OBRAS
de
MISERICÓRDIA
O FIZERDES A UM DE MEUS
A MIM O FIZESTES.
IRMÃOS MAIS PEQUENINOS,
(Mt 25, 40)
OBRAS de MISERICÓRDIA
Ações caridosas pelas quais
vamos em ajuda do nosso próximo,
nas suas necessidades corporais e espir...
1
2
3
4
5
DAR DE COMER A QUEM TEM FOME
DAR DE BEBER A QUEM TEM SEDE
VESTIR OS NUS
DAR POUSADA AOS PEREGRINOS
VISITAR OS EN...
“O sofrimento do outro constitui um apelo
à conversão, porque a necessidade do irmão
recorda-me a fragilidade da minha vid...
1
2
3
4
5
DAR BONS CONSELHOS
ENSINAR OS IGNORANTES
CORRIGIR OS QUE ERRAM
CONSOLAR OS TRISTES
PERDOAR AS INJÚRIAS
6
7
SUPOR...
Uma maneira de acordar a nossa
consciência, muitas vezes adormecida
perante o drama da pobreza, e de
entrar cada vez mais ...
Comunica a graça
de Deus a quem
as exerce.
Reduz a pena que
fica na alma pelos
nossos pecados.
Parecemo-nos com
Jesus, nos...
Slides desenvolvidos por
www.showon.com.br
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Obras de Misericórdia | O que são? Quais são? E seus efeitos?

156 visualizações

Publicada em

Para o Papa Francisco, a misericórdia não é uma palavra abstrata, mas um rosto para reconhecer, contemplar e servir. E nos orienta “A mensagem da Divina Misericórdia constitui um programa de vida muito concreto e exigente, pois implica as obras”.

Publicada em: Espiritual
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
156
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
29
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Obras de Misericórdia | O que são? Quais são? E seus efeitos?

  1. 1. OBRAS de MISERICÓRDIA
  2. 2. O FIZERDES A UM DE MEUS A MIM O FIZESTES. IRMÃOS MAIS PEQUENINOS, (Mt 25, 40)
  3. 3. OBRAS de MISERICÓRDIA Ações caridosas pelas quais vamos em ajuda do nosso próximo, nas suas necessidades corporais e espirituais.
  4. 4. 1 2 3 4 5 DAR DE COMER A QUEM TEM FOME DAR DE BEBER A QUEM TEM SEDE VESTIR OS NUS DAR POUSADA AOS PEREGRINOS VISITAR OS ENFERMOS 6 7 VISITAR OS PRESOS ENTERRAR OS MORTOS
  5. 5. “O sofrimento do outro constitui um apelo à conversão, porque a necessidade do irmão recorda-me a fragilidade da minha vida, minha dependência de Deus e dos irmãos”. Papa Francisco | Quaresma 2015
  6. 6. 1 2 3 4 5 DAR BONS CONSELHOS ENSINAR OS IGNORANTES CORRIGIR OS QUE ERRAM CONSOLAR OS TRISTES PERDOAR AS INJÚRIAS 6 7 SUPORTAR COM PACIÊNCIA AS FRAQUEZAS DO NOSSO PRÓXIMO REZAR A DEUS POR VIVOS E DEFUNTOS
  7. 7. Uma maneira de acordar a nossa consciência, muitas vezes adormecida perante o drama da pobreza, e de entrar cada vez mais no coração do Evangelho, onde os pobres são privilegiados da misericórdia divina.
  8. 8. Comunica a graça de Deus a quem as exerce. Reduz a pena que fica na alma pelos nossos pecados. Parecemo-nos com Jesus, nosso modelo que nos ensinou como deve ser a nossa atitude com os demais. Avançamos no caminho para o Céu.
  9. 9. Slides desenvolvidos por www.showon.com.br

×