Educação a distância ad1

292 visualizações

Publicada em

Esta apresentação é um trabalho da disciplina de Educação a Distância do Curso de Licenciatura em Pedagogia.
UERJ/CEDERJ
Polo: Itaguaí

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
292
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Educação a distância ad1

  1. 1. “A relação dos meios de massa e o paradigma da transmissão”
  2. 2. O que é a Pedagogia da transmissão? É a pedagogia baseada na transmissão para memorização e repetição; é o modelo de ensino mais corriqueiro na maior parte das escolas e universidades em todo o mundo. Muito se questionou essa prática pedagógica, mas pouco se fez para modificá-la efetivamente. Características da Pedagogia da Transmissão: * O professor é o detentor do saber * Não há criatividade * Não há interação professor- aluno * Unidirecional * Alunos passivos * Memorização * Metodologia fora do contexto, ou fora da realidade do aluno.
  3. 3. Marcos Silva diz: “com Pierre Lévy, o filósofo da cibercultura, podemos verificar que o crescente desinteresse pela sala de aula é fenômeno mundial. Ele nos lembra que há cinco mil anos a escola está baseada no falar/ditar do mestre. E diz ainda que hoje a principal função do professor não pode mais ser a difusão de conhecimentos que agora é feita de forma mais eficaz pelos novos meios de informação e comunicação. Para Lévy, a sala de aula baseada na transmissão, memorização e prestação de contas não tem mais centralidade na cibercultura”.
  4. 4. Na cibercultura, cresce a fragilização da escola e da universidade no cumprimento de sua função social de formar cidadãos esclarecidos e senhores de seu próprio destino e do destino coletivo. Uma explicação para essa fragilização é, certamente, a sala de aula que não estimula a participação colaborativa dos aprendizes na construção do conhecimento. Na sala de aula, permanece o mesmo modelo da mídia de massa: a distribuição de pacotes prontos de informações que separa emissão e recepção. Quando o ensino está centrado na emissão dos professores e do livro, cabe ao aprendiz o lugar da recepção passiva que não exercita a participação cidadã. 
  5. 5. Com o Iluminismo a escola passa a ser colocada como o lugar privilegiado para a formação da cidadania. Contudo, há uma dificuldade de base para a realização dessa função social da escola: o modelo de sala de aula baseado no fala/ditar do mestre iluminado e no silêncio nem sempre passivo do aluno (sem luz).
  6. 6. Surgem, nesse período, os meios de comunicação de massa. Com o objetivo de atender às necessidades do mundo industrializado, suas transmissões se aprimoram em moldar os sujeitos segundo os seus próprios interesses.
  7. 7. “Pensando na situação do corpo docente atual é notório uma dinâmica conteudista também no âmbito da Educação à Distância, pois em muitos cursos o que vemos é a eliminação da parte presencial escrita pela disponibilização de arquivos em pdf, onde se exige a leitura passiva sem oportunidade de uma discussão crítica”. (Diego Rocha)
  8. 8. “Os fóruns são obrigatoriedades que servem apenas para o cumprimento de atividades e obtenção de determinadas quantidades de pontos, não dando espaço para uma construção coletiva de conhecimento” (Diego Rocha).
  9. 9. A EAD SUPERANDO O PARADIGMA DA TRANSMISSÃO NA EDUCAÇÃO
  10. 10. “Um novo modelo em EAD que incentiva o uso das ferramentas tecnológicas, que oportuniza as trocas de aprendizagem nos ambientes virtuais, o trabalho coletivo, a pesquisa, está despontando com força e mudando o quadro que até então liderava a educação do nosso país”. (Diego Rocha)
  11. 11. O uso de mídias digitais, nos deu liberdade para além de receber informações de meios como livros, textos e professores, interagimos com as informações que encontramos nas redes sociais, sites de estudos, entre outros. Descobrimos que sair das quatro paredes da sala de aula, enriquece e muito o conhecimento, pois a interatividade com outras mentes através dos estudos na internet nos coloca em contato com novidades sem fim e construções que nunca vão se esgotar. Isto é muito válido para o nosso crescimento e também de educadores e todos que estão envolvidos com a educação em geral.
  12. 12. Trabalho feito pelas alunas: Shirley Baptista de Souza – 11112080303 Débora de Lima – 208030285 India Marinho dos Santos Nunes - 11112080011 Polo: Itaguaí/RJ
  13. 13. Fontes: http://abciber.com/publicacoes/livro1/textos/educacao-prsencial-e-online http://cibereducacao.wordpress.com/tag/pedagogia-interativa/ http://etic2008.files.wordpress.com2008/11/unesatatianaclaro.pdf Silva, Marco. De Anísio Teixeira à Cibercultura: desafios para a formação de professores ontem, hoje e amanhã. Disponível em: Www.senac.br/BTS/293/boltec293c.htm

×