ul><li>Segundo grau:Lesão das camadas mais profundas da pele-formação de bolhas, desprendimento de camadas de pele, dor e ardência de intensidade variável </li></ul><ul><li>Terceiro grau:Lesão de todas as camadas da pele-comprometimento de tecidos mais profundos até o osso, geralmente indolor </li></ul>
  31. 31. PRINCIPAIS MEDIDAS <ul><li>Prevenir o estado de choque </li></ul><ul><li>Controlar a dor </li></ul><ul><li>Evitar a contaminação </li></ul><ul><li>Não tocar na lesão </li></ul><ul><li>Não furar as bolhas </li></ul><ul><li>Não colocar sobre as lesões soluções ou pomadas </li></ul>
  32. 32. Parada Cárdio-respiratória <ul><li>A vítima apresentará ausência de respiração e pulsação </li></ul><ul><li>Inconsciência </li></ul><ul><li>Pele fria </li></ul><ul><li>Palidez </li></ul><ul><li>Lábio e unhas azuladas </li></ul>
  33. 33. Manobra <ul><li>Deite a vítima em uma superfície dura </li></ul><ul><li>Coloque uma mão sobre a outra e localize a extremidade inferior do osso que está no centro do peito(esterno) </li></ul><ul><li>Ao mesmo tempo, uma outra pessoa deverá aplicar a respiração boca a boca, firmando a cabeça e fechando as narinas com o indicador e o polegar,mantendo o queixo levantado para esticar o pescoço </li></ul>
  34. 34. MANOBRA PCR <ul><li>Enquanto uma pessoa enche os pulmões, soprando adequadamente para insuflá-los, a outra pressiona o peito com intervalos curtos de tempo, até que o coração volte a bater </li></ul><ul><li>Esta sequência deve ser feita da seguinte forma:-sozinho:2 para 30 </li></ul><ul><li>-Acompanhado: x para x ? </li></ul>
  35. 35. TRANSPORTE-REMOÇÃO <ul><li>Sempre apóie a cabeça da vítima impedindo de cair para trás; </li></ul><ul><li>Na presença de hemorragias abundantes, qualquer movimentação da vítima pode levar ao estado de choque rapidamente; </li></ul><ul><li>Imobilize todos os pontos suspeitos de fraturas </li></ul><ul><li>Não faça movimentos bruscos;movimente o mínimo possível a vítima </li></ul>
  36. 36. TRANSPORTE <ul><li>Evite arrancadas bruscas ou paradas súbitas; </li></ul><ul><li>Não interrompa nunca, sob nenhum pretexto, a respiração artificial e a massagem cardíaca, se estas forem necessárias, mesmo durante o transporte; </li></ul><ul><li>Lembre sempre de proteger-se durante qualquer atendimento, senão teremos 2 vítimas e não 1! </li></ul><ul><li>APROVEITEM O CURSO BOMBEIROS! </li></ul>

×