SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 6
Baixar para ler offline
Curso de Formação do PNAIC
Cursista: Alzeni Souto Araújo
Orientadora: Shirley Franco
O TEXTO POÉTICO NA ESCOLA
Pacto Nacional pela Alfabetização
na Idade certa
O TEXTO POÉTICO NA ESCOLA
• Ano/série: 3º Ano
• Gênero: Poesia
• Linguagem e características do gênero:
A poesia tem como característica: Verso, estrofe e rima.
POESIA é a linguagem subjetiva, que utilizamos para exprimir nossos
sentimentos e nossas emoções, com elementos sonoros: ritmo rima e verso.
• Conteúdo a ser trabalhado:
Leitura e escrita
• Objetivos:
- Estabelecer correspondência entre a pauta sonora e a pauta escrita do
texto.
- Refletir sobre o sistema alfabético da escrita.
- Desenvolver habilidade de leitura.
- Interpretar o conteúdo do texto.
- Identificar título, tema personagens e ação do texto.
- Ler todos os textos com ritmo, entonação e pontuação correta.
- Estimular a criatividade do aluno utilizando – se dos seus conhecimentos
pessoais.
- Compreender e valorizar o uso da escrita com diferentes funções, em
diferentes gêneros.
• Eixo do componente Língua Portuguesa:
Leitura, oralidade e produção de textos escritos e análise linguística.
• Procedimentos metodológicos (apresentar etapas de produção de
leitura e escrita do gênero):
- Pretendemos que os alunos reconheçam as características do texto poético e
desenvolvam habilidades de leitura, de interpretação e de produção de textos
desse tipo.
- Levar para a sala uma caixa com tampa, com poesias de vários autores.
- Passar de mão em mão a caixa e perguntar se eles sabem o que tem
dentro, fazendo suspense antes de abrir.
- Deixar que cada um escolha uma, fazendo comentários sobre título, autor,
porque escolheu.
- Dirigir perguntas aos alunos: Você gostou da poesia que leu? Sobre o que
ela fala? Vamos criar um poema?
- A professora inicia o primeiro verso do poema propondo que os alunos
continuem a produção orientada pela professora que escreve no quadro
estimulando a criatividade, a sensibilidade e participação da turma.
- Distribuir um verso incompleto para cada aluno com tema diferente para que
ele possa produzir sua poesia.
- Declamar a poesia com postura e entonação.
Convite
Poesia
é brincar com palavras
como se brinca
com bola, papagaio, pião.
Só que
bola, papagaio, pião
de tanto brincar
se gastam.
As palavras não:
quanto mais se brinca
com elas
mais novas ficam.
Como a água do rio
que é água sempre nova.
Como cada dia
que é sempre um novo dia.
Vamos brincar de poesia?
José Paulo Paes
a) O texto anterior pertence a que gênero textual? Por quê?
b) Explique o título do texto.
c) Segundo o texto, qual é a definição de “poesia”?
d) Por que o autor afirma que as palavras “quanto mais se brinca com elas,
mais novas ficam”?
- Exponha poemas dos alunos na sala.
(ONDE TEM ÁRVORE TEM...).
“Onde tem árvore tem passarinhos
Onde tem passarinhos tem ninho
Onde tem ninho tem ovos
Onde tem ovos tem filhotes
Onde tem filhotes tem canto
Onde tem canto tem alegria
Onde tem alegria tem criança
Onde tem criança tem família
Onde tem família tem esperança
Onde tem esperança tem união
Onde tem união tem harmonia
Onde tem harmonia tem afeto
Onde tem afeto tem amor
Onde tem amor tem Deus
“Onde tem Deus tem tudo.
Onde tem som tem músicas
Onde tem músicas tem letras
Onde tem letras tem linha
Onde tem linha tem caderno
Onde tem caderno tem lápis
Onde tem lápis tem palavras
Onde tem palavras tem frases
Onde tem frases tem textos
Onde tem texto tem leitura
Onde tem leitura tem crianças
Onde tem crianças tem paz
Onde tem paz tem Deus
Onde tem Deus tem tudo de bom.
• Avaliação:
O sucesso do trabalho está no entusiasmo com que o realiza.
A compreensão pelos alunos será avaliada a partir da discussão em sala de
aula.
Observar o desempenho e o interesse de cada aluno.
Saber se eles aprenderam aquilo que você queria que aprendesse. Caso
contrário busque as causas e reoriente a prática.
Montar uma caixa com tirinha, nelas deve constar as características de cada
gênero sem identificar o gênero que as características pertencem.
Curso poesia PNAIC
Curso poesia PNAIC

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Sessão de mediação e descoberta do texto élie bajard sme 2014
Sessão de mediação e descoberta do texto élie bajard sme 2014Sessão de mediação e descoberta do texto élie bajard sme 2014
Sessão de mediação e descoberta do texto élie bajard sme 2014Rosemary Batista
 
Aula de literatura
Aula de literaturaAula de literatura
Aula de literaturaNéia Capitu
 
235267232 4-ano-projeto-varal-de-poesias-1
235267232 4-ano-projeto-varal-de-poesias-1235267232 4-ano-projeto-varal-de-poesias-1
235267232 4-ano-projeto-varal-de-poesias-1Ana Chantal
 
Portfólio do projeto poesias 1º ano2 º trimestre 2010
Portfólio do projeto poesias 1º ano2 º trimestre 2010Portfólio do projeto poesias 1º ano2 º trimestre 2010
Portfólio do projeto poesias 1º ano2 º trimestre 2010Colégio Degraus
 
Poesia projeto
Poesia projetoPoesia projeto
Poesia projetovanyeroger
 
Relato cre itapua 1
Relato cre itapua 1Relato cre itapua 1
Relato cre itapua 1Marisa Seara
 
Projeto poetas na escola
Projeto poetas na escolaProjeto poetas na escola
Projeto poetas na escolaEunice Vieira
 
Sequência de atividades
Sequência de atividadesSequência de atividades
Sequência de atividadesFernanda Damm
 
Sequência didática marly
Sequência didática marlySequência didática marly
Sequência didática marlyMarisa Seara
 

Mais procurados (19)

Relato ocridalina
Relato ocridalinaRelato ocridalina
Relato ocridalina
 
Relato3
Relato3Relato3
Relato3
 
Sessão de mediação e descoberta do texto élie bajard sme 2014
Sessão de mediação e descoberta do texto élie bajard sme 2014Sessão de mediação e descoberta do texto élie bajard sme 2014
Sessão de mediação e descoberta do texto élie bajard sme 2014
 
Aula de literatura
Aula de literaturaAula de literatura
Aula de literatura
 
235267232 4-ano-projeto-varal-de-poesias-1
235267232 4-ano-projeto-varal-de-poesias-1235267232 4-ano-projeto-varal-de-poesias-1
235267232 4-ano-projeto-varal-de-poesias-1
 
Portfólio do projeto poesias 1º ano2 º trimestre 2010
Portfólio do projeto poesias 1º ano2 º trimestre 2010Portfólio do projeto poesias 1º ano2 º trimestre 2010
Portfólio do projeto poesias 1º ano2 º trimestre 2010
 
Poesia projeto
Poesia projetoPoesia projeto
Poesia projeto
 
Aula hipertexto
Aula hipertextoAula hipertexto
Aula hipertexto
 
Unidade3 atividade2 plano de aula penha
Unidade3 atividade2 plano de aula penhaUnidade3 atividade2 plano de aula penha
Unidade3 atividade2 plano de aula penha
 
Unidade3 atividade2 plano de aula edna
Unidade3 atividade2 plano de aula ednaUnidade3 atividade2 plano de aula edna
Unidade3 atividade2 plano de aula edna
 
Unidade3 atividade2 plano de aula terezinha
Unidade3 atividade2 plano de aula terezinhaUnidade3 atividade2 plano de aula terezinha
Unidade3 atividade2 plano de aula terezinha
 
Unidade3 atividade2 plano_de_ aula _terezinha_2-3
Unidade3 atividade2 plano_de_ aula _terezinha_2-3Unidade3 atividade2 plano_de_ aula _terezinha_2-3
Unidade3 atividade2 plano_de_ aula _terezinha_2-3
 
Relato cre itapua 1
Relato cre itapua 1Relato cre itapua 1
Relato cre itapua 1
 
70128232 atividades
70128232 atividades70128232 atividades
70128232 atividades
 
Plano de aula letra maiuscula
Plano de aula letra maiusculaPlano de aula letra maiuscula
Plano de aula letra maiuscula
 
Projeto poetas na escola
Projeto poetas na escolaProjeto poetas na escola
Projeto poetas na escola
 
Sequência de atividades
Sequência de atividadesSequência de atividades
Sequência de atividades
 
Relato edjane
Relato edjaneRelato edjane
Relato edjane
 
Sequência didática marly
Sequência didática marlySequência didática marly
Sequência didática marly
 

Semelhante a Curso poesia PNAIC

Formação poesia
Formação poesiaFormação poesia
Formação poesiaKaren Kampa
 
Leitura pelo aluno de textos memorizados
Leitura pelo aluno de textos memorizadosLeitura pelo aluno de textos memorizados
Leitura pelo aluno de textos memorizadosMarcia Oliveira
 
Leda sequencia didatica
Leda sequencia didaticaLeda sequencia didatica
Leda sequencia didaticaAilma Martins
 
Arquivo para Vivência 2º ano - poema Fund 1
Arquivo para Vivência 2º ano - poema Fund 1Arquivo para Vivência 2º ano - poema Fund 1
Arquivo para Vivência 2º ano - poema Fund 1Josy867873
 
Trabalhando alfabetização
Trabalhando alfabetizaçãoTrabalhando alfabetização
Trabalhando alfabetizaçãoMarly Freitas
 
Fasc. 1 sugestões de atividades dos 5 eixos
Fasc. 1 sugestões de atividades dos 5 eixosFasc. 1 sugestões de atividades dos 5 eixos
Fasc. 1 sugestões de atividades dos 5 eixosCelismara Seleguin
 
Sequência gabriela 1
 Sequência gabriela 1 Sequência gabriela 1
Sequência gabriela 1Marisa Seara
 
Socialização de prática cre orla blog
Socialização de prática   cre orla blogSocialização de prática   cre orla blog
Socialização de prática cre orla blogMarisa Seara
 
Projeto para educação infantil
Projeto para educação infantilProjeto para educação infantil
Projeto para educação infantilSilvaneia Moreira
 
Hipóteses da Psicogêse da Língua Escríta
Hipóteses da Psicogêse da Língua EscrítaHipóteses da Psicogêse da Língua Escríta
Hipóteses da Psicogêse da Língua EscrítaAnne Cunha Silveira
 
RELATO DE EXPERIÊNCIA DO MUNICÍPIO DE SÃO TOMÉ NO SEMINÁRIO FINAL DO PNAIC 2014
RELATO DE EXPERIÊNCIA DO MUNICÍPIO DE SÃO TOMÉ NO SEMINÁRIO FINAL DO PNAIC 2014RELATO DE EXPERIÊNCIA DO MUNICÍPIO DE SÃO TOMÉ NO SEMINÁRIO FINAL DO PNAIC 2014
RELATO DE EXPERIÊNCIA DO MUNICÍPIO DE SÃO TOMÉ NO SEMINÁRIO FINAL DO PNAIC 2014Claudio Pessoa
 
Para PNAIC - Atividades Sequenciadas-2
Para PNAIC - Atividades Sequenciadas-2Para PNAIC - Atividades Sequenciadas-2
Para PNAIC - Atividades Sequenciadas-2Graça Sousa
 
Atividadessequenciadasiencontro2013 130711171714-phpapp02
Atividadessequenciadasiencontro2013 130711171714-phpapp02Atividadessequenciadasiencontro2013 130711171714-phpapp02
Atividadessequenciadasiencontro2013 130711171714-phpapp02moborba
 
Atividadessequenciadasiencontro2013 130711171714-phpapp02
Atividadessequenciadasiencontro2013 130711171714-phpapp02Atividadessequenciadasiencontro2013 130711171714-phpapp02
Atividadessequenciadasiencontro2013 130711171714-phpapp02moborba
 
Atividades sequenciadas - 1º encontro 2013
Atividades sequenciadas - 1º encontro 2013Atividades sequenciadas - 1º encontro 2013
Atividades sequenciadas - 1º encontro 2013Graça Sousa
 
Atividadessequenciadasiencontro2013 130711171714-phpapp02
Atividadessequenciadasiencontro2013 130711171714-phpapp02Atividadessequenciadasiencontro2013 130711171714-phpapp02
Atividadessequenciadasiencontro2013 130711171714-phpapp02moborba
 

Semelhante a Curso poesia PNAIC (20)

Formação poesia
Formação poesiaFormação poesia
Formação poesia
 
Slides htpc-poesia na escola-25-26-06-13
Slides htpc-poesia na escola-25-26-06-13Slides htpc-poesia na escola-25-26-06-13
Slides htpc-poesia na escola-25-26-06-13
 
Leitura pelo aluno de textos memorizados
Leitura pelo aluno de textos memorizadosLeitura pelo aluno de textos memorizados
Leitura pelo aluno de textos memorizados
 
Leda sequencia didatica
Leda sequencia didaticaLeda sequencia didatica
Leda sequencia didatica
 
Slide plano de aula
Slide plano de aulaSlide plano de aula
Slide plano de aula
 
Plano outubro 2014 anamel
Plano outubro 2014 anamelPlano outubro 2014 anamel
Plano outubro 2014 anamel
 
Arquivo para Vivência 2º ano - poema Fund 1
Arquivo para Vivência 2º ano - poema Fund 1Arquivo para Vivência 2º ano - poema Fund 1
Arquivo para Vivência 2º ano - poema Fund 1
 
Trabalhando alfabetização
Trabalhando alfabetizaçãoTrabalhando alfabetização
Trabalhando alfabetização
 
Fasc. 1 sugestões de atividades dos 5 eixos
Fasc. 1 sugestões de atividades dos 5 eixosFasc. 1 sugestões de atividades dos 5 eixos
Fasc. 1 sugestões de atividades dos 5 eixos
 
Sequência gabriela 1
 Sequência gabriela 1 Sequência gabriela 1
Sequência gabriela 1
 
Socialização de prática cre orla blog
Socialização de prática   cre orla blogSocialização de prática   cre orla blog
Socialização de prática cre orla blog
 
Projeto para educação infantil
Projeto para educação infantilProjeto para educação infantil
Projeto para educação infantil
 
Hipóteses da Psicogêse da Língua Escríta
Hipóteses da Psicogêse da Língua EscrítaHipóteses da Psicogêse da Língua Escríta
Hipóteses da Psicogêse da Língua Escríta
 
RELATO DE EXPERIÊNCIA DO MUNICÍPIO DE SÃO TOMÉ NO SEMINÁRIO FINAL DO PNAIC 2014
RELATO DE EXPERIÊNCIA DO MUNICÍPIO DE SÃO TOMÉ NO SEMINÁRIO FINAL DO PNAIC 2014RELATO DE EXPERIÊNCIA DO MUNICÍPIO DE SÃO TOMÉ NO SEMINÁRIO FINAL DO PNAIC 2014
RELATO DE EXPERIÊNCIA DO MUNICÍPIO DE SÃO TOMÉ NO SEMINÁRIO FINAL DO PNAIC 2014
 
Atividades sequenciadas
Atividades sequenciadas Atividades sequenciadas
Atividades sequenciadas
 
Para PNAIC - Atividades Sequenciadas-2
Para PNAIC - Atividades Sequenciadas-2Para PNAIC - Atividades Sequenciadas-2
Para PNAIC - Atividades Sequenciadas-2
 
Atividadessequenciadasiencontro2013 130711171714-phpapp02
Atividadessequenciadasiencontro2013 130711171714-phpapp02Atividadessequenciadasiencontro2013 130711171714-phpapp02
Atividadessequenciadasiencontro2013 130711171714-phpapp02
 
Atividadessequenciadasiencontro2013 130711171714-phpapp02
Atividadessequenciadasiencontro2013 130711171714-phpapp02Atividadessequenciadasiencontro2013 130711171714-phpapp02
Atividadessequenciadasiencontro2013 130711171714-phpapp02
 
Atividades sequenciadas - 1º encontro 2013
Atividades sequenciadas - 1º encontro 2013Atividades sequenciadas - 1º encontro 2013
Atividades sequenciadas - 1º encontro 2013
 
Atividadessequenciadasiencontro2013 130711171714-phpapp02
Atividadessequenciadasiencontro2013 130711171714-phpapp02Atividadessequenciadasiencontro2013 130711171714-phpapp02
Atividadessequenciadasiencontro2013 130711171714-phpapp02
 

Mais de Shirley Lauria

Mais de Shirley Lauria (20)

Ser diferente é normal
Ser diferente é normalSer diferente é normal
Ser diferente é normal
 
Quiz
QuizQuiz
Quiz
 
Quiz
QuizQuiz
Quiz
 
Heterogeneidade
HeterogeneidadeHeterogeneidade
Heterogeneidade
 
Diversidade - Leitura deleite
Diversidade - Leitura deleiteDiversidade - Leitura deleite
Diversidade - Leitura deleite
 
Dinâmica - A flor
Dinâmica - A florDinâmica - A flor
Dinâmica - A flor
 
Roteiro pacto unidade 7
Roteiro pacto   unidade 7Roteiro pacto   unidade 7
Roteiro pacto unidade 7
 
Roteiro pacto unidade 7
Roteiro pacto   unidade 7Roteiro pacto   unidade 7
Roteiro pacto unidade 7
 
Roteiro pacto unidade 7
Roteiro pacto   unidade 7Roteiro pacto   unidade 7
Roteiro pacto unidade 7
 
Roteiro pacto unidade 7
Roteiro pacto   unidade 7Roteiro pacto   unidade 7
Roteiro pacto unidade 7
 
Atividade de Moana
Atividade de MoanaAtividade de Moana
Atividade de Moana
 
Pnaic outubro 2013 carmen e cristiane
Pnaic  outubro 2013 carmen e cristianePnaic  outubro 2013 carmen e cristiane
Pnaic outubro 2013 carmen e cristiane
 
Ativ genero textual Ana Paula
Ativ genero textual Ana PaulaAtiv genero textual Ana Paula
Ativ genero textual Ana Paula
 
Dinâmica de abertura
Dinâmica de aberturaDinâmica de abertura
Dinâmica de abertura
 
Roteiro PNAIC - Unidade 6
Roteiro PNAIC - Unidade 6Roteiro PNAIC - Unidade 6
Roteiro PNAIC - Unidade 6
 
Borboleta
BorboletaBorboleta
Borboleta
 
Borboleta
BorboletaBorboleta
Borboleta
 
Borboleta
BorboletaBorboleta
Borboleta
 
Sequência Didática
Sequência DidáticaSequência Didática
Sequência Didática
 
Sequencia didática
Sequencia didáticaSequencia didática
Sequencia didática
 

Curso poesia PNAIC

  • 1. Curso de Formação do PNAIC Cursista: Alzeni Souto Araújo Orientadora: Shirley Franco O TEXTO POÉTICO NA ESCOLA Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade certa
  • 2. O TEXTO POÉTICO NA ESCOLA • Ano/série: 3º Ano • Gênero: Poesia • Linguagem e características do gênero: A poesia tem como característica: Verso, estrofe e rima. POESIA é a linguagem subjetiva, que utilizamos para exprimir nossos sentimentos e nossas emoções, com elementos sonoros: ritmo rima e verso. • Conteúdo a ser trabalhado: Leitura e escrita • Objetivos: - Estabelecer correspondência entre a pauta sonora e a pauta escrita do texto. - Refletir sobre o sistema alfabético da escrita. - Desenvolver habilidade de leitura. - Interpretar o conteúdo do texto. - Identificar título, tema personagens e ação do texto. - Ler todos os textos com ritmo, entonação e pontuação correta. - Estimular a criatividade do aluno utilizando – se dos seus conhecimentos pessoais. - Compreender e valorizar o uso da escrita com diferentes funções, em diferentes gêneros. • Eixo do componente Língua Portuguesa: Leitura, oralidade e produção de textos escritos e análise linguística. • Procedimentos metodológicos (apresentar etapas de produção de leitura e escrita do gênero): - Pretendemos que os alunos reconheçam as características do texto poético e desenvolvam habilidades de leitura, de interpretação e de produção de textos desse tipo. - Levar para a sala uma caixa com tampa, com poesias de vários autores. - Passar de mão em mão a caixa e perguntar se eles sabem o que tem dentro, fazendo suspense antes de abrir. - Deixar que cada um escolha uma, fazendo comentários sobre título, autor, porque escolheu. - Dirigir perguntas aos alunos: Você gostou da poesia que leu? Sobre o que ela fala? Vamos criar um poema? - A professora inicia o primeiro verso do poema propondo que os alunos continuem a produção orientada pela professora que escreve no quadro estimulando a criatividade, a sensibilidade e participação da turma.
  • 3. - Distribuir um verso incompleto para cada aluno com tema diferente para que ele possa produzir sua poesia. - Declamar a poesia com postura e entonação. Convite Poesia é brincar com palavras como se brinca com bola, papagaio, pião. Só que bola, papagaio, pião de tanto brincar se gastam. As palavras não: quanto mais se brinca com elas mais novas ficam. Como a água do rio que é água sempre nova. Como cada dia que é sempre um novo dia. Vamos brincar de poesia? José Paulo Paes a) O texto anterior pertence a que gênero textual? Por quê? b) Explique o título do texto. c) Segundo o texto, qual é a definição de “poesia”? d) Por que o autor afirma que as palavras “quanto mais se brinca com elas, mais novas ficam”? - Exponha poemas dos alunos na sala.
  • 4. (ONDE TEM ÁRVORE TEM...). “Onde tem árvore tem passarinhos Onde tem passarinhos tem ninho Onde tem ninho tem ovos Onde tem ovos tem filhotes Onde tem filhotes tem canto Onde tem canto tem alegria Onde tem alegria tem criança Onde tem criança tem família Onde tem família tem esperança Onde tem esperança tem união Onde tem união tem harmonia Onde tem harmonia tem afeto Onde tem afeto tem amor Onde tem amor tem Deus “Onde tem Deus tem tudo. Onde tem som tem músicas Onde tem músicas tem letras Onde tem letras tem linha Onde tem linha tem caderno Onde tem caderno tem lápis Onde tem lápis tem palavras Onde tem palavras tem frases Onde tem frases tem textos Onde tem texto tem leitura Onde tem leitura tem crianças Onde tem crianças tem paz Onde tem paz tem Deus Onde tem Deus tem tudo de bom. • Avaliação: O sucesso do trabalho está no entusiasmo com que o realiza. A compreensão pelos alunos será avaliada a partir da discussão em sala de aula. Observar o desempenho e o interesse de cada aluno. Saber se eles aprenderam aquilo que você queria que aprendesse. Caso contrário busque as causas e reoriente a prática. Montar uma caixa com tirinha, nelas deve constar as características de cada gênero sem identificar o gênero que as características pertencem.