Governos Jânio e Jango: Da Vassourinha ao Golpe de 1964

10.879 visualizações

Publicada em

Esta aula destina-se aos alunos e alunas do Terceiro Ano do Colégio Militar de Brasília, mas qualquer pessoa pode utilizar o material, basta entrar em contato e citar a fonte.

Publicada em: Educação
1 comentário
3 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
10.879
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2.666
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
373
Comentários
1
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Governos Jânio e Jango: Da Vassourinha ao Golpe de 1964

  1. 1. GOVERNOS JÂNIO E JANGO
  2. 2. A PRESIDÊNCIA DE JÂNIO QUADROS (1961)  Eleito por uma coligação de direita → PTN- PDC-UDN-PR-PL.  Presidente mais votado do Brasil até então.  Conhecido por seu estilo teatral e acusado de demagogo. 12/10/2016 2Valéria Fernandes Jânio havia sido vereador, prefeito e governador de São Paulo.
  3. 3. Vassoura → Símbolo da campanha de Jânio Quadros. 12/10/2016 3Valéria Fernandes
  4. 4. 12/10/2016 4Valéria Fernandes Denúncia da corrupção do governo JK → “Varrer a inflação” → Saneamento das contas públicas.
  5. 5. • Perseguição aos Funcionários Públicos Relapsos e Ausentes → cortes de “benefícios” e “privilégios”. • Congelamento dos Salários → Acordo com o FMI → Repressão aos Sindicatos. • Fim dos Subsídios aos Setores Agrícolas e outros (*jornais, por exemplo*). • Projeto de lei pioneiro de reforma agrária e outro chamado de antitruste → 30% de imposto sobre lucros das empresas nacionais e estrangeiras → Congresso não votou nenhum dos dois. 12/10/2016 Valéria Fernandes 5 POLÍTICAS DE JÂNIO QUADROS
  6. 6. • Visita oficial à Cuba (29/03/1960) e reconhecimento da Revolução → permanência na OEA, exclusão da JID (Junta Interamericana de Defesa). • Aproximação com o Bloco Comunista e a África → Política Externa Independente (PEI) → “(...) nossa situação econômica coincide com o dever de formar uma frente unida na batalha contra o subdesenvolvimento e todas as formas de opressão”. • Sua política excêntrica desagradou aos EUA e atraiu críticas no Brasil. 12/10/2016 Valéria Fernandes 6 POLÍTICAS DE JÂNIO QUADROS
  7. 7. • Jânio Quadros condecorou Che Guevara com a Grã Cruz da Ordem Nacional do Cruzeiro do Sul → 19/08/1961. • O motivo seria retribuir a intercessão do então ministro, possibilitando a libertação de sacerdotes católicos que estavam presos em Cuba. • Foi a gota d’água para o Governo Jânio Quadros. 12/10/2016 Valéria Fernandes 7
  8. 8. • Proibiu → briga de galo, biquíni nas praias, corrida de cavalos durante a semana, usar lança- perfumes no carnaval, etc. • Uniforme para os funcionários públicos → jalecos brancos. • Governava por bilhetes → irritou Ministros e Congresso. 12/10/2016 Valéria Fernandes 8 EXCENTRICIDADES PRESIDENCIAIS
  9. 9. • Enviou o bilhete ao Congresso e partiu para o Rio de Janeiro. • O Congresso acatou o pedido → 25/08/1961. • Jânio Quadros governou somente 7 meses. 12/10/2016 Valéria Fernandes 9 RENÚNCIA DE JÂNIO QUADROS
  10. 10. 12/10/2016 Valéria Fernandes 10 CRISE INSTITUCIONAL  Os Ministros Militares tentam impedir a posse do Vice, João Goulart, que estava na China em visita oficial.  Campanha da Legalidade → 14 dias de mobilização civil-militar em defesa da posse de João Goulart → O vice- presidente contava com grande apoio popular e do 3º Exército.
  11. 11. 12/10/2016 Valéria Fernandes 11 Saída Parlamentarista → 02/09/1961 → Tancredo Neves se torna primeiro- ministro.
  12. 12. 12/10/2016 Valéria Fernandes 12 PRESIDÊNCIA DE JOÃO GOULART (1961-64)  Instabilidade política → muitas trocas de ministros.  Plebiscito previsto para 1965 → antecipado para 06/01/1963 → 12 milhões de eleitores → presidencialismo obteve 9.457.448 votos.  Plano Trienal → Celso Furtado → combater a inflação e promover o crescimento econômico.
  13. 13. 12/10/2016 Valéria Fernandes 13 REFORMAS DE BASE  Agrária → Democratizar a terra → Estatuto do Trabalhador Rural → estender ao campo os principais direitos trabalhistas → desapropriação de terras às margens das rodovias, ferrovias federais e açudes → necessidade de reforma constitucional.  Educacional → Erradicar o analfabetismo → Método Paulo Freire → Valorização do magistério e Reforma Universitária.  Bancária → Ampliar o acesso ao crédito pelos produtores.
  14. 14. 12/10/2016 Valéria Fernandes 14 REFORMAS DE BASE  Fiscal → Promover a justiça fiscal e aumentar a capacidade de arrecadação do Estado → Limitar a remessa de lucros para o exterior → decreto nº 53451/64.8  Eleitoral → Direito de voto aos analfabetos e militares de baixa patente.  Urbana → Garantir o acesso à compra de imóveis a todas as famílias brasileiras → dificultar a acumulação de imóveis nas mãos de especuladores.  Consideradas por muitos como radicais e populistas → Grande apoio popular.
  15. 15. 12/10/2016 Valéria Fernandes 15 O DIFÍCIL EQUILÍBRIO ENTRE DIREITA E ESQUERDA
  16. 16. 12/10/2016 Valéria Fernandes 16  13º Salário para os trabalhadores urbanos.  Feriado de 15 de outubro → Dia dos Professores.  Greve liderada pela CNTI (Confederação Nacional dos Trabalhadores da Indústria) e PUA (Pacto de Unidade e Ação). PRESIDÊNCIA DE JOÃO GOULART (1961-64)
  17. 17. 12/10/2016 Valéria Fernandes 17  Apoio a Goulart → Frente Parlamentar Nacionalista, UNE, CGT e Ligas Camponesas.  Contra Goulart → Ação Democrática Parlamentar, IBAD, IPES e TFP. ACIRRAMENTO IDEOLÓGICO COMÍCIO DA CENTRAL DO BRASIL
  18. 18. 12/10/2016 Valéria Fernandes 18  Comício da Central do Brasil → anúncio da reforma agrária e nacionalização da refinarias de petróleo → 13/03/1964.  Revolta do Marinheiros → 25 /03/1964 → Goulart os anistiou. ÚLTIMOS DIAS DO GOVERNO GOULART Marcha da Família com Deus pela Liberdade (19/03/1964)
  19. 19. MANIFESTO DO GENERAL MOURÃO FILHO 19 31 de março
  20. 20. 12/10/2016 Valéria Fernandes 20  “(...) os Estados Unidos não mais procurariam punir as juntas militares por derrubarem regimes democráticos”. (Thomas Mann)  Operação Brother Sam → porta-aviões no litoral brasileiro → apoio ao golpe.  Temia-se uma resistência de Goulart → Brizola tenta rearticular as forças da Cadeia da Legalidade → Jango renuncia.  02/04/1964 → Senado anuncia a vacância da presidência → Rainieri Mazzilli assume provisoriamente. GOULART RENUNCIA

×