Pólo: Petrópolis Shirley da Silva Alves Pinto  20081208039 Joelma Evarista Manzani  20081208616  Universidade do Estado do...
A sala de aula na cibercultura
Afinal o que é cibercultura? <ul><li>A cibercultura é a relação entre as tecnologias de comunicação, informação e a cultur...
O desafio da educação na cibercultura <ul><li>A cibercultura surgiu no cenário da educação como uma atraente alternativa à...
Desafios do professor e novas posturas diante da cibercultura <ul><li>Com o desenvolvimento das TICs o mundo mudou. As rel...
<ul><li>O professor precisa reconhecer que houve uma transição na forma de comunicação e que seu papel não é de transmitir...
<ul><li>Os novos tempos pedem um professor com uma prática dialógica, algo que Freire sempre acreditou. É preciso que o pr...
Sites consultados: <ul><li>http://discutindocomunicacao.wordpress.com/2007/10/03/o-que-e-cibercultura/ </li></ul><ul><li>h...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Avaliação ead cederj

495 visualizações

Publicada em

Trabalho elaborarado para a disciplina Educaçaõ a distância.

Alunas:
Shirley da Silva Alves pinto
20081208039

Joelma Evarista Manzani
20081208616

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Avaliação ead cederj

  1. 1. Pólo: Petrópolis Shirley da Silva Alves Pinto 20081208039 Joelma Evarista Manzani 20081208616 Universidade do Estado do Rio de Janeiro Curso de Licenciatura em Pedagogia
  2. 2. A sala de aula na cibercultura
  3. 3. Afinal o que é cibercultura? <ul><li>A cibercultura é a relação entre as tecnologias de comunicação, informação e a cultura, emergentes a partir da convergência informatização/telecomunicação na década de 1970. Trata-se de uma nova relação entre tecnologias e a sociabilidade, configurando a cultura contemporânea (Lemos, 2002). </li></ul>
  4. 4. O desafio da educação na cibercultura <ul><li>A cibercultura surgiu no cenário da educação como uma atraente alternativa às práticas pedagógicas difundidas pelas mídias clássicas, rompendo com o antigo paradigma da educação bancária, onde o professor era o transmissor de informações e aos alunos cabia as tarefas de memorização e prestação de contas dos conteúdo “aprendidos”. </li></ul><ul><li>Leia também: </li></ul><ul><li>http://oglobo.globo.com/cultura/mat/2011/08/15/especialista-em-cibercultura-frances-pierre-levy-critica-intencao-inglesa-de-controlar-redes-sociais-fala-sobre-futuro-dos-livros-925136026.asp </li></ul>
  5. 5. Desafios do professor e novas posturas diante da cibercultura <ul><li>Com o desenvolvimento das TICs o mundo mudou. As relações inter e intrapessoais mais ainda. Porém, escola não tem sido atraente e nem a sala de aula, pois o método tradicional ainda é bastante presente. </li></ul>
  6. 6. <ul><li>O professor precisa reconhecer que houve uma transição na forma de comunicação e que seu papel não é de transmitir informações, mas é de um problematizador que cria possibilidades para seus alunos construírem o conhecimento, e isso de forma interativa. </li></ul>
  7. 7. <ul><li>Os novos tempos pedem um professor com uma prática dialógica, algo que Freire sempre acreditou. É preciso que o professor busque uma formação adequada, que saiba operar as ferramentas oferecidas pela tecnologia, e que as utilize em seu dia a dia. </li></ul>
  8. 8. Sites consultados: <ul><li>http://discutindocomunicacao.wordpress.com/2007/10/03/o-que-e-cibercultura/ </li></ul><ul><li>http://www.webartigos.com/ </li></ul>

×